*Featured Avaliações Jeep Lançamentos SUVs

Jeep Renegade Sport 1.8 Flex sofre com baixa potência e consumo alto

jeep-renegade-sport-flex-avaliação-NA-5-700x4661 Jeep Renegade Sport 1.8 Flex sofre com baixa potência e consumo alto

O Jeep Renegade é um utilitário esportivo com dupla proposta. O diesel – já avaliado por uma semana pelo NA (avaliação Jeep Renegade diesel) – tem foco voltado para o off-road, contando com tração integral com vários modos de terreno, bem como motor diesel de 170 cv e transmissão de nove marchas.



O outro lado do Renegade é a versão equipada com motor 1.8 Flex. Esta é voltada mais para uso urbano e para isso, conta com tração dianteira e transmissão automática de seis marchas. Para quem prefere as mudanças manuais e o pedal de embreagem, o modelo oferece uma opção. Ou melhor, agora são duas opções: 1.8 e 1.8 Sport.

jeep-renegade-sport-flex-avaliação-NA-56-700x466 Jeep Renegade Sport 1.8 Flex sofre com baixa potência e consumo alto

A primeira chegou essa semana e tem rodas de aço como “destaque”, partindo de R$ 68.900. Já a versão Sport, que começava em R$ 69.900, agora inicia em R$ 71.900. É esta última que foi avaliada pelo NA, mas com pacote completo, que eleva o preço para R$ 88.120, exceto pintura metálica.

Se um é valente e tem disposição para enfrentar quase qualquer terreno, o outro é pacato, urbano e carece de melhor motorização. Robusto, o SUV compacto da Jeep mostra que veio para “causar”, brigando em julho pela liderança, porém, ficando ainda na segunda posição com pouco mais de 4 mil vendidos. Grande parte desse volume está relacionada sem dúvida à versão Flex.

jeep-renegade-sport-flex-avaliação-NA-44-700x466 Jeep Renegade Sport 1.8 Flex sofre com baixa potência e consumo alto

Por fora…

O Renegade Sport logo de cara chama atenção por ser mais baixo do que a versão Longitude ou mesmo a Trailhawk. O efeito visual é verdadeiro, pois o Flex é em torno de 6 cm mais baixo que o diesel. A altura livre do solo é de 177 mm no 1.8 e 195 m no 2.0, indicando que o uso do Jeep bicombustível é para o asfalto ou vias de terra transitáveis.

As rodas de liga leve aro 16 polegadas com pneus 215/65 R16 também contribuem para um visual mais light. Para-choques, retrovisores, saias de rodas, saias laterais, barras longitudinais no teto, maçanetas, molduras e outros detalhes são em tonalidade preta. O estilo, por uma característica do Renegade, não aparenta ser tão de entrada em relação aos concorrentes.

Novamente, chama atenção o estilo quadradão, robusto e estranhamente compacto desse Jeep, que ainda destaca os faróis redondos, grade com as famosas barras verticais, lanternas com o “X” do tanque de gasolina do modelo clássico, entre outros.

jeep-renegade-sport-flex-avaliação-NA-53-700x467 Jeep Renegade Sport 1.8 Flex sofre com baixa potência e consumo alto

Por dentro…

Na versão Sport, o Renegade não apresenta muita diferença visual em relação às demais opções, destacando-se mais o volante multifuncional com inúmeros botões, inclusive atrás do aro… O quadro de instrumentos é completo e apresenta um display digital mais simples, porém, este cumpre muito bem seu papel.

Detalhe em tonalidade tungstênio e o material que reveste painel e portas nos faz lembrar muito da versão anteriormente testada, a Longitude 2.0 4×4. Destaque também o freio de estacionamento elétrico, bem como a alavanca de câmbio de boa aparência, os difusores de ar centrais elevados, a alça para o passageiro e o jipinho quase escondido no para-brisa.

jeep-renegade-sport-flex-avaliação-NA-64-700x467 Jeep Renegade Sport 1.8 Flex sofre com baixa potência e consumo alto

O ar condicionado é manual e no lugar do seletor de terreno, mais um easter egg, um dos muitos presentes no Renegade. Afinal, ele quer a todo custo remeter ao velho clássico da Willys. De forma geral o conjunto é bom, mas ruim mesmo é o visual do rádio. Ele tem aparência simples demais, embora tenha navegador e seja intuitivo. Para compensar, também reproduz imagens da câmera de ré.

O teto solar panorâmico (com persiana elétrica) e o bom acabamento interno agradam. O tecido é macio e garante boa sensação, assim como os bancos oferecem conforto, mesmo em viagens longas. Há apoio de braço deslizante na frente, luzes de leitura individuais atrás, vários porta-copos e piloto automático.

A versão Sport tem um pacote de série muito bom, que ainda inclui vidros one touch para todos e até tomada de 127V. O espaço interno é bom e condizente com a proposta. Já o porta-malas carece de um pouco mais de espaço. Tem apenas 260 litros, mas o banco traseiro é bipartido e pode ajudar na hora do sufoco.

jeep-renegade-sport-flex-avaliação-NA-93-700x467 Jeep Renegade Sport 1.8 Flex sofre com baixa potência e consumo alto

Por ruas e estradas…

Era uma vez um motor brasileiro que a Chrysler fez com a BMW e que foi muito usado na China, mas nunca no Brasil. A Fiat foi lá e comprou, transformando-o no E.torQ. Não tendo saído de mãos americanas, mesmo que indiretamente, o propulsor 1.8 é até bom em modelos mais leves, mas no Renegade ele não agrada.

Os 130/132 cv a 5.250 rpm e 18,6/19,1 kgfm a 3.750 rpm são insuficientes para dar ao Jeep um desempenho condizente com os rivais mais fortes. Não havia outra opção para a FCA por aqui. Os 1.393 kg do SUV são perceptíveis logo de cara, exigindo que o propulsor trabalhe além do desejável.

jeep-renegade-sport-flex-avaliação-NA-100-700x466 Jeep Renegade Sport 1.8 Flex sofre com baixa potência e consumo alto

O câmbio manual tem cinco marchas e uma relação focada no consumo, deixando assim toda a responsabilidade nas costas do E.torQ. No meio urbano até que ele apresenta alguma disposição, mas sempre indicando que não é o mundo dele. As retomadas precisam ser feitas elevando bem o giro. Em subidas íngremes ou em uma serra, por exemplo, é necessário reduzir bem as marchas.

No dia a dia, a rotação tem de estar acima de 3.000 rpm para que o Renegade Sport 1.8 tenha um desempenho bom. Isso evidentemente faz o consumo aumentar bastante. Com gasolina conseguimos 8,5 km/litro. Na estrada, o ponteiro marca 3.000 rpm a 110 km/h e o Jeep não faz mais do que 11,6 km/litro.

jeep-renegade-sport-flex-avaliação-NA-51-700x467 Jeep Renegade Sport 1.8 Flex sofre com baixa potência e consumo alto

O câmbio manual é macio e tem engates precisos. Ele tenta salvar o consumo, mas na estrada o motor pede uma sexta que só existe na versão automática. A sensação ao manter uma velocidade de cruzeiro sem o piloto automático não é boa nessa versão, já que cada elevação parece exigir uma força maior do que o normal no pedal.

Apesar da rotação mais alta, tanto na condução urbana quanto na estrada, o nível de ruído interno é bom. A direção elétrica é confortável e o volante grande não causa estranheza, ao contrário do que acontece em alguns modelos da Fiat. A visibilidade geral é boa, mas a aerodinâmica do quadradinho provoca alguns ruídos indesejáveis. Olhando por esse lado, o Renegade não parece a vontade na estrada.

jeep-renegade-sport-flex-avaliação-NA-63-700x466 Jeep Renegade Sport 1.8 Flex sofre com baixa potência e consumo alto

Na cidade, a suspensão robusta absorve bem os impactos dos buracos, valetas, bloquetes e paralelepípedos, mas não é macia. Seu foco é aguentar os baques das nossas vias ao invés de oferecer a maciez como de um hatch ou sedã. Ainda assim, o Sport 1.8 oferece conforto.

A estrutura é sólida e os revestimentos são resistentes, não produzindo ruídos incômodos. A estabilidade também é muito boa, reforçada ainda pelos controles de tração e estabilidade. Como é manual, o condutor pode aproveitar bem o assistente de partida em rampa, evitando assim ter que usar o freio de estacionamento caso não tenha habilidade com a embreagem. Os freios são medianos, mesmo com discos nas quatro rodas.

jeep-renegade-sport-flex-avaliação-NA-69-700x1050 Jeep Renegade Sport 1.8 Flex sofre com baixa potência e consumo alto

Por você…

O Jeep Renegade Sport 1.8 manual é uma (ex) versão de entrada muito bem acabada e equipada, mesmo sem opcionais. Completo, não fica devendo para os tops de muitos dos rivais. De R$ 71.900 a R$ 86.120, o modelo oferece uma boa quantidade de itens de conforto, segurança e um pouco de entretenimento.

Ar condicionado, direção elétrica, trio elétrico, retrovisores com rebatimento elétrico, teto solar panorâmico, navegador GPS, câmera de ré, piloto automático, lanterna de LED e alto-falantes no porta-malas, duas entradas USB, volante bem completo, rodas de liga leve, faróis e lanterna de neblina, sensores de estacionamento, entre outros, fazem parte do pacote completo. Trata-se de um conjunto generoso que tenta compensar a falta de motor.

Para o uso no dia a dia das cidades, o Jeep Renegade cumpre bem o papel, apesar da carência de força e do consumo acima do desejável. Viagens longas e aventuras no fora de estrada, ele vai sofrer um pouco mais. Em termos de manutenção, as revisões até 60.000 km, feitas a cada 12.000 km, totalizam R$ 3.429.

jeep-renegade-sport-flex-avaliação-NA-37-700x466 Jeep Renegade Sport 1.8 Flex sofre com baixa potência e consumo alto

Vale a pena? Interessante é ver a reação das pessoas diante do Jeep Renegade. A impressão de alguns é que se trata de um carro com preço bem acima da concorrência e há quem ainda fale que é importado. Como é novidade, ele vai chamar muita atenção e, para quem gosta disso, será um motivo a mais na hora da compra. Mas o que o visual chamativo não mostra é o infeliz desempenho.

Esse jipinho é bem robusto e passa forte impressão de segurança. No dia a dia urbano ele é comportado, sendo também uma alternativa para fugir do stress da semana e curtir praia ou sítio sem grandes pretensões. Se esse é o ambiente em que você vive, então ele se torna uma opção interessante e diferenciada em relação aos demais.

Medidas e números…

Ficha Técnica do Jeep Renegade Sport 1.8 Flex Manual:

Motor/Transmissão
Número de cilindros – 4 em linha, Flex
Cilindrada – 1747 cm³
Potência – 130/132 cv a 5.250 rpm (gasolina/etanol)
Torque – 18,6/19,1 kgfm a 3.750 rpm (gasolina/etanol)
Transmissão – Manual de cinco marchas
Tração – Dianteira

Desempenho
Aceleração de 0 a 100 km/h – ND
Velocidade máxima – ND
Rotação a 110 km/h – 3.000 rpm
Consumo urbano – 8,5 km/litro
Consumo rodoviário – 11,6 km/litro

Suspensão/Direção
Dianteira – McPherson/Traseira – Multilink
Elétrica

Freios
Discos dianteiros e traseiros com ABS e EDB

Rodas/Pneus
Liga leve aro 16 com pneus 215/65 R16

Dimensões/Pesos/Capacidades
Comprimento – 4.242 mm
Largura – 1.798 mm (sem retrovisores)
Altura – 1.716 mm
Entre-eixos – 2.570 mm
Peso em ordem de marcha – 1.393 kg
Tanque – 60 litros
Porta-malas – 260 litros
Preço: R$ 71.900 (preço básico) /R$ 88.120 (versão testada)

Galeria de fotos do Jeep Renegade Sport 1.8 Flex Manual:

4.0

  • GPE

    Falta só corrigir esse dado de aceleração divulgado pela fábrica! 10,2s é tenso de acreditar! Só ladeira abaixo. Tem que acreditar em Papai Noel pra crer que esse carro anda junto de Corolla 2.0, Civic 2.0, Focus 2.0, etc…

    • O desempenho do Sport Auto é 11,5s. Quanto ao peso sao 1432kg. Isso na ficha tecnica. Na pratica………..

      youtube /watch?v=5WNhy147o7w

      • Darwin Luis Hardt

        mas também, olha a galera de brutamontes dentro do carro, mais uns 300kg pro bicho acelerar haha

        • Olha do HR-V.

          • Darwin Luis Hardt

            posta o vídeo aí, eu achei um gringo que fez em 9,2s mas nao sei se é o mesmo motor 1.8 né

            • gringo nao vale, a gasolina nao eh igual, tao pouco tem calibracao pra flex lixo. Veja o video ate o final.

              youtube /watch?v=GYAnehEEWDk

              • Darwin Luis Hardt

                “este vídeo nao existe”

                manda o nome do vídeo e eu procuro aqui

              • Darwin Luis Hardt

                vi o vídeo. Vou defender o jeep ainda: tinha 2 pessoas no teste do HR-v, se fosse 1, ele faria em 1s a menos talvez. Sabendo que o HR-V é melhorzinho de força do que o jeep (por causa do peso e nao tem CVT), o jeep nao tá tao ruim assim e deve fazer 12,5! hahaha

                eu nao consigo acreditar que faça 15 ainda. Mas se fizer, puts

                • Eu tenho conhecimento que tres sites fez testes de 0 -100, e o renegade auto fez em 15,1s; 15,3s; 15,2. Só jogar no google.

              • Darwin Luis Hardt

                olha só, ví o video do renegade dessa mesma equipe de testes aí. fizeram apenas de 0-90km/h em 14s, ok, digamos que se fosse 0-100 daria 15,5.
                mas tinha 5 pessoas dentro do carro, que segundo eles pesavam ao total 500kg. + AC ligado + controles (nao sei que tipo de controles, talvez de traçao e estabilidade mesmo)

                entao tirando os 500kg e essas outras diferenças acho que o carro faz uns 13s

                • Os numeros que citei na resposta anterior, sao medicoes a olho nu. Já esse abaixo, foi com GPS. Olha a surra que o HR-V deu, tanto em desempenho como em consumo. E são numeros com alcool, da qual ninguem vai por. Resumindo, bate denovo com os numeros de outros sites. Não adianta, é unanime. Joga esse texto abaixo no google, e vai pra seção de desempenho.

                  Honda HR-V ou Jeep Renegade? A dúvida entre dois utilitários esporte lançados no primeiro semestre justifica-se: além do atrativo de novidade, eles estão em sintonia com o mercado internacional, pertencem a marcas que desfrutam certo prestígio e oferecem versões similares em cilindrada, potência e preço.

      • DougSampaNA

        O que mata o desempenho é o peso, neste caso, tem que ser o

        2.0 Tiger; este motor aí deveria ter sido posto pela Fiat no bravo 2016, mas politica de empresa é uma tristeza de entender.
        Eu teria um com 2.0 e torque acima de 22 kgf a 4000 rpms, acima disso não considero mais porque não vou ficar esticando marcha em cidade.

      • GPE

        11,5 ou 15,1 s?

    • BillyTheKid

      Com relação peso/potência de 10,55kg/cv é um número otimista demais pra um manual. Se tivesse um câmbio automatizado de dupla embreagem até dava pra acreditar…

    • Pedro Cunha

      Condições do teste de aceleração da fábrica:
      Carro vazio, com apenas 800ml de gasolina, sem o step, vidros fechados, todos acessórios elétricos desligados, banco traseiro sem o encosto, pneus calibrados com 45psi, descendo ladeira á favor do vento.

      • Primeiros 100 metros com pista seca, depois pista molhada, e asfalto liso liso. Sem esquecer que a motorista é uma japinha de 45 kilos.

      • GPE

        Perfeito. Faltou só colocar q tinha um 500 Abarth puxando o carro

        • João Martini

          Ou um Trailhawk. Hahaha

          • GPE

            Não pode pq o Trailhawk faz em 11s! Teoricamente ele seria atropelado pelo super veloz 1.8 flex manual.

            • Davyson Santos

              Mandou bem na colocação, kkkk!

        • Pedro Cunha

          …olha, pelo peso do “jipinho”, eu diria ser uma RAM2500.

      • afonso200

        rindo aqui, e o motora deve ter uns 50kg

        • Pedro Cunha

          Acho que nem vai motora, devem controlar o carro á distância pelo iphone.

    • Gabriel Boscatto

      10,2 segundos? Só em queda livre e olhe lá

    • Andre Studart

      Acredito que seja em torno dos 11s, problema dos motores Fiat é que a força deles demora muito a aparecer, só em rotações altas, então pro uso urbano, que fica só em rotações baixas, ele se mostra bem fraco, e em retomadas, tendo que tacar o pé pro motor ”encher”.. mal dos etorq

      • GPE

        11s?
        kkkkkkkkkkkkkk Mais um otimista.

    • Lu RS

      Realmente não acredito neste dado…….

  • CASSIO

    acredito que este motor teria que ter uma forte modernização , com injeção direta , bomba de água elétrica , alternador reversível (motor de arranque e alternador tudo numa mesma peça ) e pra finalizar um cabeçote novo com o sistema MULTIAIR .

    • Pedro Rocha

      Segundo rumores, a FCA está preparando uma versão flex 2.0 do Tigershark, provavelmente para a Stradão e futuramente o Renegade.

      • Gustavo73

        Para o Stradão e o futuro Jeep médio. No Renegade talvez mais para frente nas versões mais caras flex. Mas esse motor é importado e isso custa.

      • Pedro Cunha

        Gostei do termo “Stradão”, denominação perfeita. Podendo ser substituída por “Renegade picape”.

        • Pedro Rocha

          Esse apelido foi criado pelo próprio pessoal da FIAT.

      • afonso200

        e dai vai subir o valor, pois 2.0 tem mais IPI e ICMS

        • Rafael Alves

          Pior que não, a faixa de imposto vai de acima de acima de 1.0 até 2.0, ou seja, a faixa de imposto de um 1.4, 1.6, 1.8 ou 2.0 é a mesma.

      • defotube .

        Coloca turbo e injeção direta neste 1.8!

  • Pedro Henrique

    nada mais que o esperado desse motor…
    agora alguém sabe me informar se aquele conjunto do motorista ali, vidros+espelhos é compatível com o uno? achei o conjunto bem parecido mas com design mais bonito..

    • Revoltado

      Pode ter certeza que sim….

  • Fanjos

    Eita…um carro que bebe mais que o Cruze? Achei que ninguém conseguiria essa proeza o__O

    • Gustavo73

      Tão pesado e com um Cx provavelmente pior não faz mágica.

    • Luciano J

      É pq vc não viu um Aircross 1.6AT. Ele deixa o Cruze com cara de Prius rsrsrs

      • Fanjos

        Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk xD

        • GPE

          Fanjos, qualquer Citroen 1.6 AT bebe mais q o Cruze. Uma amiga fazia 6,5km/l na gasolina com um C3 1.6 MANUAL na cidade. Velocidade média de 19km/h

          • Fanjos

            Eita, o meu pai já teve um C3 bolinha 2009/2010 1.4 e reclamava bastante do consumo, mas ainda assim bebia menos que o meu.
            Mas ultimamente vejo tanta propaganda na TV falando que o C3 é o mais econômico da categoria que achei que tinham resolvido esse problema…. Pelo jeito continua

            • oscar.fr

              Deve ser os dados do motor 1.5. Pelo menos no meu 208 o consumo é sensacional. O 1.6 deve beber mais, o automático então nem se fala.

          • Léo Hung

            Meu Ford Ka 2009 1.0 faz isso! Entre 6.5 e 7.5 na cidade, com giros no máximo até 3500rpm (normalmente entre 2500 e 3000).

            Me sinto dirigindo um V6 em termos de consumo… Triste! Ah, sempre foi assim, desde zero.

            • Daniel

              Eu tenho um Fiesta Rocam 1.6 2013 desde zero e o consumo também fica nessa faixa: 6,5-7,5km/l (na gasolina), com velocidade média de 22-26 km/h. O que salva é que eu ando bem pouco, senão já tinha trocado de carro kk

              • Darwin Luis Hardt

                o problema é que todo carro faz essa média aí nessa velocidade baixa no transito que acelera e freia, gasta muito. Tenho um fit 1.5 cvt que faz 16km/l estrada e 12km/l cidade, mas no trânsito que vc citou ele faz 6,5km/l também

                • Daniel

                  Eu sei que a velocidade reduzida é o principal fator, mas o carro também é bem gastão. Nas mesmas condições, o Focus 2.0 Flex do meu pai faz entre 8-8,5 km/l. Nessa velocidade média que citei, o trânsito não é tão pesado. Numa velocidade média de 15-16 km/h o meu carro não faz mais de 5 km/l.

                  Abraços.

                  • Filipe Lahm

                    O meu também faz mais que o Ford Ka da minha esposa. No mesmo que trajeto que o Ka faz esses 7,5, o Corolla faz 8,5 e ainda é automático…

            • Filipe Lahm

              Minha esposa tem um Ford Ka 2010. Bebe muito mesmo. No começo, achei que tinha algo errado com o motor…

              • Holandês Louco

                Meu Focus 2.0 gasolina bebe mais quando minha esposa está dirigindo do que quando eu dirijo. No meu caso acho que minha esposa não sabe dirigir um 2.0…

          • João Cagnoni

            Sua amiga deve andar a 19km/h de primeira. Meu Pallas 2.0 ta lá marcando consumo de no mínimo 8km/L na cidade (isso pq eu moro em SP) + ar ligado. Esse mês fiz 15km/L na estrada (100km/h, rodoanel trecho sul, ar ligado, piloto automático), não é nada difícil fazer 12 ou 13km/L em outras conduções.

            • GPE

              Realmente seu caso é atípico. O Pallas é um carro reconhecidamente bebedor. Porém, mt coisa depende da velocidade média obtida no percurso. Se vc me falar q tem VM acima de 27km/h, seu consumo é compatível. Abaixo disso, começa a ficar estranho acreditar nesses números.

              • João Cagnoni

                O meu não é Flex, o consumo é muito melhor.

                • Daniel

                  O meu é flex, 2.0 auto e tem consumo parecido com o relatado por vc

              • Daniel

                Olha, tenho um C4 hatch 2.0 automático… faz 8 na cidade e 11-12 na estrada… E num modo de condução não voltado pra economia… andando no modo faquir já fiz 14.9 andando a 110km/h (piloto automático na rodovia Dom Pedro) e mais de 10km/l na cidade usando o modo “manual” do cambio pra trocar as marchas antes…
                O maior problema do C4 2.0 é que ele tem uma aceleração muito legal… então toda hora vc quer pisar fundo… dai bebe… mas tbm aaaaanda!

            • Filipe Lahm

              O Ford Ka antigo é beberrão, não presta, mas a mulherada acha uma gracinha…

    • Marcus Fenix

      Pensei que esse titulo de beberrão fosse do Cobalt 1.8!

      • Franco da Silva

        As medias sao as mesmas. Não sei qual é mais pesado.. Ehehe

    • Juvenal Sensato

      Cara, consumo é relativo, depende muito de motorista pra motorista, aqui em casa temos um Cruze LT 2012 MANUAL e na estrada sempre com ar condicionado ligado, 120/130 km/hr, ele faz em média 13.7km/l marcado na bomba, no computador de bordo marca 13.2. Para um carro com o peso, segurança e conforto do Cruze, acho muito bom e não acho nem um pouco beberrão como falam. Todos, digo, TODOS os proprietários de Cruzes que conheço, me falam a mesma coisa sobre consumo. O daqui de casa, tivemos alguns probleminhas chatos, mas resolvidos prontamente pela garantia, mesmo não tirou o brilho do carro ao nosso ver. Posso afirmar a você, o Cruze não fica devendo em nada ao Corolla que frequentou a garagem daqui num passado não muito distante e olhe que temos outro Toyota em casa.

      • Rodrigo

        Tem toda razão!
        Eu tiro fácil 12,5 km/L com gasolina do meu Renegade.
        O lance é provar o carro a que tem interesse e comprar sem levar em conta o que querem que acredite sobre ele!

        • ObservadorCWB

          Mas parece que continuam “endeusando” as japas. 10,5 e 10,2s no zero a cem do HRV e do nhécoSport passam a ser aceitáveis. Cada carro no seu galho. Povinho continua no efeito manada.

      • Julio Capelete

        Fecho contigo ! Neste assunto de consumo tudo é o pé do motorista, eu mesmo me disciplino muito, claro que tem os carros mais econômicos com qualquer motorista, mas não precisa pegar um pé de boi pelado pesando menos de 1000 kg para fazer média boa, acabei de compra um C3 2014, 1.5, faço 80 km por dia, somente em estrada, no Etanol estou conseguindo fazer de 13 a 13,5 km/l andando tranquilo, na cidade faço perto de 9, acho uma média muito boa para o carro. Abraço !

        • João Cagnoni

          Pois é… A amiga do rapaz alí em cima deve ser daquelas que dirige com salto alto e metade do pé na embreagem enquanto faz uma ultrapassagem na estrada. Nunca que um C3 faria só aquela média.

      • Rodrigo

        Ontem saí com o Cruze de Rio Preto até minha cidade… 250km de distância…
        Abastecido com Etanol Shell eu fiz 9.1km/L andando a 100~120km/h
        muito bom!

      • Vitorugo V.

        Pois é. Também acho consumo muito relativo. Tem gente que consegue fazer umas médias absurdas de baixas, eu não entendo como.
        Tenho um Fluence CVT que faço sempre 9.9…10km/l na estrada com etanol na faixa de 110km/h.
        No Gol 1.6 fazia 11km/l nas mesmas condições

    • lucas

      Você não viu um Punto 2013,1.6 16v meu amigo !!! Consome igual ou mais que seu cruze 1.8.

      • Daniel

        Um amigo teve um punto 1.6 16V… antes tinha um punto 1.8 com motor GM… Se arrependeu amargamente da troca… o 1.6 16V andava menos e bebia muito mais… sem contar o maior barulho por ter que esgoelar toda hora…

    • afonso200

      bebe mais que meu V6 265cv

    • Revoltado

      O que a Fiat podia esperar desse motor 1.8 e-Torq nesse carro pesado? Se no Bravo ele já bebem direitinho imagina nesse Renegade

    • Clayton Martins

      Kkkk. Esse Fanjos é uma figura! Patrimônio do NA!

    • Eduardo

      Isso varia de pessoa para pessoa. Tive um Cruze LT aut. e, aqui em Brasília (com lugares com trânsito fluindo muito bem e outros com engarrafamentos escrotos) fazia média de 12/13 km/l [cálculo feito na bomba de gasolina (sempre no mesmo posto): computador de bordo muito impreciso]. Não andava como freira, mas nem como playboy. Na velocidade da via (só um pouquinho mais).

  • Gustavo Zoch

    Jeep perdendo toda sua credibilidade….

    • Fábio

      Vendendo do jeito que vende?

      • Gustavo Zoch

        Será que quem compra um Jeep tem plena consciência do que existe sob o capô?? Eu penso que não. Nem todo mundo pesquisa sobre um carro antes de comprar. Ainda mais se tratando de Jeep, que atrai um público diferente, que não liga muito para números. Eu esperei ansiosamente pelo lançamento e não gostei do que vi. Imaginava um comportamento melhor do carro, pelo que ele aparenta ser. Por isso, mesmo vendendo o que vende, eu não compraria. Temos neste momento 329 comentários na página, e acredito que a maioria também não. Pelo menos a versão flex!

        • Gabriel M. Vieira

          É fato! Um amigo meu tava quase fechando um 1.8 e eu só disse: Pensa muito bem e pesquisa antes sobre o carro e os reviews que fizeram… ele ficou impressionado com esses aspetos negativos do carro nessa versão, nem sabia de nada. Mas eu entendo que na hora da emoção a tendência de fazer cagada é enorme, ainda mais sem embasamento técnico suficiente.

  • Gustavo73

    O Tritec está mais para o 1.6 16v e-torq. E mesmo assim o cabeçote é diferente. Eu esperava o cabeçote Multiair nesse e-torq EVO. E. Para quem fala que o 2008 é baixo ele tem 200mm de altura. Custa menos e é muito mais equipado, a lamentar a ausência do isofix e esp. Mas tem 4 Airbags, CMM ar-condicionado digital dual zone e teto solar.

    • Myph13 .

      Definitivamente iria no 2008 se fosse pra entrar neste mundo, o pecado é não oferecer o 2.0 com AT6 ou o próprio 1.6 com AT6.
      Um carro desse é carro de passeio puro, não tem “entusiastas” comprando SUVs compactos manual só pela emoção de trocar marcha…
      Claro, vai ter quem venha falar que prefere, mas não é o que 90% do mercado diz.

      A Jeep esta vendendo mais por conta de estar na cabeça do brasileiro na mesma linha de Honda e Toyota, é “acima” das demais, então ostenta a marca… E Claro, citando a Peugeot, ela tinha que mudar totalmente essa imagem ruim de Pós-Venda dela. Nunca tive nenhum pra saber, mas é o que todo mundo reclama por ai…

      • Gustavo73

        Nada contra o Jeep. Só falando do preços e equipamentos. Já que a versão a flex do Renegade tem tanta habilidade no fora de estrada como o 2008 ou HR-V. E sim a Pug deu umas vaciladas, apesar de novamente o 2008 1.6 16v at ser mais barato que os outros manuais e maos equipado. Ela ppde lançar um 2008 “capado” por 60/65 mil tirando coisas como o teto solar e o ar condicionado digital.as deveria ter colocado o esp. Mas eu também levaria ela.

      • Thirten

        Quem sabe agora como novo diretor da marca as coisas mudem para a Peugeot, o 2008 é um belo carro. Sobre o pós venda a VW consegue ser pior .. ja utilizei das 2 marcas..

  • Boris

    O carro é uma baleia pra esse motorzinho! Mais de 1300kg só de saida, sem peso de ocupantes, bagagens e combustivel.

    • João Martini

      E esse é justamente o tipo de carro que colocam 5 pessoas, lotam porta malas e amarram a sogra no teto pra ir pra praia. Na hora de subir alguém vai ter que descer rsrs.

      • Pedro Gonçalves

        Com 260L, até uma viagenzinha de fim de semana pode lotar o porta-malas.

    • netovski

      O Renegade tem o mesmo peso do Fiat Bravo, que também usa o E.torQ =|

      • Boris

        Q TB eh pesado. Só anda bem no turbo

        • Rafael Yashiro

          Mas é sabido que o 1.8 eTorq, mesmo não sendo o EVO, funciona melhor no Bravo.

  • celso

    O carro parece perfeito, se não fosse pelo motor…
    Que mancada da FCA. A Jeep com esse carro tinha tudo para ser uma marca bem mais desejada que Honda e Toyota: uma história de sucesso, em qualquer que seja o mercado, não pode jamais começar com uma mancada dessas.

    • vicegag

      E a Fiat que tem tem um grupo de empresas com dezenas de anos de expertise em motores, parece não querer evoluir muito, se não estou errado nem na Europa vejo ela busca novos motores mais modernos e eficientes.
      Acho que ela deveria urgentemente atualizar sua linha de motores aqui, com motores novos e nada desta tapeação de guaribar motores velhos e ineficientes, chega de Evo Jabuticaba, queremos um New.

    • Gabriel Araujo

      Fico imaginando esse Renegade com um motor 2.0 flex e tração nas 4 rodas. Aposto que teria mais compradores ainda. Não entendo porque esses caras só colocaram a tração integral nas versões diesel. Se vocês repararem, esse espaço no nosso mercado ficou “vazio” com a saída do Mitsubishi TR4 de linha. Sobrou Duster e Ecosport(muito inferiores ao Renegade), Suzuki Jimny (muito bom porém não é ideal para ter como único carro), Grand Vitara (custa quase o valor do Renegade diesel) e Suzuki S-Cross (na versão AWD custa mais que o Renegade Diesel). Se a Jeep tivesse lançado uma versão flex 4×4, iria reinar praticamente absoluto no mercado.

  • Marcos Villela

    Encosto de cabeça e cinto de 3 pontos no assento traseiro central. Parabéns Jeep!

  • Wally

    Ele anda mais que EcoSport 1.6 e consome menos que Peugeot 2008 1.6. (dados CarAndDriver)

    Enquanto os haters atuam, o Renegade briga pau a pau com o HR-V no ranking de vendas.

    • Mas por que voce omitiu que com 86mil dá pra levar facil um Ecosport 2.0, e o 2008 THP?

      • Wally

        Eu omití? Eu por acaso tenho uma cartilha pra seguir é?? Eu estou falando de consumo e desempenho.

        1- O Renegade 1.8 Flex custa a partir de 69.800.

        2- Ecosport tem acabamento ridiculo, só por aí ele já perdeu.

        3- 2008 THP? Aquele que não existe automatico porque o projeto foi mal feito? (lembre-se que 70-80% dos carros nesse segmento são automaticos).

        Era melhor eu ter “omitido” mesmo…

        • Já que voce mesmo concorda que a maioria leva automatico, logo por que colocou o Ecosport 1.6 na comparação? E tambem o Renegade auto custa 78mil. Dá pra levar o Ecosport 2.0 Powershift com esse preço. Se voce está comparando desempenho e consumo, por que omitiu esses fatos? Sem mais.

          • Bruno César

            Não esquenta, parece que os fanboys da fiat descobriram o Noticias Automotivas. São ignorantes e não tem muito o que falar já que a montadora que eles defendem é a mais obsoleta do mercado.

            Concordo com você Lucro Brasil! Em gênero, número e grau!

            • Robinho

              Eu tbm concordo com o Lucro Brasil e com vc !

          • Felippe

            projeto mau feito?

          • Luiz

            O Wally é como o Wally na vida real o negocio aperto e perdeu o argumento e ele se escondeu.

          • Jonathan S. Santos

            Eco tem um projeto novo e com 5 estrelas no Latin NCAP?
            É muito fácil escolher um carro por ter motor maior, ao pesquisar um carro pra mim mais importante do que potencia é segurança e conforto. Eco com aquele painel ridículo de fiesta bombado? Alias ele todo é um fiesta bombado. Todo desalinhado e mal acabado. Ter um motor 2.0 e um powershift não fazem dele um bom carro.

            • Tem 5 estrelas no latinncap. Quanto a qualidades dele, isso nao exonera o fato do renegade ser um ponei. Mas entendi o seu ponto de vista e concordo.

        • Vinicius

          Não ter câmbio automático até o momento faz o projeto do carro ser mal feito?

          • Jackson A

            sim, nesse segmento

            • Vinicius

              É uma coisa sanável.

          • Leandro Balmant

            Na versão com motor 1.6 THP não cabe a transmissão automática no cofre do motor, e por isso não tem essa opção, e a Peugeot errou nisso.

        • CharlesAle

          Pelo menos o 2008 tem o excelente THP e ,apesar de manual, é muito mais gostoso de pilotar que essa tartaruga que é o Renegade flex..

          • Leandro

            Renegade tem o Diesel 2.0.

            • CharlesAle

              Sim Lenadro. Mas ai já é outro patamar de preço, bem além do 2008.. Mas entre ambos, em desempenho, mil vezes 2008..

        • Linkera

          Viiixi, agora se complicou…

    • Rodolfo

      Wally, você faz parte da modinha que está andando de renegade paralítica e não quer admitir que pagou caro? Ou é só um admirador da marca?

      • Raimundo M.

        Caro, gostaria de saber qual o percentual da população realmente compra um automóvel puramente de forma racional? Lembro muito bem do New Civic ao ser feito aqui vendia pacas pelo design, confiabilidade, etc, mas tinha um porta-malas de veículo popular e desempenho a contento, não esquecendo o preço superior com pouca oferta de conteúdo, que é praxe ainda da marca. Pior é ver na época e a matéria do Renegade só reforça isso, sendo feitos aqui, há quem pense ser importado, enfatizando parte da tese que há um status no produto almejado por muitos. É como vermos alguns importados de marcas premium com valor mais acessível alcançando preços dos tops nacionais. Você leva menos conteúdo, paga bem mais pelas revisões, mas ao menos pode esnobar que tem tal produto.

        Aqui, condenam o Renegade Flex pelo desempenho limitado haja vista preço cobrado, então seria caro. No exterior, há veículos sofisticados com oferta de mecânica de menor desempenho, mas há porque tem demanda: público que prefere maior comodidade, confiabilidade, status, a um desempenho exemplar.

        Independende do gosto do comprador que só este tem o direito de afirmar se pagou caro ou não, caro é nós pagarmos o que cobram quando o produto aqui existente na Europa por exemplo custa muito menos e tem mais conteúdo.

        • gpalms

          Concordo integralmente no quesito emoção na compra de um veículo, e acrescento: o problema do Renegade Flex não é o desempenho fraco. É o desempenho fraco aliado ao consumo insatisfatório. E sem vantagem no preço.
          Não é lógico um carro com chassi de off-road (pesado), com tração dianteira, motor subdimensionado, porta-malas minúsculo e de vocação urbana.
          Quem compra essa versão pode ter suas necessidades sanadas por um Up!, por exemplo. Leva até mais malas…

          • Alessandro Lagoeiro

            Mas a pessoa pode simplesmente não querer levar o up! Ter mais condições e querer levar o Jeep.

            • fredggp

              Aí que está a não racionalidade da compra….

              • Alessandro Lagoeiro

                Bom, primeiro, a compra precisa ser racional? Se a pessoa conseguiu o dinheiro de forma honesta, ela pode pagar o que quiser pelo produto que deseja. Segundo, me parece que o desempenho do Jeep está de acordo com os concorrentes, sendo que ele é mais caro mas também tem mais equipamentos. Por isso ele pode ser tão irracional quanto escolher qualquer concorrente dele.

                • fredggp

                  Não falei que precisa ser racional nada!! A compra ou é racional ou não. A maioria das nossas compras pessoais não são. Já no caso de empresas o planejamento por si só tornam as compras mais racionais sem o gosto pessoal muitas vezes.

                  • Alessandro Lagoeiro

                    De acordo, Fred.

            • gpalms

              Exato! Cada um sabe o tamanho do seu bolso, e não critico ninguém… Aliás, percebo que as compras são geralmente impulsivas e emocionais.
              Na minha opinião essa versão é uma compra embasada apenas na emoção (repito: na minha opinião).

              • Alessandro Lagoeiro

                Na verdade, eu vejo que muito comentarista aqui ou é muito novo, ou muito imaturo. E julgam as escolhas alheias pelo seu gosto.
                Já vi o cúmulo de um comprador de um Ágile zero km criticar o mercado dizendo que o comprador de carro zero era o problema, pois ao contrário dele as pessoas não pesquisaram para comprar. Nada contra quem compra o Ágile, mas os problema é “os outros”?!?
                Pois bem, no dia a dia, se usassem a lógica, veria que muitas das escolhas que eles fazem não são nada racionais. Exemplos: A não ser que não exista no fabricante que você confia, na configuração de powertrain que você quer, qual é o sentido de pegar um sedã em vez de um hatch médio se você não for usar o porta-malas? Tem gente convivendo com porta-malas do 500 de boa. Mas quer um sedã. Vejo muita gente dizendo que o 408 é uma escolha mais racional que o Corolla. Mas se a pessoa não utilizar porta-malas, o 308 é uma escolha melhor. Logo, o 408 é tão irracional quanto o Corolla. Ou pior ainda: A pessoa é solteira, não faz tanta questão de espaço e usa o carro basicamente na cidade. Um up! dava e sobrava. Claro, a pessoa pode querer mais equipamentos de segurança, o conforto de alguns itens. Aí as vezes não tem jeito. Mas eu me surpreendo com a venda de sedãs para as pessoas que nem vão abrir o porta-malas e que muitas vezes nem viajar com o carro viajam. O próprio Altis mesmo pode ser uma opção mais racional frente a um Fusion, caso a pessoa não precise do espaço adicional do mesmo (Sem levar em consideração a ausência do ESP, algo imperdoável para mim). Ele é menor, tão confortável quanto e motorização e câmbio mais que suficiente para o dia.
                Crossovers podem ser uma opção até racional caso o terreno que a pessoa anda seja padrão BR. Mas lembrando que onde Eco, Duster, Renegade, Tucson, SantaFe, Edge, SW4… passam também passa Uno, QQ, Palio, up!
                Eu falo que para um solteiro o Fiesta sedã é mais racional que um Focus. Mas a pessoa pode simplesmente querer o espaço e o comportamento do irmão maior… Sem que quem não paga as contas dele se sinta no direito de opinar.

        • Gustavobrtt

          meu cunhado teimou comigo que o renegade é importado e que a jeep nada tem a ver com a Fiat, até que mostrei a ele o hotsite da fabrica de goiana hehe
          Assim como ele, acho que a maioria pensa que este carro é importado.

    • Gustavo73

      Com os 20 mil de diferença para equipar o Renegade como o 2008 de entrada. Dá pra bancar bastante gasolina.

    • Doccar

      Tentando justificar o injustificável, fica difícil pra vc amigo. Pois, foi mancada sim usar um motor tão obsoleto num carro novo da Jeep. Mancada feia da Fiat.

  • Diego Mello

    Motor 1.8GM que equipa a doblo, sempre foi beberrão

    • Juliano Kirinus

      Esse motor não é gm

      • Diego Mello

        Achei que fosse aquele que saiu na meriva.

        • Era da GM, mas mudou pro E.Torq faz um bom tempo e agora tem o E.Torq Evo, do Renegade (ao menos nas versões para exportação).

        • p_churros

          Não, o eTorq é projeto da BMW, que equipava os Minis antes dos motores prince

    • CharlesAle

      Se fosse o GM, pelo menos andava melhor! Esse e torq, além de não andar, gasta barbaridade..

      • Leandro

        E-torq 1.6 já é melhor que o 1.8 GM…. o 1.8 então, muito superior.

        • MarcioMaster

          Não é não meu caro. na empresa onde trabalho os FIAT com motor GM dão um banho em desempenho e consumo frente aos mesmos carros com motores etorq.

          • Rubem

            ja tive meriva 1.8 e hj tenho um idea 1.8 e-tork. O e-tork tem muito mais disposição.

      • Douglas

        Até o E.Torq 1.6 anda bem, porém realmente bebe demais.
        O Renagade nunca dirigi, mas com esse peso todo e câmbio longo não tem como um 1.8 aspirado fazer milagre no desempenho.

        • Uma coisa que eu acredito que seja devido a flexibilização, pois quando o Tritec 1.6 equipava o Lifan 620 (todo primeiro ano do modelo no Brasil), era um motor bastante econômico e ágil.

      • Diego Mello

        achei que fosse o mesmo da meriva

    • netovski

      o E.torQ é a cria do Tritec, um motor brasileiro desenvolvido em uma joint venture entre a Chrysler e a BMW. Corrija me se eu estiver enganado pfvr.

      • Diego Mello

        Achei que esse motor fosse aquele que saiu na meriva

      • Estás certo… era o 1.6 16v Tritec que equipou alguns veículos da linha Mini e curiosamente, o Lifan 620 durante o primeiro ano de comercialização do modelo aqui no país.

  • Marcos Santana ↙

    Possuía um Focus hatch 1.6 2014 e estou com o Renegade Sport manual há uma semana. O carro não decepciona, muito pelo contrário! Extremamente seguro, confortável, e fazendo, ainda no primeiro tanque, 10,0km/l. Comprei dias antes do aumento e, até agora, creio ter feito um excelente negócio!

    • Luciano J

      Acredito em vc, pois o NA tem costume de fazer matérias pra encher lingüiça msm.

    • Wally

      Eu to dizendo isso.. A mídia está toda comprada pra queimar o Renegade.

      Vou repetir meu comentário que fiz alí embaixo..

      “Ele anda mais que EcoSport 1.6 e consome menos que Peugeot 2008 1.6. (dados CarAndDriver)

      Enquanto os haters atuam, o Renegade briga pau a pau com o HR-V no ranking de vendas.”

      • Leandro

        Até por que na Europa tem a opção do motor 1.6 de 110 cv, mas fraca que a nossa..

        • SDS SP

          O que não deixa de ter um desempenho sofrível.

      • CharlesAle

        Se todos que criticam o Renegade nos seus pontos fracos, você os chamar de hater, quer que nós chamemos vc de que? de baba ovo de Renegade? E agora vc se volta para toda a imprensa que também o critica? Tu és o pai da razão então…

        • Charles, banimos ele. Além da idolatria para com o Renegade, que ele vem fazendo a tempos nos nossos comentários, agora passou dos limites e nos chamou de comprados. Tudo tem limite.

          • what_the_hell??

            Muito bem por banir!
            Independente de concordar ou não com o q ele falou do Renegade, dizer q a matéria é comprada só pq criticou o motor ultrapassa a razoabilidade!
            Até pq o NA tem uma história a zelar e não foi o único meio a criticar o motor em relação ao consumo/desempenho!
            Inclusive, em matéria anterior, ele me atacou pq eu citei q já tive um Bravo com o mesmo (ou quase mesmo) motor e que achava o mesmo fraco.

        • SDS SP

          Meu Cruze que já é conhecido pela ineficiência do seu powertrain, possui números de desempenho melhores do que o Renegade Sport. Aposto que os mesmos defensores do Renegade meteram o pau no Cruze.

          Pessoal quer defender o indefensável. O desempenho é ruim mesmo, mas isso não faz do Renegade um carro ruim. Se a versão manual possuísse um preço mais camarada, eu até consideraria a compra.

          Sabemos que a FCA está com a grana contada para novos desenvolvimentos. Isso justifica a adoção desse propulsor ineficiente no Renegade.

          • CharlesAle

            Exatamente SDS. Não entendem que todo carros tem seus pontos positívos e negativos. E enfatizar os negativos em momento algum quer dizer que o carro é ruim. É isso que muitos não entendem. Esse motor E Torq “queimou” o Renegade Flex e isso tem de ser dito. Assim como foi, anos atrás, a Ecosport 1.0 supercharger.. Resultado, a Ford tirou de linha. O Renegade só melhorará se seu público mostrar a insatisfação, ai a Fiat terá de se virar para arrumar um motor condizente com a proposta do carro. Me desculpe, mas é um carro muito caro para andar como um palio fiasa 1.0…

            • Cristiano_RJ

              Perfeito. Parabéns pela sensatez!

        • Cristiano_RJ

          kkkk… Como é que faz para te dar duplo like? kkkk…

      • OK, se sua opinião é que somos comprados (desonestos, anti-éticos, dá na mesma), favor começar a comentar em outros sites. Você pode discordar da nossa avaliação, mas fazer uma afirmação dessas sem provas já passou do normal e aceitável.

        • Dexter

          Acho que ele fez mais uma crítica genérica a crítica especializada; praticamente uma força de expressão. Nem ao menos direcionou a crítica ao veículo (NA).
          Não sou advogado do Wally, diga-se de passagem, mas considero a posição dele como fieteiro importante para o debate.

          • Léo Hung

            Maldita democracia onde as pessoas se expressam livremente. O ônus da prova não era do acusador? Se baniu, deu razão? Alô, “adevogados” do site! :P

            The zueira never ends…

      • A respeito do Marcos Santana achar o carro uma maravilha, normal, pois ele acabou de comprar o carro a uma semana. Você já viu alguém no Brasil falar mal de um carro que tem na garagem?

        Aí, ao invés de concordar com uma reportagem isenta feita por alguém que não tem intenção nem de encher a bola nem denegrir o modelo, você acha que quem está correto é o proprietário do carro? Beleza então.

        Pelo menos o Marcos Santana falou bem do carro dele sem tentar denegrir o NA.

        • Dexter

          Até porque menos de uma semana não dá pra avaliar muita coisa do veículo (a não ser que o propósito seja esse, como a mídia faz). E o E.Porq é conhecido pelos problemas crônicos.

          • Matheus Lelis

            Engraçado, dei sorte de comprar um etorq com defeito então, ele não está com problemas :). Tenho certeza que seu carro não tem desempenho tão superior ao meu eporq”, como deve odiar a Fiat, fala assim

            • Lucas

              Calma jovem, vc tem um Linea, eu tinha um Bravo e dava pau pra caramba. Mas o motor é bem antiguado mesmo. Eu dava pau pq socava 5mil rotações nele, quando estava andando devagar, sem pressa, só passava marcha nas 3500. O Etorq é um bom motor com cambio manual, mas no caso do Renegade Automático, o carro é uma balsona.

              • Matheus Lelis

                Sim é manual, eu quando estou andando na cidade tranquilho, troco marcha em 2500 no maximo, acho bom, não quero desempenho no momento, mas quando quero, basta deixar a rotação subir que o carro vira outro. Eu so respondi ai, porque falaram que o etorq nao presta, eu tenho e o meu é otimo, se no renegade é ruim ou otimo, ja nao posso dizer, mas nao é pq no renegade o motor não se encaixou bem que o motor é ruim. Se for assim, o motor do hr-v (mesmo civic) é uma porcaria também, pq em relação a desempenho, ele não tem nada de interessante. Quando eu critiquei a babação de ovo com o corola, que poderia ter um motor mais forte, em relação ao jetta tsi, falaram que o corola não é carro que prioriza desempenho, renegade tambem nao é, mas quando é japônes com desempenho aquém, é porque não é priorizado desempenho, mas quando é fiat ou outra marca que o povo não gosta, é porque o produto é ruim

                • Lucas

                  O problema é que o Corolla tem um desempenho bom pra categoria, não te deixa na mão. O Jetta tem um desempenho muito top, anda muito. Agora o HR-V tem um desempenho de médio pra fraco e o Renegade sofrível. Entre carros de quase mesmo valor, é complicado.
                  Só se a pessoa precisa MUITO de um carro mais alto pra compensar qualquer um desses altinhos.

              • Cristiano_RJ

                “com cambio manual, mas no caso do Renegade Automático, o carro é uma balsona”

                Principalmente se a “criança” a ser carregada pesar mais de 1.400 kg.

        • Marcos Santana ↙

          Não tenho a intenção de denegrir ninguém por aqui, muito menos a revista. Apenas postei uma opinião de alguém que experimenta o veículo no dia a dia e não fica comentando com base apenas em números.

          • Rodrigo

            Eu sei como é! Comprei um Longitude há 2 meses e posso te dizer com firmeza que o carro não me decepcionou no consumo e nem na estrada.
            Fiz o teste drive dos concorrentes e comparei! Comprei sem dúvida alguma.
            Viajei com a família e foi sossegado! Confortável e seguro!
            Boa aquisição, Marcos!

        • Léo Hung

          Meu ford KA é uma merda. Mas cumpre o papel de me levar do ponto A ao B :)

          • Cristiano_RJ

            Ou seja, não é um automóvel. É um meio de transporte. Ônibus, van, Kombi ou Chvevelho também fazem isso. Serve para o público em geral. Mas nunca vai agradar aos entusiastas. Aos apaixonados por carros. Nem àqueles que frequentam sites automotivos compulsivamente.

        • Eu já falei mal de um carro que tive na garagem… :D

        • Daniel Marques

          Se quiser posso falar mal (pontos negativos) do meu Fusion sem o menor problema.

          • Lucas

            Não fale não, tirando o carro raspar em tudo e gastar pra caramba, ele é uma maravilha o/ Mas tudo depende do ponto de referência. Dirigindo meu Fusion, o desempenho do Renegade é brochante. Mas dirigindo um porshe, a estabilidade do Fusion é brochante. Então, tudo depende do ponto de referência.

            • Daniel Marques

              Até que não reclamo do consumo.
              Mas o barulho insanável na altura do cinto de segurança e a necessidade de trocar a coluna de direção por 2 vezes e a caixa de direção uma vez, dentre outras coisas, me irritam.

            • Cristiano_RJ

              Pois é…

      • jamilton costa

        Toma Trouxa, tomou um ban seu inutil!

        • Dexter

          A seguir os critérios do blog você também merece banimento, por xingar duplamente o comentarista.

      • netovski

        É um complô da CIA pra derrubar o Renegade e a Dilma, em conjunto com a imprensa golpista a serviço do NA.

        http://s2.glbimg.com/o03tJCaEJW7Yn5cN3xFvPJHkNDs=/s.glbimg.com/jo/g1/f/original/2015/04/28/dilma-jeep..jpg

        • Marcos Souza

          Me lembrei da sessão do kibe loco “maode pântano” que tinha foto do lula com camisa de certos times e os times caiam…kkkk
          Tem foto do lula e da Dilma com o tsipras da Grécia…acho que a maldição continua

        • Darwin Luis Hardt

          tá explicado o haterismo contra o renegade.

          onde a dilma aparece, ferram com tudo pra tentar fazer as pessoas ligarem os pontos de alguma forma impossível depois haha

      • SDS SP

        Não se Justifica um “erro” (desempenho do Renegade Sport) com “outro erro” (desempenho da EcoSport 1.6L).

        Ambos são ruins em desempenho e pronto.

        • p_churros

          Ecosport, aquela que capota em curvas a mais de 80Km/h?

    • vicmarconi

      Também fechei negócio no dia anterior ao aumento. Você já está com o carro em mãos? Para mim vai demorar 7 dias uteis.

      • Marcos Santana ↙

        Estou com ele há sete dias. Acabamento e suspensão espetacular. Conforto, então, muito bom. Simplesmente show! O único senão é para o porta-malas, que poderia ser um pouquinho maior, mas nada que tire o brilho de um produto extremamente robusto.

        • Thirten

          Marcos Parabéns pelo novo carro; qual carro vc utilizava anteriormente ? Depois de um ano vc poderia mandar um relato ao NA de como foi a experiencia. Sds

          • Marcos Santana ↙

            Obrigado, Bruno. Eu tinha um Focus hatch 1.6 2014, o qual também comprei 0k e utilizei por um ano e meio. Pretendo sim fazer um relato, mas com menos tempo de uso. Rsrs Abração

    • Leandro

      Sempre comparam com outros carros… mas pq não observam dados de desempenho do ecosport e duster 1.6?
      O carro está sim dentro da média da categoria em desempenho.

      • Pelo preço do Renegade, era para fazer frente a linha 2.0 de Duster, Ecosport e Tucson no desempenho. Considere que o Duster Dynamique Automático 2.0 está saindo por R$ 69.990 faz algum tempo, assim como Tucson 2.0 Autompatico está por R$ 73.990, logo carros maiores e com motores mais fortes, por um preço mais acessível que o moderno Renegade, que anda menos ou igual aos 1.6 de entrada da concorrência.

        • Darwin Luis Hardt

          o problema é que o duster parece desrespeitoso com o cliente pelo acabamento bem porco dele. Eu sei que vao falar que a jeep também pode ser considerada desrespeitosa por causa do preço, 80k por um 1.8. Mas é o preço que uma marca de renome pode cobrar no Brasil porque sabe que vende.

          e o ecosport capota em curva a 80km/h (como um sujeito disse aí em cima). já vi mais relatos disso.

          e o tucson tem um câmbio antigo que bebe mais que o renegade ainda. fora que parece lifan por dentro.

          pessoal compra o renegade 1.8 pelo prazer de dirigir um jeep, o capô comprido na frente, o acabamento top, suspensão independente super macia e confortável. É mais pelo conforto mesmo. Fora a segurança né, 5 estrelas.

          • Jeep tem qualidades sim, mas não é isto tudo. É um carro seguro, até que bom para dirigir, tem um bom acabamento relativamente esmerado (top é exagero), mas tem um motor manco pra maioria, é beberrão, tem custo de manutenção elevado, porta malas pra lá de diminuto (e nem um sistema de ajuste dos bancos traseiros, como trilhos, pra ampliar o mesmo, sem rebatimento) e embora tenha a marca Jeep, carrega o DNA Fiat, que não é de todo ruim, mas deixa a desejar em detalhes importantes.

            O Duster não tem acabamento porco… pode ser simples, espartano de certa forma, embora tenha evoluído bastante após o facelift, mas é bem encaixado, sem rebarbas e sem ruídos, sendo que para o preço atual do mesmo em sua linha 2.0 Automático, está aceitável, embora devesse de fato ser melhor.

            Sobre o Ecosport capotar a 80 km/h, pode ser que aconteça, mas não acho que seja tão comum… mas o acabamento deste sim pode ser considerado porco, pois é mal encaixado e bate muito após certa quilometragem, além de também ter um porta malas diminuto.

            Sobre o Tucson, é um SUV maior de categoria superior, competindo na categoria de baixo pela sua defasagem temporal, todavia, não deixa em desejar no aspecto acabamento, sendo bem alinhado e correto… apenas é um tanto ultrapassado em tudo, seja na mecânica, seja no design, muito anos 2000. Pelo porte, peso, tamanho, motor mais forte e câmbio antigo, naturalmente ele consome mais que o diminuto Jeep, que bebe até demais para o seu tamanho, mas condiz com a sua categoria…. a CAOA poderia atualizar o modelo, atualizar a motorização com outra opção da Hyundai disponível, um câmbio automático de seis velocidades e alguma modernização do interior (mudança de cores, a exemplo) e o modelo já estaria adequado a atual realidade.

            Sobre o Lifan X60, tem um bom acabamento, não parece frágil, todavia tem uma mecânica inadequada para o modelo, e alguns detalhes que fazem com que o modelo figure no quarto pelotão do segmento.

            Jeep é muito bom sim, mas não é isto tudo… agrada alguns e desagrada outros tantos, que optam pelo SUV da Honda… e a história pode mudar ainda mais de figura se a Hyundai HMB optar por trazer ou montar o ix25/Creta na fábrica da CAOA.

            • Darwin Luis Hardt

              sobre o duster: acho que arrumaram um sinonimo pra porco, que é espartano, mas tudo bem! Eu andei no duster 1.6 manual do meu cunhado, e a uns 100km/h ele fica com motor meio berrando, a 110km/h ele grita, parece que pede 6a marcha, deve beber bastante, tanto é que ele falou que faz 10km/l na estrada e 7km/l cidade. 10 é pouco mesmo pra estrada. Mas aí o 2.0 deve ser melhor, e automático, mas ainda tenho preconceito com a Renault (coisa minha e de alguns outros também)

              ecosport, há vários relatos de capotamento fácil, entao prefiro nao me arriscar achando que estou dirigindo com segurança e de repente ploft. Fora que o design dele parece de um carro, e nao de um SUV.

              tucson é antigo mesmo, infelizmente um pouco defazado, por isso que bebe, claro, nao gostaria de pegar um carro que bebe mais ainda que o jeep, 10kml é o limite. E ouço relatos de pós-venda ruim.

              lifan, é chines, tenho preconceito. Chery tá fechando várias concessionárias e deixando clientes na mao em algumas cidades, aqui em porto alegre fechou uma, em Joinville/SC fechou a única que tinha, tem muito relato de coisas dando pau nos carros. Toda hora. (e isso nao acontece com um carro de qualidade.

              o jeep eu pegaria porque estou de saco cheio de pegar a estrada e de vez em quando pegar estrada ruim, de noite quando nao se enxerga muito bem, mesmo indo devagar, arrebenta a suspensao, e acredito que a suspensao independente do jeep segure, já que do FLEX é a mesma que para o diesel que é off-road.

              Acho que o principal pra mim é o conforto quando for dirigir e a suspensão que deve aguentar bem qualquer tranco

              • https://uploads.disquscdn.com/images/657503d16c74e1e6b6ccb8d2c2b0e8040af8978a43b537c110546b1a0a7b6e38.jpg https://uploads.disquscdn.com/images/32335df0e8a2a16e647e342d5c5b735b7e683560fef1690bf304841796c2f0bc.jpg https://uploads.disquscdn.com/images/2218a30b05de9502c502c016abb39bb1536b28e1699a2f6f487498059e96cb0b.jpg https://uploads.disquscdn.com/images/9a4ca086bb4f9a2a2ee49f3a12862502fedcf51af8562b9d1015f6fddef5c680.jpg Há uma diferença expressiva entre o Duster 1.6 que tem mecânica do Logan/Sandero antigo e o Duster 2.0 que tem mecânica do finado Megane. Motor, suspensão, câmbio e interior do 2.0 Dynamique em relação ao 1.6 Expression é notável até mesmo na antiga linha. Na nova linha, o Dynamique ganhou melhorias expressivas no interior, em especial com o pacote Premium, onde o painel é bastante atualizado.

                Abaixo algumas fotos das opções atuais e dos antigos Dynamique AT e Duster 1.6.

              • Em tempo, claro que o Duster poderia ser melhor por dentro, até mesmo hoje.

                Quanto ao Jeep, para estrada… sinto muito… mas o desempenho dele em rodovias é sofrível… Ultrapassagens só com certa antecedência. Comparo-o com o desempenho da linha Fiat 1.4 do Punto e até mesmo com os 1.0 mais modernos… andam, até dá pra ultrapassar, mas não tem tanta força, reduzindo bastante a segurança em ultrapassagens não tão bem calculadas… ainda bem que tem cinco estrelas, vai que precisasse. Neste ponto, o HR-V é mais acertado… anda melhor em estradas e não falta força, devido a leveza do veículo.

                • Darwin Luis Hardt

                  nisso concordo, nas ultrapassagens. Mas quando viajo, to acostumado com um fit 1.5 cheio e faço ultrapassagens só com muita certeza de dar certo, entao estou acostumado com desempenho fraco, acho que de potencia daria quase no mesmo do fit pro renegade. Mas o jeep nao transmite tanto a sensaçao de destruiçao do carro por causa da suspensao, comparando ao fit que é um carro todo duro. E a tecnologia dele é bem equipada (do jeep). Tomada até no porta-luvas, ar dual zone, controle (to falando no longitude se fosse pegar seria esse) de traçao e estabilidade, camera de ré (tem no hr-v tambem eu sei) E o hack.

                  o sport sei que vai ter hack também, mas se custar mao de obra + peça uns 2 mil entao vale mais apena pegar mais 3 e comprar o longitude de uma vez

            • Darwin Luis Hardt

              ah olha só, vou dizer outra: meu pai tem um corolla 2.0, ja fizemos várias viagens e é um monstro comparado ao fit 1.5, pisa e vai longe, ultrapassa que uma beleza, mas vou dizer que nao me sinto mal dirigindo o fit fraquinho (talvez porque esse seja meu né hehe) mas nao vejo como um ponto tao negativo que nao o teria

              • Então, se a falta de porta malas não te fizer diferença, pois no Jeep são 80 litros a menos que no Fit, creio que ele poderá te atender bem… todavia, o Fit tem um desempenho mais aceitável na estrada do que o Jeep. Peça para fazer um test drive prolongado no Jeep Renegade em uma via rápida como a Freeway indo para Eldorado e leve a família toda… se possível, malas também. Se te atender a contento, embarque sem medo, pois será um carro que te dará muito prazer. Ele sairá mais caro para dar manutenção do que o Fit, mas pode ser que para ti compense… a maioria que tem Fit tem ido pro HR-V pelas boas qualidades do FIT no que tange a volumes, mas com motor e mecânica mais eficiente.

                • Darwin Luis Hardt

                  tenho o fit primeira geraçao, essa última achei um desrespeito sem tamanho aquele interior horrível custando 55mil o automático mais barato. Só o top de linha que custa quase 70 mil que tem um interior decente. E o acabamento é meio podre pra um carro tão caro também. Fora que é um carro bem baixo, igual o meu, no mudou nada.

                  mas nao quero ir pro HR-V porque honda é bem cara na mnutençao. eu sei que meu fit é velho, mas é tudo muito caro lá… quero mudar pra outra marca também

    • Fernando S.

      Bom dia, Marcos. Não querendo te “cornetar”, mas com uma semana de uso não dá pra fazer análise nenhuma, ainda mais pq não deve ter rodado nem 500 km com o carro. Eu sempre digo que é necessário pelo menos um ano com um veículo para dar um parecer sobre ele, pq nesse período vc vê com calma pontos fortes e fracos do modelo.

      • Marcos Santana ↙

        Concordo com você, Fernando. Já rodei mais de 500km sim, mas sei que se precisa de mais tempo para uma avaliação mais aprofundada acerca do carro. Apenas postei as minhas primeiras impressões, até o momento. Abração

      • Darwin Luis Hardt

        no carrosnaweb tem opinioes de donos de renegade, tem um cara que tinha um honda civic e rodou já 7mil km com o renegade 1.8 AT dele, só fala que o porta-malas é pequeno, mas que o motor tá na medida, nem tao fraco como dizem e óbvio que nao é forte como queriam.

    • Marcos Souza

      Cada caso é um caso. Dependendo do trânsito e das ladeiras da sua cidade o consumo é bom… Ainda mais se VC levar o carro de leve.
      O mais importante é comprar o carro que VC quer, independente do que o povo fala…VC q ganha o seu dinheiro e paga as suas contas, o carro é pra VC…então VC compra o que te faz feliz.
      Parabéns pela aquisiçao

  • Mr. Bola de FOGO!

    Foi como eu havia comentado na matéria dos carros mais vendidos do mês 07.
    A falta de potência no motor faz com que essa opção flex seja menos apreciada na hora de fechar a compra, pra mim, o fato da FCA empurrar o 1.8 flex da Fiat nesse carro é total falta de consideração como consumidor, saabendo que o carro não vai ter um desempenho no mínimo razoável, deveria pelo menos ajustar o desempenho do carro para o peso do mesmo.
    Por que empurrar 1400kg com 19kgfm sem uma boa relação de marchas, o motor não faz milagres…

  • Drone gibim

    Verdade…mancada mesmo da Fiat em usar este motor.

  • Valdemir Souza

    Se pelo menos colocassem um cambio de 6 marchas ajudaria um pouco, mas… NEM ISSO!

    Agora dizer que esse carro acelera de 0 a 100 kmh em 10,2s foi IMORAL!!! fizeram o teste em uma ladeira com inclinação de 60 graus? kkkkkkkk

  • Guilherme Rezende

    Grande pecado desse Renegade Flex é o motor,se colocassem um 2.0 Aspirado ou um 1.4 turbo(pode ser o T-jet),esse carro poderia melhorar mais ainda as vendas.

  • Leandro

    Ótima fotos, bela matéria NA, continuem mantendo a qualidade habitual!

    • João Martini

      Só sinto falta dos vídeos..

  • Alexandre Maciel

    Espero que também não comece a ter problemas de vazamento de óleo.

    Fiat fazendo fiatisse… a Fiat parece uma filial do PT: toca em alguma coisa e transforma em… deixa para lá… hahaha…

    • Matheus Lelis

      Eu tenho um e não vaza, conheço vários donos de strada ( aqui na região é cheio) e nunca aconteceu isso com ninguém, você fala isso porque aconteceu com seu carro ou porque odeia a Fiat e fala o que os outros falam sem saber também? Não quero defender a Fiat, mas eu tenho e conheço muitos que tem e não possui vazamento, então posso falar

      • Alexandre Maciel

        Eu respondi ao seu comentário com texto escrito por mim e links. Há pouco estava aguardando liberação mas agora não aparece. Se não aparecer, basta digitar no google: e-torq pistão… ou e-torq vazamento. Resultado não falta.

        • Matheus Lelis

          Inteligente você hein, parabéns. Digita aí também:
          * problemas motor do corola.
          * problemas motor do civic
          * problemas motor da Hilux
          Pode digitar problema motor de “qualquer carro” que vai aparecer, inclusive dos PERFEITOS aí que citei, usar relatos da internet pra falar que um motor em geral da problema, é coisa de gente que não gosta de alguma montadora, ou de gente burra, acho que no seu caso é implicância mesmo com a montadora. Só faz o teste aí, problemas nos motores honda, ou Toyota, que você vai achar, mas do tanto que falam ser perfeito, acho que nem o google acha. Ta parecendo Maria vai com as outras, o problema no pistão, no próprio adg deu a resposta pra quem ainda fala dos pistões. Ridículo, muitos andam de ônibus e saem criticando os carros e as montadoras sem nunca ter entrado no carro, não vou nem falar dirigir ou muito menos ter um

    • Matheus Lelis

      Eu tenho um e não vaza, conheço vários donos de strada ( aqui na região é cheio) e nunca aconteceu isso com ninguém, você fala isso porque aconteceu com seu carro ou porque odeia a Fiat e fala o que os outros falam sem saber também? Não quero defender a Fiat, mas eu tenho e conheço muitos que tem e não possui vazamento, então posso falar.

    • Marcus Fenix

      Não sei da onde você tirou que carros da Fiat tem vazamentos de óleo. Nós proprietários de Uno, Palio, Fiorino e Strada que rodam o dia inteiro sabemos que esses carros são pau pra qualquer obra!

      • Alexandre Maciel

        Minha resposta está no comentário que fiz ao que o Matheus escreveu.

    • Marcos Santana ↙

      Uma polêmica muito discutida, mas poucos dizem a verdade!

      Jorge Augusto
      Especial para o JL
      SÃO PAULO
      redacao@jornaldelimeira.com.br

      Desde que o Jeep Renegade chegou ao mercado, criou-se uma enorme polêmica sobre a origem do seu motor 1.8 litro – 16 válvulas flex, da família EtorQ. Como a Jeep é uma empresa que compõem a FCA (Fiat Chrysler Automobiles), muitos saíram afirmando (inclusive grandes jornais) que o motor que esta no Jeep Renegade é o mesmo que equipa modelos da Fiat – como Bravo e Linea.
      E justamente por isso fomos investigar essa equivocada informação. Já de cara, podemos afirmar que o motor do Jeep Renegade (batizado de EtorQ EVO) é bastante diferente dos motores que estão nos modelos da Fiat. Praticamente, apenas o virabrequim é o mesmo do EtorQ presente nos Fiat. Todo o resto são peças bem diferentes que estão no motor do Jeep Renegade, nas versões flex.
      É fato que o EtorQ EVO é uma evolução do EtorQ, ambos produzidos na fábrica da Tritec em Campo Largo – PR (agora do grupo FCA). Mas eles são efetivamente diferentes. Tão diferentes que não é possível usar as peças de um motor no outro motor. O EtorQ EVO traz uma série de novidades em relação aos motores EtorQ dos carros da Fiat. Resumidamente, pode-se destacar: um cabeçote completamente novo, novos coletores de admissão e escapamento; inclusão da tecnologia VVT (comando variável) e uso de materiais com menor atrito. Essas mudanças produziram mudanças significativas na curva de torque (entre 2.750 rpm e 3.750 rpm) e redução do consumo de combustível.
      Outra mudança expressiva esta na taxa de compressão. Enquanto o motor EtorQ Fiat tem taxa de 11,2:1, o EtorQ EVO a taxa sobe para 12,5:1. Além disso, conta com uma câmara de combustão otimizada e velas menores. Além do comando variável, as válvulas presentes no cabeçote do EtorQ EVO também. E justamente por isso fomos investigar essa equivocada informação. Já de cara, podemos afirmar que o motor do Jeep Renegade (batizado de EtorQ EVO), é bastante diferente do motor que esta nos modelos da Fiat. Contam com diâmetro maior, visando melhorar a eficiência volumétrica dentro do cilindro.
      Os pistões também são novos. Eles tem menor atrito, operam com maior taxa de compressão, trazem uma nova configuração na parte superior e produzem uma queima mais eficiente em conjunto com o novo desenho do cabeçote.
      Com essas mudanças, obtém-se como melhorias:
      – 5 Nm a mais a 1.500 rpm com gasolina e 6 Nm a mais a 1.500 rpm com etanol.
      – 18 Nm a mais a 3.500 rpm com gasolina e com etanol.
      – Curva de torque plana entre 3.750 e 4.750 RPM.
      Portanto, ainda que a potência máxima dos motores seja EtorQ e EtorQ EVO sejam as mesmas, a forma como a potência é entregue no veículo, é bastante diferente.

      • Alexandre Maciel

        Nada garante também que o artigo reflita a verdade, correto? O tempo dirá qual é a realidade desse motor.

        Eu, particularmente, não gastaria meu dinheiro com esse veículo. A Fiat já deu muitos exemplos de desgraça (vide Tipo e Stilo) para alguém acreditar que ela, de uma hora para outra, virou uma empresa preocupada com os clientes.

        Aliás, no caso do Stilo ela jurou de pé junto que não tinha culpa. Ou seja, por pura mesquinhez, simplesmente virou as costas para aqueles que lhe deram lucro.

        • Leandro

          E-torq equipa toda a linha fiat, sem qualquer problema. Aliás, tem boa fama no mercado de usados. Se tem algo que esse motor traz ao renegade é fama de robustez mecânica e baixo custo de manutenção… o que é ótimo para uma marca sem muita tradição no país.

          • Alexandre Maciel

            Isso parece fala de propaganda do carro.

            Uma rápida pesquisa no Google coloca em cheque essa “confiabilidade” do e-torq 1.8. Já comentei sobre isso abaixo.

            • Vinicius

              cara, voce já parou para pensar a proporção de carros vendidos e reclamações google ? já viu que é um número muito baixo ? problema todo carro, toda moto, toda máquina tem, ainda mais com cupins, como no Brasil, a questão é no boca boca, trocando ideia com quem tem o carro, isso sim é consiente.

              • Alexandre Maciel

                E você parou para pensar na proporção entre a quantidade de carros vendidos e que apresentaram problema e o número de pessoas que coloca isso na internet?

            • Matheus Lelis

              Vou repetir o que já te respondi.

              Digita aí também:
              * problemas motor do corola.
              * problemas motor do civic
              * problemas motor da Hilux
              Pode digitar problema motor de “qualquer carro” que vai aparecer, inclusive dos PERFEITOS aí que citei, usar relatos da internet pra falar que um motor em geral da problema, é coisa de gente que não gosta de alguma montadora, ou de gente burra, acho que no seu caso é implicância mesmo com a montadora. Só faz o teste aí, problemas nos motores honda, ou Toyota, que você vai achar, mas do tanto que falam ser perfeito, acho que nem o google acha. Ta parecendo Maria vai com as outras, o problema no pistão, no próprio adg deu a resposta pra quem ainda fala dos pistões. Ridículo, muitos andam de ônibus e saem criticando os carros e as montadoras sem nunca ter entrado no carro, não vou nem falar dirigir ou muito menos ter um

              • Alexandre Maciel

                Hahahaha… este blog está ficando engraçado.

                Rapaz, opinião é coisa pessoal. Você pode não concordar mas, infelizmente, ou lê ou ignora.

                No meu caso se trata exatamente de questão de confiança. O histórico da Fiat milita em desfavor da mesma. É muito simples.

                • Leandro

                  A Fiat é lider justamente por conta da robustez mecaninca. Isso é fato. Os carros da fiat pouco confiáveis ficaram no passado. Linha E-torq é respeitada no mercado…. e equipa até os veículos comerciais, sem problemas.

                  • Alexandre Maciel

                    A Fiat é líder porque vende o jurássico Palio Fire. Ela não é líder por comercializar Punto, Bravo ou mesmo o Uno (que queira Deus tenha tido o assoalho que se abre em colisão consertado).

                    Ademais, o respeito da Fiat se limita à Itália (talvez Portugal e Espanha também) e a parte da América do Sul. E estou falando isso enquanto Fiat, o que não inclui as marcas de luxo do grupo.

                • Matheus Lelis

                  voce me manda pesquisar no google problemas em um motor e vem me falar que sua opinião é pessoal? OK

                  • Alexandre Maciel

                    Quando alguém lê sobre algo, chega a uma conclusão e a manifesta está apresentando uma…?

                    E ainda que a pessoa apenas concorde com o que leu e tome a conclusão que acha correta para si, vindo a expô-la, está manifestando uma…?

                    Eu citei onde há fontes. A manifestação é minha. Há uma ciência que explica isso… facilitando, procure sobre epistemologia.

            • Rubem

              por isso que não tem nenhum taxi 1.8 e-tork rodando como taxi….SQN

              • Matheus Lelis

                BH o que tem é taxi com esse motor etorq, não sei em outras capitais, duvido o Alexandre encontrar o tanto de motor etorq estragado como ele diz ser comum entre os taxistas ou donos de carros equipado com o mesmo, mas o canal do ADG já tratou de responder justamente isso.

                https://www.youtube.com/watch?v=oR7SUSPMmA8

        • Darwin Luis Hardt

          mas o que acho é que a fiat nao queimaria a marca jeep colocando uma coisa ruim…

          • Alexandre Maciel

            Pode ser… mas as atitudes da marca levam algumas pessoas a não terem confiança exatamente pelo histórico.

            • gustavo

              Tem que ter coragem para pagar uma grana dessa em um carro com esse motr E torq, nem a propria Fiat sabe mexer nesse motor, que parece mais um labirinto Grego !!

      • Mauro Schramm

        Então existe um EVO de diferença entre o motor do Bravo e do Renegade? hahahaha

      • navegadorNE

        Parei de ler no VVT… Ignorancia tem limite… Confundir um mero “variador de fase” com um verdadeiro “comando continuamente variavel” ja mostra que esse texto ridiculo quer explicar o inexplicavel. É obvio que o motor é o tritec, simplesmente com as evoluções mais simples e baratas que dava pra fazer. Nada de duplo comando variavel, nada de multiair, nada de injeção direta… O motor tem arquitetura dos anos 90 e por isso anda como EcoSport 1.6 porém gasta mais que EcoSport 2.0. Se tem duvidas olha o site do conpet… Renegade 1.8 MT gasta mais ate do que EcoSport 2.0 DCT. Quanto ao renegade 1.8 AT a fiat nem teve coragem de publicar os resultados, obviamente piores ao MT devido ao seu AT aisin com conversor de torque.
        Abs… Boa sorte com seu texto amador do grande jornal de limeira

      • THE GUNSLINGER

        Diz isso para o vendedor da própria Jeep, que me afirmou esta semana que é o mesmo motor que equipa o Bravo, apenas com algumas atualizações.

  • Astron

    Esse Wally depois que lançaram o Renegade ele tenta de todas as maneiras defende-lo.

    Ele acha que quem frequenta o NA são retardados.

    Cara o Renegade a diesel é excelente, se eu tivesse grana o compraria.

    Mas o Renegade Flex anda menos que Ecosport, alias em um site amigo a matéria é : ”Renegade flex anda na balada do Eco 1.6”, anda menos e gasta mais.

    Se fizesse o teste na aut, seria bem pior em desempenho e consumo, não sei pq a NA está demorando tanto pra fazer uma matéria do Renegade aut flex, todas as revistas falam do péssimo desempenho e do consumo.

    Eu cogitaria o diesel, mas o flex sem chance.

    Obs: NA teve vergonha de colocar o 0 a 100 km/h.

    • Lucas

      Pela média que verifiquei nos sites é 14.5. Fizeram até em 15.3 em outro site. Renegade Flex Automático, só quando eu já tiver uns 75 anos.

  • XXRS

    Lixo da Fiat. Cross up! TSi nele.

    • Alessandro Lagoeiro

      Amigo, estava falando sério?
      Mesmo achando que o up! é o melhor carro DA CATEGORIA DELE, acho meio despropositada a comparação. Acredito em ironia.

      • XXRS

        Não cara, eu fui irônico.

        • Alessandro Lagoeiro

          Ufa! heheh

    • Luiz

      Apesar de ter tido Up! e achar um excelente carro realmente tenho que te falar em, tem uns manolos aqui que tão 4:20 muito antes das 12:00 em certas comparações. Não f*** né cara aprenda a comparar iguais e não diferentes.

      • XXRS

        Será que eu tenho que escrever “ironic” toda vida que sou irônico?

        • Luiz

          Tem.

  • fopf

    Se me derem um de presente vendo na hora. Acho que vai ter muita gente arrependida. O NA tenta amenizar a coisa que na pratica, a falta de motor é bem pior, desanimador. Imagino quando for pro mercado de semi novos, desvalorização garantida.

    • Alessandro Lagoeiro

      Tanto carro com motorização subdimensionada por aí, na própria Fiat (Novo Palio 1.0, Novo Uno, Punto e
      Idea 1.4) e nas outras (Fox 1.0, Sandero 1.0, Focus 1.6 etc) com boa aceitação no mercado de usados. Algumas pessoas não entendem como funciona o mercado de usados. Algumas versões mais fracas são mais vendidas que as mais fortes, pela facilidade de achar as peças e manutenção mais barata.

  • Felipe Santos

    ué, é jeep, tem que beber!

  • netovski

    Logo mais alguém da Fiat pra dizer que dane-se se o carro é pior porque vende mais portanto a maioria concorda.

  • Neto ®

    Consumo de 8,5 na cidade é ruim? Então a maioria ABSOLUTA dos carros no mercado são péssimos em consumo! Achei o consumo dentro da média pro segmento…

    • Carro com câmbio manual e a gasolina, gastando 8,5 km/l é um tanto alto sim, mas não exagerado. Imagina o tanto que o automático gasta…

  • Zeca Piroto

    Muito peso pra pouco motor…

    • netovski

      O Renegade tem o mesmo peso do Fiat Bravo, com o mesmo motor, talvez as faixas decorativas da versão Sporting deixem o Bravo mais ágil.

      • Alessandro Lagoeiro

        Ou a aerodinâmica, a questão de ser um carro mais baixo..

        • netovski

          Isso

      • Zeca Piroto

        O renegade tem 1393kg contra 1940kg do bravo, torque de 18,6G – 19,1A 3750rpm(Renegade) contra 18,9 A – 18,4G(bravo) em 4500rpm, isso na tabela né… Então digamos que é só acerto do motor.

  • Raimundo M.

    Deveriam rever esse título. O veículo não sofre pela baixa potência, pois esse 1.8 é mais potente e tem melhor torque que outros ainda disponíveis, inclusive um certo 2.0. Ele sofre por ser um veículo pesado. Por sinal, é algo que a Fiat ou a FCA precisa evoluir. Vendo Linea, Punto e Bravo, por exemplo, são pesados comparados aos concorrentes diretos ou o peso influencia mais com a opção de motor ofertada. Se o nosso usasse o E-torQ 1.6 ofertado no exterior, as critícas seriam muito piores.

    • João Martini

      O engraçado é que diferente desses Fiat que você citou, ele faz uso extenso de aços mais modernos. É realmente inaceitável o alto peso..

    • Matheus Lelis

      Eu tenho um linea, 1340 kg, ando com 4 a 5 pessoas sempre, e o carro não fica pra trás de corola 1.8, ou civic, tem desempenho semelhante, não entendo porque o renegade tem desempenho ruim, pelo menos o meu tem desempenho muito bom, a não ser que desempenho bom e comum pra brasileiro é andar em carro com uns 200 cv ou mais

      • Ernesto

        Seu Linea é manual, certo? Pois duvido que com o automatizado você andaria junto. Comparar desempenho de manual com veículos automáticos (sim, pois a maioria dos Corollas 1.8 e Civic são automáticos) é forçar um pouco, não?

        • andre oliveira

          Sem falar em questão de aerodinâmica bem melhor em um sedan.

        • Matheus Lelis

          Sim, manual, ja dirigi o automatizado, que apesar de dar pequenos trancos, as trocas são muito rapidas, as vezes ate mais que se fosse uma pessoa trocando a marcha.

    • netovski

      Mesmo peso do Bravo.

    • Alessandro Lagoeiro

      Ele tem potência parecida com o 1.6 da Hyundai e da Ford. Fica acima do da GM mas abaixo do Honda.

  • Junior

    Marcos estou achando que você trabalha na FIAT ou é um FanBoy. Se vc convencer a FIAT á vender esse carro com esse incrível motor nos EUA ou na Europa eu arrisco em comprar. Esse pessoal acha que todo mundo é noob. Os números não mentem, é so analisar, nunca que gastaria um centavo com esse carro. Se tivesse 80k agora, só muito mais juntar mais um pouco e pegar a versão diesel que é muito melhor e global.

    • Marcos Santana ↙

      Junior, nunca trabalhei na Fiat e meus últimos dois veículos foram da Ford: dois Focus, um hatch e outro sedan. Externo apenas a minha opinião como um comprador até esse momento extremamente satisfeito com o Renegade que adquiri. Aliás, só o fiz depois de fazer dois test-drive e perceber que o jipinho tem qualidades que justificam o valor cobrado. Falo como consumidor. Acaso tivesse apenas analisado os tais “números”, não o teria adquirido. Espero que faça bom proveito dos seus 80k, sem, no entanto, precisar ofender ninguém pra isso. Sem mais.

      • Junior

        Marcus eu não ofendi vc cara, se vc entendeu como ofensa, me desculpa. O que fico puto com essas empresas é que elas podem oferecer esse carro por esse mesmo preço com o motor diesel, mas querem entregar menos para agente só porque nós somos Brasileiros. Eu mudei muito meu pensamento quando comecei a viajar para outros países, não compro mais um carro se ele não tiver de acordo com o mercado Americano ou Europeu. Te desejo boa sorte com seu novo carro.

        • andre oliveira

          Só agem assim porque a grande maioria aceita.

      • Lucas

        Pows, saiu de um Focus prum renegade, pqp.

        • Marcos Santana ↙

          Lucas, e, até agora, não me arrependi! São dois excelentes veículos, mas com propostas bem distintas. Abração

    • dor53

      vende na europa o 1.6

      • Junior

        Mas não é etorq!

        • dor53

          sim, é o etorq

          • Junior

            Me confundir com 1.6 multijet, entrei no site da jeep da Espanha e tem esse treco 1.6 etorq vendendo por lá.
            Credo!
            Acredito que não venda muito essa versão por lá.

            • dor53

              Na europa as pessoas tem responsabilidade ecologica e ninguem fica exigindo potencia com grandes emissoes.
              no brasil o povo é meio atrasado mesmo e náo tem cultura de responsabilidade ecologica e ficam falando um monte de abobrinhas na internet

              • Junior

                Vc ta certo! O Golf GTI tem um motor muito bom e econômico, e nem por isso deixou de ser pontente. Eu fiz teste drive nos 2 e a versão diesel é muito melhor. A FCA tem que oferecer um motor melhor(turbo) que seja pontente e econômico.

  • André Maia

    Sofre com baixa potência e alto consumo. Mas dá muito Status hahaha.

    • Igor

      Não acho 8,5 km/l um consumo alto

      • Lucas

        É o consumo do meu fusion 2.0 gtdi.

    • Junior

      Concordo! Brasileiro gosta de mostrar status!

  • dor53

    “Na estrada, o ponteiro marca 3.000 rpm a 110 km/h e o Jeep não faz mais do que 11,6 km/litro.”
    Se não ta bom esse consumo compra o up
    Queria quanto?
    brincadeira esta avaliaçao

    • Darwin Luis Hardt

      e ainda acho que o automático é mais econômico ainda na estrada por ser 6 marchas, nao vai ficar a 3.000rpm em 110km/h, talvez um pouco menos.

      mas bem que podia fazer uns 12,5km/l né? o que mais importa na verdade é a na cidade, se fizer uns 9 tá louco de bom

      • dor53

        quem compra um carro de 70.00 náo ta preocupado com 1 km a mais ou a menos por litro

        • Lyn

          Com essa crise que ta ai cada km/l a mais conta.

          • dor53

            crise ?
            quem esta comprando não esta em crise

            • Lyn

              Não é porque o cara tem dinheiro que ele gosta de enriquecer dono de posto de combustivel.

              • dor53

                entao compra o up
                o carro mais economico do brasil

                • Lyn

                  Não é má ideia. Anda mais bebe menos e tão seguro quanto e ainda tem mais espaço no porta malas.

                  • Marcos Lopes

                    pelo preço do rng compra um civc 2.0 auto que faz 15,5 na estrada e 11,5 na cidade ….

                • Darwin Luis Hardt

                  nao é porque o cara nao queira enriquecer o dono de posto de combustível que o cara se obrigue a comprar um Up também, Se o cara tivesse tanto dinheiro compraria um prius! haha

        • Lucas

          Meu filho, eu e minha esposa gastamos 1500 reais por mês com combustível. 1km a mais e 1 a menos faz diferença sim.

          • dor53

            diferença de qto?
            a diferença vai influenciar mais ou menos de acordo com seu ganho
            tudo é relativo

        • Darwin Luis Hardt

          eu to afim de pegar um renegade pra ficar no mínimo 5 anos, acredito que seja um carro com acabamento durável. Aliás, tenho certeza que é. Pois tenho um Fit 2007, e esse esse popularzinho global aguentou quase 10 anos, o Jeep vai aguentar também. Ligo mais pro acabamento que vou presencear durante todos esses anos com o carro, e a maciez quando andar por aí. Motorzinho mais ou menos nao terá problema, pra quem quer ficar tanto tempo com um carro, tem que ir devagar, porque quem vai devagar, vai longe!

          E se for devagar, consome menos também. entao me preocupo com consumo

    • Lucas

      Meu Fusion a 110km/h ta abaixo de 2mil rotações e consumo de 14km/l. Pesa só uns 600 kg a mais que o Renegade.

      • dor53

        e vc acredita nos numeros desta reportagem?

        • Lucas

          Sim, já fiz os testes no Renegade.

        • Fanboy de FCA nunca vai concordar com nossa imparcialidade mesmo:

          • dor53

            adoro tanto a fca q troquei meu palio por um onix e minha esposa tem um fox q passei pra ela qdo comprei o palio sportig
            mas vcs gostam de detonar a fiat.
            mas a postagem

            Carro da semana, opinião de dono: Jeep Renegade Longitude 1.8 Flex
            falou justamente ao contrario deste teste q vcs publicaram
            abc em todos
            esta postagem acima fiz num site americano se nao me engano e em portugues
            quem nao gosta de um srt tomahauk?
            desculpe o atraso pois so agora vi a resposta

  • marck007171 .

    Piada esse motor e porta-malas…

    • Matheus Lelis

      Se esse motor é piada, o do hr-v é o que? Jeep pelo menos tem opção 2.0

      • marck007171 .

        Me refiro ao motor 1.8 desse Jeep. Piada de mal gosto…

        • Matheus Lelis

          Sim, só falei que pelo menos ele tem opção de 2.0. Como é “Fiat” costumam descer a lenha, quando é honda não criticam muito

          • Tem opção 2.0 a Diesel, com preços de concorrente importado com motor 2.0 Turbodiesel (SsangYong Korando 4X4 2.0), sendo que o concorrente é bem mais completo pelo preço e paga 35% a mais de IPI devido a importadora não ter mais pretensão de fábrica por aqui.

            O 1.8 da Honda casou bem com o HR-V, graças ao baixo peso do modelo… é inegável que ele anda melhor que o E.Torq Evo do Renegade.

            • Matheus Lelis

              Na boa, um país onde pessoas compram carro médio custando mais de 100 mil, quando a concorrência oferece mais por menos, acho que dinheiro não é tanto problema assim.

        • dor53

          pq é piada?

      • Dexter

        A preço de carro alemão.

        • Matheus Lelis

          Pela lógica então, corola não seria líder de vendas

          • Ernesto

            Qual o seu problema com Honda e Toyota? Toda crítica você cita estas duas marcas para quê? Estas duas marcas conquistaram consumidores no mercado de médios, coisa que a Fiat nunca conseguiu. O sucesso da Fiat é somente em carros pequenos e isso é fato! Só porque você tem um Linea que a Fiat tentou vender como médio e o mercado nunca aceitou? Bom, alguns aceitaram, como você, né? Um carro que tem a base do Punto e nem possui opção de câmbio automático ou automatizado de dupla embreagem. Parabéns!

            • Alessandro Lagoeiro

              A Fiat já teve dois médios como líder de vendas.

              • Ernesto

                Tempra e Marea? Estes dois até tiveram sim boa aceitação, mas são carros que duram? Dificilmente se vê algum Tempra ou Marea inteiro, diferente de Corolla ou Civic antigos. Agora em relação ao Linea, ficou claro que a Fiat ou ficou com má fama de seus Marea e Tempra, ou quis empurrar um carro que não condiz com a categoria, o Linea. Ou pode ser as duas coisas.

                • Alessandro Lagoeiro

                  Tempra e Tipo. E desculpa, a questão colocada foi sucesso no mercado. Dei dois exemplos. Durabilidade e até qualidade é outra questão. Monza também dificilmente se vê um inteiro, e foi “mais líder” que esses Fiat’s.

                  • Ernesto

                    Sim, quanto a sucesso, esses dois que você comentou tiveram muito sucesso. Sabe que Monza até já vi alguns em bom estado? Agora, Tempra e Tipo ou mesmo Marea que é mais novo…muito difícil encontrar. Abs

                    • Alessandro Lagoeiro

                      Cara, não me desanima! Procuro há anos Tempra em bom estado! heheh

            • Matheus Lelis

              Não tenho problema nenhum, ate porque gosto da honda, principalmente o honda civic, mas tenho que citar quem é líder de vendas, se fosse o fluence, eu citaria. Agora, quando ao linea, não acho ruim, tenho, 21 anos, estudante, consegui comprar um a vista, consigo mante-lo e ele me satisfaz, não me interessa se o mercado aceita ou não, nunca vi carro como investimento, pois se um dia eu pensasse em investir, carro seria a ultima coisa, pensaria em um terreno, uma casa. Então, mercado pra mim de carros, to nem ai, agora, se tem quem importa pra isso, pra desvalorização, cada um tem seu direito, que procure o melhor. Não vejo ter base do punto um ponto negativo, acho que graças a isso o carro tem uma excelente estabilidade. Concordo com o cambio automatico, ele merecia, e de 6 marchas, menos que isso não, mas como sou dos que gosto de cambios manuais, não foi um problema pra mim. Pra quem gosta de automaticos de verdade, descartem linea, bravo, e outros que utilizam esse cambio ou parecido. Se é bom ou não o cambio, ai ja é outra coisa, não tenho, não posso falar, não sou como muitos aqui que criticam ou elogiam sem ter. E obrigado pelos Parabéns :)

      • Junior

        Os dois não tem motor que conduza com o preço. O HRV vende muito porque é bonitinho, brasileiro gosta disso, é so ver o HB20.

      • Lucas

        Sua por 99.990,00 (a partir).

        • Matheus Lelis

          não, obrigado, não é o meu estilo preferido kkkk ( e nem tenho o dinheiro )

  • dor53

    nunca vi ninguem falar mal do ecosport 1.6
    querem detonar o renegade
    mas não adianta pois é o melhor suv fabricado no brasil

    • Alessandro Lagoeiro

      Nossa, nunca viu! Leitura seletiva, hein?

    • Lucas

      Tá comparando Jeep Renegade 1.8 de 80mil com ecosport 1.6 de 60 e poucos mil? Joinha. E ainda assim o desempenho do ecosport 1.6 tá melhor que o do jeep 1.8

    • Doyle

      amigo, ele é um compacto. Tem desempenho pior que o ford ka 1.0 3 cilindros, tem porta-malas de ford ka, tem altura de solo menor que a de um HB20X, ele só tem acabamento. Se quer acabamento, compre um sofá e não um carro

  • Guilherme Eduardo

    Dúvida: quais são os motores ofertados no exterior? America latina, EUA e europa (não sei se vende na ásia e áfrica também)

  • Milton Tavares

    O pessoal tem de fazer o teste drive, aqui é só especulação, vc que esta pensando em comprar esse veiculo vai dirigir o carro e tire suas duvidas, eu sinceramente não deixaria de comprar um carro pq ele é 1,3s mais lento q um Corolla 2.0 segundo os colegas aqui.

    • netovski

      A percepção de potência suficiente ou não é bem pessoal.

      Pra mim até esses 1.0 de hoje em dia são suficientes se você não estiver largando em aclive com a fat family a bordo.

      • Lucas

        Sim. A questão é que esses 1.0 de hoje em dia não custam 80mil reais. Pagar mais de 80mil num carro com desempenho 10% melhor que o de um 1.0? E com economia de combustível 30% pior?

    • Lucas

      Onde q ele é 1.3s mais lento que o corolla? Eu não gosto do corolla, mas dirija um e dirija o Jeep depois. Vai ver que a diferença é gritante. O Jeep Renegade Automático faz 0~100 em 14.5 segundos (na média), enquanto corolla faz 10segundos ou menos, não tenho certeza.
      Na verdade o jeep é 1.3 segundos mais rápido que o Uno 1.0, isso sim.

  • danielgermano lopesmoreira

    Continua bonito do mesmo jeito !! E ficaria mais bonito na minha garagem e sendo modelo flex .

  • Juvenal Sensato

    Na região que moro, para cada 2 Ecosport e 1 HR-V, vimos 5 Renegade. Tá vendendo muito por aqui! Já ficou até um pouco repetitivo, mas o que peca nesse carro realmente é o motor. No mais, um lindo carro, chama muito atenção na rua.

    • Darwin Luis Hardt

      se tá vendendo tanto assim, quer dizer que as pessoas nao ligam só para o motor, e sim para o conjunto, que acho que o renegade vence de todos. Só a suspensao dele já mata todos, e o design que nao vai enjoar, igual os outros que imitam esportividade moderna

    • Leo

      Aqui em Brasília a relação é exatamente a oposta: vejo 1 Renegade para cada 5 ou 6 HR-V…

  • Miguel

    Uma pena esse motor!
    Tratem logo de consertar isso, pessoal da Jeep! Que mancada!

  • Vanderlei Santos_JAC_J6_2012

    Eu acho muito bom que tenha um motor mais fraco, não vai ter o desempenho que merece mas é o que vai se encaixar na presteca de quem não tem para o diesel… Mas ta andando de Jeep…
    Não entendo tanta indignação pelo motor, quem quer mais tem o diesel, quem não pode etorq.

  • Norberto Brigantini Paiva

    Decepcionado com a altura do solo…

    • Lucas

      Pois é. O HB20X tem 20cm de altura, o Renegade não tem?

  • Murilo Soares de O. Filho

    Acho um belo carro e teria um um, mas poderia ao menos ser mais potente…esperamos evolução no futuro.

  • Guilherme Batista

    O Motor realmente é o calcanhar de aquiles desse carro, mas não é tão ruim assim não. Sinceramente tem carro 1.0 com esse consumo e não é um motor que vai te deixar na mão na hora de uuma ultrapassagem na estrada. Só não é empolgante mesmo. Sobre o preço eu também não acho tão caro quando se compara com carros mais caros como ASX e IX35 po exemplo.

    • Gustavo73

      Isso é comparando um compacto com 2 médios.

    • Lucas

      ASX e IX35 são de segmento superior. Podem até não ter as mesmas coisas que o Jeep, mas são bem maiores e a proposta é outra.

      • Guilherme Batista

        Não é bem assim não, pode olhar a ficha técnica que a diferença de tamanho é pequena, se tratando do ASX então aí é irrisória, o Renegade é até mais alto que os dois.
        A diferença fica por conta do motor e porta-malas e é claro, o preço.

        A proposta realmente é outra, mas por pura estratégia de marketing, analisando somente os números, bem que poderiam ser concorrentes

  • Joaquim Grillo

    Caras na boa coloca 4 pessoas e 2 malas em um carro mil e anda a 110km/h ele vai beber a mesma coisa só que com muita dificuldade 11km/l na estrada para um carro desse porte tá ótimo

    • Marcos Lopes

      desculpa ae… mais não esta não …e esse carro é pequeno . O motor não é adequado para ele mesmo.

    • Lucas

      Coloca 4 pessoas e 2 malas no Renegade que tu vai ver a merda kkkkkk

      • Doyle

        o porta-malas dele cabe duas malas?kkkkkkkkkkkkk

  • Leandro Santos

    O Fiat renegade peça no desenho, no preço e no motor.

    • Marco

      Dizer que o Renegade peca no desenho é relativo, pois é a proposta (e estilo) da linha. Eu, pessoalmente, olhando como um jipe, acho bem legal. Quem não gosta, nem procura. Quanto ao motor 1.8 e-torq, concordo contigo. Baita tiro na água. E preço…qual carro vendido no Brasil que não peca neste quesito?

      • Darwin Luis Hardt

        mas nao sei porque a galera reclama tanto do motor do jeep, o renegade flex foi feito pra competir diretamente com os outros SUVS com motores semelhantes. Olha uma porcaria de ecosport 1.6 ou duster 1.6 ou o peugeot 2008 1.6. Sao praticamente idênticos de desempenho ao jeep. O jeep tem uns 200kg a mais, mas tem mais torque, em torno de 18,5, enquanto os outros tem 15,5 de torque. Acho meio mentiroso dizer que a jeep errou nisso. Está praticamente igual a concorrencia em motor. Só nao tem versao 2.0 flex… poderia ter, mas aí nao venderia o 1.8 nunca, porque a 2.0 teria que ser um preço entre o diesel e 1.8, que eles nao arriscariam.

        • Lucas

          Ecosport 1.6, duster 1.6 e pg 1.6 tem desempenho um pouco melhor que o Jeep. A diferença é que o Jeep tem preço de Ecosport com motor 2.0, Duster 2.0 e PG THP. Aí a diferença de desempenho é gritante.

          • É exatamente isto que eu digo… como esse 1.8 veio competir com linha 1.6 se é mais caro que o 2.0 dos exemplares do segundo e terceiro pelotão…

        • Lucas

          E outra meu amigo. A questão é o número de pocotos e torque. Olhando os dados do carro, 132 cv, 18,5 de torque e 1400 kg, vc NUNCA vai imaginar que ele faz de 0 a 100km/h em mais de 14 segundos. Mas quando você dirige ele, percebe que tem alguma coisa errada. Só quem não percebe isso é quem está saindo de um carro 1.0 (dos bem ruinzinhos), pq quem tem carro de menos de 10 segundos vê uma diferença gritante de desempenho.
          Eu fiz o test, minha esposa fez tbm, tinhamos que jogar o giro pra 5mil rotações pra fazer uma ultrapassagem rápida em baixa velocidade. Coisa que nem o Fiesta Rocam que ela usa no trabalho dela tem trabalho pra fazer (comparando o Renegade Automático, o Manual dele é bem mais esperto e condizente com a proposta).

          • Darwin Luis Hardt

            eu sei, tenho um fit 1.5 cvt, e é mais ágil que o renegade quando fiz o test drive. Mas o fit faz 0-100 em 11s. Tem gente afirmando que o renegade AT faz em 12,5s (videos comprovando). Será que faz em 15s mesmo como as revistas dizem? eu ainda nao consigo acreditar!

            • Lucas

              Cara, em umas 5 revistas fizeram acima de 14 segundos. O único video na internet que faz 12,5 segundos que vi, estava muito mal feito e não dava pra ver se era automático ou manual. O Renegade Manual faz um tempo até abaixo de 12 segundos. O problema mesmo é o automático.

              • Darwin Luis Hardt

                foi esse vídeo aqui que vc viu?

                https://www.youtube.com/watch?v=KHuhEzu4p8s

                do jeito que a marcha é trocada é bem provável que o cara esteja falando a verdade que é o AT aí. E também nao teria porque mentir por causa disso… eu achei o vídeo bem direitinho e explicativo. Acho que faz em 12,5s sim.

        • gustavo

          Bom comentario, mas E torq tem fama negativa por ter quebrado com 15.000 km em picape Estrada, Bravo etc!! e fato.

          • Darwin Luis Hardt

            aí já nao sei! tomara que nao quebre num jeep! tem um cara que postou que mudaram até várias peças desse motor pro jeep, pode ser que aguentem de verdade

  • Vattt

    As rodas de aço serão um convite a substituição por rodas mais chamativas e até maiores do que essa esquisitinha de fábrica.
    E não sei qual foi o paramentro de avaliação que a Jeep utilisou para usar esse motor 1.8 nesse carro, revistas e sites especializados tem em comum o mesmo ponto de vista, beberrão e lento!!!
    Eu teria únicamente a versão Longitude Diesel na garagem.

  • beto

    Tudo depende das prioridades. Pra mim é superior aos concorrentes e uma boa opção de compra.

    • Doyle

      preço de carrão e desempenho de carrinho, amigo. Ele tem a carinha bonita, mas é ordinário. 71 mil dá pra comprar um focus que tem porta-malas maior, acabamento tão bom quanto o do renegade e a altura quase a mesma, já que o renegade de entrada é bem baixinho

      • Darwin Luis Hardt

        acho que a jeep detona na suspensao independente, aí que eles saem ganhando, porque o carro anda muito macio em qualquer estrada ruim

  • fredggp

    “…mas ruim mesmo é o visual do rádio. Ele tem aparência simples demais…”. Avalie o do HRV na versão de entrada!!

  • Raphael

    sinceramente, muito bonito esse carro, design super agradavel, mas que motorzinho ordinário que colocaram nele…….esse e-porq é um motor velho, gambiarra…..é até bom para punto, palio…..mas fora esses carros acho fraco e beberrão…..a fiat sempre arruma um jeito de estragar as coisas……rsrsrs…..se bota um motor melhor e um porta malas,(porque ele tem apenas um porta luvas traseiro)o carro ía ser imbatível…………….260 litros de porta malas é sacanagem, e pior que está vendendo pra kramba……..

  • zekinha71

    O povo se pegando aqui por causa do motor e a Jeep contabilizando quase 11.000 Renegades já vendidos.
    Terá uma versão Diesel peladona? Se sair uma versão assim, futuramente vou querer um.
    Pra quem já teve um Willys 63 todo fu…. que só quebrava, um Renegade seria a realização do sonho que não se concretizou com um 63.

    • Lucas

      Cara, só pq vende muito não quer dizer que é excepecional. O carro é bom, mas é lerdo. Em geral, muitas pessoas compraram sem fazer teste, muitos compraram sem se importar com o desempenho pq sairam de carros inferiores e a faixa etária dos compradores tbm é mais velha.
      Se número de vendas fosse sinônimo de carro excepcional, não teriamos aí o corolla vendendo 6mil por mês, mesmo sendo um carro caríssimo e que oferece tão pouco.

    • Freaky Boss

      se a fiat fizesse uma versão diesel peladona ia atrair quase todo mundo que REALMENTE FAZ USO OFF-ROAD para o carro. Acho que seria uma boa. MAs o preço, ainda sim, não seria super baixo. Ia roubar gente do troller, etc, mas não faria milagre. Mecânica/motor diesel tem seu preço

  • Thales Sobral

    Beberrão, duro, lento e caro, mas tem uma presença marcante. É essa a minha impressão desse carro, reforçada por essa matéria.

  • Wanderson Perin

    Nussss…bebe igual minha CR-V… credo!

  • Thomas

    Essa versão 1.8-manca não vale a pena, já a versão 2.0 diesel também não vale a pena porque com o valor pedido é possível comprar algo bem melhor.

  • defotube .

    Coloca turbo e injeção direta neste 1.8!

  • pedro rt

    esse motor precisa de injecao direta e turbo pra ficar bom no renegade

  • Joseph Smity

    Corrijam ai
    Nao sao 6cm mais baixo ! e sim quase 2cm

  • Revoltado

    Só uma pergunta, esse motor 1.8 é o mesmo que estou pensando?

  • Rubem

    haa se fosse reportagem do CR-v. O povo iria estar batendo palmas aqui dizendo que é o melhor consumo e desempenho do mundo na categoria. Com um motor 2.0 com o torque semelhante a esse e-tork 1.8.

  • Freaky Boss

    Uma de minhas diversões na internet atualmente é entrar em tópicos do HRV ou do Renegade aqui para assistir a briga entre as gangs dos dois.

    • Gabriel M. Vieira

      Pelo menos deixam um pouco de lado as tretas de Ronda vs Bete, Focus vs Golf e PT vs PSDB kkkkkkkk

  • Freaky Boss

    EU não deixaria de comprar esse carro só por causa do motor. O que vende aí é muito a proposta do carro e nicho que ele pega, isto é, tem n atrativos. Mas que esse motor é mais ou menos, só posso erguer a famosa faixa: eu já sabia!!!!

  • bruce mclaren mclaren

    Gente cada um é feliz naquilo que pode, tive muitos 1.0 e era feliz, é o que eu podia comprar, tive a felicidade de ter um renegade, lutei muito eu e família, estou feliz, muito, pesquisei, eco, duster, mas ele que mais oferecia para mim, aqui na minha cidade o HRV aquele que usa calota, bem simples custa 78,800, eu fui ver, achei para mim inviável, o jeep bem mais barato, versão manual 69,900 mas é gosto, e não se discute, ele não é lerdo assim não como falam, ando com família,de boa, não tive só 1.0 para falar, tive 1.6, e 1.8, vim de um cobalt 1.8 bebe mesmo, ai é gosto,
    achei o jeep melhor negocio, tem muita eletrônica no carro, estou feliz, como conheço amigos que tem x60 e estão tão felizes com o carro, mas vai de gosto, façam um test drive e tiram as Duvidas, consumo depende do pé, ai cada um faz sua media, eu faço 8 por litro de álcool, na cidade ar ligado, vão falar tá alto, pode até ser mas depende de que anda, eu ando assim e faz 8 km litro,
    façam Test Drive.

  • Marco

    Tive a oportunidade de dirigir um na versão sport durante um final de semana. Acho o carro bonito e confortável. Só isso. Acabei me decepcionando com o seu desempenho tanto em uso urbano como em estrada. Trafeguei por rodovias como Bandeirantes e Anchieta. É pouco motor para o tamanho/peso do carro, principalmente se você estiver com 4 pessoas. Não sei como é a versão diesel, mas a 1.8 deixa muito a desejar, infelizmente.

  • ALVIN_1982

    O Renegade é um carro quase perfeito, o que mais estraga em qualquer versão é esse motor 1.8 do Palio. Acho que se colocasse o 1.4 Turbo do Bravo seria suficiente.

  • Caçador de homens marciano

    . Gostei do carro, o desenho me agrada e muito. Mas esse motor costumava dar problema de quebrar a beirada do pistão além de vazar óleo pelo carter . Vamos ver se a fiat corrigiu isso. 10,2? 13 e olhe lá.

  • Doyle

    pagar 71 mil e levar um carro lento em ultrapassagens e com alto gasto de combustível não dá. Vou de HR-V

    • beto

      Veja o HR-V de 71mil e compare.

    • Guilherme Eduardo

      Mas o HRV eh tão mais rápido e economico assim?

      • Rodrigo

        Não.
        Mas o pessoal gosta mesmo é de falar, então…

    • Darwin Luis Hardt

      hr-v faz 1km/l a mais só, mesma coisa…
      e se comparar o renegade com o hr-v dos mesmos preços, tem uma diferença de equipamentos a favor do jeep.

