Chery Tiggo 5x Sport 2024: Exterior com design neutro e interior todo tecnológico, por R$ 114.990

caoa chery tiggo 5x 2024 caoa santos (1)
caoa chery tiggo 5x 2024 caoa santos (1)

O Tiggo 5x Sport é o SUV de entrada da montadora chinesa, que vem se consolidando no mercado como um player importante.

Tem motorização turbo, câmbio CVT e opcionais interessante.

Trouxemos detalhes do modelo para você. Partindo de R$ 114.950,00, ele vem de série com:

Rodas aro 17”, chaves com sistema Keyless, ar-condicionado, partida sem chave, multimídia 10,25” com Android Auto e Apple CarPlay, computador de bordo, direção elétrica, câmera de ré, acendimento automático dos faróis, ABS, controle de tração e estabilidade, cluster digital de 7”, piloto automático, rebatimento elétrico dos retrovisores, 6 alto-falantes, DRL em LED, 6 airbags, assistente eletrônico de frenagem, monitoramento de pressão dos pneus e mais.

caoa chery tiggo 5x 2024 caoa santos (2)
caoa chery tiggo 5x 2024 caoa santos (2)

Vamos aos detalhes:

Bom motor, que poderia render mais

Seu motor 1.5 turbo de 16 válvulas e 4 cilindros, rende 150 cv no álcool e 21,4 kgfm de torque, sempre acoplado ao câmbio CVT com simulação de 9 velocidades.

Com esses números, o conjunto consegue levar seus mais de 1.400 kg de 0 a 100 km/h em cerca de 10s. Sua velocidade máxima é de cerca de 190 km/h.

Na mesma faixa de preço, temos a T-Cross Sense, com motor de 128 cv e 20,4 kgfm de torque no etanol acelera de 0 a 100 km/h em 10,1s e tem velocidade máxima de 187 km/h.

O Kicks, mais barato e com motor aspirado, faz seu 0 a 100 km/h na casa dos 12s e tem a velocidade máxima de 175 km/h.

Já o Creta faz o 0 a 100 km/h em 11,5s, com velocidade a máxima de 180 km/h.

O Consumo do Tiggo no etanol é de 6,9 km/l na cidade e 8,1 km/l na rodovia, enquanto na gasolina não 9,9 km/l e 11,5 km/l, respectivamente.

A T-Cross ganha disparado nesse quesito, com 8,2 km/l na cidade e 10,1 km/l na rodovia com etanol e 11,9 km/l e 14,3 km/l com gasolina.

Dada a potência, apesar de se peso um pouco elevado, o Tiggo 5X Sport poderia ter números melhores, mas acaba brigando com os 1.0 turbo mesmo.

caoa chery tiggo 5x 2024 caoa santos (3)
caoa chery tiggo 5x 2024 caoa santos (3)

Design neutro agrada mas não emociona

tiggo 5x sport 1

A Chery jogou pra torcida com o 5X Sport, acabou não ousando muito e ficando na segurança, e isso não é necessariamente ruim.

O item com desenho mais diferente no conjunto é certamente sua grade frontal, com pontos cromados dando a impressão de distanciamento, como num degrade.

Seus faróis com DRL em LED são halógenos e um pouco grandes demais, fazem com que a dianteira perca um pouco o charme.

Logo abaixo está o para-choque, que abriga os faróis de milha, com um acabamento na forma de uma letra “G”, e prateados.

Logo abaixo a grade inferior, com um acabamento prateado e um rebaixo, dando um certo refinamento para a dianteira.

tiggo 5x sport 2

Visto de lado, o Tiggo mostra uma altura em relação ao solo elevada, com caixas de roda numa boa medida para abrigar as bonitas rodas 17” diamantadas.

Seu capo é um pouco longo e pouco angulado, que encontra com a coluna A, subindo mais bruscamente, para então cair lentamente, terminando no aerofólio.

As portas tem frisos cromados, tanto na parte inferior das janelas, quanto na base, logo acima do acabamento em plástico preto.

tiggo 5x sport 4

Na traseira, suas lanternas quase não se estendem até a lateral, e continuam até avançar um pouco sobre a tampa do porta-malas.

São interligadas por um friso cromado espesso, que busca dar uma enfeitada.

O exagero de emblemas ataca novamente, com a inscrição “Tiggo 5X”, “turbo”, “Caoa Chery” e o símbolo da Chery, todos na tampa do porta-malas.

A base do para-choque é em plástico preço com a porção central prata.

Interior traz um aspecto tecnológico

tiggo 5x sport 6

Mesmo não sendo o ápice de acabamento interno, a Chery tentou e conseguiu bater vários rivais no aspecto visual.

O acabamento em couro que acompanha o painel é bem interessante, bem à frente da maioria dos rivais de sua categoria.

Os difusores de ar são compridos e achatados, mostram uma boa personalidade, com um friso prateado que os centraliza.

Fitas de LED que acompanham painel são outro ponto alto, que traz tecnologia para o interior.

O console central é bem largo, com um acabamento em aço escovado e manopla preta brilhante.

As forrações de porta tem uma área recoberta pelo couro, mas ainda é predominantemente de plástico duro.

tiggo 5x sport 8

O volante julgo uma exceção, tendo um aspecto meio ultrapassado, com a região do airbag de desenho estranho, comandos multifuncionais aceitáveis e aro “OK”, porém tem base reta e não remete esportividade, fica no meio do muro.

O cluster digital não é em altíssima resolução, mas agrada àqueles que gostam do acessório.

tiggo 5x sport 9

A multimídia tem proporções boas, mas segue a tendência e se destaca do painel, fica meio que voando por ali.

tiggo 5x sport 11

Os bancos tem desenho agradável, não muito esportivos, mas nem de tudo pacatos, tem abas proeminentes e costuras mais marcadas, talvez a região do assento poderia ser um pouco mais trabalhada.

Vende pouco, por preço OK

Em 2023 o Tiggo 5X (ao todo) emplacou 14.400 unidades, à frente de Cactus e 2008.

Isso lhe garantiu a décima sexta posição dentre os SUVs mais emplacados no ano.

Ficou atrás de todos os grandes players, como T-Cross (a campeã com 72.440 unidades), Tracker (66.643), Creta (65.817) e por aí vai.

O preço é atraente, tem bons opcionais e desempenho melhor que muitos à sua frente, porém alguns pontos de design, confiança na marca e gosto do mercado acabam limitando suas vendas.

Em 2024 a posição do Tiggo subiu, no acumulado até março figura na décima segunda posição dentre os SUVs, já com 6.434 unidades emplacadas.

Será que os ventos mudaram para o Tiggo 5X Sport? O tempo dirá.

google news2Quer receber todas as nossas notícias em tempo real?
Acesse nossos exclusivos: Canal do Whatsapp e Canal do Telegram!

O que você achou disso?

Toque nas estrelas!

Média da classificação / 5. Número de votos:

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.


Últimas Notícias



c12OrqyAeQ65CANuSaRgcOXX3cvWvBvO3VrU zKQNKMIjAIN28coKUHnlTgz76QZ90
Autor: Luca Magnani

Engenheiro mecânico na indústria automotiva, pós graduado pela Universidade da Indústria do Paraná em Engenharia de veículos elétricos e híbridos.