Usado da semana

Carro da semana, opinião de dono: Hyundai Veracruz 2009

Carro da semana, opinião de dono: Hyundai Veracruz 2009

Olá pessoal do Notícias Automotivas. Sou de Chapecó/SC e devido à elevada procura atual por SUVs, crossovers e veículos desses segmentos, decidi escrever minha experiência com a Hyundai Veracruz. Estava querendo há algum tempo ter novamente um SUV.


A sensação de imponência de se estar mais alto sempre me agradou. Por isso, decidi partir a procura por alguns veículos que me proporcionassem isso. Não queria mais zero km, tive uma desvalorização significativa com minha S10, então parti a procura por um seminovo, de único dono, com baixa km e em perfeitas condições.

Queria uma que fosse V6, visto que o consumo de muitas 2.0 e 2.4 ou próximas a isso, flex e de 4 cilindros chega perto dos V6 a gasolina. As a diesel, como SW4 e companhia, não me interessaram, devido principalmente a falta de equipamentos de segurança e o menor conforto e requinte (interior simples), pagar mais por menos, além do seguro muito mais caro.

Carro da semana, opinião de dono: Hyundai Veracruz 2009


A compra

Minha primeira opção seria uma Captiva V6 AWD. Desde o lançamento da Captiva em 2008, ela já me chamava atenção pelo design e os detalhes cromados, interior caramelo e uma série de equipamentos de conforto e segurança, isso sem falar no motor V6 3.6 de 261 cv. Seu preço no mercado de usados é atraente, próximo das simples e inferiores Ecosport e Duster completas 0 km, em torno de 65 a 70 mil.

Já tive carros da Ford, Chevrolet e Volkswagen, mas a Hyundai começou a me chamar atenção pela qualidade construtiva. Não sou fanático nem de uma nem de outra, visto que dependendo o segmento, uma possui veículos melhores que a outra.

A SantaFe é completa, mas seu design parece faltar algo mais. Então resolvi começar a pesquisar pela Veracruz. Seu preço é um pouco acima, mas estamos falando de um segmento superior também. Além disso, comecei a ver a opinião dos donos e praticamente todos estavam super contentes com o veículo.

Carro da semana, opinião de dono: Hyundai Veracruz 2009

Consegui realizar um test-drive nas duas. A Captiva também é muito boa de dirigir, e tem seu jeito de agradar seu dono. Mas ao entrar na Veracruz se percebe uma lacuna entre as duas e somando as diferenças, pensei: é essa que quero para mim.

Assim, esperei mais um tempo até conseguir adquirir uma dentro das minhas especificações acima e que fosse, preferencialmente, a top de linha. Todas as Veracruz já são muito bem recheadas, com teto-solar, 10 airbags, câmbio sequencial de 6 marchas, faróis de xenônio, 7 lugares, bancos dianteiros elétricos, entre outros.

Carro da semana, opinião de dono: Hyundai Veracruz 2009

A Veracruz

Com muita procura, encontrei finalmente uma top de linha preta, 2009, com 44 mil km rodados, único dono e todas as revisões em concessionária, com mais de um ano de garantia de fábrica ainda, impecável e com chave de presença (visto que a outra versão tem chave convencional, com controle remoto separado), banco do motorista com memórias (incluindo retrovisores e os ajustes do volante), central multimídia original e um som da Infinity disponível nessa versão, com 10 alto-falantes e um subwoofer, espetacular para os ouvidos.

Por fora, encanta com seus cromados, rodas de 18”, escapes duplos, para-choques com cor diferenciada, lanternas de LED e um design ainda bem atual. Mas quando você entra nela é que mais se sente a diferença de se tratar de um SUV premium. O acabamento é bem feito, com emborrachado por todos os lados, bancos de couro de boa qualidade, interior caramelo com detalhes em madeira, encaixes perfeitos, iluminação azul do painel e nos portas-treco, que são vários.

Carro da semana, opinião de dono: Hyundai Veracruz 2009

Os bancos apoiam super bem o corpo, e não faltam itens para te mimar. Exemplo disso são, além do acendimento automático dos faróis com regulagem de altura automática e sensor de chuva, porta-malas com subida e descida elétricas para que não se faça nenhum esforço. Apresenta também retrovisores que rebaixam quando o ré está acionado e neles há também luzes que iluminam o chão (muito útil para que se possa ver se há barro ou algo do tipo antes de embarcar ou desembarcar dela). Há ainda bancos traseiros reclináveis e corrediços, além de uma espécie de “frigobar” muito generoso.

Vida a bordo

O conforto é o ponto-forte da Veracruz. Além dos bancos confortáveis, sua suspensão faz parecer não existirem buracos em nossas cidades e estradas (algo que seria ótimo se fosse verdade), mas ao mesmo tempo, sendo estável nas curvas. O espaço realmente é muito amplo, um item muitas vezes questionado em alguns SUVs. Para se ter uma ideia, é semelhante ao de um Fusion.

Carro da semana, opinião de dono: Hyundai Veracruz 2009

Quem viaja na segunda fileira de bancos pode praticamente deitar o encosto e se sentir em uma cama. Até se alguém for viajar no porta-malas terá bancos reclináveis, as pernas ficarão um pouco mais elevadas é verdade, mas o espaço é bom e o acesso é facilitado, não como em outros veículos para sete. Contudo o porta-malas ficará reduzido. Assim, o bom mesmo é deixá-los abaixados (o sistema de rebatimento é muito simples) e não precisar se preocupar com onde colocar tantas malas, por que lá cabe um monte (1133 litros).

A falta de um teto-solar panorâmico (há somente um normal) é compensada por uma ampla área envidraçada, que faz os passageiros relaxarem admirando muito bem a paisagem. O único ruído que ouvi na minha até agora é um pequeno que parece vir de dentro do sistema de levantamento do porta-malas, que irei ver na próxima revisão, já que quase nem se escuta. Do restante, não há nenhum barulho, nem mesmo das fivelas dos cintos do porta-malas (que alguns comentam ter).

Carro da semana, opinião de dono: Hyundai Veracruz 2009

Outro ponto forte é o sistema de ar condicionado. Apresenta dual-zone para os passageiros da frente e controle independente traseiro de velocidade e temperatura, além de possuir fechamento automático da entrada de ar externo para que pólen e poluentes não entrem na cabine. As saídas de ar são diversas, e os passageiros dos bancos traseiros são muito bem servidos, pondo fim às discussões familiares pela temperatura dentro do carro. Assim, as viagens longas acabam ficando mais curtas, divertidas e tranquilas.

Segurança

Entrando no item segurança, ela merece outro destaque. Começando por sua grande qualidade de construção, que atingiu notas máximas em vários testes pelo mundo, a passar pelos 10 airbags (até para quem viaja no porta-malas), controle de tração e estabilidade, freios abs com BAS, que proporcionam boas frenagens apesar do peso.

Tração 4×4 que se ativa automaticamente em condições de baixa aderência, faróis com regulagem automática, suspensão autonivelante (que não deixa o carro ficar “empinado”), retrovisor interno com escurecimento automático e os externos aquecidos, e uma série de outros recursos. Os apoios de cabeça estão disponíveis para todos, sendo ativos para os passageiros da frente (evita o efeito chicote). É uma pena somente terem esquecido (só pode ter sido isso mesmo, por que por economia não deve ter sido…) do cinto de três pontos para quem viaja no meio do banco traseiro.

Carro da semana, opinião de dono: Hyundai Veracruz 2009

Apesar de ela ser voltada para a cidade, sua tração 4×4 conta ainda com reduzida, acionada por meio de um botão no painel e utilizada até 40 km/h, mas não se preocupe: se esquecer ela ligada, ela desativa-a automaticamente. Esse sistema pode ser utilizado para sair de atoleiros, apesar de nunca pensar se quer em colocá-la em um.

Desempenho

O motor é outro destaque da Veracruz. É um 3.8 V6 com 270 cavalos, que proporciona um torque de 36,2 kgfm, aliado a um câmbio automático sequencial de 6 marchas auto adaptativo ao estilo de dirigir do motorista. Assim, ela responde muito bem, mesmo quando estiver carregada. E apesar de ter 2 toneladas, fazer de 0-100 em pouco mais que 9 segundos não é para qualquer um não. Ao ligar, ele é tão silencioso que você nem o percebe e o que você escuta (e é legal por parecer esportivo) é o ronco que sai pelo duplo escape quando solicitado fortemente, tornando a direção divertida, ainda mais utilizando o modo sequencial.

Direção: A facilidade em dirigi-la é notável, parece se tratar de um sedan. Enquanto alguns SUVs se torcem em curvas, ela permanece sólida. Outro aspecto bom é que ela vira muito bem, importante ao fazer um retorno ou no estacionamento. Todas contam com sensor de estacionamento, mas com câmera de ré fica mais fácil estacioná-la, contudo sempre é bom um pouco a mais de atenção devido às dimensões.

Carro da semana, opinião de dono: Hyundai Veracruz 2009

Consumo

Com relação ao consumo, considero-o dentro das minhas expectativas, pelo porte e desempenho, fazendo entre 9-10 km/l na estrada e 5-6 km/l na cidade (sempre com o ar ligado, e tendo aclives e declives onde moro). Claro que ele depende do pé do motorista e do relevo, podendo assim melhorar ou piorar. Visto que não está muito distante de motores com mais de 100 cv a menos flexíveis, não o considero ruim.

Na cidade, principalmente, é melhor evitar aquelas pisadas fortes, até porque o trânsito não ajuda mesmo e o consumo irá aumentar. Também não a uso na cidade todos os dias, normalmente vou trabalhar com meu outro carro, um Polo sedan 1.6 (que a propósito é um carro muito bom, completo e econômico, com um ótimo preço atualmente). O tanque de combustível dela também é bem grande com 78 litros de capacidade, diminuindo as paradas para abastecer.

Carro da semana, opinião de dono: Hyundai Veracruz 2009

Manutenção

Quanto à manutenção, deve ser dada a devida atenção necessária. A Veracruz tem bom emprego de peças e materiais, e dificilmente irá dar problema. Claro que, amortecedores, pastilhas e alguns componentes que precisam ser trocados como em qualquer outro veículo periodicamente vão sair um pouco mais caros nela. Mas nada que seja de causar grande susto, mesmo ela sendo importada. Agora uma coisa é certa: as revisões precisam estar em dia para evitar maiores transtornos e não perder a garantia. A propósito, elas ocorrem de 10 em 10 mil km ou 12 meses, e o preço não é alto. A última, feita pelo dono anterior, que foi aos 40 mil km, custou-lhe apenas 450 reais (referente ao que continha no manual).

Seguro

O seguro também ficou muito atraente para tal. Saiu por volta de 4 mil reais, de seguradora renomada.

Conclusão

Estou muito contente com a escolha que fiz, não sou um defensor da Hyundai e nem quis esconder pontos negativos, mas quase não encontrei nenhum, sendo sincero mesmo. A verdade é que este veículo foi muito bem feito. Meu dinheiro está valendo cada centavo, visto que oferece muitos itens indisponíveis em outros veículos até superiores.

Por tantos motivos é uma pena a Hyundai estar “tirando” ela de linha, apesar de vir uma SantaFé reformulada e “alongada” em seu lugar. Contudo, ela desvalorizou mais nos primeiros 3 anos, estando agora com preços bem estabilizados, transmitindo certa tranquilidade para quem for lhe adquirir. E ainda, traz um bom “status”. As peças também estão bem mais fáceis de serem encontradas hoje, diferente dos primeiros anos.

Entretanto, há alguns equipamentos que poderiam ter sido inseridos, como monitoramento da pressão dos pneus, cinto de três pontos para passageiro central e retrovisores externos com rebatimento automático. Mas nada que obstruam o conjunto.

A Veracruz é uma ótima opção para quem quer um SUV/Crossover de verdade com respostas quase que de um esportivo, mas aliando muita segurança, conforto, equipamentos diferenciados e prazer em dirigir, e não um projeto baseado em carros compactos normais.

Agradeço ao NA pela oportunidade de poder dar minha experiência e opinião sobre este veículo e espero que algumas dúvidas possam ter sido esclarecidas. Mas se precisarem, estou à disposição para tirá-las.

Por Aldemio Bonamigo

Carro da semana, opinião de dono: Hyundai Veracruz 2009
Nota média 5 de 3 votos

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email