*Featured Audi Avaliações Hatches

Audi A3 Sportback: sobra carro, faltam equipamentos

novo-audi-a3-sportback-fotos-avaliacao-3-700x466 Audi A3 Sportback: sobra carro, faltam equipamentos

Tá bom, confesso, ando mal acostumado. Assim que me entregaram a chave do A3 Sportback, cheguei perto do carro, coloquei a mão na maçaneta e fiquei esperando o sistema reconhecer a presença e destravar a porta. Nada. Só pude entrar depois de apertar o botão da chave. Só consegui ligar o motor depois de virar a chave (não há botão de ignição), e só consegui manobrar no galpão repleto de Audis caríssimos após prestar muita atenção nos retrovisores. Não há nem sensores de estacionamento nem câmera de ré, no carro de R$ 124.700.



Disse que estava mal acostumado porque recentemente andei no Fusion Titanium. Sei que são carros de categorias e propostas diferentes, um alemão, o outro, mexicano, mas no Ford há tudo isso que citei, e muito mais do que nem citei, por R$ 117.900, incluindo tração integral. Tá legal, o Audi A3 tem várias coisas interessantes, e vamos a elas. Só queria dividir com vocês a ducha de água fria inicial que tomei.

novo-audi-a3-sportback-fotos-avaliacao-4-700x466 Audi A3 Sportback: sobra carro, faltam equipamentos

Como sempre, não dá para falar de Audi (qualquer modelo) sem destacar a dirigibilidade. Assim que saí com o A3 Sportback 1.8 TFSI da concessionária, percebi que os próximos dias seriam bem agradáveis. Pisei e o carro respondeu dentro de minhas (altas) expectativas. O turbo enche rápido. Pisei no freio e a resposta igualmente veio de forma instantânea, parando o carro quase num soco.

Precisei até recalibrar o pé para o modo “freando carro alemão”, para não parar com um tranco muito forte. O motor apagou no semáforo, mostrando que o sistema start-stop estava ali para não transformar a diversão em gasto desnecessário com gasolina. Sei de gente que não aprova o sistema, mas não vejo muita razão para o motor permanecer funcionando enquanto o semáforo está fechado. Particularmente, sou adepto da tecnologia, pois, além de economizar, o silêncio aumenta. Mas não tem problema. Quem não aprova basta desativar o dispositivo no painel.

novo-audi-a3-sportback-fotos-avaliacao-13-700x466 Audi A3 Sportback: sobra carro, faltam equipamentos

Cheio de fôlego

Com motor de 180 cv, o A3 anda tão bem que você pode até aliviar o pé nas ultrapassagens que mesmo assim o modelo corresponde ao que se espera dele. Graças a isso, a economia de combustível é muito boa. Tanto o 1.8 como o 1.4 têm injeção direta, comandos variáveis (admissão e escape), bloco de alumínio e soluções como coletor de escape integrado ao cabeçote. No 1.8, o torque é de 25,5 kgfm, disponível a partir de 1.250 rpm. Isso explica a vivacidade desde as baixas rotações. Mais para a frente, quero compartilhar uma dúvida que tenho em relação ao 1.4. Por enquanto, vamos nos concentrar no 1.8.

A Audi afirma que com as inovações o novo A3 é até 10% mais econômico que o anterior. Obtive média de 7,8 km/l na cidade e 14,0 km/l na estrada, o que considero boas marcas, especialmente para um veículo de respostas tão imediatas.

novo-audi-a3-sportback-fotos-avaliacao-46-700x466 Audi A3 Sportback: sobra carro, faltam equipamentos

Claro que o crédito não é só do bom motor, mas também do câmbio S-tronic, de dupla embreagem e sete marchas. As trocas são rápidas, e deixam o carro de 1.355 kg bem esperto. No modo S, então, ele vira o bicho. A marca divulga 0 a 100 km/h em apenas 7,3 segundos, e máxima de 232 km/h.

As respostas são tão boas que praticamente não senti necessidade de intervir nas trocas de marcha, via borboletas no volante. Às vezes, dependendo do carro (especialmente no caso dos CVT), é preciso recorrer ao expediente de apertar a borboleta do lado esquerdo para acordar o motor, principalmente se você estiver no meio de uma ultrapassagem. No A3, usei as borboletas mais por dever de ofício do que por necessidade.

Estabilidade exemplar

Como era de se esperar, o comportamento dinâmico do carro continua exemplar. A direção eletromecânica é precisa e direta no ponto certo, idem para o acerto da suspensão. O sistema Audi Drive Select permite regulagem do conjunto (direção e respostas do motor) nos modos conforto, economia, dinâmico e automático. É possível ainda fazer regulagens personalizadas, como reações mais imediatas do motor e direção mais leve, por exemplo. Tudo isso via central MMI. Suas escolhas aparecem na tela central.

novo-audi-a3-sportback-fotos-avaliacao-18-700x466 Audi A3 Sportback: sobra carro, faltam equipamentos

A suspensão está bem acertada. Provoquei um pouco o carro na minha pista particular, um circuito sinuoso perto de casa, e ele se comportou muito bem, com pouca inclinação da carroceria e obediência aos comandos. A carroceria foi para onde eu sinalizei, sem reclamar. Nesse caso, não há tração quattro, e a força está no eixo dianteiro, mas o traseiro acompanhou a trajetória sem hesitação. Ponto para a suspensão independente (McPherson na frente, four-link atrás). E ponto também para o diferencial de escorregamento limitado, que corrige pequenos desvios de trajetória freando a roda que estiver derrapando, via ESC (controle de estabilidade). Com isso, a carroceria tende a voltar ao controle do motorista. Os pneus 225/45 R17 Pirelli P7 cantam um pouquinho no limite de aderência, mas também cumprem bem suas atribuições.

Fiz tudo isso para ver como estava a nova plataforma modular MQB, a mesma do Golf. Posso dizer que o resultado é bom, e essa base, além de trazer muita economia de escala ao grupo VW (leia-se lucros), ainda vai dar muitas alegrias aos motoristas. Na frente, o modelo conta com subchassi de alumínio. Além de bastante estável, o A3 também se revelou bem confortável, mesmo sobre asfalto defeituoso.

novo-audi-a3-sportback-fotos-avaliacao-20-700x466 Audi A3 Sportback: sobra carro, faltam equipamentos

Em relação ao A3 anterior, o entre-eixos cresceu 5,8 cm, e agora está em 2,64 m. O eixo dianteiro foi posicionado 4 cm mais para a frente, diminuindo o balanço dianteiro (quanto menos peso depois do eixo dianteiro, melhor o comportamento). E o motor está com 12 graus de inclinação, o que traz benefícios como menor centro de gravidade e capô mais baixo (com ganho também na aerodinâmica).

Mais leve

O interessante é que, embora tenha mudado tanto por baixo, o visual até que não evoluiu tanto assim. Claro que tudo no carro é novo, mas as mudanças são mais uma atualização do que uma revolução visual. As medidas gerais do modelo quase não mudaram: são 4,31 metros de comprimento, 1,78 m de largura e 1,42 m de altura. Mesmo assim, o novo modelo está cerca de 90 kg mais leve, graças – entre outras providências – à utilização de alumínio no capô e nos para-lamas. O uso de aço de alta resistência também permite redução de peso com aumento de rigidez. Mais uma vez, com resultados positivos na dirigibilidade.

novo-audi-a3-sportback-fotos-avaliacao-45-700x1050 Audi A3 Sportback: sobra carro, faltam equipamentos

Por fora, o desenho dos faróis e das lanternas é que entrega que estamos no novo carro. Ambos têm linhas mais retas. Os faróis de xenon estão mais estreitos e têm luzes diurnas de led. A parte inferior do para-choque é mais “bicuda”, reforçando a tendência esportiva do carro. Acompanhando o estilo, as lanternas (também de led) são mais estreitas, e as luzes de freio piscam com maior intensidade em caso de frenagens mais fortes.

Notei uma falha enquanto dava um trato no carro para as fotos: não é possível puxar os braços dos limpadores de para-brisa, porque eles batem no capô. Acho que, com o tempo, isso pode marcar a pintura, tanto dos próprios braços como do capô, principalmente se o pessoal do lava-rápido não for cuidadoso.

