Etc Manutenção

As verdades e os mitos sobre o amortecedor

molas-amortecedores-5-1024x684 As verdades e os mitos sobre o amortecedor

Muito se fala por aí sobre o amortecedor, aquela peça importante da suspensão de nossos carros, que amortece os impactos e as oscilações da carroceria. O amortecedor controla a movimentação das molas da suspensão e mantém os pneus em contato permanente com o solo, proporcionado estabilidade e boa dirigibilidade.



Desta forma, a peça garante não só a segurança como também o conforto de todos os ocupantes do veículo. Apesar de sua importância, muitos conceitos equivocados sobre o equipamento ainda são propagados. Por causa disso, veja todas essas dúvidas respondidas pela Monroe, empresa fabricante de amortecedores:

Passar por lombadas ou valetas na diagonal ajuda a preservar os amortecedores e a suspensão?

Mito. Passar por lombadas ou valetas com o veículo na diagonal faz com que os movimentos torcionais do carro gerem forças laterais na movimentação dos componentes da suspensão e do amortecedor, ocasionando folgas excessivas, ruídos, empenamentos e até mesmo o travamento total deles.

Os amortecedores devem ser trocados aos pares, mesmo que apenas um deles esteja desgastado?

Verdade. Se apenas um dos amortecedores de cada par (dianteiro ou traseiro) é trocado, a outra peça pode ter menor eficiência devido ao maior tempo de uso. Esse desequilíbrio é capaz de prejudicar a dirigibilidade do carro. Sempre que possível, o ideal é substituir os quatro amortecedores em conjunto ou, ao menos, aos pares em cada eixo. Se apenas uma peça for trocada, o outro amortecedor pode ter menor eficiência devido ao maior tempo de uso.

Os amortecedores duram apenas 40 mil quilômetros?

Mito. Em média, este é o prazo indicado para a verificação do equipamento. No entanto, esse período pode variar de acordo com as condições de uso do automóvel. Veículos que rodam apenas em estradas bem pavimentadas tendem a apresentar menor desgaste do que os carros que circulam somente na cidade.

Amortecedores desgastados aumentam a distância de frenagem do veículo?

Verdade. Amortecedores ineficientes aumentam sensivelmente a distância de frenagem do veículo. Testes realizados pela Monroe apontam que amortecedores com 50% de desgaste aumentam a distância de frenagem em até 2,6 metros, a uma velocidade de 80 km/h.

Amortecedores recondicionados possuem a mesma eficiência de uma peça nova?

Mito. Peças recondicionadas não têm eficiência e a recuperação das mesmas é uma verdadeira armadilha para o consumidor. Muitas vezes a peça recebe apenas uma pintura externa. O ideal é optar por marcas conceituadas no mercado e desconfiar de preços muito baixos.

Amortecedores desgastados aumentam o risco de aquaplanagens?

Verdade. Amortecedores ineficientes não garantem o contato permanente entre o pneu e o solo, permitindo a formação de uma camada de água entre eles que interfere sensivelmente na segurança do veículo. Testes realizados pela Monroe apontam que carros com amortecedores com 50% de desgaste começam a aquaplanar a uma velocidade de 109 km/h, enquanto um automóvel com amortecedores novos aquaplanou apenas após os 125 km/h.

Amortecedores ineficientes aumentam o cansaço do motorista?

Verdade. Amortecedores em más condições comprometem a dirigibilidade e provocam balanços e trepidações excessivas, tornando as manobras mais difíceis. Testes realizados pela Monroe indicam que um amortecedor com 50% de desgaste pode aumentar em 26% o cansaço do motorista, aumentando consideravelmente o risco de acidentes.

Amortecedores desgastados atrapalham a visibilidade de carros que trafegam no sentido oposto?

Verdade. O balanço excessivo causado por amortecedores ineficientes produzem oscilações no feixe de luz dos faróis, atrapalhando os motoristas que trafegam no sentido oposto. Isso pode ofuscar a visão do condutor e causar graves acidentes.

  • mr_pereba

    o problema é o seguinte: suspensão alem de ser caro para revisar não "aparece", então o típico brasileiro (padrão) prefere ostentação à segurança…..o resultado é que o investimento vai para rodas maiores, som potente e insulfilme "lacrado", ou seja, altera a originalidade do veiculo, deixa de ouvir tudo o que está a volta e reduz em mais de 50% o campo de visão, ao invés de investir em manutenção e itens de segurança na hora da compra (air bag, abs, etc)….

    • ccn1410

      Eu penso que é preciso conscientizar o povo sobre isso. Quem sabe incluir como assunto obrigatório nos cursos ministrados pelas Auto Escolas.

      • O_Corsario

        É cultural isso, viver de aparência, só mudando a formação que o cara recebeu dos pais em casa mesmo…

    • danielGT

      Falou a verdade….eu fico pensando em relação a isso, será que o povo que fica endeusando a suspensão multi-link, caso tenha um carro com, se lembra que a manutenção desta é mais cara que a da "normal" ??? Será que este povo lembra que tem que fazer manutenção ???? Sinceramente acho que este povo acha que é só entrar no carro e sair andando sem se preocupar, dai quando o carro quebra xinga a motadora, o carro e quem comprou o mesmo modelo !!! É fogo mas a grnade maioria é assim mesmo.

      obs: Não estou criticando a suspensão, só quem tem um carro com multilink sabe o quão bom é ter uma suspensão destas i eu tenho um, mas o povo da internet resvolveu endeusar este tipo de suspensão e é isso que eu estou criticando.

    • ccoala

      Tem muito carro por aí rodando praticamente sem amortecedor, de tão desgastados que estão.
      Tem uns carros que passam em lombadas e saem "rebolando", de tanto que balança a traseira.

  • slaash

    Boa matéria, muito interessante. Vou mandar pra muita gente que dá risada quando eu falo sobre passar de lado em lombada ou valeta.

  • tr42010

    Aqui vai um mito verdadeiro,
    É melhor passar em pequenos buracos tipo costela de vaca rápido pulando por cima ou devagar pegando cada um.???
    Carregar muito peso deixa o carro mais baixo para sempre?
    Estes sim são mitos!! horas bolas…

    • RSM

      É melhor passar em costela de vaca rápido porque diminui o contato e a trepidação do carro com elas.
      Carregar muito peso pode deixar o carro mais baixo se as peças de suspensão como molas e amortecedores já estiverem desgastados, se forem novas isso provavelmente não acontece.

    • Turbo_Car

      Qualquer que seja a irregularidade do solo é sempre recomendável que você passe o mais devagar possível. Quando você passa rápido, o amortecedor trabalha mais e mais rapidamente, absorvendo a energia do impacto que (quase) não será sentida pelo motorista. Passando bem devagar, o amortecedor trabalhará menos e mais lentamente, e a trepidação será sentida pelo motorista provando que nem toda energia foi dissipada pelo amortecedor. Logo, passe sempre o mais devagar possível sobre esse tipo de irregularidade.

      • RSM

        costela de vaca não, ao passar rápido de cada uma que o carro entra em contato pula-se outras 2, então o amortecedor trabalha menos nessa situação

        • Turbo_Car

          O impacto inicial que ele vai receber para "pular" vai ser muito mais violento do que passando devagar.

  • alyalysson

    estou desconfiado que um dos amortecedore traseiro do carro da minha mãe está na hora de trocar (carro com 62000 Km)
    como ter certeza que está na hora da troca?
    deixa eu explicar: é igual saber se a luz de ré ou de freio tá queimada, todo mundo que tá atrás vê, mas ninguém avisa. com o amortecedor também dá pra perceber, a roda fica pulando feito louca. mas as vezes o condutor não se dá conta disso.

    Há um comportamento diferente do carro? eu sinto que em curvas fechadas (tipo rotatórias) o carro tá "deitando" mais que o usual.

    • RSM

      A trepidação aumenta do lado que Têm maior desgaste em altas velocidades, vá para uma rodovia e chegue a 100km/h e tente constatar isso.

      • TesticuloSilva

        Trepidação é balanceamento. Vá a uma boa loja de pneus e amortecedores que eles tem máquinas para testar.

        • RSM

          E amortecedor desgastado não trepida? no caso ele tá dizendo que sente que o carro está menos estável nas curvas mas não sente trepidação.

          • alyalysson

            trepidação eu não sinto. queria um "teste caseiro" pra não perder a viagem até o mecanico.

            o metalomega podia esclarecer isso pra gente!

    • Murilo Jr.

      Rodei quase 115 mil KM sem trocar o amortecedor num Celta Super (03) que eu tive em 2003 e vendi em 2006. Na verdade não gastei nada fora do normal naquele carro, só manutenção comum mesmo…

    • jgranato

      Leve ao seu mecânico de confiança. Ele saberá informar com precisão se o amortecedor precisa ser substituído ou não.

    • Turbo_Car

      Se o carro está "rolando" muito na curva, pode não ser só o amortecedor. Faça uma revisão nas molas também.

  • Caetano2010

    Já vi casos de amortecedores que duraram 80 ou 100.000km,mas a pessoa tem que ser muito cuidadosa ou sempre andar em locais bem pavimentados,coisa impossivel em alguns bairros aqui de sp,pois tem ruas que tem mais crateras que a lua.

    • fuzila

      Precisei trocar os amortecedores do meu Gol special ano 2001 somente com 103.000 km … e os dianteiros ainda tinham pressão …

      Isso com um cilindro de GNV com 16 m2 na mala …

    • GustavO-B

      Aqui em SP tem muitas ruas nos buracos.

  • L.

    Um Corolla 2004 de um conhecido teve amortecedores que estavam bons quando ele vendeu o carro, pegou 0km e vendeu com quase 140 mil km. A durabilidade depende do carro (do projeto da suspensão), do motorista e da cidade onde ele roda.

    Achei curioso dizerem que amortecedor gasto aumenta em 26% o cansaço do motorista. 26%? Como mediram isso? Será que não é 27 ou 25%? hahaha

    • Caetano2010

      Vai ver que mediram no tempo da pedra que se davam impulsos com os pés hahahahhaha:p;)^_^

    • sca_gui

      Haha eu pensei a mesma coisa, muito estranhas essas porcentagens deles!

  • Mario_R

    Ainda bem que tenho uma carroça, que não usa amortecedores…rsrsr

  • NANNDO_SP

    amortecedor original de fabrica dura muito mais, por isso só troque quando ele realmente estiver no fim independente da km, pois o amortecedor de reposição mesmo sendo de marca famosa, provavelmente vai durar menos que o original de fabrica, aliás as montadoras tem colocado cada vez mais componentes de qualidade duvidosa nos veículos, por isso nunca da pra saber com 100% de certeza quanto tempo vai durar o amortecedor, o que geralmente detona na hora o amortecedor é a famosa costela de vaca, ainda mais se o carro estiver pesado/carregado

  • TesticuloSilva

    Sempre achei que recondicionado era ruim, mas se a Monroe tenta provar que é ruim fico desconfiado, será que recondicionados são tão ruins mesmo? A matéria sem fontes isentas fica meio estranha.

    • alyalysson

      éééé… cada um puxa a sardinha pro seu lado ;)

  • Eduardo Costa

    O meu Mille começou a precisar de amortecedores novos a uns 2 meses, mais ou menos com 103.000km. Notei ele muito duro ao passar por desníveis de pista e isto tava me cansando muito no dia a dia. Peguei uma curva bem aberta num domingo e entrei forte para ver, notei que o carro saiu muito de frente como nunca tinha acontecido. Passou da hora.

  • DuDuShocK33

    meu audi a3 2003 esta com 60 mil km, sendo 5 mil com o carro rebaixado, e ainda nao troquei o amortecedor, ja fui no mecanico e na autorizada varias vezes para verificar isso e eles sempre dizem q aidna esta no conformes…

    ja o vectra q uso para trabalhar q é da empresa esta com 130 mil km e ja troquei 3 vezes…

  • matheusfr94

    cara, minha mãe comprou uma parati CL 1.8AP 96 usada, tudo revisado, com um porém: os amortecedores já estavam bem gastos, em qualquer quebra mola o assoalho raspava no dito-cujo.
    agora vou contar o que nós já submetemos essa parati: já colocamos OITO pessoas dentro dela, isso mesmo, OITO. e fomos numa lanchonete à noite. o carro desse jeito tava bem "rebaixado" mesmo, aí com 8 pessoas não tinha jeito, podia passar de lado, do jeito que fosse no quebra mola que o assoalho pegava. vale lembrar que isso foi em vila velha-es, cidade onde a maioria anda sem cinto, e se fazem essas loucuras. e também falo que eu não apoio esse comportamento, apenas fui porque não teve jeito.
    e aqui vão outras "peculiaridades" do carro: a/c não funciona e a lanterna esquerda é de parati G3.

  • X11auto

    Amortecedor em mal estado, acaba danificando os outros componentes da suspensão!

  • Rafax

    o maior problema e o dono do carro, se ele não faz a manutenção devida, o prejuizo e dele.

  • zambarigood

    Brasileiro não liga pra manutenção nem suspensão dos carros, já vi new civic calçado com 4 remolds. Fica moendo o carro até não poder mais e depois quer vender como semi novo.

  • Gerominho

    Amortecedor só troco se quebrar ou vazar. Isso é dica de quem trabalha em concessionária. Já vendi um corsa sedan com 76.000 km e amortecedor original. Prisma com 75.000 e amortecedor original. Estou com um Línea com 90.000 km e amortecedor original. É normal que com o tempo, tanto as molas quanto os amortecedores percam um pouco da sua eficiência, mas não é preciso trocá-los apenas porisso.

  • Weslley Araujo

    o que acontece se eu deixar o carro só no amortecedor e retirar as molas?

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend