7 SUVs para PCD ainda abaixo de R$ 100.000

renegade sport pcd

Com a nova lei que estabeleceu R$ 140.000 como limite para isenção de IPI para carros destinados a portadores de deficiência, conhecidos como PCD no mercado, a oferta de carros automáticos que estava zerada saltou para dezenas de opções.


Mas entre todas as categorias, como hatches, sedãs, minivans e SUVs, certamente é a última que tem a preferência dos consumidores PCD, assim como pelo mercado em geral. Dessa forma, listamos os modelos disponíveis agora para PCD, porém, limitamos a lista a R$ 100.000.

O motivo é que os carros já estão com preços exorbitantemente altos e quem precisa do benefício busca gastar pouco para ter um veículo, não é mesmo?

tiggo 3x 2

Então, os R$ 100.000 ainda são aquela barreira psicológica e financeira que nos faz lembrar o quanto as coisas andam caras nesse país e o quanto nós não conseguimos evoluir, financeiramente, na mesma medida dos preços.

Já em relação ao benefício, antes que muitos comemorem a decisão de subir para R$ 140.000 o limite, impostos como ICMS e IOF continuam valendo como isenção até R$ 70.000. O mesmo vale para isenção de IPVA.

Ainda que o desconto de IPI seja integral, os demais tendem a encher um pouco do pote do IPI derramado. Ou seja, na prática, o desconto não será integral. De qualquer forma, ele vai variar de acordo com a motorização aplicada.

Leia também: Melhor SUV custo/benefício

Citroen C4 Cactus 2020 2

Devemos lembrar ainda das alíquotas para o imposto federal contemplado na nova regra:

  • 7% para modelos flex com motor até 1.0;
  • 11% para carros flex entre 1.0 e 2.0;
  • 13% para automóveis movidos apenas a gasolina;
  • 18% a 25% para carros acima de 2.0.

Então, até R$ 100.000 temos os seguintes SUVs, sendo que alguns já possuem versões para PCD, enquanto os demais aguardam a chegada dessas opções:

Chery Tiggo 2 Smile 1.5 AT – R$ 80.650

suv pcd 1

Com motor 1.5 16V SOHC de até 115 cavalos e 14,9 kgfm, o modelo mais barato da marca no Brasil ainda tem transmissão automática de apenas quatro marchas.

O crossover tem essa opção para clientes PCD e dispõe de ar-condicionado, direção assistida, disco nas quatro rodas, rodas de liga leve aro 16 polegadas, bancos em couro, entre outros.

Sua linha ainda conta com as versões Look MT (R$ 82.590), Look AT (R$ 88.790) e ACT AT (R$ 94.190).

Honda WR-V LX 1.5 CVT – R$ 92.300

suv pcd 4

Esta é a opção mais barata do crossover, mas há também a EX abaixo de R$ 100.000 (saindo por R$ 99.700), enquanto a topo de linha EXL custa R$ 104.600.

Todas as versões contam com motor 1.5 de até 116 cavalos e 15,3 kgfm de torque, associado sempre ao câmbio CVT. Na opção citada aqui, o WR-V vem com ar-condicionado, direção elétrica, trio elétrico, CD/USB/Bluetooth, câmera de ré, sensor crepuscular, entre outros.

Jeep Renegade STD 1.8 AT – R$ 92.990

jeep renegade std

Sem descontos ou promoções da marca, o que se encontra de fato é a versão STD com motor 1.8 de até 139 cavalos e 19,2 kgfm de torque, associado ao câmbio automático de seis marchas.

Essa opção é bem completa, com Start&Stop, piloto automático, ar-condicionado, direção elétrica, volante e banco do motorista com ajuste de altura, luzes diurnas, monitoramento de pressão dos pneus, entre outros, mas peca por não ter sistema de áudio.

Renault Duster Zen 1.6 – R$ 94.690

renault duster zen 2022

Esta é a versão de entrada do SUV da marca francesa, tendo motor 1.6 com até 120 cavalos e 16,2 kgfm de torque, mas com câmbio manual de cinco marchas. A versão CVT parte de R$ 102.690, sendo a procurada pela maioria do público PCD.

Com esse pacote básico, ele tem rodas de aço aro 16 polegadas, rádio 2din integrado com USB e Bluetooth, trio elétrico, ar-condicionado e direção elétrica, etc.

Chery Tiggo 3x Plus 1.0 Turbo CVT – R$ 95.990

suv pcd 2

Atualização do Tiggo 2, o Tiggo 3X vem com motor 1.0 Turbo de até 102 cavalos e 17,1 kgfm de torque, oferecendo torque para compensar a potência abaixo do esperado. O câmbio é CVT e simula nove marchas.

Além disso, essa versão vem com luzes diurnas em LED, grade estilizada, rodas de liga leve aro 16, multimídia com 9 polegadas, controles de tração e estabilidade, assistente de rampa e descida, etc.

A outra configuração do modelo é a Pro, que acrescenta faróis automáticos, chave presencial, botão de partida, climatização com comandos à distância, faróis em LED e painel de digital de 7 polegadas, custando R$ 103.990.

Volkswagen T-Cross Sense 1.0 TSI AT – R$ 96.290

suv pcd 8

Versão específica para PCD, o T-Cross Sense vem com motor 1.0 TSI de até 128 cavalos e 20,4 kgfm de torque, com câmbio automático de seis marchas.

O SUV da Volkswagen vem equipado com trio elétrico, ar-condicionado, direção elétrica, rodas de aço aro 16 com calotas, luzes diurnas em LED, lanternas em LED, seis airbags, controle de estabilidade, etc.

Hyundai Creta Action 1.6 AT – R$ 96.490

Para atender vendas online, Hyundai retoma produção em São Paulo

Mesmo com o novo Creta já lançado, a marca decidiu manter essa versão do SUV para atender os clientes PCD e outros que querem um carro mais barato. Vale lembrar que a nova geração custa entre R$ 107.490 e R$ 146.990.

O coreano na versão Action tem motor 1.6 de até 130 cavalos e 16,5 kgfm de torque, com câmbio automático de seis marchas. Ele vem com rádio com Bluetooth e USB, volante multifuncional, ar-condicionado, trio elétrico, direção elétrica, rodas de liga leve aro 16, entre outros.

Autor: Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 26 anos. Há 15 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações.