Chevrolet Pickups Toyota

Pickup Flex: compensa $$$? qual é a mais econômica? vale a pena?

Pickup Flex: compensa $$$? qual é a mais econômica? vale a pena?

Sabemos que as pickups e caminhonetes Flex custam muito menos que as similares a diesel. Mas será que comprar uma picape Flex compensa? Será que vale a pena? Qual delas é a mais econômica?


Bem, para saber isso primeiro temos que separar as picapes em segmentos.

Todos os números de consumo listados aqui são do Inmetro.

O consumo das pickups compactas

Pickup Flex: compensa $$$? qual é a mais econômica? vale a pena?

Primeiro temos as picapes compactas, como Strada, Saveiro e Montana. Elas tem preços que variam entre R$ 45.000 e R$ 80.000 e não tem opção de motor diesel. Sem dúvidas elas tem o consumo menor de todas as picapes, pois são modelos baseados em carros de passeio. A Strada tem base de Palio, a Saveiro tem base de Gol e a Montana tem a base do antigo Agile.

  • A Strada com motor 1.4 tem consumo na cidade de 7,6 km/l com álcool e 10,9 km/l com gasolina. Na estrada ela consome 9,2 km/l com álcool e 13,2 km/l com gasolina.
  • A Saveiro com motor 1.6 tem consumo na cidade de 7,5 km/l com álcool e 10,8 km/l com gasolina. Na estrada ela consome 8,8 km/l com álcool e 12,4 km/l com gasolina.
  • A Montana com motor 1.4 tem consumo na cidade de 7,9 km/l com álcool e 11,7 km/l com gasolina. Na estrada ela consome 9,2 km/l com álcool e 13,4 km/l com gasolina.

Para quem vai carregar pouca carga na caçamba, elas podem ser uma opção a se pensar, primeiro pelo preço menor de aquisição e depois pelo custo bem menor de manutenção, seguro e IPVA.

Passemos para um segmento superior de picapes.

As picapes intermediárias Toro e Oroch

Pickup Flex: compensa $$$? qual é a mais econômica? vale a pena?

Em segmento criado recentemente no Brasil, temos a Fiat Toro e também a Renault Oroch, que foi lançada bem pouco tempo antes do modelo da Fiat. Ambas chegaram ao mercado em 2016. Elas não são robustas como as pickups grandes voltadas para o trabalho, mas já são bem superiores às pickups pequenas que citamos acima.

A Renault Oroch traz como vantagem o tamanho maior que Strada, Saveiro e Montana, e também o preço inferior ao que a Fiat pede pela Toro. Mas como desvantagem não tem motorização diesel, detalhe no qual a Toro é muito superior, pois tem um motor diesel bem moderno, que pode ser ligado a um câmbio automático ótimo de 9 marchas.

  • A Oroch com motor 1.6 Flex tem consumo na cidade de 7,6 km/l com álcool e 11,1 km/l com gasolina. Na estrada ela consome 7,7 km/l com álcool e 11,2 km/l com gasolina.
  • A Toro com motor 1.8 Flex tem consumo na cidade de 6,4 km/l com álcool e 9,6 km/l com gasolina. Na estrada ela consome 7,8 km/l com álcool e 11,2 km/l com gasolina.

Vemos aí que dentre Oroch e Toro, se você tiver intenção de comprar um modelo Flex, terá na Oroch uma picape mais econômica. O motor 1.8 que equipa a Toro é conhecido como beberrão não só nela mas também no Jeep Renegade.

Pickup Flex: compensa $$$? qual é a mais econômica? vale a pena?

Já se a intenção for comprar uma Toro Diesel, você terá um consumo bem melhor, apesar de ter que desembolsar uns R$ 30.000 a mais somente pela motorização. Veja o consumo da Fiat Toro Diesel:

  • A Toro com motor 2.0 Diesel tem consumo na cidade de 10,4 km/l e na estrada de 12,5 km/l.

Em quanto tempo então a Toro diesel passa a compensar mais? Quanto preciso rodar por ano para ter vantagem com a Toro diesel?

Bem, com um preço médio de R$ 4,49 na gasolina e R$ 3,38 no diesel, em julho de 2018, acabamos tendo um custo de rodagem de R$ 0,46 por km com gasolina na Toro 1.8 Flex e de R$ 0,32 com diesel na Toro Diesel. Para quem roda 10.000 km por ano, a economia anual é de apenas R$ 1.400. Rodando 20.000 km a economia passa a R$ 2.800 por ano e com 30.000 km por ano temos R$ 4.200 de economia.

Com certeza é pouco para quem pagou R$ 30.000 a mais pela pickup diesel. Você precisaria rodar 30.000 km por ano por 7 anos para reaver esse dinheiro todo.

Picapes grandes Flex – Hilux, S10, Ranger, etc.

Pickup Flex: compensa $$$? qual é a mais econômica? vale a pena?

O consumo das pickups grandes Flex é bem elevado. Vamos ver o consumo delas:

  • A S10 Flex com motor 2.5 Flex tem consumo na cidade de 5,0 km/l com álcool e 7,4 km/l com gasolina. Na estrada ela consome 6,2 km/l com álcool e 9,0 km/l com gasolina.
  • A Ranger Flex com motor 2.5 Flex tem consumo na cidade de 4,8 km/l com álcool e 6,9 km/l com gasolina. Na estrada ela consome 5,6 km/l com álcool e 8,2 km/l com gasolina.
  • A Hilux Flex com motor 2.7 Flex tem consumo na cidade de 4,8 km/l com álcool e 6,9 km/l com gasolina. Na estrada ela consome 5,6 km/l com álcool e 8,1 km/l com gasolina.

São números desanimadores, sem dúvida. Vamos aos consumos dos mesmos modelos de caminhonetes agora com motor Diesel:

  • A Chevrolet S10 Diesel com motor 2.8 Diesel tem consumo de 8,0 km/l na cidade e 9,2 km/l na estrada.
  • A Ranger Flex com motor 3.2 Diesel tem consumo de 8,5 km/l na cidade e 10,1 km/l na estrada.
  • A Hilux Flex com motor 2.8 Diesel tem consumo de 9,0 km/l na cidade e 10,5 km/l na estrada.

Fazendo os mesmos cálculos que fizemos acima com a Toro, usando os mesmos preços médios de R$ 4,49 na gasolina e R$ 3,38 no diesel, temos um custo de rodagem que fica entre R$ 0,60 e R$ 0,65 por km rodado na cidade, e com o diesel o custo por km fica entre R$ 0,37 e R$ 0,42.

Na estrada o custo das picapes Flex por quilômetro rodado fica entre R$ 0,49 e R$ 0,55. Já as picapes Diesel tem custo entre R$ R$ 0,32 e R$ 0,36.

Para quem roda mais na cidade, é necessário rodar 15.000 km por ano, por 7 anos para conseguir os R$ 30.000 a mais da picape Diesel de volta.

E para quem roda na estrada, precisa rodar 23.000 km por ano por 7 anos para conseguir fazer valer a pena uma pickup Diesel.

Pickup Flex: compensa $$$? qual é a mais econômica? vale a pena?

Moral da história

A moral da história é que caso você rode menos do que 15.000 km por ano (cidade) ou 23.000 km por ano (estrada) ou não queira ficar com a picape por pelo menos 7 anos, pode ser mais interessante ficar com uma pickup Flex mesmo, ao invés de uma diesel.

Para quem roda muito e irá ficar muitos anos com a pickup, a compra da Diesel passa a ser interessante.

Quantos quilômetros para a pickup diesel passar a valer a pena?

Roda muito mais do que isso? Faça o mesmo cálculo mas sem levar em conta os 7 anos citados.

