S10 2015: versões, motores, consumo, manutenção e equipamentos

S10 2015: versões, motores, consumo, manutenção e equipamentos

Para manter sua liderança no mercado brasileiro, a Chevrolet S10 2015 recebeu um novo motor flex, melhorias na suspensão e um acabamento superior no interior, tudo isso num pacote com 14 versões disponíveis.


Enquanto a parte mecânica e o acabamento na cabine eram novidades, a S10 2015 manteve o visual apresentado alguns anos antes.

Ao mesmo tempo, a picape receberia na linha do ano seguinte outra reformulação em seu visual.

Confira todos os detalhes da S10 2015!

S10 2015 – detalhes

S10 2015: versões, motores, consumo, manutenção e equipamentos

Para aquele momento, porém, seu desenho exterior continuava atual e agradava o público que buscava uma picape, tanto é que a Chevrolet curtia a liderança do segmento desde 2005.

Falando um pouco sobre esse visual, a S10 2015 continuava com uma dianteira expressiva e imponente. Os faróis eram levemente recortados na parte interna para harmonizar o visual com a grade, sendo de dupla parábola na maioria das versões ou com projetor nas opções mais caras.

A grade seguia com seu estilo bipartido, tendo uma faixa central na mesma cor da carroceria e com o logo da Chevrolet em destaque, a famosa gravata dourada. Já o fundo da grade era preto e no também conhecido e bastante usado padrão colmeia.

S10 2015: versões, motores, consumo, manutenção e equipamentos

Já o para-choque dianteiro da S10 2015 era responsável pelo aspecto mais robusto da picape, tendo sua parte central em plástico preto. Nas extremidades estavam os faróis de neblina, bem menores e mais discretos em relação ao farol principal e cercados por uma moldura cromada.

Preocupada em agradar a parcela do público que prefere uma picape maior, ou que pelo menos passe essa impressão, a dianteira da S10 2015 parecia mais alta e agressiva. Em parte, essa impressão era provocada pelos vincos no capô, que davam a impressão de que essa peça estava erguida para acomodar o motor.

No teto, a picape da Chevrolet mantinha o rack e uma discreta antena em algumas versões. Quem procurava por um santantônio integrado só viu essa peça na versão High Country, apresentada em 2015 no Salão do Automóvel de São Paulo, mas lançada apenas na linha 2016. Ou seja, é uma história para outra matéria.

S10 2015: versões, motores, consumo, manutenção e equipamentos

Voltando a falar da S10 2015, vemos que sua lateral mantinha as acertadas mudanças apresentadas nessa geração. Sua linha de cintura continuava alta, com um vinco saindo da caixa de roda dianteira, percorrendo toda a lateral na altura das maçanetas e terminando nas lanternas.

A parte inferior das portas contava com uma peça de plástico e outro vinco, esse ainda mais pronunciado, logo acima. Estribos nas laterais eram outro ponto importante.

Além disso, a picape contava com espelhos cromados na versão LTZ e rodas que variavam entre 16 e 17 polegadas, com pneus 245/70 R16 ou 255/65 R17.

S10 2015: versões, motores, consumo, manutenção e equipamentos

Finalmente, a parte traseira tinha como um dos destaques as lanternas em LED na versão topo de linha, algo inédito até então nesse segmento. A tampa da caçamba era quase inteiramente lisa, exceto por um discreto vinco na altura da maçaneta.

A gravata dourada era ainda maior do que na dianteira, com 9 cm, e o para-choque era pronunciado e com detalhes cromados em algumas versões.

No geral, a parte externa da S10 2015 tinha um visual agradável e linhas bem acertadas. A Chevrolet sempre destacou que sua picape tinha o melhor coeficiente aerodinâmico nessa época, com 0,48 (a concorrência estava acima de 0,50).

Outros destaques eram as capacidades de carga das versões com cabine simples e dupla, também as melhores da categoria. A primeira tinha 1.303 kg (com 1.570 litros de volume), enquanto a segunda vinha com 1.208 kg de capacidade de carga.

Leia também sobre a S10 2017.

Interior com novidades

S10 2015: versões, motores, consumo, manutenção e equipamentos

Por dentro, a S10 2015 tinha um painel muito mais moderno que sua geração anterior. O volante tinha vários comandos e uma boa empunhadura, e os botões para ajustar eletricamente os espelhos ou acionar os vidros estavam bem próximos do motorista.

Tanto o painel de instrumentos, como os visores do rádio e do ar-condicionado, contavam com a iluminação Ice Blue, uma marca bem conhecida dessa geração da S10. O acabamento em geral era bom, misturando tons de preto, grafite e cinza claro.

Com 14 versões disponíveis, a S10 2015 tinha uma opção para cada gosto. A linha se dividia em configurações com cabine simples ou dupla, tração 4×2 ou 4×4, três opções de câmbio e três motores, incluindo o novo propulsor 2.5 flex. Além disso, haviam três opções de acabamento: LS, LT e LTZ.

Os preços na época de seu lançamento variavam entre R$ 69.800 (versão LS CS 2.4 Flex MT) e R$ 142.400 (LTZ CD 2.8 Diesel AT). Atualmente, a S10 2022 custa entre R$ 191.090 e R$ 244.930.

Liderança no segmento e apenas um problema

S10 2015: versões, motores, consumo, manutenção e equipamentos

A maior dor de cabeça para qualquer montadora é lançar um produto problemático no mercado, que acaba exigindo vários recalls. Felizmente para a Chevrolet esse não foi o caso da S10 2015, que viu apenas um problema ocorrer naquele ano.

Em março de 2015, a marca anunciou o chamado de 71.578 unidades flex fabricadas anteriormente (entre 2011 e 2014) por conta de um risco de incêndio. O problema estava no sistema de alimentação de combustível, mais especificamente na mangueira de retorno, onde um possível vazamento poderia causar esse sério problema.

Mesmo assim, as vendas da S10 2015 não foram afetadas, e a picape terminou o ano como líder de seu segmento, assim como havia ocorrido nos últimos 20 anos. Ao todo haviam sido emplacadas 33.330 unidades do modelo da Chevrolet, contra 32.900 da nova Hilux 2015.

Com exceção do modelo da Toyota, as outras concorrentes não foram páreo para a S10 2015. A terceira colocada Ford Ranger, por exemplo, terminou esse período com 16.880 unidades, enquanto a Mitsubishi L200 Triton 2015 ficou com 14.501 modelos vendidos.

Tudo isso colocou a S10 2015 na liderança das picapes grandes (como são classificadas por aqui) com 27,72% de participação no segmento e quase 2.800 unidades vendidas todo mês.

S10 2015 – novidades

S10 2015: versões, motores, consumo, manutenção e equipamentos

Se o visual continuava o mesmo, a parte mecânica da S10 2015 sofreu significativas mudanças. Aliás, podemos dizer que a novidade apresentada nesse ano foi uma das mais importantes na história da picape.

Estamos falando do novo motor 2.5 flex com injeção direta, algo inédito num carro brasileiro. Esse propulsor Ecotec produzia ótimos 206 cv e 27,3 kgfm de torque, sendo o substituto do antigo 2.4 flex de 147 cv que ficou apenas para as versões básicas da picape.

Além da potência superior até mesmo a alguns modelos V6 no segmento, o novo propulsor chegou com câmbio manual de seis marchas, tração 4×4 e controle de estabilidade, itens que só apareciam nas versões a diesel até então.

Tudo isso tornava a gama da S10 2015 ainda mais eclética, com uma opção para cada gosto. Em seu primeiro ano, o novo motor aparecia em quatro versões, com preços entre R$ 86.400 e R$ 103.700.

A vida a bordo da picape também ficou melhor com o aprimoramento no isolamento acústico e o novo acabamento em preto brilhante na parte central do painel. Além disso, a versão LTZ ganhou novos itens, como assistente de partida em rampas (Hill Start Assist), assistente de descida (Hill Descend Control), controle de estabilidade (TC e ECS) e controle de balanço de reboque (TSC).

S10 2015 – versões

S10 2015: versões, motores, consumo, manutenção e equipamentos

Ao todo, a Chevrolet S10 2015 tinha 14 versões, incluindo as opções com cabine simples (CS) ou cabine dupla (CD), câmbio manual (MT) ou automático (AT) e as opções de acabamento LS, LT e LTZ. Confira:

Versões com cabine simples:

  • S10 2.4 Flexpower LS CS 4×2 MT
  • S10 2.8 Turbodiesel LS CS 4×4 MT

Versões com cabine dupla:

  • S10 2.4 Flexpower LS CD 4×2 MT
  • S10 2.8 Turbodiesel LS CD 4×4 MT
  • S10 2.5 Ecotec LT CD 4×2 MT
  • S10 2.5 Ecotec LT CD 4×4 MT
  • S10 2.8 Turbodiesel LT CD 4×2 MT
  • S10 2.8 Turbodiesel LT CD 4×2 AT
  • S10 2.8 Turbodiesel LT CD 4×4 MT
  • S10 2.8 Turbodiesel LT CD 4×4 AT
  • S10 2.5 Ecotec LTZ CD 4×2 MT
  • S10 2.5 Ecotec LTZ CD 4×4 MT
  • S10 2.8 Turbodiesel LTZ CD 4×2 AT
  • S10 2.8 Turbodiesel LTZ CD 4×4 AT

Cores disponíveis: Branco Summit (sólida); Carbon Flash, Cinza Aztec, Cinza Cyclone, Prata Switchblade, Cinza Evenstar e Verde Deepwood (metálicas).

S10 2015 – equipamentos

S10 2015: versões, motores, consumo, manutenção e equipamentos

S10 2.4 Flexpower LS CS 4×2 MT – motor 2.4 flex de 141/147 cv e 22,3/24,1 kgfm de torque, com câmbio manual de cinco marchas.

ITENS DE SÉRIE: ar-condicionado, direção hidráulica, freios com ABS, computador de bordo, luz de cortesia, alça de apoio no teto, grade de proteção no vidro traseiro, ganchos externos na caçamba, protetor de cárter, banco do passageiro maior para acomodar dois ocupantes, limited slip (sistema de deslizamento limitado do diferencial), entre outros.

S10 2.8 Turbodiesel LS CS 4×4 MT – motor 2.8 turbodiesel de 200 cv e 44,9 kgfm de torque, com câmbio manual de seis marchas.

ITENS DE SÉRIE: itens acima + seletor de tração, já que é equipada com o 4×4.

S10 2.4 Flexpower LS CD 4×2 MT – motor 2.4 flex de 141/147 cv e 22,3/24,1 kgfm de torque, com câmbio manual de cinco marchas.

ITENS DE SÉRIE: itens da LS 2.4 + cabine dupla (exceto grade de proteção no vidro traseiro e ganchos externos na caçamba).

S10 2.8 Turbodiesel LS CD 4×4 MT – motor 2.8 turbodiesel de 200 cv e 44,9 kgfm de torque, com câmbio manual de seis marchas.

ITENS DE SÉRIE: itens da LS CS 2.8 + cabine dupla (exceto grade de proteção no vidro traseiro e ganchos externos na caçamba).

S10 2.5 Ecotec LT CD 4×2 MT – motor 2.5 flex de 197/206 cv e 26,3/27,3 kgfm de torque, com câmbio manual de seis marchas.

ITENS DE SÉRIE: itens da LS + alarme antifurto, alça de apoio dos dois lados, airbag duplo, cobertura do piso em carpete, chave canivete, coluna de direção regulável, desembaçador do vidro traseiro, farol de neblina, gancho de reboque dianteiro, retrovisores com luzes indicadoras de direção, tampa traseira com chave, travas elétricas, rodas de liga leve aro 16 com pneus 245/70R16, sistema de deslizamento limitado de diferencial, CD player/MP3 com Bluetooth, entrada mini-usb e entrada auxiliar, piloto automático com controles no volante, vidros elétricos nas quatro portas, entre outros.

S10 2.5 Ecotec LT CD 4×4 MT – motor 2.5 flex de 197/206 cv e 26,3/27,3 kgfm de torque, com câmbio manual de seis marchas.

ITENS DE SÉRIE: itens acima + seletor de tração, já que é equipada com o 4×4.

S10 2.8 Turbodiesel LT CD 4×2 MT – motor 2.8 turbodiesel de 200 cv e 44,9 kgfm de torque, com câmbio manual de seis marchas.

ITENS DE SÉRIE: mesmos itens da LT CD 2.5 4×2.

S10 2.8 Turbodiesel LT CD 4×2 AT – motor 2.8 turbodiesel de 200 cv e 51 kgfm de torque, com câmbio automático de seis marchas.

ITENS DE SÉRIE: mesmos itens da LT CD 2.5 4×2.

S10 2.8 Turbodiesel LT CD 4×4 MT – motor 2.8 turbodiesel de 200 cv e 44,9 kgfm de torque, com câmbio manual de seis marchas.

ITENS DE SÉRIE: itens acima + seletor de tração, já que é equipada com o 4×4.

S10 2.8 Turbodiesel LT CD 4×4 AT – motor 2.8 turbodiesel de 200 cv e 51 kgfm de torque, com câmbio automático de seis marchas.

ITENS DE SÉRIE: mesmos itens da versão acima.

S10 2.5 Ecotec LTZ CD 4×2 MT – motor 2.5 flex de 197/206 cv e 26,3/27,3 kgfm de torque, com câmbio manual de seis marchas.

ITENS DE SÉRIE: itens da LT + ar-condicionado digital, acabamento cromado, bancos do motorista com ajustes elétricos, controles do sistema de som, áudio e piloto automático no volante, luz de neblina traseira, lanternas traseiras em LED, regulagem elétrica dos faróis, bancos revestidos em couro, alavanca de câmbio e maçanetas externas com acabamento cromado, rodas de liga leve aro 17 com pneus 255/65R17, parachoque traseiro com molduras cromadas, estribos laterais, rack de teto, entre outros.

S10 2.5 Ecotec LTZ CD 4×4 MT – motor 2.5 flex de 197/206 cv e 26,3/27,3 kgfm de torque, com câmbio manual de seis marchas.

ITENS DE SÉRIE: itens acima + seletor de tração, já que é equipada com o 4×4.

S10 2.8 Turbodiesel LTZ CD 4×2 AT – motor 2.8 turbodiesel de 200 cv e 51 kgfm de torque, com câmbio automático de seis marchas.

ITENS DE SÉRIE: itens da LTZ CD 2.5 4×2 + controles de tração e de estabilidade.

S10 2.8 Turbodiesel LTZ CD 4×4 AT – motor 2.8 turbodiesel de 200 cv e 51 kgfm de torque, com câmbio automático de seis marchas.

ITENS DE SÉRIE: itens acima + seletor de tração, já que é equipada com o 4×4.

S10 2015 – preços

S10 2015: versões, motores, consumo, manutenção e equipamentos

Os valores de lançamento da S10 2015 eram bem diferentes do que estamos acostumados a ver atualmente. As duas versões com cabine simples variavam entre R$ 69,8 mil e R$ 98,3 mil, enquanto as opções com cabine dupla, que totalizavam 12 versões, ficavam entre R$ 78,2 mil e R$ 142,4 mil.

Para conferir a desvalorização desses modelos, colocamos também os valores dos modelos 2015 usados (em 2021), com base na tabela Fipe, entre parênteses.

Confira:

Versões com cabine simples:

  • S10 2.4 Flexpower LS CS 4×2 MT – R$ 69.800 (R$ 57.415)
  • S10 2.8 Turbodiesel LS CS 4×4 MT – R$ 98.300 (R$ 81.589)

Versões com cabine dupla:

  • S10 2.4 Flexpower LS CD 4×2 MT – R$ 78.200 (R$ 68.000)
  • S10 2.8 Turbodiesel LS CD 4×4 MT – R$ 108.300 (R$ 87.952)
  • S10 2.5 Ecotec LT CD 4×2 MT – R$ 86.400 (R$ 74.469)
  • S10 2.5 Ecotec LT CD 4×4 MT – R$ 92.400 (R$ 77.079)
  • S10 2.8 Turbodiesel LT CD 4×2 MT – R$ 111.500 (R$ 83.985)
  • S10 2.8 Turbodiesel LT CD 4×2 AT – R$ 115.000 (R$ 93.658)
  • S10 2.8 Turbodiesel LT CD 4×4 MT – R$ 121.800 (R$ 95.271)
  • S10 2.8 Turbodiesel LT CD 4×4 AT – R$ 124.900 (R$ 99.365)
  • S10 2.5 Ecotec LTZ CD 4×2 MT – R$ 97.700 (R$ 81.152)
  • S10 2.5 Ecotec LTZ CD 4×4 MT – R$ 103.700 (R$ 84.165)
  • S10 2.8 Turbodiesel LTZ CD 4×2 AT – R$ 131.000 (R$ 107.991)
  • S10 2.8 Turbodiesel LTZ CD 4×4 AT – R$ 142.400 (R$ 110.266)

S10 2015 – motor

S10 2015: versões, motores, consumo, manutenção e equipamentos

A grande novidade da S10 2015 foi a adição de um terceiro motor em sua linha, o 2.5 Ecotec SIDI Flex. Esse motor chegou com injeção direta de combustível, algo inédito até então em nosso mercado nesse segmento, substituindo o anterior 2.4 flex nas versões mais caras.

Esse novo propulsor na picape da GM tinha quatro cilindros e comando de válvulas continuamente variável, entregando ótimos 197 cv com gasolina e 206 cv com etanol, sempre a 6.000 rpm. O torque era de 26,3 kgfm com gasolina e 27,3 kgfm com etanol, a 4.400 rpm.

De início, a Chevrolet decidiu colocar esse motor na S10 2015 apenas com o câmbio manual de seis marchas. Além disso, esse conjunto ganhou a tração 4×4, algo que até então só aparecia nas versões de pickups diesel.

De qualquer forma, os números mostram como a picape evoluiu com esse novo motor flex. Vale lembrar que o anterior 2.4 Flexpower continuava em linha, mas apenas nas versões LS. Ele entregava 141 cv com gasolina e 147 cv com etanol, a 5.200 rpm, enquanto seu torque variava entre 22,3 e 24,1 kgfm, a 2.800 rpm. O câmbio nesse caso era sempre manual e com apenas cinco marchas.

No topo da gama, a S10 2015 também seguia com o ótimo 2.8 turbodiesel de 200 cv a 3.600 rpm e 44,9 kgfm de torque a 2.000 rpm, com a opção de câmbio manual ou automático, sempre com seis marchas.

Pela proposta da picape, esse último conjunto continuava sendo o mais procurado, mas o novo 2.5 Ecotec rapidamente se tornou uma opção também muito interessante (e mais barata).

S10 2015 – desempenho

S10 2015: versões, motores, consumo, manutenção e equipamentos

Confira abaixo o desempenho da S10 2015 com todos os seus conjuntos mecânicos e carrocerias, em termos de aceleração de 0 a 100 km/h e velocidade máxima:

  • S10 2.4 Flex – 11,9 segundos e 167 km/h
  • S10 2.5 Flex – 9,1 segundos e 163 km/h
  • S10 2.8 Diesel MT – 11,4 segundos e 180 km/h
  • S10 2.8 Diesel AT – 10,3 segundos e 180 km/h

S10 2015 – consumo

S10 2015: versões, motores, consumo, manutenção e equipamentos

Veja qual versão da S10 2015 era a mais econômica, tanto no percurso urbano, quanto no rodoviário:

CONSUMO CIDADE:

  • S10 2.4 Flex CS – 5,5 km/l com etanol e 7,2 km/l com gasolina
  • S10 2.4 Flex CD – 5,1 km/l com etanol e 6,6 km/l com gasolina
  • S10 2.5 Flex – 5,3 km/l com etanol e 6,8 km/l com gasolina
  • S10 2.8 Diesel MT – 8,9 km/l
  • S10 2.8 Diesel AT – 8,6 km/l

CONSUMO ESTRADA:

  • S10 2.4 Flex CS – 7,5 km/l com etanol e 9,8 km/l com gasolina
  • S10 2.4 Flex CD – 7,3 km/l com etanol e 9,5 km/l com gasolina
  • S10 2.5 Flex – 7,5 km/l com etanol e 9,7 km/l com gasolina
  • S10 2.8 Diesel MT – 11,5 km/l
  • S10 2.8 Diesel AT – 11,2 km/l

S10 2015 – manutenção e revisão

Revisão

Custo

Custo

Custo

Quilometragem

Preços 2.4 Flexpower

Preços 2.5 Ecotec 4×2 / 4×4

Preços 2.8 Diesel 4×2 / 4×4

10.000 km

R$ 372

R$ 464 / R$ 464

R$ 460 / R$ 460

20.000 km

R$ 1.116

R$ 1.068 / R$ 1.068

R$ 1.088 / R$ 1.088

30.000 km

R$ 1.084

R$ 944 – R$ 944

R$ 1.332 / R$ 1.332

40.000 km

R$ 1.040

R$ 1.272 / R$ 1.504

R$ 1.292 / R$ 1.524

50.000 km

R$ 1.188

R$ 832 / R$ 832

R$ 828 / R$ 828

60.000 km

R$ 1.208

R$ 1.228 / R$ 1.228

R$ 1.684 / R$ 1.684

Total

R$ 6.008

R$ 5.808 / R$ 6.040

R$ 6.684 / R$ 6.916

S10 2015 – ficha técnica

Motor

2.4 FlexPower

2.5 Ecotec

2.8 Diesel

Tipo Dianteiro longitudinal, Etanol e Gasolina Dianteiro longitudinal, Etanol e Gasolina Dianteiro longitudinal, Turbo e Diesel
Número de cilindros 4 em linha 4 em linha 4 em linha
Cilindrada em cm3 2405 2457 2776
Válvulas 8 16 16
Taxa de compressão 11,5:1 11,2:1 16,5:1
Injeção eletrônica de combustível Multiponto Direta Direta
Potência Máxima Líquida (ABNT NBR 5484) Gasolina: 141 cv @ 5200 rpm / Etanol: 147 cv @ 5200 rpm Gasolina: 197 cv @ 6000 rpm / Etanol: 206 cv @ 6000 rpm Diesel: 200 cv @ 3600 rpm
Torque Máximo Líquido (ABNT NBR 5484) Gasolina: 22,3 kgfm @ 2800 rpm /Etanol: 24,1 kgfm @ 2800 rpm Gasolina: 26,3 kgfm @ 4400 rpm /Etanol: 27,3 kgfm @ 4400 rpm Diesel: 44,9 kgfm @ 2000 rpm (51 kgfm – AT)
Transmissão
Tipo Manual de 5 marchas Manual de 6 marchas Manual 6 marchas / Automática 6 marchas
Tração
Tipo 4×2 4×2 ou 4×4 com reduzida 4×2 ou 4×4 com reduzida
Freios
Tipo Disco ventilado / Tambor Disco ventilado / Tambor Disco ventilado / Tambor
Direção
Tipo Hidráulica Hidráulica Hidráulica
Suspensão
Dianteira Braços sobrepostos, barra estabilizadora Braços sobrepostos, barra estabilizadora Braços sobrepostos, barra estabilizadora
Traseira Eixo rígido Eixo rígido Eixo rígido
Rodas e Pneus
Rodas Liga Leve aro 16 polegadas Liga Leve aro 16 ou 17 polegadas Liga Leve aro 16 ou 17 polegadas
Pneus 245/70 R16 245/70 R16 ou 255/65 R17 245/70 R16 ou 255/65 R17
Dimensões
Comprimento total (mm) 5367 (CS) 5347 (CD) 5347 (CD) 5367 (CS) 5347 (CD)
Largura sem retrovisores (mm) 1882 1882 1882
Altura (mm) 1785 (CS) 1788 (CD) 1908 (CD) 1785 (CS) 1827 (CD)
Distância entre os eixos (mm) 3096 3096 3096
Capacidades
Porta-malas (litros) 1570 (CS) 1061 (CD) 1570 1570 (CS) 1061 (CD)
Tanque (litros) 80 80 76
Carga útil, com 5 passageiros mais bagagem (kg) 1078 (CS) 982 (CD) 873 a 927 1201 (CS) 1208 (CD)
Peso em ordem de marcha (kg) 1672 (CS) 1768 (CD) 1979 a 2135 1899 (CS) 1892 (CD)
Ângulo de entrada/saída 30,7/16,1 graus (16 graus na CD) 31/18 graus 30,7/16,1 graus (16 graus na CD)

S10 2015 – fotos

Viny Furlani

Formado em Gestão de Negócios, trabalha no segmento automotivo há mais de 17 anos. Em 2009, passou a escrever avaliações e notícias sobre carros, totalizando mais de 2.000 artigos, em vários sites. Além das matérias escritas para o NA, também cuida das mídias sociais do site.