*Featured Avaliações Chevrolet Hatches

Avaliação: Novo Onix LTZ 1.0 Turbo 2020 anda muito e bebe pouco

Avaliação: Novo Onix LTZ 1.0 Turbo 2020 anda muito e bebe pouco

O Novo Onix já está na praça e pronto para manter a liderança do modelo anterior. Afinal, não houve alteração de preços e o carro ficou muito melhor.


Na versão LTZ, o compacto da GM custa R$ 60.990 com transmissão manual, que é a versão avaliada. Esta, aliás, veio com rodas de liga leve aro 16 polegadas com acabamento preto.

Trata-se de um acessório e ele custa R$ 4.500, de acordo com um revendedor Chevrolet. Os retrovisores também são acessórios, mas não conseguimos obter preço até a publicação desta.

Avaliação: Novo Onix LTZ 1.0 Turbo 2020 anda muito e bebe pouco


Equipado com motor Ecotec 1.0 Turbo de três cilindros, o Novo Onix LTZ tem um ótimo rendimento após a atualização.

Além disso, o câmbio manual permite explorar mais sua força. Razoavelmente equipado, o Novo Onix LTZ ainda se destaca pela internet a bordo e carregador wireless para smartphone.

Por fora…

Avaliação: Novo Onix LTZ 1.0 Turbo 2020 anda muito e bebe pouco

Maior, o Chevrolet Onix LTZ 2020 realmente mostra que cresceu quando se olha ao vivo. O compacto ficou mais encorpado e tem uma pegada estética até mais esportiva.

Isso é realçado pelas rodas aro 16 de cor preta e com pneus 195/55 R16. O hatch ainda tem retrovisores pretos que reforçam essa proposta.

A frente com faróis grandes e também faróis de neblina circulares cativa os que a observam. O para-choque com spoilers integrados ao desenho também ajuda no visual.

Avaliação: Novo Onix LTZ 1.0 Turbo 2020 anda muito e bebe pouco

Na traseira, o Novo Onix chama atenção pelas lanternas que imitam assinatura em LED e formato retangular, que alguns falam que o conjunto até lembra a geração antiga do BMW Série 1. Parece mesmo?

Maçanetas com botões de entrada sem chave, retrovisores grandes e antena estilizada no teto acompanham a versão LTZ.

Por dentro…

Avaliação: Novo Onix LTZ 1.0 Turbo 2020 anda muito e bebe pouco

No interior, o Novo Onix LTZ traz um layout moderno e ao mesmo tempo bem funcional, tendo cluster analógico de boa visualização.

Detalhes em cinza brilhante estão nas maçanetas, console central, painel de instrumentos e difusores de ar laterais.

O novo volante tem uma boa empunhadura e vem com comandos de mídia e telefonia, mas infelizmente não tem piloto automático, apenas um limitador de velocidade.

Avaliação: Novo Onix LTZ 1.0 Turbo 2020 anda muito e bebe pouco

Na parte central, a multimídia MyLink 3 com Android Auto e Car Play é uma boa para quem não pode ficar desconectado dos navegadores mais usados no mundo: Waze e Maps.

A interface da internet 4G (da Claro) com conexão Wi-Fi para até 7 aparelhos móveis (ou não, pois, pode ser acessada por um PC também) em um raio de 15 m, satisfaz a necessidade.

Simples e fácil de conectar, ela é uma boa pedida em viagens longas com a família. No LTZ, há câmera de ré também, assim como o sistema OnStar, acessível pelos botões do teto.

Avaliação: Novo Onix LTZ 1.0 Turbo 2020 anda muito e bebe pouco

No Onix LTZ, existem ainda 3 entradas USB (2 ficam atrás), além de carregador wireless para smartphone com bom tempo de recarga, dependendo do aparelho.

Os comandos do ar condicionado são simples, enquanto a alavanca de câmbio tem pomo em preto brilhante. A parte central do painel tem textura exclusiva.

No LTZ, a partida é por botão, mas sem partida remota na chave, embora possa ser feita pelo app da Chevrolet.

Avaliação: Novo Onix LTZ 1.0 Turbo 2020 anda muito e bebe pouco

Vidros, retrovisores e travas são elétricos, mas não há luzes de leitura e nem iluminação atrás, um pecado. Os espelhos dos para-sóis também não. O retrovisor interno é dia-noite.

Já os bancos têm uma boa padronagem e apoios de cabeça integrais na frente. Atrás, o banco é bipartido e todos possuem cintos de 3 pontos e apoios de cabeça.

Avaliação: Novo Onix LTZ 1.0 Turbo 2020 anda muito e bebe pouco

O espaço interno, de modo geral, é apenas aceitável para a categoria, mas quando se leva em consideração os 4,16 m do Novo Onix, ele fica devendo mais.

No porta-malas, o carro veio com um tapetão de borracha como acessório. O volume poderia ser maior, sendo 275 litros de acordo com a GM, mas 291 litros no manual. E agora?

Por ruas e estradas…

Avaliação: Novo Onix LTZ 1.0 Turbo 2020 anda muito e bebe pouco

O Novo Onix LTZ 1.0 Turbo manual pode até não ter aquele espaço interno que seu tamanho indica e nem um bagageiro tão bom assim, o entre eixos curto de 2,55m atrapalha.

No entanto, uma coisa ele faz bem. Aliás, duas: Andar muito e beber pouco. O compacto da GM realmente mostra sua cara com uma caixa manual de seis marchas.

Livre para mudanças ao gosto do motorista, o novo carro atende muito bem quando se exige do motor 1.0 Turbo de três cilindros e sem injeção direta (nesse caso, não é demérito).

Avaliação: Novo Onix LTZ 1.0 Turbo 2020 anda muito e bebe pouco

O pequenino entrega os mesmos 116 cavalos tanto no álcool quanto na gasolina, sempre a 5.500 rpm. No torque é que ele apresenta alguma diferença.

No etanol, são 16,8 kgfm, perdendo 0,5 kgfm na gasolina, que era o combustível a bordo do Onix LTZ. Ele já está atualizado para não pegar fogo como ocorreu com o Onix Plus.

Assim, ele pode botar fogo mesmo é na percepção do condutor, que ficará surpreso pela força que o pequeno 1.0 Turbo disponibiliza no pedal.

Avaliação: Novo Onix LTZ 1.0 Turbo 2020 anda muito e bebe pouco

De funcionamento suave e pouco ruidoso, o Ecotec 1.0 Turbo tem boa força em baixa rotação, circulando bem a 1.500 rpm e até pode ser mantido perto de 1.000 rpm sem pedir arrego.

Com torque sempre em uma faixa plana e elevada até 4.500 rpm, o Onix Plus LTZ manual permite acelerar vigorosamente até o corte aos 6.000 rpm.

Até lá, o 1.0 Turbo fica cheio e responde prontamente ao acelerador, deixando o motorista á vontade para explora-lo em cada marcha.

Avaliação: Novo Onix LTZ 1.0 Turbo 2020 anda muito e bebe pouco

Nas retomadas, mesmo com uma transmissão não esportiva, o Onix LTZ não fica devendo para carros com motor bem maior que os de sua faixa de potência.

Os engates não são tão suaves quanto o antigo Onix, especialmente a segunda, que precisa ser “encaixada”, então, uma condução esportiva ficará devendo por conta disso.

No dia a dia, esse câmbio manual é adequado, assim como a embreagem, que é bem macia. Tendo seis velocidades, a sexta serve apenas para manter o giro adequado na estrada.

Avaliação: Novo Onix LTZ 1.0 Turbo 2020 anda muito e bebe pouco

Rodando a 110 km/h, o ponteiro marca 2.100 rpm. Em subidas longas, como de serra, dependendo a inclinação, ele consegue manter o ritmo em sexta e com giro na casa dos 1.500 rpm.

Ou seja, força é o que não falta. E isso é perceptível quando em pequenas subidas, como de pontes, onde o Onix LTZ 1.0 Turbo não pede redução como num carro aspirado, por exemplo.

E se tiver carregado? Mesmo com cinco pessoas, mala e cuia, o Novo Onix 1.0 Turbo não se intimida e anda muito bem para um “carro 1.0”.

Avaliação: Novo Onix LTZ 1.0 Turbo 2020 anda muito e bebe pouco

Essa força toda se reflete no consumo. Quanto mais torque em baixa, menos é necessário explorar o câmbio.

Na rodovia, com apenas o motorista, como sempre fazemos, o consumo ficou em 20 km/l a 110 km/h. Sim, praticamente o mesmo do Onix Plus Premier pré-atualização.

Na cidade, fizemos 13,7 km/l andando normalmente. Nos dois casos, gasolina e muita semelhança com o Onix Plus Premier.

Avaliação: Novo Onix LTZ 1.0 Turbo 2020 anda muito e bebe pouco

Agora, com peso elevado, com os mesmos cinco adultos e porta-malas com bagagem até o teto, o Onix LTZ Turbo fez 17,3 km/l na estrada e pouco mais de 11 km/l na cidade.

Nada mal para um carro pequeno e com lotação mais que completa.

Fora a boa disposição do conjunto motriz, o que certamente impedirá a chegada de um 1.2 Turbo, como no México, o Onix LTZ 1.0 Turbo é um carro bom de dirigir.

Avaliação: Novo Onix LTZ 1.0 Turbo 2020 anda muito e bebe pouco

A direção é leve e reproduz a sensação de que o carro realmente ficou mais ágil que o anterior. Com freios adequados, o Novo Onix tem uma suspensão até que bem macia.

Mesmo com rodas aro 16 polegadas e pneus 195/55 R16, dá para notar que o hatch nacional tem uma calibragem mais focada no conforto, bem perceptível em curvas, mas sem ser ruim.

Isso é bom para enfrentar o piso péssimo de ruas e estradas. Com rodas aro 15, ele deve ser ainda mais confortável em vias de pavimento irregular.

Avaliação: Novo Onix LTZ 1.0 Turbo 2020 anda muito e bebe pouco

As rodas grandes e pneus largos ajudam a passar alguma coisa para dentro e, nesse aspecto, o Novo Onix é apenas mediano em conforto geral.

O comportamento do carro é adequado para sua proposta, tendo como diferencial desempenho e economia.

Por você…

Avaliação: Novo Onix LTZ 1.0 Turbo 2020 anda muito e bebe pouco

O Novo Onix chega com força ao mercado nacional, mantendo preços, aumentando de tamanho, ganhando internet e carregamento sem fio.

Ele ficou também mais bonito e isso conta bastante no mercado, porém, realmente o conjunto motriz é o que mais destaca essa segurança geração.

Avaliação: Novo Onix LTZ 1.0 Turbo 2020 anda muito e bebe pouco

Tendo um conjunto que já vem com o pacote de segurança desejado, que inclui controles de tração e estabilidade, assistente de partida em rampa e seis airbags, o Onix LTZ é bastante atrativo.

Reunindo o melhor de dois mundos, o Novo Onix LTZ 1.0 manual pede passagem. Embora ainda existam detalhes, o hatch da Chevrolet é sim uma opção mais do que válida no mercado.

Medidas e números…

Ficha Técnica do Chevrolet Onix LTZ 1.0 Turbo MT 2020

Motor/Transmissão

Número de cilindros – 3 em linha, turbo, flex

Cilindrada – 999 cm³

Potência – 116 cv a 5.500 rpm (gasolina/etanol)

Torque – 16,3/16,8 kgfm a 2.000 rpm (gasolina/etanol)

Transmissão – manual de seis marchas

Desempenho

Aceleração de 0 a 100 km/h – 9,7 segundos

Velocidade máxima – ND

Rotação a 110 km/h – 2.100 rpm

Consumo urbano – 6,7/11,5 km/litro (etanol/gasolina)

Consumo rodoviário – 10,1/16,8 km/litro (etanol/gasolina)

Suspensão/Direção

Dianteira – McPherson/Traseira – Eixo de torção

Elétrica

Freios

Discos dianteiros e tambores traseiros com ABS e EDB

Rodas/Pneus

Liga leve aro 16 com pneus 195/55 R16

Dimensões/Pesos/Capacidades

Comprimento – 4.163 mm

Largura – 1.746 mm (sem retrovisores)

Altura – 1.475 mm

Entre eixos – 2.551 mm

Peso em ordem de marcha – 1.075 kg

Tanque – 44 litros

Porta-malas – 275 litros

Preço: R$ 60.990 (versão padrão) R$ 65.490 (acessório roda aro 16)

Chevrolet Onix LTZX 1.0 Turbo MT 2020 – Galeria de fotos

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

  • Paulo C

    Não haver piloto automático em um carro de 65 mil reais é algo imperdoável.

    Quem compra um carro desses pra viajar não pode viver sem esse item. Caso contrário, é multa na certa.

    Piloto automático é item essencial para relaxar em viagens longas.

    • Hugo Leonardo Dos Santos

      Ele tem o controlador de velocidade, já ajuda

      • fabio

        Se tirar o simbolo da GM e colocar o da CHERY passa como CHINES ,sera que o Trump sabe disso ??!! >>>>>>>>

        • Hugo Leonardo Dos Santos

          🤷🏻‍♂️

        • Eduardo 1981

          OK, mas não quer dizer que seja mal produto.

        • Gabriel

          É vendido no EUA para o trump se importar?

          • LL

            não só em países subdesenvolvidos.

          • ocampi

            Onix não passa nem perto dos EUA…..nem HB20 e estas jabiroscas.

            • Calferr

              É coerente, afinal (quase) nada nosso passa perto. Ruas, estradas, vagas de garagem, e principalmente nossas casas.

        • Marco Aurélio do Nascimento

          Fábio, será que foi só eu que achei essa traseira cópia deslavada do Kwid ??? só que mais larga??? Repara aí prá vc ver…

          • Thales Sobral

            Tinha acabado de abrir uma foto do Kwid pra ver isso, também achei parecido.

          • Eduardo

            Já viu pessoalmente? Não achei nada parecido

        • Aparencia de carro chines ficou a nova tracker…

      • RicLuthor

        Tem o limitador de velocidade.

    • Thyago Moraes

      Meu carro tem piloto automatico e nao uso de jeito nenhum, pra mim ate atrapalha. Eu consigo fazer um consumo melhor no pe

      • Janduir

        Se viajar pra longe faz falta… agora pra viagens curtas não dá muita diferença.

      • Edson Fernandes

        O contrlador de velocidade não tem a função de economia. Ele tem a função de se ajustar a velocidade programada.

        Consumo se souber tocar vai economizar mesmo. A diferença é que no controle do pé, vc não ligar se perder pouco da velocidade rodando, enquanto para o carro, se perdeu ele precisa recuperar e desce marcha (falando de automaticos).

      • Yo soy Yo

        O meu carro tem e eu uso MUITO, mas moro em Brasília e a gente tem muita via longa aqui, e o Cruise Control é uma mão na roda. E pra estrada tb é uma maravilha!

    • Marcelo Alves

      Em carro manual não faz tanta diferença, eu tenho no meu e faz um tempão que não uso.

      • Paulo C

        Tenho no meu 208 GT manual e não fico sem.

    • BlueGopher

      Piloto automático é bom em carros automáticos.
      Num carro com cambio mecânico, ainda mais com motor de potência pequena ou média, não dá certo.
      Imagine um carro carregado, numa longa subida, tentando manter a velocidade sem poder reduzir as marchas como aconteceria num carro automático.
      Gasta combustível, força o motor, perde velocidade e pode até criar uma situação de risco aos passageiros.

      • Edson Fernandes

        No Sandero vc consegue usar bem. Mas é como vc disse… mas aqui podemos colocar que de 100% de uma viagem para uma distancia consideravel, vc pode e deve usar com certeza por volta de 70% dela. Eu tenho um carro automatico, mas percebo nitidamente isso… Como o teste vale para um carro manual? Usar um automatico no modo sequencial.

        Ele irá perder velocidade sim, mas a depender do bom senso do condutor, se reduz marcha e segue o curso … a diferença: terá que ligar novamente o controlador. Mas num uso que faço constantemente, eu te diria por até ter usado o Sandero do meu tio, eu rodei mais de 80% do tempo ligado sem problemas.

      • Yo soy Yo

        O Cruise Control não identifica muito bem os aclives e declives e vezes q o motor podia estar na marcha de cruzeiro, o CC fica segurando a marcha uma a baixo para possíveis acelerações e tal, dai não dá pra usar o CC esperando consumo baixo msm não.

      • Paulo C

        Absolutamente nada a ver.

        Tenho e já tive em vários carros com câmbio manual.

        A velocidades de pista, 100 a 120 por hora, é muito adequado e nunca achei que não fosse o contrário.

        Força o motor? Gasta combustível?

        De onde tirou isso?

        Em subida, se houver necessidade, basta pisar na embreagem e o sistema é desligado momentaneamente. Eu nem lembro a última vez que precisei fazer isso no uso que faço, em rodovia.

        Reduzo as marchas e depois, quando mudo, basta apertar o botão resume e ele volta sozinho.

        • BlueGopher

          Paulo, o Brasil é bem mais que apenas estradas de com velocidades de 100/120 km/h.
          Estas são raridades fora de SP.
          E as pistas simples, serras, curvas, buracos, trânsito, etc exigem constantes mudanças de marchas.
          Nestas situações, ou seja, a maioria, o piloto automático torna-se inútil num carro mecânico.
          E se o motorista não perceber a necessidade de reduzir a marcha, mesmo numa boa estrada pode desperdiçar gasolina, forçar o motor, perder velocidade e até criar uma situação de risco aos passageiros.

    • L.M.

      Pelo menos aqui em Santa Catarina, que praticamente não temos pista duplicada e nem longos trechos de reta, piloto automático acaba sendo inútil

      • Paulo C

        Mas o carro não é vendido só em Santa Catarina.

        • Otavio Marcondes

          Mas também é vendido no Rio Grande do Sul, Minas Gerais e diversos outros estados que tem regiões com relevo mais montanhoso (incluindo São Paulo).

      • 4lex5andro

        Como 90% do Brasil.. de estradas sinuosas, pista simples, sem duplicação e de asfalto duvidoso.

        Hoje, comparáveis as highways de SP (um mundo a parte) só poucos trechos de excelência, como a freeway Poa-Osório (RS) e a recém-duplicada (há menos de dez anos) Br-101 nordeste, entre São Miguel dos Campos (AL) e Natal (RN).

    • Vitor C

      O que mais me surpreendeu foi a falta das luzes de leitura e iluminação atrás, uma economia bem desnecessária além apoia braço em plástico.

      • Verdades sobre o mercado

        Também não tem a regulagem de altura do cinto de segurança do passageiro, a capacidade de carga é de apenas 375kg(suspensão mais barata), mas certamente a supressão destes itens foram que possibilitaram um preço tão atrativo, não há almoço grátis…

        • Eduardo

          Apenas? O carro é um hatch compacto, não um utilitário.. 3 adultos de 100 kg e ainda tem 75kg pra levar de bagagem…

          • Verdades sobre o mercado

            A maioria dos concorrentes tem capacidade de 430 kg de carga. O Onix Plus tem a mesma capacidade de 375 kg(pior ainda por se tratar de sedan). Se colocar 5 adultos de 70 kg cada, sobra apenas 25 kg para bagagem.

      • 4lex5andro

        Sem contar a falta de discos ventilados nos freios e a presença de bancos de chevette standard na frente.

      • Jader Miane

        Problema do apoia braço é muito mais a posição do que o acabamento, visto o que o carro oferece e no preço que oferece não tem milagre, em alguns locais vai ter corte de custo.

    • Ricardo Silva

      Affe, até pouco tempo atrás o pessoal cruzava o Brasil de Fusca, e agora “não pode viver” sem esses itens modernosos, que realmente trazem algum conforto em determinadas situações, mas estão longe, mas muito longe de serem algo “essencial”.

      • RicLuthor

        Sem falar que o carro testado é manual, se fosse automático, eu até aceitaria a reclamação dele pela falta do controle de cruzeiro.

      • L.M.

        Esses dias eu vi um garoto (deve ter uns 11 anos, não é possível) afirmando que o Virtus era melhor que o Onix Plus porque o VW tem “detector de fadiga“.

        Um carro pode ser melhor que o outro por n fatores; o Virtus pode ser melhor que o Onix (e vice-versa) por dezenas de variáveis, mas certamente não por conta de uma merdinha desse detector, tal qual o painel digital ou o estacionamento automático, itens típicos para atrair compradores de carro que ainda fedem a leite de teta.

        Se fosse um carro de R$ 200 mil, que esses itens custariam pouco proporcionalmente ao carro si, até daria pra pensar em concordar…

        • Eduardo 1981

          Pirralho …

        • Ricardo Silva

          Sim, essa mulecada está osso … eu trocaria aquele painel digital da VW pelo airbag de cortina, e trocaria o wi-fi, carregamento por indução e estacionamento automático do Onix pelo freio a disco na traseira e a vetorização de torque da VW … no meu caso, segurança é a prioridade …

          • Luconces

            Tem gente que nem sabe a diferença entre Controle de Estabilidade e Vetorização de Torque…

      • leomix leo

        Geração mimimi, monte de macho cheio de frescura, fazendo barbinha desenhada, unhas de pé,
        depilação e só usa roupa engomadinha.

        • T1000

          e aquela luvinha preta quando vai cozinhar

      • Paulo C

        Bom, vai querer comparar com Fusca.

        É esse mentalidade que nos faz comprar carroça até hj.

        • Otavio Marcondes

          Carroça é um automóvel sem condições minímas de segurança e conforto. Agora piloto automático, central multimídia, e “luzinha” que troca de cor do ambiente não é e nunca foi essencial.
          Pode até ser um critério de escolha pessoal ter estes itens, mas transformar um automóvel em carroça por não ter estas amenidade é um exagero descabido.

    • Paulo Lustosa

      Piloto automático é ideal em carro de câmbio automático, em câmbio manual é totalmente dispensável, pois em uma subida, o carro vai querer injetar combustível pra manter a mesma velocidade programada, e o giro por não conseguir se manter, se faz necessária uma redução, o que não ocorre em câmbio manual, ou seja, está tudo coerente até então.

      • Paulo C

        Totalmente dispensável hahahhha.

        Uso todos os dias em rodovia no meu 208 GT.

        Usei em um UP TSI.

        Usei em um Audi A3.

        Todos com câmbio manual.

        Item absolutamente indispensável.

        Quem acha que não funciona é pq nunca soube usar.

        • Paulo Lustosa

          Tu usa em qual rodovia? Porque em rodovia cheio de sobe e desce, com curva e o cão, como ocorre no Nordeste é absolutamente dispensável. Porque piloto automático pra em subida eu ter que reduzir marcha pro carro manter a velocidade não é piloto automático, e sim uma artimanha pra preguiçoso que não quer usar o pé no acelerador e sim pra gastar embreagem.

          • Ernesto

            Pois é, mas Brasil não é somente o Nordeste.

            • Otavio Marcondes

              Pois é, mas é também o Nordeste, o Sul, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Espírito Santo…
              Piloto automático é ótimo ter, mas ser essencial ou não é uma questão mais pessoal, assim como o detector de ponto cego e outras amenidades a mais.
              Essa geração atual parece querer tudo automático e, se possível, automatizado. Não esqueçam que tecnologias tem custos para comprar e custos para manter, o que pode inclusive impactar no pós-venda deste bem (tão caro nos tempos atuais).

          • Rafael 88

            Moro no NE e pouco tempo atrás tinha um Cobalt manual e usava o CC em viagens, é um item que tem que saber usar, eu usava mais para descansar o pé do acelerador, não é pq se tem o CC que vc irá usar 100% do percurso de uma viagem, há situações que é preciso desativá-lo e o motorista assumir o controle, como em ultrapassagens e subidas e aclives de maiores intensidade.

        • Eduardo

          Nunca usei no meu Cruze 2014 automático… imagino num manual. Dispensável sim, só se vc mora próximo de rodovias muito boas e sem nenhuma subida. Não é o caso de 95% da população brasileira.

          • Ernesto

            Como você chegou a esse percentual? Rsrsrsrs

            • Paulo Lustosa

              Mais de 80% das rodovias do Brasil até então é pista simples, e cheia de aclive e declive… se piloto automático for essencial mesmo nessa situação, melhor esperar carro autônomo pro preguiçoso descansar e deixar o carro fazer tudo por ele.

            • Gabriel

              “As pessoas inventam estatísticas para provar qualquer coisa. 40% das pessoas sabem disso.”
              Homer Simpson

      • ElantraTop

        Isso é frescura. Macho que é macho como mel com abelhas. Frescurinha barata essa de piloto automatico. Usa cambio manual e deixa de mimimi

    • Augusto

      Tenho em carro automático e nunca usei! Acho q nem sei ligar! Em outro veículo já usei, e não achei nenhum pouco interessante! Mas gosto, é gosto!

      • leomix leo

        Tenho 2 carros que tem, utilizo bem pouco, quase nunca, percebo uma piora no consumo de combustível, eu controlo melhor o cutoff com meu pé.

    • Gabriel

      Quais os concorrentes nessa faixa de preço tem esse item? e quais dos que tem são com cambio manual?
      (0km obviamente)

      Item essencial para não tomar multas em viagem longa se chama Waze, só baixar no seu celular e ser feliz, alem de que, andar uma viagem longa a 80, 60, é um saco. (não que eu corra, mas andar a 100-120 é de boa e ja é acima do limite)

      • Edson Fernandes

        Sandero antes da leva atual de 1.6 0km serem só automatica tinha. 208 a partir do allure tem (1.2 inclusive).

        Sempre falando dessa faixa de 60000.

        • Gabriel

          Entao nao é imperdoavel nao ter, visto que poucos concorrentes tem/tinham.

          • Edson Fernandes

            Isso é uma verdade, não tinham, mas ainda poderiam ter…rs

            O fato e´que os carros mtas vezes são mal compostos em suas versões. E isso pra mim é um problema sério.

      • Saulo Bezerra

        Viajar a 100 num Etios, manual a é. Isso em estrada simples com alguma reta. Tinha que andar 120 pra não ter sono na pista.

      • Paulo C

        E ficar toda hora olhando no painel?

        Uso waze e piloto automático.

        Quem acostuma, não vive sem.

        • Gabriel

          Mto cansativo que é dar uma olhada de 1/2 segundo pro painel bem de vez em quando, não a necessidade de olhar o painel toda a hora, só olho para adequar a velocidade com exatidão quando o waze avisa que tem radar, baixo a velocidade pra passar e volto a andar no meu ritimo, o seu piloto automatico por acaso baixa a velocidade sozinho para se adequar ao radar e depois volta ao normal? nenhum dos que usei fazia isso, então ele não ajuda em absolutamente nada para não tomar multas.

          Nem se voce fizer a viagem inteira com o PA a 80kmh (velocidade da maioria das BR) vai evitar multas, vai na verdade pegar varias, pq o que não falta é rodovia a 80kmh (por exemplo) mas quando tem radar a velocidade é abaixo do restante da via, tipo 60 ou 50 kmh, aqui no RS e SC é cheio dessas vigarisse.

          Se voce acostumou e não vive sem é por ser confortavel pra vc, não discordo dessa parte, discordo apenas, e muito de ser essencial para não tomar multas.
          Então, você deve comprar um carro de categoria superior, pq compacto popular não vai achar muitos com esse item.

    • Fabão Rocky

      Ele tem limitador de velocidade.

    • vicegag

      Imperdoável num carro de 65 k é fazer do retrovisor um acessório: “Os retrovisores também são acessórios, mas não conseguimos obter preço até a publicação desta.”
      A que ponto chegamos, kkk.

      • LL

        O retrovisor preto brilhante.

    • Caio Elisei

      O Kicks, de mais de R$ 90 mil, só foi ter na linha 2019!!! cada economia porca que essa montadoras fazem….

    • Sonfav

      É imperdoável. Não há desculpas. Item comum, barato… atenderia um monte de gente.
      Eu mesmo acabei de vender um carro e um dos motivos era não ter o dito cujo. Quando comprei ponderei como os outros leitores aqui fizeram… mas não adianta.
      Quem aprendeu e gostou não fica sem.

    • Paulo

      Imagina. Garanto que o comprador nao esta interessado no piloto automatico. Carro turbo com cambio manual nao é perfil de tiozao ou de quem tem interesse de ficar na lenga lenga.

    • Calferr

      Também achei curioso isso. Minha esposa tem um Ônix LT 1.4 aut que tem piloto automático, então, um LTZ não ter, achei estranho. A desculpa de se ter câmbio manual, não serve, pois já tive um Civic manual, que tinha este equipamento.

    • ElantraTop

      Piloto automatico e coisa de baby desconsolada. Ninguem usa isso. Tipo acessorio serve pra que mesmo…kkkk

    • Jader Miane

      Quando você coloca o opcional de câmbio automático tem Controlador de velocidade de cruzeiro Em torno de 65 na versão LT. Nesta faixa de preço apenas o Sandero em questão de equipamentos entrega o equivalente, todos os outros concorrentes passam fácil dos 70 mil. Yaris, Polo, etc.

  • alexandre

    Novo Up! Tsi. Existe, SIM, público para carros turbo MT. Parabéns à GM por disponibilizar opções ao nosso engessado mercado.

    • Marcelo Alves

      A VW colocou o câmbio MT no Golf 1.0, colocou agora no T-Cross, ela só não colocou no Polo justamente para não prejudicar as vendas do Up!

      • L.M.

        A VW colocou câmbio manual no T-Cross só pra fazer propaganda de preço.
        Não deve ter pra vender em nenhuma concessionária.
        E como já comprei carro com opcionais na VW, se quiser encomendar vão pedir 3 meses pra entregar

        • Raimundo A.

          E se a demanda pelo MT for baixo, em breve aqui no Brasil será descontinuado como foi em alguns concorrentes.

        • Edson Fernandes

          Eu já conheci um TCross manual.

          É de um cara da empresa no qual trabalho. Mas é super raro.

        • Marcelo Alves

          Depende do tipo de configuração que você fizer, algumas configurações chegam em menos de 30 dias, outras demoram 60 dias, mas até hoje não tive conhecimento de casos em que demoraram mais do que isso não, a que mais demorou foi quando meu pai comprou um VW como produtor rural (em 2006) e o carro demorou 60 dias para chegar.

    • marcos rissato

      Esperei a chegada do Polo TSi MT que nunca veio, janeiro vou trocar meu Up! 2014 por um Onix hatch LTZ “manoel”.

      • alexandre

        Justamente. Tive um Up! Tsi em 2015 e o carro deixou saudades. Mas a dinâmica deixava a desejar. Estou trocando um Fiesta 17 pelo Ônix LTZ MT pois fiz o test drive e as respostas dele são bem parecidas com as do Up!, num corpo melhor. Mas tava esperando mesmo é o Polo Tsi MT……

      • Marcelo Alves

        A unica versão do Polo que me interessaria seria a 1.6 manual justamente por isso… Minha irmã tem um Fox 2014/2015 com o motor mais potente que o do Polo (117cv do Polo contra 120cv do Fox), manual de 6 marchas, o carrinho anda muito, eu não duvido se me disserem que ele anda junto (ou até mais) que o Polo 1.0 TSI justamente por causa da perda de força no câmbio automático.

  • Joao Victor

    É o carro popular com o melhor custo-benefício (ou o menos pior).

  • Rafael Loureiro

    Será que este será o mesmo motor a equipar a nova Tracker? Tive a impressão de muito plástico rígido, agendar um teste pra ver. Parabéns pela avaliação.

    • ricmoriah

      Acredito que ele terá somente 1.2 Turbo com algo em torno de 132 cavalos (se seguir o México), talvez até ter momentaneamente o 1.4 Turbo do Cruze na Premier, para fazer concorrência com o T-Cross Highline.

      • Rafael Loureiro

        Pois, por enquanto estou inclinado ao T-cross, versão PCd z mas ansioso pela Tracker, quem sabe, né?! Afinal ao as vendas da VW para este público tiveram um aumento de 60%

  • luis augusto

    ficou muito Chinês o onix, o que está acontecendo GMB? traz montada de uma vez de lá…..material de plástico exagerado internamente, aconselho observar o painel de outras marcas que tem mais expressão, e por fora cadê os vincos!!!! e por fim motor vai durar até quando!!! isso lembra do vectra 2.4 um sucesso!!!!

    • Edilson

      Se gosta de vincos pronunciados compra uma telha.

      • luis augusto

        Gosta de Lada, Boa sorte…fala verdade!!!! aí!!!

    • LL

      Só não comprar kkkkkkk

    • Eduardo

      Cadê os vincos? Só no capô são 5, teto são 3, na lateral são dois, um inclusive que lembra do próprio Malibu.. veja pessoalmente

    • Matheus Mendes

      Acho que não estamos falando do mesmo carro.
      O que não falta são vincos no capô (5), Teto (3) e na lateral (2) que deixam o carro com detalhes lindos.

      Quem reclama de plástico demasiado no painel de compacto é no mínimo iludido, todos os compactos trazem o mesmo nível de acabamento… uns ou outros com algo levemente inferior/superior.

      Se veio dar hate no carro, está no lugar errado, aqui discutimos de forma transparente.

  • FFSB

    O diminuto espaço interno, e sobretudo o porta malas minísculo me afastam deste carrinho. Melhor opção dentre os compactos ainda é, ao meu ver, o Polo.

    • Bil

      por 15 mil a mais, tá difícil ver vantagem no Polo.

      • Edilson

        Esses caras ficam desconsiderando o custo benefício, como se tivessem muita grana.

      • T1000

        por 200 mil a mais vejo vantagem numa bmw

    • Ricardo Silva

      Eu realmente não curti os bancos desse Onix, espuma dura, e olha que eu ando de Palio, talvez seja costume mas sei lá. Mas se falando em custo/beneficio o Onix está melhor que o Polo/Virtus …

      • Annita Fingenberg

        Pensei que fosse o único a detestar aqueles bancos. Já não bastasse ter o encosto de cabeça embutido, ele é estreito, duro e sem um apoio decente pra lombar. Uma viagem de 8 horas deve destruir o motorista.
        Poderiam cobrar mil reais a mais e colocarem bancos de verdade.

        • Ricardo Silva

          Os bancos de trás também, você senta e sente a espuma dura por baixo, e pra quem anda atrás, realmente os bancos inteiriços na frente fica estranho, atrapalham a visão … pra quem vai passar muito tempo sentado nesses bancos, seria interessante fazer alguns testes antes …

          • Hugo

            Atrapalha a visão mesmo. Não dá mais para ver a cabeça e o pescoço de quem está na frente.

        • Cristiano França

          Realmente os bancos incomodam. Talvez eu vou deixar de comprar o novo Onix por causa deles. Uma coisa que me incomodou bastante também foi a altura do teto no banco de trás. Eu tenho 1,77 de altura e minha cabeça encostava no tento. Complicado.

        • Fabão Rocky

          O q tem demais no banco inteiriço? Se fosse Audi, Mercedes ou BMW ngm reclamava do apoio de cabeça integrado ao banco.

          • T1000

            Problema de ergonomia amigo.
            Tem que ter coluna de aço pra permanecer sentado numa cadeira dessas mais de 30 minutos.

            • Fabão Rocky

              Discordo amigão. O que vc me diz de bancos semelhantes de carros Audi e BMW? Será q é quebrador de cervical tbm?

              • Gabriel

                Que eu saiba, efeito chicote quebrador de cervical acontece principalmente quando não se tem encosto de cabeça, ter o encosto integrado ou não não vai fazer diferença.

    • Gabriel

      É só ir no sedan, que alem dessas vantagens é bem mais bonito e tem a traseira acertada

    • Matheus Mendes

      O melhor custo x benefício dos compactos é sem dúvida o Onix.

      Não só a mídia especializada como todo o mercado concordam com isso.

      A política de preços do Polo/Virtus deixam o Onix a frente.

  • Gabriel M. Vieira

    Tiro certo! Estragou o Natal da concorrência hahahaha

    • Edson Fernandes

      Vai vender o pretão por um desse? O.o….

      Aí quero ver encher de stage nesse….. mudar farol e lanterna…rssr

      • Gabriel M. Vieira

        Não, não… hahaha o meu tá ótimo do jeito que está, e ainda não terminei as maldades. Vou seguir com ele até virar pó!

  • João Carlos Ribeiro Previdi

    Pena que o motor não tem injeção direta, coisas para ‘simplificar’, mas, é um belo avanço em relação a família I. Já fiz um test com o Plus e gostei muito

    • Eduardo 1981

      Ainda bem que não tem injeção direta!

      • Edilson

        O que achou dos bancos? É realmente duro e desconfortável como estão dizendo.

        • Eduardo 1981

          Não achei, mas também a gente senta no carro fica olhado o painel e mexendo nos comandos, não me antenei com atenção à “dureza” dos bancos. Todavia é pouco tempo ali sentado, no relógio cronometrado não deve dar 5 minutos. Teria que usar o carro no dia a dia.

    • Janduir

      Não sei não… visto alguns VW e PSA com injeção direta já estarem apresentando defeito em bicos, bomba de alta, talvez a Gm não sentiu confiança. E a revenda quando tiver muito usado vai ser problema…

      • Ricardo Silva

        É realmente não sei, só o tempo vai dizer, mas sobre a última parte da revenda, estava até cogitando um virtus semi-novo, mas pra um carro de 2018, vi muitos anúncios de venda, ai fica aquela pulga atrás da orelha, por quê tanta gente assim já vendendo um carro que é relativamente novo?

      • Fabão Rocky

        Isso é verdade. Manutenção c/ ctz deve ser mais cara e requer mais cuidados. A pessoa tem q ser mto rigorosa c/ a manutenção, vide akele Gol 1.0 16v por exemplo. Mta gente esculachava, dizia q não prestava e o carro ficou queimado na praça. Não sei dizer se realmente não presta pq nunca tive um, mas o que ouvi algumas pessoas dizerem a respeito do Gol 1.0 16v é q ele requer mais manutenção. E modéstia parte, tem mto brasileiro q não dá a mínima para manutenção do carro.

        • T1000

          Não prestava mesmo; dava problema direto no distribuidor, vc ficava na mão com o carro. O óleo criava uma borra no retorno do vapor; a cada troca de óleo tinha que limpar. O pedal do acelerador mexia sozinho; o torque em baixa era inexistente e o em alta, medíocre. O ar condicionado desarmava quando estava muito calor. Defeito crônico no motor de partida, sem solução.
          Enfim, um completo lixo de carro.

      • RicardoVW

        Será que é por causa de nossa M de gasolina!?

        • Janduir

          Acho que a gasolina que não seja batizada não será o problema, pois com certeza esses fabricantes já rodaram milhões de Km pra calibrar o sistema. Mas não duvido que junte a gasolina batizada, com peças de má qualidade… hoje acredito que as montadoras que cobram mais dos seus fornecedores qualidade é Honda e Toyota. Mas mesmo assim um conhecido teve o botão do freio de estacionamento estragado com 4 anos de uso e pouquíssima Km. Garantia não cobriu e custou quase 1600 na css… Pensa quando esses Ford Fusion que aceleram sozinho, corrige faixa, freia, tem sensor pra todo lado começar a dar mal contato. Vai ser mais lucrativo quando começar a dar pau, desmontar o carro e vender as peças boas no ML…

      • Maneco

        THP flex não tem mais problemas com bomba de alta como os mono.

        • Gabriel M. Vieira

          Exato!

      • Ricardo Silva

        Só lembrando que o Cruze da GM é 1.4 Turbo de injeção Direta também …

    • Matafuego

      Quanto mais eu vejo os videos do ADG, mais eu fico com o pé atrás com injeção direta.

  • Leo

    Nossa… mesmas médias da minha moto. kkkk
    Faltou um piloto automático nessa versão.

  • Mesmo tendo 3 cm a mais de entre eixos, o espaço traseiro parece ser o mesmo do Argo e HB20.

    • Ricardo Silva

      Usaram o maior entre-eixos para outras coisas, caixa do motor etc … entre-eixos maior, infelizmente não reflete em maior espaço traseiro na maioria das vezes.

      • Ja comentei isso aqui e não concordaram …

  • Ian Hentschke

    20km por litro na rodovia, fui ver os outros testes do up tsi o maximo conseguido foi 17km/l mesmo com muita gente falando em 20/22 será que a GM conseguiu mesmo desbancar o UP em economia?

    • fabio

      Olha a diferença de peso ,pensa pra escrever…….

      • Ian Hentschke

        74 kilos de diferença pro onix

        • Gabriel

          provavelmente o onix compensa essa diferença com o coeficiente aerodinamico melhor (principalmente o sedan) e com o cambio.

      • Gabriel

        Não é só massa que conta, coeficiente aerodinamico do onix é bem melhor que o do up, na estrada faz diferença, pensa pra escrever.

      • Fabão Rocky

        Não é apenas o fator peso q influencia na economia de combustível de um veículo. O fator cx mtas vezes fala mais alto do q o peso extra. E falando em cx, a caixinha de sorvete c/ ctz tem um cx pior q o do Onix.

    • Jayme

      Te falar que eu tive um up aspirado por 2 anos e um up tsi por um ano e eu conseguia na rodovia a 80 km/h faixa de 23 km/L, em outras rodovias até puxando 140 km/h já consegui até 27 km/L, e mesmo se eu forçasse mais, não passava pra menos de 19km/L. Passava no posto de gasolina uma vez por mês e olhe lá, mesmo usando todo dia o carro. Era um carrinho muito bom nessa questão.
      Vou ficar muito feliz se a GM conseguiu melhorar o consumo no Ônix, e, ainda mais, se repassar a estratégia pros demais modelos da marca. Fora que força a VW a melhorar o consumo do Polo, e no final, o consumidor que sai ganhando hahaha

      • Ian Hentschke

        Com certeza, 1.0 turbo além de econômico é divertido se as demais dessem atenção pra categoria igual a GM e a VW fez nos só temos a ganhar ainda vou comprar um up tsi mas só quando baixar de 50k kkk

  • Rodrigo

    Meu irmão comprou o Premier e dei uma voltinha ontem, realmente é um carro bem acertado, mas não sei se pagaria o que ele pagou, mas é um carro que tem de tudo um pouco

    • L.M.

      Versão top de linha geralmente é um custo-benefício ruim.
      Eu jamais pagaria pelo sistema de estacionamento automático.
      A única vantagem do Premier (na minha opinião) é o farol um pouco mais elaborado.

      • Edson Fernandes

        Pra mim o ar digital e ligar o carro sem chave (inclusive nesse caso por celular) é um atrativo.

        • Matheus Mendes

          LTZ já liga o carro sem chave e LT/LTZ Automático ligam ele pelo aplicativo.

          Premier, na minha opinião, é agregado estético:
          Farol
          LED
          Friso cromado nas portas
          Roda 16″
          Bancos Parcialmente em couro (No Premier I)

          Mas se for olhar o LTZ AT fica a uma diferença de 3.700 do Premier I e acredito que vale a pena (inclusive para revenda posteriormente)

          • Ricardo Silva

            Você acha que futuramente será melhor de revender um Premier do que um LTZ ou LT?

  • Léo Dalzochio

    Ansioso por uma Montana usando essa base. De preferência cabine simples e pneu perfil 70, pra não se desmanchar no estradão de terra.

    • Ricardo Silva

      Tive uma Montana 2007 Sport … Saudades kkk

  • Fernando Araujo

    O carro ficou top, mas essa traseira não tá legal não, o farol do modelo anterior ficaria melhor na minha opnião

    • Gabriel

      Essa projeção ficou muito melhor que a real.

      https://s2 .glbimg. com/djJma0KBj_AOvtl3eDCgC9ZGxgM=/620×413/e .glbimg. com/og/ed/f/origin… .jpg
      (só tirar os espaços e montar o link)

  • Gabriel

    Essa traseira do Hatch não agrada nem um pouco, diferente da frente e lateral.

    • L.M.

      Não é bem acertada como a do sedã, isso é fato.
      Mas não dá pra dizer que é feio também…
      Diria que a traseira é insossa, assim como a traseira do Polo (talvez um pouquinho pior).

      Em suma, estamos discutindo sexo dos anjos. O que importa mais é que o carro é bom

    • Annita Fingenberg

      Ao vivo ela é mais estranha, mas não chega a ser feia e daqui a pouco nos acostumaremos com ela. Fato que o PLUS o desenho é muito mais fluido.

      • Gabriel

        Decepciona, ainda mais que em algumas projeções tinha ficado bacana, bem melhor que a real, veja:

        https://s2 .glbimg. com/djJma0KBj_AOvtl3eDCgC9ZGxgM=/620×413/e .glbimg. com/og/ed/f/origin… .jpg
        (só tirar os espaços e montar o link)

      • Fabão Rocky

        Verdade. As montadoras poderiam melhorar o desenho dos hatches de hj em dia, tipo como vc falou mais fluida, deixando a queda da coluna C mais suave e a traseira mais acentuada como era nos hatches dos anos 90 como Gol quadrado, Kadett, Escort, Astra.

      • Gabriel Costa

        Por isso que gosto é gosto. Pra mim a traseira do onix hatch ficou linda demais. Me lembra muito a BMW série 1 e pra mim encaixa perfeitamente com o design do carro. Já a traseira do HB20, isso sim, ficou ridícula.

  • Andre Cupertino

    Quem paga 4500 nessas rodas feias de aro 16???

    • Fabão Rocky

      Vdd. E pra terminar c/ a tampinha branca. Se as rodas são pretas, no mínimo a tampinha tinha q ser preta tbm.

    • Edson Fernandes

      E pensar que eu achei bonito….rsrsr

      Mas não pagaria nunca por elas esse valor.

  • Cromo

    Que design sem graça, muito insosso. Linhas que não se encaixam e poluição visual estão na moda, este Ônix não é exceção.

    • Paulo Lustosa

      Fiesta de fato era muito bonito, porém tem dois revés, que é o espaço interno bastante ruim, e as versões 1.6 com câmbio powershift, que não prestam.

  • Eskarmory .

    Alguns detalhes ”visuais” incomodam bastante nesse carro. Aerofólio pequeno demais, retrovisor fora de sintonia com a carroceria (E sem pisca…) e os lamentáveis bancos inteiriços.

    • Gabriel

      Se coloca aerofolio maior vem a galeira chamar de xining.

      O que me incomoda é a traseira dele, parece que não casa, nessa projeção ficou bem melhor

      https://s2 .glbimg. com/djJma0KBj_AOvtl3eDCgC9ZGxgM=/620×413/e .glbimg. com/og/ed/f/origin… .jpg
      (só tirar os espaços do link)

  • Janduir

    Olhando o motor, o que vejo de caixinha eletrônica não é brincadeira. Tomara que durem, pois não devem ser baratas e se começar a dar pau, além de termos poucos mecânicos capacitados, vai ser difícil solucionar problemas… e com isso pode queimar o carro. Se bem que a confiança já ficou literalmente queimada depois dos incêndios…

  • Marco Túllio de Souza

    Um jogo de rodas que custa 4,5 k? Vai que cola…

  • Fabão Rocky

    Acho q o tamanho dele tá bom demais. Mair q isso só se for um médio. Não entendo como a matéria criticou o tamanho dele, pois deve ser o maior da categoria. A única coisa q não gostei foram aqueles faróis de neblina redondos q não casou com o conjunto da obra. Poderia fazer os faróis retangulares acompanhando o formato do suporte, ficaria mto mais bem resolvido.

    • Cesar

      Só é maior por fora. Por dentro é pequenininho.

    • Edson Fernandes

      É que o Sandero sendo menor em comprimento tem mais entre eixo e porta malas. Mas pra mim é o preço da segurança….

    • Vitor C

      Acrílica é só aproveitamento de espaço na cabine em relação ao porte do carro.

      Há rivais menores com mais espaço interno e mais porta malas.

  • Bryan Silva

    “anda muito” forçou a barra!

    • 🅰🅽🅳🅴🆁🆂🅾🅽 – 🆂🅿® ✅

      Se comparar ele com um Aventador é forçar a barra mesmo, agora se ter bom senso e comparar com outro concorrente compacto é plausível.

    • Paulo Lustosa

      Compare ele com os concorrentes 1.0 turbo, 1.6 e 1.8L aspirados e depois reformule o comentário.

      • Bryan Silva

        Continuo achando que não anda muito.

        • Paulo Lustosa

          Se comparar ele com Golf 1.4 TSI e Sandero RS, logicamente anda muito mesmo não, mas que ele anda mais que Polo 1.0 TSI, Argo 1.8 HGT, Pug 208 1.6 EAT6 e 1.6 manual, Sandero 1.6 SCe, Yaris e companhia, isso ele anda mais.

          • Bryan Silva

            Qual é o momento da reportagem que ele faz essas comparações?

        • demonsoul

          cara testa o carroo antes d fala besteira ou achando coisas, andei no manual anda d mais, testei o automatico tb, mil vezes o manual nem se compara o carro é um canhao mto rapido faz o teste drive

          • Bryan Silva

            Já testei. Pergunta antes de falar besteira, ignóbil.

            • demonsoul

              logo se vé q vc é um debilmental mesmo, sabe de nd

              • Bryan Silva

                Se lhe falta argumento, o que tem a oferecer é xingamento. Típico de fracassado. Abraços.

                • demonsoul

                  o unico retardado aqui é vc , vai se tratar abraço

  • RicardoVW

    Opção de câmbio manual! Respeito ao consumidor!

  • Felipe Barreto

    0 a 100 igual ao do automático? Não entendi…

  • Manfred Smile

    Já pode marcar o velório do HB20?

  • Luis Burro

    Ñ curti esta frente tão bicuda,tivesse aumentado no interior e ñ no cofre seria o melhor do segmento!

  • Lucho

    Um baita acerto da Chevrolet. E o Ônix continuará a liderar as vendas por muito tempo. Têm versões com custo benefício interessantes. Só não pagaria os mais de 4 mil por essas rodas. Fora da CSS você tem mais opções e mais em conta.

  • Marco Aurélio do Nascimento

    Gostei do acabamento do porta-malas (bem diferente do depenado joy – em que tiraram toda a forração e a iluminação) e do descansa braço central, mesmo sendo de câmbio manual. Agora, o tal da roda preta, na minha humilde opinião, é feia prá burro. Sei que gosto é gosto, mas prá ter uma roda preta, eu comprava a normal e tirava as calotas. Economizaria uns 3.500 contos para o seguro e IPVA,

  • Walber Assis

    tanque de 44 litros e foda..

  • IRA

    Com 20 km/l é praticamente mais econômico do que viajar de moto.

  • Sou bastante fã da Gm eles fazem carros robustos e confortáveis. Uma coisa que fico abismado é dizer que o carro é econômico se já em 1999 um gol ou um corsa já faziam o mesmo consumo. Gol 1.0 16v faz mais de 14 então dizer q estes carros são econômicos não me desse. Não sei porque eles ainda insistem em fazer motores 1.0

  • Renato Freire

    Anda Muito Bebe Pouco e….Pega Fogo! Não aconselho a compra desse carro agora! Deixem passar mais um ano um ano e meio. A pouco foi detectado um vazamento de combustível e a própria GM não achou necessário o chamado de recall, PODE ISSO ARNALDO?!!!

    • Marcelo Martins

      Que coisa não, todos os mais de 20 mil carros produzidos pegaram fogo, né ??? puxa vida … que desastre !!!
      É só ter uma matéria sobre o Onix que os papagaios já vem ficar repetindo .. PEGA FOGO .. KURUPACO … PEGA FOGO ..

  • Joker Lies

    Talvez eu faça força pra comprar

  • 4lex5andro

    Bom card de compactos premium… Sem o Polo que não tem versão esportiva, e a Ford que abdicou do segmento, restaram Onix LTZ , Peugeot 208 gti, Sandero RS e Argo Hgt pra disputarem o posto de mais veloz do país.

  • renato dantas

    Vamos imaginar o seguinte: Com vendas mensais em média de 39.000 (todos os modelos total de 430.975 acumulado fenabrave), a GM vai ter trabalho para acolher na hora de efetuar a manutenção periódica, aí fica ruim o pós venda tem que agendar com 3.000 quilômetros antes ou mais.
    Na região metropolitana de Belo Horizonte só há 11 concessionaria da marca vai ser o ó do borocodó

  • Marco Aurélio do Nascimento

    Um belo carro, mas que merecia uma carenagem no motor, nem que fosse como opcional. Economia de palito da GM. E sem querer denegrir o carro (pelo contrário) a traseira é uma cópia espichada para os lados do Renault Kwid. Igualzinho.

  • ElantraTop

    E muito mimimi dos concorrentes e fan boys de outras marcas. Se doendo de inveja pq o onix continuara sem o carro mais vendido em 2020 e a concorrencia nem se olha no retrovisor. Esse Trump é phoda mesmo.

  • ElantraTop

    Vi aqui um monte de florzinhas reclamando que nao tem cambio automatico pq assim cansa…afff, virem homens e comprem carros manuais e deixem de frescura. Esse mundo ta so o mimimi

    • Gabriel Costa

      Concordo plenamente. Comprei a versão LT Turbo com câmbio manual, e não foi pelo preço, mas sim porque gosto de dirigir. Se for pro carro fazer tudo pra mim, pego um ônibus kkkkkk

  • Julio Magalhaes

    Realmente a GM acertou a mao no ONIX, desde as primeiras geracoes. Vai ser dificil alguem superar esse carro em vendas.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email