  • A quilometragem para uma Toro Diesel valer a pena é de 210.000 quilômetros.
  • No caso das picapes grandes, estamos falando de 105.000 km rodando na cidade ou 165.000 km rodando na estrada.
  • Caso você rode tanto na cidade quanto na estrada com uma picape grande tipo S10, Ranger ou Hilux, leve em conta uma média entre 105.000 e 165.000, que dá 135.000 km.
Pickup Flex: compensa $$$? qual é a mais econômica? vale a pena?
Nota média 3.7 de 3 votos

  • Bruno
  • Aristeu

    Esqueceu de um detalhe no lance do preço bem maior de um carro a diesel: REVENDA! Quando você vai revender um carro a diesel, o valor continua maior do que a versão a gasolina, logo a economia é tanto na ora da compra, durante o uso e depois com a venda do carro ;)

    • É, ja foi assim, hoje um carro a diesel desvaloriza quase tanto como um a gasolina, ja foi a época em que se vendia uma picape pelo preço de nota fiscal. Hoje, só a título de exemplo, temos Hilux 2008 por 90 mil à vontade na net, seu preço hà 2 anos 127 mil, perder 37 mil em 2 anos, somado a um ipva mais caro, seguro alto, revisões compatíveis com o diesel ( mais caras) …. tem que pensar muito amigo.

  • Tipo de combustível e presença ou não de sistema flex não são as únicas coisas a se levar em conta na hora da compra. Tirando isso, achei interessante a comparação de economia, mostrando que realmente cada carro é um carro.

  • cleber

    Para mim os carros flex só são vantajosos os que tiverem até 2.0 de cilindrada,os demais o alto consumo até desestimula,agora caminhonete de grande porte acho que tem que ser a diesel,pois dependendo do uso e do tempo em que ficar com o veiculo o custo a mais já se paga.

  • Rafael

    Nao adianta fazer calculos desse tipo, pois o valor do diesel e do alcool variam muito de regiao para regiao. em MT por exemplo, onde visivelmente a frota de camionetes é PROPORCIONALMENTE MAIOR maior, temos um preco do alcool em torno de R$1,20, e o Diesel a R$2,15. Ja no RS, o alcool é bem mais caro, o que gera grandes diferenças nesse calculo. Outro erro desse POST foi comparar uma Hilux com uma S-10, que qualquer um que tenha dirigido ou conheça um pouco que seja sobre camionetes sabe a diferença de qualidade.
    Outras diferencas: durabilidade de motor, valor de revenda, valor se seguro, etc.
    Ou seja, essa discussao pode ir muito longe e nao é tao simples e superficial assim. Mas respeito o ponto de vista de cada um.
    Obrigado!

  • abiliocdf

    caramba, tanto conta que deu até dor de cabeça lendo a matéria kkkkk zueiras a parte, bem pensado e calculado, mas o carro a diesel é mais forte e aguenta facilmente 200 a 300 mil km, pois eu mesmo tenho um vectra diesel com 195 mil km rodados, e tem mais 100 mil pela frentre.

    • Como você consegue tirar a documentação do carro???

    • vdssanches

      Como você consegue tirar a documentação do carro??? O_o

    • naum é no brasil naum é???

    • provavelmente é na europa ;D

      oow inveja

  • esqueces-te também de levar em conta q na compra do carro a prestação em 60x e lá vai fumaça, essa comparação de flex com diesel é praticamente irrisória já q vai se gastar menos no dia a dia para abastecer isso compensará o valor a mais pago nas parcelas (claro q depende do quanto a pessoa rodar por mês).

  • Fernando

    Fora o seguro de carro a Diesel que é muito maior que um Flex….a vantagem maior de um carro Diesel é sem dúvida a durabilidade do motor e de suas peças que desgastam menos…

  • Romulo

    Camionete tem que ser a diesel. Preço da revenda não cai tanto. Muitos compram camionete pra usar bastante, então 150mil km voce consegue em 4 anos. Alem da maior autonomia. Poucos compram camionete para uso urbano, até porque é dificil achar uma vaga de estacionamento.

  • 70.000 ou 170.000?????? Acho que teve erro aí!

  • lias 166.666km eu onsigo fazer em menos de um anos.

  • Pra mim a questão é que flex só tem vantagem nos lugares onde o abastecimento de álcool ou gasolina não é constante. Caso contrário, não é vantagem. Em capitais, por exemplo, onde se tem sempre os dois, vantagem mesmo seria ter carro SÓ a álcool e SÓ a gasolina.

  • arthurprs

    Peço desculpas pelo comentário, mas esse post foi um dos piores, se não o pior post que já li do blog.
    Carro é um bem de consumo e não é ciencia, e quanto mais se quer mais se paga (o custo benefício não é nada parecido com uma reta).
    Além disso, que comparação mais porca, comparar só custo/km rodado? E todas as otras diferenças? Afinal, custo/km não está entre as maiores preocupações de quem compra um veiculo desse

  • Marcelo

    Meu Mille 2006 flex faz milagres com o alcool, já com a gasolina nem com reza brava faz 2km/l a mais do que a cana.
    Mesmo na época que o alcool estava por aqui a 2,30 e a gasolina a 2,80 fazendo as contas na ponta do lápis, valia mais a pena o alcool mesmo.

  • Aristeu

    O que eu quis dizer é que Se você compra uma triton flex custa 100 mil, a diesel custa 115mil, depois de 2 anos, a flex vale uns 85mil e a diesel uns 95mil. A diesel continua valendo mais, continua bebendo muito menos, vc economiza e muito nesses 2 anos quando for abastecer, a manutenção é menor… enfim, só vantagem!

    • Errado, vc paga um seguro bem maior, quase o dobro, Ipva mais caro devido ao maior valor venal, revisão do Diesel sempre é mais cara. a Pseudo vantagem no abastecimento ( que ja ficou por aqui co m o flex) e os 15 mil A MAIS que vc pagou no começo, viram prejuízo na hora da venda. Fora que vc poderia ter investido os 15 mil de diferença na hora da compra, transformando-os facilmente em 23 mil em 24 meses, dinheiro esse que faria vc trocar de carro de novo, com sobras. ja no diesel, seriam mais 20 mil de troca, fora Ipva, seguro… Faça as contas, na ponta do lapis vc ve a diferença.

  • Realmente! Um carro monocombustível é sempre mais eficiente que um "flex". Há inumeros testes que comprovam isso…
    Moro em Belo horizonte e pensava igual a você até a chegada da "entresafra" no final do ano passado, onde o preço do álcool chegou a R$2,00. Tenho um carro flex e confesso que fiquei aliviado em poder escolher.

  • Pedro

    Olha, primeiramente esses que acham q pickup diesel não desvaloriza, vai em qualquer site de revenda ou no Webmotors e pesquisa, pode começar pela Hilux mesmo, da “querida” Toyota. Verão que uma pickup de R$ 130K depois de dois anos não pega R$ 100K e somente se tiver bem cuidada e com pouca Km!

    Alem disso, essas pickups hj é para andar na cidade somente. Se vc coloca peso atras dela, ela grita, pula, rebola e fica doida, pois a suspenção foi pensada no conforto, assim como a transmição na rodagem em estrada de asfalto e sem muito peso. Quer trabalhar, ok, pegue uma Ranger ou se tiver $$$ compre uma pickup de verdade com a F-250 ou a RAM, aí sim é pickup para trabalho e peso.

    Só corrigindo, flex não é bom para nenhum tipo de carro. O que deveriamos ter é carros monofluel, com 100% alcool, ou então modernizar o flex e ser mais economico e eficiente, pois ele bebe muito, seja num 1.0 ou em um 3.0!

  • ZECA

    AO HELIO FIGUEREDO , EXISTEM PICAPES MODERNAS A DIESEL QUE CHEGAM FAZER ATE 15 KM/L DE DIESEL , TAMBEM O ALCOOL NAO E MUITA VANTAGEM PORQUE ELE CONTEM MUITAS SUBSTANCIAS QUIMICAS QUE CORROEM OS MOTORES

  • Gilberto

    Boa noite meu caro.

    Realmente sua conta tem fundamento, porém, sou economista, e fazendo a conta no contexto custo beneficio não poderia deixar de frizar que além dos custos de combustivel, tem que ser levado em conta os custos com: seguro, emplacamento, valor do carro, custo de manutenção, além do capital empregado na aquisição de uma pick-up com valor relativamente maior.

    Sendo assim, se você considerar a maquina (DIESEL) realmente, o carro a diesel é mais carro, em desempenho, em economia, para varios tipos de terreno.

    Más se levarmos em conta o custo que será a aquisição desse mimo, bem!!!

    faça as contas direitinho. Além do mais, para quem mora em capital tem ainda a questão do carro adaptado a rodar com gás natural.

    abraços…

  • Exatamente. So esqueceram de citar o valor de revenda. Açem da diferenca em favor do carro a diesel alguem ja tentou vender uma caminhonete flex !!! Casamento para vida toda

  • Roberto

    Isso tudo é muito relativo quanto ao uso, se cara quer uma caminhonete só para ira na padaria a 2 quadras comprar pão, é melhor uma flex !

  • @renatogca

    Esqueceram de um detalhe, querendo ou não FLEX é um motor que nunca funciona na faixa ideal de nenhum combustivel, é uma verdadeira GAMBIARRA BRASILEIRA……

    Mas voltando ao topico, flex em caminhonete é tiro no pé, coisa de caminhonete urbana…..

  • Pickup mesmo é a Toyota Bandeirante!! O resto é Sedan com porta-malas ao relento, rsrsrsrsrsrsrsrs

  • Joselito

    Faço um trecho casa trabalho curto e completamente cheio de semaforos e ladeiras e com muitas trocas de marchas e paradas, sendo que desenvolvo velocidade por no maximo um minuto. o meu stilo faz 5km por L na gasolina nesse trajeto, enquanto no alcool faz 4km por L. Acontece que, em salvador, o alcool nunca chega a 80% ( quatro quintos ) do preco da gasolina, logo gasolina nunca vale a pena pra mim! E na estrada a relacao eh mt semelhante, sendo ainda mais favoravel ao alcool!

  • Jose Augusto

    Olha… Nâo deixa de ser uma verdade…

    Enfim… Quem é que tem coragem de botar uma Hilux no pau das fazendas e sítios por aí?
    Deve ser por isso que tem fama de que não quebra! kkkk!

  • Lago

    …..continuação
    Outras questões importantes na hora da compra:
    O prazer de dirigir flex/diesel.
    A disponibilidade financeira na compra, taxa de juros, comprometimento de percentual da renda.
    Quem tiver interesse de fazer cálculo preciso, substitua os valores ALEATÓRIOS por mais precisos com revendas, seguradoras e sites especializados.

    • heliofig

      E isto não tem preço…

      Se o cara quiser uma L200 Triton Flex e pagar mais de R$100.000, é uma pura questão de gosto, tendo opções a diesel nesta faixa de preço.

  • joão

    Só esquece que lá na outra ponta da hitória, quando for vender ou trocar sua pik-up a etanol perderá não R$ 30.000,00 mas algo próximo de R$ 40.000,00….

  • dga

    Aqui em Goiás o litro do etanol custa R$ 1,13 e o do diesel R$ 1,88, ou seja, de todo o jeito compensa mais o veículo flex. Agora, concordo com alguns, é necessário avaliar o preços dos combustíveis em cada região e fazer as contas.

    • tá me zoando!!! 1,13????

      Porra, no Rio, agora o preço "melhorou" para R$2.00 no alcóol.

  • Nos meus dois carros flex que tive a diferença nunca foi tão pouca assim, ficava em torno de 27% de consumo a mais para o etanol.

  • Helio Figueiredo

    Falou, moçada. Tem muita gente certa aí.

    Só quero esclarecer que a idéia do tema foi discutir a famosa “conta dos 30%” pra saber se vale mais a pena etanol ou gasolina. Aí está exposto o porquê desta conta só valer para carros ou a álcool, ou a gasolina, exclusivamente. Nunca para Flex.

