*Featured Avaliações Chevrolet Sedãs

Avaliação: Onix Plus Midnight ganha no visual e perde em conteúdo

Avaliação: Onix Plus Midnight ganha no visual e perde em conteúdo

A General Motors começou bem na estreia de seus novos Onix e Onix Plus, agregando algumas tecnologias por um preço competitivo. Mas este não é o caso do Chevrolet Onix Plus Midnight.


O tempo passou e a dupla da Chevrolet já não é mais a mesma. Não que eles tenham ficado ruins, pelo contrário, continuam bons. O problema é o corte de custos.

Para imprimir um visual atraente ao Onix Plus, a GM deu com uma mão e tirou com a outra. Com detalhes visuais que atraem os olhos na rua, o sedã compacto realmente ficou bonito.

Avaliação: Onix Plus Midnight ganha no visual e perde em conteúdo

Equipado com motor 1.0 Turbo de 116 cavalos e câmbio automático de seis marchas, o Onix Plus Midnight poderia pecar apenas no preço, que é de R$ 81.390.

Contudo, as ausências e a impressão do acabamento, parecem indicar um caminho contrário ao que se esperava. Quer saber por quê?

Por fora…

Avaliação: Onix Plus Midnight ganha no visual e perde em conteúdo

“Todo preto”, como diz a GM, o Chevrolet Onix Plus Midnight aposta na moda da escuridão visual para destacar seu produto e isso rendeu um bom fruto.

Os faróis escurecidos caíram bem com a grade cheia de elementos hexagonais e o “Black Bow Tie” centrado. As luzes diurnas em LED realçam a cara do sedã, mas não há faróis de neblina.

Avaliação: Onix Plus Midnight ganha no visual e perde em conteúdo

As rodas de liga leve aro 16 polegadas exclusivas também são pintadas em preto brilhante. Na traseira, as lanternas permanecem sem alterações, junto da antena barbatana no teto.

Tal como na frente, a gravata da Chevrolet é escurecida, assim como a nomenclatura do produto. O Onix Plus Midnight tem ainda sensor de estacionamento e câmera de ré na tampa.

Por dentro…

Avaliação: Onix Plus Midnight ganha no visual e perde em conteúdo

Se por fora o Chevrolet Onix Plus Midnight parece legal, por dentro, ele corresponde inicialmente ao que se espera, tendo um ambiente escurecido, mas não totalmente.

Teto e colunas continuam com tonalidade clara. Parece que nesse ponto, o termo “esportivado” foi levado a sério. A padronagem interna é a Jet Black.

Avaliação: Onix Plus Midnight ganha no visual e perde em conteúdo

O painel é todo preto, assim como as portas, tendo ainda detalhes em cinza no túnel, maçanetas, alavanca de câmbio e volante que, por sinal, também tem o tal preto brilhante.

Antes de tudo, é bom lembrar que o Onix Plus Midnight é baseado na versão Premier. Voltando aos detalhes, o painel perdeu o acabamento soft, substituído por uma textura preta.

Avaliação: Onix Plus Midnight ganha no visual e perde em conteúdo

O mesmo plástico foi adicionado às portas, onde se apresentava o material mais macio. Por isso, embora o foco seja o preto, a impressão é que o Midnight é baseado num simples LT.

O volante em couro tenta compensar esse detalhe, que deixou o interior bem simples. Os bancos escurecidos tem boa aparência, mas não empolgam.

No console, o ar condicionado manual, no entanto, volta a dar aquele ar de simplicidade neste Onix Premier todo preto.

Avaliação: Onix Plus Midnight ganha no visual e perde em conteúdo

Se as ausências forem contadas, então a coisa desanda de vez.

Quando você entra num Onix Premier – e acredita que o seu seja o mesmo carro do seu vizinho – uma coisa que vai querer saber é da internet. No Midnight, você esquece.

Ele não tem o 4G da Claro e nem o Wi-Fi para alcançar 15 metros com sete aparelhos em mídias sociais, canais de streaming, ou seja lá o que for.

Avaliação: Onix Plus Midnight ganha no visual e perde em conteúdo

Na linha 2021, apenas o Onix Plus Premier completo vem com isso, mas com projeção sem fio para Android Auto e Car Play. Pelo menos estes dois continuam no MyLink do Midnight.

Falando na multimídia, outro que faz falta é o OnStar, retirado da oferta. Ainda assim, sejamos justos, muitos itens do Premier continuam lá.

No volante, piloto automático e limitador de velocidade, assim como sensor crepuscular e a câmera de ré na multimídia. Também tem sensor presencial com partida por botão.

Avaliação: Onix Plus Midnight ganha no visual e perde em conteúdo

A tela do MyLink agora tem 8 polegadas e amplia a visão do entretenimento, que perdeu em conectividade.

No mais, o Onix Plus Midnight tem boa posição de dirigir e espaço atrás bom, com banco bipartido e apoios de cabeça, tendo ainda uma entrada USB.

Avaliação: Onix Plus Midnight ganha no visual e perde em conteúdo

Com 469 litros no porta-malas, o sedã da GM cumpre sua missão de conforto e espaço, sem surpreender, é claro, deixando isso para a parte mecânica.

Por ruas e estradas…

Avaliação: Onix Plus Midnight ganha no visual e perde em conteúdo

Se o visual exterior vai bem, mas o interior depõe contra em acabamento e conteúdo, o Chevrolet Onix Plus Midnight equilibra a coisa com sua mecânica.

Com uma das engenharias que mais trabalham no setor automotivo nacional – após tantos anos de atualizações das jurássicas Famílias I e II – a GM fez um bom trabalho no 1.0 Turbo do Onix.

Avaliação: Onix Plus Midnight ganha no visual e perde em conteúdo

Apesar de ter exagerado na dose logo de início, o que gerou um rápido recall por incêndio ainda antes da entrega da maioria dos carros, o Onix Plus continua a agradar em desempenho.

Ele não está mais fora da realidade, quando parecia ser o 1.2 em vez do 1.0 sob o capô, mas ainda impõe respeito quando o pedal é apertado com vontade.

Tendo 116 cavalos a 5.500 rpm e 16,3 kgfm na gasolina ou 16,8 kgfm no etanol, ambos a 2.000 rpm, o Chevrolet Onix Plus Midnight tem boa saída e força em baixa para ninguém reclamar.

Avaliação: Onix Plus Midnight ganha no visual e perde em conteúdo

O ruído que lembra uma máquina de costura passa quando o giro sobe e se funde com a sensação de força, algo semelhante aos carros 1.0 TSI da VW.

Ainda que o casamento com a caixa automática GF6-3 não seja pleno, como uma feliz relação humana, o conjunto agrada bastante, mesmo com alguns trancos e vacilo nas reduções.

Avaliação: Onix Plus Midnight ganha no visual e perde em conteúdo

Se o mesmo fosse uma caixa CVT, lamentaríamos ver o poder do pequenino de três cilindros ir pelo ralo. Aliás, mesmo não tendo injeção direta, ele anda bem e bebe pouco.

Antes seus números eram impressionantes, mas após o recall, ele amansou em performance e economia.

Na cidade, conseguimos 12,7 km/l, o que não é ruim, ante os 13,4 km/l do pré-recall. Na estrada, porém, ele caiu dos 19,9 km/l para 18,5 km/l. Também não está tão mal.

Avaliação: Onix Plus Midnight ganha no visual e perde em conteúdo

Com giro rápido subindo aos 6.000 rpm, ele tem um bom apetite para andar, mas também para se comportar de forma frugal, girando abaixo de 2.000 rpm e economizando.

Sem sinal de fraqueza, para o dia a dia, o Chevrolet Onix Plus Midnight tem uma receita muito boa, que fará o proprietário evitar um carro aspirado, mais adiante, na troca por um novo.

Avaliação: Onix Plus Midnight ganha no visual e perde em conteúdo

Fazendo ultrapassagens com folga, mesmo cheio – assim como tendo retomada que o GM Família I e II não faria melhor – o 1.0 Turbo do Onix Plus é mais que suficiente para sua proposta.

Rodando a 110 km/h, ele continua em 2.300 rpm, garantindo um bom nível do ruído (de motor). Na condução, a suspensão tem um bom equilíbrio e a direção elétrica é agradável.

Avaliação: Onix Plus Midnight ganha no visual e perde em conteúdo

Os freios atendem bem, assim como a segurança a bordo, onde listamos controle de tração, controle de estabilidade e assistente de partida em rampa.

Para o que ele pode fazer, poderia dispor de paddle shifts no volante “escurecido” em vez do indesejável botão de marchas na alavanca de câmbio.

Em resumo, o Chevrolet Onix Plus Midnight tem um coração pequeno, mas que bate como o de gente grande.

Por você…

Avaliação: Onix Plus Midnight ganha no visual e perde em conteúdo

Então, a GM colocou dois pesos e duas medidas nessa oferta. Por um lado, visual e desempenho agradam. Por outro, acabamento e conectividade desagradam.

E agora? Mesmo com os itens faltantes, o Chevrolet Onix Plus Midnight ainda está na média do mercado. Parece estranho dizer isso, mas é verdade.

Avaliação: Onix Plus Midnight ganha no visual e perde em conteúdo

OnStar e 4G são extras num mercado em que os rivais ainda exaltam Android Auto e CarPlay. No acabamento? Ele não foge à regra geral, mas bem que o Midnight poderia ser o Premier.

Tendo ainda seis airbags de série e todos aqueles itens obrigatórios que conhecemos, o Onix Plus jogou uma pá de cal no Latin NCAP após críticas merecidas à GM.

Avaliação: Onix Plus Midnight ganha no visual e perde em conteúdo

Apesar disso e do fogo, o Onix mudou para melhor e o Plus é o melhor sucessor que o Prisma poderia ter. Contudo, pelo preço sugerido, R$ 1.000 abaixo do Premier, o Midnight não empolga.

Medidas e números…

Ficha Técnica do Chevrolet Onix Plus Midnight 2021

Motor/Transmissão

Número de cilindros – 3 em linha, turbo, flex

Cilindrada – 999 cm³

Potência – 116 cv a 5.500 rpm (gasolina/etanol)

Torque – 16,3/16,8 kgfm a 2.000 rpm (gasolina/etanol)

Transmissão – automática de seis marchas com mudanças manuais na alavanca

Desempenho

Aceleração de 0 a 100 km/h – 10,4 segundos (etanol)

Velocidade máxima – 185 km/h (etanol)

Rotação a 110 km/h – 2.300 rpm

Consumo urbano – 12,7 km/litro (gasolina)

Consumo rodoviário – 18,5 km/litro (gasolina)

Suspensão/Direção

Dianteira – McPherson/Traseira – Eixo de torção

Elétrica

Freios

Discos dianteiros e tambores traseiros com ABS e EDB

Rodas/Pneus

Liga leve aro 16 com pneus 195/55 R16

Dimensões/Pesos/Capacidades

Comprimento – 4.474 mm

Largura – 1.730 mm (sem retrovisores)

Altura – 1.471 mm

Entre-eixos – 2.600 mm

Peso em ordem de marcha – 1.117 kg

Tanque – 44 litros

Porta-malas – 469 litros

Preço: R$ 81.390 (preço base)

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

              Quem somos

              O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por 15 anos. Saiba mais.

              Notícias por email