Evoque 2021: fotos, preço, motor, consumo, equipamentos, revisão

Evoque 2021: fotos, preço, motor, consumo, equipamentos, revisão

O Range Rover Evoque 2021 é vendido no Brasil com preços a partir de R$ 309.950. Antes feito pela Land Rover em Itatiaia-RJ, o crossover foi desenhado por Gerry McGovern agora vem importado da Inglaterra, sem previsão de voltar a ser produzido por aqui.


Surgido a partir do conceito LRX de 2008, o Evoque só viu o mundo em 2011, quando teve como padrinhos o jogador David Beckham e sua esposa Victoria, ex-Spice Girls.

Parecendo um pequeno tanque de guerra aerodinâmico, o conceito foi aceito pelo público e indicava bons ventos para a Land Rover, num período pós-Ford, marcado por incertezas sob a gestão da indiana Tata Motors.

Vamos ler mais um pouco sobre o modelo:

Range Rover Evoque 2021 – detalhes

O Range Rover Evoque 2021 é pequeno, parrudo, robusto e dotado de linhas bastante musculosas. Com apenas 4,36 m de comprimento, ele tem estilo que impressiona mais que seu tamanho.

Destaque para os faróis bi-xenon com LEDs diurnos envolvendo os projetores semicirculares e prolongamentos nas laterais, interrompidos pelas grandes saias de rodas abauladas, além de grade em preto brilhante com logotipo da Land Rover no lado esquerdo e logo acima um grande capô com o nome Range Rover em destaque.

A linha de cintura do Evoque é bastante alta e reforça a sensação de segurança, ostentando ainda rodas aro 20 polegadas e pneus 245/45 R20. Na traseira, as lanternas em LED apresentam formato retangular com iluminação principal semicircular e a vigia é bem estreita.

Evoque 2021: fotos, preço, motor, consumo, equipamentos, revisão

O para-choque traseiro é integrado ao desenho da carroceria com um grande protetor e duas saídas de escape cromadas.

Com muitas semelhanças com o Range Rover, o Evoque tem acabamento geral é de primeira qualidade e o painel tem barra de cor metalizada, dividindo o painel em duas partes, bem como sustentando também os difusores de ar quadrados e o botão start-stop para partida.

O quadro de instrumentos tem dois grandes mostradores circulares com iluminação branca (vermelha no modo Dynamic) e um display TFT multifuncional.

O volante do Evoque 2021 é revestido em couro com aplique de alumínio, botão de marchas retrátil, ar-condicionado dual zone com aquecimento dos bancos dianteiros, freio de estacionamento elétrico, comandos do Terrain Response 2, porta-luvas bem espaçoso, comandos dos vidros nos apoios de braço (tradicionalmente nos outros ficam sobre a porta), sistema de som Meridian com até 17 alto-falantes, multimídia InControl Touch Pro com navegação e câmera de ré, Android Auto e Car Play, entre outros, fazem parte dos itens do interior.

Evoque 2021: fotos, preço, motor, consumo, equipamentos, revisão

O anterior Range Rover Evoque Cabrio tinha diferenças e peculiaridades. A linha de cintura era elevada, marcada por vincos pronunciados e caixas de roda ressaltadas para fora.

Na traseira, as pequenas lanternas espichadas para as laterais são interligadas por um filete horizontal, além de para-choque com duas saídas de ar, uma em cada extremidade.

A frente do Evoque tem faróis afilados e full LED, dando um aspecto mais agressivo, assim como o para-choque com entradas de ar adicionais.

No Cabrio, a capota do carro era retrátil em lona impermeável, acionada eletricamente com o carro em movimento até 48 km/h, levando 18 segundos para abrir e 21 segundos para fechar.

O interior do Evoque é o mesmo desde o lançamento, mas tem desenhos das peças e o nível de acabamento melhor e dentro dos padrões da categoria.

