VW aposta em elétricos de baixo custo na China – funciona no Brasil?

vw id3 id4 brasil 4
vw id3 id4 brasil 4

A China se tornou um lugar difícil para marcas estrangeiras venderem carros elétricos, uma vez que os fabricantes locais assimilaram a coisa mais rápido que uma resposta adequada de players internacionais, com exceção da Tesla.

Diante disso, montadoras como a VW, que sempre venderam bem no país, se viram diante de uma situação diferente, onde os consumidores locais preferem comprar de players chineses.

Por conta do alto preço local, os carros elétricos da VW ficaram de lado na preferência de quem busca um automóvel a bateria.

Assim, segundo a Reuters, a VW decidiu criar uma plataforma elétrica de baixo custo para atuar no mercado chinês e assim ser mais competitiva.

A Volkswagen antecipará lançamentos de carros elétricos esperados para os próximos quatro anos para apenas 2,5 anos, de modo a recuperar o tempo perdido, tentando emplacar modelos ID que não caíram no gosto dos chineses.

vw id2all platform
vw id2all platform

Ludger Luehrmann, diretor de tecnologia do centro de Hefei, chamado Volkswagen Group China Technology Company (VCTC), comentou: “Quando o volume (EV) aumenta,… é importante que sejamos rentáveis ​​para sermos sustentáveis. Portanto, impulsionamos as tecnologias, a velocidade e a eficiência de custos.”

Por lá, o VW ID.3, ficou em 22º lugar no ano passado entre os elétricos, com média de 2.200 vendidos por mês. Para os planos da marca, esse não é um resultado bom.

Por conta disso, a VW desenvolverá quatro modelos elétricos de baixo custo com preços entre 140 mil e 170 mil yuans ou entre R$ 96,7 mil e R$ 117,5 mil, em conversão direta.

O desenvolvimento deverá ocorrer em Hefei, com participação maior da JAC Motors, que já tem experiência em carros elétricos de baixo custo.

Essa nova base deverá reduzir em 30% o tempo de lançamento de novos produtos na China.

E fora? A VW não deve mudar sua estratégia para a Europa e EUA, mas no Brasil, uma poderia servir?

Por ora, a VW focará somente em carros híbridos flex, mas mesmo isso irá demorar, então, provavelmente qualquer evolução poderá chegar por meio da JAC e não VW.

[Fonte: Reuters ]

google news2Quer receber todas as nossas notícias em tempo real?
Acesse nossos exclusivos: Canal do Whatsapp e Canal do Telegram!

O que você achou disso?

Toque nas estrelas!

Média da classificação / 5. Número de votos:

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.


Últimas Notícias



unnamed
Autor: Ricardo de Oliveira

Com experiência de 27 anos, há 16 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz testes e avaliações. Suas redes sociais: Instagram, Facebook, X