Desbloqueio MyLink, como fazer?

Desbloqueio MyLink, como fazer?

Desbloqueio do MyLink:


O MyLink é um sistema multimídia lançado aqui no Brasil em 2012, no Salão do Automóvel de São Paulo.

Na época, a novidade exclusiva da Chevrolet virou referência e assim ficou por um bom tempo.

Com um público cada vez mais conectado, outras montadoras começaram a apostar no sistema. A Hyundai desenvolveu o BlueNav; em parceria com a gigante Microsoft, a Ford criou o Sync; e a Renault, o Media Nav.

Todas essas centrais multimídias que oferecem uma gama de possibilidades ao condutor: GPS, entrada USB, Bluetooth para conectar seu celular e responder mensagens, ouvir músicas, dentre outros.

De olho nesse mercado, as gigantes da tecnologia Apple e Google também desenvolveram os seus assistentes de direção digitais, conhecidos como Android Auto e Apple CarPlay.

Ambos conseguem parear o seu celular, das respectivas empresas, na central multimídia do carro. Assim é possível mexer nas funcionalidades do aparelho direto na tela do painel.

No Apple CarPlay, por exemplo, você pode contar com a ajuda da Siri, enviar SMS e fazer chamadas. No Android Auto, há como checar as atualizações do trânsito e ouvir mensagens do WhatsApp.

No MyLink, a Chevrolet já disponibiliza a integração com os dois sistemas.

Outra função interessante é o OnStar, a Siri da Chevrolet. O assistente pessoal permite e leitura de notícias do dia, localização de restaurantes, fazer buscas na internet e em casos de roubo, você poderá rastrear e bloquear o automóvel.

Para utilizar, é cobrada uma mensalidade que varia de R$ 59,90 a R$ 99,90 — dependendo do plano. Também é oferecido gratuidade durante um período de teste.

Por que existe bloqueio do MyLink?

Atualmente, a central multimídia da GM oferece rádio AM/FM, recebe e faz ligações sem tirar as mãos do volante, navegação com Google Maps e Waze, leitura e resposta de mensagens.

Porém, não tem disponível entrada auxiliar, TV digital, MirrorLink e leitor de CD/DVD.

Ele é oferecido de série nos modelos: Spin, Cruze, Cruze Sport6, Tracker, Equinox, Trailblazer, S10, Onix e Onix Plus.

Alguns veículos da Chevrolet possuem dificuldades para ter acesso ao MyLink. Isso acontece porque eles têm restrições, impedindo o funcionamento do vídeo e imagem principalmente quando está em movimento.

Como fazer o desbloqueio do MyLink?

Desbloqueio MyLink, como fazer?

É comum encontrar donos de veículos da GM procurando uma solução para fazer o desbloqueio do equipamento. Para isso, existem alguns métodos como retirar fio ou até mesmo mudar o software.

Mas atenção, existe o risco de perder a garantia de fábrica.

Além do desbloqueio do vídeo enquanto dirige, muitos motoristas aproveitam a alteração para ativar outros itens como:

  • Desbloqueio para TV Digital;
  • Instalação de câmera de ré;
  • Espelhamento de imagem (MirrorLink).

Desbloqueio MyLink, como fazer?

Segundo apuramos, empresas do setor automotivo fazem o serviço removendo as molduras internas, ou seja, retirando a central do painel; é feita a remoção dos parafusos que seguram a multimídia; com o carro ligado, é realizada uma atualização do software permitindo que vídeos sejam exibidos sem bloqueio.

Esse método acima serve apenas para o desbloqueio, para a inclusão de serviços como câmera e leitor de DVD/TV, é preciso de outra etapa de instalação.

Na internet é viável encontrar diversas empresas que realizam esse serviço. O valor é alto, podendo custar de R$ 800 a R$ 1.000.

Conclusão sobre o desbloqueio do MyLink

Desbloqueio MyLink, como fazer?

Ainda conforme apuramos, a Chevrolet não autoriza seus funcionários a fazerem esse tipo de serviço.

O proprietário que deseja mexer no equipamento para desbloquear funções e incluir recursos, precisa estar ciente que a garantia é perdida e caso venha apresentar defeitos, a médio ou longo prazo, o custo poderá ser alto.

No mais, vale analisar todos os prós e contras. E se for necessário, entre em contato com a GM para tirar outras dúvidas sobre o equipamento.

Categorias Etc
Darlan Helder

Natural de São Paulo, é jornalista e fotógrafo. Escreve na internet sobre o universo automotivo desde 2011