Volante multifuncional, detalhes de acabamento em alumínio e preto brilhante, câmbio com botão seletor, painel de instrumentos com tela digital colorida ao centro, acabamento em couro com costura aparente, entre outros, eram alguns destaques do conversível inglês.

Evoque 2021: fotos, preço, motor, consumo, equipamentos, revisão

Range Rover Evoque 2021 – novidades

A atual linha do Evoque 2021 não teve grandes mudanças, mas apenas a saída da versão mais cara R-Dynamic HSE P300, o que deixou o modelo com apenas uma configuração.

Em meados de 2019, a Land Rover anunciou a chegada do novo Range Rover Evoque 2020, que passou a ser importado da Inglaterra.

Inicialmente, o modelo veio apenas na configuração mais cara R-Dynamic HSE P300, custando R$ 322.300. Essa versão tinha o motor 2.0 com 300 cavalos e 40,8 kgfm de torque.

Depois, a marca lançou também as versões mais baratas, como a P250, que tem motor 2.0 turbo flex de 250 cv e 37,2 kgfm de torque. O preço era de R$ 281.600. Em todos os casos o câmbio é o ZF automático de 9 marchas.

Entre as principais novidades do Evoque 2020 estavam seus equipamentos de conforto e segurança, que mostram o nível que esse SUV apresenta.

O principal é seu novo sistema semi-híbrido, onde um pequeno motor elétrico substitui o motor de partida e entra em ação em alguns momentos para melhorar a eficiência. Segundo a Land Rover, esse sistema melhorou o consumo do Evoque 2020 em 6%.

Além disso, o SUV conta com amplo espaço interno e porta-malas de 591 litros, sistema de som premium, display digital de 12,3 polegadas e multimídia Touch Pro Duo com duas telas digitais. A lista continua com todas as luzes em LED, piloto automático adaptativo, alerta de faixa e ponto cego, frenagem automática de emergência, sistema de detecção de pedestres e maior capacidade off-road (podendo rodar em até 60 cm de profundidade de água).

Outro sistema interessante do Evoque 2020 é o ClearSight Ground View, que reproduz uma imagem 3D e transparente do que está passando sob o capô durante o fora de estrada.

Range Rover Evoque 2021 – versões

  • Range Rover Evoque P250 AWD Flex

Evoque 2021: fotos, preço, motor, consumo, equipamentos, revisão

Range Rover Evoque 2021 – equipamentos

Range Rover Evoque P250 AWD Flex – Faróis LED Premium com assinatura DRL, Vidro transparente, Teto panorâmico fixo, Teto na cor da carroceria, Indicadores de Direção Animados, Lanternas traseiras com assinatura Hi-line, Faróis de neblina, Nivelamento automático dos faróis, Acendimento automático dos faróis, Lanternas traseiras LED, Faróis de neblina traseiros, Iluminação de aproximação, Luz de freio elevada central, Retrovisores externos com aquecimento, rebatimento elétrico, função antiofuscante automática e luzes de aproximação, Limpadores de para-brisa com sensor de chuva, Assistente de Estabilidade de Reboque (TSA), Rodas de 18″, Ar-condicionado Dual-Zone, Sensor de Qualidade do Ar, Saídas de ar traseiras, Coluna de direção com ajuste manual, Volante em couro, Assentos dianteiros elétricos com 10 ajustes, Assentos de couro granulado Ebony com interior Ebony, Suspensão passiva, Direção com Assistência Elétrica (EPAS), Controle Dinâmico de Estabilidade (DSC), Controle Eletrônico de Tração (ETC), Controle de Estabilidade Antirrolagem (RSC), Freio de Estacionamento Elétrico (EPB), Sistema de Som com seis alto-falantes, Touch Pro 10″, Controle por Voz, Mostradores analógicos com tela TFT central, Câmera traseira, Sensores de estacionamento dianteiro e traseiro, Assistência de Manutenção de Faixa, Monitor de Fadiga do Motorista, Controle de Cruzeiro e Limitador de Velocidade, Distribuição Eletrônica da Força de Frenagem (EBD), ISOFIX no assento traseiro, Assistência a Frenagens de Emergência, Sistema Antitravamento dos Freios (ABS), Seis airbags, Pacote de tomada elétrica (duas portas USB e uma tomada 12 v localizada dentro do porta-objetos), Tampa do porta-malas elétrica, Retrovisor interno antiofuscante automático, entre outros.

