Etc Longform

Relação peso/torque: Agora é a vez de saber se seu carro tem força!

Relação peso/torque:  Agora é a vez de saber se seu carro tem força!

Na semana passada falamos sobre uma conta simples de fazer para quem deseja saber se o carro passa sensação de agilidade ou de lentidão, a relação peso/potência. Agora a idéia é saber se o carro passa a sensação de força ou de fraqueza, estamos falando da relação peso/torque.


Para obter a Relação Peso / Torque divida o peso do veículo em quilogramas (Kg) pelo valor do torque em quilograma-força-metro (Kgfm).

Vamos utilizar o Chevrolet Onix 1.0 como exemplo:

1.011 Kg / 9,8 Kgfm = 103,16 quilogramas por Kgfm


Isto quer dizer que cada quilograma força metro de torque do Onix tem capacidade de colocar 103 quilogramas do carro em movimento. Isto é muito ou é pouco? Para termos parâmetros, vou comentar, como no outro post, os resultados por categoria (populares, compactos, sedans médios, picapes pequenas, SUVs etc.) dando exemplos de alguns modelos, para que você tenha idéia de como seu carro se sai e os destaques positivos e negativos da categoria, se houver.

Também irei mostrar o torque máximo dos modelos e a rotação em que é esta força é atingida. Vale lembrar que o torque máximo é obtido sempre com Etanol quando o carro é flex e que o peso é o peso em ordem de marcha (carro sem ocupantes e sem bagagem com tanque cheio).

Se por um acaso seu carro ou o que você deseja não constar aqui, não fique triste ou aborrecido: você pode obter os números da ficha técnica em sites automotivos, manual do proprietário ou tabelas completas que vêm em jornais de grande circulação por todo o Brasil. Vamos aos números.

Um esclarecimento: quanto menor o número, melhor./ Os piores modelos daquele segmento estão marcados em vermelho e os melhores em verde.

Relação peso/torque de carro popular 1.0

Relação peso/torque:  Agora é a vez de saber se seu carro tem força!

Chevrolet Onix – 105,51
Chevrolet Prisma – 105,61
Hyundai HB20 – 97,06
Hyundai HB20 1.0 Turbo – 70,20
Hyundai HB20S – 99,02
Volkswagen Gol – 95,96
Volkswagen Voyage – 93,65
Volkswagen Fox – 104,23
Volkswagen Up – 88,46
Volkswagen Up TSI – 56,61
Volkswagen Polo – 101,73
Volkswagen Polo TSI – 56,23
Renault Sandero – 96,29
Renault Logan – 97,05
Renault Kwid – 77,35
Ford Ka – 95,89
Fiat Mobi – 94,24
Fiat Mobi Drive – 86,70
Fiat Uno – 92,66
Fiat Argo – 101,38
Nissan March – 96,40
Nissan Versa – 105,60
Chery QQ – 93,07

Modelos mais antigos

Ford Ka – 905 Kg /9,41 Kgfm a 4750 rpm  = 96,17 Kg por Kgfm
* VW Gol G5 – 946 Kg /10,6 Kgfm a 3850 rpm = 89,25 Kg por Kgfm
Fiat Mille Economy– 830 Kg/9,2 Kgfm a 2500 rpm  = 90,22 Kg por Kgfm
Fiat Novo Uno Way –  920 Kg/9,9 Kgfm a 3850 rpm  = 92,93 Kg por Kgfm
Nissan March – 938 Kg/10 Kgfm a 3500 rpm= 93,80 Kg por Kgfm
Chery QQ 1.1 L – 890 Kg/9,1 Kgfm a 3500 rpm = 97,80 Kg por Kgfm
* Renault Clio Campus 1.0 16v – 880 Kg/10,2 Kgfm a 4250 rpm = 86,27
Fiat Novo Palio – 103,03
Renault Sandero – 101,49
Kia Picanto 3 cilindros, 12 v = 95,10

* Os destaques positivos contam com asterisco (*) na frente.

O destaque negativo aqui foi o Fiesta Rocam 1.0 (1084 Kg/9,3 Kgfm a 4750 rpm), resultando em 116,56.

Relação peso/torque de sedans compactos acima de 1.0

Relação peso/torque:  Agora é a vez de saber se seu carro tem força!

Chevrolet Prisma 1.4 – 75,40
Hyundai HB20S 1.6 – 63,94
Ford Ka+ Sedan 1.5 – 70,34
Fiat Grand Siena 1.4 – 87,52
Fiat Grand Siena 1.6 – 67,92
Volkswagen Voyage 1.6 – 65,96
Toyota Etios Sedan 1.5 – 71,52
Renault Logan 1.6 – 66,38
Nissan Versa 1.6 – 72,05
Honda City 1.5 – 70,33
JAC J3 Turin 1.5 – 78,01

Modelos mais antigos

Nesta categoria encontram-se carros recentes e bem bonitos, não raro versões sedan dos compactos premium da categoria acima. Vamos aos índices:

New Fiesta Sedan – (1162/16,2 a 4250 rpm) = 71,73

Sonic Sedan – (1207/16,3 a 4000 rpm) = 74,05

City – (1122/14,8 a 4800 rpm) = 75,81

JAC J3 Turim – (1100/14,1 a 4500 rpm) = 78,01

Fiesta Sedan Rocam 1.6 – (1135/15,3 a 4750 rpm) = 74,18

Chevrolet Cobalt 1.4 – (1072/13 kgfm a 3200 rpm ) = 82,46

Polo Sedan 1.6 – (1123/15,6 a 2500 rpm) = 71,99

Voyage 1.6 – (989/15,6 a 2500 rpm) = 63,40

Nissan Versa – (1052/15,1 a 4000 rpm) = 69,67

Por aqui se vê que o único peso bem vindo aqui é o da tecnologia. Um motor maior pode pesar mais, assim como equipamentos de segurança, mas no fim o motor mais recente valerá bem mais a pena. Bom exemplo é o Fiat Grand Siena, que com motor 1.4 atinge relação de 87,52 (1094/12,5 a 3500 rpm) e com motor e-torq 1.6 16 v consegue bem melhores 68,33! (1148/16,8 a 4500 rpm).

E os sedans 1.0? Bem, o Classic obteve 97,94 (950/9,7 Kgfm a 5200 rpm). Já Siena Fire mostrou estar fora de forma, conseguindo apenas 104 (1040/10 Kgfm a 4500), melhor apenas que o espaçoso Logan 1.0 16v com 102,50 (1025/10 Kgfm a 4350 rpm). O Voyage 1.0, assim como o irmão Gol foi bem, chegando a bons 91,89 (974/10,6 Kgfm). Fiesta Rocam 1.0 mostra cansaço: (1098/9,3 a 5000 rpm) = 118,06.

Relação peso/torque de hatches compactos 1.2 a 1.6

Relação peso/torque:  Agora é a vez de saber se seu carro tem força!

Volkswagen Gol 1.6 – 61,60
Volkswagen Fox 1.6 – 68,72
Hyundai HB20 1.6 – 63,03
Chevrolet Onix 1.4 – 74,96
Ford Ka 1.5 – 68,32
Fiat Palio 1.4 – 80,56
Fiat Palio 1.6 – 63,21
Fiat Argo 1.3 – 80,28
Fiat Uno 1.3 – 74,44
Toyota Etios 1.3 – 72,14
Toyota Etios 1.5 – 65,65
Peugeot 208 1.2 – 80,46
Peugeot 208 1.6 – 70,37
Citroen C3 1.2 – 84,62
Citroen C3 1.6 – 73,29
Renault Sandero 1.6 – 68,06
Honda Fit 1.5 – 68,76
JAC J3 1.5 – 67,52
JAC J2 1.4 – 63,54

Modelos mais antigos

Corsa 1.4 – 1026/13,4 a 2800 rpm = 76,57

Agile 1.4– 1032/13,5 a 3200 rpm = 76,44

Peugeot 207 1.4 – 1045/12,9 a 3250 rpm= 81,00

Peugeot 207 1.6 16 v  – 1105/15,5 a 4000 rpm= 71,29

Ford Fiesta Rocam 1.6 – 1135/15,3 a 4750 rpm = 74,18  

VW Gol 1.6 – 947/15,6 a 2500 rpm = 60,71

Renault Sandero 1.6 8v – 1055/14,1 a 2850 rpm = 74,82

Os dois “hot hatches” que se destacaram em Relação Peso / Potência repetem a façanha: Ford Ka Sport 1.6 com 60,85 (931/15,3 a 4250) e Nissan March 1.6 com 65,03 (982/15,1 a 4000 rpm). Vale destacar que o velho Rocam – tanto o 1.0 quanto o 1.6 – casa bem apenas com o Ka. Nos outros Ford, deveria mudar, pois o torque vem em rotações muito altas.

No mais, Jac J3 com 75,11 (1060/14,1 a 4500) e Novo Uno 1.4 com 75,2 (940/12,5 a 3500 rpm) ficaram na média. O Novo Palio 1.4, mais pesado, (1007/12,5 rpm) ficou no fim da fila, com 80,56. O mesmo Palio, com motor e-Torq 1.6 e câmbio Dualogic, no entanto, fica com boa relação peso/torque de 64,88 (1090/16,8 a 3500 rpm) , encarando o leve March.

Relação peso/torque de hatches compactos 1.8 e acima

Relação peso/torque:  Agora é a vez de saber se seu carro tem força!

Fiat Argo 1.8 – 63,68
Renault Sandero 2.0 – 55,55
Volkswagen Polo 2.0 antigo – 66,01

Modelos mais antigos

Categoria esta que surgiu com Citroën C3 1.6 16 válvulas e VW Polo 1.6 e 2.0 por volta de 2002. Aos poucos os modelos 1.4 também foram se acomodando por aqui. Vejamos como eles se saem:

Citroën C3 1.4 –  (1091/12,6 a 2800 rpm) = 86,59

Citroën C3 1.6 16 v – (1152/15,8 a 4000 rpm) = 72,91

Chery Cielo 1.6 16v – (1375/15,2 a 4300 rpm) = 90,46  

Renault Sandero Stepway 1.6 16v (1117/15,5 a 3750 rpm) = 72,06

VW Polo 1.6 (1082/14,5 a 3250 rpm) = 74,62

VW Polo 2.0 (1113/18,4 a 2250 rpm) = 60,49    

Ford New Fiesta Hatch (1145/16,2 a 4250 rpm) = 70,68

Sonic Hatch (1186/16,3 a 4000 rpm ) = 72,76

Nesta categoria já se nota que o carro que quiser acompanhar os outros ou se destacar tem que ter pelo menos um motor 1.6 16v aspirado de concepção moderna para não sair da casa dos 70 Kg/Kgfm. O Polo 2.0 usa uma receita antiga, porém divertida e purista.

O que chamou a atenção aqui foi ver que o mesmo carro, o Fiat Punto foi do céu ao purgatório: na versão básica, 1.4 Evo, obteve 88,08 (1101/12,5 a 3500 rpm). Na versão Turbo T-Jet, ficou com deliciosos 58,29 (1230/21,1 a 2250 rpm). No meio destas, a versão1.8 16v obteve bons 61,21 (1157/18,9 a 4500 rpm) e a 1.6 16v nada maus 69,64 Kg/Kgfm. Siga o exemplo, dona Volks ou ficarás DesAutoalizada!

Como já existem modelos aventureiros neste segmento, é interessante notar que um CrossFox 1.6 pode pesar 80 Kg a mais que um Fox Prime 1.6 devido aos enfeites e outras modificações. Assim, um Prime teria relação de 67,31 ante 72,44 do irmão aventureiro. O torque é igual (15,6 Kgfm a 2500), mas o Prime pesa 1050 e o CrossFox 1130, o peso de um homem adulto de mais de 1,80 m.

Relação peso/torque de hatches médios

Relação peso/torque:  Agora é a vez de saber se seu carro tem força!

Ford Focus 1.6 – 78,44
Ford Focus 2.0 – 62,18
Peugeot 308 1.6 Turbo – 58,00
Chevrolet Cruze 1.4 Turbo – 54,33
Volkswagen Golf 1.4 Turbo – 48,55
Volkswagen Golf 1.0 Turbo – 59,95
Volkswagen Golf 1.6 – 72,50
Volkswagen Golf GTI 2.0 – 36,89

Modelos mais antigos

Marca que quer conquistar novos clientes e clientes mais novos capricha neste segmento. É aqui que as marcas fazem vitrine, ou seja, lançam belos carros, introduzem novidades de motor e transmissão, esmeram no acabamento  e até ousam no visual, vide o caso do Hyundai Veloster. Aqui a luta é acirrada. Vejamos do que os hatchbacks são capazes:

Hyundai i30  – 1363/19 a 4600 rpm = 71,74

Focus 1.6 – 1164/16,3 a 4250 rpm = 71,41

Focus 2.0 – 1340/19,5 a 5250 rpm = 68,71

Hyundai Veloster – 1172/16,1 a 4850 rpm =72,80

Bravo 1.8 16v – 1350/18,9 a 4500 rpm = 71,42

Cruze Sport6 LTZ AT – 1410/18,9 a 3800 rpm = 74,60

Golf 2.0 Tiptronic – 1259/18,4 a 2250 rpm = 68,42

Nesta luta por consumidores jovens e dinâmicos percebemos que a Fiat fez o melhor oferecendo o Bravo T-Jet com recurso Overboost, o que faz com que ele consiga bons 59,56 Kg/kgfm (1370/23 a 2250 rpm) quando acionado. Outro bom destaque é o Peugeot 308 2.0 16v AT com 63,05 (1387/22 a 4000 rpm). Porém quando equipado com motor 1.6 ele cai para minguados 80,49 (1320/16,4 a 4000 rpm), ganhando apenas do Golf 1.6 que conseguiu baixos 82,28 (1193/14,5 a 2250 rpm).

