Hatches Usado da semana Volkswagen

Carro da semana, opinião do dono: Volkswagen Golf Tech 2009

Carro da semana, opinião do dono: Volkswagen Golf Tech 2009

Bom, vamos lá, meu primeiro relato, Volkswagen Golf Tech 1.6 2009. Meu segundo carro da marca, de fato o primeiro bem decente (já que o meu primeiro foi um Gol G4 1.0 pelado, só com ar quente), mas não irei reclamar nada, pois nunca me deixou na mão. Cinco anos usando e apenas troquei itens de desgaste, muito bom o carro.


Mas enfim, de volta ao que interessa, o Golf. Adquiri meu Golf há três anos. Comprei em concessionária VW (aliás, trabalho nela), mas tentarei não ser tendencioso. Paguei na época R$ 36.500 o que estava R$ 3.000 acima da tabela Fipe, ele estava com 67 mil km. Sabia que era mais caro, mas eu tinha algumas vantagens em mãos. A primeira é que conhecia a procedência do carro (fazia as revisões aqui) e a segunda é que teria meio ano de garantia seminovo (o que p/ mim foi muito útil) sem contar que o carro estava polido, pneus novos etc.

Sobre a compra, na época eu nem estava pensando em trocar de carro, mas como apareceu este (entrou na troca de um Golf mais novo) me surgiu a vontade na hora, avaliaram meu Gol G4 2008 (isso em 2015) por R$ 15.000 (era pouco abaixo da Fipe), mas como era um carro “pelado” eu sabia que teria dificuldades de vende-lo por fora também, e se vendesse, não conseguiria muito mais que isso. Então, em menos de uma tarde. Estava de carro “novo”.

Carro da semana, opinião do dono: Volkswagen Golf Tech 2009


Volkswagen Golf Tech

O modelo Tech do Golf não é muito conhecido, inclusive uma vez fui abordado em um posto por um perito de seguradora que achou que os adesivos “Tech” na lateral do Golf eram fake. Hehe. Essa versão pelo que sei saiu apenas no ano de 2009. Categoricamente na época ela estava acima do Golf Sportline e abaixo do Golf GT (que já era 2.0).

O Golf Tech tem este nome, pois ele realmente tem alguns mimos que para um carro como ele eram raros: espelho eletrocrômico, piloto automático, sensor de estacionamento, computador de bordo I-system, limpador de para-brisas automático, tilt down, rádio com Bluetooth (em 2009!!), etc. No demais ele se diferenciava também dos outros Golf pois tinha o logo TECH estampado nos bancos de couro, na soleira da porta e no antigo porta copos acima do rádio, do qual agora é apenas a tampa de alumínio escovado (infelizmente).

Carro da semana, opinião do dono: Volkswagen Golf Tech 2009

Golf Tech – Motor, câmbio, suspensão

O motor do Golf é o atual (vovôzão) ainda em produção EA 111 1.6 VHT Total Flex na qual produz a máxima de 104 cv quando abastecido a etanol (coisa que nunca acontece aqui no RS, pois em alguns postos custa exatamente o preço da gasolina). Parece pouco, mas não é, os 104 cvs dele nunca me deixaram na mão em ultrapassagens, esse motor tem uma aceleração muito boa e o que eu acho melhor dele, o consumo.

Ando bastante entre cidades e realmente é difícil ver o computador de bordo registrar menos de 16km/l a média. Na cidade ele fica beirando sempre os 12/13km, é basicamente o que meu antigo Gol 1.0 consumia, este fato me deixou muito contente, ainda mais contando que é um carro de quase 10 anos atrás. Outro fato é que sempre tive preferência pela versão 1.6, que ao contrário da 2.0 tem uma manutenção muito mais em conta, inclusive (e por incrível que pareça) suas peças são mais baratas que a do motor 1.0 VHT da VW (para ter uma noção, o cabeçote do 1.6 completo custa R$ 1900 contra R$ 3600 do 1.0).

O câmbio manual de 5 marchas do Golf tem uma troca muito suave e precisa, o que traz muito conforto em dirigir. A suspensão também considero maravilhosa, bem rígida e que traz bastante segurança ao fazer curvas em velocidades mais elevada, (inclusive tive a “brilhante” ideia uma vez de baixar o carro com molas esportivas. Ficou levemente mais baixo, porém já me trazia desconforto. Joguei dinheiro fora mas levantei ao tamanho original novamente em uma semana. (e até hoje não me arrependo!)

Carro da semana, opinião do dono: Volkswagen Golf Tech 2009

Golf Tech – Mudanças realizadas

Sempre gostei de dar uma modificada nos carros que tive, mas de leve, nada que fosse prejudicar o carro (como colar no chão e colocar rodas aro 20), e sim, detalhes que o deixam mais esportivo e agradável para mim. O Golf Tech vem com as sinaleiras originais de fábrica na cor vermelha, as substitui pelas fumês do modelo Limited Edition, aliás, não foi só isso que “importei” desta versão do Golf.

Comprei também o escapamento duplo cromado (que originalmente do Tech é simples e escondido) como troquei o volante em couro original pelo volante (também original) com base quadrada do Golf Limited Edition e as rodas de liga aro 16.

Carro da semana, opinião do dono: Volkswagen Golf Tech 2009

Golf Tech – Acabamento

Para quem pula de um Gol G4 pelado para um Golf Tech com certeza sentirá toda a diferença. Plásticos muito bem encaixados, painel soft touch, interior requintado com detalhes em aço escovado, bancos em couro (parcial) e um ótimo isolamento acústico, quando estou a 80km/h em estrada não escuto nada além do barulho do vento. Não irei consagrar o Golf por isso, pois os seus rivais também possuíam essas qualidades (Focus, i30), mas apenas quis ressaltar o quanto isso foi impactante para mim.

Carro da semana, opinião do dono: Volkswagen Golf Tech 2009

Golf Tech – Defeitos

Sobre os defeitos do modelo em si, venho primeiro a me queixar de seus bancos. São extremamente confortáveis, bem largos e com ótima pegada, porém, como havia citado antes, ele é revestido em couro na lateral e no centro é tecido, não sei explicar, mas é um tecido diferente, muito fácil de manchar e difícil de limpar, sem contar que as laterais de couro facilmente se tornam quebradiças, vi em diversos modelos de Golf o couro todo rachado nas laterais, coisa que em minha opinião degrinem a visão do carro, principalmente por ser a primeira coisa que o olho bate ao entrar no carro.

Outro pecado é com mesmo todos os acessórios “Tech” este carro não tem airbags nem ABS, coisa que eu acho que mesmo na época deveria ser essencial para essa categoria. Provavelmente foi pecado do primeiro dono ao comprar (pois ele tinha esses itens como opcionais), aliás, veio sem todos os opcionais possíveis dele. (airbag duplo, freios ABS com EBD, descansa-braço dianteiro, teto solar elétrico e volante multifuncional (com comandos do rádio e do piloto automático).

Carro da semana, opinião do dono: Volkswagen Golf Tech 2009

Golf Tech – Manutenção/Seguro

Bom, vamos lá…Como eu havia citado logo no começo do texto, ainda bem que o tinha na garantia de seminovo. Logo no terceiro mês a ventoinha principal parou de funcionar, valor da peça na época em torno de R$ 1.000. Também tive que reparar alguns vazamentos de óleo como no blow-by e no cárter, mas tudo em garantia.

Faço as revisões (mesmo que fora da garantia) periodicamente na concessionária, pois me considero muito rigoroso quanto a peças genuínas e como eu tenho um preço diferenciado por ser funcionário, vale (e muito) a pena continuar carimbando o manual.

Tirando as peças do motor em si, como todo Golf (e carro dessa categoria), as demais peças são caras, algumas exorbitantes para falar a verdade (como a luz interna traseira no valor de R$ 3.000), as peças do interior de aço escovado (algumas possuíam algum arranhão) mesmo com desconto para funcionário, fui obrigado a recorrer ao mercado de desmanche para substituir as peças que eu queria.

O seguro do Golf para mim, jovem, solteiro, 26 anos, (sim, tipo de perfil não muito favorável) sai na média de R$ 3.000, moro em Nova Petrópolis/RS uma cidade com baixo índice de furto de automóveis.

Carro da semana, opinião do dono: Volkswagen Golf Tech 2009

Focus x Golf

Já tive experiência (e muita), com o maior concorrente do Golf: o Ford Focus. Minha mãe tinha um Sedan 2004, meu irmão já teve 3, sendo o mais recente um 2011 e tenho um amigo que tem um 2011 também da qual já andei muito de carona. Considero o Focus um belo carro da qual tem um acabamento muito bom também, o que achei pecado do Focus é mesmo na versão 2011 ele não ter nem entrada USB, complicando muito a vida de quem quer escutar algo além de CD (falecido) hoje em dia.

Em suma, o que irei dizer… acredito que quem escolher qualquer um dos dois estará bem satisfeito. Claro, eu vou de Golf, mas talvez parte desta escolha se dê por eu simpatizar com o carro e a marca.

Considerações finais

Em resumo, quase 3 anos após e 22 mil km rodados (sim, pouco) não tenho basicamente nada por me queixar, ele me dá muito tesão em dirigir, belo carro, elegante, refinado por dentro e que ainda chama atenção nas ruas onde passa. Pretendo ficar com ele pelo menos 2 anos ainda, depois se tudo der certo partirei para um MK7 usado ou um novo Polo 0km.

Carro da semana, opinião do dono: Volkswagen Golf Tech 2009
Nota média 5 de 1 votos

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email