*Destaque Matérias NA

Motor com 3 cilindros: carros que já usam esse motor no Brasil

ford-ecosport-freestyle-2018 Motor com 3 cilindros: carros que já usam esse motor no Brasil

É fato que os motores três cilindros já aparecem como uma tendência no mercado automotivo brasileiro e também no restante do mundo. Hoje em dia, carros compactos que não possuem um propulsor com um cilindro a menos são vistos como obsoletos e gastões, por exemplo, visto que as unidades de quatro cilindros costumam ser mais antigas e, consequentemente, menos modernas. Além disso, o propulsor de três cilindros já pode ser visto também em carros de categorias superiores.



Atualmente, são quase 30 modelos com motor três cilindros à disposição dos consumidores brasileiros, o que inclui hatches subcompactos, hatches e sedãs compactos, hatch médio, crossovers e até mesmo modelos premium. Separamos abaixo todas as opções disponíveis no Brasil. Confira:

Chery New QQ 1.0

ford-ecosport-freestyle-2018 Motor com 3 cilindros: carros que já usam esse motor no Brasil

O primeiro modelo desta lista é o subcompacto Chery New QQ, que inclusive se posiciona também como o carro mais em conta do País. O modelo é dotado de um motor 1.0 litro flex de três cilindros em linha, com quatro válvulas por cilindro, e dispensa o tanquinho auxiliar para partidas a frio. Ele consegue desenvolver 74 cavalos de potência com gasolina e 75 cv com etanol, a 6.000 rpm, e torque de 9,7 e 10,1 kgfm, respectivamente, a 4.500 rpm, e está associado ao câmbio manual de cinco marchas.



Este propulsor equipa todas as versões do New QQ em nosso mercado (Smile, Look e ACT). O modelo tem preços que variam de R$ 27.290 a R$ 32.990.

Citroën C3 1.2

ford-ecosport-freestyle-2018 Motor com 3 cilindros: carros que já usam esse motor no Brasil

O único Citroën com motor três cilindros disponível em nosso mercado é o C3. O modelo conta com um propulsor 1.2 litro flex Puretech de três cilindros, também com quatro válvulas por cilindro, usado nas configurações mais em conta do hatch compacto. Não há tanquinho auxiliar para partidas a frio. Tal unidade gera potência de 84 cv com gasolina e 90 cv com etanol, a 5.750 rpm, e torque de 12,2 e 12,9 kgfm, respectivamente, a 2.750 rpm, com câmbio manual de cinco marchas.

Hoje, as configurações do C3 com o motor três cilindros têm preços entre R$ 43.990 e R$ 52.490. Há ainda modelos com motor 1.6 flex de 118 cv, com câmbio automático, por a partir de R$ 55.990.

Fiat Argo, Mobi e Uno 1.0

ford-ecosport-freestyle-2018 Motor com 3 cilindros: carros que já usam esse motor no Brasil

No caso da Fiat, há o motor 1.0 litro Firefly flex de três cilindros, com apenas duas válvulas por cilindro e sem tanquinho auxiliar. Ele conta com 72 cv com gasolina e 77 cv com etanol, a 6.000 rpm, e torque de 10,4 e 10,9 kgfm, respectivamente, a 3.250 rpm, com câmbio manual de cinco marchas. O 1.0 Firefly flex equipa atualmente os modelos Argo e Uno em suas configurações e também o Mobi na variante Drive, a mais completa e cara da linha.

O Fiat Mobi Drive 1.0 parte de R$ 41.260, o Uno Drive 1.0 de R$ 42.980 e o Argo Drive 1.0 de R$ 47.790.

Ford EcoSport 1.5

ford-ecosport-freestyle-2018 Motor com 3 cilindros: carros que já usam esse motor no Brasil

Um dos únicos crossovers com motor três cilindros é o Ford EcoSport, que inclusive traz um dos três cilindros mais potentes do País. As versões SE e FreeStyle do carro saem com o motor 1.5 litro TiVCT flex de três cilindros em linha, com quatro válvulas por cilindro e recursos como duplo comando variável de válvulas na admissão e no escape, coletor de escape integrado ao cabeçote, entre outros. Ele também dispensa o tanquinho auxiliar para partidas a frio.

