Luz de injeção acesa: pode não ser grave, mas pode dar prejuízo!

luz da injecao

Nos veículos com injeção eletrônica (seja carro, moto, ou veículos a diesel) há uma luz que acende no painel que normalmente é chamada de “luz de injeção”.

Em muitos modelos ela é amarela e tem um formato do símbolo acima, representando o motor. Em outros pode ser uma cor alaranjada, ou outra que talvez eu ainda não conheça.

De qualquer forma, essa luz de notificação representa uma falha no sistema de injeção de combustível, que pode ser um erro de leitura de um sensor (como por exemplo o sensor de oxigênio conhecido como sonda lambda), ou um problema em um atuador (como por exemplo o corpo de borboletas).

Essa luz acesa pode ser algo que você conviverá pelo resto da vida de seu veículo ou, pode ser algo mais grave ao ponto de perder o seu motor. Vamos neste momento destrinchar as possíveis causas.

Luz de injeção acesa: causas

Não é novidade para todos que o nosso combustível, seja ele qual for, sofre adulterações nos postos de combustíveis.

Para veículos flex é mais difícil perceber a adulteração pois parece que este tipo de veículo foi criado no Brasil para ajudar os postos que podem inserir mais álcool que o recomendado na gasolina, já que estes veículos estão ajustados para trabalhar com a mistura deste combustível em qualquer proporção.

Em veículos importados, por exemplo, que necessitam de alta octanagem (está escrito no manual do veículo), estes alteram o comportamento de imediato. Nem vou entrar no campo do diesel.

Recebo muitos clientes que estão rodando há dias com a luz de injeção acesa. Os que apenas estão com essa luz acesa e o veículo não está falhando, ok, sem problemas.

A causa inicial é 100% causada pelo combustível que você insere no tanque de combustível. Mesmo para quem abastece no mesmo posto há tempos. Pior para aqueles que abastecem muito com a gasolina aditivada (que comecem as discussões nos comentários).

Um adendo: eu não sou engenheiro, sou reparador automotivo, portanto, o meu relato é com base em experiência, não em dados científicos. Se a luz de injeção está acesa e o seu veículo não está falhando, você tem a possibilidade de continuar rodando com ele sem problemas maiores que possa levar a um prejuízo maior, como perder o motor por exemplo, que vou relatar este caso no próximo tópico.

Essa luz notificadora pode ser identificada em uma oficina especializada com equipamento chamado scanner, ou você mesmo pode verificar com um plug vendido na internet, que você insere no conector chamado OBD II e acessa pelo celular, onde você pode visualizar o comportamento do seu veículo.

sonda lambda

Erro na sonda lambda ou no catalisador

Caso acuse um erro de leitura na sonda lambda ou no catalisador (é o mais comum) eles podem ser a consequência, e não a causa.

Vamos lá: existe a sonda lambda pré-catalisador e a sonda lambda pós-catalisador, em alguns modelos (os mais recentes). Quando temos erro na sonda pós-catalisador, ela está recebendo os gases que passam pelo catalisador. A finalidade do catalisador é converter os gases para impedir que os nocivos saiam pelo escapamento poluindo o ar.

Portanto, essa sonda pós-cat recebe uma informação errada caso o catalisador esteja tão sujo com as impurezas do combustível que não queima corretamente e faz com que a sonda entenda que o combustível possa estar com uma mistura muito rica ou muito pobre (muito oxigênio ou pouco oxigênio para a mistura da queima na câmara de combustão).

Em último caso a sonda pode estar tão suja que faz com que ela envie uma informação errada para a central.

Mas como o catalisador fica sujo? Quanto custa a troca do catalisador? É preciso trocar essa peça? Um catalisador que estiver sujo por culpa do nosso combustível pode ter a possibilidade de se recuperar ele. Caso não seja possível, somente trocando mesmo, e essa é uma das peças mais caras de seu veículo, pois ele contém materiais nobres.

Quando um carro dá “Perda Total” por exemplo, os desmanches geralmente vendem o pó do catalisador pois o quilo vale muita grana. Dificilmente você conseguirá comprar um usado.

E se conseguir, ninguém garante que estará bom e que irá fazer com que apague essa luz de injeção no seu veículo. Muitos convivem com essa luz acesa por vários e vários milhares de quilômetros.

A causa combustível. A culpa é da gasolina comum ou da aditivada? Só um engenheiro para responder. Mas, no meu entendimento é mais com a aditivada.

Pois ela é facilmente adulterada, principalmente nos postos que vendem as duas no mesmo preço (é a coisa mais irracional que existe, afinal, que comerciante venderá um benefício de um combustível com aditivos ao preço da comum?).

Outro motivo é que o álcool misturado derruba a octana da gasolina, principalmente em veículos importados que necessitam de alta octanagem (a octana é uma unidade de medida energética para a queima do combustível).

Quanto é essa octana? Nas informações que vi divulgados, a comum e a aditivada tem 82 octanas enquanto a Podium (vendido pelo posto BR) tem 98 octanas e a nova gasolina da Ipiranga OctaPro tem 103 octanas segundo eles mesmos divulgam. Quanto maior a octanagem maior o poder de queima do combustível, ou seja, menos resíduos ele deixará no caminho percorrido.

Você já viu uma vela de motor carbonizada? Eu, quando estava trabalhando em uma concessionária, abri um motor com injeção direta (é um modelo de motor onde o bico injetor injeta direto na câmara de combustão, diferente do sistema comum que injeta antes das válvulas).

Esse modelo de sistema de injeção que se diz ser mais eficiente, por pulverizar o combustível na medida certa, estava com seus 20 mil km ou até menos (foi há muitos anos, logo no início deste sistema aqui no Brasil) e a válvula estava muito, mas muito carbonizada.

Me lembro que o proprietário abastecia somente com aditivada, pois era um veículo logicamente importado (não havia nenhum nacional com este sistema) e no entendimento dele estava sendo beneficiado por abastecer com a aditivada.

Eu não posso afirmar que caso ele abastecesse com a comum, que o resultado poderia ser diferente. Quem sabe? Mas fato é que foi necessário abrir a parte de cima do motor (fazer reparo no cabeçote) em um veículo muito novo e pouco rodado. Culpa do combustível.

Ah! Mas a Podium ou a OctaPro custam caro! É o que todos me falam. “Não tenho condições de abastecer com estes combustíveis”. Às vezes você nem tem onde encontrar estes postos também.

Há solução? Sim, há outras alternativas viáveis que falarei em outro artigo. No momento, para quem pode e tem como optar pelo combustível mais eficiente, pense o seguinte:

Você pagará valores mais altos que a comum, por exemplo, entretanto, você rodará um pouco mais que o outro combustível, isso é fato.

Faça um teste que além da proporção por km rodado valer a pena, você bem provavelmente não terá tantos problemas no sistema de injeção como:

Bomba de combustível (outra peça cara), bico injetor (em alguns modelos são 3 bicos, outros são 6, outros são 8), catalisador, sonda lambda, silencioso do escapamento (sabe quando você acelera o seu veículo e sai água do escapamento, sendo o seu veículo a gasolina? Então…) este último componente é afetado pelos resíduos que vão avariando essa peça e faz com que seu veículo tenha aquele som diferenciado e estranho, geralmente furando o escapamento.

É perigoso andar com a luz da injeção acesa?

Agora vem a parte mais crítica. Caso seu veículo esteja falhando, veja bem, quando o desempenho está comprometido, atenção! Pare imediatamente o seu veículo e guinche ele para a oficina de confiança, pois quando chega a este estado você poderá perder o seu motor (e isso já aconteceu).

Eu explicarei no próximo artigo. Até lá, atente-se às luzes notificadoras do seu veículo. Ao abastecer sempre peça a nota fiscal (quase ninguém pede), pois se seu veículo mudar de comportamento após o abastecimento, tem algo de errado que não está certo.

Peça que faça o teste de qualidade de combustível (ninguém pede, eu sei), e comunique imediatamente o Procon de sua cidade. Até o próximo texto!

Por Rafael Andrade

Se junto com a luz acesa da injeção, seu carro está falhando, veja quais podem ser as causas aqui .

google news2 Quer receber todas as nossas notícias em tempo real?
Acesse nossos exclusivos: Canal do Whatsapp e Canal do Telegram!

O que você achou disso?

Toque nas estrelas!

Média da classificação / 5. Número de votos:

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.


Últimas Notícias



Autor: Eber do Carmo

Fundador do Notícias Automotivas, com atuação por três décadas no segmento automotivo, tem 18 anos de experiência como jornalista automotivo no Notícias Automotivas, desde que criou o site em 2005. Anteriormente trabalhou em empresas automotivas, nos segmentos de personalização e áudio.