*Destaque *Featured Crossovers Jeep Lançamentos Linha 2018/2019

Jeep Compass 2019: preço, consumo, versões, detalhes

Jeep Compass 2019: preço, consumo, versões, detalhes
Jeep Compass 2019

O Jeep Compass 2019 é o atual SUV mais vendido no mercado brasileiro. Disponível por aqui há pouco mais de dois anos, o utilitário-esportivo em sua segunda geração cativa pelo visual moderno, interior bem-acabado, motores eficientes, boa lista de equipamentos e ampla gama de versões.

A atual linha do novo Compass 2019 conta com as versões de acabamento Sport, Longitude, Limited e Trailhawk, disponíveis com motores 2.0 litros flex, câmbio automático de seis marchas e tração 4×2 ou 2.0 litros turbodiesel, transmissão automática de nove velocidades e tração nas quatro rodas.


Por a partir de R$ 109.990, é possível levar para a casa a versão mais em conta do Jeep Compass 2019, que já oferece uma boa dose de equipamentos de segurança, conforto e conectividade. Apesar do preço não tão atrativo assim (ainda mais frente aos valores cobrados na época de lançamento), o Compass 2019 é uma boa alternativa aos SUVs compactos, como o Honda HR-V e o Jeep Renegade.

Jeep Compass 2019 – detalhes

O visual do Jeep Compass 2019 é do tipo capaz de agradar boa parcela dos consumidores. As linhas do SUV médio da Jeep são bem resolvidas e seguem o DNA da marca, sobretudo pela grade dianteira com sete fendas verticais.


Há ainda faróis afilados com assinatura em LED, para-choques robustos, vincos marcantes na carroceria, linha de cintura elevada, caixas de roda quadradas e lanternas traseiras horizontais que invadem a tampa do porta-malas.

Fora isso, o carro dispõe de uma boa altura em relação ao solo, sendo capaz de enfrentar valetas e trechos mais esburacados sem muitas dificuldades.

Partindo para o interior, como manda o padrão da categoria, o Jeep Compass 2019 dispõe de bom acabamento. Há plásticos emborrachados por todos os lados, o que evita ruídos excessivos de acabamento após um bom tempo de uso.

Dependendo da versão, o carro conta com volante, bancos, painéis de porta, apoios de braço e alavanca de câmbio revestidos em couro e detalhes de acabamento que misturam cromados e preto brilhante. Há uma série de componentes já usados em outros carros da FCA (Fiat Chrysler Automobiles), como o volante e o painel de instrumentos compartilhados com o Renegade e a Fiat Toro.

Desde a versão de entrada, o Compass 2019 oferece itens como controles de estabilidade e tração, assistente de partida em rampas, ar-condicionado automático digital de duas zonas, central multimídia com Android Auto e Apple CarPlay, faróis e lanternas com assinatura em LED, freio de estacionamento elétrico, luzes de condução diurna, piloto automático, painel de instrumentos com tela TFT, sensor de estacionamento traseiro, sistema start/stop, monitoramento da pressão dos pneus, entre outros.

Nas demais versões, seja como equipamento de série ou opcional, o Jeep Compass 2019 pode dispor de rodas de 19 polegadas, sete airbags, bancos em couro, chave presencial, partida por botão, detector de pontos cegos, retrovisores externos rebatíveis eletricamente e retrovisor interno eletrocrômico.

Há ainda tampa do porta-malas com abertura e fechamento elétricos, sistema de som Bose, piloto automático adaptativo, alerta de colisão frontal, farol alto automático, aviso de mudança de faixa, banco do motorista com ajustes elétricos, partida remota do motor pela chave, sistema de estacionamento semiautônomo (Park Assist), entre outros.

Todavia, com todos os equipamentos disponíveis, inclusive carroceria com pintura perolizada, a conta pode chegar a R$ 194,6 mil.

Jeep Compass 2019 – novidades

A linha 2019 do Jeep Compass foi anunciada sem grandes novidades. As últimas mudanças significativas foram promovidas na linha 2018, quando o utilitário-esportivo passou a dispor de novos equipamentos de série para praticamente todas as versões.

Houve ainda a introdução da nova configuração especial Night Eagle, com visual totalmente preto, mas que já saiu de linha devido à sua produção limitada. Houve ainda o Compass Sport 2.0 Flex 4×4, também limitado e que também já foi descontinuado.

Entre as novidades, o Compass 2019 agora conta com central multimídia Uconnect com tela sensível ao toque de sete polegadas na versão Sport e 8,4 polegadas nas demais configurações, sempre com Android Auto e Apple CarPlay.

Há ainda ar-condicionado digital de duas zonas para todas as versões de acabamento, bancos revestidos em couro no modelo Longitude Flex e no Longitude Diesel e opção de bancos em couro na tonalidade Ski Gray para os modelos Limited, que seguem ainda com a opção do preto e do caramelo.

Por falar em cores, o Jeep Compass 2019 conta também com a nova cor sólida Verde Recon, herdada do modelo Jeep Renegade Série Especial 75 Anos, e também a nova pintura metálica Marrom Horizon.

Como opcional, há novas rodas de liga-leve de 19 polegadas com pneus 235/45 (em substituição ao jogo 225/55 R18 de série) para o Jeep Compass Limited e tampa do porta-malas com abertura e fechamento elétricos para os modelos Limited e Trailhawk.

Jeep Compass 2019: preço, consumo, versões, detalhes

Jeep Compass 2019 – versões

Confira abaixo a gama de versões do Jeep Compass 2019:

  • Jeep Compass Sport 2.0 Flex AT 4×2 2019
  • Jeep Compass Longitude 2.0 Flex AT 4×2 2019
  • Jeep Compass Longitude 2.0 Diesel AT 4×4 2019
  • Jeep Compass Limited 2.0 Flex AT 4×2 2019
  • Jeep Compass Limited 2.0 Diesel AT 4×4 2019
  • Jeep Compass Trailhawk 2.0 Diesel AT 4×4 2019

Jeep Compass 2019 – preços

Confira abaixo os preços de toda a linha Jeep Compass 2019:

  • Jeep Compass Sport 2.0 Flex AT 4×2 2019: R$ 109.990
  • Jeep Compass Longitude 2.0 Flex AT 4×2 2019: R$ 120.990
  • Jeep Compass Longitude 2.0 Diesel AT 4×4 2019: R$ 149.990
  • Jeep Compass Limited 2.0 Flex AT 4×2 2019: R$ 139.990
  • Jeep Compass Limited 2.0 Diesel AT 4×4 2019: R$ 168.990
  • Jeep Compass Trailhawk 2.0 Diesel AT 4×4 2019: R$ 168.990

Jeep Compass 2019: preço, consumo, versões, detalhes

Jeep Compass 2019 – equipamentos

Jeep Compass Sport 2.0 Flex – Motor 2.0 Tigershark com câmbio automático de seis marchas, airbag duplo, freios ABS com EBD, alarme, ar-condicionado automático dual zone, volante regulável em altura e profundidade, freio de estacionamento eletrônico, trio elétrico, chave canivete com telecomando, faróis e lanternas com filetes em LED, controles de tração e estabilidade, assistente de partida em rampa, controle de reboque, direção elétrica, controle de cruzeiro, câmera de ré, faróis e lanterna de neblina, limitador de velocidade, rodas de liga leve aro 17 polegadas com pneus 225/60 R17, sensor de estacionamento, multimídia com tela de 7 polegadas, Android Auto (com Waze) e Car Play, sistema de som com 6 alto-falantes, computador de bordo, banco traseiro bipartido, Isofix e Start&Stop.

Opcionais: Pack Safety com airbags de joelho, cortinas e laterais por R$ 3.450. Pack Protection com protetor de cárter, protetor para barro dianteiro e traseiro e logotipo exclusivo por R$ 850.

Jeep Compass Longitude Flex/Diesel – Motores Tigershark e Multijet II com câmbios automáticos de seis ou nove marchas, respectivamente, tração 4×4 com reduzida e modos de terreno (diesel). Itens acima, mais bancos revestidos parcialmente em couro, entrada e partida sem uso da chave e por botão, rodas de liga leve aro 18 polegadas com pneus 225/55 R18, multimídia Uconnect com tela de 8,4 polegadas com navegador nativo, Android Auto e Car Play e Selec-Terrain (diesel) com modos Auto, Mud, Sand e Snow.

Opcionais: Teto solar panorâmico por R$ 7.490 (R$ 8.160 diesel). Pack Safety com airbags de joelho, cortinas e laterais por R$ 3.850. Pacote Premium (sensores de chuva e crepuscular, retrovisor eletrocrômico, sistema de som Beats com 506 watts e faróis de xênon) por R$ 3.4500. Pack Protection com protetor de cárter, protetor para barro dianteiro e traseiro e logotipo exclusivo por R$ 1.240.

Jeep Compass Limited Flex/Diesel  – Itens acima, mais faróis de xênon, frisos cromados, painel com tela TFT de 7 polegadas, teto preto, rodas de liga leve aro 18 polegadas exclusivas.

Opcionais: Teto solar panorâmico por R$ 6.900 (R$ 7.560 diesel). Pacote High Tech (abertura elétrica do porta-malas, alerta de colisão frontal, aviso de mudança de faixas, banco do motorista elétrico, controle de cruzeiro adaptativo, partida remota, rodas em liga aro 19 polegadas com pneus 235/45 R19, Park Assist, farol alto automático, sistema de som Beats com 506 watts e tomada de 127V) por R$ 11.000 (R$ 15.650 no diesel). Kit Protection com protetor de cárter, protetor de tanque (apenas diesel), protetor para barro dianteiro e traseiro e logotipo exclusivo por R$ 850 (R$1.240 diesel).

Jeep Compass Trailhawk Diesel – Itens acima, mais rodas de liga leve aro 17 polegadas com pneus todo-terreno 225/60 R17, Selec-Terrain (diesel) com modos Auto, Mud, Sand, Snow e Rock, suspensão off road e tração 4×4 Jeep Active Drive Low.

Opcionais: Teto solar panorâmico por R$ 8.160. Pacote High Tech (abertura elétrica do porta-malas, alerta de colisão frontal, aviso de mudança de faixas, banco do motorista elétrico, controle de cruzeiro adaptativo, partida remota, rodas em liga aro 19 polegadas com pneus 235/45 R19, Park Assist, farol alto automático, sistema de som Beats com 506 watts e tomada de 127V) por R$ 15.130.

Jeep Compass 2019: preço, consumo, versões, detalhes

Jeep Compass 2019 – consumo

O Jeep Compass 2019 tem um consumo de 5,5 km/l na cidade e 7,2 km/l na estrada com álcool. Já com gasolina o consumo passa a 8,1 km/l na cidade e 10,5 km/l na estrada. Com diesel, ele faz 9,8 km/l na cidade e 11,4 km/l na estrada.

Jeep Compass 2019 – motor

O Jeep Compass vem com 2.0 Tigershark Flex que tem 159 cv com gasolina e 166 cv com etanol, ambos a 6.200 rpm. Este motor tem torques de 19,9 kgfm a 4.000 rpm com gasolina e 20,5 kgfm a 4.000 rpm com etanol, levando o utilitário esportivo de 0 a 100 km/h em 10,6 segundos e com velocidade máxima de 192 km/h.

Este propulsor é um quatro cilindros que possui duplo comando de válvulas variável com cabeçote, bloco e cárter em alumínio, além de injeção eletrônica de combustível com tecnologia flex.

A origem do motor remonta à Mitsubishi, sendo uma parceira técnica feita entre a Chrysler e a marca japonesa, resultando inclusive numa variante de 2.4, que seria introduzida em uma versão Limited do Jeep Compass 2019. Esta opção, por enquanto, só existe na picape Fiat Toro.

A Jeep fez uma série de melhorias no Tigershark, visando seu uso no Brasil, entre elas o uso de óleo lubrificante menos viscoso para reduzir atrito, mudanças em anéis, pistões e bielas, bem como ajustes nos comandos de válvulas e no eixo balanceiro, que garante redução nas vibrações provocadas durante o funcionamento.

Coletores de escape e admissão também receberam tratamento especial para sua introdução no Jeep Compass. Assim, ele agora trabalha mais suave e com menor esforço, garantindo mais performance e economia de combustível.

Já o motor turbodiesel 2.0 Multijet II faz parte de uma família de propulsores movidos por óleo combustível na Europa e que chegou ao Brasil a bordo do Jeep Renegade. Trata-se de um quatro cilindros em linha de ciclo diesel com cabeçote de 16 válvulas com duplo comando de válvulas variável e composição de alumínio.

Já o bloco é feiro em ferro fundido por conta da melhor manutenção de energia térmica, necessário em climas frios. O propulsor usa sistema de injeção direta de combustível, cuja ignição é por compressão.

Além disso, o 2.0 Multijet II turbina de geometria variável para obtenção de melhor rendimento a baixas rotações, característica desse tipo de motor. Há também intercooler do tipo ar-água para manutenção das temperaturas no coletor de admissão, tornando a queima mais coesa e eficiente.

Esse engenho possui ainda de um sistema de controle de emissão de poluentes, centrado no EGR (recirculação dos gases de escape), que reduz a emissão de CO2 e NOx na atmosfera.

Ainda assim, a família Multijet II esteve envolvida no escândalo de emissão de NOx na Itália, onde o governo teria protegido dados importantes da Fiat Chrysler diante da União Europeia e teria sido acusado pelo governo da Alemanha de encobrir o uso de um software de manipulação do EGR e do SCR (conversão catalítica seletiva).

Aqui no Brasil, nada foi detectado. O motor entrega 170 cv a 3.750 rpm e 35,7 kgfm a 1.750 rpm.

O Jeep Compass 2019 conta ainda com dois tipos de transmissão automática, ambas com conversor de torque. A primeira é uma caixa Aisin de seis velocidades com modo Sport e paddle shifts no volante.

Ela é a mesma usada no Jeep Renegade Flex e nos Fiat Toro Flex e Argo 1.8.

Já a segunda opção só está disponível para o motor diesel, sendo esta a ZF 9HP de origem alemã com nove marchas, incluindo modo Sport e paddle shifts.

Esse câmbio inicialmente não se deu bem com o Jeep Cherokee 2.4 nos EUA, mas após diversos ajustes, agora se integra perfeitamente ao Tigershark 2.4 na Fiat Toro e também ao Multijet 2.0 nos Jeep Compass e Renegade.

Jeep Compass 2019: preço, consumo, versões, detalhes

Jeep Compass 2019 – desempenho

O Jeep Compass 2019 tem uma boa performance em qualquer dos combustíveis, sendo mais destacado sem dúvida a versão diesel, que tem mais potência e torque em baixa, além de contar com nove marchas.

O SUV da marca americana, quando com motor Flex, vai de 0 a 100 km/h em 10,6 segundos e com velocidade máxima de 192 km/h.

O Compass 2.0 Flex tem um funcionamento suave e silencioso, sendo um SUV para um rodar confortável tanto na cidade quanto na estrada ou fora dela. O propulsor tem boa disposição nas saídas, embora exija uma rotação mais alta para poder embalar, mas nada muto além de 3.000 rpm.

Nas retomadas, o 2.0 sente o peso do veículo, que é de 1.527 kg. Para um motor aspirado, regimes de trabalho mais altos são necessários. Por isso, as retomadas podem alcançar até 5.000 rpm, dependendo da situação.

Numa ultrapassagem, por exemplo, nada além de 4.000 rpm resolve o problema.

Mas, rodando em cruzeiro de 110 km/h, ele mantém bem uns 2.000 rpm, garantindo conforto e economia. Nesse ponto ele faz 5,5 km/l na cidade e 7,2 km/l na estrada com etanol. Com gasolina, o Jeep Compass 2.0 Flex faz 8,1 km/l na estrada e 10,5 km/l na estrada.

No modo Sport, o utilitário esportivo mantém motor cheio e disposição extra, mas com prejuízo do consumo. O câmbio automático de seis marchas tem mudanças suaves e no momento certo, garantindo também boas reduções.

O Jeep Compass 2.0 Flex tem uma direção elétrica leve e progressiva, bem como freios mais do que suficientes para sua proposta, além de um ajuste de suspensão que privilegia o conforto, sendo muito macia ao rodar e absorvendo muito bem os buracos e defeitos do asfalto, bem como as oscilações características de estradas de terra.

Em curvas rápidas e fechada, o SUV se mantém bem estável com pouca inclinação da carroceria, embora haja pequena saída de traseira, facilmente corrigível. Deve-se lembrar que ele tem de série controles de tração e estabilidade.

No caso do Jeep Compass 2.0 Diesel, a pegada é um pouco diferente. A começar pelo uso do motor diesel, que de sua parte não exige esforço para a maioria das tarefas. O ronco grave e a batida característica são atenuadas pelo bom isolamento acústico.

Para quem curte motores diesel, o pequeno 2.0 não decepciona, entregando muito força em baixas rotações e garantindo saídas bem confortáveis. O motor sobe rapidamente de giro, por ser um propulsor de alta rotação de ciclo diesel.

Na maior parte do tempo em ciclo urbano, ele gira em torno de 1.500 rpm, mas muitas vezes se aproxima de 1.000 rpm. É um motor que dá gosto de acelerar de forma moderada, visto que já tem disposição quase de imediato.

Mesmo em velocidade, consegue boas retomadas, exigindo muito pouco, inclusive do câmbio, que tem nove marchas bem escalonadas. Por conta do diesel, o ZF 9HP só consegue engatar a nona marcha pouco acima de 100 km/h, enquanto no Renegade Diesel isso nem ocorre a 110 km/h.

Jeep Compass 2019: preço, consumo, versões, detalhes

Rodando a 110 km/h, o Jeep Compass 2.0 Diesel está navegando em 1.600 rpm, o que é ótimo para conforto e economia. O nível de ruído é baixo e as respostas em aclives são suaves, com pouca ou nenhuma troca de marcha.

Pode-se explorar bem o motor com os paddle shifts ou com a alavanca em modo manual, mas só no automático já é o suficiente para uma excelente performance. Se o Renegade Diesel é bruto, o Compass Diesel é suavidade ao dirigir.

Com esse propulsor, o Jeep Compass 2.0 Diesel vai de 0 a 100 km/h em 10 segundos e tem máxima de 194 km/h. Os números são mais do que suficientes para uma condução sem pormenores. No consumo, ele faz bons 9,8 km/litro no ciclo urbano e 11,4 km/litro no rodoviário.

O SUV na versão diesel também vem com tração integral nas quatro rodas, que garante melhor condução em pista molhada ou pisos de baixa aderência, tais como areia, neve e lama. Pedras são incluídas na versão Traihawk.

Esta, por sinal, tem suspensão mais elevada, pneus diferenciados e estética exclusiva.

Em qualquer desses modos, o Jeep Compass 2.0 Diesel tem uma boa capacidade off road, modulando bem a força em cada roda e evitando ficar atolando em condições que muitos veículos 4×4 ficariam.

O gerenciamento eletrônico da tração transfere a força individualmente e entre os eixos, dando ao SUV capacidade de entrar e sair de condições bem ruins. Há também o controle de descida, que garante declives acentuados sem o uso de freio, sempre feito com segurança.

Além da redução eletrônica, essa versão tem ainda bloqueio do diferencial, que evita que as rodas girem em velocidades diferentes.

Graças ao uso de aços de alta resistência, a estrutura do Jeep Compass é rígida o suficiente para que ele faça um pêndulo e ainda permita abrir as portas em pleno ar, sem qualquer interferência no abrir e no fechar das entradas.

Os bons ângulos de entrada e saída também favorecem o fora de estrada na versão diesel. Apesar de todo o esforço e valentia no 4×4, o SUV mantém a bordo conforto e comodidade, sem que os passageiros precisem estar preocupados com a situação externa do veículo.

No rodar, de forma geral, o Jeep Compass 2.0 Diesel tem os mesmos atributos da versão Flex, mas com maior robustez e força. O espaço a bordo também é bom e garante muito conforto na frente e atrás, bem como um generoso porta-malas de até 410 litros.

Os bancos são envolventes e seguram bem o corpo, tendo ainda múltiplos ajustes de coluna de direção e assento, inclusive elétricos no segundo caso.

Jeep Compass 2019: preço, consumo, versões, detalhes

Jeep Compass 2019 – manutenção e revisão

O Jeep Compass 2019 tem dois planos de manutenção com bons intervalos entre as paradas programadas. A versão com motor 2.0 Tigershark Flex tem intervalos de 12.000 km, com custo de revisões de R$ 4.296 até 60.000 km, compreendendo cinco serviços.

Já a versão com motor turbo diesel 2.0 Multijet II, tem revisões a cada 20.000 km e até 100.000 km, o custo dos serviços programados chega a R$ 6.728.

A Jeep substituiu geralmente óleo do motor, filtro de óleo, filtro de combustível, filtro de ar, correia em “V”, fluído de freio e correia de comando no motor turbo diesel 2.0 Multijet II.

Já no motor 2.0 Tigershark Flex do Jeep Compass 2019, a marca americana acrescenta ao serviço a troca de vela de ignição, que só ocorre a 60.000 km.

Revisão Jeep Compass Flex

Revisão

Custo

Quilometragem

Preços Flex

12.000 km

R$ 485

24.000 km

R$ 780

36.000 km

R$ 860

48.000 km

R$ 800

60.000 km

R$ 1.563

Revisão Jeep Compass Diesel

Revisão

Custo

Quilometragem

Preços Diesel

20.000 km

R$ 925

40.000 km

R$ 1.404

60.000 km

R$ 1.720

80.000 km

R$ 1.398

100.000 km

R$ 1.528

Jeep Compass 2019 – ficha técnica

Motor

Motor 2.0 Tigershark Flex

Motor 2.0 Multijet Diesel

Tipo

Dianteiro transversal, Gasolina e Etanol

Dianteiro transversal, Turbo Diesel

Número de cilindros

4 em linha

4 em linha

Cilindrada em cm3

1995

1956

Válvulas

16

16

Taxa de compressão

10,6:1

16,5:1

Injeção eletrônica de combustível

Multiponto

Direta

Potência Máxima Líquida (ABNT NBR 5484)

Gasolina: 159 cv @ 6200 rpm / Etanol: 166 cv @ 6200 rpm

Diesel: 170 cv @ 3750 rpm

Torque Máximo Líquido (ABNT NBR 5484) 

Gasolina: 19,9 kgfm @ 4000 rpm / Etanol: 20,5 kgfm @ 4000 rpm

Diesel: 35,7 kgfm @ 1.750 rpm

Transmissão

Tipo

Automática 6 marchas

Automática 9 marchas

Tração

Tipo

Dianteira

Integral com reduzida eletrônica

Freios

Tipo

Disco ventilado / disco

Disco ventilado / disco

Direção

Tipo

Elétrica

Elétrica

Suspensão

Dianteira

McPherson, independente com barra estabilizadora

McPherson, independente com barra estabilizadora

Traseira

McPherson, independente com barra estabilizadora

McPherson, independente com barra estabilizadora

Rodas e Pneus

Rodas

Liga Leve aro 17 polegadas / Liga Leve aro 18 polegadas

Liga Leve aro 17 polegadas / Liga Leve aro 18 polegadas

Pneus

225/60 R17 / 225/55 R18

225/60 R17 / 225/55 R18

Dimensões

Comprimento total (mm)

4416

4416

Largura sem retrovisores (mm)

1819

1819

Altura (mm)

1635

1635 / 1654 (Trailhawk)

Distância entre os eixos (mm)

2636

2636

Capacidades

Porta-malas (litros)

410

410 / 388 (Trailhawk)

Tanque (litros)

60

60

Carga útil, com 5 passageiros mais bagagem (kg)

400

400

Peso em ordem de marcha (kg)

1527

1751

Coeficiente de penetração aerodinâmica (Cx)

ND

ND

Jeep Compass 2019 – fotos

Jeep Compass 2019: preço, consumo, versões, detalhes
Nota média 4.4 de 7 votos

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email