Nesta categoria também entram modelos especiais como Citroën DS3, BMW 118i, Audi A3 e Mini Cooper, quase todos com turbo e com relações peso/torque entre 40 e 50 Kg/Kgfm atingidos em rotações abaixo dos 2000 rpm, sendo exceção o Mini One Básico aspirado.  

Relação peso/torque de sedans médios

Relação peso/torque:  Agora é a vez de saber se seu carro tem força!

Mitsubishi Lancer 2.0 – 68,41
Toyota Corolla 1.8 – 69,57
Toyota Corolla 2.0 – 64,78
Cruze Sedan 1.4 Turbo – 53,92
Jetta 1.4 Turbo – 50,39
Jetta 2.0 Turbo – 48,11
Honda Civic 2.0 – 66,15
Honda Civic 1.5 Turbo – 59,20
Nissan Sentra 2.0 – 66,85
Renault Fluence 2.0 – 67,59
Citroen C4 Lounge 1.6 Turbo – 61,22
Peugeot 408 1.6 Turbo – 58,82
JAC J5 1.5 – 84,84
Audi A3 1.4 Turbo – 48,63
Audi A3 2.0 Turbo – 36,97
BMW 320i 2.0 Turbo – 51,64
Mercedes-Benz C180 1.6 Turbo – 55,88

Modelos mais antigos

Nesta categoria, falta de potência e torque não passam batido. O cliente aqui, além de ter sempre razão tem bom poder aquisitivo e acesso à informação. As relações peso/torque começam a melhorar claramente neste segmento. Vejamos:

Mitsubishi Lancer – 1360/20,1 a 4200 rpm = 67,66

Toyota Corolla 1.8 – 1210/18,6 a 4800 rpm = 65,05

Toyota Corolla 2.0 – 1260/20,7 a 4800 rpm = 60,87

Cruze Sedan LTZ AT – 1410/18,9 a 3800 rpm = 74,60

Jetta Comfortline 2.0 8v – 1346/18,4 a 4000 rpm = 73,15

Jetta TSI Turbo 16v – 1363/19 a 4600 rpm = 51,30

Honda Civic – 1272/17,7 a 4300 rpm = 71,86

Nissan Sentra 2.0 – 1315/20,3 a 4800 rpm =64,78

Renault Fluence – 1372/20,3 a 3750 rpm = 67,59

Subaru Impreza 2.0 4X4 – 1360/20 a 3200 rpm = 68,00

Peugeot 408 2.0 – 1527/22 a 4000 rpm = 69,41

Peugeot 408 1.6 THP Turbo – 1363/19 a 4600 rpm = 62,33

Hyundai Elantra – 1215/ 18,1 a 4700 rpm =67,12

Linea 1.8 16v E-Torq – 1310/18,9 a 4500 rpm = 69,31

JAC J5 1.5 VVTi -1310/15,5 a 4000 rpm  84,84

BMW 328i – 1430/35,7 a 1250 rpm = 40,06

Mercedes-Benz C250 – 1505/31,6 a 2000 rpm = 47,63

Como neste segmento cada marca tem sua estratégia de “guerra”, é um pouco difícil reunir todos os atributos em um carro só: se tem torque falta potência (Jetta Comfortline 2.0 8v), se sobra torque e potência faltam mais marchas (Corolla Automático nas duas versões mas com apenas quatro velocidades). E às vezes o carro é bom em tudo, inclusive segurança, mas poderia ter um pouco mais de torque (Cruze). O ideal é pesquisar muito, fazer test-drives…mas uma coisa será certa: quanto mais perfeito o sedan médio, mais caro será! Mas há negócios interessantes como Nissan Sentra, Peugeot 408 nas duas versões e Renault Fluence.

Destaque Positivo? Sim, ele mesmo: Jetta Highline TSi Turbo de novo, também campeão em peso/potência. Um esportivo de fato que custa apenas R$ 3 mil a mais que um Civic EXS aspirado. E destaque negativo, apesar do bom preço, da garantia e da modernidade do motor, o JAC J5 mostra que para brincar bem neste segmento ou vai de turbo ou vai de 1.8 aspirado para cima.

Um caso à parte aqui foi o Volvo S60, que acaba competindo com BMW Série 3 e Mercedes Classe C custando bem menos. Tem três opções turbinadas, sendo a T6 com 6 cilindros e tração integral. Cada versão tem uma proposta distinta e preços de R$ 103 a R$ 170 mil reais. Bom desde o báico, o T4 1.6 T (1481/24,5 a 1600 rpm) tem uma relação peso/torque de 60,45, o T5 2.0 T (1484/32,7 a 1800 rpm) de 45,38 e o T6 3.0 V6 T (1481/44,9 a 4200 rpm) de divertidos e invejáveis 36,53!

Relação peso/torque de sedans grandes

Relação peso/torque:  Agora é a vez de saber se seu carro tem força!

VW Passat 2.0 TSI – 41,99
VW Passat CC 3.6 V6 – 45,85
Peugeot 508 – 57,55
Ford Fusion 2.5 – 64,71
Ford Fusion 2.0 Turbo – 44,50
Kia Optima – 76,24
Hyundai Sonata – 64,72
Chevrolet Omega Fittipaldi 3.6 V6 24v – 47,90
Mercedes-Benz E 350 – 46,02
Mercedes-Benz E 500 – 33,58
BMW 535i 3.0 Biturbo – 41,42

Modelos mais antigos

Neste segmento a realidade começa a virar sonho para muitos! Os representantes aqui são carros de 5 metros ou mais de comprimento, com muita tecnologia e design. Alguns até medem vaga (508) e outros estacionam para você (Passat). E podem ter até 12 cilindros no motor. Muitos donos, inclusive, como no caso de Omega, BMW Série 5 e Mercedes-Benz Classe E e S, Audi A8, Lexus e Jaguar, sentam-se no banco de trás porque não tem tempo para perder dirigindo. Vamos ver o que o topo da pirâmide reserva aos seus endinheirados e bem sucedidos proprietários em termos de relação peso/torque.

VW Passat 2.0 T – 1463/28,5 a 1700 rpm = 51,33 

VW Passat CC 3.6 V6 – 1632/35,7 a 2400 rpm = 45,71

Peugeot 508 – 1430/24,5 a 1400 rpm = 58,36

Ford Fusion 2.5 – 1520/22,9 a 4000 rpm = 66,38

Ford Fusion Hybrid 2.5 CVT – 1620/41,7 a 2250 rpm = 38,85

Ford Fusion 3.0 V6 – 1650/30,8 a 4000 rpm = 53,57

Kia Optima – 1551/23,6 a 4000 rpm = 65,72

Hyundai Sonata – 1508/23,3 a 4000 rpm = 64,72

Chevrolet Omega Fittipaldi 3.6 V6 24v – 1758/36,7 a 2900 rpm = 47,90

Mercedes-Benz E 350 – 1765/35,7 a 2400 rpm = 49,44

Mercedes-Benz E 500 – 1830/61,2 a 2800 rpm = 29,90

BMW 535i 3.0 Biturbo – 1685/40,8 a 1200 rpm = 41,29

Audi A6 3.0 TSFi V6 Quattro Auto 7 – 1740/44,9 a 2900 rpm = 38,75

Coloquei um híbrido em destaque pois acredito que devem se popularizar nos próximos anos, já que a soma de torque dos motores elétricos e quatro cilindros a combustão produzem mais força que um V6, sem pesar mais (só no bolso, por enquanto, já que custam cerca de R$ 30 mil a mais que o V6.)

Neste segmento você encotra: força, segurança, desempenho, status, sistema que estaciona sozinho, massagem no banco… e muitas vezes pode contar com motorista particular, que eu particularmente dispensaria. Em alguns casos acima, com relações peso/torque na casa dos 40 kg/Kgfm ou menos, o verbo dirigir pode ser trocado por pilotar. Agora se seu negócio é pilotar de fato, dê uma olhada nos números dos carros da categoria abaixo.

Relação peso/torque de esportivos e superesportivos

Relação peso/torque:  Agora é a vez de saber se seu carro tem força!

No mundo dos supercarros a história é outra: são seguros, equipados, rápidos, raros e…leves, pois carregam materiais nobres até no monobloco e podem ter chassis tubular de alumínio, muitas peças de fibra de carbono, plásticos especiais na carroceria…e por aí vai. Sem contar o ronco do motor que é música para muitos!

Ferrari 458 Italia V8 – 1485/55 a 6000 rpm = 27,00

BMW M3 V8 – 1540/40,8 a 3900 rpm = 38,73

BMW M5 V8 Biturbo – 1806/69,4 a 1500 rpm = 28,03

Mercedes-Benz C63 AMG V8 – 1806/61,2 a 5000 rpm = 28,27

Chevrolet Camaro – 1755/55,6 a 4600 rpm = 31,56

Mustang Shelby GT500 5.8 V8 – 1806/87,2 a 4000 rpm = 20,71

Porsche 911 4S –  1470/44,8 a 5600 rpm = 32,81

Lamborghini Gallardo LP 560M  V10 – 1410/55,1 a 6500 rpm = 25,59

Haja força heim! Destaque para o Shelby GT500, típico automóvel americano da velha escola com seus tratorescos 87,2 Kgfm, resultando numa relação peso/torque de 20,71 Kg/Kgfm.

Relação peso/torque de picapes pequenas

Relação peso/torque:  Agora é a vez de saber se seu carro tem força!

Elas caíram no gosto de quem têm um pequeno negócio ou de quem quer um carro que não custe muito mais que um carro popular mas que tenha desempenho melhor e mais força, já que não existem na versão 1.0. Por isso, muitos jovens optaram por elas. Podem ter cabine simples, alongada (Montana, Hoggar), estendida ou dupla.

VW Saveiro 1.6 – 1035/15,6 a 2500 rpm = 66,35

Chevrolet Montana 1.4 – 11092/13,5 a 3200 rpm =80,89

Ford Courier 1.6 – 1405/15,5 a 4250 rpm = 67,42

Peugeot Hoggar 1.4 – 1135/12,8 a 3250 rpm = 88,67

Peugeot Hoggar 1.6 16v – 1216/15,5 a 4000 rpm = 78,45

Fiat Strada Fire 1.4 – 1056/12,4 a 2250 rpm = 85,16  

Fiat Strada Adventure CE 1.8 16v – 1173/18,9 a 4500 rpm = 62,06

A linha adventure faz bonito com o motor e-torq que ficará melhor ainda quando obtiver a tecnologia Multiair. E 80% de seu torque aparecem já a partir de 1500 rpm.

Relação peso/torque de picapes médias

Relação peso/torque:  Agora é a vez de saber se seu carro tem força!

Toyota Hilux – 45,42
VW Amarok – 48,43
Ford Ranger – 47,20
Chevrolet S10 – 40,04
Nissan Frontier – 43,25
Mitsubishi L200 Triton Sport – 50,92

Neste segmento torque fala mais alto até que potência! Porém por questões mercadológicas as montadoras também foram oferecendo as brutas com até 200 cv. Elas viraram sonho de consumo da classe média e oferecem tração 4×4 com motor diesel, podendo puxar até arado se o dono precisar, mas são poucas as que enfrentam serviço pesado ultimamente. Vamos ver a força das “meninas”.

Toyota Hilux CD SRV 4×4 TD Auto – 1935/36,7 a 1400 rpm = 52,72  

VW Amarok TD 8 Marchas AT 4×4 – 2073/42,8 a 1750 rpm = 48,43  

Nova Ford Ranger 3.2 TD AT 4×4 – 2198/47,9 a 1500 rpm = 45,89  

Nova Chevrolet S10 3.2 TD AT 4×4 – 2061/47,9 a 2000 rpm = 43,03

Nissan Frontier Attack 2.5 TD AT – 2066/45,8 a 2000 rpm = 45,11  

Em geral estão bem próximas. A pioneira Hilux, embora tenha sofrido algumas modificações recentemente, deixa claro que a fila anda.

Relação peso/torque de SUVs, Minivans, Crossovers e Peruas

Relação peso/torque:  Agora é a vez de saber se seu carro tem força!

VW SpaceFox 1.6 – 74,42
Chevrolet Spin 1.8 – 68,19
Citroën C3 AirCross 1.6 – 82,48
Fiat Palio Adventure 1.8 – 65,34
Fiat Doblo 1.8 – 77,41
VW Golf Variant 1.4 Turbo – 53,22
JAC J6 – 72,82

Relação peso/torque:  Agora é a vez de saber se seu carro tem força!

Ford EcoSport 1.5 – 76,67
Ford EcoSport 2.0 – 60,40
Renault Duster 1.6 – 74,94
Renault Duster 2.0 – 62,34
Jeep Renegade 1.8 – 74,20
Jeep Renegade 2.0 diesel – 45,83
Jeep Compass 2.0 – 74,49
Jeep Compass 2.0 diesel – 49,05
Hyundai Creta 1.6 – 78,55
Hyundai Creta 2.0 – 68,24
Hyundai Tucson 2.0 – 79,08
Hyundai New Tucson 1.6 Turbo – 60,15
Hyundai ix35 2.0 – 72,82
Honda HR-V 1.8 – 72,99
Honda WR-V 1.5 – 73,40
Nissan Kicks 1.6 – 73,68
JAC T5 1.5 – 77,71
JAC T40 1.5 – 73,57
Peugeot 2008 1.6 – 73,48
Peugeot 2008 1.6 Turbo – 50,24
Chevrolet Tracker 1.4 Turbo – 56,00
Suzuki Jimny – 100,00
Suzuki Vitara – 49,79
Suzuki S-Cross – 50,64
VW Tiguan 1.4 Turbo – 58,86
Honda CR-V 2.0 – 80,97
Kia Sportage 2.0 – 77,72
Toyota Hilux SW4 diesel – 46,41
Hyundai  Santa Fe 3.5 V6 – 55,56
Kia Sorento 2.4 – 74,78
Kia Sorento 3.5 – 61,54

Modelos mais antigos

Resolvi reunir aqui todos os veículos com apelo familiar e/ou de lazer para fins de semana que comportem pelo menos cinco passageiros e alguma bagagem. As peruas vêm perdendo espaço desde o surgimento de minivans no nosso mercado. E os SUVs (Sport Utility Vehicles) e crossovers vêm ganhando terreno à medida que ganharam opções menores, mais baratas e com tração apenas dianteira nas versões mais vendidas.

Muitas vezes as escolhas de um  carro neste segmento se cruzam. Por exemplo, um EcoSport (SUV), um Grand Livina e um Palio Weekend Adventure disputam o mesmo ‘freguês”. Quiçá os números possam lhe ajudar a escolher o carro que se mostrar mais forte para suas necessidades.

Ford EcoSport 1.6 2012 – 1210/15,3 a 4250 rpm = 79,08  > O novo terá 78,17 apesar do novo motor Sigma <

Renault Duster 1.6 –   1258/15,5 a 3750 rpm = 81,16  

Renault Duster 2.0 4×4 –  1353/20,9 a 3750 rpm = 64,74    

VW SpaceFox – 1142/15,6 a 2500 rpm = 73,21  

Chevrolet Spin 1.8 8v – 1255/17,1 a 3200 rpm = 73,39  

Citroën C3 AirCross 1.6 – 1404/15,8 a 4000 rpm = 88,86  

Citroën C3 AirCross 1.5 –  1368/14,2 a 3000 rpm = 96,34  

Chery Tiggo –  1375/18,2 a 4300 rpm = 75,55  

Hyundai Tucson 2.0 – 1549/18,8 a 4500 rpm = 82,39  

Nissan Livina 1.6 MT – 1159/15,3 a 3750 rpm = 75,75  

Nissan Gran Livina 1.8 – 1306/17,5 a 2250 rpm = 74 63  

Fiat Palio Adventure – 1187/18,9 a 4500 rpm = 62,80  

Honda Fit 1.4 – 1113/13 a 4800 rpm = 85,62  

Honda Fit 1.5 –  1141/14,8 a 2250 rpm = 77,09  

VW Kombi Standard 1.4 Flex – 1297/12,7 a 3500 rpm = 102,13  

VW Jetta Variant 2.5 5 cilindros – 1466/24,5 a 4250 rpm = 59,84  

Mamãe VW tem os dois extremos, embora para usos e clientes distintos: Kombi e Jetta Variant. E a Palio Weekend com motor e-torq que dispõe de 80% do torque a apenas 1500 rpm foi bem e mostra que a escolha do propulsor foi acertada. O belo e interessante Citroën C3 AirCross merecia um propulsor à altura de seu projeto.

Relação peso/torque de SUVs mais antigos

Relação peso/torque:  Agora é a vez de saber se seu carro tem força!

Há SUVs como VW Touareg, Porsche Cayenne e Land Rover Range Rover Sport, Vogue e Evoque que têm muita tecnologia embarcada, boa estabilidade e conforto e desempenho de sedan. E muuuita força (torque)!As peruas como Mercedes Classe E State e Audi Avant e BMW Touring também. Mas é nos recursos fora-de-estrada que os SUVs se destacam.

E, assim como no segmento acima, carros de diversos segmentos disputam um mesmo cliente. E aqui, mais do que nunca, brigam com sedans luxuosos e mesmo com picapes médias e grandes (no momento apenas Dodge RAM 2500 está disponível no segmento).

Os SUVs mais desejados começam com modelos que têm motor 2.0 (nem sempre gerando torque suficiente) ou 2.4 de 4 cilindros como Mitsubishi ASX, Hyundai ix35, Kia Sportage e Honda CRV. E a partir de certo ponto, como preço parece não ser um problema para quem os compra, opções V6 e V8 e turbodiesel de quatro ou mais cilindros engrossam a lista de opções. No exterior já existem alguns modelos híbridos (motor elétrico mais motor a gasolina) neste segmento, o que pode vir a se tornar uma tendência em tempos ambientais. E sem perder força!

Hyundai ix35 2.0 – 1566/21,8 a 4800 rpm = 71,83

Honda CRV 2.0 – 1544/19,4 a 4300 rpm = 79,59

Chevrolet Captiva 2.4 – 1678/23,6 a 4900 rpm = 71,10

Chevrolet Captiva 3.6 V6 – 1785/32,9 a 2100 rpm = 54,26

Kia Sportage 2.0 – 1500/21,4 a 4700 rpm = 70,09

Toyota Hilux SW4 Turbodiesel – 1880/36,7 a 1400 rpm =51,23

Hyundai  Santa Fe 3.5 V6 – 1879/34,1 a 4800 rpm = 55,10

Kia Sorento 2.4 – 1780/23 a 3750 rpm = 77,39

Porsche Cayenne Turbo – 2355/71,4 a 2250 rpm = 32,98

Land Rover Range Rover Vogue 5.0 V8 – 2680/63,7 a 2500 rpm = 42,07

VW Tiguan – 1622/28,5 a 1800 rpm = 56,91

VW Touareg V6 – 2032/37 a 2900 rpm = 54,92

VW Touareg V8 – 2075/45,4 a 3500 rpm = 45,70

Dodge RAM 2500 6.7 V6 Turbodiesel (3279 Kg/84,6 a 1500 rpm) = 38,76

O destaque óbvio aqui é o Porsche Cayenne Turbo, com relação peso/torque de 32,98. E a “ignorante” RAM com 38,76. E entre os menos caros e exageradis, os SUVs da VW mostram que a receita é oferecer tecnologia para gerar torque mesmo em propulsores não tão grandes como o 2.0 de quatro cilindros. Acolhemos a RAM aqui por ela ser a única representante do segmento de picapes grandes no mercado e por concorrer com muitos dos modelos aqui apresentados.

CONCLUSÃO

A Relação Peso/Torque pode nortear o consumidor na escolha de seu próximo carro, pois com este número já dá para se ter uma idéia se ele vai atender às suas necessidades. Se você, por exemplo, vai estar com o carro sempre ocupado com passageiros e carga ou com os dois precisará de mais torque. Por outro lado, se você morar em uma cidade plana e não pegar serra, precisará de menos torque que alguém que mora em regiões de serra ou em cidades com muita subida.

Vale lembrar ainda que um câmbio bem escalonado e o fato de o torque máximo ser atingido em rotações mais baixas (menos de 3000 rpm) podem favorecer a sensação de força de um carro. Apresentamos acima os números dos carros sem ocupantes e bagagens e com tanque cheio, porém, é possível somar ao peso do automóvel o peso aproximado dos ocupantes e das bagagens e dividí-lo pelo torque para se ter uma idéia de seu comportamento quando cheio.

E apenas para se ter uma idéia dos carros do passado, como ilustramos no post anterior, vamos citar um queridinho do Brasil, o Fusca 1.6 a gasolina: ele tinha uma relação peso/torque de 67,23 Kg/Kgfm (800 Kg/11,9 Kgfm a 2800 rpm). Outros ícones do passado: um Opala 4 cilindros 2.5 Álcool tinha uma relação de 58,89 Kg/Kgfm (1272/21,6 a 2400 rpm) enquanto o mesmo carro em versão 6 cilindros 4.1 a álcool oferecia 44,85 (1350/30,1 a 2000 rpm) . Um Gol GTS 1.8/S a álcool tinha 64,43 (960/14,9 a 3600 rpm).

E, como sugeri anteriormente, na minha opinião as relações Peso/Potência e Peso/Torque deveriam ser bem visíveis no parabrisas de um carro exposto no show-room da concessionária e também na capa do manual do proprietário.

Somente ao ler “RPP = 10,22” e “RPT = 75,03” o consumidor já teria uma noção do que esperar do seu novo carro. Enquanto isso não acontece…Calculadora na mão (todo celular tem) e boa compra!

Saber a relação Peso/Torque facilita a escolha? O que você acha? Levará este dado em conta na sua próxima compra?

Gerson Brusco Gonzalez

Relação peso/torque: Agora é a vez de saber se seu carro tem força!
Nota média 4 de 4 votos

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email