Chevrolet Spin 2025 terá conectividade com atualização remota

chevrolet spin activ 2021 1

A Chevrolet Spin 2025 está vindo aí com visual atualizado sobre a já conhecida plataforma Gamma II, mas com tecnologia embarcada igual à gama nacional da General Motors por aqui.

O sistema OnStar a bordo da Chevrolet Spin 2025 terá atualização OTA (Over-The-Air), que permite receber novidades e correções remotamente com a opção do cliente por descartar a operação, adiá-la ou executá-la imediatamente.

Com até sete lugares, a Chevrolet Spin 2025 deve apostar em conectividade com os serviços do OnStar, que incluem os pacotes Standard; Protect; Connect; Protect & Connect, tendo até 20 GB de download mensal.

Nele, a Spin 2025 terá os serviços remotos de emergência, auxílio na recuperação veicular, assistência em caso de pane, comandos remotos, atualização de sistemas eletrônicos via internet, localização em tempo real e status dos principais sistemas do veículo.

onix 2021 mylink 1

Também acrescenta alerta de diagnóstico, nível da bateria e pontos de recarga (EVs), notificação de manutenção para a concessionária e parâmetros de condução com dicas de direção.

A Spin 2025 deve apostar num layout interno mais digital e nas funcionalidades que já conhecemos da Chevrolet, como internet a bordo via 4G com Wi-Fi, além de Android Auto e CarPlay. Não será estranho se a multimídia da minivan aparecer com o Google Built-In, como da Nova Silverado.

Dessa forma, o proprietário e demais motoristas poderão logar-se no sistema do veículo como se o mesmo fosse um dispositivo móvel distintos, como smartphone, tablet ou notebook.

Para uma reestreia da Spin, que será a rival direta do Citroën C3 Aircross, ter tecnologias de conectividade inicialmente exclusivas na gama Chevrolet será um ponto a favor.

Com faróis full LED, lanternas em LED e possivelmente sistemas como alerta de ponto cego ou de faxia, como também de colisão com frenagem autônoma, a Spin 2025 pode sair na frente.

Na mecânica, o motor 1.8 8V deve continuar por ser o “porto seguro” dos frotistas, mas o 1.2 Turbo de até 133 cavalos de Tracker e Montana serviria bem para destacar as versões mais caras do monovolume.

 

 

google news2 Quer receber todas as nossas notícias em tempo real?
Acesse nossos exclusivos: Canal do Whatsapp e Canal do Telegram!

O que você achou disso?

Toque nas estrelas!

Média da classificação / 5. Número de votos:

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.


Últimas Notícias



unnamed
Autor: Ricardo de Oliveira

Com experiência de 27 anos, há 16 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz testes e avaliações. Suas redes sociais: Instagram, Facebook, X