*Destaque Manutenção Tecnologia

Conhecendo a ordem de ignição do motor

Conhecendo a ordem de ignição do motor

Qual é a ordem de ignição do motor? Bem, todos os motores com mais de um cilindro possuem uma ordem de ignição, que é a combustão ocorrida em cada um deles. Essa sequência varia de acordo com o número de cilindros, tipo de virabrequim, aplicação do propulsor e a distribuição uniforme da ignição, são alguns dos aspectos que definirão a ordem de ignição.


No entanto, o objetivo principal é produzir um trabalho equilibrado para um funcionamento suave, que gera não só conforto ao dirigir, mas também preserva a vida útil de peças e componentes internos do motor, bem como dos coxins e outros componentes externos ligados ao propulsor.

Por conta disso, por exemplo, um motor de quatro cilindros não pode ter ordem de ignição 1-2-3-4. Só existem três sequências para este tipo: 1-3-4-2, 1-2-4-3 ou 1-4-3-2 (motor boxer). Um de dois cilindros pode ter 1-2 ou 2-1.

Num de três são 1-3-2 ou 1-2-3. Aqui, o projeto do motor já contempla essa sequência em ordem crescente. Abaixo, mais algumas das várias ordens de ignição em diversos tipos de motores.


Conhecendo a ordem de ignição do motor

Na configuração de cinco cilindros, o motor tem a ordem de combustão 1-5-2-3-4 ou 1-2-4-5-3.

Já um motor de seis cilindros em linha tem a seguinte ordem de ignição: 1-2-4-6-5-3, 1-4-2-6-3-5, 1-5-3-6-2-4 ou 1-4-5-6-3-2.

Um motor V6, por exemplo, pode ter a ordem de ignição 1-6-5-4-3-2 ou 1-6-2-4-3-5 (boxer Porsche).

Um motor V8 pode ter sequências de ignição 1-6-3-5-4-7-2-8, 1-8-3-6-4-5-2-7 ou 1-5-4-8-6-3-7-2.

Pensando mais alto, num V10 a ordem é: 1-6-5-10-4-9-3-8-2-7.

Em motores V12 antigos da Ferrari, por exemplo, a ordem de ignição era: 1-12-5-8-3-10-6-7-2-11-4-9.

Nos motores da marca italiana, feitos mais recentemente, a sequência muda para 1-7-5-11-3-9-6-12-2-8-4-10.

Isso mostra como um mesmo tipo de motor pode ter sua ordem modificada ao longo do tempo, de acordo com a proposta de aplicação. Já que estamos falando de Ferrari, um competidor mais poderoso, um Bugatti Veyron, por exemplo, tem seu W16 na seguinte ordem: 1-14-9-4-7-12-15-6-13-8-3-16-11-2-5-10.

Interessante, não é mesmo?

[Com informações da Revista Quatro Rodas]

Conhecendo a ordem de ignição do motor
Nota média 5 de 1 votos

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

  • Angelo_RSF

    O texto falhou no 5 cilindros: “…Na configuração de cinco cilindros, a ordem de combustão é 1- Já um…”

    “a ordem de combustão é 1-?????”

    • T1000

      na verdade, na configuração 5 cilindros a ordem é 1-…. depois já explode o motor inteiro hehehe

  • V12 for life

    1-4-3-2 não é uma ordem exclusiva de motores boxer, o Ford CHT e sua versão VW AE também usam essa ordem.

    • Paulo Lustosa

      CHT é 1-3-4-2

  • RKK

    Deu tilt !

    • Victor Porto

      no W16 do Veyron, fiquei zonzo.. =D

  • Celso

    Interessante é o caso do motor da Yamaha R1, um quatro em linha q usa o virabrequim crossplane, similar aos motores V8. Acho q seria super interessante em nossos carros, para ter um ronco similar aos V8, além de outras vantagens e desvantagens. Procure no YouTube.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email