Peças paralelas para carro: internet está cheia de réplica falsa

jogo de velas ngk

Os preços de componentes automotivos são tentadores na internet, mas os riscos são assustadores. Veja dicas e cuidados para não cair numa fria e o barato acabar saindo caro.

Seu carro começou a falhar, você o levou no mecânico – ele sugeriu a limpeza dos bicos, troca das velas, bobinas e te passou o orçamento: R$500,00 na mão de obra, R$1.000,00 no jogo de velas e R$1.500,00 nas 4 bobinas (orçados na concessionária).

Você preocupado com o bolso faz uma busca rápida em algum e-commerce conhecido e encontra as mesmas peças “originais” e com a logomarca da montadora por um terço do preço, maravilhoso não é mesmo? Nem sempre!

Infelizmente os sites mais conhecidos de vendas online estão cheios de réplicas e imitações, pois basicamente qualquer um pode vender neles, e o pior, as peças falsificadas são visualmente idênticas às originais tornando impossível de distingui-las!

Algumas são mais problemáticas que outras – uma bobina falsificada, na pior das hipóteses, vai ter uma vida útil muito inferior à original ou não vai resolver seu problema.

Entretanto um bico injetor de má qualidade pode travar aberto e jogar combustível de forma descontrolada na câmara de combustão causando um calço hidráulico no seu motor, podendo trazer um prejuízo de mais de R$ 10.000 pro seu bolso.

Não é incomum relatos de velas que se desfazem dentro da câmara, elas podem ser expelidas sem maiores problemas e saírem pelo escapamento, fazendo seu carro falhar de novo e você gastar novamente com peças (dessa vez originais) e mão de obra, ou pode furar o pistão e adivinha? Menos R$ 10.000 na sua conta bancária.

Não me entenda mal, existem sites e vendedores confiáveis na internet, o problema é conseguir encontrá-los no meio desse mar de picaretas que se tornou a internet.

Mas calma… nem tudo está perdido! Vou te dar algumas dicas de como encontrar peças a um bom preço e de forma confiável:

1. Algumas montadoras como a VW (https://pecas.vw.com.br) e Honda (Catálogo de Peças (honda.com.br)) possuem um site para comprar peças originais diretamente da sua rede concessionárias, tudo que você precisa é do número da peça (part number) que vem estampado ou etiquetado na peça e pode facilmente ser identificado por você ou seu mecânico.

Já a Ford, por exemplo, possui uma página dentro do Mercado Livre que também vende peças originais diretamente de suas concessionárias (Ford loja oficial no Mercado Livre Brasil).

2. Os itens vendidos em autopeças de marcas genéricas, por exemplo, NGK e BOSCH são exatamente as mesmas vendidas pela concessionária, porém sem o logo da montadora.

Empresas como as citadas são totalmente confiáveis e produzem diretamente para as montadoras, que só… montam os carros.

Na maioria das vezes as peças que estão no carro trazem o número da peça da montadora e do lado o número de peça do fornecedor (imagem abaixo), basta informar esse número na loja e o carro que deseja aplicar que eles devem encontrar a peça por um preço muito inferior ao praticado na concessionária.

bico injetor voyage

À esquerda o código VW e à direita o código neutro Bosch em um bico injetor do Voyage 1.6.

3. Em último caso, se as dicas acima não funcionarem, vale o cuidado com o vendedor do e-commerce que eventualmente encontrou a peça que precisa.

Veja as avaliações do produto e do vendedor, qualquer indício ou reclamação de falsificação, fuja! Pergunte se ele emite NF e suspeite de preços muito baixos.

Com essas informações em mãos, converse com seu mecânico, informando que vai adquirir as peças por outros meios, evitando assim algum mal-entendido com ele, faça a compra e durma tranquilo sabendo que seu carro tem peças de qualidade que vão durar muitos anos!

google news2 Quer receber todas as nossas notícias em tempo real?
Acesse nossos exclusivos: Canal do Whatsapp e Canal do Telegram!

O que você achou disso?

Toque nas estrelas!

Média da classificação / 5. Número de votos:

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.


Últimas Notícias



c12OrqyAeQ65CANuSaRgcOXX3cvWvBvO3VrU zKQNKMIjAIN28coKUHnlTgz76QZ90
Autor: Luca Magnani

Engenheiro mecânico na indústria automotiva, pós graduado pela Universidade da Indústria do Paraná em Engenharia de veículos elétricos e híbridos.