Finanças Governamental/Legal

Segunda via documento veículo: quanto custa?

Confira como solicitar a segunda via do documento do veículo:

Segunda via documento veículo: quanto custa?


Perder documentos é uma situação nada agradável, se for do veículo, pior ainda, pois, o condutor fica impedido de dirigir até que providencie a segunda via.

Além de ficar sem trafegar, é preciso arcar com todos os custos para a emissão do novo documento, que não é barato.

Término e início de ano as pessoas costumam perder muitos objetos. Com o automóvel, em especial, acaba sendo mais prejudicial porque é necessário se atentar a muitas atualizações como: Licenciamento e renovação da Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Os documentos são fundamentais para a conclusão desses procedimentos.


Segunda via documento veículo: quanto custa?

Já apresentamos aqui no Notícias Automóvel tudo o que é necessário para solicitar a segunda via da CNH. Agora, mostraremos como deve ser feito no caso da perda, furto ou roubo do CRLV e CRV do veículo.

Documentos do veículo: CRLV e CRV

Apesar de serem siglas parecidas, existe uma diferença entre CRLV, que significa Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo, e CRV, também conhecido como Certificado de Registro de Veículos.

Como o próprio nome apresenta, o CRLV é emitido quando o automóvel passa pelo licenciamento. O motorista é obrigado a carregar consigo o documento quando trafegar com o carro. Quando você é parado em uma blitz policial, no momento em que o agente solicita o documento do veículo, ele deseja verificar o CRLV (licenciamento).

Segunda via documento veículo: quanto custa?

Uma alteração de 2016 abriu exceção sobre o porte do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos, entretanto, há riscos de você ser prejudicado, dependendo da situação. Confira o que diz a Lei Nº 13.281/2016, que alterou algumas regras do Código de Trânsito Brasileiro (CTB):

“Parágrafo único. O porte será dispensado quando, no momento da fiscalização, for possível ter acesso ao devido sistema informatizado para verificar se o veículo está licenciado.”

Ou seja, a lei afirma que, no momento em que o condutor é parado em uma blitz policial, caso o agente de trânsito consiga verificar a situação do licenciamento eletronicamente no sistema, o indivíduo poderá ser dispensado da apresentação do CRLV.

Segunda via documento veículo: quanto custa?

Contudo, contar com a verificação no sistema pode ser um “tiro no escuro”. O indicado é deixá-lo sempre dentro do veículo, de preferência no porta-luvas.

Se for pego dirigindo sem o CRLV, o motorista estará cometendo infração leve, com multa no valor de R$ 88,38 resultando em três pontos na Carteira Nacional de Habilitação.

Já o CRV possui procedimentos parecidos com o CRLV. Todo veículo automotor precisa obter o documento para circular nas vias brasileiras.

Segunda via documento veículo: quanto custa?

Ele está relacionado ao emplacamento. Na prática, o Certificado de Registro de Veículos atesta que o carro está devidamente emplacado, que tem o registro e está cadastrado no Departamento Estadual de Trânsito, o Detran.

Ao adquirir um automóvel zero quilômetro, um dos primeiros procedimentos que o novo dono deve fazer é solicitar o documento. Se não fizer, o mesmo fica impedido de dirigir até que seja solucionado.

Diferentemente do CRLV, o porte do CRV não é obrigatório.

Como faço para solicitar a segunda via do documento do veículo?

Perdeu o documento do seu carro? Foi vítima de roubo ou furto? Confira a seguir o que deve ser feito para solicitar a segunda via ao Detran.

Segunda via documento veículo: quanto custa?

O primeiro passo é abrir um Boletim de Ocorrência (B.O) comunicando sobre a perda do CRLV ou CRV. Antes, não deixe de verificar se ele não está no setor de achados e perdidos do Correios. Basta digitar o seu nome e fazer a busca.

Para emitir a 2ª via do CRLV, você vai precisar apresentar: documento de identificação pessoal (RG), CPF, comprovante de pagamento, todos com original e cópia simples, ainda é necessário o decalque do chassi, CRV, vistoria e o boletim de ocorrência. O Departamento Estadual de Trânsito ou o Ciretran poderão exigir outros documentos como: decalque do motor e CNPJ.

Segunda via documento veículo: quanto custa?

Já para o CRV, o processo é parecido. O proprietário terá de apresentar documento de identificação (RG ou CNH), CPF, comprovante de endereço (com data de até 3 meses anteriores), laudo de vistoria de identificação veicular, formulário Renavam, comprovante de pagamento de débitos e decalque do chassi (deve-se entregar original e cópia simples de todos).

Antes de fazer o pedido da emissão, confira todos os documentos solicitados no portal do Detran do seu estado. Todos eles fornecem o que é preciso e o valores.

Qual o valor para emitir a segunda via do documento do carro?

Segunda via documento veículo: quanto custa?

O Notícias Automotivas apurou no portal do Detran de cada estado os valores para a emissão da 2ª via do CRLV e CRV. O Rio Grande do Norte foi o único estado que não conseguimos fazer a confirmação do preço devido à instabilidade no site, por isso, o indicado é confirmar em uma unidade do Detran.

Os valores variam de estado para estado. Podemos verificar que em algumas regiões são mais em conta como no Amazonas, Amapá, Pernambuco e no Ceará. Já no Rio de Janeiro, São Paulo, Espírito Santo, Pará, Roraima e Santa Catarina o motorista terá que desembolsar mais de R$ 200 para obter a segunda via do documento.

Confira os valores em todos os estados brasileiros:

São Paulo: CRLV: R$ 29,18 | CRV: R$ 204,28
Rio de Janeiro: CRLV / CRV: R$ 144,68 (cada um)
Minas Gerais: CRLV: R$ 28,75 | CRV R$ 176,07
Acre: CRLV: R$ 100,79 | CRV: R$ 93,29 + R$ 46,99 de vistoria
Tocantins: CRLV: R$ 29,71 | CRV: R$ 136,68
Alagoas: CRLV: 160,95 | CRV: R$ 160,95
Distrito Federal: CRLV: R$ 85,00 | CRV: R$ 148,00
Bahia: CRLV: R$ 73,36 | CRV: R$ 73,36
Espírito Santo: CRLV: 136,87 | CRV: R$ 362,70
Santa Catarina: CRLV: R$ 151,06 | CRV: R$ 355,19
Rio Grande do Sul: CRLV: R$ 104,33 | CRV: R$ 75,77 (CRLV + CRV R$ 142,38)
Goiás: CRLV: R$ 44,89 + vistoria | R$ 136,59 + vistoria
Ceará: CRLV: R$ 55,39 | CRV: R$ 55,39
Rio Grande do Norte: não localizamos devido a instabilidade no site.
Mato Grosso: CRLV: R$ 106,63 | CRV: R$ 70,03 (CRLV + CRV: R$ 227,90)
Mato Grosso do Sul: CRLV: 68,92 | R$ 321,74
Paraná: CRLV: R$ 86,50 | CRV: R$ 178,89
Amazonas: CRLV: R$ 38,08 | CRV: R$ 46,90
Maranhão: CRLV: R$ 91,30 | CRV: R$ 129,83
Pernambuco: CRLV: R$ 65,97 | CRV: R$ 81,96
Piauí: CRLV: R$ 68,40 | CRV: R$ 106,02
Rondônia: CRLV: R$ 240,31 | CRV: R$ 240,31
Sergipe: CRLV: R$ 97,39 | CRV: R$ 97,39
Roraima: CRLV: R$ 88,49 | CRV: R$ 223,55
Amapá: CRLV: R$ 39,27 | CRV: R$ 50,49
Pará: CRLV: R$ 207,70 | CRV: R$ 207,70

*Valores conferidos em janeiro de 2019 — sujeitos a atualização pelo próprio Departamento Estadual de Trânsito de cada região.

Segunda via documento veículo: quanto custa?
Nota média 5 de 1 votos

  • CarloAndreiDiniz

    Absurdo isso, o preço cobrado, além da falta da estrutura das polícias, ninguém precisa carregar documento do veiculo nem carteira de motorista isso tinha que estar tudo interligado, cada carro tinha que ter um GPS embutido em baixo do carro, cercamento eletrônico nas cidades, câmeras tinham que fazer essa fiscalização automaticamente gerando multas por velocidade, falta de impostos não pagos, com tanta tecnologia hoje em dia, deixam nós sermos roubados e mortos pela falta de capacidade de planejamento e interesses que não são públicos, nossos governantes estão descaradamente utilizando a máquina pública para seus interesses pessoais e esquecendo o porque foram criados. Um absurdo esse país do geito que está.

  • Junoba

    Já faz 1 ano que estou tentando obter a CNH B. Moro no interior de Minas Gerais, e quem não mora aqui, não faz a ideia da máfia que se instalou dentro da Polícia Civil de MG ( O Detran pertence a PC aqui em MG ). Reprovei 4 vezes no Exame Prático, já gastei cerca de R$5.500 e não vi a CNH ainda. É angustiante, as Autos Escolas só querem nos ferrar, os Examinadores da Polícia Civil reprovam os alunos por qualquer coisa, o dinheiro apenas vai indo para a ralo. É a corrupção generalizada. A Reprovação em algumas cidades Mineiras chega a quase 90% nos Exames Práticos. A PF devia investigar oque esta ocorrendo aqui.

    • No Sul de Minas é assim, a grande maioria tenta umas 8 vezes tirar a CNH antes de passar. Por outro lado, alguns passam de primeira, mostrando que talvez seja um critério muito elevado ao invés de desejo de ganhar propina. Sei disso pois uma vez um cara tentou subornar o policial civil que estava aplicando o exame, saiu do carro da auto escola direto pra viatura, algemado.

      Já pra tirar a carteira D ou E é bem mais fácil, eles pegam menos no pé, quando tirei passei na segunda tentativa, pois na primeira errei mesmo, deixei de dar seta, e outras coisas.

      • Junoba

        Infelizmente eu tive que acertar uma propina pra passar, paguei R$1.500, agora é esperar pra ver se deu certo. Mas é claro, tem que haver um intermediário, não dá pra chegar oferecendo. E acredite, essa PC é uma máfia governamental.

  • Vicente Neto

    Cadê do Estado da Paraíba?

  • kirig

    ter qualquer propriedade hoje é para o estado te extorquir! Normas fascistas!

  • New_Holland

    Eu sem querer lavei uma roupa com meu CRV dentro, da minha moto. Depois que descobri o valor, arrisquei e andei o resto do ano sem o documento!

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email