O incrível Renault Clio V6 com motor central completa 20 anos

O incrível Renault Clio V6 com motor central completa 20 anos

Esta semana chegamos a 20 anos de um modelo que a grande maioria das montadoras nunca produziria, o Renault Clio V6. Se tratava de um simples Renault Clio com um grande motor V6 central, colocado no lugar do banco traseiro.


O pequeno esportivo foi revelado inicialmente como um carro conceito no Salão de Paris de 1998, com este visual:

O incrível Renault Clio V6 com motor central completa 20 anos

O incrível Renault Clio V6 com motor central completa 20 anos

E até que ao migrar do carro conceito para o carro de produção e venda, a Renault não o modificou muito, ficou bem parecido, com apenas alguns pequenos detalhes eliminados.

A existência do Renault Clio V6 de rua tinha ligação direta com o modelo que era usado nas competições da série Clio V6 Trophy, de automobilismo. A série Renaultsport Spider Trophy foi eliminada em 1998 e a Clio V6 Trophy foi implementada em seu lugar, para trabalhar o marketing da segunda geração do Clio, que tinha acabado de chegar ao mercado.

E assim o Clio V6 de rua era lançado, tendo mais a ver com super carros esportivos do que com o simples Clio normal, pois o V6 tinha motor central e também tração traseira.

O incrível Renault Clio V6 com motor central completa 20 anos

A vida do Renault Clio V6 pode ser dividida em Fase 1 e Fase 2, com a primeira durando de 2001 até 2003, e a segunda de 2003 até 2005.

E se o Renault Clio V6 era 99% parecido com o Renault Clio V6 Trophy de corrida, ele não tinha quase nada em comum com o Clio de rua, tanto na parte mecânica quanto nas peças externas de sua carroceria.

O incrível Renault Clio V6 com motor central completa 20 anos

O motor era um 3.0 V6 que vinha do Renault Laguna, com novos pistões, maior taxa de compressão e giro que chegava a nada menos que 7.100 rpm. A potência não era muito grande para os padrões atuais, 230 cavalos, mas imagine o desempenho que isso trazia ao pequeno Clio! O torque era de 30,5 kgfm.

O câmbio era manual de seis marchas, com tração traseira, e existia também um diferencial de deslizamento limitado. A aceleração de 0-100 acontecia em 6,4 segundos e a máxima era de 237 km/h.

O incrível Renault Clio V6 com motor central completa 20 anos

Pelas fotos, parece que as dimensões são iguais às do Clio comum, mas o Clio V6 era 17,1 centímetros mais largo e 6,6 cm mais baixo, com um entre-eixos 3,8 centímetros maior. O eixo dianteiro era 11 centímetros mais largo, e o traseiro, 13,8 centímetros.

As rodas eram de 17 polegadas, modelo OZ Superturismo, com pneus 205/50 na frente e 235/45 na traseira. Os freios eram da AP Racing, com discos de 33 centímetros na frente e 30 centímetros atrás.

O incrível Renault Clio V6 com motor central completa 20 anos

A suspensão também era exclusiva, não tendo nada em comum com o Clio comum. A barra anti rolagem dianteira vinha do Clio V6 Trophy e o subframe dianteiro vinha do Clio Renault Sport 172. Outros itens exclusivos: amortecedores e painéis da carroceria.

Já o capô, teto e tampa traseira vinham do Clio Renault Sport 172.

O incrível Renault Clio V6 com motor central completa 20 anos

As malas tinham de ser levadas no porta-malas dianteiro, que ficava no lugar onde normalmente existia o motor do Clio. Mas ali o espaço era de apenas 67 litros, o que não adiantava muita coisa. Também existia um espaço atrás dos bancos dianteiros, com mais 45 litros de capacidade.

O modelo tinha revestimento interno de couro e Alcantara, ar-condicionado, sistema de som e vidros escurecidos.

O incrível Renault Clio V6 com motor central completa 20 anos

Na Fase 1, de 2001 a 2003, em torno de 1.513 unidades foram produzidas, junto com 159 carros de competição da Clio V6 Trophy, que existiu entre 1999 e 2003. Dentre os 1.513 carros de rua, 256 foram feitos com volante do lado direito, para o mercado britânico.

Nesta primeira fase, os carros eram feitos na Tom Walkinshaw Racing, baseada na Suécia. Já a Fase 2 foi produzida na fábrica de Dieppe, da própria Renault.

O incrível Renault Clio V6 com motor central completa 20 anos

Em 2003, o Renault Clio de segunda geração recebeu um facelift em seu visual, e o Clio V6 foi atualizado concordemente. Ele, além do visual atualizado, tinha rodas maiores, de 18 polegadas, novo chassi, eixo dianteiro 2,3 centímetros mais largo e eixo traseiro 3,3 centímetros maior.

A potência aumentava, graças a novos pistões e um novo sistema de admissão. A potência saltou para 255 cavalos, mantendo o mesmo torque anterior. A aceleração ficou ainda melhor, 5,8 segundos para o 0-100. A máxima chegava a 246 km/h.

A produção deste icônico modelo acabou em 2005, com 1.309 carros da Fase 2 sendo produzidos. A quantidade de carros para o Reino Unido foi de 354 veículos.

Um Clio V6 da primeira fase foi vendido em um leilão online na Europa neste ano de 2020 por mais de 62.000 libras. Ele tinha apenas 3.389 km rodados.

Eber do Carmo

Formado em marketing, tem mais de 15 anos de experiência escrevendo sobre o mercado automotivo no Notícias Automotivas, desde que fundou o site em 2005. Anteriormente trabalhou em empresas automotivas, nos segmentos de personalização e áudio. Também teve por três anos uma empresa de criação de sites e catálogos eletrônicos.