Impressões Mitsubishi Outlander 2.0 2012 (com fotos)

Impressões Mitsubishi Outlander 2.0 2012 (com fotos)

Lançado em março deste ano e mantendo o mesmo visual do modelo anterior, o Outlander 2012 apresenta várias novidades em relação ao seu antecessor. Novos itens de conveniência, conforto e segurança foram adicionados ao catálogo básico, ao passo que o novo motor 2.0 substitui o antigo 2.4. A má notícia é a perda da tração 4×4, agora disponível apenas no modelo top de linha, o Outlander GT.


Dentre as novidades da linha 2012, o Outlander 2.0 L conta com teto solar, buetooth, regulagem elétrica do banco do motorista, acendimento automático de faróis e sensores de chuva. O acabamento interno também ganhou um upgrade: bancos e portas agora vem forrados com couro de série.

O carro, que já contava com airbags frontais, passou a vir com também com bolsas laterais e de cortina. Outra novidade interessante é a borboleta para troca de marchas manuais atrás do volante, antes exclusiva do modelo top. O volante conta ainda com controles do piloto automático e do sistema de áudio.

Impressões Mitsubishi Outlander 2.0 2012 (com fotos)

Quanto à perda da tração 4×4, a explicação é que a Mitsusbishi optou por “trocar” o recurso pelos itens de conveniência aqui descritos. O objetivo da marca foi rechear o carro de atrativos e manter o preço na faixa de R$ 100 mil. A estratégia de mercado acabou atingindo outro ponto do carro: o motor. Explicamos: no Brasil, motores até 2.0 pagam menos IPI e, com esta diferença, a fabricante “banca” os novos itens de série do modelo.

Analisando os números da Fenabrave, a estratégia deu certo. As vendas saltaram de uma média de 250 unidades/mês (praticamente a mesma de 2010) para 461 em maio. Pode-se dizer que os clientes toparam perder a tração 4×4 e receber em troca os itens de conforto da nova versão. Faz sentido: perde-se um item que se usa eventualmente e recebe-se itens de conforto e segurança que fazem a diferença no uso cotidiano.

O Outlander vem com todos os itens obrigatórios desta categoria: freios ABS, ar condicionado automático, espelhos, vidros dianteiros e traseiros elétricos e piloto automático (cruise control). Os diferenciais do modelo ficam por conta do sistema de abertura do porta-malas e recolhimento dos bancos traseiros. Batizado de Flap-Fold, o sistema tem a tampa bi-partida e permite recolher os bancos traseiros por acionamento elétrico. Basta acionar um botão no porta-malas e os bancos traseiros se recolhem, aumentando a capacidade de carga de 715 para 2.000 litros.

Impressões Mitsubishi Outlander 2.0 2012 (com fotos)

Na cidade

Rodando em Belo Horizonte por um mês, o carro apresentou média de 6,5 km/l. Pode parecer pouco, mas temos que levar em conta que estamos falando de um veículo que pesa mais de duas toneladas e Belo Horizonte não é exatamente uma cidade plana. O câmbio CVT (continuamente variável) é extremamente suave, pois não existem trocas de marchas e os consequentes trancos.

Para quem prefere as trocas manuais, há a possibilidade de cambiar na própria alavanca ou ainda através das borboletas atrás do volante, que simulam 6 marchas pré-definidas. Encontrar a melhor posição de dirigir não é tarefa difícil, graças à regulagem elétrica do banco do motorista. O volante conta com regulagem de altura, mas falta o ajuste de profundidade.

Impressões Mitsubishi Outlander 2.0 2012 (com fotos)

Na estrada

Fomos de Belo Horizonte a Araxá para conhecer melhor o comportamento do Outlander na estrada e sentimos que a troca do motor 2.4 pelo 2.0 não prejudicou a potência do carro. Na verdade, houve uma pequena redução, de 170 para 160 cavalos. Porém, a queda do torque máximo, de 22 para 20 Kgfm, prejudica um pouco nas ultrapassagens.

A saída é recorrer às reduções através das borboletas do volante. Fáceis de usar e ergonomicamente instaladas, são úteis ainda para reduzir antes de entrar em uma curva mais fechada. Quanto ao consumo, notamos uma melhora em relação ao modelo anterior. Parte da BR-262, que liga Belo Horizonte ao triângulo mineiro é duplicada e outra parte tem pista simples. Na parte duplicada, mantendo o carro entre 110 e 120 Km/h, medimos 10 Km/l. Na parte simples, entre 80 e 90 km/h, o consumo chegou a 12 km/l. Nada muito diferente de seus concorrentes.

É claro que tivemos que excluir os trechos de serra, quando o consumo aumenta consideravelmente, principalmente nos trechos de pista simples (viajamos durante a semana, quando o trânsito de caminhões nos obriga a uma condução mais lenta e cuidadosa).

Impressões Mitsubishi Outlander 2.0 2012 (com fotos)

RISE System

O Outlander (veja aqui opinião de dono sobre Outlander 2011) é um dos modelos da Mitsubishi que contam com o sistema RISE – Reinforced Impact Safety Evolution. Trata-se de um sistema projetado para manter a rigidez estrutural e proporcionar a absorção programada de impactos. De acordo com o fabricante, o modelo recebeu pontuação máxima em testes de impacto.

Pausa para o cafezinho

O computador de bordo do Outlander, além das funções básicas como medidor de consumo, autonomia, temperatura, odômetros parciais, temperatura e aviso de revisão, traz uma interessante função: um alerta que avisa a hora de fazer uma pausa na viagem. O alerta mostra uma xícara de café na tela toda vez que um período pré-programado for completado.

Concorrentes

O Outlander, classificado como um crossover médio (mede 4,67 metros), acaba por concorrer com modelos de menor porte, graças ao seu posicionamento de preço no mercado. Dentre estes, destacam-se Honda CR-V, Chevrolet Captiva, Hyundai ix35 e Kia Sportage em suas versões top de linha. No andar de cima, o Outlander concorre com as versões básicas de SUVs maiores , como Kia Sorento, Hyundai Santa Fé, Volvo XC60 e Dodge Journey. O crossover da Mitsubishi parte de R$ 99.900,00 na versão 2.0 L e chega a R$ 126.900,00 na versão 3.0 GT.

Por Fernando Antinarelli.

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 25 anos. Há 14 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações.