Quanto custa pintar um carro? (preço,materiais) (2022)

pintar carros 2

Uma das partes mais importantes de um automóvel é a sua estética. Existem diversos motivos para isso mas, se a aparência está ruim, quando custa pintar um carro?


Bem, aqui no Notícias Automotivas você já aprendeu como pintar um carro, então agora vamos aos custos para fazer esse tipo de serviço.

Primeiro, temos que esclarecer que a pergunta “quanto custa pintar um carro?” pode ter várias respostas, dependendo da situação do mesmo. Um veículo em bom estado de conservação precisa de uma pintura condizente para manter a aparência original de quando era novo.

Veja também: Quanto custa pintar um para-choque?

O processo de pintura de um carro não é tão simples e quase sempre exige a experiência de um profissional.

Em alguns casos, a pintura só está ruim em determinados pontos, seja por riscos, amassados, ralados ou arranhões, que deixam o aspecto visual e o acabamento da tinta bem ruins.

Assim, nesse caso, você pode partir para soluções com a mão de obra do próprio dono, tais como tirar riscos da pintura, por exemplo. Entretanto, uma pintura completa e de qualidade demanda a ação direta de uma oficina especializada, mais conhecida como funilaria, a mesma que faz a reparação de carroceria.

Vamos esclarecer alguns pontos e apresentar os custos aproximados desse tipo de serviço, que permitirá manter o carro com seu aspecto original. Além disso, ele será valorizado e ainda terá um visual mais atraente e agradável ao proprietário.

Além disso, uma boa pintura ajuda a preservar o estado da lataria.

Leia também: Envelopamento de carros: vantagens e desvantagens

Quanto custa pintar um carro?

pintar carros 3

O custo de uma pintura completa de automóvel varia muito. Existem fatores que influenciam diretamente no preço do serviço, como a habilidade do pintor e quanto ele geralmente cobra.

Alguns pintores farão o serviço por R$ 1.500 ou R$ 2.000, mas a qualidade da pintura será de acordo com o preço. Em uma faixa como essa, não espere muita qualidade.

Outros profissionais colocarão o orçamento na faixa de R$ 3.000 a R$ 5.000, onde a qualidade provavelmente será bem superior, com uso de cabine de pintura e outros equipamentos mais modernos para realizar esse serviço.

Finalmente, existem pintores mais experientes e detalhistas que pedirão R$ 7.000 ou até mais, especialmente no caso de pintura de carros clássicos ou especiais.

Para o início do orçamento, pintar um carro terá um custo variável de acordo com o estado da pintura original do veículo. Ou seja, quanto pior o nível de degradação, que pode incluir corrosão perfurativa, maior será o custo.

Além disso, a região onde o serviço for contratado também provoca diferença no preço final. Em regiões consideradas de alto poder aquisitivo, os serviços serão obviamente mais caros, embora haja exceções à regra.

Ou seja, em uma grande cidade como São Paulo ou Rio de Janeiro, os preços podem ser bem maiores que em uma pequena cidade do interior do Nordeste, por exemplo.

No entanto, é a qualificação profissional do pintor que realmente fará a diferença entre pagar mais e ter um serviço de qualidade ou pagar menos e ter um trabalho ruim.

Pintar um carro – Avaliação

pintar carros 7

Alguns fatores precisam ser analisados pelo profissional antes do serviço, o que impactará diretamente nos custos da pintura nova. Estes representam o estado geral da pintura do carro.

Assim, o pintor avaliará se a mesma possui amassados, bolhas na tinta, imperfeições na superfície (em caso de modelos repintados), arranhões, pontos de corrosão, entre outros.

Também é analisado o tipo de pintura aplicada anteriormente ao carro, que pode ser resina poliuretana ou poliéster, sendo que esta última, em caso de estado médio de conservação, pode receber a seladora para eliminar o defeito.

O excesso de massa de preenchimento também é outro fator que eleva o preço, podendo ser compensado pelo uso da caneta magnética em alguns casos.

No caso de corrosão, será preciso fazer primeiro a funilaria do carro para depois ser aplicada a pintura. Por isso, pode ser adicionado ao custo mencionado anteriormente valores entre R$ 500 e R$ 2.500 de funilaria, fora a pintura.

Pintar somente algumas partes do carro geralmente sai mais caro proporcionalmente, mas se o impacto da mudança de cor, ou mesmo uma repintura completa, alterar demais as características do veículo, então é melhor analisar com cuidado o que irá fazer.

Material

Base

pintar carro 1

Para pintar um carro, o material a ser utilizado basicamente é composto de base, tinta e verniz. No primeiro caso, uma lata de um litro custa em torno de R$ 45,00 a R$ 60,00.

Para pintar um sedã médio, por exemplo, são necessárias em torno de quatro a cinco latas, enquanto modelos populares usam quatro latas. A base é importante por fornecer uma pintura clara e neutra à superfície da carroceria.

Nesse caso, a base evita que se adicione uma segunda camada de tinta ao carro, necessidade que existe apenas se ela não for aplicada.

Portanto, só a base de poliéster ou Primer PU pode demandar um custo de cerca de R$ 180,00.

Tinta

pintar carro 3

A tinta varia de preço de acordo com o tipo e a marca, além de certas especificações. Um sedã médio, por exemplo, pode ser pintado com spray ou tinta pulverizada junto com o Primer PU e depois o verniz.

No caso do spray, cada latinha pode custar a partir de R$ 8,00 e, num carro desse porte, gastando em torno de 25 latas.

O custo médio do litro da tinta pulverizável para pintar um carro é de R$ 35,00. Em torno de 11 litros de tinta, com média de três camadas de tinta, são necessárias em um carro de porte médio.

Até quatro camadas são consideradas aceitáveis numa pintura tradicional de veículos, o que pode elevar ainda mais os custos.

Verniz

pintar carro 2

Por fim, o verniz automotivo é utilizado para pintar um carro na mesma quantidade de tinta aplicada à pintura, tanto por spray quanto por pulverização, que é considerada melhor.

A lata de spray custa R$ 30,00, enquanto uma lata de 900 ml custa em torno de R$ 45,00. Existem alguns kits no mercado com latas de 900 ml para Primer PU, tinta e verniz, custando em torno de R$ 300,00.

No final, o custo total apenas com material pode chegar a R$ 180,00 de base, R$ 250,00 de tinta spray ou R$ 385,00 de tinta pulverizável.

O verniz custará em média R$ 300,00 na forma de spray ou R$ 385,00 em tinta comum. Ao todo, o custo do serviço com tinta pulverizada chega a R$ 870. No spray, sai por R$ 600.

Tudo isso sem contar a mão de obra, que precisa ser pesquisada, pois varia de profissional, oficina e região. O material de proteção e pintura geralmente é de propriedade do pintor.

Autor: Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 26 anos. Há 15 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações.