VW fará dois híbridos na Anchieta, SUV compacto em Taubaté e picape no Paraná

vw anchieta
vw anchieta

A Volkswagen entrou em acordo com os sindicatos dos funcionários das plantas da Anchieta, Taubaté e São José dos Pinhais, que receberão um aporte de R$ 7 bilhões ou € 1 bilhão de euros liberados pela matriz.

A unidade de motores de São Carlos também receberá parte do investimento, comemorado pelos trabalhadores do ABC, onde a VW fechou acordo sindical até 2028, com o mesmo feito no Vale do Paraíba.

Segundo o sindicato do ABC, a fábrica de São Bernardo do Campo fará dois modelos híbridos a partir de 2027, porém, a ideia é antecipar em um ano esses lançamentos.

Pelo que foi acordado com a montadora, o sindicato ficou sabendo que um dos modelos será mild hybrid ou MHEV, sendo uma tecnologia já usada pela VW na Europa.

Wellington Messias Damasceno, diretor administrativo do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, comentou que a plataforma será maior que a dos carros atuais, como do Taos, mas que o novo carro pode herdar o nome de um atual.

Não se sabe de muita coisa sobre os híbridos da VW, mas eles serão flexíveis para usar gasolina e etanol, algo que a marca vem buscando desde a gestão do argentino Pablo Di Si, hoje chefe da VW of America.

O que se sabe é que o híbrido flex da Voplkswagen foi desenvolvido em parceria com as filiais de México e Índia, e que a montadora admitirá 111 engenheiros para trabalhar no desenvolvimento desse sistema.

A esperança do sindicalista é que a engenharia da VW seja reestabelecida no ABC, pois teria sido “sucateada” nos últimos anos.

O sindicalista apontou ainda que Taubaté fará um SUV compacto a partir de 2025, sendo o esperado crossover para atuar no lugar do Gol e ficar abaixo do T-Cross.

Além disso, no Paraná, um acordo semelhante foi fechado para produção de uma picape acima da Saveiro a partir de 2025, o que acreditamos ser a versão final da Tarok.

Já em São Carlos, a fábrica ficará responsável pela produção do motor hibridizado para atender o portfólio da marca.

Por ser um mild hybrid, o tempo de gestação está maior que o esperado para algo que já existe, podendo nesse caminho, ser feito um carro inteiramente novo em dois anos e meio…

[Fonte: Auto Data ]

google news2Quer receber todas as nossas notícias em tempo real?
Acesse nossos exclusivos: Canal do Whatsapp e Canal do Telegram!

O que você achou disso?

Toque nas estrelas!

Média da classificação / 5. Número de votos:

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.


Últimas Notícias



unnamed
Autor: Ricardo de Oliveira

Com experiência de 27 anos, há 16 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz testes e avaliações. Suas redes sociais: Instagram, Facebook, X