Quanto custa alinhamento e balanceamento de pneus?

Quanto custa alinhamento e balanceamento de pneus?

Alinhamento e balanceamento. Este item faz parte das manutenções rotineiras que são uma obrigação de todo proprietário de automóvel. A medida visa não só a segurança, mas também a redução de custos de manutenção e o conforto ao dirigir. Por isso, quanto custa alinhamento e balanceamento de pneus?


Trata-se de um serviço feito com certa regularidade, sendo recomendado que se faça alinhamento e balanceamento de rodas e pneus a cada 10.000 km ou seis meses. No meio disso, também é importante fazer o rodízio de pneus, embora não seja algo obrigatório. O objetivo é sempre buscar elevar a vida útil dos pneus, que são caros de repor.

Entretanto, este serviço tem custos, que podem ainda incluir a cambagem das rodas como algo extra e inesperado pelo proprietário do veículo.

Assim, este artigo visa dar uma ideia de preço do alinhamento e balanceamento de pneus. Também a cambagem será incluída, já que eventualmente pode ocorrer.

Quanto custa alinhamento e balanceamento de pneus?

Quanto custa alinhamento e balanceamento de pneus?

Os serviços de alinhamento e balanceamento de pneus necessitam de equipamentos modernos para melhor execução do trabalho.

Os preços variam de acordo com o estabelecimento comercial e com os equipamentos que essa oficina possui. Assim, o serviço de alinhamento e balanceamento de pneus pode custar entre R$ 80 e R$ 250, dependendo do tipo de veículo.

Alinhamento

Quanto custa alinhamento e balanceamento de pneus?

Esse trabalho – geralmente agregado para o balanceamento, embora possam ser feitos individualmente – exige uma plataforma com sistema ótico, laser ou computadorizado – este último mais caro – para fazer a correção dos ângulos das rodas, tendo para isso um programa específico com banco de dados de marca e modelo do veículo do cliente.

O alinhamento é vital para que o veículo se mantenha em linha reta durante a condução, assim como evita o desgaste prematuro dos pneus.

Além disso, o serviço permite que se corrija a posição da direção e também elimine a sensação ruim de puxar o volante ao rodar com o carro.

Balanceamento

Quanto custa alinhamento e balanceamento de pneus?

Uma das coisas mais irritantes que podem existir num automóvel é a trepidação do volante ao rodar. A sensação é bem ruim e está relacionada em grande parte ao balanceamento das rodas.

Quando o serviço é cotado de forma independente do alinhamento (recomenda-se fazer sempre os dois na mesma revisão), geralmente é cobrado por roda e isso pode custar a partir de R$ 40 para as quatro rodas, mas isso vai depender do local do serviço e do tipo de pneu.

Não é um serviço caro e o benefício que ele traz é enorme. Além da eliminação dessa sensação ruim ao volante, o balanceamento também evita o desgaste prematuro dos pneus, aumentando sua vida útil.

Outro ponto é que a eliminação da vibração, ajuda a evitar danos e aumenta a durabilidade de componentes da suspensão.

Buchas, pivôs, bandejas e homocinéticas serão beneficiadas com a manutenção regular do veículo através do serviço de alinhamento e balanceamento de pneus. Assim, recomenda-se sempre fazer esse trabalho junto com o alinhamento.

Através de um equipamento que faz rodar o conjunto roda/pneu, o técnico terá a indicação da máquina – através de números num display digital ou apontamento com laser – para adicionar o contrapeso no lugar exato onde é necessário.

O aparelho também indica o peso em gramas que deve ser colado (rodas de liga leve) ou encaixado (rodas de aço).

Cambagem

Quanto custa alinhamento e balanceamento de pneus?

Este serviço não é feito com regularidade e pode acabar sendo incluído devido a algum impacto forte que o conjunto de roda/pneu/suspensão sofra durante a condução.

Assim, para corrigir os ângulos de câmber positivo e negativo das rodas em relação ao eixo vertical do carro, é preciso um equipamento de pressão, que colocará o conjunto novamente na posição correta.

Isso evita desgaste prematuro dos pneus e mantém a dirigibilidade original. Os preços variam de R$ 60 a R$ 90, dependendo da região.

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 25 anos. Há 14 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.