*Featured Avaliações Crossovers Lifan SUVs

Lifan X60, entre surpresas positivas e negativas

lifan-x60-fotos-avaliacao-17-620x412 Lifan X60, entre surpresas positivas e negativas

Ele tem alguma coisa de Hyundai Tucson, quando visto de frente e (especialmente) de lado. De traseira, lembra o Subaru Forester, por causa das lanternas, como bem observou o fotógrafo Fabio Aro. O painel lembra o do Toyota RAV4 antigo. O nome é quase o do Volvo XC60. E o preço remete ao Renault Duster.



Não é novidade para ninguém que os chineses se inspiram em modelos de sucesso – com ou sem consentimento. E o X60, da Lifan, não é exceção. A gente vai observando o carro e descobrindo aqui e ali as semelhanças com vários modelos. Como todo veículo chinês, o maior atrativo está no preço: por R$ 52.777 (o 777 remete ao logotipo da marca), o carro vem com tudo, incluindo GPS, som com DVD, Bluetooth, tela sensível ao toque de sete polegadas, câmera de ré, couro (sintético), barulho.

Barulho? Sim, ele também é de série. Enquanto nosso test drive estava restrito a percursos urbanos e baixa velocidade, o X60 agradou em vários aspectos. Mas bastou ir para a estrada que um barulho de rodagem, provavelmente vindo de algum ponto do sistema de transmissão/tração, invadiu a cabine e decidiu participar da conversa. Me pareceu uma intromissão exagerada para um carro de pouco mais de 5 mil km rodados, e fico pensando como ele estará aos 60 mil km.

lifan-x60-fotos-avaliacao-1-620x412 Lifan X60, entre surpresas positivas e negativas

Porte elevado agrada

Produzido no Uruguai, o X60 tem no porte um grande aliado. As pessoas têm procurado cada vez mais carros de passeio com estilo off-road. Todo mundo quer uma vaga na escola do EcoSport. O modelo chinês tem 1,69 m de altura, e já faz aquela clara diferença para quem procura ver e ser visto no trânsito: se você sobe para entrar no carro, em vez de descer, vai ver tudo de cima. É isso que o povo quer, e o X60 entrega. O porte e as proporções são típicos da categoria. O para-brisa em pé é característico dos modelos mais tradicionais. Sacrifica-se um pouco a aerodinâmica em nome do visual mais parrudo.

Há, a meu ver, um problema. Disse lá no início que o modelo chinês lembra um pouco o Tucson. O problema é que o coreano é antigo, fez sucesso no Brasil há uns quatro, cinco anos, e agora a Hyundai já está em outra, pensando no próximo ix35. Tucson é passado.

O dilema de quem copia – e aqui já nem falo de chineses, mas sobre qualquer tipo de cópia – é que, enquanto estão copiando, os “copiados” estão pensando lá na frente, na próxima curva. Em tese, você sempre vai estar atrás, até porque é difícil copiar tudo.

lifan-x60-fotos-avaliacao-9-620x412 Lifan X60, entre surpresas positivas e negativas

Tampa traseira é pesada

As demais medidas do carro também são boas (4,32 m de comprimento e 1,79 m de largura). O que impressiona é o espaço interno. O entre-eixos (2,6 m) nem é tão grande, mas o X60 é muito espaçoso, principalmente no banco de trás e no porta-malas. Deixa EcoSport (de qualquer cor) vermelho perto dele. Além de tratar muito bem ocupantes altos, o porta-malas para 405 litros acomoda bagagens sem aperto. O encosto traseiro pode ser rebatido ou inclinado. O problema é o peso da tampa do porta-malas. É ruim para abrir e para fechar.

O motor 1.8 de comando duplo variável e 16 válvulas rende 128 cavalos e tem torque de 16,8 kgfm (4.200 rpm). Não oferece aquele vigor nas acelerações, mas dá conta do recado para uma condução calma. Diante dos concorrentes nacionais, perde por não ser flex. Pronto, já sei que vão falar que nem todo mundo quer carro flex, que o motor não fica tão bom, que o etanol não compensa em vários Estados do Brasil…

Concordo com tudo isso, mas é uma tecnologia que dá liberdade de escolha, uma flexibilidade que pode ser muito útil em caso de variação de preços. Graças a ela, não é mais preciso ficar nem na mão de usineiros nem na dependência de produtores de petróleo. Enquanto não dá para comprar um elétrico (ou híbrido), acho melhor um flex do que um carro só a gasolina.

lifan-x60-fotos-avaliacao-3-620x412 Lifan X60, entre surpresas positivas e negativas

A transmissão é manual de cinco marchas. Ao menos por enquanto, não há opção de automático. Apresentou bons engates, e a relação de marchas está adequada. Os pneus 215/65, da Continental, são de uso misto, e mostraram bom comportamento no asfalto e na terra. São modernos e silenciosos (aquele ruído que relatei não é culpa deles). Não foram testados na lama, mas de qualquer forma é preciso deixar claro que o X60 não é um off-road de verdade.

Afinal, a tração é dianteira. Ele pode ser usado em estradas de terra, mas nada muito radical. E fique longe do barro profundo. Pequenos obstáculos podem ser vencidos, porque a altura do solo é boa. As rodas de alumínio são de 16 polegadas, têm desenho agradável e deixam à mostra os discos nas quatro rodas. Na unidade avaliada, chamava atenção a pintura azul na parte central dos discos traseiros. Tanto que, de longe, parecia que o modelo tinha tambores atrás. Ilusão de ótica inicial. Quanto à segurança, o modelo obteve quatro estrelas (de cinco possíveis) no teste da C-NCAP, a entidade chinesa que realiza crash-tests.

lifan-x60-fotos-avaliacao-23-620x412 Lifan X60, entre surpresas positivas e negativas

lifan-x60-fotos-avaliacao-13-620x412 Lifan X60, entre surpresas positivas e negativas

Completo, mas nem tanto

O interessante nesse carro é que ele surpreende por ter alguns equipamentos inesperados para um veículo nesse preço, e por não ter coisas bem mais simples e baratas (também para um automóvel nesse preço). Por exemplo, o GPS na tela funcionou muito bem, e não nos deixou na mão na cidade de Salto, interior de São Paulo, onde fica a sede da Lifan. A câmera de ré também ajuda nas manobras, e não é tão comum num automóvel nessa faixa de preço. Afora esses dois itens, o X60 traz airbag duplo, ABS, vidros elétricos nas quatro portas, ar-condicionado, direção hidráulica, som com comandos no volante e entradas auxiliar e USB, faróis de neblina, sensores de estacionamento, leds nas lanternas, etc.

Mas aí você começa a ver que algumas coisas básicas (e provavelmente mais baratas) foram deixadas de lado. Os bancos são de couro, mas não há ajuste de altura no assento do motorista. Da mesma forma, o modelo não tem computador de bordo. Se ele não tivesse nada, a gente até aceitaria a falta de alguns dados, como informação de consumo, mas, num veículo que oferece até tela sensível ao toque, espera-se que o computador de bordo esteja ali. A coluna de direção é ajustável apenas em altura, e os para-sóis não têm iluminação nos espelhos.

lifan-x60-fotos-avaliacao-24-620x412 Lifan X60, entre surpresas positivas e negativas

Ainda precisa evoluir

O quadro de instrumentos tem velocímetro digital, “cercado” pelo conta-giros analógico. Simples e funcional. Outra coisa um pouco prosaica num carro tão bem equipado é o reloginho digital com iluminação azul, que me lembrou o do Del Rey. Além do horário, o pequeno display também informa a temperatura, mas com margem pouco confiável.

