Volkswagen Jetta GLI 2024: Ele é o único sedã com desempenho excepcional abaixo de R$ 300.000

volkswagen jetta gli 2024 comeri santos (1)

O mercado de sedans médios e grandes respira com a ajuda de aparelhos, infelizmente, e somente os mais bravos sobreviveram nele.

O Jetta perdeu todas as suas versões, ficando somente com a GLI (de topo), que tem tudo que um sedan precisa ter.

Bom desempenho, acabamento acima da média, conectividade, interatividade e segurança são termos que facilmente se aplicam ao GLI.

Quer saber tudo sobre ele? Detalhamos aqui a versão de topo (e única) do Jetta:

Ele parte de R$ 245.390,00 e vem de série com:

Frenagem autônoma de emergência, 6 airbags, 6 alto-falantes, piloto automático adaptativo, ajuste elétrico do banco, ar condicionado dual-zone, assistente de permanência em faixa, bancos dianteiros com aquecimento, carregador de celular por indução, controle de tração e estabilidade, câmera multifuncional, espelho retrovisor interno anti-ofuscante, faróis de LED, freio de estacionamento eletromecânico com função Auto Hold, iluminação ambiente interna em LED, com 10 tipos de cores no interior do veículo, lanterna traseira com iluminação em LED, painel de instrumentos digital de 10,25″, reconhecimento de pedestres, revestimento dos bancos parcialmente em couro, rodas de liga 18″, sensor de ponto cego com assistente de saída de vaga, sistema de som touchscreen “VW Play” com tela colorida de 10,1″ e APP-Connect, sistema de travamento e partida Keyless sem chave, volante multifuncional em couro com “Shift Paddles” e muito mais.

Desempenho é excepcional

avaliacao vw jetta gli na 45

Com desempenho digno de esportivo, o Jetta GLI traz o motor 2.0 turbo, mesma base do finado (no Brasil) Golf GTI.

São 230 cv e 35,7 kgfm de torque, acoplado a uma transmissão automatizada de dupla embreagem, com 7 velocidades.

O conjunto leva os 1476 kg do Jetta de 0 a 100 km/h em menos de 7s e tem velocidade máxima de 249 km/h.

Quanto ao consumo, bom… é aquele velho ditado, cavalo que anda, bebe.

Lembrando que a motorização não é Flex, e o Jetta roda só na gasolina, o consumo urbano fica na casa dos 10 km/l, já o rodoviário 12,2 km/l.

Levando em consideração seu ótimo desempenho, até que ele é econômico.

Se colocarmos no páreo as SUVs, o Jetta se torna mais eficiente ainda, com desempenho muito superior e consumo igual ou menor que várias representantes peso-pesado.

Por fora, quase um legítimo “sleeper”

jetta gli 2023 1 1

O termo “sleeper”, caso não esteja familiarizado, é usado para designar um carro que tem cara de manso, mas por debaixo do capo esconde um desempenho acima da média.

Alguns detalhes até denunciam o Jetta, porém, de forma geral, ele não tem tanta cara de esportivo.

volkswagen jetta gli 40th anniversary edition 3

Na dianteira, as grades do tipo colmeia são bem vazadas, com as bordas finas, transparecendo tudo que está ali por baixo.

Há um filete vermelho na grade superior e nos faróis de neblina, os itens que trazem uma esportividade para a dianteira.

Os faróis de LED não tem desenho muito arrojado, e trazem a identidade visual da marca e DRL em quase todo seu entorno, bem sofisticados.

O capo é comprido e tem diversos vincos, sendo bem marcados, trazem um ar mais trabalhado para a dianteira.

volkswagen jetta gli 2024 comeri santos (2)

As rodas de liga aro 18” são diamantadas e tem o fundo preto, sendo bem desenhadas, com visual sofisticado.

Na traseira, um ar bem sóbrio, com lanternas de desenho sério e setas pintadas de amarelo, remetendo a um período passado e nostálgico.

O único item que revela o ar esportivo do Jetta na traseira é o sistema de escapamento, de ponteiras duplas, bem interessante, diga-se de passagem.

Interior tecnológico e refinado

volkswagen jetta gli 2024 comeri santos (3)

A VW não tem das melhores famas quando o assunto é acabamento interno, vem sendo duramente criticada, em especial nos carros de entrada.

Com o Jetta a conversa é um pouco diferente, ele tem um dos melhores acabamentos da marca, pelo menos dentre os disponíveis por aqui.

Diversos são os detalhes que trazem personalidade para o interior do GLI, desde frisos, inscrições e costuras estão presentes.

avaliacao vw jetta gli na 38

A começar pelo volante, que tem na parte inferior o logo “GLI”, continuado por frisos vermelhos e o acabamento padrão prata.

avaliacao vw jetta gli na 36

Os comandos multifuncionais são em plástico preto brilhante (o chamado “black piano”), também contornados pelo acabamento prata.

A base levemente reta traz leve esportividade e a empunhadura do volante é boa, porém o volante em si poderia ser um pouco mais requintado.

avaliacao vw jetta gli na 31

No cluster 100% digital existem linhas vermelhas, que o diferencia dos demais da linha VW, sendo possível espelhar informações da multimídia nele.

avaliacao vw jetta gli na 27

O desenho do painel é bem similar aos demais da marca, com a multimídia, comandos do ar-condicionado e difusores de ar voltados ao motorista.

Um filete de LED está presente por toda a sua extensão, dando um toque muito interessante ao interior.

A manopla do câmbio automático tem acabamento preto brilhante, envolto por um friso vermelho, as costuras da coifa de couro também são vermelhas.

avaliacao vw jetta gli na 20

Os bancos em couro têm desenho sóbrio e não abusam na esportividade, também possuem algumas costuras em vermelho, abas suaves (mas suficientes) e ao lado está disposto o apoio de braço.

As forrações de porta dianteiras contam com o mesmo nível de acabamento do restante do carro, com plástico brilhante, couro e costuras avermelhadas.

avaliacao vw jetta gli na 26

Os bancos traseiros são igualmente em couro, com bom espaço para as pernas.

O porta-malas de 510l é maior que de muita SUV, somente um pouco profundo, como é característico dos sedans médios.

Único no segmento

Não é um sedan de luxo, apesar de ter quase tudo que um tem (ou tudo), mas está bem à frente dos demais “nacionais”.

O principal “rival” da categoria é o Corolla, porém em nada se comparam, a não ser na classificação de sedan médio.

Jetta tem acabamento, design e principalmente desempenho à frente do Corolla e Cruze, porém o preço é igualmente superior, seus rivais partem da faixa de R$ 150.000,00.

O único com acabamento que pode encarar o Jetta é o Sentra, na versão Exclusive, porém continua perdendo de lavada no desempenho.

No acumulado até março de 2024, emplacou 769 unidades, na quarta posição dentre os sedans médios.

O primeiro colocado, para surpresa de ninguém, é o Corolla, com 7.809 unidades emplacadas, BYD Seal e Sentra fecham o pódio.

Seu irmão fino, o Audi a A3 Sedan, emplacou 119 unidades, na sétima posição.

Para quem busca desempenho, o GLI é a melhor pedida, batendo até em rivais de luxo, com a vantagem de ter uma rede de concessionárias ampla.

google news2Quer receber todas as nossas notícias em tempo real?
Acesse nossos exclusivos: Canal do Whatsapp e Canal do Telegram!

O que você achou disso?

Toque nas estrelas!

Média da classificação / 5. Número de votos:

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.


Últimas Notícias



c12OrqyAeQ65CANuSaRgcOXX3cvWvBvO3VrU zKQNKMIjAIN28coKUHnlTgz76QZ90
Autor: Luca Magnani

Engenheiro mecânico na indústria automotiva, pós graduado pela Universidade da Indústria do Paraná em Engenharia de veículos elétricos e híbridos.