    E vale pra quem já tem o carro, e quer saber que combustível usar, e não é cálculo de viabilidade para quem vai comprar um carro.

    O assunto da Hilux entrou só para ilustrar que, se a Hilux Flex demorar para ser lançada, não vai fazer nem diferença na categoria, porque entre uma Hilux flex de R$70.000 e uma a diesel (qualquer uma), a flex NUNCA vai ser vantajosa. Só a S10, que, como disseram acima, não tem nem comparação com a Hilux.

    Para comprar Hilux, ou vc faz o cálculo de viabilidade com seguros, manutenção, etc, ou vc compra só porque gosta desta ou daquela e pronto!!!

    Um abraço a todos e obrigado pela participação. Críticas são bem-vindas.

  • entendi nada

  • Vinicius

    Realmente ele tem razão, os 30 % nao valem para todos os carros…

    Tive um Classic 0km em 2007 que fazia 5,8km/l com alcool e 8 na gasolina, na cidade,um absurdo.

    Agora estou com um celta 2010 VHCE spirit q nao desligo o ar condicionado por nada, por causa do calor e segurandça aqui no rio de janeiro,e faz 7,7km/l no alcool e 9,5 na gasolina, a diferença não é exata para ambos, os 30 % nesses dois casos esta perdido….

  • Romero Vinicius

    Bem, eu sou muito mais a favor de comprar a gasolina, instalar UM KIT GNV que reduz o IPVA aqui no RJ em 75 %, alem de poluir muito menos… Ja tive varios carros convertidos, andei 150mil KM e o motor nao apresentou nada de errado. Basta colocar um KIT BOM, sem economia na instalaçao, Variador de avanço que possa se ajustado para 15graus de ponto, q o veiculo perde pouca potencia, ainda mais em veiculos com motor grande……….

  • ricardo

    Ainda bem que o Estado considera os tais 30%!!! Isso ajudou a alardear que o preço do álcool estava alto mesmo. Hoje completei o tanque pagando R$1,179 o litro e não mais os R$1,499 de antes. Conclusão, os 30% estão realmente errados – só não contem isso ao Estado.

  • Victor S.

    Na minha opinião compra camionete Flex ao invés de Diesel principalmente por falta de dinheiro. Quem tem condições de pagar R80 paus numa S-10 Diesel 4×4 não deixa de comprar. Flex é uma boa opção pra quem tem na faixa de 60 mil e não quer abrir mão de um carro maior, mais seguro na estrada (apesar de só ter airbag na versão executiva do flex).
    Beber, a flex bebe igual uma pirata. em média 5km / lt na cidade e 7 na rodovia quando tá com o pé bom (na gasolina). No alcool faz 3-4 na cidade e 5-7 na rodovia (depende do pé do sujeito).
    Mas que é um carrão a tal da S-10 flex é. Bonita, robusta e com um ótimo custo benefício se tratando de camionetes.

  • ricardo

    Contra fatos não há argumentos!!! os motores a diesel são melhores em consumo, força e durabilidade, porém dever-se-a vislumbrar o objetivo de cada pessoa como também as peculiaridades acerca dos preços de combustíveis em cada região. Quanto ao custo, sabemos que, referente a ipva, seguro e manutenção, o motor flex é bem mais em conta. Eu acabei de comprar uma S10 flex, hj tem 700Km, ta fazendo na cidade média de 7 e estrada media de 10. No meu caso que não dispunha de dinheiro para comprar uma a Diesel, meu uso não é superior a 2000Km mês, foi a melhor opção. Me atende muito bem. Quanto à cultura brasileira de comprar apenas pick-up a Diesel, isso vai diminuir bastante, tendo em vista o valor alto do diesel s50 bem como a diferença exorbitante de uma carro a Diesel e um Flex. Concluo que a questão determinante da compra de uma pick-up não é o motor sim uma serie de critérios de uso, objetivo, consumo, valor de combustível por região.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email