_Sem Categoria

Piadas sobre carros

Veja aqui várias piadas sobre carros, tiradas da revista Quatro Rodas:

Na mira da Mercedes



Um playboy viajava sozinho por Minas Gerais à bordo de um Mercedes e, depois de parar em um posto, decide dar carona a um caipira.
O matuto fica impressionado com o carro e começa a perguntar para que serve cada uma das coisas do carro. O rapaz responde:
– Isso é para levantar o vidro.
– Aquilo é para ligar o ar-condicionado.
E assim foi indo até que não tinha mais o que perguntar. O garotão já estava irritado e arrependido de ter dado a carona e, quando o caipira faz outra pergunta, resolve tirar um barato:
– E aquilo pra que serve? E aponta para o símbolo da Mercedes, bem no meio do capô.
– Aquilo é uma mira para quando quero atropelar alguém. Ah, olha lá, vamos pegar aquela velhinha?
O caipira fica assustado. Quando o carro se aproxima da velhinha, o playboy desvia a poucos metros, mas logo ouve um barulhão. Quando olha no retrovisor, vê a velhinha jogada no chão.
O caipira diz, com ar de reprovação:
– Ô moço, essa a mira tá boa não. Se eu não abro a porta, ocê tinha perdido a véia.

(João Paulo Zanchetta – Casa Branca – SP)

A loira e o círculo

Lá está a loura, com seu Peugeot 206 Prata novinho, dirigindo na Via Dutra quando, sem perceber (É CLARO!!!), dá uma fechada absurda num caminhão.
Enfurecido, o motorista do caminhão faz sinal para que ela pare o carro. Depois de estacionar no acostamento, o cara, tipicamente chamado de “armário”, sai do caminhão, pega um pedaço de giz do bolso, desenha um círculo no asfalto e diz:
– Fique dentro do círculo e NÃO SE MOVA!!!!
Então o cara vai até o carro dela, tira o som e corta todo o estofado.
Quando ele se vira para a mulher, repara que ela tem um discreto sorriso no rosto.
– Ah… Você acha isso engraçado?! Então olha só!
O cara vai até a boléia, pega um taco de beisebol e quebra todos os vidros do carro. Para sua surpresa, ela está se segurando para não rir.
O cara fica louco. Pega canivete e fura todos os pneus do carro dela. Agora ela está rindo.
O caminhoneiro então perde o controle, vai até o caminhão, pega uma lata com gasolina, joga tudo no carro e põe fogo. A loura então começa a dar tantas gargalhadas que quase cai no chão.
– O que pode ser tão engraçado assim?! — pergunta o cara, sem entender nada.
– Enquanto você não estava olhando, eu saí do círculo 4 vezes!!

(Rômulo Facuri – Brasília – DF)

Diga não ás drogas

Palestra sobre drogas em uma escola primária:
— Boa tarde. Vocês são crianças ainda, mas já devem ter visto exemplos de como as drogas fazem mal. Quem conhece algúem que tenha problemas com drogas?
Joãozinho levanta o braço e diz:
— Eu conheço. Meu vizinho tem problemas com drogas. Ele tem um Fiat 147 e uma Elba na garagem….

(Edimilson Caxefo – Campinas – SP)

O taxista do cassino

Depois de uma noite ruim no cassino, o homem sai e vai até um taxi e pergunta:
– Amigo, você poderia me levar até o aeroporto por 10 reais? É que eu não tenho mais dinheiro comigo, mas na semana que vem eu estou de volta e pagarei o restante.
O taxista recusa no ato e o homem acaba se vendo obrigado a andar dez quilômetros até o aeroporto.
Na semana seguinte ele volta ao cassino e ganha 100 mil reais. Na hora de ir embora, ele se lembra do taxista da última semana. Com um sorriso nos lábios, ele entra no primeiro taxi e pergunta:
– Te dou 300 reais para você passar a noite comigo no motel e de manha me levar até o aeroporto.
O taxista, espantado, recusa na hora e o expulsa do carro. O homem vai fazendo essa pergunta para todos os taxistas da fila, sempre sendo exotado, até chegar no último.
– Te dou 300 reais se você me levar até o aeroporto. Só quero que você acene para seus amigos taxistas quando estivermos saindo daqui.
– Claro! Porque não!?!
E lá foi ele, acenando e sorrindo para todos os seus amigos taxistas à caminho do aeroporto.
(Eduardo de Carvalho – São Paulo – SP)

O caminhoneiro português

Depois de decidir virar caminhoneiro, Joaquim levava a sua primeira carga para seu destino quando ele ouve a sequinte noticia no radio:
— Atencão motoristas! Tem louco na contra-mão na rua Martins de Sousa!
Espantado o Joaquim diz:
– Um não, varios
!
(Gustavo – Santo André – SP)

Os três mineirinhos

Três mineirinhos estavam sentados à beira de uma estrada pela manhã quando passa um carro em uma velocidade que só deu pra ver a cor…
Uma hora depois o primeiro fala:
– Era Volkswagi…
Depois do almoço os três se encontram na mesma estrada e outro fala:
– Era não! Era Fórdi…
E à noitinha, novamente na estrada, o terceiro:
– Óia, eu vô imbora que num gosto de discussão…
(Alex Henrique Devide – São Paulo – SP)

Mais piadas sobre carros…….

 

• Um motorista, bêbado, dirige na contramão, numa rua de mão única, quando o policial o detém:
– Você não viu a seta, rapaz?
– A seta? — responde, incrédulo, o jovem bêbado. — Pois eu não vi nem os índios!

• Um bêbado entra em um ônibus e, quase caindo, grita:
– Do motorista para trás é tudo gay, e do cobrador para frente é tudo corno!
Revoltado com tamanha ousadia, o motorista pisa no freio sem pensar duas vezes e todos caem. Depois, se vira, indignado:
– Repete o que você falou!
E o bêbado:
– Agora não dá mais. Você misturou tudo!

• O motorista dirigia o carro rumo ao litoral quando é detido por um guarda rodoviário por estar com as lanternas traseiras apagadas. – Sargento, que tragédia!
– Que é isso, meu senhor? Eu nem vou multá-lo. Afinal, trata-se de uma pequena infração.
– Para o senhor pode ser pequena infração. Mas para mim significa que perdi o trailer com minha mulher e os quatro filhos!

• Dois portugueses estão num caminhão quando deparam com a placa: “Túnel, altura máxima: 2,5 metros”. O caminhão tem 3 metros de altura. Um olha para o outro e manda ver: “Vamos passar! Não tem ninguém olhando.”

• – Como é que é? Não viu o semáforo fechado? – adverte o guarda, parando o motorista infrator.
– O semáforo eu vi, sim, seu guarda. O que eu não vi foi o senhor.

• Dois amigos, Manuel e Joaquim, compram um táxi em sociedade. Depois de rodarem dia e noite pela cidade, durante um ano, sem pegar um único passageiro, decidiram desfazer o negócio, inconformados com o prejuízo. Fazem as contas e rateadas as perdas, foi só o Joaquim descer do táxi que já no primeiro quarteirão o motorista Manuel conseguiu o seu primeiro passageiro…

• A fila de carros seguia calmamente pela estrada quando passa um sujeito a 200 por hora montado em uma motocicleta enorme. Cada vez que ele passa por um carro, ele toca a buzina e lança um berro:
-Já viu uma máquina igual a essa?
Três quilômetros adiente, a moto entra num buraco e o infeliz se arrebenta todo na beira da estrada. Os curiosos se reúnem e alguém comenta:
– Bem feito, quem mandou provocar?
– Não estava provocando ninguém – reage o motociclista. Eu só estava querendo encontar alguém que conhecesse aquela coisa para perguntar onde é o freio.

• Três amigos acabam de chegar ao Céu. Lá, são abordados por São Pedro:
– Muito bem, rapazes. Quero que saibam do seguinte: quem vem para o Céu ganha um veículo de acordo com a fidelidade demonstrada na terra. Haroldo vai ganhar uma bicicleta velha porque traía a noiva cinco vezes por semana. Ivanildo fica só com um Gol porque, de vez em quando, pisava na bola com a namorada. E você, Afonso, como era muito fiel a sua mulher, ganhará um Mercedes-Benz zerinho.
Um mês depois, Haroldo e Ivanildo encontram Afonso em prantos: -Amigo, que cara é essa? Eu ganhei uma bicicleta, o Ivanildo um gol e você um Mercedes-Benz! Nós é que deveríamos estar tristes!
– É que acabei de ver minha mulher passeando num skate…

• Como é que se chama um carro feito na Noruega? Um Fjord!

• Depois de bater na traseira de um carro, o motorista se justifica para o guarda que registra a ocorrência:
– Ela fez sinal que ia dobrar à esquerda… e não é que dobrou mesmo?

• Quatro velhinhas estão viajando num carro a 40 km/h. O guarda pára o carro, e depois de conferir os documentos, explica que elas estão numa auto-estrada, e que a velocidade máxima é 120 km/h, e a mínima 80 km/h.
– Andar abaixo de 80 km/h nesta estrada é tão perigoso quando exceder o limite – diz ele – Preste atenção na placas.
A velhinha que está na direção estranha e contesta:
– Mas eu estou andando à velocidade que a placa recomenda – diz ela mostrando uma placa à beira da estrada.
– Esta não é uma placa de indicação de velocidade – responde o guarda com um sorriso – É a identificação da estrada: SP-40.
– Ah bom! – responde a velhinha – Isso explica o alívio das minhas amigas quando saímos da SP-180.
(Valter Hermann – São Paulo – SP)

Continuamos com piadas sobre carros

• O sujeito chega no bar e encontra o amigo de idade um pouco avançada, assim como sua barriga, encostado ao balcão tomando umas cervejinhas.
– E aí Maverick, tudo bem?
O outro, sem entender, retruca:
– Posso saber porquê “Maverick”?
O outro responde, com um sorrigo o amigo responde: grande, fora de moda e bebe demais…
Oly de Oliveira – Taubaté – SP

O carioca passa num carrão perto de um mineirinho em cima de uma carroca:
– Que coisa, né, mano! Você ai com esse cavalinho e eu nesse carro com 500 cavalos!
Depois arranca queimando pneu, só que mais à frente cai num rio e se arrebenta todo.
O mineirinho chega até a beira do rio e manda:
– E ai cumpade! Tá dando água pra tropa?
Miguel Menna – São Paulo – SP

• Manoel ouvia dizer que os motoristas brasileiros corriam muito. Quando veio passear no Rio, pegou um taxi dizendo:
– Vamos para a Avenida Brasil.
O taxista então perguntou:
– A que altura?
– Se o senhor for a mais de um metro de altura eu lhe mato!
Rufino Rocha – Feira de Santana – BA

• Um português e sua esposa vinham numa estrada, dirigindo o seu carro quando, de repente, aparece um guarda de transito e os manda parar.
Manuel então comenta com a esposa:
– Maria, estou perdido! Estou sem os ducumentos do carro!
Ela responde:
– O que se há de fazer, Manuel? Vamos parar!
O português parou, o guarda se aproximou e disse:
– Boa noite, estamos parando os carros só para avisar que logo adiante a pista estará em obras, com apenas uma faixa. Então tenham muita atenção!
Manuel, aliviado, diz:
– Graças a Deus que o senhor não me pediu os documentos, pois estava sem nenhum!
E a Maria:
– Não ligue para o que ele diz não seu guarda, que ele está é bêbado!
Hilma Guedes – Fortaleza – CE

• Vinham num carro, um médico, um motorista e três doidos, quando de repende, soltou-se uma roda do carro. Desceram do carro, o motorista e o médico e comentaram:
– Como vamos colocar a roda se perdemos os parafusos?
Então um doido disse:
– Posso dar minha opnião? Você tira um parafuso de cada roda e coloca na roda que está faltando, daí você fica com 3 parafusos em cada roda.
O médico, surpreso, falou:
– Mas você não é doido, como teve esta idéia?
E o doido respondeu:
– Doutor, eu posso ser doido, mas não sou burro!
Fernando Cidrão – Fortaleza – CE

• O sujeito estava parado no acostamento, olhando para o motor de seu velho Fiat 147 que fundiu, quando para ao lado uma BMW Z8 e o dono oferece ajuda:
– Olha, amarra uma corda que eu te puxo até algum mecânico na próxima cidade. Se você achar que eu estou correndo muito, você dá farol alto que eu reduzo a velocidade.
Lá foram os dois, quando passa uma Ferrari e chama a Z8 para um racha. O dono da BMW se invoca, esquece do 147 que estava rebocando e acelera para valer.
– Quando passam por um posto policial, o guarda rodoviário imediatamente passa um rádio para seu superior:
– O senhor vai achar que eu estou louco se eu contar o que acabei de ver. Acabaram de passar aqui uma BMW e uma Ferrari tirando um racha a mais de 200 Km/h…
– Ora, mas isso eu já cansei de ver — interrompe o chefe.
– Ah, eu também já vi. Mas o incrível é que atrás dois dois vinha um Fiat 147 dando farol alto tentando ultrapassar os dois.
Flávio – São Paulo – SP

• Eu queria morrer dormindo, como o meu avô. E não gritando desesperado como os passageiros do ônibus que ele dirigia…
Rodrigo – Londrina – PR

Dois amigos portugueses juntam as economias e resolvem que o Manuel viria para o Brasil ganhar dinheiro e mandar um caminhão para Joaquim se estabilizar em portugal.
Manuel vem, trabalha bastante e manda o caminhão do Joaquim. Passados vários anos, Manuel volta e encontra o Juaquim na maior pobreza:
– Mas Joaquim e o caminhão?
– Pô Manuel, você também é burro! Vai para o Brasil com todo nosso dinheiro e depois me manda um raio de um caminhão que eu não podia dirigir!
– Ora pois, por que não? — pergunta Manuel.
– Olha aqui essa baixa placa escrito FNM — Favor Não Mexer!
Ricardo Luis Alves – Barra Mansa – RJ

• Um carreteiro português ia dirigindo pela estrada, liga o rádio e escuta!
– Cuidado! Perigo! Tem um louco trafegando pela rodovia 10 na contra-mão.
O português olha para uma lado e para outro e se espanta:
– Um não, vários!!!
Paulo Peterlini – Curitiba – PR

• O gauchão vinha com seu opalão 79, incrementado e reluzente, rodovia a mais de 150 quando atropela os cones do posto da polícia rodoviária e é parado imediatamente.
O guarda rodoviário está furioso:
– Bonito hein?
O gauchão se gaba:
– Bonito e possante seu guarda!
– O senhor é sempre assim engraçadinho?
– Não, só quando tomo umas.
– Ah é? E cadê o cinto de segurança?
– Está lá no porta-malas, amarrando os botijões de gás!
Cada vez mais irritado, o policial grita:
– Vou tirar já teus documentos!!
E o gaucho abre um largo sorriso:
– Valeu, seu guarda. Há cinco anos venho tentando e não consigo, tchê!
Paulo Peterlini – Curitiba – PR

• Estava um portugues dirigindo seu lindo carro por uma BR, quando avistou uma placa: “DEVAGAR QUEBRA MOLAS”.
Sem pensar duas vezes ele acelerou seu carro, imprimindo alta velocidade e passou pelo quebra molas destruindo toda a suspensão e indo parar dentro de uma valeta ao lado da rodovia. Desceu do carro indignado e, esbravejando muito, pegou um pedaço de carvão que estava no chão e voltou até a placa para escrever: “CORRENDO TAMBEM QUEBRA”.
Carlos Utsch – Belo Horizonte – MG

Piadas sobre carros

• Um caminhoneiro estava com sua carreta carregada e quebrada no início da serra de Santos, sentido Capital. NIsso, passa um rapaz em uma Romi-iseta, que para e pergunta qual era o problema.
O camioneiro explica o defeito e o rapaz prontificou-se a rebocar o caminhão até o alto da serra.
Você está louco! – disse o camioneiro.
— Não esquenta que ela agüenta – disse o rapaz, que amarrou na traseira da Romi-iseta uma corda presa no pára-choque do caminhão e começou a puxá-lo.
Já estavam quase no meio da serra quando começou a sair fumaça da Romi-iseta, mas mesmo assim o rapaz continuava a guinchá-lo.
Terminado o trajeto, já no alto da serra, o camioneiro desce correndo do caminhão e diz ao rapaz
– – Você não viu a fumaceira que saiu do carrinho?
Nisso exclama o rapaz:
– – Filha da Mãe. Deixei o freio de mão puxado de novo!
René Bicudo Júnior – São Paulo – SP

Um loira dirigia seu maravilhoso BMW 530, quando entrou na contra mão e foi embora. Um pouco mais adiante, ela é parada por um guarda:um guarda parou a loira e falou:
— A senhora não está vendo para onde está indo?
— Não, mas lá deve ser horrível. Está tudo mundo voltando!
Alexandro Henrico von Mann – Guarulhos – SP

• Quer saber como se forma uma família de carros? Fácil: O Paissat se casa com a Mãevrick e nasce o Filhat…
Luis Gustavo Freitas Gelati – Campo Grande – MS

• Dois amigos chegaram ao céu e lá descobrem que todo mundo tinha um Gol 1.0 plus. Depois de receber seus carros, verificaram que a velocidade maxíma era de 100 km/h.
Um certo dia vinham os dois no mesmo carro , quando passa um cabeludo, com barba comprida, dentro de uma Ferrari Maranello acompanhado de duas loiras.
Um deles pergunta:
— Por que aquele cabeludo tem uma Ferrari e pode andar a mais de 200km/h????
— Porque ele é filho do chefe — emenda imediatamente o outro.
João Paulo – Brotas – SP

• Um sujeito andava apressado numa estrada quando se deparou com uma placa dizendo “REDUZA a 100 Km”.
Obediente à sinalização, ele diminuiu e seguiu em frente, mas logo depois se deparou com outra placa: “REDUZA a 80 Km”.
Com medo de encontrar algum radar pela frente, diminuiu mais uma vez a velocidade.
Logo mais outra placa: “REDUZA a 50 Km”.
Ele ja não entendendo nada continuou reduzindo sua velocidade, à medida que iam se sucedendo diversas placas: “REDUZA a 40 Km”, “REDUZA a 30 Km”, “REDUZA a 20 Km”…
Já absolutamente irritado, ele passou por outra placa “REDUZA a 10 Km” e seguiu devagar, quase parando.
Para surpresa do infeliz, depois de algum tempo ele se depara com uma última placa com os dizeres: “SEJA BEM VINDO À REDUZA.”
Fabricio – São Paulo – SP

• O mineiro vivia contando vantagem de sua vaca Mimosa para todo mundo, dizendo que corria mais rápido do que qualquer cavalo. Seu compadre, que tinha comprado um carro novo, já estava cansado dessa história e resolveu provocar o mineirinho, chamando para um desafio.
O compadre propôs amarrar a vaca na traseira do carro, aumentando a velocidade pouco a pouco para ver até que ponto a vaca agüentava. O mineiro topou, e lá foram eles dentro do carro, e a vaca correndo atrás. 60, 80, 100 km/h e a vaca tranquila, correndo atrás, e o mineiro com um sorriso no canto da boca.
Injuriado, o compadre resolveu acelerar até o fundo, e lá pelos 160 km/h a vaca colocou a língua para fora. Com ar de vitória, perguntou o que o mineiro achava daquilo. O mineiro, sem se fazer de rogado, perguntou :
— Mas a língua está para a esquerda ou para a direita?
— Para a esquerda, por quê?
— Então encosta, compadre, que a Mimosa está pedindo passagem…
Eduardo Rocha – Campinas – SP

• Uma loira vinha dirigindo pela avenida e, de repente, um rapaz bate em sua reluzente Mercedes. Ao descer e constatar o estrago, ela começa a gritar desesperada.
O rapaz resolve tirar uma onda com a loira e manda:
— Não precisa ficar preocupada, é só colocar a boca no escapamento e assoprar forte que o carro desamassa.
A loura agradeceu e o rapaz, claro, sumiu.
Quando a loira estava já perdendo o fôlego de tanto soprar, passa outra loira que fica admirada com a ingenidade da outra:
— Minha amiga, desse jeito você nunca vai conseguir desamassar seu carro. Você esqueceu de fechar os vidros!
Paulo Henrique Gole – Estrela d’Oeste – SP

O boyzinho passa num carrão perto de um caipira que toca uma carroça e resolver tirar um barato:
— Que coisa, né, mano! Você ai nessa carroça velha com esse cavalinho e eu nesse carrão com 500 cavalos!
Antes que o caipira possa dizer alguma coisa, o boyzinho sai queimando pneu, fazendo uma enorme fumaceira.
Para surpresa do caipira, depois que a fumaça baixa, ele vê o boyzinho com o carro arrebentado no poste e não perde a oportunidade:
— Que adianta um carro com 500 cavalos se tem um burro na direção??
Marcelo Pires – Passo Fundo – RS

• Uma mulher liga para o trabalho do marido. Ele está muito ocupado, mas atende a ligação:
— Oi, amor! estou em reunião, liga depois.
— É que eu tenho duas notícias para te dar, um boa e uma ruim, diz a esposa.
– Olha, agora eu tô ocupado, faz um seguinte, me fala rápido só a boa notícia.
– É…É… O air-bag do seu carro novo funciona muito bem!
Ana Cristina – Rio de Janeiro – RJ

• Depois de parar um caminhão para verificação, o guarda do posto da polícia rodoviária ficou irritadíssimo quando leu no pára-choque: ” NÃO DOU CARONA PARA MULHER DA VIDA, NEM PARA POLICIAL RODOVIARIO”.
Na mesma hora o policial aplicou uma multa a exigiu que o motorista apagasse a frase do pára-choque.
Na semana seguinte, o policial reconhece o mesmo caminhão e resolve verificar se o caminhoneiro havia apagado a tal frase. Ao parar o caminhão, se depara com uma outra frase no pára-choque: “PODE ATÉ MULTAR, MAS QUE NÃO DOU, NÃO DOU.”
Léo – Sorocaba – SP

Mais piadas

O taxista novato

A senhora paulistana desembarca no Galeão, no Rio de Janeiro, e pega um táxi em direção à Copacabana. O motorista, um tanto nervoso, explica logo que ela entra no carro:
– Desculpe quelquer coisa, antes de mais nada, senhora. É que hoje é meu primeiro dia e essa é minha primeira corrida!
A senhora sorriu e os dois seguiram viagem. Mas ela lembra que antes de ir para Copacabana, precisa passar em Niterói, na casa de uma conhecida. Só que quando ela encosta a mão no ombro do motorista para pedir a mudança no trajeto, ele dá um pulo no banco, acompanhado de um berro e espatifa o carro em um poste.
A senhora se recompõe do susto e pergunta:
– Moço, o que aconteceu?
– Eu lhe disse que hoje era meu primeiro dia na praça e…
– Mas o que eu fiz para você ficar tão assustado?
– É que eu fui motorista de um carro funerário por 25 anos…

(Valter Hermann – São Paulo – SP)

O cone

O universitário morava em uma república que era conhecida pela coleção de placas de trânsito penduradas na parede. Numa viagem, viu no acostamento um daqueles cones listrados, e pensou:
– Isso é um ótimo item de colecionador!! — parou o carro e, na maior cara de pau, colocou o cone no porta-malas. Quinhentos metros mais tarde, um guarda o parou e perguntou:
– O senhor tem idéia a que velocidade o senhor estava ?
– Não, seu guarda. Quanto?
– Eu também não tenho a mínima idéia. O senhor acabou de roubar a minha referência!
(Eduardo Rocha – Campinas – SP)

Salim e sua Mercedes

O Salim vem em sua Mercedes-Benz a 200 km/h quando sobra numa curva e o carro capota quatro vezes, se esbagaçanto todo.
Quando chega o socorro, os médicos encontram Salim sentado no meio-fio com o braço amputado, lamentando:
– Minha mercedes zerinho, zerinho… ahh minha mecidinha tão novinha.
O médico, espantado, pergunta:
– Mas meu senhor… O senhor acaba se ter o seu braço esquerdo amputado e fica lamentando sua mercedes??!!
Nisso, Salim finalmente nota o braço amputado e se desespera mais ainda:
– Ahhhh… perdi meu Rolex!!!
(Laercio Teles – Fortaleza – CE)

Duas loiras e o motor do Fusca

Uma loura estava viajando com um Fusca 78 quando, de repente, o motor começou a engasgar e o carro parou na beira da estrada. Ela batia na chave mas não pegava de jeito nenhum.
A loura ficou desesperada e decidiu pedir ajuda aos carros que passavem. Aí, parou um outro fusca, com uma outra loura, que parou no acostamento e gritou, eufórica:
– Oi amiga! Qual o problema?
E a primeira contou:
– Ai, eu não sei… Estou desesperada!
A segunda propôs:
– Olha, então vamos a abrir o capô pra ver se descobrimos o que houve.
Quando elas abrem o capô… surpresa!
– Ah, não, roubaram o meu motor! Por isso o carro não anda de jeito nenhum… — e começa a chorar.
A segunda tranqüiliza sua nova amiga:
– Calma, amiga… Estamos salvas… Por sorte, eu tenho um motor reserva no meu porta-malas!
(Elcio Tavares – São José dos Campos – SP)
(Vitor Esteves – Guarujá – SP)
(Fernando Hirata Alexandre – São Paulo – SP)

Velas molhadas

O cara consegue realizar o sonho de consumo da esposa e a presenteia com um belo Alfa Romeo 0 km twin spark. Mas no dia seguinte, ela liga para o trabalho dele.
– Alô, querido! O carro está com um pequeno problema!
– Caramba, o que aconteceu? Não se dá mais para confiar nem em um Alfa zero…
– Er… acho que ele está com as velas molhadas! responde ela
– Mas como você sabe, se não entende nada de mecânica?
– Bom, é que eu ia sair para o trabalho, engatei a ré para manobrar, mas não percebi que ele estava tão próximo da piscina e…

Moto-táxi em Portugal

Sabe por que o moto-taxi não funcionou em Portugal? Porque iam o motorista e o cobrador.

A menina decidida

Na saída da escola um home se aproxima de uma menina e diz:
– Entra no meu carrro que eu te dou umas balas.
A menina, decidida, responde:
– Minha mãe me disse para nunca entrar no carro de alguém que me oferece balas.
o sujeito não desiste e continua:
– E se eu te prometer que vou comprar uma boneca, você entra no carro?
– Não! Mamãe já me disse para nunca aceitar nada de alguém que me pede para entrar no carro.
O homem já começa a ficar nervoso e faz mais uma proposta: – E se eu te der essa nota de 50?
A menina, já chateada, responde:
– Olha, papai, chega! Eu já disse que não vou entrar nesse seu Lada!
(Valter Hermann – São Paulo – SP)

Outras piadas sobre carros

O Dojão

O sujeito chega para o amigo e explica, desconsolado porque seu apelido é “Dojão”.
-Antigamente o “Dojão” era bonito, potente e todas as mulheres queriam andar com ele.
-Hoje o “Dojão” é fora de moda, as mulheres ficam longe e é um beberrão…

(Carlos Yoshio Akinaga – Presidente Prudente – SP)

O italiano e o japonês
Um italiano todo metido, esbanja design e potência em sua Ferrari Testarossa, quando um japonês emparelha a 120 km/h em uma motocicleta e pergunta:
– Conhece moto Yamaha??? — e logo se distancia na frente da Ferrari.
O italiano fica irritado com a petulância do japonês, reduz uma marcha e acelera fundo, emparelhando novamente, com o velocímetro na marca dos 250 km/h. O japonês, mais uma vez pergunta:
– Conhece moto Yamaha???
O italiano então se rende:
– Pô, conheço, mas nunca vi uma que corresse tanto!
O japonês então fala, já sumindo na frente da Ferrari:
– Ah, então não vai poder dizer onde fica freio, né??
(Caio César Augusto – São Paulo – SP)

Uma mente brilhante

Viajavam pelo deserto um inglês, um brasileiro e um portugues, que acabaram se perdendo. Rodaram com carro até que, sem encontrar uma alma viva, a gasolina acabou. Depois de um dia inteiro, como ninguém passava por ali, decidiram que o jeito era caminhar.
Antes de abandonar o carro,
o inglês pegou as ferramentas e tirou o radiador do carro. O brasileiro e o portugues perguntaram o motivo e ele educadamente replicou:
– Elementar meus senhores, aqui tem água suficiente para não morrermos de sede!
NIsso, acendeu-se uma luzinha na cabeça do brasileiro, que prontamente sacou o assento traseiro do carro. Os outros dois, claro, perguntaram a razão.
– Simples, vamos andar muito. Então, se acharmos uma sombra teremos aonde deitar ao menos a cabeça e descansar!
Então lá foi o português e tirou a porta do carro. Os outros dois se entreolharam, sem entender nada, e perguntaram por que ele ia carregar um troço tão pesado. O português, todo pimpão, responde :
– Ora pois, vai fazer muito calor! Aí eu abro o vidro e temos um ventinho para nos refrescarmos!
(Clóe B. Paraskevópoulos – Rio de Janeiro – RJ)

O Fusca e o Maverick

Todos os dias, o homem pegava seu Maverick V8 e ia até uma cidade vizinha, onde trabalhava. Certo dia, fazendo seu percurso tradicional, apareceu um Fusca do nada e, depois de colar na sua traseira, ultrapassou-o sem cerimônias. Ao volante, estava um velhinho que, com um sorriso irônico, fez um sinal com a mão e deu uma buzinadinha, “bep, bep”, antes de ir embora.
No dia seguinte, aconteceu a mesma coisa. O homem estava em seu Maverick, aí veio o velhinho com o Fusca, colou na traseira e depois ultrapassou-o e com a mesma risada irônica, acenou e buzinou.
A cena se repetiu por vários dias, até que o homem do Maverick decidiu que isso não ia ficar assim, arquitetando um plano para não deixar o velhinho do Fusca ultrapassá-lo.
No dia seguinte, lá vinha o fusca, o senhor do Maverick olhou no retrovisor e rapidamente reduziu para 2ª e mandou ver. O Fusca abriu para fazer a ultrapassagem, mas o Maverick foi esticando as marchas e se distanciando. Quando já estava a uns 10 metros na frente, o homem do Maverick resolveu reduzir um pouco e brincar com a cara do velhinho:
– E aí velho o que vai fazer agora?
E o velhinho, sem tirar o sorriso irônico do rosto:
– Engatar a 2ª! — E ele engatou a 2ª, deu uma fritada de pneus e sumiu na frente do Maverick, em meio a uma gargalhada sarcástica!
(Jean Carlos Ferreira Alcantara – Vargem Grande do Sul – SP)

O portuga barbeiro

Um português, depois de trabalhar arduamente cortando cabelo durante vinte anos, compra seu primeiro carro zero quilômetro e resolve dar uma volta pela cidade. Por onde ele passava, todos gritavam, diante de suas manobras pouco habilidosas no trânsito:
– Ô, seu barbeiro…
Espantado,ele voltou pra casa correndo e diz para a mulher:
– Maria, fui estrear meu carro novo e fiquei admirado… Por onde eu passo todos me conhecem e me chamam.
Maria duvida da palavra do marido, então Manoel a convida para uma demonstração.
Após os primeiros quarteirões, começa a gritaria:
– Seu barbeiro, corno…
Espantada, Mariadiz, de cabeça baixa:
– Eu acho que eles me conhecem também…
(“Street King” – Hanamatsu – Japão)

Garota com pressa

O sujeito, todo galanteador, está passeando com seu Fiat 147 quando vê uma linda garota andando a pé pela rua. Sem poder perder a oportunidade, o conquistador, lança seu charme:
– A senhorita aceita uma carona?
E a garota, com ar de desprezo:
– Não, obrigada, agora estou com pressa.

Continuam as piadas sobre automóveis

O português e a morena

Seguia o pacato português em seu automóvel quando, sem acreditar, ele avista uma morenaça pedindo carona.
-Eu vou até São José dos Campos, diz ela em tom de súplica. O portuga concorda e ela no carango.
A morena usava uma saia curtissíma e o português, emplogado, começa então a passar a mão nas suas pernas. Ela diz:
– Se você quiser, pode ir mais longe, viu?
O português, então, a deixou no Rio de Janeiro…
(Valter Ferigato – Jundiaí – SP)

O caipira

O filhinho de papai ganhou um carro esporte e saiu com um amigo para experimentar o brinquedinho. Resolvem, depois de muitas voltas, experimentar o bichinho em uma estrada de terra.

E lá vão eles, levantando poeira, quando avistam um caipira andando de bicicleta, resolvem tirar uma onda e tiram uma fina dele a 80 por hora. Mas logo depois bateu o arrependimento e eles resolvem parar e pedir desculpas.

Mas assim que o carro para o caipira passa ao lado do carro em uma velocidade incrível. O rapaz ao volante fica enfurecido e acelera fundo, tirando mais uma fina do caipira, desta vez a mais de 120 por hora, e pára o carro mais adiante, para tirar um sarro. Para sua surpresa, o caipira passa voando novamente ao lado do carro.

A cena se repetiu mais duas vezes, quando os dois desistiram e encostaram. Logo depois o caipira passou novamente voando, para depois voltar de ré e, logo em seguida, passá-los mais uma vez. Depois de umas dez idas e vindas, a bicicletinha parou ao lado deles e o caipira disse: “Ainda bém que oceis pararam, porque o meu suspensório tinha enrroscado no seu retrovisor!”
(Jeferson – Campinas – SP)

A vaca velocista

O sujeito ia com seu carro esporte por uma estrada do interior quando avistou um velhinho com uma vaca pedindo carona. Ele resolve parar, mas diz que não há como a vaca acompanhar o carro.

Mas o velhinho garante: “Tem probema não seu moço é só amarrar ela no para choque que ela vai”. Então eles seguem e o homem resolve brincar com a vaca e aumenta a velocidade gradativamente: 60, 80, 100, 120. E nada da vaca dar sinais de cansaço.

Quando o velocímetro atinge 150 km/h, ele vê a vaca com a língua para fora. “Olha, meu senhor, eu disse que sua vaca não ia aguentar. Ela já colocou a lingua pra fora”. O velhinho, sem se abalar, pergunta: “Pra que lado tá a lingua?”

O homem, intrigado, responde: “Para esquerda”.

“Ah, então encosta que ela tá pedindo passagem…”
(Daniel Reis Evangelista – Belo Horizonte – MG)

Manda a estrada embora não….

O caipira estava sentado na porta de sua chacrinha quando um carro pára e desce um homem e vem pedir informações:
– Senhor, essa
essa estrada vai para São Paulo?
O caipira responde prontamente:
– Olha, moço, eu num sei não. Mas se ela for eimbora pra São Paulo, vai fazê uma farta danada pra nóis…”
(Adair José Vieira Jr. – Sorocaba – SP)

Pequenos detalhes

Sábado ensolarado, o sujeito põe a família no carro e vai rumo ao litoral. Na estrada, acaba se empolgando e ultrapassa a velocidade máxima permitida e é parado no posto policial.
– O senhor está multado, estava acima dos 120 km/h permitidos nesta estrada.
O sujeito tenta dar um jeitinho:
– Pô, seu guarda! Não faz isso comigo! O senhor vai estragar o meu fim de semana!
O guarda, de pronto, abre um sorriso:
– Ora, não seja por isso! Eu vou fazer a multa com data de segunda-feira!
(Renan Brandão – Londrina – PR)

O pai do vento

Numa cidade do interior, um casal estava esperando o nascimento do 1º filho. No dia do parto, tudo ia conforme a rotina: chamaram a parteira, rompe-se a bolsa d’água, mas nada de bebê! Só vento.

E quando a noticia correu, nasceu foi o apelido para o infeliz: “Ô pai do vento” era o que mais se ouvia quando ele aparecia em algum lugar. O padre local, ao saber que o rapaz comprou uma arma e estava ameaçando os engraçadinhos, mandou chamá-lo e deu-lhe um sermão:

– Meu filho, o povo esquece, não faça uma loucura.

O sujeito concorda e promete guardar a arma. Mas logo depois dele deixar a igreja, o padre escuta dois tiros em frente a igreja. Ao abrir a porta, se depara com o rapaz, com o revolver na mão, e um sujeito caido, esvaindo-se em sangue, ao lado de um fusca, ainda com a porta aberta.

– O que houve, meu filho?

– Seu padre, me chamar de pai do vento, ainda vai. Agora, pedir para eu arriar as calças e encher os pneus do carro já é demais!
(Mozart – São Paulo – SP)

Piadas sobre carros

Piadas sobre Lada

Apresentamos aqui uma série especial de piadas com o velho e bom Lada, marca russa que aportou por aqui no início dos anos 90, na abetura do mercado automobiístico nacional.
(Enviado pelo internauta Matheus Koslosky, Ponta Grossa, PR).

Como dobrar o valor de um Lada?
R:
Encha o tanque.

Por que o novo Lada tem 4 pedais?
R: U
m é o acelerador, outro é o freio, o terceiro a embreagem, e finalmente o último é para encher o air-bag

Quantas pessoas são necessárias para fabricar um Lada?
R:
Quatro. Duas dobram, e duas passam a cola.

Por que dois donos de Lada se reconhecem imediatamente quando se encontram?
R:
Eles já se viram de manhã na oficina.

Quantas pessoas pode-se colocar num Lada?
R:
Depende da potência do caminhão-guincho.

Qual é a diferença entre um Lada e a Aids?
R:
A Aids dá pra passar adiante.

O que é que está na página 39 do manual do proprietário do Lada?
R:
O horário dos ônibus.

O que é um Lada no alto de um morro?
R:
Um milagre.

E o que sã o dois Ladas no alto de um morro?
R:
Ficção científica.

E três Ladas no alto de um morro?
R:
Lugar esquisito para construir uma fábrica.

E mil Ladas no alto de um morro?
R:
Um ferro-velho.

Quantos quilometros duram os pneus dianteiros do Lada?
R: 150.000 km. Eles não sofrem desgaste quando o carro é guinchado.

Qual é a diferença entre um Lada e uma bengala branca?
R:
Nenhuma. Só cego é quem compra.

Ter um Lada é igual a ter hemorróidas, quem tem não conta pra ninguém. E quando descobrem, diz que não incomoda!

Olá seu guarda

• Por favor, segure minha cerveja para que eu possa pegar a carteira.

• Desculpe por passar acima da velocidade permitida, guarda. É que eu esqueci de ligar o meu detector de radar.

• Parabéns, você devia estar a pelo menos 150 km/h para ter me alcançado!

• É verdade que os policiais escolhem esta carreira porque são muito burros para trabalhar no Mc Donald’s?

• Bem, eu me abaixei para pegar meu papelote de crack, minha arma caiu da bainha e ficou entre o pedal do freio e o do acelerador, por isso perdi o controle do carro.

• Ei, isto é uma 9 mm? Ah, isso é coisa de criança comparada com esta magnum 44.

• Não, realmente eu não sei a que velocidade estava. Sabe, é que o ponteiro do velocímetro só vai até 240…

• Esta carteira está vencida? Não tem problema. Espere aí que eu pego outra…

Problemas com o Uno

Dois brasileiros estão viajando num Fiat Uno em Portugal e são parados em um posto de fiscalização da polícia. O guarda verifica todos os documentos e diz que eles não podem prosseguir a viagem.
– Mas por que não podemos? Pergunta um dos brasileiros.
O guarda responde:
– Porque vocês são dois e aqui esta escrito FIAT UNO. Então só pode viajar uma pessoa.
Nesse momento, os brasileiros pedem ao guarda um número de telefone para falar com o superior do policial, um delegado, qualquer coisa que fosse. O guarda dá o número, eles ligam, explicam a situação, e o delegado responde:
– Aguardem um momento, pois estou a resolver o problema de cinco italianos que estão insistindo em viajar num AUDI A4.

(R. Nonato V. Costa – Altamira – PA)

O caminhoneiro galante

Um caminhoneiro galante foi expulso a pedradas de uma cidadezinha pacata e conservadora do interior, porque se recusou a apagar do pará-choque a frase: “Só quero a mulher alheia.”
Quando precisou voltar a circular na mesma cidade, precavido, mas disposto a manter sua fama, exibia a seguinte frase no seu pára-choque:
“Continuo querendo…”
(Martha Maria – Recife – PE)

Portuga esperto

Uma equipe de rally, composta por um brasileiro, um americano e um português, acaba se perdendo no meio do deserto. (Dizem que o navegador era o integrante lusitano…)
Tentando encontrar o caminho correto, eles acabam capotando o carro, que fica totamente destruído. Depois de uma rápida conversa, verificam que todos estão bem e decidem caminhar até encontrar ajuda.

Então, antes de iniciar a jornada, cada um pegou o que acho mais conveniente. O americano pegou o radiador do carro, o brasileiro o banco traseiro e o português uma das portas.
O brasileiro então perguntou por que o americano tinha pego o radiador. “Ora, vamos levá-lo para para beber a água.”
“Ah, muito bem”, disse o brasileiro. “Eu vou levar o banco aí teremos onde nos sentarmos para descansar.”
Então viram o português com a porta nas costas e não entenderam nada, mas ele se explicou: “Ora, está um calor danado! Quando estiver muito quente, basta abrir o vidro para refrescar um pouco!”

(Antonio de Pádua Heliodoro – Botucatu – SP)

O italiano e sua Ferrari

O italiano passeava tranquilo com sua Ferrari, pelas estradas de Portugal, rodando a mais ou menos 120 Km/h, embora as placas indicassem que o limite era 100. Um guarda rodoviário a bordo de uma moto emparelha e faz sinal para que ele encoste.
Mas o
italiano resolve se divertir e puxa uma 2º, pisa fundo e some, deixando o guarda para trás.
Quilômetros à frente, o italiano encontra um enorme bloqueio policial e é obrigado a parar. Logo um guarda de arma punho aparece e dá voz de prisão:
– O senhor está preso por ter matado um guarda lá atrás.
– Mas como? Eu apenas fugi de seu colega!!!!
– Sim mas fugiu tão rápido que ele desceu da moto, pensando que ela tinha parado.

(Marco Giampietri – Valinhos – SP)

O índio

Numa estrada no meio do nada, vinha um senhor com seu carrinho viajando… Num certo ponto avistou um homem deitado na pista. Parou o carro e foi lá ver o que era. Chegando lá viu um indio deitado no chão com o ouvido encostado no asfalto.. Aí o homem perguntou:
– Ei, seu índio, o que aconteceu?
E o indio responde:
– Mercedes prata, placa CCC 4141, de São Paulo, a mais de 150 km/h!
E o senhor espantado exclama:
– Caramba indio ! Você sabe tudo isso só de encostar o ouvido no chão?
E o indio responde:
– Não homem branco burro! Mercedes atropelou indio!
(Keini – Sorocaba – SP)

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend