Matérias NA Segurança

Andar com o freio de mão puxado, o que acontece?

Andar com o freio de mão puxado, o que acontece?

O freio de estacionamento é um dos itens de segurança mais importantes de um carro, mas andar com o freio de mão puxado, o que acontece?


No dia a dia, as pessoas andam muito apressadas, escravas do tempo e várias vezes se esquecem de coisas básicas.

Uma delas é liberar o freio de mão para que o veículo possa sair.

Ele é muito usado em aclives e declives, mas não tanto no plano, visto que alguns motoristas ainda ignoram isso.


Dessa forma, deixam o carro solto, apenas com uma marcha engatada e olhe lá.

O freio de mão deve ser usado sempre, não importando que o carro seja manual ou automático.

Andar com o freio de mão puxado é um pecado que praticamente todo mundo já cometeu ao volante, mesmo com a luz do freio de mão acesa no painel.

Não estamos falando de rodar por muito tempo com ele puxado, mas nos referindo principalmente às saídas bloqueadas.

Andar com o freio de mão puxado, o que acontece?

Andar com o freio de mão puxado, o que acontece?

O freio de mão ou freio de estacionamento é um dispositivo acionado por cabo ou eletrônico que bloqueia as rodas traseiras.

Ele trava os freios destas rodas para evitar que o veículo se movimente de forma involuntária.

Os eletrônicos possuem sensor que detecta a movimentação do carro, desligando-se.

Porém, nem todos funcionam assim, tendo sistemas que só desbloqueiam de forma manual.

No caso do sistema mecânico, a alavanca é presa em dois cabos de aço, que se ligam ao sistema de freio traseiro.

Basta puxar a alavanca para que os cabos sejam tensionados e assim bloqueiem as rodas.

Desgaste excessivo

Andar com o freio de mão puxado, o que acontece?

O que pode acontecer se andarmos com o freio de mão puxado?

A primeira causa é um desgaste excessivo das lonas de freio ou pastilhas das pinças dos discos traseiros, caso houver.

Se o condutor não perceber o esforço extra do carro, esse conjunto será o primeiro a sofrer com a movimentação do veículo.

Lonas e pastilhas podem superaquecer e acabar bem antes do tempo, mas o pior: comprometerão a segurança.

Com o sistema de freio desgastado antes do tempo, o carro corre um sério risco de se envolver em um acidente.

O motivo é que os freios desgastados podem acabar perdendo a eficiência mínima e falhar, o que provocará um acidente.

Condução perigosa

Andar com o freio de mão puxado, o que acontece?

Mas não é somente os freios que devem ser observados.

Também é preciso olhar o comportamento do veículo, que pode repentinamente mudar de trajetória.

Nem todos os freios de estacionamento possuem bloqueio de segurança, além de uma luz-espia no cluster.

Assim, andar com o freio de mão puxado poderá provocar derrapagens, que comprometem a segurança.

Só estas escapadas de traseira, por si só, podem ser perigosas, especialmente em locais de piso muito liso, lama ou neve, por exemplo.

Isso pode ser extremamente perigoso se o carro estiver em velocidade alta, saindo de traseira e sem muita possibilidade de correção.

Fora os freios desgastados excessivamente, quanto a condução poderá ser prejudicada, o freio de mão puxado acarreta mais.

Os pneus sofrerão uma tração aos quais não possuem resistência…

Um pneu é feito para rodar e não para ser arrastados, o que acaba destruindo a durabilidade do pneu.

Com  os altos preços do material rodante, o prejuízo pode ser bem alto.

O consumo é outra coisa que será prejudicada com o freio de mão puxado.

Isso acontece porque o carro deixou de ser um transporte para e passou a reboque.

Assim, andar com o freio de mão puxado vai aumentar o consumo de combustível, prejudicando imediatamente o bolso do proprietário.

A questão ambiental também é outro ponto que poderia acarretar em problemas.

Maior consumo e menor km rodado é igual a alto índice de poluição da atmosfera.

Bloqueio de saída

Andar com o freio de mão puxado, o que acontece?

O mais comum de se andar com o freio de mão puxado é partida e saída com o carro bloqueado.

Com o freio de mão puxado, este já exerce uma pressão grande sobre tambores e pinças de freio.

Então, quando engatado e saindo, os freios bloqueados tendem a travar tambor e discos para se evitar a saída.

Isso força todo o freio traseiro do carro, que assim pode acabar quebrando com essa saída bloqueada.

O fato é que gera um grande prejuízo e também aumenta as chances de não ter ninguém interessado na compra .

Andar com o freio de mão puxado, o que acontece?
Nota média 5 de 1 votos

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

  • Bruno

    Quem em sã consciência deixa o carro sem o freio de mão acionado e segurando só com o câmbio?? Pqp.. Para estacionar só uso o freio de mão, carro engrenado jamais.

    • Tibúrcio

      Na Bahia só fazem isso…
      Questionei a razão e disseram que “é mais seguro”…

      • Bruno

        Estranho, por isso a importância de ter o freio de mão sempre bem regulado, caso não, todo o peso do carro é apoiado no câmbio..

        • Dario Lemos

          Por vezes o nosso subconsciente gera essa “sensação” de que o freio de mão possa falhar e, por exemplo, imaginar o carro descendo a ladeira, entendeu ? Em determinadas situações eu também costumo engatar a 1a marcha após acionar o freio de mão mesmo sabendo dos riscos.

    • Piston head

      Deixo engrenado, após acionar o freio de mão.

      • zekinha71

        Daí se derem uma batida no seu carro além de estragar a lataria a parte mecânica vai pro brejo.

        • Piston head

          Se tivesse que contar com isso a todo instante, eu preferiria nem ter carro.
          Os manuais dos modelos MT recomendam a prática… Enfim, curioso que um assunto tão velho ainda levante discussões.

        • Racer

          Mas em aclives/declives fortes, é o recomendado. E quem tem carro AT, deixar em P….

        • Marcelo Alves

          Pior que aconteceu isso comigo já, sempre deixo o carro engatado em 1ª e com o freio de mão puxado… Em 2012 uma carreta passou numa rua apertada do lado do lugar onde eu trabalhava, ela raspou em 3 carros e quando o motorista fez a curva para entrar na avenida, aquele pára-choque de ferro que tem na traseira do caminhão pegou nas duas portas do passageiro do meu Polo e empurrou ele pra cima da calçada, a roda do motorista inclusive bateu no meio-fio (que não era rebaixado)… O carro ficou com duas rodas em cima da calçada e com um buraco na porta do passageiro da frente… Isso aconteceu em 2012 e eu tenho esse carro até hoje e não aconteceu nenhum problema mecânico, inclusive a roda nem empenou, apesar dela ter raspado com força no meio-fio.

    • Yuri Lima

      Os mais velhos fazem isso.
      Deixar o carro engatado e com uma roda virada para a guia da calçada.
      Acredito que seja porque, em outras épocas, freio de mão e nada eram a mesma coisa. Então, não se tinha confiança em usá-los.

      • Faltou falar do tijolo usado como calce em ao menos uma das rodas kkkk.

        • Eskarmory .

          Se for pro carro descer, será que uma pedrinha segura mesmo? rsrs

          • nbj

            E não é que funciona! Já testei e deu certo!

      • João Holmes

        Em 1996 eu tive um Escort L 91 e uma vez parei em frente de casa que era levemente inclinado. Na época, era recém habilitado e não tinha o hábito de deixar engatado, apenas usava o freio de mão. O carro acabou descendo devagar, já que estava freiado, por uns 100 metros, cruzou a pista da esquerda para direita e bateu numa lixeira de portão e parou. Depois disso sempre deixei engatado e esterço as rodas para jogar o carro contra a guia. Hoje com carro automático, sempre fica no P, até para a chave ser liberada, mas sempre esterço também se for mais inclinado.

      • Henrique12

        Eu sou ‘novo’ e faço tudo isso. O cabo de aço pode se romper, já aconteceu aqui no Rio e era um Fox, que desceu o morro desgovernado e derrubou um muro. Se estivesse virado e engatado não ganharia velocidade.

    • leitor

      Como não são todos com sã consciência…

    • Marcelo Alves

      Deixar só engrenado é meio arriscado mesmo, fora que isso estraga os coxins do motor, pois o peso do carro todo apoiado no câmbio faz o motor “torcer” e forçar os coxins!! Eu sempre deixo o carro engatado, mas nunca deixo ele apoiado no câmbio, eu sempre puxo o freio de mão, solto o pedal de freio e só depois disso é que eu engato (ou solto a embreagem).
      Agora deixar só no freio de mão eu só tenho coragem se o local for plano, pois eu já vi dois casos de carros que estavam só com o freio de mão puxado e por algum motivo o freio de mão soltou (será que foi o cabo de aço?) e o carro desceu com tudo e bateu em outros carros.

  • itmrn

    o texto parece um poema, não sei se é meu pc, ou quem escreveu mudava o paragrafo toda linha.

    • leitor

      Puxou o freio de mão.
      Foi sair com o carro.
      Esqueceu de soltar.
      Estragou o sistema.
      Mas não perdeu a poesia.

    • leitor

      O próximo texto também está assim. Mudaram o editor de texto e não disseram pra quem passa o texto pro NA.

    • Tchones

      É bem ruim ler um texto em que cada parágrafo tem apenas uma frase. Pior quando isso acontece nas análises dos carros.

      “O interior é agradável.

      O painel tem boa leitura.

      Já os bancos tem ergonomia média.

      Sem esquecer da saída de AC para o banco traseiro”

  • Rodrigo

    Nos modelos por botão (eletrônico) se for acionado durante a marcha o sistema entende que é uma frenagem de emergência e intensifica a capacidade ao máximo possível.

    PS: como é bem feita a alavanca de freio de estacionamento do Golf MK7 (primeira foto).

  • Alexandro Vieira Lopes

    no passat tem o freio de mão eletronico com autohold e é bem conveniente, ja pode ir de D para P sem ir para N e depois puxar o freio de mão, tomara q em breve os carros automaticos tenham freio de mão eletronico e autohold

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email