No dia das fotos, apesar do inverno o clima estava quente, mas certamente não os 47 graus apontados no instrumento. Repararam que em carro chinês um ponto positivo normalmente vem acompanhado de uma ressalva? Mãos à obra, chineses, vocês ainda vão conquistar o mundo (há pouquíssimas dúvidas a respeito disso), mas antes terão de melhorar seus carros. Para isso, é só prestar atenção nas críticas que sempre vêm depois dos “mas”.

lifan-x60-fotos-avaliacao-35-620x930 Lifan X60, entre surpresas positivas e negativas

Lifan X60 – Ficha técnica

Modelo LF X60
Carroceria / Motorização SUV, 5 passageiros, 4 portas, motorização e tração dianteira
Motor (modelo) LFB479Q
Disposição Transversal
Número de Cilindros 4 em linha
Cilindrada (cm³) 1794
Diâmetro e Curso (mm) 79 X 91,5
Válvulas VVT, 16v, quatro válvulas por cilindro
Taxa de compressão 10,0 : 1
Potência máxima 128 cv a 6.000 rpm
Torque máximo 16,8 kgfm a 4.200 rpm
Transmissão Manual de 5 velocidades
Suspensão Dianteira McPherson, suspensão independente
Suspensão Traseira Trailing arm, suspensão independente
Freios A disco nas 4 rodas
Rodas Alumínio aro 16 polegadas
Pneus 215 65R 16
Distância entre eixos (mm) 2600
Comprimento total (mm) 4325
Largura da carroceria (mm) 1790
Altura (mm) 1690
Bitola (mm) Dianteira 1515 / Traseira 1502
Altura mínima do solo (mm) 179
Peso em ordem de marcha (kg) 1330
Porta-malas (litros) 405
Tanque de combustível (litros) 55
Óleo do motor (litros) 3,5

Fotos Fabio Aro

4.0

COMPARTILHAR:
  • TacodeSinuca

    Tirando o Effa, esse foi o carro que vi que a 4 patas desaconselhou, e olha que aquilo aprova toda e qualquer tranqueira.
    Fui la na css da Lifan a umas duas semanas atras, e realmente quando entrei dentro e liguei o carro, vi o painel e vi o restante das peças, qualidade da montagem e tal, me senti como se estivesse com um HiPhone MP 35 na mão.
    Para minha pessoa, sem chances.

    • dudupruvinelli

      Isso aí é hipocrisia da 4Patas. Se eles fizerem slalon com QUALQUER suv, terão a mesma estabilidade de ***** que tinha naquele EFFA, afinal são poucos os que vem com ESP.

      • TacodeSinuca

        Não me lembro bem, mas acho que nem era questão de estabilidade, era sobre a carroceria que torcia demais.
        Tinha carro chines, que quando parado em cima de calçada, não era possível nem fechar o porta mala caso estivesse aberto de tanto que o carro entortava, acho que era o QQ

        • Nao era o J3?……..

          "Flex é uma tecnologia que dá liberdade de escolha, uma flexibilidade que pode ser muito útil em caso de variação de preços. "

          R. Liberdade de escolha é o consumidor poder escolher entre motor fRex, ou apenas a gasolina. O resto é maracutaia da mafia.

          "Graças a ela (flex), não é mais preciso ficar nem na mão de usineiros nem na dependência de produtores de petróleo."

          R. Realmente, ficamos na mao dos dois. QUe beleza.

          "Enquanto não dá para comprar um elétrico (ou híbrido), acho melhor um flex do que um carro só a gasolina."

          R. Afinal, o que é mais importante? A escolha por tipo de combustivel, ou o consumo por quilometro??? Do que adianta ter o poder de escolha entre dois tipos de combustiveis, se o consumo fica uma porcaria com ambos? Se o preço da gasolina subir, pelo menos dá pra por etanol… nossa que lindo. O beneficio do consumo do motor a gasolina supera a escolha por etanol, e isso mesmo com aumento do preço da gasolina.

          • Robson

            Concordo com tudo !!!

          • Igor

            Sem contar ainda que em vários motores, tem que por um pouco de alcool para não ficar grilando.

            • Milton Vital

              Concordo com tudo!! O Voyage do meu sogro tem essa palhaçada de colocar um pouco de etanol devido a um barulho, onde já se viu isso!!!

              • DCald

                Outra opção é trocar de posto e não colocar mais gasolina batizada!

            • Rafael Sheila Lucas

              Kia Soul FREX por exemplo só fica bom assim com o "Rabo de Galo"…

          • Fiat-r

            Poucas pessoas abastecem com álcool( não gosto de falar etanol) para diminuir as emissões. Não conheço ninguém mais eu acho que esse pais não esta tão perdido no meio ambiente!

        • dudupruvinelli

          Por que não fizeram esse test com a nova RAV4, CRV, Sportage, IX35, Sorento, Tucson, Eco, ASX, Outlander, SW4? [youtube IylpoIpv0Mo http://www.youtube.com/watch?v=IylpoIpv0Mo youtube]

          • Matheus_P

            não sei como a ford não faz um comercial do new fiesta mostrando exatamete isso em horario nobre. muitos iriam iniciar a ver o beneficio do ESP e quem sabe passar a exigir. será que o diretor de marketing da ford brasil não ve isso??

            Edit: era sobre o video abaixo do esp.

            • Rafael_rec

              O ESP está disponível em todas as versões? Caso não esteja é por isso que eles não fazem esse comercial, pois iria dar a impressão que esse equipamento estaria disponível em todas as versões.

              • dudupruvinelli

                Hyundai i30 mandou lembranças… auahua [youtube -3GZuZMlhTU http://www.youtube.com/watch?v=-3GZuZMlhTU youtube]

                • Viníciusk

                  Bah, nem fala! Era o melhor CxB da época! Agora o novo I30…

                  • duduguazzi

                    Só nã esquece que a versão do comercial nunca foi barata hahuaha. Mas eles que estão certos em fazer comercial com a versão Top

          • Triton

            Coisa mais injusta que eu já vi eles interromperem o teste sob este argumento. Salta aos olhos a parcialidade da revista. Existe muito carro que faz pior do que aquilo em desvios de trajetória. O Youtube tá aí pra quem quiser ver. Mas só com o chinês resolveram fazer o tal teste. Lógico, eles tinham que forjar algum argumento para aniquilar, de pronto, a reputação dos carros chineses, visto que àquela época só se falava em invasão chinesa. Possivelmente, foi um boicote capitaneado por alguma(s) montadora(s) tradicional(is) $$.

          • Fiat-r

            Os que tem ESP tem 90% de chance de irem bem.

      • Não é bem assim, tem muito suv que se dá bem no teste do alce, mesmo sem ESP. Tudo depende do projeto de suspensão e carroceria, claro que um carro com centro de gravidade mais alto é um carro que possui menos estabilidade, porém… existe suvs tão bem feitos que possuem a estabilidade de um sedã.

        • mgbalbo

          O peugeot 3008 é um crossover mas vou dar meus 2 centavos sobre o assunto: tem uma dirigibilidade excelente! Seja por ser importado da frança e não ter sido tropicalizado (termozino detestável) seja pelo projeto original mesmo.

          O fato é que depois de um tempo você esquece que está em um carro alto, é impressionante a estabilidade em altas velocidades (me desculpem, mas estou falando de altas velocidades mesmo), e em curvas.

          Nunca precisei desviar de um alce mas creio que não haveria muitos problemas, mesmo com o ESP desligado, é um carro muito fácil de se ter sempre na mão.

          • dudupruvinelli

            Ligado/Desligado [youtube 3Q7Umng1wYk http://www.youtube.com/watch?v=3Q7Umng1wYk youtube]

            • Viníciusk

              Ótimo vídeo! Não adianta, ESC (ou ESP, como queiram) é fundamental, especialmente em veículos "altinhos". Não tem ajuste de suspensão no mercado que substitua isso!

        • dudupruvinelli

          Você esteve muito tempo olhando a lua…

        • lachard

          Grand Vitara III 4WD

    • Juniorfillingam

      cara tem um vídeo ai na net metendo pau na montagem do NF 2014, então acho q toda montadora tem problema sim de montagem, não e não sou fã da lifan mas acho q isso ai tb já é exagero, e por isso as 4 grandes ainda venda 70% dos carro aqui; outra não sei muito sobre isso mas penso q um dos países q ensinou montadora a ter Banco foi o Brasil, todas tem banco para financiamento GM, VW, sei q tem pq já tive carros desta marcas. E enquanto carro importado era coisa só da ponta pirâmide na sociedade governo e montadoras não estavam nem ai, quando passou para base a gente viu quem manda no pais. Ao invés de reduzir o custo com logística, incentivos fiscais, aumentaram para depois falar de diminuir

      • duduguazzi

        Vi um video de um cara que reclama de N coisas no seu New Fiesta como pintura aspera em algumas regiões, se for o mesmo vou dar meu comentário. Fui em 2 cc da Ford e não vi nada daquilo, creio que o cara foi passado pra tras e pegou um carro que fui reparado pela CC após acidente na cegonha ou algo similar. Isso tem sempre que ver antes de colocar a primeira roda do carro pra fora da CC e em todas as marcas pois sempre tem as picaretagens.

    • Lexus GS300

      Lamento TacodeSinuca! Mas o Lifan se equipara em má qualidade aos "nossos" nacionais. Quem tem carro produzido hoje no brasil não tem muita moral para criticar um produto "xing-ling".

      Quem quer qualidade procura adquirir modelos importados, ainda que venha a sofrer com problemas com pós-vendas (peças) e a desvalorização. Quanto a peças, é um mecanismo criado pela ditadura petista para desmotivar a compra de modelos importados afim de proteger a claque sindicalista das montadoras "nacionais";.

      • TacodeSinuca

        Bom sei lá, eu não curti o que eu vi, assim como não curti o Fiesta Hatch e desisti tambem.
        Quero ver esse carro como vai estar com 100 mil.
        Como já disse anteriormente para ser cobaia de uma marca chinesa, 10% de desconto em relação a concorrência não é suficiente, se custasse uns 40 mil, eu ainda pensava no caso, mas por esse preço eu não topo não.
        Bom sorte para quem aceitar isso ae.

        • Juniorfillingam

          só o bagaço como qualquer carro nacional com 100mil necessitando trocar de peças todo o mês, só q a única diferença e que o Gol, Uno e turma no anos 70, 80,90 e 00 com 100mil, tem peças as rodos para comprar.

      • mgbalbo

        É o jeitinho brasileiro vs o jeitinho chinês. E quem se ferra (sempre) são os consumidores.

    • Magnus Cordeiro

      VAI VER LIFAN NÃO PAGOU A ''PROPINA'' pra 4 patas indicar seu carro . . .

    • arzanette

      tu e dos que vão encher o saco do vendedor ,colocar defeito em tudo e não comprar e ainda falar e chines nao quero e depois sai em uma adrem de um pe de boi 1.0 com certeza.

  • Gosto do jeito que você escreve seus textos Hairton. Bom de ler e não cansa! Parabéns!

    • brasileiro

      e esqueceu de dizer bem tendenciosa as montadoras nacionais ok. sinal que o chineses estão em alta.

  • Antoniokings1

    Vi um branco na rua e fiquei muito impressionado. Carro imponente.

    • jfonts311

      Já avistei dois, um no Rio e outro na minha cidade e é lindo e foi de noite que vi e foi um impacto pra um carro que só achei bonito, mas nada de mais nas fotos.

      • Renato_Dantas

        A noite todos os gatos são pardos.

        • jfonts311

          Talvez para alguém com visão turva mas não para mim.

          • Pedro_Rocha

            "Dois olhos veem mais do que um coração que não sente." (Chapolin)

            =D

            • jfonts311

              Que bonito hein…

              • Pedro_Rocha

                Créditos para Roberto Gomes Bolanõs.

    • mgbalbo

      Os chineses já sabem fazer carros com visual mais legalzinho, mas estão longe de ser um bom carro, que é o que importa na minha opinião.

      • Se eu fosse você, trocaria suas palavras por argumentos consistentes.

  • carrinho interessante, pelo preço os deslizes compensam….

  • fpfor

    Bonito porém ordinário…

  • Matheus_P

    Aposto que quem ver o carro ao vivo, se impressionará e achara que é mais caro. Lanternas de led e drl são bem bacanas, dão um ar sofisticado. Se houve melhora no barulho e montagem, e oferecer um câmbio automático, de preferencia cvt ou 6 marchas convencional, e caso eu gostasse de SUV, compraria este, pq beleza não falta.

  • deleted7945743

    Quem acha isso parecido com o X60? Precisa de óculos urgente.
    <img width="500" src="http://automoveis.freewords.com.br/wp-content/gallery/hyundai-tucson/hyundai-tucson-fotos-e-precos-12.jpg"&gt;
    <img width="500" src="http://automoveis.freewords.com.br/wp-content/gallery/hyundai-tucson/hyundai-tucson-fotos-e-precos-13.jpg"&gt;
    Nem de frente, lado ou outro angulo.

    • Paulo

      verdade….nao parece nada…parece com a santa fe antiga

    • ahsoliveira

      O povo gosta de reboliço tem gente que jura que o novo Corolla (o modelo Nipo-Europeu) é a cara do Etios.

    • schneider1979

      Esse carro é bonito sim… de fato nem um pouco parecido com o finado Tucson. Agora, eu não encaro um carro chinês; ainda não…. quem sabe daqui uns 10 ou 15 anos.

    • duhehe

      O cara perdeu a credibilidade quando tentou se fazer de ''entendido'' e falou bem do Flex.

      Comparar marreco com girafa foi o de menos.

    • Vi um na rua e achei a dianteira mais parecida (copiada) com a da Santa Fé do que com o tucson!

    • Arcanofree

      Parece que o autor copiou algumas informações de pessoas desinformadas.
      Outras procedem.
      Achar X60 cópia da Tucson, foi foda, e ainda dizer que flex é vantagem…. sem palavras.
      Mas poderia sim, vir com regulagem de altura do bc do motorista, o isolamento acustico poderia ser melhor, eu em particular, gosto de ouvir o barulho do motor, mas muita gente não gosta.
      O carro não possui computador de bordo, mas o gps possui, ele passa muitas informações como consumo, distância precorrida, quanto vc ta pagando de combustível, velocidade média e maxima, quantidade de co2 emitidos, consumo total de combustível, consumo médio por km rodado entre outras (ecoviagem).

  • Thiago_NCO

    Ainda vou tentar entender o que leva alguém a comprar qualquer chinês no patamar de preço acima dos 25k.
    Sério, o QQ pode ser uma bomba (conforme um dono já relatou aqui no NA) mas pra uso urbano até pode ser uma compra considerável pelo CxB que oferece (digo o mesmo do 320).

    • jfonts311

      Do exterior do 320 eu gosto muito, acho bem legal. Já o QQ falo nada.

      • Thiago_NCO

        Sem contar o precinho camarada. O 320 tá saindo 24k, se não me engano. Pro dia a dia, uso urbano (casa-trabalho-casa), compraria fácil.

        • jfonts311

          Olha, eu só não compro mesmo pq aqui não css perto, só na capital mas ja pensei mais de 10 vezes em encarar, chato seria fazer revisão, viajar uns 250km só de ida é bem ruim. E tem partida por botão ^^

    • Já teve dois relatos de dono de QQ que passaram por aqui, um falou mal e outro até que falou bem, no geral os donos de QQ falam bem do carro, a maioria sabe que não levariam uma BMW pelo preço que pagaram… No geral esse carrinho corresponde as expectativas dos donos.

    • Leco222

      Tem toda razão, dois anos no RJ com um QQ vc pode até dar baixa no documento no Detran que foi lucro em relação a um carro de uns 35/40k nacional. (Depreciação+Seguros+IPVA)

  • fl4v10r04l

    Por fora, bela viola… (complete como quiser) rs

  • jfonts311

    Verdade vamos comprar um Voyage por 55k, deve ser melhor…

  • Dragoniten

    Esse é o novo formato da avaliação NA? Nada de consumo? Ando perdido por aqui, sinto falta das avaliações de verdade :/

    • jfonts311

      Olha, espero que não pq se foi uma avaliação espero o Éber de volta com vídeos pois esse modo ai é bem fraco, gosto de escutar o barulho, ver o rola por mim e não por um texto com a avaliação de uma pessoa sem eu poder ver o meu ponto de vista também.
      Obs: É uma critica construtiva, eu não falei que o trabalho do Hairton Ponciano Voz é ruim ou algo do tipo mas preferia o modo anterior.

      • Thiagusss

        o éber ja afirmou que o formato antigo, feito por ele mesmo, não será mais feito. Infelizmente.

        • jfonts311

          Putz, uma grande perda, pois era muito melhor.

          • adolfofrota

            eu nem lia o texto, confesso, para ir direto aos vídeos, principalmente o dos detalhes. Uma pena não ter mais. NO youtube, ainda não encontrei ninguém que tenha a competência de avaliação igual ao do Eber.

            • jfonts311

              Eu fazia o mesmo, colocava em HD o phone e ficava assistindo e as vezes revejo algum modelo que fico na duvida, mas se vier nesse formado de texto, nem vou ler mais e acho bem incomodo isso. Vou começar a procurar no youtube algo. Você é irmão do Alexandre Frota? Rsrsrs

              • adolfofrota

                Felizmente, não. Sou dos Frota do ceará (um migrou para o Amazonas), mas moro em Goiânia.

      • As avaliações em vídeo era o grande diferencial do site e o que trazia muita gente aqui, o site deixou de ter os diferenciais e passou a seguir um padrão tipo "revista especializada"… uma pena…

        • adolfofrota

          Tb lamento. Tento assistir ao Canal Top Speed mas não dá, os apresentadores são mt "meninos" e falta técnica.

      • Dragoniten

        Pois é cara. Se isso for uma avaliação, NEM CONSUMO TEM MAIS?

        NA perdeu muito com esse "detalhe".

      • Lanpenn

        O Eber disse para mim que ele parou de fazer vídeos por motivos de custos. Que custos será que são esses?

        • Edson Roberto

          Eu acredito que seja de tempo. Pois ele perde não só em ter que colocar combustivel, mas ter que rodar muitos km com o carro. E nisso, se perde tempo que ele poderia ter com outras coisas.

          Ele poderia dar essa missão a outra pessoa que estivesse ali proximo para avaliar né? (do time dele)

        • dudupruvinelli

          "Muitos estão se perguntando nos comentários a respeito dos vídeos das avaliações do NA. A resposta é que eles não serão mais feitos, e temos vários motivos para isso, mas o principal é que os vídeos não eram viáveis economicamente.

          Os carros de avaliação tinham de percorrer no total em torno de 500 quilômetros para serem levados até a cidade onde os vídeos eram feitos. E não estamos falando apenas dos custos com combustível, mas também do amplo tempo gasto por um colaborador do site para fazer estas viagens.

          Também existe o fato de que os vídeos tomavam muitas e muitas horas de gravação, edição e produção semanalmente, de uma pessoa que tem que cuidar de vários outros aspectos do site, seja a área administrativa, de recursos humanos, área técnica do site, venda de publicidade, etc.

          E bem sabemos que passar os vídeos para outra pessoa fazer também seria inviável. Produtores que filmam, editam e produzem vídeos automotivos cotaram em cerca de 2.000 reais a feitura de cada vídeo. E ainda teríamos de pagar alguém para apresentar os vídeos. Impossível.

          Além disso, analisando os dados de acesso das páginas de nosso site verificamos que nem mesmo todos que liam as avaliações viam os vídeos. Se, por exemplo, 20.000 pessoas acessavam a página de uma avaliação naquela semana, apenas 10.000 viam os vídeos, ou até mesmo menos que isso.

          Os números de acesso em nosso canal do Youtube eram igualmente desanimadores. Temos mais de 24.000 inscritos, mas na maioria dos vídeos menos de um terço dessas pessoas assistiam os vídeos divulgados. Temos mais de 3 milhões de visitantes por mês, mas menos de 100.000 pessoas vêem nossos vídeos mensalmente. O que gera visualização no Youtube é besteirol, mulher pelada e outras porcarias… já um trabalho bem feito e de qualidade passa despercebido.

          Além disso, o período em que as avaliações foram feitas pelo Eber foi um período de transição, até que tivessemos um profissional cuidando das avaliações e indo mais além, oferecendo aos nossos leitores também comparativos, algo muito pedido por eles já por um bom tempo."

          • jfonts311

            Todo trabalho tem "trabalho"

          • gcarlos

            sempre quiz te perguntar, mas não é obrigado a responder, vc faz parte do blog?

            • dudupruvinelli

              Sou um colaborador apenas.

    • ArcanoFree

      Ola Dragoniten.
      Estive conversando com alguns proprietários da X60, segundo eles, estão fazendo uma média de 8km/l e na estrada com 11km/l, todos os veículos com km em torno de 2500km rodados, ou seja, quando o motor estiver amaciado, poderá fazer mais, lógico que isso vai depender de cada pé.
      Teste realizado na China com gasolina pura e octanas superiores a nossa, fizeram por lá 23km/l, com 25% de etanol em nossa gasolina, creio que isso nunca será possível.
      O veículo, apesar de não possuir regulagem de altura do banco do motorista, apresenta uma excelente ergonomia durante a dirigibilidade, apresenta um ótimo torque a 3000giros, o que lhe permite ultrapassagens tranquilas, os passageiros do bc traseiros viajam confortavelmente, ao contrario de outros modelos independente do gênero.
      Para quem costuma dirigir a noite, sua potente iluminação com regulagem elétrica de altura, somado ao sistema de freios ABS+EBD e Airbag duplo transmite maior segurança ao condutor e seus ocupantes.

  • nanico_04

    aquele relógio do Del Rey tá no Corolla novo tb.
    alias, em todos os Corollas desde sempre.
    acho o fim do mundo ainda usar essa porcaria.
    se nem como o relógio o cara se preocupou, imagina o resto.

  • Salgado

    e o tal BARULHO ?? nao identificou de onde é??

    • ArcanoFree

      Ele se refere ao ronco do motor.
      Mas ele possui um ruído proveniente da vibração da mangueira do ar condicionado, como a mangueira é presa a carroçaria, acaba transmitindo esse barulho ao habitáculo.
      Solução: A garra que segura a mangueira é cortada, ela fica livre, o barulho some.

  • Marcos

    Respeito a opnião mais eu prefiro um carro só a gasolina que um carro flex.

  • MarcosObs

    Caro Hairton Ponciano Voz . O seu desejo de impor a opinião sobre o sistema Flex está beirando o ridículo. Talvez o único no meio que ainda possui esta visão deturpada de um sistema que não consegue extrair o melhor nem da gasolina, nem do álcool. Tanto que o mundo tem se adequado na forma de E-alguma coisa. Usa-se etanol sim, mas em proporções pré definidas. Assim aspectos mecânicos de diâmetro-curso, pressão da injeção, ponto de ingnição e outros podem ser calibrados para máximo rendimento. E já que é para critica: porta malas pesado ? Se ainda fosse a Sueli.. medição de ruídos pelo seu ouvido ? está na hora de comprar um decibilímetro…. enfim. uma materiazinha escrita rapidamente, talvez no conforto de um quarto de hotel. E olha que também não simpatizo com o X60 não.

    • Dragoniten

      Pensei o mesmo quando li sobre "barulho". Um decibelímetro seria perfeito para medir o ruído interno do carro a uma velocidade padrão como 110km/h.

    • Hairton

      Marcos, não quis impor minha opinião. Apenas quis manifestá-la, mesmo sabendo que haveria opiniões divergentes. Quanto ao peso da tampa, quase todos que dirigiram o carro acharam isso. E, ainda que não achassem, eu colocaria minha percepção. O mesmo vale para o barulho. Realmente não sei quantos decibéis ele alcançou, mas estava bem acima do razoável. Meu ponto de vista.

      • Fabio D.

        Na boa? Vc colocou seu ponto de vista. Quem discordar que apresente argumentos em contrário, mas com educação. Achei deplorável a forma como foi colocada a resposta do camarada acima. Pode até não ter sido a intenção dele, mas foi bastante pedante. Sugiro convidá-lo a fazer o teste do carro e publicar suas conclusões. Talvez possa fazer melhor, quem sabe?

        Quanto ao Flex, Hairton, realmente não curto muito a ideia, não pela proposta, mas a forma que foi implantada. Não sou engenheiro pra saber se dá pra aprimorar, mas é fato que o carro flex consome mais que um "monofuel", seja ele a gasolina ou a etanol. Tudo bem, isso vem do meu dia a dia, do meu jeito de conduzir, o local onde abasteço, em suma, senso comum, mas achava meu antigo carro, a gasolina, bem mais tranquilo na economia que o atual, flex.

        De toda forma, valeu o texto, é bacana conhecer os chineses e, quem sabe, perder o preconceito. Abraço!

      • MarcosObs

        Puxa Hairton, obrigado pela consideração. As minhas críticas são quanto a falte de critérios OBJETIVOS. Não gosto de impressões subjetivas, que podem mascarar preconceitos ou até humor da pessoa no dia do teste. Barulhos existem ? OK acredito na sua avaliação, mas e as condições do piso ? Porque colocar a frase: Imagine após 60mil ? Bola de cristal ? A tampa é pesada ? Quanto ? Impede que uma mulher faça o fechamento ? Exigirá um sistema elétrico no futuro ? Cadê o consumo ? Funcionamento geral de ar condicionado/direção/ABS ? Vedação contra poeira ? (as fotos demonstram essa condição). Isto sim são considerações objetivas. Sempre aprendendo. Sempre em frente.

        • Arcanofree

          em relação a tampa, diziam que carro chinês é feito de papelão….
          Quanto ao peso, na verdade é a pressão do amortecedor, para sentir o real peso da tampa, teria que solicitar ao mecânico a retirada dos amortecedores da tampa traseira.

    • jfonts311

      Campanha volta Eber!

  • Renato_Dantas

    "fico pensando como ele estará aos 60 mil km", e vai chegar?, e se chegar vai estar todo desmontado. por enquanto carros chineses é lixo puro e não reclicável.

    • gcarlos

      É o q digo sempre, há mais de 15anos trabalho com peças de origem chinesa. Não existe primeira linha linha.

  • Hillbilly

    Haja coragem ir atrás disso!

  • Juniorfillingam

    O redator vc acha mesmo q um dia vai compensar tanto ter um carro só álcool em todo o Brasil, tem lugar nem não há nem bomba para álcool, e não vejo lá esses esforços para ter!! só promessas muito falsas. Para mim para álcool valer apenas mesmo tinha de ser 1.5 ou 1.6 reais, no meu estado e quase o preço da gasolina. Agora achei q esse Lifan X60 bebe gasolina de mais da conta 7km/l na cidade. Galera do eco e Duste o q o carro de vc's anda consumido e isto tb?

    • Dragoniten

      Em Curitiba a gasolina está por volta dos 2,55~2,70, enquanto o álcool pode ser encontrado por 1,65. Pro meu carro, Ka 1.6, que tem uma taxa de compressão bem alta (12,3:1) o álcool rende cerca de 80% da gasolina, fora o torque adicional. Compensa muito mais o álcool.

      Não adianta falar "pra compensar o álcool precisava custar X" porque isso varia muito de região pra região.

      • Pedro_Rocha

        O preço da gasolina em Curitiba é o preço do etanol em Macaé. Triste ironia…

        • Dragoniten

          Em Ponta Grossa, 120km de Curitiba, a gasolina vai para 2,99 e o álcool pra 1,99. As vezes penso em comprar um caminhão tanque, comprar etanol por 1,65 em Curitiba e vender por 1,80 em PG, rs.

      • Fabio D.

        De região pra região e de carro pra carro… Aquela continha dos 30% é bem furreca, não adianta muito, não. É colocar no papel, usar a calculadora e ver se funciona. Eu, particularmente, costumo calular quantos centavos por quilômetro rodado o combustível me custou. No meu caso, acabam se equivalendo (diferença mínima), mas a autonomia com gasolina conta mais porque rodo muito e acho chato parar pra reabastecer, quanto menos melhor.

        • Dragoniten

          Exatamente. Galera ainda insiste em discutir sobre a regra dos 70%, mas nunca parou pra testar o quanto realmente seu carro rende com cada combustível.

          Eu costumo utilizar etanol mesmo, pois tenho tempo "de sobra" pra parar pra abastecer toda semana e os postos que abasteço são sempre no caminho. Ando uns 20m a mais que o trajeto convencional pra abastecer, rs.

          • Burton_PA

            o problema é morar em Belém, onde a gasolina custa 2,79 – 2,89 e o alcool 2,69. Queria não ter a opção de colocar alcool, e ter um palio como os pré-flex q faziam 10 na cidade, e não os flex que fazem 7.

            • Dragoniten

              Eeeeeita porra. Devo concordar que fica completamente fora no seu caso.

            • Marcos

              Os preços do Rio deJaneiro na zona oeste ( onde moro) em média:

              Gasolina R$ 3,00
              Etanol: R$ 2,45

  • Paschoalpca

    Lixo Chinês.

    • Márcio Maia

      qual seu carro?

      • Matheus_P

        e o seu?

      • Mc_

        Não precisa nem ter carro pra saber que isso aí não vale muita coisa

  • C.Nunes

    "…Pronto, já sei que vão falar que nem todo mundo quer carro flex, que o motor não fica tão bom, que o etanol não compensa em vários Estados do Brasil…"

    Bem. Moro num estado em que existe a pior condição de se utilizar etanol como combustível (RS). Já tive dois carros movidos a etanol de 2000 a 2007, os dois carburados, e um deles, chegava a ter consumo médio de aprox.11 km/l. Como aqui faz muito frio, tinha que ter um pouco de paciência para esperar 20 min. para aquecer o carro e enfim rodar com ele, e nesta época, o etanol nem chegava a R$ 1,70 o litro na bomba. Quando o combustível da cana começou a ultrapassar esta cifra, obriguei-me a ter carro a gasolina. Acho que o comentário do Hairton neste ponto foi um tanto infeliz, já que os veículos flex atuais se mostram ineficientes em consumo e o etanol há muito tempo deixou de ser compensatório para o bolso. Quanto ao X60, seria bom se fizessem um teste longo de resistência. O CxB é ótimo, mas acho que, apesar de o Lifan ter rivais consagrados (Eco, Duster), ele só bate de frente com o Tiggo mesmo.

  • Carlsson

    Na boa, prefiro o Golf do relato opinião do dono de ontem… Anda em qualquer estrada de chão que esse pseudojipe anda e tem <<muito>> mais qualidade

  • paulistadalapa

    Passo a vez, produto chinês precisa melhorar 1000% para convencer em alguma coisa.

  • MeloRJ

    Não curti nada a avaliação.
    O escritor obviamente tem algum preconceito com o carro e/ou marca chinesa, forçando vários preconceitos que, em alguns casos podem até ser verdade, mas não nesse. "Alguma coisa de Hyundai Tucson"? Sério mesmo?
    E não tem consumo? Sei lá. Estranho. Achei péssimo o formato.

    Ps.:
    ponto positivo: não é Frex!

  • Edu_Airtrek

    A avaliação estava legal até o redator começar a encher a bola dos carros Flex.

  • tiago

    Acho que esse cara que falou sobre o x60 nao entende nada ,falo isso pq meu x60 esta 52 mil km e eu tive um tucson e entre as duas a x 60 é muito mais económica , confortável , e design mais atualizado o meu único problema foi com o acendedor de cigarro mais ja foi resolvido .
    recomendo

    • ubiratamuniz

      52 mil km? O carro foi lançado no mercado há menos de 2 meses, isso significa que você roda quase 1000km por dia? rsrsrsrsrsrsrsrsras

      • Mc_

        ele foi buscar o carro pessoalmente na China

        • ubiratamuniz

          hahahah foi o típico comentário de fanboy. 52 mil km, sei.

    • 3ic

      faz lotada com o carro? acho que só assim para atingir essa km

    • salgado

      acho que voce ta de lorota kkkkkk

      • ubiratamuniz

        eu tenho certeza, hahahaha

    • Rafael_rec

      Você quis dizer 5.200 km não?

  • julinho76

    Conversando com o dono de uma oficina no qual já faço serviços nos meus carros há anos, ele foi enfático: fuja das bombas francesas peugeot/citroen (peças caríssimas e algumas difíceis de encontrar, carros mais sensíveis a nossa realidade de buracos) e os chineses sem exceção. Acredito muito na opinião dele, pois toda vida que vou fazer um serviço na oficina tem uma bronca francesa na maioria das vezes para resolver. Chines… nem se fala.

    • Fabio D.

      Cara, mecânico odeia carro francês pq odeia. Sério, não entendo a crítica, de dizer que são frágeis e têm peças caras. Já tive Peugeot e hoje tenho Renault. O primeiro foi me dar dor de cabeça porque já tinha 10 anos e mais de 100.000 km rodados. Tava velho e surrado. Vendi o bagaço. Comprei usado, usei mais ainda e passei. Por mais que eu tivesse cuidado com o carro, o antigo dono não tinha nenhum, por isso enguiçava, quebrava, etc.

      Já o atual está comigo há dois anos e meio e nunca me deixou na mão. Comprei zero, fiz manutenção e pronto. As peças são tranquilas de comprar, nada fora da média das "grandes". Tá com 55.000 km. Meu mecânico torce a cara pra ele, diz pra eu trocar num VW. Mas, na boa, ele vai contra o que faz. Sabe que o carro é barato de manter e achar peça. Não levo muito em consideração o que ele fala por isso. Preconceito besta.

      • C.Nunes

        Pois é… Tenho um 206 1.6 8v argentino e não tive tanta dificuldade de encontrar peças de reposição. O carro já está com 120000 km e me dá menos dor de cabeça do que dois Gols que já tive. Quanto aos carros chineses, ainda junto coragem pra comprar um, apesar de temer falta de peças, manutenção, etc., mas do outro lado, os carros fabricados aqui também não oferecem nada de especial ou diferencial.

    • Mc_

      Claro né? Muito mais fácil que todo cliente tenha um Gol do que ele fazer um curso e se aperfeiçoar.

      • O_Corsario

        Ao mesmo tempo… Là vou eu bancar o advogado do diabo… rs
        Se as "francesas" sabem que sofrem de tanto preconceito, porque não oferecem gratuitamente cursos para mecânicos independentes? Ou oferecem, na internet, manuais técnicos? COm certeza seria um bom investimento, pois ajudaria a se livrarem de má fama. Neste ponto acho que falta criatividade, ousadia e vontade principalmente de Peugeot e Citroen, pois a Renault vem trabalhando duro e reverteu este quadro.

        • julinho76

          Concordo com vc Corsário, seria uma estratégia e tanto se esse tipo de curso fosse colocado em prática. A má fama não se cria por uma questão de "simpatia", ou melhor "antipatia" dos mecânicos com uma determinada marca. A marca em si "em parte" tem uma parcela de culpa e se existe resistência com relação aos dois franceses citados te garanto que ela não se resume as oficinas mecânicas e sim na hora de revenda nas lojas. A dupla da PSA dá prejuízo na hora de repassar, sei bem disso pois tive um 307 completíssimo e para comprar foi uma fortuna, já na revenda parecia que eu estava vendendo uma "abobora" do conto de fadas.

          • O_Corsario

            Pois é… E eu acho que é a própria marca que tem que resolver estes problemas. POderia, por exemplo, garantir recompra do carro em até dois anos pagando FIPE. Teria um prejuízo mas com certeza muita gente compraria com mais convicção.
            Mas parece que falta esta vontade de se esforçar e ir além do que já existe. Daí não consigo levar a sério.

    • E a pois…

      Dizem isso pq não sabem consertar eles.

  • Márcio Maia

    Fiz as primeiras impressões aqui do site e discordo, com todo o respeito, de quase tudo, primeiro que o carro não se parece em nada com Tucson, o meu na avaliação com fiz estava com 1.800km, agora já está com 3.200km rodados e continuo achando silencioso em comparação com os concorrentes, antes estava com um Duster, a tampa da mala é pesada, mas nada que podemos dar um destaque.

  • Edson Roberto

    Porque um GIF apenas colocando algo que não acrescenta nada além da imagem será apagado. Isso é moderado e não é permitido pelo NA.

    Sobre a censura de palavras, também foi para evitar muitas das palavras que atingiam publicos de variadas idades e pessoas que simplesmente reclamavam de muitos conteudos que eram bem piores que essas palavras, mas que em conjunto causava incomodo e problemas.

    Sobre as avaliações… ai é com ele…rs

  • Victor Porto

    Achei meio tendencioso esse "review", pois as "surpresas negativas" não são tão negativas assim, visto que carro flex bebe mais (vide diversos carros que em modelos à gasolina tinha um consumo ótimo, e quando se "modernizaram" pra Flex, pioraram absurdamente), e acredito que a maioria das montadoras q desenvolvam estes motores, sejam para conseguir benefícios fiscais, quanto aos ruídos, não foram fornecidos maiores detalhes, apenas que existem ruídos quando se está "fora da estrada", e a terceira surpresa foi o peso da tampa do porta malas????? E isso é defeito a se considerar??? Se esse peso teoricamente exorbitante, exigisse um motor mais potente, tudo bem, mas não, ela é um defeito apenas por ser pesada?!?! Eu simpatizo com esse carro, mas assim como 90%do público desse blog, tenho um receio imenso com marcas chinesas, e procuro cada vez mais reviews úteis sobre este modelo em especial, mas fiquei um pouco desapontado com este feito pelo N.A., e reforço o que muitos disseram acima, os reviews feitos pelo Eber eram bem mais realistas e válidos a se considerar quando em dúvida por algum modelo. Forte abraço.

    • Mc_

      Bom, levando em consideração a tampa ser pesada, talvez o problema seja porque ela se torna difícil de abrir e, depois de aberta, com maior probabilidade de fechar na cabeça das pessoas.

      • Márcio Maia

        Tenho um e isso não ocorre, ela não fecha sozinha, só sinto pesada ao levantar a mesma até um certo ponto, depois os amortecedores a levanta sozinha e se mantém firme

  • ubiratamuniz

    Como comentei em outro post sobre esse carro, tem um taxista corajoso aqui no DF que está rodando com um (e com uma baita propaganda da concessionária colada no vidro traseiro).

    • 3ic

      normal, taxista sempre compra carro com custo interessante quando é algo novo. Se é bom, isso será definido ao longo do tempo e assim, encorajaria ou não outros taxistas a comprarem o mesmo carro.

      Por isso que eu falo: quer carro por muito tempo? veja quais são os carros que estão rodando na praça

    • Mc_

      Acho uma boa estratégia se a marca quiser provar que os carros aguentam o tranco.

  • salgado

    Quem via as fotos aqui no NA da fabrica da lifan já entendeu que este produto é um bebe na area de montagem de carro e é grande a probabilidade dele não chegar inteiro aos 60.000 km ou se chegar vai ter uma lista de defeitos.
    procurem aqui no NA as fotos da fabrica e deem uma olha bem criteriosa e vejam o que acham, mesmo quem não é do ramo industrial vai perceber o amadorismo deles e a capacidade de solução de problema.

    • ubiratamuniz

      que nada, tem gente que acha que produção artesanal é coisa chique, hehe.

      mas sério mesmo, parece fábrica de hiphone. quer comprar carro chinês, compra, tem coisa que presta, mas lifan não tenho coragem não, qualquer restinho de coragem se foi depois que vi os artigos sobre a visita à fábrica.

  • salgado

    Quem via as fotos aqui no NA da fabrica da lifan já entendeu que este produto é um bebe na area de montagem de carro e é grande a probabilidade dele não chegar inteiro aos 60.000 km ou se chegar vai ter uma lista de defeitos.

  • Tosca16

    Bom produto e pelo preço não tem muitos concorrentes ; falta pequenos detalhes e mais opções para ser um Senhor carro . Hoje é um modelo que agrada visualmente e tem diversos atributos que o fazem ser o mais vendido da marca Lifan e acredito por muito tempo.

  • Cristiano Oliveira

    Eu achei péssimo o review sobre o Lifan X60. Foi um carro que eu fui conhecer mês passado na Lifan em Osasco-SP…. Cheguei no atendimento, e tinha três família vendo o carro, e uma fechando negócio! Não fiz o test-drive por falta de tempo…. mas voltarei. A primeira vista, achei o carro interessante. Não concordo com a descrição do autor sobre o DEFEITO em ser monocombustível… e PASMEM: não ter luz no para-sóis! Dá licença!!!! Isto mostrou de fato o amadorismo dele, e também o preconceito contra este carro e/ou marca.

  • Mc_

    Vou esperar 10 anos

  • Francisco

    Acho que quem fala mal dos carros sem ter mesmo feito um test drive,deve com certeza ter um carro inferior,ou seja mil cilindradas e "Pelado".

  • fabioalisson

    Tô fora de qualquer chinês. Do ranking dos mais vendidos da China, as vendas das marcas chinesas são muito fracas. Ou seja, nem chinês compra carro chinês.

    Outro sinal da baixa qualidade desses produtos é que essas marcas não são comercializadas em mercados de primeiro mundo, como: EUA, Canadá, Alemanha, Japão. Quando forem, verei com outros olhos.

    • Triton

      Papagaio papagaio, rum!

      • fabioalisson

        "Ótimos" argumentos…

    • MarioCerbero

      Ele é vendido na Europa ha 5 anos acho!

  • Tiago_Beneditto

    Uma pena não ter câmbio automático, faltou falar do consumo, as fotos do Fabio estão nota dez.

  • Fernando Toledo

    Alguém aqui sabe porque não estão fazendo mais videos com as avaliações dos carros em Estrada e Cidade?

  • Thiago

    Tá parecendo o Cielo, design exterior bonito mas para por aí. Aliás, até hoje não entendo porque o Cielo é tão pesado pro tamanho dele, o que faz ele ficar manco.

  • chines no momento so dá pra engolir todos os modelos da jac e alguns da chery como o celer, tiggo e face o resto das outras marcas e lixo msm

  • johnnyburanelo

    eu acho ele bem interessante
    mas nao sei se compraria
    acho q compraria uma captiva semi-nova ou mesmo um tucson

  • Rafael_rec

    Se em fotos carregadas no photoshop o acabamento já mostra ser um lixo, imagina ao vivo.

  • Também não gostei da avaliação, e digo mais: se o Eber não voltar ao fomato antigo, compensa mais manter as avaliações da AutoPress que são "no mesmo padrão" dessas feitas agora.
    O carro é espaçoso, tem alguns itens bacanas, mas realmente falta um projeto mais maduro ou com "menos erros bobos" para que os chineses sejam bem vistos.

  • Silvio Rocha

    Fui há duas semanas atrás a uma css da lifan e verifiquei o veículo. Realmente chama atenção, acredito que o custo benefício é ótimo, porém as reclamações são válidas apenas para o acabamento. Não gostei de algumas rebarbas no acabamento interior do veículo. Quando a ser apenas movido a gasolina, não vejo maiores problemas, dado ao custo do etanol no Brasil. O motor e caixa do veículo são já de conhecimento dos brasileiros em outros veículo, que realmente não quebra. Apenas fica em aberto a confiabilidade. Acredito que em dois anos teremos uma melhor resposta sobre o carro. A versão 2014 já esta chegando com o ajuste do banco do motorista.

  • Gustavo Luis Côrtes Barros

    Estou acompanhando o debate sobre o X60 a alguns dias. Vi o carro no shopping estacionado e me chamou atenção. Tenho um FIAT 500, carro extremamente bem acabado, mas minha esposa espera 2 meninas e aí tamanho passa a ser documento.
    A matéria mostra muitas impressões pessoais e poucos dados técnicos além dos fornecidos pela montadora o que me desapontou no site. Quanto a opiniões sobre escolha de carros, volto a dizer, tenho um 500 com câmbio Dualogic; imagina tudo o que ouvi qdo falei que ia comprar um, mas sou muuuuiiiito satisfeito com ele, mas pouco satisfeito com a FIAT.
    Sobre montadora tradicional, iam colocar óleo com a especificação errada no meu carro, um óleo que o cara pegou num tambor coletivo com um galão cortado ao meio (nada de embalagem lacrada como manda o figurino), ou seja, montadora tradicional não é garantia de nada no Brasil. (olhe a página do New Fiesta 2014 no facebook e veja as opiniões dos donos).
    No mais, vou continuar acompanhando as impressões dos donos pois estes sim mostram o que o carro é de verdade.

    • gcarlos

      Imagina um montadora sem nenhuma tradição, nem mesmo no lugar onde é fabricado. Veja o ranking chinês e tire suas conclusões. Mas se gostar do carro.Boa sorte!

  • Vinícius Fontes

    Isso isso. Falem muito mal do carro…
    Aliás, pq não dão uma passadinha na Fiat e comprem um Palio Economy 1.0 "Completo" por 35 mil? É uma boa escolha né? u.u
    Mania incrível que o povo tem de falar mal de tudo que temos no Brasil. Ninguém se valoriza… Todos já se veem como coitados! Nossa… Que país é esse?!

    • ProfPR

      Muito provavelmente o Palio Economy do show room não estará com o ponteiro do contagiros enroscado no meio da escala, a porta vai fechar sem precisar espancá-la e os bancos não estarão com as costuras do avesso à mostra.
      Se o produto é ruim, tem de falar que é ruim, seja aqui ou em qualquer outro lugar do planeta.

      • Vinícius

        Falar que é ruim está cero. Mas falar ruim de TUDO o que temo, já é de mais, não?
        Vão falar mal do X60; Vão falar mal do Economy; vão falar mal de qualquer carro que temos no nosso mercado e NUNCA vão estar satisfeitos.. Brasileiros e essas manias ridículas. Só sabem valorizar o Estados Unidos!
        Tomara que em uma outra vida, nasçam lá, pra aprenderem a valorizar o Brasil!

  • Gustavo Luis Côrtes Barros

    Pra quem queria vídeo, segue um. Carro por dentro, por fora, por baixo, rodando etc… Tirem suas conclusões
    https://www.youtube.com/watch?v=u32mqT9ze48

    • Rafael_rec

      Aos 7 minutos é claramente visível a diferença de pintura no para-choque para a lata do carro.

  • Rafael_rec

    Ainda prefiro o Tucson.

    • Victor Porto

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk…
      Boa piada..

      • Rafael_rec

        Além do Tucson ter os mesmos equipamentos do X60, ele conta com uma melhor qualidade de construção, melhor acabamento e maior rede concessionárias. Então não é preciso ser nenhum expert em carros para decidir qual é a melhor escolha.

        • Victor Porto

          Rafael, realmente pensei q vc estivesse brincando.. Cara, o Tucson ta totalmente defasado em design e mecânica, se não me engano aqui no Brasil é um dos únicos lugares no mundo que ainda vendem essa versão, o interior é fraquíssimo, beberrão pra caramba, visualmente cansado (opinião própria), em todos os exemplares que andei ouvi ruídos internos acima da média, fora que o preço do Tucson é beeem superior ao da X60.. Ao meu ver, a única coisa q o Tucson é superior à X60 é no mercado, pois a Hyundai tem uma "fama" superior à da Lifan, mas analisando carro por carro, o X60 é bem superior cara..

          • Rafael_rec

            A questão de visual é relativa, O Tucson realmente não é nenhum primor de design, mas o X60 também não é grande coisa. Em questão de motor, o Tucson tem mais potência e mais torque que o Lifan nas mesmas faixas de rotação, então eu continuo não achando esse chinês superior ao Hyundai. No fim das contas eu continuo muito satisfeito com o meu Suzuki.

    • O Dinossauro da Hyundai… Aposentado em todo o mundo e produzido apenas por aqui. Na Coréia já tá no museu da Hyundai.

  • Jose Carlos

    Problemas de ruído na transmissão aos 80km/h, suspensão parece que esta tudo solto (batentes) e acabamento de plásticos mal recortados…. é só ter um Grand Siena 1.6 dualogic 2013…… ..E pensar que carro chinês é pior?????

  • adrisev

    Ótimo custo benefício… e TEM GARANTIA DE 5 ANOS… com revisões a cada 10.000km ou 1 ano… Quem não gostou não compre… O que importa é que o consumidor tem mais uma opção para escolher… principalmente os que estão acostumados a pagar caro em gol e celta… e mais caro ainda em Ecosporte e Duster pelados pelados… por isso já tem fila de espera e infelizmente AGIO….de qualquer forma VIVA A CONCORRÊNCIA… é boa para o consumidor…

  • Ivan

    Passo. Quem quiser comprar, compre. Cada um sabe o que faz com o seu dinheiro. Concordo que é melhor mais concorrência para o mercado e acredito que com o passar dos anos os chineses vão melhorar, semelhante ao que aconteceu com os coreanos. Porém, quando isso acontecer provavelmente farão como os coreanos e os carros deixarão de ser baratos. A propósito, já fiz test-drive com Chery, JAC e Lifan. Das três a JAC é a melhor em termos de qualidade de fabricação. As duas outras são sofríveis. Carro novo com pits de ferrugem em diversos pontos bem visíveis do carro. Afora a montagem que aparenta que as peças da carroceria não seguem um padrão de qualidade mínimo de dimensão.

  • RONALDO

    Só prá lembrar a todos que, por quase R$ 20.000,00 a mais, o jurássico TUCSON vem de fábrica com o mesmo reloginho de FORD DEL REY 1980.

  • salgado

    O tiggo ja esta sendo vendido a R$49,000.00 e o da lifan também deve cair o preço.

    • adrisev

      Vc errou…. SUBIRAM O PREÇO….

  • RODRIGO AGUIAR

    O carro é bom, me surpreendi com ele e esperei completar 10.000km para comentar aqui. Viajo bastante a ando na cidade também, a tampa do porta malas é realmente um pouco pesada e há um barulho que invade a cabine em altas rotações, mas no meu caso não achei nada fora dos padrões ( já tive uma Ecosport e um Tucson). O carro é econômico as reviões são faceis de agendar e tem 5 anos de garantia. até agora não tive nenhum, repito nenhum problema com ele, foi um risco, meu primeiro chinês e agora que li que vem com ajuste de altura e algumas melhorias no modelo 2014 percebo que se deixarem o preconceito de lado terão um grande carro por um custo razoável, fui surpreendido, hoje em dia digo que ao menos o X60 é realmente recomendado.

  • Adriano

    Ola Rodrigo, depois do seu comentario ha quase 6 meses, como continua o desempenho do seu X60 ,tudo tranquilo? Você é de que cidade?

    • Adriano, eu possuo uma X60 com 15.000 km e te afirmo que é um ótimo carro!

  • MarioCerbero

    CUSTO X BENEFÍCIO, sabe, é por nada não, é chato vc querer um SUV completo que além de ser uma fortuna para maioria dos assalariados, além disso, tem que sofrer com os lucros das concessionárias e dos bancos, pois com certeza a maior parte dos veículos é financiado. Um Duster 1.6 saía num prestação de 60 meses 1.400, fora meu carro de entrada, sem contar emplacamento, 1.900,00, sem seguro, com 3 anos de garantia, sendo um no veículo e 2 no motor e câmbio, o Eco 1.6 vinha mais completo e moderno, porém sem farol de neblina e mais uns penduricalhos bobos, sem seguro, sem emplacamento, juros altíssimos. Os outros estavam fora da minha (japóneses e coreanos) realidade. Restou o Tiggo, muito legal de direção viram, porém os juros de 1.9 me assustou na época, tava quase desistindo quando minha mulher viu o X60 da Lifan numa propaganda, nem dei muita confiança, fui até a concessionária sem vontade pra nada, me atenderam bem claro, café-água etc… e finalmente teste drive, primeiro ponto deixaram-me livre pra rodar a vontade, a vendedora entretida com celular nem esquentava, deixou eu e minha esposa a vontade (na Renault existe limitação de raio de kilometragem e não podia meter em buraco, pode isso), rodei bastante no x60, buraco não faltava (minha cidade ta toda off road).
    Enfim, não foi a concessionária que me convenceu, nem vendedora nem nada, foi o produto, um preço razoável, prestação razoável + seguro de um ano, 5 de garantia, 1 ano de assistência 24 horas, emplacado e licenciado (1.700.00). Um carro com espaço pra caramba, estepe interno e de liga leve, duas chaves com comando, motor honesto, e o "BARULHO" do motor. Sem brincadeira, é muita frescura dizer que o motor afeta a acústica, nada haver, o barulho é igual a de qualquer camionete. Problemas apresentados até o momento, Sistema Navigator, estava com botões travados, foi trocado o painel todo na hora, farol de milha queimou, foi trocado na hora em que cheguei! Até o momento estou feliz, quando estiver com 30.000km eu volto para comentar. Agora afirmo que até o momento não deve nada pra nenhum japonês ou coreano!

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email