São Paulo: R$ 2,5 bi movimentará mercado de ônibus elétricos

volvo onibus eletrico bzl 1
volvo onibus eletrico bzl 1

O BNDES liberou para a prefeitura de São Paulo um empréstimo de R$ 2,5 bilhões para compra de 1,6 mil ônibus elétricos e isso movimentará o setor de chassis e carrocerias.

O montante é apenas parte de um projeto para introduzir 2,6 mil ônibus elétricos e desse total, o primeiro lote de 1.000 veículos já foi o suficiente para o setor automotivo mover-se para produção de veículos.

Com mais 1,6 mil unidades, a cidade de São Paulo só terá de fazer a licitação para aquisição dos novos veículos por parte das empresas que compõem os contratos com a SP Trans.

Em nota, a prefeitura disse: “A assinatura do contrato da Prefeitura de São Paulo com o BNDES será feita após aprovação da operação de crédito pela Secretaria do Tesouro Nacional”.

No setor de veículos pesados, a produção de chassis de ônibus ganhou impulso com o projeto da capital paulista para ter uma boa parte da frota composta unicamente por ônibus elétricos.

Aliás, todas as compras atuais de veículos novos serão de elétricos até que o lote completo seja atingido, o que faz com que empresas como Eletra, Mercedes-Benz, BYD e Volvo tenham que atender essa nova demanda.

Ainda que o número de veículos pareça pequeno, o investimento paulistano puxa outros em várias cidades, que também estão investindo em veículos com bateria.

Esse movimento de fabricantes de chassis de ônibus elétricos, associados com encarroçadores nacionais, está atraindo a atenção de empresas estrangeiras, em especial chinesas.

Recentemente fabricantes chineses estiveram no Grande ABC paulista para avaliar a possibilidade de instalação de fábricas de ônibus elétricos na região.

Como se sabe, no Brasil, o setor de transporte de passageiros, tanto urbano quanto rodoviário, se apoia essencialmente em compras de chassi e carrocerias nacionais, um conjunto essencial para obter vendas de empresas do setor.

O empréstimo para São Paulo é o sinal verde que muitos desses fabricantes aguardavam para colocar suas produções em ritmo acelerado.

[Fonte: Auto Data ]

google news2Quer receber todas as nossas notícias em tempo real?
Acesse nossos exclusivos: Canal do Whatsapp e Canal do Telegram!

O que você achou disso?

Toque nas estrelas!

Média da classificação / 5. Número de votos:

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.


Últimas Notícias



unnamed
Autor: Ricardo de Oliveira

Com experiência de 27 anos, há 16 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz testes e avaliações. Suas redes sociais: Instagram, Facebook, X