*Featured Crossovers Linha 2019 SUVs Volkswagen

VW T-Cross 2019: versões, preço, consumo, equipamentos, motor e fotos

VW T-Cross 2019: versões, preço, consumo, equipamentos, motor e fotos
VW T-Cross 2019

O segmento onde está o T-Cross 2019, de crossovers e SUVs, é um dos mais acirrados e de maior interesse dos consumidores no mercado brasileiro.

Praticamente todas as marcas já têm seus representantes para brigar por uma fatia das vendas dos utilitários.


A Volkswagen já oferecia modelos como Tiguan Allspace, mas agora se prepara para lançar o inédito Volkswagen T-Cross 2019.

Como um crossover baseado no Polo, o novo Volkswagen T-Cross 2019 deverá ser o principal lançamento da marca no ano de 2019 – mais precisamente nos primeiros meses do próximo ano.

Ele já foi apresentado de forma oficial e teve boa parte dos seus detalhes já revelada. Sua intenção será desbancar líderes como Honda HR-V, Hyundai Creta, Nissan Kicks e Jeep Renegade.


Abaixo, você poderá conferir todas os principais detalhes do novo Volkswagen T-Cross 2019 em sua versão para o mercado brasileiro.

Isso porque o carro será um modelo global, com diferenças técnicas e visuais dependendo do mercado – o T-Cross europeu, por exemplo, será menor que o exemplar a ser ofertado por aqui.

VW T-Cross 2019: versões, preço, consumo, equipamentos, motor e fotos

T-Cross 2019 – detalhes

Por mais que mantenha a sobriedade dos carros alemães, o novo VW T-Cross 2019 apresenta boas soluções estéticas capazes de dar ao carro uma identidade visual mais marcante. A dianteira do crossover compacto é semelhante à do Jetta e do Tiguan Allspace.

Na parte frontal da carroceria, o destaque fica por conta da grade mais ampla, com moldura cromada nas versões mais caras e o logotipo da Volkswagen em destaque no centro, formando conjunto com os faróis mais afilados e espichados.

Estes, inclusive, terão iluminação full LED no modelo mais completo.

Completa o conjunto do T-Cross 2019 o para-choque mais pronunciado, com um acabamento inferior em plástico preto que abriga os faróis de neblina, as luzes de condução diurna em LED, a tomada de ar e um filete horizontal na cor cinza que carrega o nome do carro.

As laterais, por sua vez, repetem o acabamento em plástico preto nas molduras das caixas de roda e na parte inferior das portas. Há ainda uma linha de cintura elevada e vincos marcantes na região das maçanetas.

Uma plaqueta nos para-lamas identifica a versão do carro, assim como no Polo e no Virtus.

O T-Cross 2019 terá rodas de liga-leve de 16 polegadas, com pneus 205/60 R16, ou de 17 polegadas, calçadas com pneus 205/55 R17.

Partindo para a traseira do T-Cross 2019, o destaque fica por conta das lanternas com formato mais quadrado, que são interligadas por uma grossa barra em preto brilhante que percorre toda a parte superior da tampa do porta-malas.

Uma solução um tanto quanto inusitada se tratando de um Volkswagen.

A Volkswagen vai oferecer o novo modelo em oito opções de cores para a carroceria: Azul Norway, Branco Puro, Cinza Platinum, Prata Sargas, Preto Ninja e Vermelho Crimson, além das inéditas Laranja Energetic e Bronze Namibia.

O carro terá ainda a opção de teto e colunas pintadas em preto brilhante.

VW T-Cross 2019: versões, preço, consumo, equipamentos, motor e fotos

O interior do novo T-Cross 2019 tem um visual que aparenta ser um misto do Polo e do Jetta.

Todo o acabamento é predominantemente com plásticos rígidos, sendo que uma barra horizontal com aparência texturizada no painel tente quebrar o “gelo” do interior com plásticos simples demais.

O painel do nosso T-Cross é exclusivo do modelo que será vendido em outros mercados.

Ele dispõe de uma série de soluções, como painel de instrumentos totalmente digital, ar-condicionado automático digital, central multimídia com tela sensível ao toque de oito polegadas, entre outros.

Nos recursos do T-Cross 2019, há também apoio de braço dianteiro ajustável, quatro entradas USB, volante multifuncional em couro, partida por botão, iluminação ambiente em LED, teto solar panorâmico duplo, sistema start/stop, seletor com quatro modos de condução, saída de ar traseira, entre outros.

O espaço interno do T-Cross é satisfatório, sobretudo na traseira.

Fruto do uso da plataforma modular MQB-A0, que teve seu entre-eixos e demais dimensões ampliadas em relação ao Polo e Virtus. São 4,19 metros de comprimento, 1,56 m de altura e entre-eixos de 2,65 m.

No porta-malas, há capacidade para 373 litros de bagagens, podendo chegar a 420 litros com a variação do encosto do banco traseiro.

Segundo a Volkswagen, o novo T-Cross 2019 será um dos mais seguros da categoria, graças à utilização de aços de ultra-alta resistência e conformados a quente, além de uma série de equipamentos de segurança.

VW T-Cross 2019: versões, preço, consumo, equipamentos, motor e fotos

Volkswagen T-Cross 2019 – versões

A Volkswagen ainda não divulgou os detalhes da gama de versões do Volkswagen T-Cross 2019 para o nosso mercado.

Ao que tudo indica, o carro será comercializado nas versões de acabamento Trendline (de entrada), Comfortline (intermediária) e Highline (topo de linha).

Como a opção mais em conta da gama, o novo T-Cross Trendline será ofertado somente com o motor 1.0 TSI flex, atrelado ao manual de seis velocidades ou câmbio automático Tiptronic também de seis marchas e tração dianteira.

Já o T-Cross Comfortline, o intermediário, terá uma “balança mais equilibrada” por ofertar tanto o motor 1.0 TSI como o 1.4 TSI, ambos com transmissão automática e tração dianteira.

Por fim, o T-Cross Highline deverá estar disponível exclusivamente com o 1.4 TSI, também com câmbio automático e tração dianteira.

Espera-se que o novo Volkswagen T-Cross 2019 repita a mesma política de equipamentos praticada pela marca nos novos Jetta e Tiguan Allspace.

Ambos os modelos são equipados de série com diversos itens, sendo que o único opcional em todas as versões fica por conta do teto solar elétrico.

O VW T-Cross 2019 deverá ter alguns outros equipamentos à parte, como o sistema de som Beats.

VW T-Cross 2019: versões, preço, consumo, equipamentos, motor e fotos

Volkswagen T-Cross 2019 – equipamentos

Segurança: todas as versões do T-Cross 2019 serão equipadas de série com airbags frontais, laterais e de cortina, totalizando seis bolsas infláveis, além de controle eletrônico de estabilidade e assistente de partida em rampas.

Como opcional no T-Cross, ele terá bloqueio eletrônico do diferencial, monitoramento da pressão dos pneus, frenagem automática pós-colisão, freios a disco nas quatro rodas, detector de fadiga, entre outros.

O controle eletrônico de estabilidade do T-Cross 2019 é capaz de identificar o estágio inicial de uma situação de rodagem crítica.

Com isso, ele compara a atuação do motorista com as reações do veículo a esse comando e, caso necessário, reduz o torque do motor e freia uma ou várias rodas até que o carro volte a ter estabilidade.

Junto a ele está o assistente de partida em rampas (ou Hill Hold Control), que mantém o carro freado por até dois segundos após o motorista aliviar o pedal de freio em aclives acima de 5%. Os freios são liberados progressivamente quando o pedal de acelerador é acionado.

Há também o sistema de frenagem automática de emergência, conhecido também como HBA (Hydraulic Brake Assist), que identifica uma frenagem de emergência através da velocidade de acionamento e pressão aplicada no pedal de freio.

Ele, então, aumenta ativamente a pressão de freio, que é modulada com o ABS.