Range Rover Evoque 2021 – preços

  • Range Rover Evoque P250 AWD Flex – R$ 309.950

Evoque 2021: fotos, preço, motor, consumo, equipamentos, revisão

Range Rover Evoque 2021 – motor

O Range Rover Evoque 2021 tinha duas opções de motor no Brasil, mas isso mudou recentemente. Apenas o propulsor da versão P250, o Ingenium de 2.0 litros, 4 cilindros e Turbo, que se manteve em linha. Ele entrega 250 cv e 37,2 kgfm de torque, associado à transmissão ZF de 9 velocidades.

Já o motor da versão topo de linha, que não é mais oferecido, era o mesmo Ingenium 2.0 turbo, mas com 300 cv e 40,8 kgfm de torque. O câmbio era o mesmo.

Range Rover Evoque 2021 – desempenho

  • Range Rover Evoque P250 AWD Flex – 7,5 segundos e 230 km/h

Com visual agressivo e motorização condizente com uma pegada mais esportiva, o Range Rover Evoque 2021 esconde debaixo do capô o propulsor 2.0 Ingenium, usado pela marca em diversos modelos e com diferentes potências.

Comandado pela caixa automática ZF-9HP, que colocada em transversal, oferece nove velocidades, o crossover agrada na cidade e na estrada, respondendo prontamente, mas de maneira mais eficiente.

A transmissão garante trocas mais suaves e precisas, bem como retomadas rápidas e nenhum esforço a mais no pedal para ultrapassagens na estrada ou saídas rápidas no semáforo, por exemplo, reduzindo bastante a perda entre as velocidades e garantindo maior economia.

O Start&Stop e o modo Eco também ajudam. Graças às nove marchas, a rotação fica na casa dos 1.800 rpm a 110 km/h.

No modo S (Sport), que estica mais as marchas, o conjunto motriz torna a condução mais agressiva, mas é mesmo no modo Dinâmico, selecionado junto às opções de terreno, pode-se obter performance invejável.

Também a suspensão Magnetic Ride Control se torna enrijecida e os parâmetros de operação dos controles de estabilidade, tração e vetoração de torque são alterados no modo Sport com Dynamic.

Controle de vetoração de torque permite curvas mais dentro do tangenciamento, assim como os controles de tração e estabilidade. No fora de estrada, o Range Rover Evoque 2021 a gasolina tem excelente comportamento, assim como na cidade, em pisos esburacados, bloquetes, paralelepípedos e outros tipos de pavimentos ruins.

No 4×4, o SUV modula perfeitamente as forças em cada roda, auxiliados sempre eficazmente pelo Terrain Response 2 com seus modos de terreno. O limitador e controlador de velocidade em baixa velocidade para o fora de estrada também é muito bom.

Evoque 2021: fotos, preço, motor, consumo, equipamentos, revisão

Range Rover Evoque 2021 – consumo

Cidade

  • Range Rover Evoque P250 AWD Flex – 4,4 km/l no etanol e 7,7 km/l na gasolina

Estrada

  • Range Rover Evoque P250 AWD Flex – 6,5 km/l no etanol e 9,4 km/litro na gasolina

Range Rover Evoque 2021 – manutenção e revisão

Na Land Rover, todas as revisões programadas (pacote de 5 anos) partem de R$ 2.490. O valor é para plano de manutenção de cinco anos, incluindo os serviços pré-definidos.

As paradas devem ser agendadas e são substituídos os seguintes itens: óleo do motor, filtro de óleo, filtro de ar, filtro de combustível (para veículos com motor a diesel), fluido de freio e mão de obra. No total são cinco revisões, sendo estas anuais.

Range Rover Evoque 2021 – ficha técnica

Motor

2.0 P250

2.0 P300 (descontinuado)

Tipo

Dianteiro transversal, Turbo e Gasolina

Dianteiro transversal, Turbo e Diesel

Número de cilindros

4 em linha

4 em linha

Cilindrada em cm3

1999

1999

Válvulas

16

16

Taxa de compressão

10,5:1

10,5:1

Injeção eletrônica de combustível

Direta

Direta

Potência Máxima Líquida (ABNT NBR 5484)

250 cv @ 5500 rpm

300 cv @ 5500 rpm

Torque Máximo Líquido (ABNT NBR 5484) 

37,2 kgfm @ 1300 rpm

40,8 kgfm @ 1500 rpm

Transmissão

Tipo

Automática 9 marchas

Automática 9 marchas

Tração

Tipo

Integral

Integral

Freios do Evoque

Tipo

Disco ventilado / Disco sólido

Disco ventilado / Disco sólido

Direção

Tipo

Elétrica

Elétrica

Suspensão

Dianteira

McPherson, independente com barra estabilizadora

McPherson, independente com barra estabilizadora

Traseira

Independente multibraço

Independente multibraço

Rodas e Pneus do Evoque

Rodas

Liga Leve aro 20 polegadas

Liga Leve aro 20 polegadas

Pneus

235/50 R20

235/50 R20

Dimensões

Comprimento total (mm)

4371

4371

Largura sem retrovisores (mm)

1904

1904

Altura (mm)

1649

1649

Distância entre os eixos (mm)

2681

2681

Capacidades do Evoque

Porta-malas (litros)

591

591

Tanque (litros)

67

67

Carga útil, com 5 passageiros mais bagagem (kg)

525

525

Peso em ordem de marcha (kg)

1925

1925

Coeficiente de penetração aerodinâmica (Cx)

0,33

0,33

Range Rover Evoque – história

Mas, em 2011, o provocante Evoque surgiu não como um Land Rover, mas como Range Rover, o menor da gama alta da marca.

A estratégia era um downsizing bem planejado, que traria boas consequências para o fabricante britânico. Pela primeira vez, a linha superior da Land Rover estaria disponível para clientes novos e com menor poder aquisitivo.

Embora por fora não passasse essa impressão, visto que era baixo, largo e atarracado, especialmente por conta da linha de cintura bem alta e das janelas pequenas, o Evoque ainda abusava ao dispor de duas portas, algo já incomum no cenário britânico e mesmo dentro da marca.

Mas tudo isso escondia um interior bem requintado e com uma semelhança enorme com o luxuoso Range Rover e seu irmão Range Rover Sport. Tudo fazia parecer estar dentro de um Range Rover e, de fato, assim era.

Por conta disso, rapidamente formou uma legião de fãs e clientes ávidos por ter o pequeno luxuoso na garagem. Chamando muita atenção, o Evoque tinha uma combinação irresistível de tonalidades e materiais de primeira que conquistava num primeiro olhar.

O público feminino rapidamente se identificou com o Range Rover Evoque, elevando bastante o percentual de compradoras na marca, quase que exclusivamente masculina até então. O modelo evoluiu em motorização e câmbio, bem como ganhou um conversível e uma atualização visual.

Em tempos de pujança, chegou a ter uma versão mais “simples” no Brasil, que custava R$ 160 mil, quando o normal era custar de R$ 180 mil para cima. O sucesso cruzou o mundo e o fez sair de fábricas no Brasil, Índia e China, onde a Landwind gerou polêmica ao copiar o SUV inglês, rebatizando-o de X7.

A Land Rover processou, mas dentro da esfera chinesa, pouco efeito teve. Para nós, o destaque realmente é vê-lo sendo feito aqui.

Range Rover Evoque 2021 – fotos

Ricardo de Oliveira
Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 25 anos. Há 14 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.