      Fora que TODO MUNDO que comprou o HR-V diz que o tecido do lado da porta mancha com facilidade, (eu sei de qual tipo de tecido estão falando porque no meu fit antigo também tem isso)

      • Astron

        Amigo o que o Renegade faz na gasolina o R-V faz no álcool.

  • ViniciusVS

    Olha, Acho que “baixa potencia” é um termo genérico demais. Temos que primeiramente analisar a proposta do automóvel,mesmo porque depende muito do perfil do cliente.
    Acho 132cv e 19,1kgfm de torque mais que o suficiente para quem pretende usar o veículo no dia a dia, ainda mais que é o perfil de família com filhos pequenos… enfim, tem o mesmo torque que o Civic 2.0 que por sinal vem em rotação menor, mantendo essa linha então o Hrv com apenas 6cv a mais e 2kgfm a menos de torque (17) em rotação bem maior se arrasta certo?

    Acho que tudo é relativo, se fosse um pseudo esportivo até entenderia mas é um aventureiro de Shopping…alto, pequeno por fora e com bom espaço interno além de boa segurança… nada além do comum.

    • Darwin Luis Hardt

      até que enfim um comentário na medida

      • Cristiano_RJ

        Dono de Renegade 1.8 flex E.PorQ ofendido detected!

    • Lucas

      A questão não é os números. Olhando no papel, 132 cv e 19,1kgfm é mais do que suficiente nesse carro. O problema está em você fazer o test-drive no Manual e depois no Automático, parece que o carro aumentou uns 400 kg. O Manual tem um desempenho condizente com a proposta, agora o Automático, parece que está muito mal calibrado. Eu falo pq eu fiz vários testes com esse carro, inclusive em estrada, e fiquei bem chateado com o desempenho do automático. Minha esposa que tbm fez o teste achou muito pesado, não levou por causa disso, e olha q ela dirige um Fiesta Rocam 1.0 pra ir pro interior (mas ela tbm não ia pagar 80mil reais num carro que tinha desempenho pouco superior). No fim, compramos um carro mais barato pra ela, deixamos o fiestinha pra peneira, e no futuro compramos uma caminhonete pro trabalho dela.

  • Darwin Luis Hardt

    como esse jeep SPORT tem hack de teto? a jeep tá vendendo separado já? é da marca Jeep? da Mopar?

    • THE GUNSLINGER

      O Sport não tem rack de teto. Pelo que me informei (fiz o test drive esta semana), estará disponível como acessório em setembro. Vale colocar, dá outra cara para o carro.

      • Darwin Luis Hardt

        mas esse branco das fotos tá escrito Sport e tem hack, entao como isso?

        • Lucas

          Sim, tem uns vindo com o hack no teto pq tem gente que gostou mais do longitude por causa do hack ^^ Aqui na CCS da cidade tinha um Sport com Hack mas vinha com as rodas aro 18″ tbm no pacote.

        • THE GUNSLINGER

          Não é de série com certeza.

  • Gran RS 78

    Gosto muito do Renegade, tanto na parte externa quanto na interna, pois possue bons materiais e visual encorpado e bem ao estilo da Jeep. Uma pena ele não ter a opção do 2.4 tigershark, ou mesmo o 1.4 multijet turbo do Fiat 500 abarth, que seria bem mais interessante que esse 1.8 etorq, que como a matéria mesmo fala, casa bem com modelos menores e mais leves. Espero que a Fiat/Jeep corrijam isso o mais rápido possivel.

  • Felipe Anselmo

    Eu tenho ciência que o Renegade tem um motor subdimensionado e com consumo elevado. Mas mesmo assim pretendo comprar um Sport manual. Isso porque quero um carro robusto, com posição de dirigir mais alta, seguro, com muito conforto, com boa tecnologia, com ótimo acabamento, com design mais “aventureiro” (embora eu só ande em asfalto) e com itens de série muito bons. Para meu gosto estes detalhes são suficientes e compensam os pontos negativos do motor. Afinal, vou conseguir ir de um ponto A ao B como qualquer outro carro, mesmo alguns segundos mais devagar e consumindo 1 litro a mais. Porém para mim isso não é problema.

    • Lucas

      O Manual tem um desempenho regular. Não recomendaria o Automático. Não sei se para economizar combustível o escalonamento do cambio automático deixou o carro mais lerdo para acelerações e retomadas.

    • Darwin Luis Hardt

      por esses motivos eu quero um renegade também… só que AT, também vou chegar no destino como qualquer outro carro, mesmo um pouco mais devagar, só que com mais segurança, provavelmente

  • Vagnerclp

    Estéticamente, prefiro o Renegade ao HRV. Uma pena mesmo a motorização do modelo pé-de-boi.

  • katisuhara

    Acredito que o publico alvo desse carro não se importa tanto com essa aceleração, dos 4 ou 5 que vi até hoje aqui em BH, apenas 1 não era dirigido por mulheres, então acho que é um carro bom. Lógico que isso afasta outros possíveis consumidores que gostam de mais desempenho.

    • Lucas

      Pq tu não viu minha esposa, a bixinha faz miséria com o fusion kkk ela é a contramão do que as mulheres querem num carro.

  • Rodrigo

    Esse consumo ai não é bem o que eu estou registrando.
    O meu Renegade Sport AT, fechando agora os 3 mil (isso contando 2 viagens de 500km), está fazendo uns 9.5~10 km/l. Isso em Porto Alegre/RS.
    Na estrada, não contei da primeira vez, mas na última viagem registrei 11.8 km/l na bomba.
    Contudo, é aquilo, consumo é relativo. Talvez meu modo de dirigir seja bem pacato (e de fato é), sem contar que, em função da flexibilidade de horário, dificilmente eu pego horários de pico para ir e voltar de casa/trabalho.

    • Darwin Luis Hardt

      é isso mesmo, depende do pé do schumacher. Eu também vou bem na manha, acho que faria essa média aí com o renegade tambem.

      vejo poucos renegades ainda em POA. vi só 1 longitude preto, 1 sport branco, 1 sport prata e 1 sport vermelho. conto nos dedos ainda… ano que vem quero ver se entro no grupo

  • rodrigomalc

    Blz, mas e aí o que que a Jeep pode/vai fazer pra acabar com esse problema?

    Na minha opinião, o carro é perfeito, com exceção da motorização.
    (Não parto pro Diesel pq fica muito caro PRA MIM)

    O 2.4 da Freemont não supriria esse problema?
    Qual é a desse motor? A Fiat importa ele? Aumentaria muito o preço do Sport/Longitude, fazendo chegar proximo ao Diesel?

  • Rodrigo Dos Santos

    Comprei o renegade a 2 semanas. O carro é perfeito. Quem fala mal do carro, pra mim é inveja.

    • VeeDub

      Rodrigo, estou pensando em um, Qual o consumo do seu ?

  • Fabio Correa

    Considerando 2/3 na cidade e 1/3 na estrada, com os dados da matéria temos o consumo médio de 9,5 km/litro, que não é um consumo tão ruim para um carro deste porte. Tem carro mais leve que bebe mais do que isso.
    Já andei no carro e o desempenho não é tão ruim assim.
    O acabamento é superior a todos os SUVs compactos do mercado, chegando a ser melhor do que Sportage, ix35 e ASX que são de categoria superior.
    Acredito que estejam batendo muito no Renegade, apenas porque é da famosa marca Jeep.

  • carlos rodrigues

    Já era de se esperar que esse motor não cairia bem ao renegade. Não vou nem entrar no mérito de sua durabilidade ou manutenção, mas numericamente é muito fácil perceber que o torque e potência desse propulsor estão aquém do necessário para um carro desse porte. Sendo assim, a principal consequência é o aumento no consumo.

  • 1945_DE

    E tem gente elogiando isto. Fiz o teste drive na versão sport manual e a vendedora não sabia a onde enfiar a cara. O carro não andava. Só eu a vendedora que devia pesar uns 60 Kg + os meus 72Kg. Descrevi a ficha técnica inteira do carro para ela enquanto fazia o test drive. Relação peso/potencia, relação peso/torque e o veredito final. Não dá para comprar isto. Só seu eu tivesse um 70 anos. O carro é muito lento e para fazer o bicho embalar só afundando o pé e tendo muita paciência. Se for em aclive então. Certeza que ia dar nisso. Consumo alto.

  • Cesar Mora

    Não acho o Renegade Ruim ( embora esse 1.8 seja fraco, não seja econômico e esse carro com perfil familiar, aventureiro, não tem porta-malas mas ok) legal termos opções, o fator segurança é importante ( embora em um acidente no mundo real não é 1 estrela pra la ou pra cá que te salva… ) mas acho engraçado os fanboys defendendo o carro falando que chegam mais do ponto A ao ponto B mesmo que mais lentamente… caramba, desde quando isso aqui deixou de ser um site de quem gosta de carros?! o legal é o Diesel, mas o preço é beem alto..

  • Airplane

    Com esse 1.8 não dá dona fiat!

  • Angelo Tessaro

    Diferença bruta de altura do solo em relaçao ao Trailhawk em, quase 200 metros, hehehehe “A altura livre do solo é de 177 mm no 1.8 e 195 m no 2.0”

  • oscar.fr

    Esse Renegade tem cara de ser extremamente apertado. É um bom carro para solteiros. Se a pessoa tem família, ele fica como segundo carro.

    • Rodrigo

      Acredito que nunca tenha visto o carro então.
      Levo minha família numa boa, com conforto e segurança.

      • oscar.fr

        Uma família também entra com conforto e segurança em um Fiesta Titanium, mas não é porque entra, que o carro se torna. De tudo o que já vi do Renegade ele me pareceu bem apertado e o porta malas menor que o do meu Peugeot 208. Se o negócio é imagem – e esse é para mim o único ponto positivo do Renegade – até vai, mas para tudo o resto, três letras: HR-V

        • Rodrigo

          Entrar em um carro é bem diferente de ter conforto. Com certeza a comparação entre Fiesta e Renegade é totalmente equivocada.
          “Achar” não é tão válido quanto comprovar, confirmar.
          Não é obrigatório concordar, mas que haja senso para comparar!
          E claro, o porta malas do HRV é maior. Mesmo assim preferi o outro.

  • Marcus Vinicius

    Por isso que eu digo que Jeep Renegade merecia um motor Chrysler como o 2.7 V6 Pentastar que foi usado no Dodge Journey !

  • Arthur Santos

    Poderia ser pior, na Itália é vendido com o 1.6 etorq de 110cv..

  • Revoltado

    “Jeep Renegade Sport 1.8 Flex sofre com baixa potência e consumo alto”
    Gente todos os Fiat sofrem disso nao seria diferente no Renegade

  • Economy

    Nos EUA o motor da Renegade é um 1.4 Turbo de 160 cv. Motor muito bem dimensionado para ser usado no modelo. Poderiam ter oferecido aqui com esse modelo, invés desse anêmico 1.8 aspirado da Strada.

  • Economy

    Nos EUA, o modelo manual conta com 6 marchas a frente e um bom motor 1.4 turbo de 160 cv. Tudo isso por US$ 17.995.

  • jkpops

    pode até ser um carro bom mas é feio e com esse motor Fiat não boto muita fé não !!!!!!!!!!!!………

  • Justiceiro

    os caras querem o que? que um carro desse com um motor tesao desse, faca 12 na cidade? tem 1.0 que nao faz isso…eu tenho um bravo com esse mesmo motor faco 9,5 10 na cidade e 12,5 na estrada, mas ando com ar sempre ligado e tenho debaixo do capo um 1.8 30cv, os cara andam ai de carro 1.0 sem ar e fazem 12….prefiro fazer os 9,5/10 e andar de bravo né amigo…da licença…

  • Sics César

    Isso é a Fiat fazendo gambiarra na JEEP. Colocar esse 1.8 cansado em um carro desses é uma piada! A Fiat não tem motor a gasolina com cilindrada maior que seja bom!

  • Washington Santos

    Se o carro é tão lento como avaliam os “especialistas” aqui, qual o motivo do sucesso de vendas? Ou o desempenho é só mais um fator a se considerar na comprar de um carro?

  • Washington Santos

    Se o carro é tão lento como avaliam os “especialistas” aqui, qual o
    motivo do sucesso de vendas? Ou o desempenho é só mais um fator a se
    considerar na comprar de um carro? Esse negócio de 0 a 100km/h, depende muito da habilidade do condutor! Bota um piloto profissional pra testar no lugar desses “entendidos”.

  • Kadu Bentley

    Carro da modinha, feio e com motor fiat! Essa marca Jeep ja deu! Parece uma botinha ortopédica esse Renegade kkk

  • José Conter

    o meu ta fazendo 5,2 km/l na gasolina na cidade, e o meu antigo uma B-180 fazia 7,5 a 8 km/l…

    • VeeDub

      Sério que tá fazendo só isso José ? Já está amaciado ? É automático ?

  • Milton Tavares

    Parece que os ajustes feitos no 1.8 Evo melhorou o consumo, mais deveria ter um cambio manual de 6 marchas que ajudaria ainda mais na economia de combustivel.

  • Adalberto Dalindo

    A FIAT até que se esforçou, fez diversas alterações no motor
    1.8 E.TorQ, aplicando novos pistões, bielas e cabeçote, (taxa de compressão
    subiu de 11,2:1 para 12,5:1), além de um variador de fase no comando de
    válvulas, mas não foi suficiente. O Jipe continua sendo lento em retomadas, o
    que para mim representa um grande risco em inevitáveis ultrapassagens, mesmo
    respeitando as regras de trânsito.

    Não se trata de saber quem é mais rápido de 0 a 100 km/h,
    mas sim de tempo de retomada de velocidade requeridas em uma ultrapassagem, em
    estradas de pista única, que muitas vezes só permitem esta manobra nas decidas
    com visibilidade, mas é ai também que o veículo que você quer ultrapassar
    também ganha velocidade na descida, exigindo mais fôlego de que está realizando
    a ultrapassagem. Comprovei isto na prática no teste que realizei com um
    Renegade 1.8 Flex Automático. A adrenalina sobe, porque na descida o “carga
    pesada”, acelera e bastante.

    A FIAT já sente a pressão dos proprietários, e da imprensa
    especializada que parece unanime em colocar uma interrogação quanto ao uso deste
    propulsor, frente ao peso do Renegade.

    O carro é ótimo, sua carroceria é indiscutivelmente parruda,
    acabamento impecável, típicos de um projeto JEEP, porém a FIAT, por questões de
    preço de mercado, resolveu improvisar com uma motorização que, sim deixa a
    desejar, tanto que já há boatos de que a FCA trabalha na transformação do seu
    moto 2.4 TigerShark de 180 cv, que equipa o Renegade nos EUA, e agora também na
    Argentina. Este motor possui bloco confeccionado de alumínio e sistema de
    admissão com tecnologia MultiAir2 da Fiat.

    Segundo vazou na imprensa especializada, uma versão com
    pistões menores, 2.0 Flex por questões tarifárias brasileiras, já esta sendo
    testada para ser uma alternativa intermediária entre o 1.8 Flex, e o 2.0 Diesel,
    ambos já oferecidos aqui no Brasil.

    É claro que esta nova versão vai custar mais que as 1.8 Flex
    já oferecidas. Isto já aconteceu com outros carros de várias montadoras. Os atuais
    proprietários dos “Renegades” com a motorização 1.8 Flex acabarão com um verdadeiro
    mico nas mãos, na hora de vendê-los. Por isso, vale a pena aguardar a Versão
    2016-2016, que já deve vir com esta nova opção de motorização.

  • Eliana Tiecher

    O meu, sport flex automático, não chega a 5km/l na cidade. Bebe pacas!

  • fbl

    fiat

  • Robson Arruda

    Estava até afim mas, aqui está escrito (Consumo urbano – 8,5 km/litro) e o do meu amigo faz 3 Km/litro na cidade, tem alguma coisa errada na informação…

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend