*Featured Avaliações Sedãs Toyota

Avaliação: Toyota Yaris Sedan tem consumo bom e nível de ruído ruim

Avaliação: Toyota Yaris Sedan tem consumo bom e nível de ruído ruim

Ele chegou com dois rivais para enfrentar. Oriundo do Sudeste Asiático, o Toyota Yaris Sedan agora é nacional e quer tirar o brilho de VW Virtus e Fiat Cronos. Com aspecto elegante e equilibrado em relação ao irmão hatch, este sedã pretende voar alto no país.


Com uma dose bem medida, a Toyota quer emplacar um sedã que não tem pretensões tecnológicas, mecânicas e muito menos estéticas para sobrepujar a concorrência. O Yaris Sedan quer o seu espaço e fidelizar mais clientes para a marca, o que faz bem o Corolla.

Avaliação: Toyota Yaris Sedan tem consumo bom e nível de ruído ruim

Para isso, traz um conjunto econômico, confortável e com o nível de conectividade desejado. Seguindo a linha da GM, o Toyota Yaris não veio para brigar por porta-malas e nem por potência, oferecendo o mesmo 1.5 do Etios pouca coisa mais forte.


Com até 110 cavalos, o Toyota Yaris Sedan não surfa pela “onda dos 128 cavalos” de alguns concorrentes e parte para uma oferta de força mediana, suficiente para o dia a dia. Equipado com CVT, o sedã se mostra um carro econômico e prático. Preço? Nessa versão XLS, nada menos que R$ 79.990. Nisso a Toyota não quis deixar de lado a prática sua e também das rivais…

Avaliação: Toyota Yaris Sedan tem consumo bom e nível de ruído ruim

Por fora….

A Toyota anda imprimindo em muitos dos seus carros um visual mais expressivo para chamar a atenção e o Yaris Sedan não foge à regra. O compacto traz faróis grandes e puxados, cerrando a visão de um produto que quer mesmo impactar.

A grade diminuta na parte superior apenas reforça esse aspecto, que é completado por uma grade enorme que domina quase todo o para-choque. Nele, o Yaris Sedan na versão XLS avaliada, apresenta luzes diurnas em LED (que são vendidas como acessório na rede Toyota) e contornos bem delineados nas laterais, onde estão os faróis de neblina.

Avaliação: Toyota Yaris Sedan tem consumo bom e nível de ruído ruim

Nas laterais, retrovisores com repetidores de direção e rebatimento elétrico, além de maçanetas cromadas. Na traseira, as lanternas em LED apresentam um aspecto visual harmonioso com o conjunto traseiro, que tem porta-malas não muito proeminente.

As rodas de liga leve são de aro 15 polegadas e possuem um design interessante, mesclando preto brilhante e diamante, mas o tamanho das rodas destoa do conjunto, parecendo pequenas demais para o porte do carro. No teto, abertura elétrica na versão top dá um ar de requinte.

Avaliação: Toyota Yaris Sedan tem consumo bom e nível de ruído ruim

Por dentro….

No interior, o Yaris Sedan XLS apresenta um padrão de acabamento interessante, apesar de ter muitas partes plásticas. As texturas são suaves ao toque, mesmo com o revestimento costurado no painel.

O conjunto do painel é bem melhor que aquele visto no Etios, sendo mais tradicional e elegante, mas nada surpreendente. Cumpre sua função de tornar o ambiente agradável. Os instrumentos são de fácil leitura e boa impressão visual, tendo um computador de bordo que faz jus ao nome.

Avaliação: Toyota Yaris Sedan tem consumo bom e nível de ruído ruim

Nele é possível calcular os gastos com combustível durante o mês, dando assim mais noção das despesas em longo prazo, assim como um score com “pódio” para melhor média de consumo. O volante em couro é o mesmo do Etios e possui comandos remotos para mídia e telefonia, já que o piloto automático ainda é a clássica alavanca na coluna de direção. Os paddle shifts são discretos.

O console central tem apliques em cinza e multimídia Toyota Play da Harman com tela de 7 polegadas e diversas funcionalidades, entre elas GPS da TomTom e Waze. A Toyota promete atualização para Android Auto e Car Play. Há também câmera de ré e Bluetooth, mas somente uma entrada USB entre os bancos.

Avaliação: Toyota Yaris Sedan tem consumo bom e nível de ruído ruim

O ar-condicionado automático tem bom visual e garante comodidade, enquanto os porta-copos garantem garrafas pequenas e latas, mas a alavanca do câmbio fica muito em cima quando está na posição P. Falando nela, escada no seletor e possibilidade de trocas manuais.

O interior do Yaris Sedan conta com bom posicionamento dos vidros elétricos (one touch geral) e dos retrovisores, incluindo o já mencionado rebatimento. Há também comandos laterais para controle de estabilidade e ajuste de faróis.

Avaliação: Toyota Yaris Sedan tem consumo bom e nível de ruído ruim

O porta-luvas é bom e tem compartimento lateral separado, bem útil para se colocar um smartphone, por exemplo. Os bancos são confortáveis e apresentam revestimento em couro com boa densidade da espuma, seguram o corpo de forma razoável.

Atrás, o espaço para as pernas é bom e a altura é mediana, podendo-se encostar a cabeça no teto no caso de um adulto de mais de 1,80 m. Há apoio de braço central com porta-copos e todo o conjunto de segurança exigido.

O teto solar elétrico ajuda a mudar um pouco o ambiente bem sóbrio. No caso do porta-malas, sem briga com a concorrência, o Yaris Sedan oferece 473 litros, que são sim suficientes para uma família de tamanho médio, mas para os mais exigentes nesse item, o melhor então é procurar a dupla da Fiat e VW.

Avaliação: Toyota Yaris Sedan tem consumo bom e nível de ruído ruim

Por ruas e estradas….

Seria muito bom em vários aspectos, mas peca em um deles, o que destoa muito da proposta. Afinal, paga-se R$ 80 mil por um carro que quer ser um “mini Corolla”. Mas antes de falarmos dele, vamos ao que interessa, a performance.

O Yaris Sedan não inovou em motorização, mantendo o conhecido 1.5 Dual VVT-i Flex já usado no Etios Sedan, mas recalibrado para ter números um pouco melhores e nesse caso estamos falando de 105 cavalos na gasolina e 110 cavalos no etanol, ambos a 5.600 rpm.

A Toyota também não quis um torque alto demais, e nem teria como com esse propulsor aspirado, por isso ele alcança 14,3 kgfm no primeiro e 14,9 kgfm no segundo combustível. Isso em 4.000 rpm.

Avaliação: Toyota Yaris Sedan tem consumo bom e nível de ruído ruim

Apesar do giro alto, boa parte da força se encontra na faixa de 2.000 rpm, que é onde esse 1.5 é mais agradável em todos os sentidos. Bem disposto, ele é suficiente para um desempenho mais moderado, nada esportivo, mas precisa de 3.000 rpm ou mais para saídas mais animadas e ultrapassagens nem tão exigentes.

Para um uso mais agressivo, o Yaris Sedan mostra que esta não é sua praia. É necessário um giro muito alto, lá na casa dos 5.000 rpm e as respostas são lentas, pois o CVT vai escorregar até que o resultado seja condizente.

Mesmo com trocas manuais, o câmbio mostra que seu foco é a economia e o conforto, não uma pegada mais esperta. Para o perfil de muitos dos clientes da marca, o resultado será agradável em termos de cotidiano, sem exigências adicionais. Os paddle shifts são um recurso mais para ter do que para usar.

Avaliação: Toyota Yaris Sedan tem consumo bom e nível de ruído ruim

Em tudo isso, porém, o consumo é bom. Com gasolina conseguimos 12,3 km/l na cidade e bons 15,4 km/l na estrada. Assim, o Yaris Sedan atende bem quando o assunto é consumo. Com tanque de 45 litros, ele rende teoricamente quase 700 km. Nada mal.

Mas, o que não agrada é o nível de ruído. É alto para a proposta do carro. Até 2.000 rpm, por exemplo, numa condução urbana, ele é extremamente silencioso. Mas, basta qualquer acelerada um pouco mais forte para que o ruído se eleve muito.

Nesse aspecto, a soma de um motor pequeno e aspirado com um isolamento acústico mediano, resulta em um ronco mais presente no habitáculo. Na estrada, a 110 km/h, a rotação se mantém nesse nível, o que é bom, mas também qualquer elevação mínima joga o ponteiro para 3.000 rpm e o ruído vem junto.

Avaliação: Toyota Yaris Sedan tem consumo bom e nível de ruído ruim

Fora isso, o Yaris Sedan cumpre bem sua proposta ao volante, tendo direção firme e agradável. Falta, porém, ajuste em profundidade. Os freios são bem atuantes e garantem equilíbrio nas frenagens fortes e um espaço bem reduzido para parar.

Já a suspensão tem uma calibragem que mescla bem conforto e estabilidade. Mesmo em curvas bem fechadas, o sedã se mostra bem à mão. A traseira tende a puxar um pouco, mas totalmente dentro do esperado.

Avaliação: Toyota Yaris Sedan tem consumo bom e nível de ruído ruim

Em pisos irregularidades, o conjunto filtra uma parte dos buracos e remendos, no geral é suficiente mesmo para regiões onde o pavimento é bem ruim.

O Yaris Sedan mostra, no entanto, uma estranha movimentação de revestimentos de teto e colunas, cujos ruídos pontuais dão a impressão que o carro está recebendo as gotas iniciais de chuva pesada e isso andando em asfalto “bom”. Não há encaixes aparentemente fora do lugar.

Avaliação: Toyota Yaris Sedan tem consumo bom e nível de ruído ruim

Por você….

O Toyota Yaris Sedan XLS é a proposta mais completa do sedã da Toyota, mas custa muito. O valor é o mesmo de um sedã médio como o Corolla de dois ou três anos atrás, mas não oferece o mesmo nível de conforto e desempenho.

Até tem conteúdo para se aproximar dos médios, entre eles retrovisor eletrocrômico, entrada sem chave, botão de partida, sensor de chuva e crepuscular, sete airbags, controles de tração e estabilidade, assistente de partida em rampa, alarme volumétrico e perimétrico, entre outros.

Avaliação: Toyota Yaris Sedan tem consumo bom e nível de ruído ruim

Em termos de performance, o Yaris Sedan XLS bem que poderia ter um propulsor mais potente para exigir menos em condução mais esportiva ou onde se exige força. O nível de ruído precisa melhorar para ser adequado em um carro desse porte e preço. Infelizmente, os sedãs médios saíram da faixa para que estes pequenos tenham mesmo preço, mas conforto inferior.

No geral, a proposta é aceitável para seu segmento, mas é preciso observar a concorrência, em especial o Virtus TSI. O Yaris Sedan oferece algum conteúdo a mais para compensar o desempenho inferior, mas a valorização da Toyota e seu bom pós-venda são argumentos que pesam para muitos.

Medidas e números….

Ficha Técnica do Toyota Yaris Sedan XLS 1.5 CVT 2019

Motor/Transmissão

Número de cilindros – 4 em linha, flex

Cilindrada – 1.496 cm³

Potência – 105/110 cv a 5.600 rpm (gasolina/etanol)

Torque – 14,3/14,9 kgfm a 4.000 rpm (gasolina/etanol)

Transmissão – CVT com trocas manuais na alavanca e no volante

Desempenho

Aceleração de 0 a 100 km/h – 12 segundos (etanol)

Velocidade máxima – 186 km/h (etanol)

Rotação a 110 km/h – 2.000 rpm

Consumo urbano – 12,3 km/litro (gasolina)

Consumo rodoviário – 15,4 km/litro (gasolina)

Suspensão/Direção

Dianteira – McPherson/Traseira – Eixo de torção

Elétrica

Freios

Discos dianteiros e tambores traseiros com ABS e EDB

Rodas/Pneus

Liga leve aro 15 com pneus 185/60 R15

Dimensões/Pesos/Capacidades

Comprimento – 4.425 mm

Largura – 1.730 mm (sem retrovisores)

Altura – 1.490 mm

Entre eixos – 2.550 mm

Peso em ordem de marcha – 1.150 kg

Tanque – 45 litros

Porta-malas – 473 litros

Preço: R$ 79.990 (versão avaliada)

Toyota Yaris Sedan 2019 – Galeria de fotos

Avaliação: Toyota Yaris Sedan tem consumo bom e nível de ruído ruim
Nota média 3.2 de 5 votos

  • Marlon Jean Walecheski

    Piada esse preço!

    • Rafael

      Algum carro hoje não é?

      • Djalma

        Só que esse é acima do que deveria

        • Rafael

          Pior que não… Mesma faixa de preço do Golzão/Voyajao, city e companhia.

          • Diego Amaral

            Só que voyajao entrega mais pelo que cobra.

            • Rafael

              Mais motor só

              • wagner

                Cara nem sou gosto na linha Polo, poróem está completamente enganado. O Virtus oferece mais motor, mais espaço interno, maior porta malas, melhor dirigibilidade e mais segurança. O Yaris é apenas melhor no acabamento, mas como carro é bem inferior ao Virtus e um pouco superior ao Etios que é a sua alma.
                O Yaris só compensa na faixa de preço do Virtus 1.6. Na versão Top de linha não compensa por sua evidente inferioridade técnica.

                • Rarmbrock Pescador Tucunaré

                  virtus se ferro naquela traseira … parece que deram uma apagada na hora de finalizar o projeto…. ate os audi fico com a bundinha esquisita com aquele porta malas….

              • Diego Amaral

                E o maior espaço interno?

                • Rafael

                  Isso é prioridade pra você? Massa! Pra mim não. Prioridade pra mim é item de seguranca e interior que me agrade. Segurança os dois têm, interior só Yaris.

                  • Diego Amaral

                    Yaris nem testado no Crash test foi. Como afirmar que é seguro? E acredito que quem procuro um sedã procura espaço.

                    • Rafael

                      Não foi testado, mas não acredito que vá mal considerando a quantidade de itens de segurança. Mas o Yaris tem espaço suficiente, não preciso carregar uma casa, o que ele oferece atende bem minha família com dois filhos. Mas o que eu estou defendendo e a insistência na crítica das pessoas em coisas quem nem experimentaram. 90% dos criticos de desempenho nunca dirigiram o carro… Criticam o preço quando e igual ou menor que vários concorrentes… Criticam plataforma que isoladamente não quer dizer nada. Uma plataforma pode ser melhor que outra, do Virtus inclusive é, mas isso não quer dizer que a do Yaris eh ruim, plataforma sozinha não faz a dinâmica do carro.

                    • Rafael

                      Além disso, o Etios foi testado e não fez feio. Não foi 5 estrelas, mas não foi mal. Considerando que o Yaris tem mais itens de segurança, acredito que vá bem.

                    • Milton Tavares

                      Como é o desempenho e consumo do seu Yaris sedan? Eu estou pra comprar um modelo, estou meio com medo o hatch 1.3,aí passei a olhar o sedan.

            • Rafael

              Entrega motor a mais… O resto na minha opinião se equipara. Exceto o interior que do Voyajao passa longe de ser algo interessante.

              • wagner

                Cara nem sou gosto na linha Polo, porém está completamente enganado. O Virtus oferece mais motor, mais espaço interno, maior porta malas, melhor dirigibilidade e mais segurança. O Yaris é apenas melhor no acabamento, mas como carro é bem inferior ao Virtus e um pouco superior ao Etios que é a sua alma.
                O Yaris só compensa na faixa de preço do Virtus 1.6. Na versão Top de linha não compensa por sua evidente inferioridade técnica.

              • Verdades sobre o mercado

                Em tecnologia o Polo entrega bem mais(é só comparar os itens). Em dirigibilidade também é superior, basta ver os comparativos já feitos pela imprensa especializada. Yaris ganha apenas no acabamento interno e na versão topo a oferta de 7 air-bags e teto solar.

          • Fabricio Pinho

            Só que o Golzão ou o Voyajão não são carros de categoria de entrada disfarçados. Muito pelo contrário.
            E o Yaris não passa de um Etios por baixo da lataria.

            • matheusguila

              Exatamente, até no tamanho parece um etios encorpado.

            • Rafael

              Não são?? Você acredita mesmo no que está dizendo?? Cara, Polo é carro de entrada em qualquer lugar do mundo, menos no Brasil. Você já entrou num Yaris? Dizer que é um Etios por conta de plataforma compartilhada é ignorancia… Mas enfim.. toquei na ferida da galera criticando o Golzão… O fato é que se eu fosse comprar um carro nessa faixa de preço, certamente o Yaris estaria na lista. Polo pelo seu interior pobre, nao. Interior pra mim conta muito, até porque e lá que eu vou ficar e vou passar algumas horas por dia. Só pra constar, não sou Toyoteiro… Nunca tive toyota.

              • Edson Fernandes

                Depende. Eu creio que vc iria avaliar todos os pontos de um produto e não apenas o interior. Até porque os das versões TSI melhora um pouco. Considerando versões de topo de ambos, aí a coisa melhora para o Polo por conta do painel digital.

                Olha que interessante…. se vc quer um carro mais economico, o Yaris bate na cidade o Polo, já na estrada não. Mas te digo queeu gostei do rodar do Polo, precisaria conhecer o Yaris. Acredito que espaço interno, rodar, powertrain, conforto, itens tecnologicos e de conforto fazem diferença. Segurança ambos são seguros…

                Me assustou ler que o Yaris topo de linha não tem ajuste de profundidade no volante.

                • wagner

                  “Segurança ambos são seguros…” Qual o fundamento para dizer isso?
                  O Polo foi testado pelas novas regras, já o Yaris que utiliza a plataforma do Etios não!
                  E olha que o Etios tirou nota 4 com critérios antigos, imagine agora…

                  • Edson Fernandes

                    Entendo… mas considerando que a Toyota ao colocar 7 air bags no produto, creio que tirará uma boa nota. Não me parece um produto como o Etios feito para ser o mais barato possivel, porque ele é mais equipado que o proprio Etios e muitos modelos compactos do nosso mercado.

                    Mas concordo que precisa ser testado mesmo.

                    • wagner

                      Realmente equipamentos ele tem.

                • Rafael

                  Pra mim interior conta bastante. As versões TSI do Polo melhora com o painel digital que e muito caro. Mas continua sendo um painel extremamente sem graça, padrão VW. O que não entendo é a galera metendo pau na plataforma… Como se uma plataforma nova fosse garantia de carro bom. Plataforma é UM dos itens que determina a dinâmica do carro, não exclusivamente. Dizer isso é dizer que o HRV é um FIT… Quando é na verdade apenas um compartilhamento. Polo tem suas qualidades, mas Yaris também. Defeitos ambos tem também. Fora que a galera fala tanto de desempenho na estrada e 90% nunca coloca o carro na estrada. Só gostam de haterizar a parada… Hoje, na MINHA opiniao o Yaris seria uma opção de compra, Polo não.

                  • Edson Fernandes

                    No meu caso eu invertiria para o que eu vi. Mas preciso conhecer o Yaris.

                    Confesso que se for apenas satisfatório commo é o City eu não iria gostar. Gosto de certa forma de uma sobra de potencia. Fora isso, não sou o cara que gosta de pegar o carro mais potente do porte desses produtos.

                    • Iran Borges

                      Achei o city bem melhor por dentro que o yaris.
                      Fui conhecer o carro e por coincidencia tinha um virtus tsi vendendo na css toyota com 2000km rodados. Depois de entrar no virtus achei o yaris apenas um etios levemente melhorado. Virtus é um produto nitidamente superior. Nessa categoria o yaris seria minha última opção, atrás até mesmo do fiesta sedã.

                    • Edson Fernandes

                      Eu preciso conhecer para ter a minha opinião.

              • Fabricio Pinho

                Existe um mundo de diferença entre carro de entrada europeu, e carro de entrada indiano. Comparar é até sacanagem.
                É se vc realmente acredita que mudando a lataria, e dando um tapa no acabamento, se tem um carro totalmente diferente de um Etios, fazer o quê? Vive de ilusão quem quer. A Fiat faz isso a vida toda, e vende carro com plataforma do Palio até hj. Mas tem gente que é assim mesmo, se botar banco de couro, e uma tela multimídia em uma carroça, a pessoa compra achando a melhor coisa do mundo, porque só consegue entender o que enxerga na frente. Pra mim, compartilhar platarforma, mecânica e motor faz ser o mesmo carro. Porque é isso que faz o carro andar, não é lataria ou o acabamento do painel. Tá cheio de exemplo por aí no mundo disso.

                • Rafael

                  O que não entendo é essa maluquice de que só porque a plataforma foi feita pensando em países emergentes tem obrigação de ser ruim. Yaris não é um projeto ruim. Polo tb não… Mas a existência de um não faz da outra pior. Yaris é seguro e eficiente com seu pequeno motor. Basta isso. Não é a multimidia, simplesmente porque tem o necessário, itens de segurança e plataforma boa. Etios não é um carro ruim, só é feio… Muito feio

                  • Fabricio Pinho

                    Tem obrigação não.
                    Ela é sempre inferior.
                    Todo o projeto, desde o seu começo, é pautado em baixo custo.
                    É esse o fato.
                    O Yaris não é ruim, mas é feito dentro de um projeto de baixo custo. E enchê-lo de equipamentos não muda isso.
                    Existem várias limitações técnicas impostas por baixo custo.
                    Olhe um modelo nacional como o Gol, e compare com um equivalente importado da Europa, ou Japão, ou USA. A diferença é notória.
                    O que a Toyota faz aqui, primeiro com o Etios, e agora com o Yaris, é pegar um carro medíocre (no exato sentido da palavra), e encher de equipamento para disfarçar (enganar) a origem do projeto. Até o modelo no qual ele foi inspirado, o Yaris tailandês é melhor, porque a estrutura dele é própria, e não vem de um carro de uma categoria inferior.
                    Imagina um Polo montado sobre a estrutura de um Gol…

              • Fabricio Pinho

                Existe um mundo de diferença entre carro de entrada europeu, e carro de entrada indiano. Comparar é até sacanagem.
                É se vc realmente acredita que mudando a lataria, e dando um tapa no acabamento, se tem um carro totalmente diferente de um Etios, fazer o quê? Vive de ilusão quem quer.

      • José Barbosa

        Apenas a título de comparação, um 408 é muito mais carro pelo mesmo preço.

        • Rafael

          Armaria, aí já tem que vir pra casamento com bomba?

    • Fabão Rocky

      Só p/ ostentar um Toyota na garagem e q n seje akele indiano feioso, diga-se de passagem, Etios.

    • Franco da Silva

      Pior que deve estar vendendo muito. Já vejo mais dessas coisinhas do que Polo. Daqui a pouco, vai ter mais que Argo na rua… E começou vender “ontem”! O povo adora os japoneses. E agora a Toyota aprendeu com a Honda e começou a cobrar, pelo menos, 10 mil a mais que a concorrência, que já é cara.

      • TchauQueridos

        Pois é, e colou bem colado!

        • Edson Fernandes

          Se o Etios fosse mais bonito, poderia ser vendido super simples, teria feito sucesso antes.

        • wagner

          Isso bem colado na rabeira do ranking de vendas.

      • wagner

        Só vi dois até agora.

      • T1000

        Pois é apesar do preço já estou vendo tanto yaris como virtus e começaram a vender agora!
        Quanto mais caro mais vende!

      • Ernesto

        Já vê mais que o Polo? E daqui a pouco vai ter mais que Argo? Parece até que você não acompanha os números de vendas que o NA divulga aqui…

    • Para o que se tem no mercado… normal. O Virtus top de linha completo bate quase em 89 mil. Está tudo muito absurdo.

  • Carrinho bom, mas custando 10k a mais do que deveria em cada versão, não vale a pena

    • Fabão Rocky

      Só 10k a mais? Bote 20k nisso!

    • Luis Carlos K.

      10k a menos custaria o mesmo do Hb20, carro muito inferior. Nessa categoria já tem o Etios.

      • Marcelo Eugenio

        Inferior em quê exatamente, na sua opinião? Eu só acho o HB20 mais antigo, mas não parei para ver se ele é assim tão inferior.

        • Luis Carlos K.

          Somente 2 airbags, sem controles de estabilidade e tração, sem cinto de 3 pontos atrás, espaço interno e porta-malas menores, câmbio AT antiquado e gastão, sem retrovisor fotocrômico, sem cruise control, sem chave de presença, sem teto solar, sem dupla parábola nos faróis. E muitos outros itens, se for citar aqui…

          • Edson Fernandes

            Dupla parabola tem na versão de topo devido ao farol com foco eliptico (por trás o alto). Mas não tem nem o que pensar.

          • wagner

            Ahhhh, tu julga um carro apenas por equipamentos e não pela base que é montada, aff.

            • Luis Carlos K.

              O que você quer dizer com “base”? Já viu o crash teste do hb20?

        • TchauQueridos

          Se for ver, até o Ka ta mais tecnológico e mais equipado, custando 10k a menos em cada versão, ou té menos….

      • Na verdade meu pensamento foi justamente esse, 10k a menos custaria o mesmo que um HB20, carro não inferior, mas similar a este.

        • TchauQueridos

          Realmente, similar.
          Teria que custar o mesmo que o Ka+.

        • Ernesto

          Similar? Viu os equipamentos de ambos?

          • Comparando justamente 2 versões de valores próximos (concorrentes reais no mercado), visto que o HB20 tem versões simples e completas:

            HB20 1.6 Premium AT – R$ 66k
            Yaris 1.3 XL AT – R$65k

            Valor estimado do seguro(carrosnaweb ):
            HB20: 2896,00
            Yaris: 2952,00

            Velocidade máxima:
            HB20: 190km/h
            Yaris: 170km/h

            0-100km/h:
            HB20: 10,7s
            Yaris: 12,5s

            Torque máximo:
            HB20: 16,5kgfm
            Yaris: : 12,9kgfm

            Consumo Gasolina:
            HB20: 9,9km/l na cidade e 13km/l na estrada
            Yaris: 13km/l na cidade e 14,1km/l na estrada

            Entre-eixos:
            HB20: 2,50m
            Yaris: 2,55m

            Tanque:
            HB20: 50l
            Yaris: 45l

            Porta-malas:
            HB20: 300l
            Yaris: 310l

            Carga útil:
            HB20: 459kg
            Yaris: 440kg

            Freios:
            Ambos dianteiro a disco e tambor traseiro

            Pneus/rodas:
            Ambos de liga 185/60 R15

            ABS:
            Ambos

            Airbags dianteiros:
            Ambos

            Airbags laterais:
            HB20: Sim
            Yaris: Não

            Cinto 3 pontos:
            HB20: para 4 ocupantes
            Yaris: para 5 ocupantes

            Encosto de cabeça:
            HB20: para 4 ocupantes
            Yaris: para 5 ocupantes

            Controle de estabilidade:
            HB20: Não
            Yaris: Sim

            Controle de tração:
            HB20: Não
            Yaris: Sim

            Faróis de neblina:
            Ambos sim

            Repetidores laterais das luzes de direção:
            Ambos sim

            Desembaçador traseiro:
            Ambos sim

            Travamento central de portas:
            Ambos sim

            ISOFIX:
            Ambos sim

            Sensor de ré:
            Ambos sim

            Ar condicionado automático:
            HB20: Sim
            Yaris: Não

            Ajuste do volante em altura:
            Ambos sim

            Controle automático de velocidade:
            HB20: Não
            Yaris: Sim

            Retrovisor rebativei eletricamente:
            HB20: Sim
            Yaris: Não

            Retrovisor interno fotocromico:
            HB20: Não
            Yaris: Sim

            Banco traseiro bipartido:
            HB20: Sim
            Yaris: Não

            Ajuste de altura no banco do motorista:
            Ambos sim

            Abertura interna do porta-malas:
            Ambos sim

            Abertura interna do tanque de comb.:
            Ambos sim

            Luz no porta-malas:
            Ambos sim

            Luz no porta-lubas:
            HB20: Sim
            Yaris: Não

            Multimidia:
            Ambos sim

            TV digital:
            HB20: Sim
            Yaris: Não

            Espelhamento do celular:
            HB20: Sim
            Yaris: Não

            Volante multifuncional:
            Ambos sim

            Computador de bordo:
            Ambos sim

            Termometro da agua do motor:
            HB20: Sim
            Yaris: Não

            Indicador de temperatura externa:
            Ambos sim

            • Somando o sim de cada item, deu 32×27 pro HB20, de 43 pontos analisados.

              Quer dizer que é melhor? Não, depende do uso e necessidade do comprador, mas não há como negar que são equivalentes e que a escolha de cada um vai depender do contexto da compra.

              Quem preferir um pouco mais de espaço e economia de combustível vai escolher o Yaris, quem quiser alguns itens tecnológicos ou potência no motor o HB20. Vai do gosto do freguês.

              O ponto positivo pro HB20 é que tem desconto na negociação, o Yaris ainda não.
              O ponto negativo é que o HB20 vai mudar ano que vem, provavelmente adicionar os itens que faltam como ESP e crescer, bom para quem comprar ano que vem, ruim para quem comprar esse ano pois deve desvalorizar um pouco mais.

            • Ernesto

              Vamos falar do seu comentário: “Na verdade meu pensamento foi justamente esse, 10k a menos custaria o mesmo que um HB20, carro não inferior, mas similar a este”. Partindo do que você falou, a versão que concorreria com o HB20 Premium At de 66K seria o Yaris XLS AT de 77,59K. Reduz aí os 10K do Yaris e ele chega nos 67,59K. Aí então fique à vontade para fazer a comparação.
              Ps.: como pode ver, estou usando somente o seu argumento.

      • wagner

        Etios obviamente é abaixo do HB20, seu concorrente direto em termos de proposta é o Sandero, que julgo possuir um acabamento final de montagem bem melhor que o Etios.
        O Yaris sim é do mesmo nível do HB20.

        • Luis Carlos K.

          Compare o teste de colisão do Etios, Hb20 e Sandero e me diga qual tem mais “base”.

          • Dos 3 o HB20 teve a melhor nota no teste antigo.

            Depois Etios e Sandero similares comparando a pontuação que demonstra melhor a estrutura.

            • Luis Carlos K.

              Ah é? Qual foi a pontuação do Sandero?

    • Felippe2010

      por 60 mil já estaria mais que bem pago

  • Contador

    Carrinho feio da Baixa da Égua!

    • th!nk.t4nk

      Que isso cara. Olha bem a segunda foto: note o tamanho das rodas em relação a carroceria. Não é uma lindeza? :)

      • José Barbosa

        Nem o Toyota não é nem nunca foi um primor de beleza, não vai ser com carros inferiores que a Toyota se destacará.

      • Contador

        Pode colocar a roda que for! Nunca será…….

  • Tosca16

    Sedan vai, o hatch é intragável pra mim…

    • José Barbosa

      Engraçado… outro dia vi o hatch e o achei ainda mais horroroso, especialmente a traseira.

    • Edson Fernandes

      Curioso, acho o hatch mais bonito queo sedan…rs

      E detalhe: Já vi ambos passando por mim e achei pessoalmente o hatch mais interessante…rsrs

      • Tosca16

        Hatch é triste, não que o sedan seja maravilhoso também hehe.

      • Verdades sobre o mercado

        Mesma opinião. Pra ganhar um joinha só faltou rodas 16. Já o sedan não me agradou.

        • Edson Fernandes

          Concordo. E eu achei bonita a cor vermelha. Ao menos até agora dos que eu vi:
          – Preto
          – Branco
          – Prata
          – Vermelho

          Mas as rodas poderiam sim ser 16″. Mas ela quer apelar para o conforto e sabe que isso pode cativar possiveis compradores.

          • Verdades sobre o mercado

            Ainda assim é estranho não ter rodas 16″ na versão topo de linha.

            • Edson Fernandes

              Concordo.

  • Dafomg

    Como qualquer Toyota, menos por mais.

  • FREDRED

    O carro é legal, é tipo um carro Ok na média, agradável.
    Mas esse motor 1.5 não desce, deve ser sofrível a performance desse carro, a matéria achei meio “estranho” enaltecer tanto a “falta de motor que não tem falta”.

    • Rafael

      O motor é suficiente… Assim como o City. Não tem tocada esportiva, passa longe disso.

      • Djalma

        Não é não, vamos ser realistas. Estamos falando de um carro de 80 mil. A bem pouco tempo a Toyota vendia um Corolla por 70 mil e com motor 1.8.

        • Marcelo Eugenio

          De fato, por este preço deveriam no mínimo fornecer um motor bem melhor e acabamento de ótimo nível nesses sedãs projetados para serem de entrada. Esse New Etios topo de linha deveria ter no mínimo o motor 1.8 do Corolla. O mesmo se aplica ao Cobalt, ao City e até ao Virtus, apesar de neste o 1.0 TSI ter torque digno de 2.0 16V.

          • Rafael

            O público que compra esse carro não faz questão…. Não é prioridade. Eu mesmo não deixaria de comprar só pq ele anda menos que um voyajao… Aliás, entre ele e o Virtus, vistus não teria chance com aquele painel medíocre.

            • TchauQueridos

              Se até o Frankestein a Toyota empurrou pros brasileiros, esperar mais oque……

          • Edson Fernandes

            Concordo. Eu imaginava inclusive que as versões seria 1.5 para os de entrada e 1.8 para os de topo ou somente o de topo. Concordoque esse motor é bem insuficiente para uma versão de topo. Não ligo para o City, a Toyota precisa priorizar os produtos dela. Eles precisam ser diferenciados do seu rival direto.

            Pior que esse carro é um dos mais economicos na cidade em relação ao automaticos.

  • kravmaga

    Se fosse de qualquer outra marca, seria duramente criticado por todos. Mais um modelo da marca que vai ser vendido pela marca.

    • Ernesto

      Pelo contrário! Acredito que se fosse de outra marca não teria tantos críticos assim! Hoje a Toyota é uma das marcas mais “odiadas”.

  • Maycon Farias

    Eu gostei muito desse modelo. Entre Cronos, Virtus e Yaris eu ficaria com o Yaris sem dúvida.

    • Wellington Myph13

      Sem dúvida? Caramba.
      Até o XL Plus acho dentro do aceitável (aquele limite do limite), mas XS e XLS achei puxado e Virtus Comfortline de 73mil ou Cronos Precision de 70mil entregam tanto quanto, só devendo em banco de Couro e os mimos de teto solar e rebatimento dos retrovisores da XLS de 80mil…

      • Edson Fernandes

        Sabe qual o problema em relação aos nossos compactos? Nenhum realmente oferta os itens de serie de forma completa. Sempre um falta onde o outro tem. Eu acredito ficar com o Polo, mas é atraente o consumo na cidade.

        • Wellington Myph13

          O pecado do Polo fica no material interno (que pra mim é mais a escolha de cores do que o material) mas de modo geral, ele é o que entrega mais, só faltando mesmo os airbags de cortina pra completar de vez, porque o Comfortline com o Pack já tem de tudo um pouco de conforto e segurança.
          Yaris Sedan custa menos que o Virtus mas o Hatch está mais caro que o Polo…
          O consumo do Polo/Virtus na cidade tem sido muito bom e vários relatos, mas ao mesmo tempo tem vários relatos de consumo maior que de 1.6 na cidade, o que reflete o quanto o motorista precisa se doutrinar ao motor turbo pra conseguir economizar sem sacrificar um desempenho satisfatório sem andar igual vovozinha…

    • Fabricio Pinho

      Pra mim, sem dúvida nenhuma, é o último da lista. Na verdade nem considero em lista. Já acho um absurdo o tanto que a Toyota cobra em um Etios indiano, imagina esse sobre-super-preço nesse Etios 2.

    • Djalma

      Eu nem consideraria isso aí!

    • TchauQueridos

      Pra mim não passa de um Etios reestilizado.
      Por esse preço não passo nem perto!

    • José Barbosa

      Eu iria de 408. A questão seria só se eu pago 5k a mais para ter mimos como teto solar e ar dual zone, ou me contento com a versão mais básica e já poupo 10k para compensar a desvalorização lá na frente.

  • Emygdio Carlos

    R$ 80.000,00 reais?

    Fora seguro, emplacamento, licenciamento, manutenção, depreciação e etc….

    Sai fora!

    • Hugo Leonardo Dos Santos

      depreciação não tem, é toyota, só valoriza ahahaaha

      • T1000

        Aproveite a valorização do IPVA e do seguro entao

        • Hugo Leonardo Dos Santos

          Estou sendo irônico

  • Uislei

    Fui com um amigo fazer o test drive desse carro, o teto tem um caimento tão acentuado, que pessoas acima de 1,80m terão problemas caso peguem carona neste carro. Nisto ele perde para o feioso Etios. Achei legal o casamento do motor 1.5 com o CVT, porém seria melhor usar o 1.8 do Corolla GLI nas versões XS e XLS e deixar o 1.5 para as versões iniciais. Pelo preço da XLS, vejo o Virtus como melhor opção.

  • rafa

    virtus win…

  • Hugo Victor

    Fui na concessionária ver um 1.3 manual de R$59.500. Ao chegar, o susto! Havia um hatch na entrada da loja, emplacado, cor “bege aparelho auditivo” que minha nossa… Além da frente ser bem feia e as rodas pequenas, a cor terminava o conjunto de feiúra.

    Andei um pouco mais apressado pra fugir daquilo e, dentro da loja, o vermelho agradou mais. Exceto o fato da vendedora informar que teria somente o AT e que “se encomendar um 1.3 MT, o prazo da entrega é de 60 dias”.

    Engoli seco e fui ver o carro. O acabamento é ok, a traseira é “diferente” mas o espaço pra cabeça no banco traseiro deixa a desejar. No Hatch, é limite. No sedan, minha cabeça encosta no forro do teto. Minha altura? 1,69m.
    Sai de lá correndo quando ela me falou que o 1.3 AT era R$66.700, 6mil a mais que o MT que ela só teria daqui a dois meses.
    Nem fiquei pra ver o Etios e seu novíssimo câmbio AT de 4 marchas…

    • Marcelo Alves

      Eu prefiro muito mais um Polo 1.6 MT a esse carro aí!!! Pra começar a valer a pena teria que ter versão 1.5 MT e, para quem gosta de câmbio AT, no mínimo opções 1.8 AT desde as versões intermediárias para não se arrastar por aí.

    • TchauQueridos

      E como explicar as css Toyotas sempre cheias com esses produtos medíocres?
      Tem fila de espera até pra entrar na css….

    • Junior EP

      Amigos, não procede a informação que você tendo 1,70 encosta a cabeça no forro ( desconsiderar se você tem o cabelo igual ao dos cantores sertanejos universitários, pois daí só com o teto solar aberto hahaha), tanto nos bancos dianteiros e traseiros, fiz test drive nos dois sedan e hatch. Sugiro que vocês façam o test drive não levem em consideração nossas opiniões na internet hahaha nem a minha que irei passar: minha cidade tem muita subida e ambos fizeram uma boa média, toyota nos ofereceu um test drive generoso andamos uns 25km aqui, andamos no polo, mas minha esposa descartou na hora motivo: acabamento, e o consumo maior que o yaris. Irei ver o cronos e argo.

  • Phantasma

    Quando vi esse carro pensei: “frente e traseira parecem ter vindo de outro modelo” Bingo! Esse malandro foi lançado na Tailândia em 2012, o que temos aqui nada mais é que uma reestilização, gosto é pessoal, eu não acho nada interessante. Acabamento? ainda não vi pessoalmente, mas quem reclama (com razão) do Polo, não vai encontrar nada diferente aí, talvez a aparência dos plásticos e do sintético dos bancos não seja tão ruim quanto no VW. Motor fraco em termos de torque, quem entende do assunto sabe o que isso quer dizer. Enfim, a meu ver é um carro pra quem entende pouco ou não quer dor de cabeça.

    • TchauQueridos

      A Toyota repetiu a receita!
      Trouxe Etios e agora Yaris, produtos de país de 3 mundo, anos depois lançados no br……

    • Edson Fernandes

      Ele é ligeiramente superior porque tem mais pontos onde o toque do corpo tem alguma alcochoado. E também porque os bancos possuem uma especie de carpete tampando os trilhos dos bancos. Mas basicamente a escolha do interior sendo preto, mescla melhor as cores que a combinação Polo/Virtus. Mas no geral, é plastico por todo lado tbm.

  • Cardoso (não aquele)

    Todos que pegam ele falam a mesma coisa: mediano em tudo. Não é essa a definição de “medíocre”?

    • Mambo Ted

      Como todos os Toyotas

    • Klebson Tinoco

      Então, o Corolla é medíocre, porque sempre li que ele é mediano em tudo.

      • Fabricio Pinho

        Isso. E esse não é o problema.
        No mundo todo ele é medíocre e barato. Sendo um bom carro para o uso diário. Por isso é tão vendido.
        Já aqui, por uma confusão na percepção do brasileiro, o Corolla é caro, e ainda mais medíocre que lá fora.
        E se mesmo assim vende muito, a Toyota sente-se livre para cobrar muito por toda a mediocridade que ela comercializa por aqui (Etios e Yaris).

    • Edson Fernandes

      O Corolla segue essa mesma receita. Só que esse parece que resolveu ter um motor aquem do esperado.

  • el punidor

    Medíocre mudou de nome, agora é mediano.

    • Fabricio Pinho

      Medíocre vem de médio. Portanto, mediano.
      O que eu nem concordo. Desde quando projeto indiano de carro de entrada chega a ser mediano?

      • el punidor

        Em português medíocre é usado também como insulto, para fazer referência àquele ou àquilo que tem pouco merecimento, que é ordinário, insignificante. irrelevante, vulgar, pobre. É o que quis dizer sobre esse carro ” mais do mesmo de sempre ” no nosso ridículo mercado .

      • TchauQueridos

        E só lembrando que assim como o Etios, anos depois de ser lançado no 3 mundo, a Toyota trás para o br…..
        Produto de 3 mundo, defasado, atrasado. E brasileiro fazendo fila, e o preço lá na lua……

      • Edson Fernandes

        Desde o momento que vemos que há produtos em nosso mercado até pior que o Yaris.

        E vemos por aí vendendo aos montes. Então até isso não mudar, vamos aceitar qualquer coisa a preço de ouro.

  • Filipo

    Em médio prazo, a Toyota deverá oferecer o atual motor de 1,8L do Corolla no Yaris sedan. Isso após o lançamento da nova geração do Corolla, que perderá tal motorização e ficará apenas com o 2L aperfeiçoado e com uma versão híbrida, que utilizará o motor do atual Prius, só que flex. O preço do Corolla deve aumentar ainda mais e assim sobrará espaço para o Yaris XLS sedan ter apenas a motorização de 1,8L.
    Competirá com Virtus com motor TSi de 1,4L e também com o futuro City, que também deverá ofertar motor de 1,8L.
    Podem escrever! Corolla, Civic e Jetta, que são carros populares em muitos países, aqui serão “crème de la crème”. Já são ultra caros, mas ficarão ainda mais, pois no Brasil, o céu é o limite para os preços.
    Quanto ao Yaris sedan, ainda não o conheci pessoalmente para poder opinar melhor. Parece ser bom carro, mas está com muitos milhares de Reais de sobrepreço. É um carro barato de se fazer, vendido a preço de carro moderno.

  • Feliphe Santos

    Se o Virtus 1.6 automático fosse esse preço… Essa matéria já teria mais de 200 comentários esculachando 😂

    Enfim, o 1.8 do corolla cairia melhor pro Yaris Top, deixava a 1.5 só para as versões de entrada.

    • Ernesto

      Bom, é só ler os comentários e ver que hoje a Toyota é uma das marcas com mais haters. E quanto ao motor 1.8, só ocorrerá se em outros mercados também ocorrer isso.

  • CharlesAle

    Prefiro o virtus…Ou já partir para um hatch médio..

  • Mario Souza

    O de sempre de todo Toyota, o básico com preço absurdo pensando naquela conversa do pos venda.

  • Alexandre Maciel

    Resumo da ópera: é um carro mais ou menos e pode custas 80 mil reais.

  • Ricardo Alexandre da Rocha Bri

    VW Virtus humilha esse Toyota Yaris em tudo que se imaginar. Só Toyoteiro para gostar desses carros chinfrim da Toyota mesmo. Nunca que eu deixaria de comprar um VW Virtus para comprar esse Toyotinha. E é exatamente o que irei fazer. Irei trocar meu Prisma atual, por um belíssimo VW Virtus se Deus quiser.

    • T1000

      Humilha onde meu caro ambos você entra e se depara com o mesmo plástico duro é pouco isolamento acústico.

    • Ernesto

      Pós venda e câmbio CVT eu prefiro do Toyota em relação ao que a VW oferece. Internamente o Yaris também é mais agradável aos olhos.
      Mas acho que iria de Virtus Comfortline por motivos financeiros (tenho cartão de crédito da VW e estou com R$10.000,00 para a compra de um 0Km). Se fosse o contrário (ter um cartão Toyota), iria de Yaris.

  • CanalhaRS

    Ele me pareceu realmente pensado para ser um “mini-Corolla”: outro picolé de xuxu para o tiozão que não pode alcançar um Corolla.

  • Henrique

    Virtus mandou um abraço !!!!!!!!! Tem mais conjunto, refinamento, modernidade e principalmente desempenho, aliás muito mais carro que essa coisa feia ai……….e pelo roubo que Toyota e Honda sempre cobram dos seus carros, não vale !!!!!!!!!!

  • Robert Dniro

    80mil?? Iria de Virtus, oferece quase tudo desse e ainda uma performance melhor no Tsi.

  • Louis

    Como sempre, uma enxurrada de comentários dos haters. Agora a crítica da vez é o motor, sendo que todos falam que é suficiente. Quer mais motor? Compre outro carro.
    Toyota não está nem aí para os pilotos de super trunfo.

    • Fabricio Pinho

      Duas coisas realmente me incomodam nesse carro. E os motores nem são uma delas.
      Primeiro, que ele é muito caro para um Etios remodelado. Com a mesma mecânica, e mesma plataforma, como se justifica esse enorme aumento de preços? Não consigo nem imaginar, já que só por equipamentos, o Etios tinha quase os mesmos.
      A segunda coisa é que normalmente as fabricantes cobram por volta de 4000, 5000 reais por câmbios automáticos em um modelo. Me pergunto o porquê da Toyota estar cobrando uns 6000 reais por um CVT, que é o tipo mais barato de câmbio automático do mercado? Me parece, mais uma vez, a Toyota cobrando caro pelo básico, só porque é dela, como tudo que ela faz aqui no Brail.
      Estas são meus dois grandes incômodos com o Yaris, o qual eu acho aceitável, mas caro pelo que é.

      • Ernesto

        Por curiosidade fui verificar o valor de alguns carros, manual e automático:
        – March SV manual e outro CVT. A diferença é de R$5.500,00.
        – Polo 1.6 manual e outro Automático: Diferença de R$5.500,00
        – Argo 1.8, tanto Precision como HGT manual e automático: Diferença de R$6.000,00.
        Então o valor cobrado da Toyota não está tão fora da realidade, o que está errado é o que você falou sobre o quanto as fabricantes cobram, por volta de 4K ~ 5K.

        • Fabricio Pinho

          Então ainda sobra uma coisa para me incomodar.
          E continua sendo uma coisa grande. Bem maior que o valor do CVT.

    • Heleno

      Perfeita colocação, aqui oque se encontra haters da toyota e amantes da VW. Parece o carblog, rsrsrs…

    • José Barbosa

      Fico pensando este sedan carregado nas serras de MG, em que você tem que dominar a arte da ultrapassagem… Para um motor tão medíocre, podia ir logo de 1.0 ou 0.8 e deixar bem claro que não vai passar nem caminhão.

    • Edson Fernandes

      Acredito que a questão não sejam haters. O fato é o quanto custa e o que oferece. Tem itens de segurança? Sim. Tem itens de conforto? Sim. Tem itens tecnologicos… mais ou menos….

      E vai começando a depor contra uma série de itens que podem faltar nesse. Pra mim o volante não ter ajuste de profundidade é um absurdo.

  • Retrato do Papai

    Meio off, mas acho válido dizer…

    Particularmente acho que bancos de couro é um dos expoentes da cultura de comprar carro por status e para mostrar para o vizinho. Ou sou só eu que acho que é uma aberração ter bancos de couro num país como o nosso, quente e úmido?

    O banco de couro te oferece facilidade de limpeza, e só. Precisa de manutenção periódica, em dias frios ele fica gelado, em dias quentes ele aquece e deixa as costas encharcas de suor, se largar o carro no sol então se prepara pra tratar as hemorroidas. E ainda tem o desconforto de escorregar em curvas, já que o material não favorece o atrito. Dinheiro deveria comprar facilidade de vida e conforto, mas olha quanto malefício só por status.

    Naturalmente cada um tem as suas necessidades, principalmente quem tem filho pequeno ou sofre com problemas respiratórios, mas mesmo que eu me encaixasse nesses dois casos eu ainda iria preferir um bom banco de tecido bem limpo (e se a criança derramar líquido ou mesmo vomitar, basta levar a uma boa empresa para limpar).

    Eu mesmo conheço gente que tem bancos de couro no carro só para se exibir, inclusive um deles vai bastante à praia e, para não sofrer com o calor, usa aquela capa de bolinhas típica de tiozão hahaha. E o mais engraçado é que em casa nenhum deles tem sofá de couro (será que é porque não dá pra mostrar o sofá pra todo mundo que nem o banco do carro?).

    • Marcelo Eugenio

      Concordo totalmente contigo! Detesto esse maldito gosto dos brasileiros bregas pela combinação de carro preto com interior preto em couro sintético num país cujo território enfrenta na maior parte do ano um calor de 30 graus para cima.

    • Diego

      Eu gosto de bancos em couro, mas teu argumento é válido.

    • th!nk.t4nk

      Eu já falei disso aqui, concordo e digo mais: se for pra ser couro, tem opçoes sintéticas excelentes hoje em dia (até superiores ao couro natural em diversos aspectos). Essa loucura pelo couro legítimo vem de muito tempo, porque é associada com “coisa de rico” mesmo. Se for pensar na usabilidade, tem um monte de opçoes melhores no mercado (pena que nem sempre ofereçam como opçao). E pro Brasil, como falaram o tecido é mais adequado, por ser bem mais fresco.

    • Edson Fernandes

      Bem vamos apontar certos detalhes do couro que podem melhorar esses pontos.

      Bancos em couro podem ter esse comportamento que vc disse de tempoeratura, mas se o mesmo é perfurado (e realmente funciona essa função), vc não fica retendo todo o calor gerado. E esse perfurado ajuda inclusive a evitar nos dias frios que ele fique mto frio por mto tempo.

      Vc diz de escorregar nas curvas…. nada que no momento em uqe estamos, desenharem o banco dando bordas para segurar o corpo. Além do que, banco de couro limpo com produto certo, não deixa escorregando não.

      Sobre tecido, minha preferencia seria por veludo (em desuso no mercado) ou alcantara (que eu saiba, os unicos carros no mercado que usam é o Golf (100% do banco em tecido qdo highline e o Polo, parcial apenas nas bordas do banco). E por fim, a depender do tipo de tecido, eu ainda continuo a preferir o couro. Só estou elucidando contigo coisas que enriqueçam essa conversa.

  • Diego

    Uma das coisas que gosto nas matérias do NA desse tipo é que não ficam regulando mixaria com as fotos. No final da matéria, tem foto de todo jeito do carro. Valeu!

  • Renato Otto

    Esperar pra ver o teste no LatinNcap

  • Maneco

    Tenho um Etios 1.5 que, apesar de ser razoavelmente silencioso na cidade, é bem barulhento na estrada mesmo com pneus michelin. Pensei que tinham melhorado o nível de ruído no Yaris. Perguntei lá no site Autoentusistas ao autor de um teste feito no Yaris se o achou silencioso. A resposta foi que sim, o Yaris era silencioso na estrada, e que, inclusive, o Etios, o qual usei como referência negativa, também era silencioso na rodovia. Pois é, achei estranho a resposta em relação ao Etios e perdi um pouco de confiança nesse canal automotivo e fiquei com um pé atrás com relação ao Yaris o que me foi confirmado nessa matéria no NA.

    • Edson Fernandes

      Depende. Pense que se vc pegar uma estrada onde vc não exija do motor…. vai rodar em rotação bem baixa e logo rodar com silencio. E acredito que o cidadão deve ter tido esse tipo de rodar.

  • Hugo Borges

    Não me desce que esse carro quer competir com City e Fit. É como a Fiat dizendo que o Argo substitui “Punto e Bravo”, nunca, nunquinha.

  • M7

    Fiz o teste drive no Yaris, já temos um Etios sedã Platinum que é um bom carro, o Yaris é bom, mas o motor não é condizente com a proposta do carro, deveria ser o 1.8 do Corolla, na cidade ele vai bem, mas na estrada falta desempenho, desta forma, a família decidiu pelo Volkswagem Virtus Highline.

  • Itamar

    ESSA RODA DE BIZ!!!!!!!!!!!!

  • matheusguila

    Vi esse carro na rua e confesso que esperava mais. Nas fotos parece ser bem maior e ter um conjunto mais harmônico do que pessoalmente. Ao vivo não passa de um etios um pouco mais encorpado. O que me espantou mesmo foi o tamanho do carro. Comparando com o Virtus, parece até que são de segmentos diferentes, sendo o VW muito maior.

  • TchauQueridos

    TOYOTA Vale!!!!

  • Oswaldo Bustani Jr

    A motorização desse carro deveria ser esse 1.5 e o 1.8 do Corolla. Melhorando um pouco os preços , obvio .

  • Rafael

    Não é necessário pq não é superior. Polo só tem motor… Design sem graça e acabamento que passa vergonha até pro UP!

    • wagner

      Até os dois comentários anteriores eu achava que era desinformado, agora observei que hater.
      Desconsidere todos os meus comentários, siga feliz. Um abraço.

  • awatenor

    Li isso e entendo qe a estrutura “torce”:
    “O Yaris Sedan mostra, no entanto, uma estranha MOVIMENTAÇÃO de revestimentos de teto e colunas, cujos ruídos pontuais dão a impressão que o carro está recebendo as gotas iniciais de chuva pesada e isso andando em asfalto “bom”.”

  • Eric Locatelli Martini

    “Com aspecto elegante e equilibrado em relação ao irmão hatch”
    Discordei dessa frase.

  • Snake Green

    Para-choque dianteiro ré pintado? rsrs

  • Rarmbrock Pescador Tucunaré

    putz 30 mil tava bem pago no top de linha….

  • RIP Brazil

    O pior ruído é quando colocam FUNK!

    #pronto_falei

  • Estou De Olho

    Yaris, Polo/Virtus e Argo/Cronos foram lançados meio que juntos e quase toda a mídia só faz comparativo entre eles, mas acredito que estas marcas pensaram assim:
    # Yaris vs Fit/City
    # Polo/Virtus vs Argo/Cronos.

  • Maneco

    Andei no Yaris 1.5 e no mais citado concorrente Polo tsi. Acho o polo mais bonito sem dúvida nenhuma, não há o que pensar, contudo gostei mais de dirigir o yaris. Mesmo sem ser turbo a pegada na cidade parece ser melhor que o polo que acoca e parece não desenvolver nas arrancadas. O Polo depois rende mais, mas aí é que está o prazer do yaris, pois não sente esse efeito. A posição de pilotagem é boa em ambos, mas preferi a do yaris. Já quanto ao silêncio a bordo, o polo me pareceu melhor que é algo muito importante para mim. Tenho um etios e vou analisar com cuidado por qual dos dois vou trocá-lo.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email