O motor do EcoSport 1.5 consegue gerar 130 cv com gasolina e 137 cv com etanol, a 6.500 rpm, e 15,6 e 16,1 kgfm, respectivamente, a 4.500 rpm. Ele trabalha com um câmbio manual de cinco marchas ou automático de seis velocidades. O Ford parte de R$ 68.690 para PcD ou R$ 76.690 para o público final.

Ford Ka e Ka Sedan 1.0

ford-ecosport-freestyle-2018 Motor com 3 cilindros: carros que já usam esse motor no Brasil

Outro motor três cilindros da Ford pode ser encontrado na dupla de compactos Ka e Ka Sedan em suas versões mais em conta. Os modelos contam com um 1.0 litro flex de três cilindros em linha, com quatro válvulas por cilindro e duplo comando de válvulas, além de dispensar o tanquinho auxiliar. A unidade entrega 80 cv com gasolina e 85 cv com etanol, a 6.500 rpm, e 10,2 e 10,7 kgfm, respectivamente, a 3.500 rpm. Trata-se do 1.0 aspirado mais potente do País. Ele traz ainda um câmbio manual de cinco marchas.

No caso do Ford Ka 1.0, os preços partem de R$ 44.780. Já o Ford Ka Sedan 1.0 custa a partir de R$ 49.250.

Ford New Fiesta 1.0 EcoBoost

ford-ecosport-freestyle-2018 Motor com 3 cilindros: carros que já usam esse motor no Brasil

Ao todo, são três motores três cilindros oferecidos pela Ford por aqui. O terceiro é o 1.0 EcoBoost usado na configuração SEL Style do New Fiesta hatch, que custa a partir de R$ 69.790. Tal propulsor, com quatro válvulas por cilindro, injeção direta de combustível, coletor de escape integrado ao cabeçote, turbocompressor, entre outros. Além disso, ele é movido somente a gasolina.

São 125 cavalos de potência, a 6.000 rpm, e 17,3 kgfm de torque, entre 1.400 e 4.000 rpm. O 1.0 EcoBoost é ofertado exclusivamente com o câmbio automatizado de seis marchas e dupla embreagem.

Hyundai HB20 e HB20S 1.0

ford-ecosport-freestyle-2018 Motor com 3 cilindros: carros que já usam esse motor no Brasil

Um dos carros mais vendidos do País, o Hyundai HB20 foi o primeiro modelo nacional com motor 1.0 litro de três cilindros, usado também no sedã HB20S. O propulsor é flex e com quatro válvulas por cilindro, que dispensa também o tanquinho auxiliar para partidas a frio. São 75 cv com gasolina e 80 cv com etanol, a 6.200 rpm, e 9,4 e 10,2 kgfm, respectivamente, a 4.500 rpm, com câmbio manual de cinco marchas.

O Hyundai HB20 1.0 parte de R$ 43.660, enquanto o Hyundai HB20S 1.0 custa a partir de R$ 50.990.

Kia Picanto 1.0

ford-ecosport-freestyle-2018 Motor com 3 cilindros: carros que já usam esse motor no Brasil

O primeiro carro com motor de três cilindros no País foi o Kia Picanto. Ele e o HB20 compartilham o mesmo propulsor. A nova geração manteve a mecânica, com até 80 cv e 10,2 kgfm, mas neste caso há um câmbio automático de quatro velocidades de série. Este modelo parte de R$ 58.990.

MINI Cooper e Countryman 1.5

ford-ecosport-freestyle-2018 Motor com 3 cilindros: carros que já usam esse motor no Brasil

O motor três cilindros mais potente e “torcudo” do País é usado nos modelos MINI Cooper e MINI Countryman. Ambos são dotados de um 1.5 litro de três cilindros a gasolina, com quatro válvulas por cilindro e tecnologias como turbocompressor, injeção direta e duplo comando de válvulas. São 136 cv, a 6.000 rpm, e 23,4 kgfm, a 1.250 rpm, com câmbio automático de seis marchas.

O MINI Cooper 1.5 custa a partir de R$ 124.950, e o MINI Countryman 1.5 a partir de R$ 144.950.