Turbinas de avião

Por dentro, a primeira coisa que chama atenção é o estilo clean do painel. O desenho é simples e funcional. Predominam as quatro saídas de ar, em forma de turbina de avião. Quando se vira a chave, uma fina tela de 11 mm de espessura e sete polegadas “nasce” do painel. Ali, no sistema MMI, estão concentrados os comandos de som, ar-condicionado, Bluetooth, ajustes do veículo, etc. A novidade é que o controle rotativo agora recebeu superfície sensível ao toque. Como nos modelos maiores (A8, por exemplo), é possível “escrever” com o dedo o que se deseja, número de telefone ou um endereço, por exemplo.

A posição ao volante é perfeita, e o acabamento é muito bom. O modelo avaliado veio com padrão denominado “3D barvolento”. Traz frisos plásticos no painel que transmitem sensação de profundidade à peça, além de aparência de vidro. O freio de estacionamento agora é eletromecânico, por tecla. No quesito airbags, eles estão na frente, laterais (incluindo de cabeça) e de joelho, para o motorista.

novo-audi-a3-sportback-fotos-avaliacao-27-700x466 Audi A3 Sportback: sobra carro, faltam equipamentos

Outra novidade nesse carro são os bancos revestidos de tecido, e não de couro, como é quase padrão em automóveis nessa faixa de preço. Gostei da padronagem. É moderna e deixa o visual interno mais esportivo. Além disso, ao contrário do couro, esquentam menos no calor e esfriam menos no frio. De quebra, nesse caso, apoiam bem o corpo nas curvas. A versão top de linha, Ambition, vem com ar-condicionado digital de regulagens independentes.

Graças ao maior entre-eixos, há mais espaço no banco de trás. O porta-malas acomoda 380 litros. Para viagens familiares, é um pouco limitado. Nesse caso, acho mais negócio o A3 sedã (porta-malas de 425 litros). O problema é a espera. O importado vem no ano que vem, e o nacional, só em 2015.

novo-audi-a3-sportback-fotos-avaliacao-32-700x466 Audi A3 Sportback: sobra carro, faltam equipamentos

Enfim, gostei do carro, mas acho que o pessoal da Audi tem um problema. Esse carro que me agradou tanto custa R$ 124.300, preço que sobe para R$ 135.200 com sistema de navegação e pintura metálica. Acho caro. A opção 1.4 é mais em conta, e fica abaixo dos R$ 100 mil (R$ 94.700) – uma premissa da Audi, para poder brigar com Mercedes Classe A e BMW Série 1.

Com o A3 Sportback 1.4, ela consegue brigar (em preço), mas corre o risco de apanhar (em desempenho). O Classe A 1.6 tem 156 cv. O BMW 118i, 170 cv. Não é só isso: a VW está trazendo o Golf VII com esse mesmo 1.4, só que na versão de 140 cv. Golf andando mais que Audi e custando menos? Hum, sei não…

novo-audi-a3-sportback-fotos-avaliacao-23-700x466 Audi A3 Sportback: sobra carro, faltam equipamentos

Bom, eles, que são alemães, que se entendam. Eu vou ficar aqui esperando pelo A3 de 122 cv, para ver se ele consegue me surpreender. Surpreenda-me, Audi!

Ficha técnica – Audi A3 Sportback

Motor: A gasolina, dianteiro, transversal, 1.798 cm³, quatro cilindros em linha, com quatro válvulas por cilindro. Com injeção direta de combustível, turbocompressor e comando variável de válvulas. Acelerador eletrônico.

Transmissão: Câmbio automatizado de dupla embreagem com sete marchas à frente e uma a ré. Tração dianteira. Oferece controle eletrônico de tração.

Potência máxima: 180 cv com gasolina a 6.200 rpm.

Torque máximo: 25,5 kgfm entre 1.250 e 5 mil rpm.

Aceleração 0-100 km/h: 7,3 segundos.

Velocidade máxima: 232 km/h.

Diâmetro e curso: 82,5 mm x 84,1 mm. Taxa de compressão: 9,6:1.

Suspensão: Dianteira independente do tipo McPherson, com triângulos inferiores, amortecedores hidráulicos e barra estabilizadora. Traseira independente do tipo Multilink, com molas helicoidais, amortecedores telescópicos hidráulicos e barra estabilizadora. Oferece controle eletrônico de estabilidade.

Pneus: 225/45 R17.

Freios: Discos ventilados na frente e sólidos atrás.

Carroceria: Hatch em monobloco com quatro portas e cinco lugares. Com 4,31 metros de comprimento, 1,78 m de largura, 1,42 m de altura e 2,64 m de distância entre-eixos. Oferece airbags frontais, laterais, de cortina e de joelho.

Peso: 1.355 kg em ordem de marcha.

Capacidade do porta-malas: 365 litros.

Tanque de combustível: 50 litros.

Produção: Ingolstadt, Alemanha.

Lançamento mundial: 2012.

Itens de série: Ar-condicionado dual zone, trio elétrico, direção elétrica, computador de bordo, adaptive cruise control, teto solar elétrico, start/stop, retrovisores eletricamente rebatíveis, retrovisor interno eletrocrômico, sensor de estacionamento com park assist, sensor de chuva e luminosidade.

Opcionais: Pintura metálica e sistema de entretenimento completo com GPS e tela de sete polegadas.

Fotos Fabio Aro

4.0

  • Acho que o A3 ficou pra traz do DS4, Classe A e Serie 1

    • Andrex2501

      Olhando a ficha técnica diretamente no site da Audi alemã, o torque desse carro são de 28,6 kgf.m. Os 25,5 são do 1.4 de 140cv

      • fabioalisson

        Também achei esse número de torque estranho, pois o 1.4 Turbo do Golf tem 25,5 kgfm de torque…

        • marcelpo

          25,5kgfm a 1500rpm

      • Hairton

        O 1.8 teve o torque diminuído pela Audi, por causa do câmbio. Isso foi a explicação que o próprio pessoal da Audi me passou. Por isso os dois aparecem com torque de 25,5 kg.

        • dudumarin

          Hairton, outra correção, você citou no texto que o up! também usa a MQB, mas na verdade o pequeno usa a NSF ou PQ12.

      • Denilson

        Mas a configuração do A3 1.4 que veio para o Brasil foi de 122 cv e com 20,5 kgf.m!

    • Gustavo73

      Será ?!?!
      O Classe A parte de 106 mil chegando a 116 mil reais, e não tem nem GPS. O Série 1 116 i que custa hoje 99950 reais tem bancos em tecido, ar manual 136 cv. e rodas de 16 pol, e bluethooth. O 118i de 110 mil não sabe oque é Xenon e nem GPS. Completo ele Custa 146 mil reais. O DS4 e o Golf por não serem Premium custam menos e oferecem mais. O DS4 custa 99 mil, e o Golf semelhante 95 mil Exclusive + DSG+ teto solar.
      Quanto ao desempenho Classe A de 156 cv, 116i de 136 cv e A3 de 122 cv aceleram de 0/100 em : Classe A 8.3 116i 9.1 A3 1.4 9.3. Velocidade máxima 224/210/203 km-h.
      Fonte :http://www.automobile-catalog.com/auta_cmp2.php

      • renato

        A MB trara em breve o A250 com 211cv que será bem mais negocio..

    • com certeza… estou achando que perde até para o Golf VII

  • rpasini1

    Podem falar que Audi é Audi e aquele blablabla de sempre. Mas pra mim não há justificativa o preço do carro.
    Golf 7 está ai para provar isso, não tem comparação a quantidade de equipamentos que o GTI tem perto desse A3. Principalmente se equipar o Golf com os opcionais.
    E podem falar o que quiserem, mas mesmo se comparado com o fusion titanium a comparação é absurda. São dois carros muito bem construídos, a diferença é que o fusion tem muito mais tecnologia embarcada e com certeza foi utilizado muito mais material para construir o mesmo, o que aumenta o custo do produto.
    Ei Audi, vê se toma vergonha na cara e deixa o preço dos teus produtos pelo menos dentro da realidade nacional, o que já é caro, mas os preços que tu anda cobrando são absurdos.

    • DanielPiccoli

      Por isso que na europa o GOLF compete com o Audi A3.
      Ambos custam a partir da EXATA mesma faixa de preço = 23mil EUR.

      quem duvidar do que estou falando:

      http://www.audi.de
      http://www.vw.de
      e comparem voces mesmos!!

      Só no brasil que a AUDI se coloca num patamar PREMIUM blaster plus super mega ultra com o A3 deles…
      Brasileiro precisa aprender a dar valor ao que paga, dar valor ao preço, e saber olhar para outros mercados, pois é feito de tapado diariamente com essa desculpinha de "premium".

      • rpasini1

        Complementando o que eu disse acima, não tem comparação com Golf GTI e nem com Highline.

        • DanielPiccoli

          Concordo plenamente, o GOLF GTI competiria com um S3, ambos com motores envenenadissimos e te grudam no banco e ai sim, ainda mais "recheados" de zilhoes de acessórios e tecnologia.

          A3 pelado a 120 mil é ridiculo.

          • Wilian Santos

            Margem de lucro a parte, abusiva em tudo neste paiseco, temos que considerar que esse carro, na origem, é quase um popular. Custa relativamente barato por la, mas aqui é sobretaxado e glamurizado como carro de bacana. O carro é bom, mas o custo nazista é culpa nossa.

          • Gustavo73

            O S3 tem 300 cv e tração Quattro. Não compete com o GTI.

            • Rmx_ch

              Esse compete com o GOLF R que deve vir com +- essa cavalaria e também é 4×4.
              Nao se esqueça que na Europa os R32, R sâo os mais fortes dos Golfs ja faz tempo!!!

              • Gustavo73

                Exato!

          • Edson Roberto

            O inexplicavel é o fato do A3 não ofertar muita coisa que a versão anterior ofertava. Além disso, não só o ofertar mas também ser menos completo e se chamar de premium perante o proprio Golf.

      • Zergling

        Nos reviews alemães, o Golf é colocado como um carro superior ao A3 e ao Série 1.

        • Gustavo73

          Eles avaliam o carro e não a marca. Se o Golf oferece mais equipamentos por menos, e tem qualidade parecida. Não será o emblema no volante que decidirá …

      • Gustavo73

        O Audi A3 1.2 de entrada custa 23 mil euros, mas o Golf 1.2 de entrada custa 17 mil. Há uma grande diferença.

    • Enigm4BR

      A Audi é a montadora mais nojenta disponível no Brasil.
      Cobrá 450 mil em um carro que custa 50 mil dólares.
      Em resumo vc mesmo importa, paga todos os impostos e ainda guarda 150 mil reais no bolso

  • matthahne

    Boa matéria, só uma correção a fazer.
    ''Fiz tudo isso para ver como estava a nova plataforma modular MQB, a mesma do Golf, e que também estará no up!''
    O Up! usa uma plataforma chamada NSF (New Small Family) que não é modular.

    • O_Corsario

      Ia comentar o mesmo.

  • Gustavo73
    • pablobmw

      A bmw z4 6 cilindros e bi turbo saiu de linha ?

      • Gustavo73

        Não sei, essa tabela eu peguei aqui mesmo no NA. Mas acho que só estão os modelos que mudaram de preço.

  • Pablo

    Com a chegada do Golf GTi acredito que vai diminuir bastante as vendas de A3, A200 e Serie 1..pelos menos enquanto os preços estiverem parecidos.

  • Eu já fui duas vezes conhecer o novo A3 na concessionária e apesar dessas falhas simples relatadas no início do texto, o carrinho continua sensacional. Ao contrário dos colegas daqui, é justamente a simplicidade extrema que mais me agrada no carro. Painel cheio de volumes, curvas e botõezinhos é para os "nouveau riche" que ainda sentem necessidade de se mostrarem aos outros onde chegou na vida. Infelizmente pouca gente aqui percebe que a limpeza nas formas externas e internas já é uma tendência combinando com o atual padrão de maturidade social e consciência que carro já não é mais símbolo de status. Na verdade é até motivo de chacota e falta de consciência ambiental, mas não aqui no Brasil onde vivemos uma cultura 20 anos atrasada em relação à Europa.

    A sensação que o carro passa é de simplicidade e sofisticação apesar de que alguns materiais de acabamento interiores não acompanhem esse nível (volante forrado em couro sintético e bancos forrados com tecido áspero e barato). Mas é quando saímos de um carro desses que percebemos por que custa tão caro. Mesmo um Fusion recheado de equipamentos continua sendo o mesmo carro grande e barato que sempre fez o gosto das famílias classe média dos EUA. E o novo Golf não desaponta, mas mostra que sempre esteve e sempre estará um nível abaixo da Audi em matéria de sofisticação. Alguns materiais, montagem e técnica de fabricação são inferiores e acabam justificando o preço inferior.

    Considero o Golf o carro do momento. Nada se compara a ele até os 100 mil, mas acima disso tem Audi A3, Mercedes Classe A e a BMW série 1 com sua irresistível tração traseira.

    Um abraço!

    • geoshina

      Concordo contigo se estiver a pensar nessa versão que foi avaliada. Chegou a ver a versão com motor 1.4? Eu sim, e achei que não condiz com que nós esperamos do carro. Justamente os bancos (que são bem simples e menores) e o ar-condicionado.

      Gosto sim dessa simplicidade também. Painéis rebuscados só servem para ajudar a atrapalhar quando estamos dirigindo. Por isso sou fã dos da Volvo (que está melhorando a cada geração) e dos Audi.

      Mas há coisas injustificáveis. Audi BMW, Mercedes, Land Rover e o outras marcas premium devem sempre conter todas as inovações possíveis, além de agregar todas as tecnologias já consagradas e já bem difundidas. O sistema Kessy (do grupo VW) é um desses. Acho sim injustificável esse Audi que beira os 130 mil reais não possuí-lo. O carro definitivamente é um dos melhores do grupo ao qual pertence.

      Dando meu palpite, acho que o valor cobrado por esses Audis da atualidade tem como estratégia vender pouco, mas lucrar muito com cada carro que é vendido. Esse Audi A3 não vale realmente os 130 mil reais. Assim como o Audi A1 não valia os 90 mil reais que eram pedidos aquando do seu lançamento. Talvez por empecilhos e impostos para importar uma grande quantidade, a marca resolveu ter o mesmo lucro bruto vendendo menos carros. E nesse ponto eu acho que eles erram no marketing.
      De qualquer maneira o custo-benefício deste carro para mim já não compensa.

      • Tinha dois: um Sport 1.8T 2 portas e um Sportback 1.4T 4 portas. Não entrei no Sportback. Mas lembro bem que nunca existiu Audi no Brasil com ar condicionado de ajuste manual. Desde o Audi 80 de 1993, passando pelos primeiros A3 que desembarcaram no Brasil em 1996 e no A3 1.6 mais simples de todos, sempre esteve lá o maravilhoso Climatronic até hoje elogiado como um dos melhores do mundo.

        Eu achei os bancos excelentes, ainda que o tecido tenha me decepcionado. É triste mesmo ter de apertar botão na chave para destrancar/trancar porta em um carro de 125 mil em pleno ano de 2013. Também montei esse A3 Sport no site alemão da Audi com exatamente os mesmos equipamentos vendidos aqui com sistema MMi incluso e o preço final ficou em 37.950 Euros ou R$ 113.000. Isso significa que o modelo daqui está apenas 12.000 mais caro que lá e olha que ainda tem o transporte por navio, tropicalização para aceitar nossa gasolina com álcool e mais o pesado imposto de importação.

        O que achei ruim foi que haviam alguns pequenos opcionais que poderiam mudar bastante o conforto, visual e luxo do carro acrescentando apenas 1000 euros a mais: o volante esportivo de base achatada e couro perfurado custava 390 euros a mais e o sistema de partida sem chave, mais 600 euros. A vendedora falou que é possível montar um A3 totalmente personalizado da Alemanha, mas o preço é proibitivo e pensando assim esbarraria nos 155 mil do belo Volvo XC60 2.0T.

        No preço que está, 115 mil básico, o A3 Sport 1.8T é campeão, mas para quem tem 150 mil no bolso a coisa muda de figura.

    • Louis

      Quer dizer que quem compra carro com painel que não seja este de Celta, só quer se mostrar pros vizinhos ? afff…

      • ricpts

        Foi um dos comentários mais bobos que já li no NA, o que ele quer então, que o "nouveau riche" compre um A3 1.8T? kkk

        " Alguns materiais, montagem e técnica de fabricação são inferiores e acabam justificando o preço inferior"

        Como foi dito em um comentário acima, na própria Alemanha o A3 tem preço de partida igual ao do Golf VII, que oferece mais mimos que o Audi. O preço inferior acontece no Brasil, que não é e nunca foi referência em preços. Fui comparar o preço com o Fusion nos EUA, que para mim é o mercado com mais concorrentes e cujos preços podem ser tomados como referência para fim de comparações, lá o A3 nem é vendido… O A4 parte de 33k com o 2.0 TFSI. O Fusion Titanium AWD parte de 32,5k. Quer dizer, se o "Fusion sempre fez o gosto das famílias classe média dos EUA", isso acontece nas versões de entrada. O Fusion TOP, que aqui custa 117k, compete com o A4 em preços, nunca com um A3 sem noção de 124k, só porque a Audi quer. Para mim, comparar o Fusion com esse A3 1.8T é comparar Coca com Dolly. Sem mais.

        • Henrique

          Concordo com você! Pra mim, coisa de "nouveau riche" é comprar carro pelado caro só pela marca.
          A Audi no Brasil é muito, muito mais cara que os concorrentes, que tem o mesmo preço dela no exterior. É ridículo.

          • Gustavo73

            Vc já viu os preços da BMW e MB que concorrem com o A3?!?!

        • Landrutt

          O A3 mais simples na Alemanha, a versão Attraction 1.2 duas portas custa 22.500 euros e vem até com calotas. O Golf com preço parecido, o Highline vendido aqui, custa 23.450…a versão mais simples do aclamado VW custa 17 mil euros.
          http://www.audi.de/content/de/brand/de/neuwagen/ahttp://www.volkswagen.de/de/models/golf_7/konfigurator.html

          • Gustavo73

            O pessoal confunde. O A3 1.8 tem o mesmo preço do Golf GTI na Europa . E o VW sempre oferecerá mais equipamentos. O mesmo acontece com Série 1 e Classe A. Por isso o Golf lá é sempre tão bem avaliado. Oferece mais por menos sem perder em qualidade.

            • Edson Roberto

              E o maior problema no Brasil: O A3 anterior a esse tinham opções bem maiores, como também opções de coloração interna e tipos de banco (couro ou veludo).

              O que fez a Audi cortar as opções? Eu não sei, só sei que isso faz um tremendo mal para o A3. Se fosse eu, eu compraria o Golf sem imaginar que existe um A3, por ser tão caro.

              • Gustavo73

                Concordo plenamente.
                Com o Golf VII por aqui e o Audi por esses valores eu não teria nenhuma dúvida em levar o plebeu.

      • cepereira2006

        Cara, achei que você tinha exagerado quando falou em Celta, daí fui conferir.
        Caramba, você não exagerou em nada, é um painel de Celta mesmo.

        • Louis

          Claro que forcei um pouco, mas que lembra, lembra hahahahaha

          <img src='http://carrosefotos.com/wp-content/uploads/2013/02/celta-2013-pre%C3%A7os-fotos.jpg'&gt;

          • Edson Roberto

            "A saida de ar condicionado do Celta tem aspecto simplista para justamente demonstrar que o carro é compacto, dessa forma ele mostra que os pequenos detalhes mostram que o carro é igual. Entretanto, ter ar condicionado é opcional, porque afinal, as manivelas servem para abrir para receber a calorosa brisa".

            "Motor 1.4 ? Motor 1.6? turbo? Que nada, motor 1.0, para sentir a emoção de pilotar um cambio curto que entrega respostas 'fortes' para o modelo".

      • É bem por aí mesmo!

    • Zergling

      Não tem por que você achar que couro sintético é uma coisa ruim. Todos fabricantes usam. O couro sintético hoje é melhor em absolutamente tudo que o couro natural.

      • zemarreta

        Discordo. Meu carro anterior tinha couro de verdade, e era muito superior à imitação que veio no carro atual. A mesma coisa com meu sofá (couro) e minha poltrona (imitação).
        Aliás, nos carros (bem) mais caros ainda é comum ter couro.

        • Zergling

          Até carros da divisão de luxo da Mercedes estão usando couros artificiais. Claro, os artificiais de boa qualidade.

          Dá uma lida! http://quatrorodas.abril.com.br/reportagens/servi

          • zemarreta

            Cara, me desculpa mas essa reportagem da 4R parece merchan dos fabricantes das imitações. Eu tive um A4 do modelo antigo com o banco de couro, e um chapa tem um novo com a imitação. Desculpa, mas não tem comparação entre os dois, e veja que não estamos falando de uma marca chinesa, mas da Audi!
            Aliás, se eu não tivesse filhos pequenos, que fazem muita sujeita, entre a imitação e um banco de tecido, eu prefiro o de tecido, pois esquenta menos as costas e as pernas. Talvez isso não seja um problema para eles na Europa, mas aqui que é muito quente, acho isso uma das piores características das imitações.

            • Só que sabe o que é um produto de qualidade não cai nesse papo furado de "couro ecológico", um nome bonito para o velho conhecido curvim.

              No A3 2005 daqui de casa também é bancos, volante e manopla do câmbio em couro natural e dá pena comparar com ( acreditem se quiser) o couro sintético da Mercedes E250, de 230 mil reais… é sem comparação!

          • zemarreta

            Aliás, acabo de entrar no configurador da mercedes alemã, e vi que o "básico" do carro que estava configurando (um classe E), é vir com a imitação, mas se vc quiser, pode pagar mais 2.641,80 euros e pegar uma autêntica napa… Ou seja, o couro é visto como uma opção mais cara (e por conseguinte um "upgrade"), mesmo no caso da Mercedes que usa o MB-Tex, que é uma das melhores imitações existentes.

            • Gustavo73

              O Couro sintético por melhor que seja não se compara com o Natural. O pacote do Golf de 15 mil(extremamente caro ) tem o Couro natural.

  • chen

    A duvida enorme,qual melhor?Classe A,BMW serie 1 ou A3?Eu compraria o Class A nessa.Ok,tem o Golf GTI,mas so para quem qr correr,o trio é bem melhor visualmente e para qm busca status num carro de 100k.

    • Gustavo73

      O Golf Gti não entrega só mais desempenho. Ele será sempre mais equipado.O Classe A mesmo o completo não tem GPS e o Série 1 de 99 mil mil tem ar manual, 136 cv, e bluetooth. Para ter equipamentos parecidos com o GTI de 116 mil o Série ! custa 146 mil reais.

    • Filippeyke

      Fui ver o Classe A urban e me decepcionei.
      Na hora que abri a porta, vi um banco de tecido horroroso. Olhei pra cima, não tinha teto solar. Liguei o carro e ligou aquela tela horrível suspensa no painel, que mais parece aqueles tablets chineses com android. Resolução terrível e não tem GPS nem como opcional (só paralelo). Preço, 120 mil. Se for pra ver um desses alemães, o Audi, apesar de escorregar na falta de um sensor de estacionamento (puta enconomia burra do cacete) passa muito mais a sensação de qualidade.

      Mas se for pelo lado racional, o Golf é a melhor opção. Tem mais que esses carros por menos.

  • PedroTelles

    Uma dúvida: Na avaliação o Haírton fala que não tem sensores de estacionamento mas na ficha técnica eles estão lá, junto com o Park Assist.

    O SE está disponível na Ambition?

    • Eu não vi nenhum sensor nos A3. Pode ser daqueles invisíveis que ficam atrás do pára-choque, sei lá. Mas nem perguntei. Não me interesso por isso hehe…

  • Paulo Estevinho

    "Golf andando mais que Audi e custando menos? Hum, sei não…"
    Como se motor fosse tudo.

    • Zergling

      A3 mais capado que Golf e custando mais?
      Como se marca fosse tudo.

      • Enigm4BR

        Disse tudo

      • zemarreta

        Mais capado E andando menos E com a mesma plataforma.

        • Edson Roberto

          Ele tem a favor os materiais construtivos que são superiores ao Golf, mas não justifica o preço pedido no Brasil. Eu iria de Golf sem duvida.

      • ChicoFCarvalho

        Pois é, já deu pra ver que os departamentos de Marketing da VW e da AUDI aqui no Brasil não se reuniram previamente para discutir esses lançamentos. Quero ver como será quando estiverem novamente compartilhando fábrica aqui no Brasil, será que vão continuar com estratégias tão divergentes assim?

        • Gustavo73

          Essa estratégia é a mesma na Europa.

          • ChicoFCarvalho

            Não exatamente. Veja os preços praticados em Portugal por exemplo.
            A3 1.4 122hp STronic 5P = 30.190 euros.
            Golf 1.4 140hp DSG HighLine 5P = 29.684 euros.