Já o bloqueio eletrônico do diferencial (EDS) do T-Cross 2019 aciona o freio da roda com menor tração em trilhas ou situação de baixa aderência, transferindo o torque para a roda com maior tração. Com isso, há uma melhor eficiência para que o carro saia de uma determinada situação.

Ele atua de forma automaticamente, inclusive em curvas em velocidade de até 80 km/h.

O XDS+, também bloqueio eletrônico do diferencial, aumenta a agilidade e diminui a necessidade de movimentação do volante. Isso por conta de intervenções seletivas nos freios das rodas internas às curvas nos eixos dianteiro e traseiro.

Tal ação resulta numa transferência do torque disponível do motor para as rodas externas.

O monitoramento da pressão dos pneus do T-Cross 2019, por sua vez, usa sensores que monitoram o modo de vibração e frequência dos pneus, que detectam se houve perda de pressão em um ou mais pneus e alertam o condutor por meio de um aviso no painel.

VW T-Cross 2019: versões, preço, consumo, equipamentos, motor e fotos

No sistema de frenagem automática pós-colisão, ele aciona automaticamente os freios do veículo em caso de acidente.

Já o detector de fadiga detecta a perda de concentração do motorista, comparando com os 15 primeiros minutos de direção, e recomenda uma pausa para descanso.

Todas as versões trarão ainda luzes de condução diurna em LED integrada aos faróis de neblina. Como opcional, haverá faróis totalmente em LED. A lista inclui ainda sistema Isofix com Top tether para fixação de cadeirinhas infantis no banco traseiro e cintos de segurança de três pontos com pré-tensionadores e encosto de cabeça para os cinco ocupantes.

Conforto: no quesito conforto, o modelo poderá ser equipado com sensores de estacionamento dianteiros e traseiros e teto solar panorâmico “Sky View” com dois painéis de vidro instalados em mais da metade da área do teto do carro (o dianteiro pode ser aberto eletricamente).

A lista deve incluir ainda iluminação ambiente em LED com luzes na região dos pés, console, painel e maçanetas, destravamento das portas e partida do motor sem chave, suporte para celular no painel com tomada USB de carregamento rápido, mais uma tomada USB na frente e outras duas atrás, entre outros.

Haverá também ar-condicionado automático digital com saída de ar para os ocupantes do banco traseiro, sistema start/stop nas versões topo de linha com motor 1.4 TSI e seletor de modos de condução.

Tecnologia: este ponto será, sem dúvidas, um dos chamarizes do novo T-Cross 2019 no mercado nacional. Entre os equipamentos de série e opcionais (dependendo da versão), haverá o painel de instrumentos totalmente digital Active Info Display, já disponível na linha do Polo, Virtus, Golf, Jetta, Tiguan Allspace e Passat.

Este recurso substitui o painel de instrumentos analógico por uma tela de 10,25 polegadas.

Nesta tela, com resolução de 1.280 x 480 pixels, são exibidas uma série de informações do T-Cross, como informações de navegação em 2D ou 3D, onde o velocímetro e o conta-giros são deslocados para as bordas inferiores, para que um espaço seja aberto para exibir o mapa.

Há ainda dados das funções de condução, de navegação e de assistência, que podem dividir espaço com o velocímetro e o conta-giros. Informações da central multimídia também podem ser replicadas no painel de instrumentos.

VW T-Cross 2019: versões, preço, consumo, equipamentos, motor e fotos

E por falar em central multimídia, as versões mais em conta do T-Cross devem ser equipadas com o sistema Composition Touch, com tela sensível ao toque de 6,5 polegadas, Android Auto, Apple CarPlay e MirrorLink, além de entradas USB e para cartão SD, conexão Bluetooth, comandos de voz e opção de câmera de ré.

Já as configurações topo de linha devem contar com o sistema Discover Media, também dotado de Android Auto, Apple CarPlay e MirrorLink, mas neste caso com tela sensível ao toque de oito polegadas com sensor de aproximação, além de navegador GPS integrado, conexão Bluetooth para até dois celulares e sistema Think Blue Trainer, que dá dicas ao motorista para uma condução mais econômica.

Ainda entre os recursos, ele terá o sistema Park Assist 3.0, que permite estacionar o carro de forma semiautônoma em vagas paralelas e transversais. No T-Cross, o recurso dispõe ainda da função de freio de manobra.

Haverá ainda o sistema de som Beats de alta fidelidade, com sete alto-falantes (incluindo um subwoofer no porta-malas) e potência de 300 watts.

VW T-Cross 2019: versões, preço, consumo, equipamentos, motor e fotos

Volkswagen T-Cross 2019 – preços

Os preços do novo T-Cross 2019 também ainda não foram definidos e devem ser divulgados mais próximo do lançamento – algo previsto para os primeiros meses de 2019.

Porém, dá para ter uma ESTIMATIVA dos preços do T-Cross 2019 com base na atual gama da Volkswagen e também na média do mercado. Confira:

  • Volkswagen T-Cross Trendline 1.0 TSI MT 2019: R$ 85 mil
  • Volkswagen T-Cross Trendline 1.0 TSI AT 2019: R$ 90 mil
  • Volkswagen T-Cross Comfortline 1.0 TSI AT 2019: R$ 95 mil
  • Volkswagen T-Cross Comfortline 1.4 TSI AT 2019: R$ 105 mil
  • Volkswagen T-Cross Highline 1.4 TSI AT 2019: R$ 115 mil

*preços não oficiais e estimados conforme variáveis.

VW T-Cross 2019: versões, preço, consumo, equipamentos, motor e fotos

Volkswagen T-Cross 2019 – motor

Sob o capô, as versões mais em conta do novo T-Cross 2019 serão equipadas com o motor 1.0 TSI flex de três cilindros, o mesmo já usado no Polo, Virtus e Golf.

Este propulsor é dotado de turbocompressor, injeção direta de combustível, bloco e cabeçote feitos em alumínio, entre outros.

Ele consegue desenvolver 115 cavalos de potência quando abastecido com gasolina e 128 cv com etanol, a 5.500 rpm. O torque é de 20,4 kgfm com ambos os combustíveis, disponível a partir de 2.000 giros.

No caso do T-Cross, o 1.0 TSI poderá ser associado ao câmbio manual de seis marchas ou a transmissão automática Tiptronic também de seis velocidades, neste último caso com paddle shifts atrás do volante para trocas manuais de marcha. A tração será sempre dianteira.

Já as variantes topo de linha terão sob o capô o 1.4 TSI flex de quatro cilindros herdado do Golf Highline, também com turbocompressor e injeção direta.

Ele é mais potente e deve proporcionar uma tocada mais esportiva. Porém, provavelmente nada tão surpreendente quanto o Citroën C4 Cactus THP e também o Peugeot 2008 THP.

O motor 1.4 TSI do T-Cross terá as mesmas configurações do Golf. Tal unidade será capaz de entregar 150 cavalos de potência com gasolina ou etanol, a 4.500 rpm, e 25,5 kgfm de torque também com ambos os combustíveis, entregues a partir de 1.500 rpm.

O T-Cross 1.4 TSI estará disponível exclusivamente com o câmbio automático Tiptronic de seis marchas e conversor de torque com paddle shifts atrás do volante.

Vale lembrar que os modelos com o motor mais potente terão um seletor de modos de condução, com os modos “normal”, “ecológico”, “esportivo” e “individual”, capaz de alterar alguns parâmetros do motor de acordo com as preferências e necessidades do condutor.

No entanto, vale ressaltar que o T-Cross 1.0 TSI estará disponível como T-Cross 200 TSI, enquanto o T-Cross 1.4 TSI será chamado de T-Cross 250 TSI.

Trata-se de uma estratégia da Volkswagen para enfatizar o torque (em newton-metros) ao invés da “litragem” do motor, visto que os propulsores TSI se sobressaem justamente pelo torque mais elevado.

VW T-Cross 2019: versões, preço, consumo, equipamentos, motor e fotos

Volkswagen T-Cross 2019 – desempenho e consumo

Números de desempenho do T-Cross 2019 ainda não foram divulgados. Porém, como o crossover é baseado no Polo, é de se esperar que o desempenho do carro e também o consumo de combustível seja semelhante ao do hatch.

O Polo 200 TSI consegue acelerar de 0 a 100 km/h em cerca de 9,5 segundos e alcança velocidade máxima de 192 km/h de torque.

Já o consumo é de 8 km/l na cidade e 9,8 km/l na estrada quando abastecido com etanol e 11,6 e 14,1 km/l, respectivamente, com gasolina.

Dá para comparar o T-Cross 250 TSI com o Golf 250 TSI, ambos dotados do 1.4 TSI e câmbio automático. O hatch médio atinge os 100 km/h em 8,7 segundos e velocidade máxima de 203 km/h.

O consumo é de 7,7 km/l na cidade e 9,4 km/l na estrada com etanol e 11,4 e 13,8 km/l, nesta ordem, com gasolina no tanque de combustível.

VW T-Cross 2019: versões, preço, consumo, equipamentos, motor e fotos

Volkswagen T-Cross 2019 – manutenção e revisão

Assim como o desempenho e consumo, é provável que os custos de revisão do novo T-Cross 2019 sejam semelhantes aos cobrados pela Volkswagen aos donos do Polo e Virtus com motor TSI.

Em média, as seis revisões do Polo até os 60 mil km totalizam cerca de R$ 3 mil.

É provável que a Volkswagen ofereça o novo T-Cross com o programa Revisão de Série, que inclui as três primeiras revisões gratuitas.

Volkswagen T-Cross 2019 – ficha técnica

Motor

1.0 TSI

Tipo

Dianteiro, Transversal e Bicombustível

Número de cilindros

3 em linha

Cilindrada em cm3

999

Válvulas

12

Taxa de compressão

10,5:1

Injeção eletrônica de combustível

Direta

Potência Máxima

128 cv a 5.500 rpm

Torque Máximo

20,4 kgfm a 2.000 rpm

Transmissão

Tipo

Manual ou automática Tiptronic de seis marchas

Tração

Tipo

Dianteira

Freios

Tipo

Discos ventilados (dianteira) e discos sólidos (traseira)

Direção

Tipo

Elétrica

Suspensão

Dianteira

Independente, McPherson

Traseira

Eixo de torção

Rodas e Pneus

Rodas

Liga-leve de 16 ou 17 polegadas

Pneus

205/60 R16 ou 205/55 R17

Dimensões

Comprimento total (mm)

4.199

Largura (mm)

1.750 (estimada)

Altura (mm)

1.715

Distância entre os eixos (mm)

2.651

 

Motor

1.4 TSI

Tipo

Dianteiro, Transversal e Bicombustível

Número de cilindros

4 em linha

Cilindrada em cm3

1.395

Válvulas

16

Taxa de compressão

10,5:1

Injeção eletrônica de combustível

Direta

Potência Máxima

150 cv a 4.500 rpm

Torque Máximo

25,5 kgfm a 1.500 rpm

Transmissão

Tipo

Automática Tiptronic de seis marchas

Tração

Tipo

Dianteira

Freios

Tipo

Discos ventilados (dianteira) e discos sólidos (traseira)

Direção

Tipo

Elétrica

Suspensão

Dianteira

Independente, McPherson

Traseira

Eixo de torção

Rodas e Pneus

Rodas

Liga-leve de 16 ou 17 polegadas

Pneus

205/60 R16 ou 205/55 R17

Dimensões

Comprimento total (mm)

4.199

Largura (mm)

1.750 (estimada)

Altura (mm)

1.715

Distância entre os eixos (mm)

2.651

Volkswagen T-Cross 2019 – fotos

VW T-Cross 2019: versões, preço, consumo, equipamentos, motor e fotos
Nota média 4.3 de 8 votos

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email