Quanto se paga de IPVA em cada um dos estados do Brasil

Quanto se paga de IPVA em cada um dos estados do Brasil

O IPVA – Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores – é cobrado somente pelos estados brasileiros, sendo que metade é arrecadado para o governo local e a outra parte para o município.


Além dos veículos terrestres, o IPVA pode ser cobrado inclusive de aeronaves e barcos.

Cada estado cobra uma alíquota diferente, variando de 1% a 4% do valor venal do veículo, para todas as categorias e/ou “cilindrada”.

No entanto, alguns estados definem o percentual a ser pago de acordo com a potência dos veículos, tal como em Alagoas, Ceará e Pernambuco, por exemplo. Outros estados como o Maranhão, definem as alíquotas de acordo com faixas de preço.

Quanto se paga de IPVA em cada um dos estados do Brasil

Os vencimentos e descontos também variam de acordo com o estado, assim como o parcelamento ou não do imposto. O valor venal é também definido pelos estados, mas geralmente a maioria utiliza a tabela Fipe para definir tais valores.

Tomando por base a tabela Fipe, utilizamos um Chevrolet Novo Onix LTZ 1.0 Turbo 2020 zero km como exemplo para comparar os valores e alíquotas de IPVA cobrados pelos estados brasileiros.

Pode haver uma variação de valor, pois cada governo pode utilizar qualquer outro método para calcular o valor venal e nem todas as tabelas estão disponíveis atualmente.

Assim, o valor venal do Novo Chevrolet Onix LTZ 1.0 Turbo 2020 zero km – em janeiro de 2020 – citado é de R$ 65.990. Abaixo, listamos os valores do IPVA para este modelo e a alíquota em cada estado do país.

Confira o IPVA 2020 em cada estado brasileiro:

  • Acre – 2% – R$ 1.319,80
  • Alagoas – 3% – R$ 1.979,70
  • Amazonas – 3% – R$ 1.979,70
  • Amapá – 3% – R$ 1.979,70
  • Bahia – 2,5% – R$ 1.649,75
  • Ceará – 2,5% – R$ 1.649,75
  • Distrito Federal – 3,5% – R$ 2.309,65
  • Espírito Santo – 2% – R$ 1.319,80
  • Goiás- 3,75% – R$ 2.474,62
  • Maranhão – 2,5% – R$ 1.649,75
  • Minas Gerais – 4% – R$ 2.639,60
  • Mato Grosso – 3% – R$ 1.979,70
  • Mato Grosso do Sul – 3,5% – R$ 2.309,65
  • Pará – 2,5% – R$ 1.649,75
  • Paraíba – 2,5% – R$ 1.649,75
  • Paraná – 3,5% – R$ 2.309,65
  • Pernambuco – 3% – R$ 1.979,70
  • Piauí – 2,5% – R$ 1.649,75
  • Rio de Janeiro – 4% – R$ 2.639,60
  • Rio Grande do Norte – 3% – R$ 1.979,70
  • Rio Grande do Sul – 3% – R$ 1.979,70
  • Rondônia – 2% – R$ 1.319,80
  • Roraima – 3% – R$ 1.979,70
  • Santa Catarina – 2% – R$ 1.319,80
  • Sergipe – 2,5% – R$ 1.649,75
  • São Paulo – 4% – R$ 2.639,60
  • Tocantins – 2% – R$ 1.319,80

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 25 anos. Há 14 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.