Nissan March e Versa 1.0

ford-ecosport-freestyle-2018 Motor com 3 cilindros: carros que já usam esse motor no Brasil

O motor usado nas versões mais em conta do Nissan March e do Nissan Versa é um 1.0 litro flex de três cilindros, com bloco em alumínio e sistema de partida a frio sem tanquinho. Em ambos os casos, seja com etanol ou gasolina, são 77 cv, a 6.200 rpm, e 10 kgfm, a 4.000 rpm, com câmbio de cinco marchas. O March 1.0 parte de R$ 44.990, e o Versa 1.0, de R$ 48.990.

Peugeot 208 1.2

ford-ecosport-freestyle-2018 Motor com 3 cilindros: carros que já usam esse motor no Brasil

Há também neste ranking o Peugeot 208, que em suas versões de entrada utiliza o mesmo 1.2 Puretech do C3. Assim como no modelo da Citroën, o hatch da marca do leão entrega até 90 cv e 12,9 kgfm, com câmbio manual de cinco marchas. O Peugeot tem preços que partem de R$ 52.990.

Renault Kwid 1.0

ford-ecosport-freestyle-2018 Motor com 3 cilindros: carros que já usam esse motor no Brasil

Recém-introduzido por aqui, o Renault Kwid oferece um motor 1.0 litro flex de três cilindros, com quatro válvulas por cilindro e duplo comando de válvulas, sem tanquinho de gasolina para partidas a frio. Ele desenvolve 66 cv com gasolina e 70 cv com etanol, a 5.500 rpm, e 9,4 e 9,8 kgfm, respectivamente, a 4.250 rpm, com câmbio de cinco marchas. O subcompacto custa a partir de R$ 30.990.

Renault Logan e Sandero 1.0

ford-ecosport-freestyle-2018 Motor com 3 cilindros: carros que já usam esse motor no Brasil

Os modelos Logan e Sandero também utilizam o motor 1.0 litro flex do Kwid, mas numa versão mais “moderna”. Nestes casos, o propulsor conta com variador de fase nos comandos de admissão e escape. Com isso, ele passa a gerar 79 cv com gasolina e 82 cv com etanol, a 6.300 rpm, e torque de 10,2 e 10,5 kgfm, respectivamente, a 3.500 rpm, acoplado a um câmbio manual de cinco marchas.

O Renault Sandero 1.0 pode ser encontrado por a partir de R$ 44.050, e o Logan 1.0 a partir de R$ 45.850.

Volkswagen up!, Gol, Voyage e Polo 1.0

ford-ecosport-freestyle-2018 Motor com 3 cilindros: carros que já usam esse motor no Brasil

As versões de entrada dos modelos up!, Gol, Voyage e Polo são equipadas com o motor 1.0 MPI flex de três cilindros da Volkswagen. Ele conta com quatro válvulas por cilindro, comando duplo, bloco e cabeçote em alumínio e dispensa o tanquinho auxiliar para partidas a frio. Nos modelos up!, Gol e Voyage, ele rende 75 cv com gasolina e 82 cv com etanol, a 6.250 rpm, e 9,7 e 10,4 kgfm, a 3.000 rpm. Já no Polo, são 75 cv e 84 cv, a 6.350 rpm, enquanto o torque é o mesmo. O câmbio é um manual de cinco marchas.

O Volkswagen up! 1.0 parte de R$ 38.740, o Gol 1.0 de R$ 43.840, o Voyage 1.0 de R$ 51.200 e o Polo 1.0 de R$ 49.990.

Volkswagen up!, Polo, Virtus e Golf 1.0 TSI

ford-ecosport-freestyle-2018 Motor com 3 cilindros: carros que já usam esse motor no Brasil

Outro motor três cilindros da Volkswagen é o 1.0 TSI que equipa as versões topo de linha do Polo e do Virtus e a variante de entrada do Golf. Ele é flex e conta com turbocompressor, injeção direta de combustível, coletor de escape integrado ao cabeçote, entre outros, e dispensa o tanquinho auxiliar.

No Golf 1.0, são 116 cv com gasolina e 125 cv com etanol, a 5.500 rpm, e 20,4 kgfm com ambos os combustíveis, a 2.000 rpm, com câmbio manual de seis marchas. Já o Polo 1.0 TSI e o Virtus 1.0 TSI rendem 116 cv e 128 cv, a 5.500 rpm, e o mesmo torque, mas com câmbio automático de seis velocidades.

Este propulsor está presente ainda no up! em suas versões mais caras. Neste caso, são 105 cv e 16,8 kgfm máximos, com transmissão manual de cinco marchas.

Hoje o up! 1.0 TSI parte de R$ 55.700, o Polo 1.0 TSI de R$ 67.150, o Virtus 1.0 TSI de R$ 73.490 e o Golf 1.0 TSI de R$ 78.780.

COMPARTILHAR:
  • Hugo Leonardo Dos Santos

    Falta a GM

    • T1000

      A GM segue o mesmo caminho dos indianos trabant, vão virar fósseis sobre rodas.,

      • Luciano RC

        Ela está desenvolvendo com o pé no chão… pode ter certeza que quando lançar, vai sacudir legal.

        • T1000

          Perderam o timing, vai ser só mais um.

          • Luciano RC

            Vindo da Chevrolet, eu duvido. Atualmente, ela está crescendo pelas beiradas e entendendo muito bem do mercado.

            • T1000

              Ok se facelift é crescer pelas beiradas então tá

              • Luciano RC

                Olha o que ela oferece, o nível de satisfação dos seus consumidores e pense sobre o mercado.
                Atualmente, ela tem carros medianos e consegue ser a líder. Com certeza vai chegar tranquila com o motor novo e atualizar sua linha dentro do que o mercado exige e não do que meia duzia de entendido acha melhor.

    • Fabão Rocky

      Apesar de jurássico esses motores da GM, n está fazendo feio perante a concorrência em questão de consumo e eficiência energética. O povo reclama exige o tempo todo “modernidade” de motor, mas na hora q ver q a manutenção é mais cara fica entortando o nariz. Acredito q, assim como eu, a única coisa q importa no motor de um carro é a sua confiabilidade mecânica e o consumo de combustível.

      • Rbs

        Tava procurando por esse comentário.

      • ramontaua

        Sou da mesma opinião, se o motor é econômico confiável e tal , não importa se e´jurássico.

        • T1000

          Mas você não preferiria um motor econômico e confiavel moderno?
          É o que todas as outras estão vendendo, menos a GM 😂

      • Luciano RC

        É isso que a Chevrolet aposta… sabemos que tem uma nova família de motores vindo ai, porém não se surpreenda se ela tirar mais um caldo desse família I e manter na linha Joy.

        Infelizmente, o Brasil é grande demais para pensarmos somente na facilidades dos grandes centros. Em cidades menores, ter um carro com motor mais simples e com manutenção mais conhecida conta muito… tenha certeza que em locais assim, um motor Família I GM é bem mais valorizado que um MPI da VW.

      • 🅰🅽🅳🅴🆁🆂🅾🅽 – 🆂🅿® ✅

        Isso de atrelar a ideia de que é velho é robusto é um mito, vou dar um exemplo:

        Firefly 1.0 = Comando por corrente (não precisa substituir) + 3 velas ao invés de 4 (- custo).

        GM 1.0 = Comando por correia (precisa substituir) + 4 velas (+ custo)

        Fora a dirigibilidade destes 3c que são superiores ao de 4c.

        • Diego

          Ótima reflexão.

          A tendência são as peças apresentarem um melhor custo benefício conforme o volume de produção.

        • Fabão Rocky

          Dirigibilidade superior? Já dirigi Onix e HB20. N vi nenhuma diferença.

          • 🅰🅽🅳🅴🆁🆂🅾🅽 – 🆂🅿® ✅

            Motores 3c são bem mais dispostos que motores 4c de cilindrada equivalente, qualquer um que dirigiu os dois tipos de motor sabe disso.

            • Fabão Rocky

              Nem sempre. Isso varia de acordo c/ o torque e a relação peso/potência do veículo.

              • 🅰🅽🅳🅴🆁🆂🅾🅽 – 🆂🅿® ✅

                Pega o Fire 1.0 4c por exemplo e compare com o Firefly 1.0 3c, a diferença é nítida, só vê quem não quer.

                • Ernesto

                  Ótimo exemplo, ainda mais em carros iguais, mas motores diferentes. Vamos ver o que o Fabinho vai alegar agora.

      • Ricardo Blume

        Concordo. O EA 111 (1.6) da VW também é antigo e não faz feio. Sofreu melhoras ao longo dos anos e é difícil achar queixas.

        • Ernesto

          A reclamação que eu tenho desse motor é em estrada devido o câmbio ter relações muito curtas. Um câmbio de 6 marchas resolveria.

        • T1000

          Motor bem mequetrefe este. Voce sobe o giro pra ultrapassar e ele perde o torque. Horrível.

      • T1000

        A filosofia então é comprar GM pq quando quebrar vou achar peça facilmente.
        Não seria mais fácil escolher carros que não quebram, tipo das marcas orientais?

        • Fabão Rocky

          N existe nada inquebrável meu amigo. Tudo um dia quebra. Claro q se o dono sempre der manutenção dificilmente irá quebrar se o motor for de boa confiabilidade.

    • Tosca16

      No dia que a GM trouxer um 3 cilindros as vendas vão cair kkkk

      • Luciano RC

        Não duvido… porque o custo vai subir. Óleo, revisões e peças serão mais caros e isso pode afastar aquele consumidor mais tradicional que gosta exatamente do baixíssimo custo de manutenção.

        Por ex… até um tempo atrás eu tinha alguns modelos Fiat que usava o motor 1.8 Chevrolet na empresa. Acabei pegando os mais novos com o 1.8 E-Torq. Que regresso em manutenção… tudo mais caro e mais complicado. Oh saudade do 1.8 GM viu.

        • Tosca16

          Cara, vamos ser francos, se vier com corrente de distribuição já economiza bem na manutenção…

  • Edson Fernandes

    Faltou citar tbm o up TSI.

    Tirando isso, é interessante ver que existe até uma gama grande de produtos com motores 3 cilindros e provavelmente irá aumentar.

    • Luciano RC

      Pelo jeito, irá dominar o mercado. Questão de tempo de motores 2 cilindros surgirem e também ganharem mercado.

      • Edson Fernandes

        Seria bom desde que esse fosse menos vibrador ou que não tenha um pensamento de economia que seja um motor que incomode no rodar.

        • Luciano RC

          Precisa desenvolver pensando em menor vibração e com bom isolamento acústico.

      • Tosca16

        Eu já pensei num bi-cilindrico 800cc de uns 65-70cv kkkk

        • Luciano RC

          Quem sabe seja o caminho a seguir. Até para que trabalhe com um motor elétrico.

    • Luiz Romeu

      o UP tsi tem apresentado muitas falhas, acho que estão com vergonha de mostrar

      • Pedro154

        A maioria deve ser de manolos que destroem o motor do carro em prol de arrancar mais potência do que já tem. Dá pena do carro quando vejo esse tipo de coisa, ainda mais sabendo que o original já faz um trabalho muito bom. Triste!

  • Robert Dniro

    Fiquei surpreso com esse 3cilindros no Gol, realmente o motor não decepciona até com ar condicionado ligado da conta do recado, e tem um ronco interessante.

    • Luiz Romeu

      o problema é a durabilidade e a perda de nivel de oleo

      • Lucas g.

        70 mil km aqui e sem problemas

        • Ernesto

          Não perca tempo com esse Luiz Romeu. Todos os comentários dele são assim, contra a VW.

      • Diego

        UP! TSI com 326 mil Km rodados.
        Troca da Correia dentada aos 190 mil km rodados

        https://www.youtube.com/watch?v=BNe3btUnxR4

  • Anderson Trajano

    Na família temos um KA e uma Ecosport 3 cilindros. Na minha opinião, são muito mais eficientes. Mais potência em baixa, curva de torque mais plana e menor consumo. É um caminho sem volta.

  • Lucas086

    Gosto desse motor do Ka, andei em um, rapaz as vezes nem parece ser 1.0. E parece que até agora, sem problemas graves.

    • vitimsl

      Olá. Eu tenho um há mais de dois anos e até hoje às vezes fico surpreso com o desempenho dele, principalmente no álcool. Espero que a Ford melhore a segurança nesta atualização de meia vida. No geral, o carrinho é bastante honesto.

      • Lucas086

        O que eu gosto do Ka é o motor, a altura dele (não é muito alto) e o ar, gela pra burro. O que não gostava dele, pelo menos no 14/15 de um vizinho era o acabamento, mas o ultimo que andei, 17/18, parece que a Ford deu uma ajeitada. Realmente carro muito honesto mesmo, se nessa atualização vier o motor 1.5 e o cambio aut e pelo menos mais 2 bags, vai dar trabalho viu.

        • vitimsl

          Ainda não vi um popular com o ar tão eficiente (supera até alguns veículos médios neste ponto). O meu é 15/16 e o acabamento já não é tão ruim como nos modelos 2015, mas poderia ser melhor. Se vier automático e com os reforços nas laterais, acho que encaro outro…

          • Lucas086

            O ar é bom, gosto de frio e no Ka eu fiquei desligando direto, muito bom mesmo. Rapaz, se o aut vier em um preço aceitável, mais bags,aro 16 e acabamento melhorado, eu também encaro um de boa. Agora, tem que vim menos que o Polo.

        • Pedro154

          O grande problema do Ka é a segurança… a reestilização que vem aí parece ter melhorado o acabamento, mas espero que também tenha reforçado a carroceria. Se sim, vai se tornar uma opção interessantíssima, ainda mais pelo conjunto 1.5 Dragon + AT6, que espero que realmente venha, pois da Ford BR, podemos esperar tudo!

          • Lucas086

            Realmente, da Ford pode se esperar tudo, mas vamos aguardar o que ela está fazendo nesse face lift do ka

      • Luciano RC

        Não sei nesses motores antigos, mas falam que no Zetec 1.6, a Ford o desenvolveu para andar no Etanol e adaptou para suportar gasolina. Por isso ele tinha uma eficiência interessante com o Etanol.

        • vitimsl

          Tive um Focus mk 1,5 zetec rocam 1.6 flex. A diferença de desempenho entre os combustíveis era nítida, com ampla vantagem para o etanol.

    • Pedro154

      Idem no up! MPI. O carrinho anda bem para um 1.0.

  • Luiz Romeu

    impressionante o descolamento de preços dos modelos da vw, os mais caros do BR pelo mesmo produto e configuração pouco confiável, baixa durabilidade, vide problemas recorrentes no nivel de oleo que a marca arrasta há quase uma década

  • heliofig

    Beleza! Agora é só juntar 2 e fazer um V6!!! Rsrsrs

  • Adrian

    Tem algo errado aí. O hb20, Picanto, Sandero, Logan e kwid ainda usam o tanquinho de partida a frio.

  • Bruno Lopes

    Faltou o 1.0 turbo da Hyundai

    • Leonardo Balieiro

      Sim.

  • Leonardo Balieiro

    Minha moto é 3 cilindros.
    Ela é mais leve, tem mais torque, é mais econômica e o ronco (na minha opinião) é mais bonito, comparando a uma moto 4 cilindros da mesma categoria.
    O único porém é que ela vibra um pouco mais que que a 4 cilindros, porém nada que um óleo Motul e um militec não resolvam.

  • Ricardo Blume

    Ou seja: você ainda vai ter um três cilindros. Vieram para ficar.

    • Pedro154

      E turbo, visto que a maioria (ou todos) dos 3C não passam de 1.5.

      • Emanuel Schott

        Se o cilindro passa de 0,5 l, começa a perder eficiência. Por isso o limite de uso de três cilindros em motores 1.5.

  • Catucadao

    1.0 3 cilindros é pra caba

  • Ainnem Agon

    Todos copiaram a Kia. Fato.

    • Luconces

      Tivemos dois Swift 93/94 que já tinham motor 1.0 3 cilindros.

      Beeeeem antes da Kia.

      • Ainnem Agon

        Meu ponto era “recentemente”, neste século, e não no século passado no qual até DKW era 3 cilindros…

        • Luconces

          Só deixar claro no post lol

          DKW já era tendência!

  • Vinícius Magalhães de Castro

    Kwid tem tanquinho de gasolina para partida frio sim. Esta errado na matéria.

  • José Cardoso Gomes Filho

    Já que a Ford te o 1.5 três cilindros…
    Poderia inovar desenvolvendo um dois cilindros 1.0!
    Vide a Honda NC 750!

  • Luconces

    Não sei se foi o primeiro mas tivemos dois Suzuki Swift 1.0 3 cilindros no Brasil.

    Eram modelos 93/94, bem antes do modelo da Kia.

    Lembro que tinha mecânico que nem queria mexer no carrinho. Saudades Swift!

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email

receber-noticias Notícias por email