Avaliações Híbridos SUVs Toyota

Toyota RAV4 SX Hybrid 2020 tem consumo baixo e muito conforto

Toyota RAV4 SX Hybrid 2020 tem consumo baixo e muito conforto

Ele era um SUV comum, mas agora vem numa proposta mais ecológica e inteligente. O Toyota RAV4 SX Hybrid 2020 tem consumo de carro pequeno e muito conforto a bordo.


Em nova geração, o utilitário esportivo japonês abandona por aqui a motorização tradicional e vem numa configuração híbrida que ainda permite ter dois mundos num só carro.

Isto porque o RAV4 Hybrid ainda ostenta um “motorzão” 2.5 movido pela velha e boa gasolina, mas funcionando apenas parcialmente durante o dia a dia.

Toyota RAV4 SX Hybrid 2020 tem consumo baixo e muito conforto


O motivo é que o SUV porta três motores elétricos que juntos entregam 173 cavalos. Isso é quase a potência do Dynamic Force 2.5 de 178 cavalos.

Ele tem até tração AWD, mas não se engane, não há cardã ou diferencial traseiro, só o terceiro motor atrás.

Além disso, o RAV4 Hybrid 2020 chega com um visual parrudo que não é exatamente atraente, mas que impõe respeito.

Bem espaçoso e com luxo, ele custa R$ 191.290 nesta versão top de linha. A versão S custa R$ 171.850.

Por fora…

Toyota RAV4 SX Hybrid 2020 tem consumo baixo e muito conforto

Quando surgiu o conceito FT-AC, não levamos tanto a sério, afinal, a proposta de mudança de estilo do RAV4 era muito radical. O que fica é o que temos diante de nós.

As linhas mais fluidas do anterior foram trocados por formas retilíneas e detalhes que o fazem lembrar vagamente o Subaru XV, mas bem anabolizado.

A frente é parruda, invocada. Grade bem grande e faróis de LED mais cerrados. Pelo menos a Toyota não entrou na moda de separação de óticas, como temos visto no mercado.

O para-choque é bem proeminente e as molduras laterais levam faróis de neblina. As saias de rodas quase quadradas reforçam a ideia de um SUV mais robusto que o anterior.

Toyota RAV4 SX Hybrid 2020 tem consumo baixo e muito conforto

As rodas cromadas aro 18 polegadas com pneus 225/60 R18 chamam atenção, enquanto a traseira tem lanternas em LED com lentes pronunciados e retangulares, unidas por um acabamento cromado.

O para-choque traseiro é bem destacado e deixa que os dois escapes cromados fiquem abaixo dele, sem integração com o desenho.

O RAV4 Hybrid mostra com isso que ainda tem alguma gasolina na veia. Ele também revela um teto solar panorâmico com antena em estilo barbatana próxima.

Por dentro…

Toyota RAV4 SX Hybrid 2020 tem consumo baixo e muito conforto

Imponente por fora, o Toyota RAV4 SX 2.5 AWD Hybrid – esse é o nome todo – apresenta em ambiente aconchegante, espaçoso e com boa qualidade percebida.

Com interior bege e preto, o SUV da japonesa tem bons revestimentos em couro nos assentos, portas e também no painel.

Materiais suaves e levemente emborrachados passam uma ótima impressão do RAV4 SX, assim como a boa área envidraçada e um teto panorâmico que deixa tudo muito claro e agradável.

Toyota RAV4 SX Hybrid 2020 tem consumo baixo e muito conforto

O painel tem um layout parecido com o do Novo Corolla e até a instrumentação é similar, assim como a multimídia.

Quando se sai de um e entra no outro, a integração é total com as informações.

A Toyota aposta em mostradores analógicos e um display multifuncional com diversas visualizações para dar o máximo de informação ao condutor, sendo que o mais importante é o econômetro.

Toyota RAV4 SX Hybrid 2020 tem consumo baixo e muito conforto

A multimídia do RAV4 Hybrid também traz a famosa animação do fluxo de energia indo de um lado para o outro entre motor, elétricos e bateria. Difere aqui pelo segundo elétrico no eixo traseiro.

O dispositivo de entretenimento tem CD/DVD e espelhamento MirrorLink, mas não oferece Android Auto ou CarPlay.

Imagens da câmera de ré (duas opções) são reproduzidas. O sistema de som com seis alto-falantes é aceitável.

Toyota RAV4 SX Hybrid 2020 tem consumo baixo e muito conforto

Na versão SX, o RAV4 Hybrid tem carregamento indutivo de smartphone.

Além disso, seu volante multifuncional em couro (igual ao do Corolla) vem com paddle shifts. Nele, ainda temos os sistemas de auxílio à condução TSS.

Como o híbrido, o RAV4 2020 também explora a economia de energia interna, com o ar condicionado dual zone tendo opção de direcionamento de ar apenas para o condutor, caso o carro esteja só com ele.

Toyota RAV4 SX Hybrid 2020 tem consumo baixo e muito conforto

O console da transmissão é bem tradicional e não apostou em câmbio com botões. No RAV4 Hybrid há um botão de modos de condução que fica vermelho no Sport, azul no Normal e verde no Eco.

O SUV tem ainda comandos para o EV Mode e Trail, assim como Auto Hold e freio de estacionamento eletrônico.

Tudo junto e fácil de acessar. Uma coisa boa do RAV4 SX Hybrid é a ventilação com 3 velocidades nos assentos dianteiros. No clima do Brasil, é um item necessário.

Toyota RAV4 SX Hybrid 2020 tem consumo baixo e muito conforto

Falando em assentos, o do motorista tem ajustes elétricos (com lombar) e duas memórias. Os bancos são bem confortáveis e de espuma com boa densidade.

Entre os dianteiros, porta-copos e objetos sob o apoio de braço com 2 entradas USB de 2,1A.

Para quem vai atrás, bom espaço para pernas e difusores de ar, tendo ainda mais 2 USB para carregamento.

Toyota RAV4 SX Hybrid 2020 tem consumo baixo e muito conforto

Ou seja, ninguém ficar sem usar seus aparelhos móveis em viagem. Outro item que chama destacável no RAV4 é a luz interna presencial ao chegar ao carro, como no Corolla.

O banco traseiro é bipartido e tem apoio de braço central.

Ele permite ampliar bem os 580 litros do porta-malas, cuja tampa na versão SX é acionada eletricamente, inclusive com sensor de pé, sob o para-choque.

Por ruas e estradas…

Toyota RAV4 SX Hybrid 2020 tem consumo baixo e muito conforto

O Toyota RAV4 SX Hybrid é um SUV de bom desempenho, apesar de sua proposta frugal. Diferentemente do Corolla Hybrid, ele anda como deveria andar, mesmo tendo a missão de beber pouco.

Com um conjunto híbrido THS-II mais complexo que o do sedã nacional, o RAV4 Hybrid tem um motor grande e três motores elétricos, além de uma bateria de níquel-hidreto metálico e seu tanque mediano.

O propulsor 2.5 A25A-FXS é da família Dynamic Force e tem dupla injeção como no A20 2.0 do Corolla brasileiro.

Toyota RAV4 SX Hybrid 2020 tem consumo baixo e muito conforto

Aspirado, ele tem injeção direta e indireta, favorecendo-se em altas e baixas rotações.

Assim, ele entrega 178 cavalos a 5.700 rpm e 22,5 kgfm a 3.600 rpm, giros de força menores que os do sedã médio 2.0. No entanto, você não aproveita tudo isso no dia a dia.

Esse 2.5 a gasolina trabalha com mais três motores elétricos, sendo que dois deles ficam dentro da caixa de transmissão Transaxle, sendo um chamado MG1 (de uso contínuo) e o outro MG2 (para quando se necessita de mais força).

Toyota RAV4 SX Hybrid 2020 tem consumo baixo e muito conforto

Nessa estranha transmissão, a Toyota consegue dispor de sete velocidades simuladas, já que pode fazer uma variação contínua de relações como num CVT, mas usando engrenagens. É o mesmo processo no Corolla Hybrid.

Cada motor elétrico entrega 59,5 cavalos e 10,3 kgfm. Eles trabalham na transaxle para garantir a melhor eficiência energética. Contudo, como o SUV é um AWD, há um terceiro elemento.

No eixo traseiro, entre as balanças da suspensão, fica outro elétrico com 54 cavalos e 12,3 kgfm, ligado às rodas por semieixos.

Toyota RAV4 SX Hybrid 2020 tem consumo baixo e muito conforto

Independente fisicamente, ele provê tração nas rodas traseiras quando necessário.

Ao ligar, o conjunto THS-II não dá um “piu”. O RAV4 Hybrid sai silenciosamente e com um mínimo de ruído dos pneus no solo. O isolamento acústico do SUV é muito bom.

Tanto é que pisando um pouco mais no modo Normal, o 2.5 entra automaticamente e você percebe pelo ruído, mas de forma moderada, diferente do Fusion Hybrid, por exemplo, que exagera no som do “gerador”.

Toyota RAV4 SX Hybrid 2020 tem consumo baixo e muito conforto

Se você ligar o som, então terá que acompanhar a dança de fluxo de energia pelo display da multimídia Toyota Play, como no Prius e Corolla, algo bem interessante de se observar.

Diferente de um PHEV, o híbrido comum tem mais intervenção do motor.

Para saídas mais espertas, ele mais que assume o comando e é auxiliado pelos demais.

Toyota RAV4 SX Hybrid 2020 tem consumo baixo e muito conforto

Não dá exatamente para descrever todas as fases de operação, porque a sinergia entre os quatro propulsores é quase infinita.

Resumidamente, o 2.5 entra em ação quando se precisa de mais força em acelerações, recarga do nível de bateria e num modo de condução mais esportivo, basicamente.

No modo Normal, o RAV4 Hybrid tem boa disposição, sempre com saídas vigorosas.

Toyota RAV4 SX Hybrid 2020 tem consumo baixo e muito conforto

O motivo é que os motores elétricos, que somam 173 cavalos, iniciam desde zero com força máxima.

Entretanto, como acontece no 2.5, apenas parte disso é necessário para que o SUV rode bem em qualquer situação.

São 222 cavalos e 27,9 kgfm combinados, mas não se comparam com um SUV similar com os mesmos números. Há mais força nas saídas, o que faz ele ir de 0 a 100 km/h em ótimos 8,1 segundos.

Toyota RAV4 SX Hybrid 2020 tem consumo baixo e muito conforto

Se o modo Sport for selecionado, o THS-II despeja uma boa dose de energia no solo, garantindo saídas bem rápidas e retomadas vigorosas.

Com o ponteiro no Power e um bom ronco do motor, que é descompasso em parte, já que não está sozinho na brincadeira.

No modo Eco, há um bom corte de energia e o uso dos motores elétricos dianteiros se faz mais necessário, tendo pouca intervenção do 2.5.

Toyota RAV4 SX Hybrid 2020 tem consumo baixo e muito conforto

Ainda assim, se necessário, há bastante força para não passar apuros em ultrapassagens e outras situações, por exemplo.

Em determinados momentos, geralmente na estrada, o 2.5 chega a assumir toda a propulsão por alguns segundos.

Nas descidas de serra, a regeneração de energia faz o “life” da bateria de 1,6 kWh alcançar 100% rapidamente.

Com essa energia, dá para poupar bem o motor 2.5 e logicamente a gasolina. No cluster configurável, a autonomia passa facilmente de 1.000 km nessa condição.

Toyota RAV4 SX Hybrid 2020 tem consumo baixo e muito conforto

Seus 55 litros no tanque podem render teoricamente 924 km na cidade!

Conseguimos uma média bem realista de 16,8 km/l na cidade, andando sem buscar exatamente a economia ao extremo.

Então, se rodar com o pé mais alto, pode-se obter melhor resultado. Na estrada, por ser híbrido, ele não faz o mesmo, invertendo a coisa.

Fizemos 13,5 km/l, o que não é ruim dada à proposta do RAV4 Hybrid, que é rodar com baixa emissão ou zera-la no ambiente urbano.

Toyota RAV4 SX Hybrid 2020 tem consumo baixo e muito conforto

Sem emissão? Pode-se rodar até cerca de 60 km/h sem que o motor entre no EV Mode.

Entretanto, para isso é importante que a carga da bateria esteja bem para cima da metade. Rodando nos modos Normal e Sport, é mais rápida a recarga da mesma durante a condução.

Se a carga cair muito no modo EV, o 2.5 entra para recarrega-la até um nível adequado para uso híbrido. Isso pode acontecer até quando você chega ao carro e dá a partida no botão.

Geralmente ele só liga a energia, mas nesse caso, o motor aciona sem cerimônia.

Toyota RAV4 SX Hybrid 2020 tem consumo baixo e muito conforto

O RAV4 Hybrid anda pouco com sua eletricidade na bateria, infelizmente são poucos quilômetros com emissão zero, especialmente se houver subidas ou necessidade de mais energia.

A carga decai muito rapidamente, mas se você não ligar para isso, vai perceber que o interessante mesmo é que o consumo é muito baixo, mesmo com o 2.5 entrando e saindo de cena.

Isso acontece sempre! Por conta de sua suavidade de funcionamento e do isolamento acústico, você se acostuma ao ponto de nem ligar mais para isso.

Por ser um AWD, o RAV4 ainda modula a força entre as rodas dianteiras e traseiras no modo Trail, feito para enfrentar um fora de estrada sem muitas ambições.

Toyota RAV4 SX Hybrid 2020 tem consumo baixo e muito conforto

Agora, se isso tudo parece muito automatizado, o RAV4 Hybrid (ainda) permite que o condutor o utilize como um carro normal.

Ou seja, manuseie a alavanca de câmbio e troque as marchas como no antigo RAV4.

Para isso, ele tem até um modo Sport com mudanças manuais na alavanca, que dão alguma liberdade, já que se sabe que não há uma transmissão tradicional a bordo.

Para uma tocada mais esportiva, a versão SX tem paddle shifts no volante.

Toyota RAV4 SX Hybrid 2020 tem consumo baixo e muito conforto

É um pouco estranho no início, já que se sabe que o ideal é deixar que o THS-II faça as honras da casa em quase tudo.

De qualquer forma, pode-se aproveitar bem a força do motor 2.5 e a ajuda dos elétricos para andar rápido.

Se gasta um pouco mais de combustível, já que o condutor nem sempre conseguirá o mesmo resultado que a programação, andando mais por conta própria.

Aliás, o RAV4 Hybrid tem boa dirigibilidade, com direção bem leve e progressiva, que deixa o SUV de 1.730 kg parecendo um carro pequeno.

Toyota RAV4 SX Hybrid 2020 tem consumo baixo e muito conforto

Os freios são imediatos! Atuando rapidamente e com força a qualquer pisada leve.

No caso da suspensão, o RAV4 Hybrid tem uma calibragem mais para o gosto dos States e, por conta disso, é bem macia, mas com pneus largos e rodas grandes, contorna bem as curvas.

Filtra razoavelmente bem as irregularidades e não existem ruídos de acabamento que incomodem.

O Toyota RAV4 SX Hybrid tem o pacote TSS (Toyota Safety System) e o controle de cruzeiro adaptativo funciona satisfatoriamente, ajustando-se bem ao tráfego.

Toyota RAV4 SX Hybrid 2020 tem consumo baixo e muito conforto

O alerta de invasão de faixa corrige suavemente a direção e está bem longe do que um Volvo ou Jaguar faz, por exemplo, mas para sua missão, cumpre o prometido.

No carro avaliado, havia algo solto que parecia um “Hot Wheels” deslizando de um lado para o outro… Não era nosso e a Toyota ficou de ver o que era.

Fora isso, que às vezes incomodava, o restante foi um prazer ao volante. Boa posição de dirigir, bancos refrigerados no calor brasileiro e comandos fáceis de interagir, fazem do RAV4 Hybrid um carro realmente bom.

Por você…

Toyota RAV4 SX Hybrid 2020 tem consumo baixo e muito conforto

O Toyota RAV4 SX Hybrid é um SUV bem completo para sua categoria e poucas coisas podem ser apontadas como falhas mais importantes.

Android Auto e Car Play são duas delas, assim como os retrovisores com rebatimento elétrico.

No mais, o SUV japonês é um carro bem seguro, com sete airbags, controles de tração e estabilidade, controle de reboque e oscilação (também há outro do próprio carro), entre outros.

Tendo boa economia e desempenho, o RAV4 SX Hybrid tem algum luxo e muito conforto para cinco pessoas.

Toyota RAV4 SX Hybrid 2020 tem consumo baixo e muito conforto

Por R$ 191.290, embora tenha aumentado recentemente, ele ainda é mais vantagem que o Honda CR-V Touring 1.5 Turbo, que é mais gastão e roda sempre no AWD, custando R$ 194.900.

Existe ainda outro rival, o VW Tiguan Allspace 350 TSI R-Line, que tem proposta totalmente oposta ao RAV4 Hybrid, sendo mais purista e longe de ser frugal. Sai por R$ 192.980.

Feito sobre a plataforma modular TNGA (GA-K), ele chega importado e com uma proposta de eliminar a propulsão puramente a combustão. Nesse caso, vale a pena, sem dúvidas.

Medidas e números…

Ficha Técnica do Toyota RAV4 SX 2.5 AWD Hybrid 2019

Motor/Transmissão

Número de cilindros – 4 em linha

Cilindrada – 2.487 cm³

Potência – 178 cv a 5.700 rpm (gasolina)

Torque – 22,5 kgfm a 3.600 rpm (gasolina)

Potência elétricos dianteiros (2) e traseiro – 59,5/59,5 cv e 54 cv

Torques elétricos dianteiros (2) e traseiro – 10,3/10,3 kgfm e 12,3 kgfm

Potência combinada – 222 cv

Torque combinado – 27,9 kgfm

Transmissão – Transaxle com simulação de sete marchas e mudanças no volante e alavanca

Tração – Integral

Desempenho

Aceleração de 0 a 100 km/h – 8,1 segundos

Velocidade máxima – 180 km/h

Rotação a 110 km/h – ND

Consumo urbano – 16,8 km/litro

Consumo rodoviário – 13,5 km/litro

Suspensão/Direção

Dianteira – McPherson/Traseira – Multilink

Elétrica

Freios

Discos dianteiros e traseiros com ABS e EDB

Rodas/Pneus

Liga leve aro 18 com pneus 225/60 R18

Dimensões/Pesos/Capacidades

Comprimento – 4.600 mm

Largura – 1.855 mm (sem retrovisores)

Altura – 1.685 mm

Entre eixos – 2.690 mm

Peso em ordem de marcha – 1.730 kg

Tanque – 55 litros

Porta-malas – 580 litros

Preço: R$ 191.290 (versão avaliada)

Toyota RAV4 SX 2.5 AWD Hybrid 2019 – Galeria de fotos

Toyota RAV4 SX Hybrid 2020 tem consumo baixo e muito conforto
Nota média 5 de 6 votos

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

  • El Gato!

    Foi um dos únicos modelos até hoje que me gerou uma real vontade de sair dos sedans e experimentar um SUV. E realmente cheguei a cogitar a compra. Entretanto, o modelo nunca esteve disponível para TD na época do lançamento, e o valor de 166 mil não se manteve. Desisti.

    • Bonareno

      Suspensão muito macia também. Como é alto, oscila bastante.

      • El Gato!

        Exato. Olha que eu nem falei do fracasso no Moose Test.

    • th!nk.t4nk

      No caso desse híbrido, o grande problema é não ser plug-in. Com isso, o motor a combustão fica ligado quase constantemente. E adivinha só: a Toyota finalmente percebeu o erro, e na próxima semana vão apresentar o novo RAV4 PHEV (plug-in). Esse sim vai ser interessante, porque finalmente será possível carregá-lo em casa e rodar mais de 50 km exclusivamente com no modo elétrico (suficiente pro dia-a-dia da maioria das pessoas). A questão é se a Toyota vai levá-lo pro Brasil, ou vai insistir nesse modelo antigo da matéria. Algo me diz que é a segunda opção, infelizmente.

      • Ermenegildo Arimatéia

        Não sabia que era “problema” ou erro um carro híbrido não ser plug-in, e que os engenheiros estariam errados. Nesse caso merece destaque dar no Brasil mérito a grande infra estrutura que é repleta de pontos de recarga nas estradas, igual aos paises desenvolvidos da Europa, e do baixissimo preço da instalação de ponto residencial (9.000 reais), bem como a autonomia que é infinitamente superior sem depender de recarga por tomada.

        • th!nk.t4nk

          Caro troll, creio que você não entendeu o que é um PHEV. Ele pode ser usado das duas formas: com ou sem carregamento na tomada. O PHEV apenas te dá uma opção a mais. Mas se você prefere um produto mais limitado, porque preferiram economizar no desenvolvimento do veículo (acredite, se dependesse só dos engenheiros sempre teria a possibilidade de carregamento externo), fique à vontade.

          • Ermenegildo Arimatéia

            Limitado? Os engenheiros precisam ver esse argumento, e parar urgentemente de fabricar carros hibridos. Significa que ficar parado por 2 horas na estrada, ou uma noite toda em casa, é mais vantajoso, sem falar do preço de comprar e de manter. A proposito, meu comentario anterior continha ironia, apesar de dados técnicos concretos (os engenheiros da GM fizeram um cálculo minuncioso provando isso, inclusive saiu nesse site aqui há alguns dias), acho que voce nao percebeu, se ler de novo acho que vai perceber e se dar conta que caiu em contradição em si mesmo, ja que a maioria dos comentaristas de forum preferem ignorar dados técnicos e estatisticas para atacar algumas marcas, especialmente uma certa marca japonesa. Espero que nao me bloqueie quando lhe faltar argumentos, pois isso é bastante comum por aqui, ainda mais quando se trata dos esquerdistas que possuem uma capacidade muito limitada de pensar para falar.

            • El Gato!

              Deixa eu te contar uma coisa… as pessoas que te bloquearam não necessariamente o fizeram por falta de argumentos. Talvez sim, talvez não. Mas eu posso te garantir que 100% dos que te bloquearam o fizeram por conta da tua agressividade, arrogância, ironia, além da necessidade de desmerecer a opinião alheia (atente ao seguinte: “opinião”, a.k.a. “cada um tem a sua”) para consolidar a própria argumentação. Você se torna desagradável, e ninguém gosta disso.
              Tenta não retrucar o meu comentário com agressividade… aceite a crítica numa boa e tente melhorar. Simples assim.

              • Ermenegildo Arimatéia

                Nao se preocupe, quando sou bloqueado fico feliz, porque se justifica o que falei: falta de capacidade de pensar e discutir. Não atrapalha em nada minha vida, pelo contrario, entro nesse forum pra me divertir e sofrer ataques como o seus, pra mim é normal. Leia de novo todos os meu comentarios e o seus, e compare e veja quais deles possui…”agressividade, arrogância, ironia, além da necessidade de desmerecer a opinião alhei…”. E assim a gente segue a vida rindo e se divertindo.

            • th!nk.t4nk

              “Ficar 2 horas parado na estrada”. Repito: você não precisa necessariamente conectar na tomada. Pode rodar só abastecendo normalmente. A diferença é que o plug-in te dá a opção (opção!) de conectar na tomada caso você tenha essa disponibilidade. E acredite, nos próximos anos a tendência é sim de vermos mais carregadores por aí, então os PHEV são acima de tudo veículos melhor preparados pro futuro (tanto que a própria Toyota voltou atrás e vai lançar finalmente a versão plugin do RAV4 nos próximos meses). Ninguém está “atacando marca japonesa”, saia dessa. Tanto faz quem produz o carro, é apenas um aspecto técnico que estamos debatendo.

    • Jeanphil

      Concordo… esse carro ficou interessante.

    • Ermenegildo Arimatéia

      O aumento deveu-se a demanda, pelo fato do carro ser importado. Infelizmente não vai baixar tão cedo, a não ser que no ano que vem eles normalizem, nesse caso seria obrigação da marca no Brasil baixar o preço. É difícil mas não impossivel.

      • El Gato!

        Claro! Você vende algo como se fosse água no deserto, aumenta o preço, as pessoas continuam comprando… certa a Toyota! Qualquer um aqui faria o mesmo se fosse dono de uma montadora. Dá-lhe aumento!
        Ruim pra nós… E duvido que baixem o preço, amigo. Se no futuro a produção passar para uma planta nacional, talvez em uma promo. Mas hoje, impossível.

        • Ermenegildo Arimatéia

          Como eu disse, é dificil porem nao impossivel. Exemplo: O Corolla diminuiu o preço às vésperas do ultimo lançamento e com facelift novo. Quem compra um semi novo hoje ano 2017 ou 2018 está fazendo bom negocio. O mesmo vale para o Onix, com o Joy e Prisma. Com relação ao assunto em questão, os verdadeiros entendedores do assunto sabem os motivos dos aumentos do preço, pois o carro é importado.

          • El Gato!

            “Verdadeiros entendedores do assunto”?

            • Ermenegildo Arimatéia

              Isso, pesquise sobre importação de produtos, taxas, historico no Brasil, cotas de importação, quantidades e o que acontece quando se ultrapassa = multas, prazos, qual foi o ultimo presidente que baixou as taxas e as consequencias na época, o que o atual fez pra tentar mudar e nao conseguiu, não precisa ser carro, pode ser qualquer produto. Por exemplo: Black Friday, porque produtos importados não baixam o preço? Porque tem garantia menor? Qual a relação entre demanda e preço final ao consumidor? Por isso falei, para os entendedores do assunto.

              • El Gato!

                Uau. É um manancial de conhecimento. Não tenho nem capacidade de compreender tantos termos, imagine pesquisar sobre estes temas complexos! Vou deixar para os verdadeiros entendedores dialogarem sobre tal! Vou ficar com as minhas opiniões ordinárias mesmo. ;)

                • Ermenegildo Arimatéia

                  Que legal, humildade em reconhecer a sapiência do próximo, a sociedade funciona assim, com aprendizado.

                  • Jeanphil

                    Tu és chato hein….

                    • Ermenegildo Arimatéia

                      Sem ataques pessoais ou xingamentos, por favor! Se quiser pode até me bloquear, já que é bastante comum acontecer isso nesse forum, geralmente quando a pessoa não tem capacidade intelectual pra discutir civilizadamente, eu até me sinto lisonjeado se fizer isso. Mas ofensas são imperdoáveis, pois sinalizam a falta de educação para viver em um grupo social.

                    • Jeanphil

                      Kkkkk… devo ter mais tempo de estudo do que tu terás em 3 encarnações… Pela sua resposta, pôde-se observar que tu já responde querendo provocar briga (provavelmente pelo seu déficit cognitivo)…
                      Simplesmente vou ignorar seus comentários

                    • Ermenegildo Arimatéia

                      Conforme falei…pode bloquear, fico lisonjeado, pois minha teoria de que isso ocorre por falta de capacidade de raciocínio fica comprovada. Aliás, caso você não saiba, não precisa ser PHD ou ter qualquer nível superior pra participar de fóruns de discussão, até crianças participam, e na maioria das vezes são elas que não conseguem discutir, ficam com raiva, e bloqueiam, fazem ataques, ou ignoram.

                    • Jeanphil

                      😴😴😴😴😴😴
                      Seus comentários dão sono…

                    • Ermenegildo Arimatéia

                      Meu objetivo foi atingido, fico lisonjeado, obrigado. Alem de concordar comigo, ainda fiz ficar com sono. Dois coelhos…

                    • Jeanphil

                      Teu objetivo é ser chato e infantil? Conseguiu! Parabéns!! 👍🏻

                    • Ermenegildo Arimatéia

                      Sem ataques pessoais ou xingamentos, por favor! Se quiser pode até me bloquear, já que é bastante comum acontecer isso nesse forum, geralmente quando a pessoa não tem capacidade intelectual pra discutir civilizadamente, eu até me sinto lisonjeado se fizer isso. Mas ofensas são imperdoáveis, pois sinalizam a falta de educação para viver em um grupo social.

      • Ernesto

        Não seria mais pelo aumento do dólar em relação ao real?

        • Ermenegildo Arimatéia

          Não, foi questão de importação, na época do primeiro aumento o representante nacional da marca foi a imprensa e falou em menos de um mês do lançamento, inclusive ele disse que nao descartaria um novo aumento, e foi justamente o que aconteceu.

          • Ernesto

            Representante nacional seria a Toyota do Brasil, certo?

            • Ermenegildo Arimatéia

              Até que se prove o contrario…

    • Cássio

      Procure outra loja. A daqui perto de casa tem para test drive sim.

      • El Gato!

        Sim, aqui hoje também tem. Foi na época do lançamento, uns 20 dias após. A concessionária aqui tinha apenas um modelo no showroom, o TD foi chegar depois. Talvez eu não tenha sido claro. Hoje, acredito que toda concessionária já dispõe de TD para a RAV4.

    • Renato

      É simples, só procurar uma concessionaria que eles tem obrigação de disponibilizar, a da minha cidade tem uma ate hoje.

  • Danilo

    Uma matéria completa, que realmente deixa a gente curioso pra conhecer o carro. Uma pena ser uma tecnologia um tanto quanto cara ainda, mas em um futuro não muito distante será tão comum quanto um compacto automático hoje.

    • Sino Weibo

      kkk não é caro, só está caro pq é Toyota.

    • Ermenegildo Arimatéia

      Todos os carros a venda no Brasil sao caros, leia a matéria de novo e vai ver a faixa de preço dos concorrentes diretos.

  • Airplane

    Show !

  • Ander33x

    A matéria tá bem completa mesmo, parabéns a equipe toda.
    Porém sinto falta dos vídeos, seria bem legal ter de volta pelo menos em alguns lançamentos “especiais” vídeos novos no canal lá.
    já tem um tempão que o sininho não toca….rs

    Quanto ao carro, um belo carrão, show!
    Bem legal saber que temos uma opção “hybrid” nesse segmento, mais um ponto pra Toyota.

    Os pontos falhos apontados pelo NA, concordo e achei muito frustrante também.
    Uma “centralzona” dessa sem pareamento é triste mesmo, o mesmo por não recolher os retrovisores.
    Se temos a opção de recolher e nos resguardar de possíveis prejuízos e transtornos é sempre bom.

    No meu ver esses itens acho que foram descartados (agora) para uma possível atualização futura, provavelmente na 20/20 ou 20/21 veremos tais itens disponível de série. Meu achismo é claro….rs!

    • Filipe Vieira

      Na vs 2019 possui pareamento, que (acredite se quiser) é cancelado com o carro em movimento. Isto mesmo, você paga mais de 150k e nem GPS tem… Lamentável.

      • Ermenegildo Arimatéia

        O que voce falou vale pra qualquer carro, midia em movimento é cortado exibição.

    • Ermenegildo Arimatéia

      Como já visto em vários comentários espalhados pela internet nos ultimos meses: Quem tem 190k pra dar nesse carro, pouco se importa com esses detalhes, diante de tanto conforto e segurança. É a chamada relação custo-beneficio, que define as vendas.

      • Ander33x

        Pois então, eu mesmo não o compraria, aguardaria uma possível atualização de ano/modelo e assim o trocar.
        Mimos por mimos iria de Equinox.

        • Ermenegildo Arimatéia

          Concordo. A maioria faz parte do que falei.

      • sandro99

        Quanto a segurança carece de melhoria, pois não foi bem no “teste do alce”, como foi noticiado. Quem tem 190k pode se importar com esses detalhes, por exemplo, o não rebatimento dos retrovisores pode dificultar ou até inviabilizar a entrada numa garagem dependendo do edifício. Falta de Apple Car play e Android é falha grave sim num carro deste valor e para quem procura conforto e segurança.

        • Ermenegildo Arimatéia

          Leia de novo meu comentario anterior, e terá respostas ao que voce falou depois.

          • sandro99

            Li com atenção o comentário que dei um reply, por isso mostrei que existem visões diferentes para quem pode dispor de 190k para comprar um carro, mas se você adiante mudou de visão nos cometários seguintes, ok.

            • Ermenegildo Arimatéia

              Não mudei de visão, tanto que pedi pra ler de novo o comentário inicial. Obrigado por concordar.

              • sandro99

                Obrigado por concordar eh um tanto incomum num comentário, ate pq não concordei, mas já percebi que vc tem dificuldade de aceitar visões diferentes da sua, então não perderei mais tempo respondendo.

                • Ermenegildo Arimatéia

                  Fico lisonjeado, obrigado, mas quando alguem é educado em concordar com a nossa opiniao, devemos exaltar, de novo, obrigado.

                • Jeanphil

                  Sandro, esse Ermenegildo é um mala que fica só enchendo o saco da galera… nem vale a pena responder os comentários dele, os quais são dignos de uma pessoa desfavorecida intelectualmente!

                  • Ermenegildo Arimatéia

                    “Encher o saco” mudou de significado? A partir de agora quer dizer que a pessoa conseguiu expor melhor suas ideias de tal forma que o outro não consegue mais discutir por falta de argumentos ou capacidade?

  • Leonardo Caldas

    A dona Toyota poderia ter colocado uma capa de motor maior, ficaram muitos cabos e tubos expostos, parece uma bagunça.

    • Ermenegildo Arimatéia

      Não entendemos o que voce quis dizer

      • Leonardo Caldas

        Carros dessa categoria ou preço, possuem uma capa de motor que protege e esconde a maioria dos fios e cabos. Esse dai parece que colocaram uma capa do VW Up

        • Ermenegildo Arimatéia

          Todos os carros tem isso? Pra mim é uma novidade, que bom saber, entao eles precisam fazer um recall.

          • Leonardo Caldas

            Recall é para questões de segurança. Esse dai é economia mesmo.

            • Ermenegildo Arimatéia

              Não entendeu minha ironia, atingi meu objetivo.

              • Leonardo Caldas

                Se você se diverte com isso, é uma pensamento bem infantil.

                • Ermenegildo Arimatéia

                  Igualmente, obrigado, boa tarde

  • Dod

    Melhor compra do segmento, simplesmente.

  • Licergico

    kkk melhor pagar R$ 200k num golf gte …
    sqn.

  • Guilherme Gimenes

    não é a toa que é a SUV mais vendida do mundo …

    • João Silva

      Não é uma hyundai?? kkkkk Fiquei surpreso!

    • Ermenegildo Arimatéia

      Nada mudou

  • itmrn

    belíssimo carro, tive a oportunidade de acompanhar o recebimento desse modelo no Brasil, como são feitas as inspeções e tudo mais, a qualidade é grande, na minha opinião, uma das melhores compras nesse segmento…

  • Paulo

    180mil para 187mil em poucos dias e agora já está em 191mil? Continuem subindo que ainda está barato (até tinha vontade de comprar uma mais para frente, mas como em breve vai custar mais de 220mil, desisto).

    • FrankTesl

      até o Natal chega nos duzentinhos!!!

  • Miguel

    Esse design não me agrada, não dá.

  • Emygdio Carlos

    Feio e caro, a meu ver!

    Sorry!

  • Sino Weibo

    É claro que por ser Toyota, está inflacionado em uns 50 mil. Mas vai vender e dar lucro pra marca, isso que importa né!

    • Ermenegildo Arimatéia

      Não é inflação, é carro importado, pra bom entendedor…

      • Sino Weibo

        Tem vários outros importados no mesmo segmento inclusive PHEV e não custam tanto. Toyota inflaciona só por ser Toyota mesmo.

        • Ermenegildo Arimatéia

          Se ler com atenção meu comentário, está bem conciso e correto, por isso falei: pra bom entendedor…

  • RicardoVW

    Poderia ser mais bonito né!

    • th!nk.t4nk

      É pra quem realmente precisa de um SUV médio, ao invés de um compacto (como X1 e XC40). O problema é que pra isso tem acabamento bem simplório. Note que não tem sequer um revestimento no porta-luvas (aliás, nem no porta-malas: é tudo no plástico rígido). Se a pessoa não precisa de tanto espaço, mais vale olhar outras opçoes. E a respeito da economia do híbrido, isso não se paga nessa faixa de preço nunca (e como ele anda com o motor a combustao ligado o tempo todo, você nem sequer tem a experiência “real” de um elétrico, que o PHEV por exemplo oferece por 50-60 km pelo menos).

    • Ermenegildo Arimatéia

      Pelo menos no Brasil, beleza não vende carro.

  • Saraiva

    Apesar de menos bonito que a geração anterior (a meu ver é claro) Deu uma tremenda melhorada no powertrain. Pela 1a vez me deu vontade de ter um suv médio. Só vontade. Falta po$$ibilidade.

  • Ermenegildo Arimatéia

    Achei que veria alguma novidade aqui…me enganei, é tudo que o público já está careca de saber há 5 meses: SUV com melhor custo-benefício à venda atualmente no Brasil, perante os concorrentes diretos citados na reportagem (independente dos ataques dos haters da marca).
    Só não entendi o trecho: “O sistema de som com seis alto-falantes é aceitável.” O que significa isso?

  • Freaky Boss

    gostei do carro. Ao contrário da versão anterior, essa entra no páreo forte.

  • julio cesar zancan

    Ao vivo é feio, medonho”!

  • LArtur

    Dirigir um SUV 4X4 elétrico é como comer hamburger de planta

    • Ermenegildo Arimatéia

      Sorte que esse modelo não é elétrico, aliás, se houver algum por favor nos avise.

      • LArtur

        Tração integral só na bateria Toyotero

        • Ermenegildo Arimatéia

          Nao conheço essa marca de bateria.

  • Daniel Pirolli

    Estou espantado que um carro da toyota tenha tanta tecnologia. Normalmente nunca teria um carro da marca, mas esse é o primeiro que realmente me interessou, estava indo a Curitiba recentemente e uma me passou como um raio, e olha que eu nao estava devagar hehehehe

  • Afonso

    Com o dobro da capacidade de baterias esse conjunto seria muito interessante em uma Hilux….

  • Híbrido bom é plug-in

    • Ermenegildo Arimatéia

      Todos são bons. Senão não seriam vendidos ou comprados.

      • Então vou editar: Híbrido plug-in é MELHOR que o híbrido NÃO plug-in.

        • Ermenegildo Arimatéia

          E eu vou repetir…Todos são bons, senão não seriam vendidos.

          • Eu não disse que algum deles é ruim (oposto de bom), apenas que um é MELHOR que o outro.

            • Ermenegildo Arimatéia

              E eu não disse que algum deles é ruim, apenas que todos são bons.

  • Lexus UX250h é muito mais bonito.

    • Ermenegildo Arimatéia

      No Brasil, beleza não vende carro.

  • Renato

    Essa matéria é desnecessária pois desde o lançamento em junho desse ano, ja ficou comprovado por varios testes comparativos em sites e vários vídeos que esse modelo é melhor opção (Prós Versus Contras) diante dos modelos que concorrem com ele (CRV, Tiguan, Equinox, 3008). Até mesmo do Compass que nao concorre com ele, ele ganhou. Mesmo passado tanto tempo, ainda perdura a mágoa dos haters, que se desperta com mais uma matéria repetitiva.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email