            Ou seja, uma distância infinitamente menor do que a praticada aqui (cerca de 20 mil reais a mais)

            • Gustavo73

              Você só se esqueceu que o A3 vem para cá mais completo( chamam pacote Brasil, vários dos itens que são opcionais na Europa ,Xenôn, bancos esportivos etc). Quando coloquei os mesmos equipamentos o Preço subiu para 36.085 euros.
              Fora isso quanto custam seus concorrentes. O Classe a parte de 106 mil sem Xenon e bancos em tecido e couro sintético, completo custa 116 e nem gps tem. O Série 1 116i 136 cv custa 99950 reais e não tem nem xênon, muito menos CMM.

              • ChicoFCarvalho

                Não foi esquecimento, simplesmente eu desconhecia esse tal de "Pacote Brasil". Sendo assim, isso realmente torna a estratégia, aparentemente insensata, semelhante em ambos os mercados. Acho que o erro seja meu de pensar apenas racionalmente. A Audi já percebeu que há muitos consumidores que não pensam assim e se dá ao luxo de vender basicamente o mesmo produto com algumas firulas de acabamento, colocar um motor mais fraco e ainda cobrar bem mais por isso! Como você disse, ela baliza seus preços pela concorrência (BMW e MB) enquanto o grupo VW como um todo, reduz seu custo de produção pela economia de escala, produzindo milhões de unidades do irmão Golf, maximizando suas margens do segmento premium.

                • Gustavo73

                  Se você procurar vídeos de avaliação do A3 ou comparativos em que ele e o Golf sejam avaliados. É comum o questionamento sobre se realmente vale a pena levar o A3 mais caro já que o Golf provavelmente fará o mesmo e mais barato.
                  Fora isso tem a questão do desenho. Não acho o A3 feio, muito pelo contrário. Mas seu desenho parece muito com o Golf VII. Não há nada de muito diferente. A Seat é mais agressiva no desenho do seu hatch médio.
                  E concordo com você, a Audi mantém seu produto ali para quem quer um carro Premium, e ao mesmo tempo isso permite a VW oferecer um hatch médio comum com um nível mais elevado que a média da sua categoria. Beliscando os modelos Premium com um cxb melhor.

  • marcelofalves

    nao consigo gostar deste painel, tirando a parte do velocimetro/contagiros, de resto parece de um carro basico, o golf por exemplo, irmao "pobre" dele, bate ele de longe na minha opinião, inclusive nesse valor de um audi a3, por 125 mil, eu pegaria com certeza um golf gti que ganha em praticamente tudo

    • DanielPiccoli

      é porque ele realmente É um carro basico na europa, vendido a preço de ouro no Brasil…

      Cara, vai no site alemão audi.de, esse A3 é o mais simples, vagabundo e barato da linha deles… é o GOL deles – sem piada.

    • zemarreta

      Concordo. Pode ser que ao vivo tenha um aspecto melhor, mas por fotos, parece coisa de carro de 30-40 mil reais.

  • Marcos

    Tem gente fazendo comparacao desse carro com o Fusion? pelo amor de deus, além de serem de categorias distintas a tecnologia do Audi é bem melhor ao meu ver do que a daFord! Se é pra comparar, coloca o A4 e o Fusion pra ver hahahha sem comentarios, ja andei nos 2 e o A4 é infinitamente mais na mão do que o Fusion quem ja andou e entrou em um sabe o que estou falando!

    • Deixa pra lá. Tem gente que nunca vai conseguir diferencia sofisticação de design bem elaborado com nível de equipamentos. O Fusion pode vir mais equipado que uma Mercedes Classe S de 500 mil que nunca vai superar o A3 (talvez até o A1) em refinamento de projeto e qualidade de constução e materiais.

      Um abraço!

    • Vinicius

      O cara sabe tanto que até errou o modelo do carro.

      • Marcos

        Calma, vou te ajudar. Lê lá! Leu? Leia novamente! Não entendeu meu comentário la de cima? Putz! Realmente voce é um desses que fala fala fala e nem se quer tem a coragem de ir lá e conhecer o carros antes de falar, mas cada um tem sua opnião a minha eu deixei e continuo acreditando nela até que me provem o contrario! Enfim eu fiz essa comparação do A4 com o Fusion pela diferença de "categoria" entre o A3 e o Fusion no qual alguns amigos compararam. Mas se preferir para ficar mais claro ainda, os carros da "AUDI" é infinitamente superior aos da "FORD".

  • Verdades

    Credo!
    Pelado e caro!

    • Gustavo73

      Verdade os outros são mais equipados e baratos.
      Só que não!!!

  • Careca

    Como todo alemão, vai estuprar os fanáticos pela marca com o preço alto, e detalhe já está pelado!

  • BrunoDSDG

    O pessoal aqui deve te algum problema… O AUDI nunca vai ser concorrente da VW já que a AUDI e uma empresa que Pertence a VW

  • Magnus Cordeiro

    Painelzinho porco este heim???125 mil num carro pelado destes por 117 mil compra-se uma C180 0km , ta bom , é categoria diferente , mas a MB é muito mais carro e 9 mil mais barato . . . . .

    • Gustavo73

      Também se compra um A4 Ambition por menos. Só que os 2 serão menos equipados.

  • Marciomaster

    Esse é o exemplo de como não se deve administrar uma Empresa, no caso AUDI.
    Um carro que ja foi referencia, sonho de consumo de muitos, fabricado no Parana lider em pesquisas de satisfação e com vendas expressivas, hoje ainda otimo carro, pelado, caro, importado, sem mimos nenhum, sem apelo e me desculpem, com painel de GOL.
    Se o fusion custasse 160mil, ainda seria melhor negócio que o A3, e o FORD é muito, muito mais carro em todos os aspectos que o alemão.

    • renato

      VC nao conhece nada de carro mesmo…ao menos nao andou em nenhum….o fusion titatinum awd….e muito, mais muiiiiiiiiiiiiiito pior que qualquer alemao desses….inclusive passat etc….balança p tudo q e lado , quando vc freia um pouco mais forte a dianteira afunda….cambio meia boca…..realmente sem compraração….

  • Não vale a pena… caro por conta das argolas na grade… pouco equipamento, mas com mecanica de 1a (melhor levar golf que possue mesma plataforma).
    O que tem me desagradado nos últimos lançamentos é a tendencia dos paineis ficarem retos, sem integração com as portas, tirando a sensação de cockpit, parecem carros dos anos 80… esse audi e o novo corola são exemplos dessa tendencia :/

    • DanielPiccoli

      Concordo com voce… vejo o A1 do meu irmao… e sinceramente eu nao consigo gostar daquele painel reto e simplório dele nem pagando…

  • CanalhaRS

    É, as marcas premium também tem pegadinhas. Modelos que passam a impressão e custam caro, mas que na verdade perdem para vários modelos inferiores. Ou seja, que compra modelo premium básico, paga um extra polpudo pelo status e só leva isso.

  • zeuslinux

    Eu sinceramente acho que botão de partida é uma coisa desnecessária e até perigosa, uma vez que já foi mostrado que vários desses sistemas são vulneráveia a hackers.

    Não sei o que custa colocar a chave no lugar e virar para dar a partida, ainda mais com essas chaves canivete, que nem tem o problema do tamanho no bolso.

    Quanto aos preços do Golf, já vimos que enquanto o carro for novidade e for importado, o ágio rola solto e as versões mais simples não estarão disponíveis (ou não em quantidade suficiente). Já ouvi falarem de concessionárias pedindo 120 mil reais no Golf 1.4 completo…

    O Classe A de entrada também deve estar difícil de achar. As concessionárias praticamente só oferecem a versão top e algumas até com um pequeno ágio (já me pediram 120 mil reais pelo Classe A).

    • Lukoh

      Eu tenho botão de partida no meu Jetta e acho muito prático e confortável.

      • zeuslinux

        Vai ser muito prático e confortável até os bandidos começarem a roubar carros hackeando esse sistema.

        Não posso colocar o link da matéria porque o comentário é deletado automaticamente, mas se procurar pela frease do título no google vai achar o original da matéria.

        Como os hackers podem usar chaves inteligentes para roubar carros

        POR – JUSTIN HYDE – 18 JAN, 2011 – 19:32

        "As chaves eletrônicas atuais usam radio frequência para permitir que os motoristas destravem e deem a partida no veículo, sem precisar colocar a chave no contato ou fechadura. Pesquisadores europeus descobriram que esses sistemas podem ser hackeados, facilitando a vida dos larápios.

        Já falamos antes de hackers que testam os sistemas eletrônicos cada vez mais complexos dentro de carros que geralmente não possuem medidas básicas de segurança. Ainda que várias dessas artimanhas exijam o acesso à conexão de diagnóstico do carro, uma equipe foi capaz de, sem o uso de conexões físicas, disparar alarmes falsos nos sensores de pressão dos pneus.

        A pesquisa da equipe no Instituto Federal de Tecnologia da Suíça se concentrou em um novo ponto fraco; as chaves eletrônicas comuns em carros de luxo e que se popularizam em modelos de massa que permitem que o motorista destrave as portas e dê a partida no carro sem tocar nas chaves eletrônicas. Usando sinais de rádio, o chaveiro e o carro enviam sinais criptografados para o outro por curtas distâncias, e apesar dos pesquisadores sugerirem que as chaves possam ser vulneráveis, ninguém testou a ideia.

        Usando dez modelos emprestados de carros de oito marcas diferentes (sem a ajuda dos fabricantes), a equipe suíça conseguiu destravar e dar a partida em todos os veículos do teste, mostrando que hackear as chaves “é possível”. Seu sistema usou simplesmente duas antenas; uma carregada pelo hacker tentando tomar o veículo, a outra nas proximidades da chave, para amplificar os sinais entre os transmissores e quebrar a autenticação.
        …"

  • danilo

    Gosto e sou fã de Audi. Mais já falei, e um amigo meu deixou de comprar um sportback 1.8, pela falta absurda de equipamentos que são praticamente LEI, OBRIGATORIOS em um carro desse porte e valor.
    Leia-se: Bancos em couro, sensor de estacionamento traseiro (no minimo), keyless partida sem chave e piloto automatico.
    Porra… o A3 8P sportback 2012 e 2013 vinha com bancos dianteiros elétricos, park assit, GPS( aquela tela generica, mas tinha) bancos em couro, piloto automático e custava por volta de 130 mil.
    Agora o novo, no caso do top que seria o sportback 1.8, deveria no minimo vir com os mesmos equipamentos mas alguns mimos, tipo camera de ré e o botão partida sem chave entre outras coisas.

    Não intendo a politica da Audi no Brasil. Só sei que não da muito certo. Só comprar as vendas do A4 com C180 e BMW Serie 3. E pra quem não conhece o A4 é um p#** carro.
    Os modelos 13/13 ambition custavam 132 mil, ai como encalhou estão oferecendo a 117mil e algo me diz que se chegar pagando a vista sai por menos.
    Vai acontecer o mesmo com esse A3, jajá vai ter descontos e vai achar esse carro por 115-110mil.
    O comparativo que mostra a falta de realidade da Audi nos preços fica evidente comparando o A3 sportback 1.4 com o golf gti. Tem o mesmo preço de 95mil. As propostas dos dois são diferentes, mas e dai? Posso levar mais pelo mesmo preço.
    Esquece o GTI, vamos de highline. o DSG com teto, e pacote exclusive custa? 96mil. Pronto! Mesma proposta de carro, mais completo e motor é mais forte.

    Se a Audi não rever os preços e itens dos seus carros, não sei não. Vai ficar dificil. Mesmo eu que sou apaixonado pela marca deixaria de comprar um A3 pra comprar um Golf.

    • GuiCastro

      Só a questão dos bancos de couro que eu tenho que discordar de você. Passa um tempinho em sites de carros europeus, lá carros de alto luxo não necessariamente vem com bancos de couro. Eu, particularmente, prefiro os de tecido.

  • danilo

    ah e respondendo a questão do LIMPADOR DE PARABRISAS

    muitos carros acontecem isso. Pensando nisso existe um truque que poucos sabem. Assim que desligar a chave da ignição é so dar um toque pra baixo na alavanca do limpador que eles sobem e param no vidro na posição vertical, podendo assim levantar as palhetas.

    qualquer carro que puxar e for encostar no capô, pode ir sem medo fazer isso que falei que os limpadores vao parar na vertical pra voce poder tira-los do vidro e lavar sem stress

    • ChicoFCarvalho

      É verdade. A razão para ficarem embutidos é a questão da melhoria aerodinâmica quando não estão em uso. E o "macete" do posicionamento vertical (descrito no manual do carro) tem como razão principal a de evitar o acúmulo de neve sobre os mesmos, obviamente em locais onde isso ocorra. Aqui, normalmente, a única função é permitir que as palhetas sejam afastadas do vidro previamente à lavagem do veículo.

  • laguiar

    Painel "bonitinho cheio de botão" é pra aparecer… e quem compra um carro pelado com painel de Fox só porque é de marca premium é pra que então? Mostrar que é trouxa?
    A necessidade de status social do povo do terceiro mundo é algo que beira o incompreensível.

    • Mario

      esses carros novos não estão vindo com muitos botões devido ao sistema multimídia, que vem com o mouse no console central, e nele você mexe em tudo, o único carro que vem com mais botões no painel são as mercedes que ainda existe o teclado de telefone para fazer ligações mais rápido do que ficar procurando o nome pelo mouse, ´por isso vocês acham muito simples o painel, mas o acabamento é totalmente diferente, e da mercedes classe A é muito melhor que A3 e série 1.

  • 3dimensional

    Belo review! Muito bem escrito e concordei bastante com o conteúdo.
    Realmente um A3 desse preço amarrando nos equipamentos embarcados é de se pensar 2x com o Golf aí.

    • Gustavo73

      Parece que o pessoal tá entendendo agora porque o Golf é tão bem avaliado nos comparativos lá fora. Mesmo contra as 3 Premium Alemãs. Oferece mais por menos, sem perder na qualidade.

      • 3dimensional

        Fato!
        Só não é bom pra quem só enxerga etiqueta pela frente… :-/

  • fabioalisson

    Acredito que deve ser um carro fantástico em esportividade, desempenho, dirigibilidade, economia. Mas sinceramente, 125 mil reais em um carro que não vem com bancos de couro, sensor ou câmera de estacionamento é demais, não dá.

    Gosto é gosto, mas não gostei desse painel, tirando o quadro de instrumentos, olhando para ele só consigo lembrar do Gol.

    • Gustavo73

      A BMW 118 i GP custa 126 mil e também não tem!!
      Na verdade nenhuma versão do Classe A ou do Série 1 tem câmera de ré.

  • Neanderthal_Man

    O GTI fará estrago nesta faixa de hatches permiums de entrada. Não consigo ver nada que justifique a compra de Classe A, Serie 1 ou A3, tendo o GTI a disposição por preços menores.
    E vale lembrar que pode-se colocar um simples chip que joga a potência do GTI para perto de 300cv, e ainda assim custará bem menos que qualquer um do trio alemão.

  • Lukoh

    Pra puxar os braços dos limpadores basta vc dar este comando pela seta, com o carro desligado.

    (um toque pra baixo, com a chave na ignição, mas desligada)

    Daí eles automaticamente se posicionam na vertical e vc evita que eles batam no capô.

    • JoaoMartini

      Ia comentar isso agora.. É igual no Jetta.

    • Hairton

      Não sabia dessa. Obrigado

    • Peugeot 206 de 10 anos atrás já tinha isso.

  • Mario

    Comparar GOLF com A3, Classe A e Série 1 é sacanagem, primeiro, que dentre os 3 premium e mesmo sendo o mais fraco o Classe A sedestaca e muito tanto quanto design acabamento tecnologia, e sendo o carro mais aerodinâmico da sua categoria, falo isso pois olhei todos os carros, andei em todos e optei pelo Classe A, e o GOLF vem a esse preço pois ele não entra na briga dos PREMIUM, igual a comparação do FUSION não é um carro premium não da pra competir com uma C ou A4 ou Série 3 vocês dão muito valor a PERFUMARIA, por traz disso, tem anos a frente em tecnologia de motor, câmbio, suspenção, plataforma e tudo mais. Por mais que no Brasil esses carros são mais caros que lá fora, a tecnologia dos carros estão a frente assim comparados lá fora. Um carro PREMIUM não tem esse nome pelo preço. Parem de falar besteira, vocês ve um carro desse como status, eu vejo como anos luz em tecnologia pois sei como é ter um carro VW, FORD e a comparação entre MB, AUDI e BMW nunca existirá por simples perfumaria de sensor ou botão de partido ou alguns cavalos a mais no motor.

    • Alciderlei

      Mario, entendo seu comentario, mas dizer que segurança é perfumaria? Alerta cruzamento de faixa, alerta de colisão, luz sensor de ponto cego no retrovisor, camera de re com sensor, sensor dianteiro?? tudo isso é apenas perfumaria ? eu já vejo como dispositivos de segurança e nesse quesito quanto mais melhor, ah…acabei esquecendo o park assist, agora faz o seguinte coloque todos esses itens nos carros premium de verdade, Bmw serie 5, mercedes c 250 para cima, audi a6 etc…o preço vai para cima dos 250k, agora vamos a realidade, Classe A, BmW serie 1 e audi a3 NUNCA será premium de verdade, são carros de entrada das referidas marcas premium, leia-se marcas premium pois os carros não são tão premium assim. E achar que está abalando porque tem um A4, BMW serie 3 ou até mesmo um Fusion é sacanagem, são carros bons mas nenhum deles são o verdadeiro Premium. Está é a minha opnião. considero premium não a marca do carro, mas o carro em sim como um todo sito como exemplo: Cayenne, X6, Range Rover Sport, Discovery dentre tantos outros, esses sim são premium!!!

      • Mario

        Ai, você se engana, tudo isso que você esta falando tem numa B200 modelo novo Sport, tive uma na garagem e vendi com 4.000 km rodados, tive XC 60 Dynamic por 160 mil reais, mas você não ta levando em conta que esses carros premium são os de entrada, e não se compara carro premium mesmo de entrada com VW, FORD, FIAT qualquer coisa do tipo devido a quantidade de tecnologia que um carro desse tem escondido pois aqui estão discutindo perfumaria como botão de partida e sensor de estacionamento que por 300 reais você coloca um. Dificilmente você fica atento com alguns desses dispositivos de segurança. Temos uma ML 350 nova e quase não fico de olho nesses dispositivos se não você não dirigi park assist nunca usei na ML 350 e nem na B200 sport que tinha. Na Europa, esses carros de entrada que tanto estão reclamando não tem essa perfumaria e o que conta pra eles e a tecnologia de baixo do capô. Mesma coisa você querer comparar esses Hynday top com bms seria 5 que nem na propaganda enganosa.

        • Alciderlei

          Concordo contigo que a construção de um carro de marca premium é superior em tudo, sem exageros, quesito motor/cambio, acabamento, dirigibilidade e por ai vai, mas eu andei em um Volvo XC60 com esses dispositivos e ajuda muito mesmo, na estrada o volante corrige para o centro da faixa a qualquer leve desvio que se faça do seu percurso, sem colocar em risco a condução, não considero apenas perfumaria… alerta de colisão( Não sei se é esse o nome realmente mas enfim…) onde o carro freia de modo autônomo desde que sua velocidade não ultrapasse os 30 km/h é muito útil na capital no famoso anda e para, agora no que concerne ao botão de partida, sensores de estacionamentos e botões no painel, tenho que concordar que não muda nada o carro, somente purpurina mesmo. E para concluir, não tem como comparar ML 350, Serie 5 e afins com carros de marcas comuns, por mais tecnologia que se crie, o requinte de um carro desses dispensa qualquer comentários…

          • Mario

            Concordo com você, mas por exemplo a questão do sistema de colisão até 30 km/h em cidades grandes ajuda, a MB resolveu isso com o simples sistema HOLD, onde ao você parar totalmente o carro no semáforo por exemplo, você aperta um pouco mais o freio vai acionar o HOLD e aparecer no painel do carro, quando acionado você pode tirar o pé do freio, é como se fosse um freio de mão que você aciona via freio, assim que você da um toque no acelerador o sistema desliga o HOLD e o carro começa andar normalmente, é por isso que eu digo, tem muitas coisas no carro que não são divulgados e mesmo indo a uma concessionária eles não falam muito, só comprando mesmo que na hora da entrega do carro eles vão te explicando a série de equipamentos de segurança e conforto que o carro tem, e a MB não usa o sistema de botão devido a hackers que já foi comprovado e nem chave é, é um sistema eletrônico mas é preciso virar a chave em qualquer modelo, até nos AMG.

    • Marciomaster

      Mario voçe esta certo em partes, deve-se acreditar na capacidade de certas fabricas, que não estão no cunho de preminus com seus novos produtos. A titulo de exemplo uso o fusion que tem mecanica, tração, eletronica da evoque, voçe pode até dizer que a evoque é pé de boi da Land rover, mas a tecnologia embarcada, a mecanica, cambio etc, são dignos dos melhores premiuns do mercado alemão. Outro detalhe são que varios premiuns com pouco passar de tempos se transformaram em micos de mercado pelos varios defeitos apresentados, como antigo A3 Turbo, A4 com cambio multitronic, BMWs 4cc aspirado entre outros, então quem comprou por alto custos esses carros de entrada da ditas marcas premiun, pensando em algo que os olhos não viam, tiveram o desprazer em ter produtos inferiores.

  • shdn2010

    Sinceramente, eu acho que finalmente nosso mercado está começando a ficar cheio de opções melhores que este audi. O carro é bacana, já tive um, mas com certeza hoje em dia eu particularmente acho que um fusion deita e rola em cima do audi.

  • alangregorio87

    Amantes de AUDI não fiquem bravos, mas para mim, esse painel cairia muito bem num gol, alias, até poderia ser de um gol! Eu acho MUITO simples, demais! não me refiro ao console centra, e sim o painel como um todo, se tirar aquela tela dali, parece um carro popular. OBSERVAÇÃO: no visual, não na qualidade, ainda assim, acho muito simples

  • Alciderlei

    Eu estive nesta sexta feira na CSS Audi e a impressão pessoal é que o carro ao vivo é muito mais bonito que por fotos, o acabamento do Audi, destaco portas, bancos, paineis são de excelente qualidade, o porem fica para o Preço, mas é claro que é notável a diferença de construção de um Audi para um hyundai ou um Ford por exemplo, desde as soldas do capo do motor, porta malas, qualidade do acabamento, encaixes porem isso não faz do Audi a 3 um carro premium na minha opnião, agora quando entrei no A6 por curiosidade não preciso nem comentar, é realmente de outro planeta o carro, esse sim considero Premium de verdade. Mas carro é igual mulher, cada um tem um gosto e um tipo preferido então temos que respeitar a opnião de todos…

  • RicLuthor

    Todo mundo aqui gosta de carro, isso é fato, mas muitos fazem comparações sem fundamento.
    O A3 é um carro basicamente de entrada de uma marca premium, o Golf é um carro de médio para top de uma marca popular. Então só por aí, entende-se a falta de equipamentos em um e o recheio no outro. Ambos são do mesmo grupo VW e a marca sabe definir o que é importante em termos de conteúdo para a clientela de cada carro. Enquanto no A3 paga-se pela marca, no Golf você leva pelo mesmo preço muito mais conteúdo e desempenho.

    Comparam o preço do A3 com o Fusion… o Fusion vem do México e não paga os 35% de II, o A3 vem da Alemanha pagando os 35% II e o cliente ainda paga o status da marca, já o Fusion é um Ford (nada contra o carro ou a marca), mas sabemos que muita gente quer o status o glamour.

    O painel do A3 é simplório visualmente, mas isso é uma característica dos designers alemães que seguem o minimalismo… um VW alemão, um BMW, um Mercedes também tem visual minimalista. O que aumenta em termos visíveis é a quantidade de botões e comandos a medida que o modelo é mais caro na escala de valor.

    A Audi era uma empresa bem administrada quando o comando estava sob a família Senna, quando passou a ter gestão própria, em especial quando foi presidida por Paulo Kakinoff, ele quis dar um status aos carros da marca que os mesmos ainda não tinham no país. Nessa época, os Audis ficaram mais caros que BMW e Mercedes e sempre tomavam pau nas vendas, mas para ele, vender pouco cobrando mais era o objetivo.

    • Gustavo73

      Dê uma olhada nos preços do Classe A e Série 1 e na lista de equipamentos e você verá que ele estão na mesma faixa de preços e podem ser até mais pelados.

  • EuMeSmObYmYsElF

    Golf GTI nele..

  • granrs78

    Não dá para negar que qualquer Audi ou concorrentes das marcas premium, são carros excelentes. Mas os preços estão muito fora da realidade, e ainda por cima esses modelos estão devendo e muito em itens " básicos", que qualquer modelo de marcas " normais" oferecem, e custando muito menos que esses modelos "premium".

  • Cristiano

    essa semana recebi um e-mail promocional da concessionária Audi em Belo horizonte oferecendo o 1.8T 2 portas por R$ 105.000

  • Gustavo73

    O A3 está caro?

    Sim 95/105 mil o A3 sportback 1.4 tsi 122cv, A3 1.8 Tsi Sportback 189 cv 125/135 mil (preço maior é com GPS).
    Agora olhem os preços dos concorrentes diretos:

    Classe A 156 cv – 0.8 segundos mais rápido e 20 km mais veloz. (que o 1.4 tsi)
    Style 106 mil – rodas 16" bancos parcialmente em couro,sem Xenon nem leds nem gps. ar dual zone star&stop central MM 5.8"
    Urban 116 mil – rodas 17" bancos em couro sintético xenon leds. Sem GPS nem teto solar.

    Série 1
    116i 136 cv – 0.2 segundos mais rápido e 7 km mais veloz. (que o 1.4 tsi)
    116i -99950 reais rodas 16", bancos em tecido, ar manual, sem central MM só bluetooth.

    118i 170 cv concorre com o A3 1.8 tsi. 7.5 seg 0/100 e vel máx 222 Km/h

    118i básico 110 mil Pacote de Telefonia c/ Bluetooth e USB. Digital. Sistema de som Professional. Volante em Couro c/ Teclas Multifuncionais. Apoio de braço central dianteiro retrátil. Faróis de Neblina. Sensor de Chuva c/ Acionamento automático dos faróis baixos. Função Start/Stop. bancos em tecido

    118i Sport GP 126 mil reias Sistema de Navegação Profissional. Pacote de Conectividade Completo c/ (Internet, BMW Live e BMW Apps). Pacote de Telefonia c/ Bluetooth e USB. Digital. Volante em Couro c/ Teclas Multifuncionais. Sensor de Estacionamento Traseiro .Apoio de braço central dianteiro retrátil. Faróis de Neblina. Sensor de Chuva c/ Acionamento automático dos faróis baixos. bancos em tecido

    118 i Full 146 mil reais Não aparece no configurador, mas teria xenon e bancos em couro

    125 i M (218 cv ) 0/100 6,2 vel max 243.em desempenho concorre com o Golf GTI
    170 mil reis Sistema de Navegação Profissional. Pacote de Conectividade Completo c/ (Internet, BMW Live e BMW Apps). Pacote de Telefonia c/ Bluetooth e USB. Teto Solar em Cristal. Pacote M Sport. Shift Paddle. Ar Condicionado Aut. Digital. Bancos Dianteiros Elétricos. Bancos Dianteiros Esportivos. Volante em Couro c/ Teclas Multifuncionais. Sensor de Estacionamento Traseiro . Faróis Bi-Xenon. Faróis de Neblina. Sensor de Chuva c/ Acionamento automático dos faróis baixos.

    Logo todos são caríssimos.

    Agora se colocarem o plebeu na história .

    Golf+dsg+teto Pacote Elegance 85 mil. Mais equipado que o 116i e o Classe A Style

    Golf+dsg+teto Pacote Exclusive 95 mil. Mais equipado que o Classe A Urban e A3 1.4

    GTI+teto+Exclusive. 115 mil Mais completo e equipado que o A3 1.8 Tsi e 118i Sport GP

    Golf +teto pacote Premium – Apoio lombar no lado do motorista ajustável eletricamente
    Aquecimento dos bancos dianteiros
    Assistente de estacion. "Park Assist" inclusive piloto de estacionamento
    Banco do motorista com ajustes elétricos
    Comando de voz
    Câmera para manobras em marcha a ré "Rear Assist"
    Detector de fadiga
    DVD-player e 2 leitores de cartões de memória
    Faróis de xênon com luz de condução diurna LED, regulagem dinâmica de altura indicador do nível da aguá do lavador
    Função ECO
    Luz de advertência para o nível da água de limpeza
    Regulagem dinâmica do facho do farol com luz dinâmica para trânsito em curvas
    Sistema de navegação "Discover Pro"
    Sistema de som "DYNAUDIO Excite", amplif. digital de 10 canais, subwoofer, 8 alto-falantes, potência total 400 Watt
    Sistema Kessy (acesso ao veículo sem chave e bot`o para partida do motor)
    Sistema limpador dos faróis
    Tomada multimídia MEDIA-IN com cabo adaptador para iPod/iPhone

    Mais completo que todos. 131 Mil reais.

    Sim ele é um plebeu, mas se o titulo de nobreza não é importante para vc ele se torna mais palatável

  • Só a título de informação: montei esse A3 Sport vendido no Brasil através do site alemão da Audi.

    Deu 37.950 Euros lá. Não e barato nem para os alemães.

  • Edson

    Engraçado… pode ser qualquer assunto, pode falar até de moto, que sempre tem o Golf no meio…

  • Mandabala

    É o que mais vende, então mais superfatura, brazuca loves 4p, fica ceho e acaba deixando passar essas falhas e paga.

  • gabriel8520

    Realmente nunca vi mta graça nos carros de base da audi, acho o interior mto simplorio, neste caso eu iria de Classe A ou de 116i

  • Andre

    Na boa, na ordem:

    1o. Volvo V40
    2o. MB A
    3o Audi A3
    4o BMW 1

    Considerando beleza, qualidade, acabamento, motor e segurança. Palavra de quem já testou os 4.

  • isaacfederal

    O problema não é apenas o preço, mas sim o CUSTO/BENEFÍCIO. Nessa faixa de preço coisas como PARK ASSIST, bancos em couro e partida sem chave são praticamente OBRIGATÓRIO

  • PVi Lisboa

    A3 SPB por R$ 125mil sem cruise control, sem sensores, sem câmera de ré, sem GPS, sem isso, sem aquilo…. nem pensar … Paulo Vanderlei Lisboa

  • fernando

    Bom só tenho uma coisa a dizer .
    o carro simplesmente é incrível . motor com resposta imediata . freios excelentes suspensão ajeitada .
    opcionais …
    só que vendo carros importados ..
    e não tem uma que não da pau no cambio ..
    desde as antigas 1.8 T até as novas
    acabei de vender uma 2009 com 70 mil Km ..
    pau no cambio ..
    moral : morri com 8 mil isso que consegui recuperar alguma coisa ..
    então ou o cambio fica melhor ou esquece …
    compra um BMW que a suspensão é mais dura e anda menos …ou mesmo a a 200 ou b200 que é considerada retros ..
    mas muito mais eficientes e confortáveis . sem contar na durabilidade .

  • Marcos Vinícius

    A questão dos braços do limpador de para-brisas e tão antiga que ate o Jetta 2.5 tem isso… Quando se vai lavar o carro vc aciona por dentro do carro para o braço subir e jamais fazer o que você estava fazendo forçando e fazendo pegar no capô.

  • Sinceramente, ao comparar o Classe A, V40 e BMW, o A3 Sportback 1.8 não deve nada, nem em questão de preço se vc botar os pacotes semelhantes na 118i. E em questão de refino, ergonomia, conjunto, o A3 ganha dos demais. Sensor traseiro vc coloca de graça na negociação na CC. Partida por chave é firula. Só o City Safety do V40 que faz falta na faixa de preço. O V40 venderia muito mais se não fosse Volvo. Classe A é carro pra quem compra pelo design. 118 é carro pra quem compra pela tração traseira. O Sportback 1.8 é o melhor hatch das marcas alemãs, as verdadeiras premium.
    Vi um GTI antes de comprar, é bem racional, mas não te cativa como o A3 pessoalmente… E a VOLKS só tá trazendo os pacotes completos. Com certeza na desvalorização em 2 anos, média que troco de carro, perderia muito mais num GTI comprado a 130k do que num A3 comprado a 124k. V40 então nem se fala…

  • Raphael SS

    Já testei o audi a3 e o golf gti também..
    quem ja andou nos dois sabe que os "apetrechos" do golf gti são de fato o que chamam atenção, pois mesmo o audi sendo "Mais pelado" o acabamento e ajuste de carro dele é infinitamente superior.. infinitamente..

    mas é um grande dilema esse.. dificil mesmo

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend