Manutenção Matérias NA

Quanto tempo dura uma bateria de carro?

Quanto tempo dura uma bateria de carro?

A bateria é um dos componentes mais importantes de um automóvel.


É ela que garante o armazenamento de energia elétrica para ser usada quando o veículo está desligado e também para garantir o funcionamento do mesmo durante a condução. Mas, quanto tempo dura uma bateria de carro?

Todo automóvel utiliza uma bateria, aliás, todos os veículos que possuem um motor a combustão e mesmo os elétricos, embora nesse caso ela seja na verdade o “tanque” do carro.

Mas, aqui estamos falando da comum, que vem junto com o veículo. Quando sua vida útil chega ao fim, basta troca-la por uma nova.


Entretanto, esse tempo de vida útil vai depender de alguns fatores que abordaremos abaixo do subtítulo, sendo algumas dicas recomendáveis para prolongar o tempo de serviço da bateria de carro.

Quanto tempo dura uma bateria de carro?

Quanto tempo dura uma bateria de carro?

A grosso modo, uma bateria de carro durante em média entre 3 e 4 anos. Como já falamos acima, isso dependerá de como ela será utilizada durante sua permanência no veículo.

Geralmente, os fabricantes dão garantia que varia de um a três anos. Também existem aquelas que procuram recuperar a bateria ruim para mante-la por mais tempo.

Uma bateria de carro é um dos componentes mais importantes do veículo e tem tamanhos variados, dependendo da amperagem e tipo de veículo que ela irá servir.

No primeiro caso, a amperagem varia de 45 a 100, mas ainda existem baterias mais fracas, de apenas 35 ou 36 amperes. Por incrível que pareça, estas servem até carros bem modernos.

A voltagem é sempre a mesma: 12V. Ela é suficiente para um automóvel de passeio ou utilitário. No caso de veículos comerciais diesel de porte grande, como caminhões e ônibus, a carga é de 24V.

A bateria de carro tem carga suficiente para girar o motor durante a ignição e ligar todos os componentes elétricos e eletrônicos do veículo.

Alguns itens importantes de um carro, porém, não dependem da bateria diretamente para seu funcionamento, como é o caso de direção hidráulica e ar condicionado, geralmente acionados correia em “V”. Existem carros com climatização eletrificada, como era o caso do antigo chinês Effa M100.

A direção elétrica atua apenas com o carro em funcionamento, mas em certos modelos, durante o Start&Stop, o sistema continua operacional.

E de onde vem a energia da bateria? Suas células de chumbo-ácido recebem uma carga na fábrica e esta é reposta sempre que o motor funciona, através do alternador, que é acionado mecanicamente através de correia.

O alternador pega o movimento do motor funcionando e o transforma em energia elétrica, sendo uma parte enviada para a bateria, outra para mante-lo operando e o restante para o sistema elétrico do automóvel.

Para manter-se bem carregada, a voltagem que chega na bateria de carro, precisa estar entre 13,5 volts e 14,5 volts.

Essa é uma corrente contínua, que havia sido transformada da corrente alternada produzida pelo motor.

Como prolongar a vida da bateria de carro?

Quanto tempo dura uma bateria de carro?

A vida útil varia de acordo com a utilização do carro. Se o mesmo roda muito em determinados trechos, isso diminui sua vida.

A quantidade de aparelhos elétricos usados constantemente no carro também influencia, assim como o número de partidas e a temperatura média do ambiente onde o carro circula.

Além disso, remover a bateria várias vezes também reduz sua vida, bem como sua recarga em carregador externo ou a chamada “chupeta” em outros veículos ou no próprio, caso a carga esteja “arriada”.

Também é importante saber a amperagem correta para cada modelo, a fim de não sobrecarrega-la.

A revisão do sistema elétrico do carro ao longo da vida do mesmo é importante para manter a bateria sempre em funcionamento.

Uma dica é não comprar bateria com mais de 3 ou 4 meses de fabricação. Evite deixar aparelhos ligados no carro com motor parado. Uma bateria de carro custa de R$ 300 a R$ 700.

Quanto tempo dura uma bateria de carro?
Nota média 2.6 de 14 votos

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

  • FPC

    Meu carro anterior (VW UP) vendi com 5 anos de uso e bateria estava originalainda, o negócio é que eu ando muito em rodovia diariamente, eu também tinha a mania de não subir os vidros no alarme, e não ligar o carro com som ou ar condicionado ligados, sempre fazia com o carro ligado, acho que contribui um pouco.

    • Robson

      Meu Corsa é 2007/2008, sou segundo dono desde 2009, mas pela NF de saída da concessionaria, ele começou a rodar em Fevereiro de 2008, imagino que só ativem a bateria nesse momento. A original AC Delco arriou exatamente em Fevereiro de 2012, a Moura seguinte durou exatamente até Fevereiro de 2017 (4 e 5 anos respectivamente) e a Moura atual está lá firme e forte. Das coisas que você citou, a única que não faço é ligar o carro com o botão do ar condicionado acionado, porém sempre ao ligar o carro piso antes na embreagem, acho que 3 anos deve ser uma média coerente, mas vai muito da sorte também.

      • Marcello Caetano

        Não há “ativação” de baterias seladas.

        • Robson

          Eu sei, disse ativação no sentido de conectarem ela no carro, não sei se elas já ficam conectadas no pátio da concessionaria ou fabrica.

      • T1000

        Moura é só marca, uso essas baterias alternativas faz muito tempo, duram o mesmo ou até mais e o preço é 1/3 dessa famosa aí.

        • Gutemberg Ferreira

          Sorte sua. Comprei uma tal de Cral para o carro dos meus pais que durou apenas 1 ano. Já as baterias da Moura que utilizei em meus carros sempre duraram mais de 3 anos.

          • leomix leo

            Trabalho com baterias automotivas, realmente a Cral não vale nada, A Moura é uma boa bateria, a Zetta é a mesma Moura, tida como segunda linha, só que sai da mesma linha de produção, tem o mesmo CCA e a mesma garantia, Heliar tb é muito boa, já peguei uma bateria de um Sandero com 7 anos de uso, tudo vai da for,a que vc utiliza e se o carro tem muita Eletronica para consumir a mesma. Tem uma marca Pioneiro que é muito boa tb.

          • Lorenzo Frigerio

            Várias das minhas baterias Cral “deram cral”; algumas duraram. Não espere qualidade de uma Delco ou Heliar.

        • Geraldo Xavier

          Baterax dura 1 mês além da garantia. 13 meses

    • Guilherme Ferreira Lucio Lemes

      Do meu UP 2014/15, a bateria de 36AP foi trocada com dois anos e meio…deu sorte no seu caso. Hoje ele está na terceira bateria.

      • V.mario

        O UP 14/15 do meu irmão teve a bateria trocada com 2 anos e 11 meses, o meu UP tb 14/15 tb troquei com 2 anos e 9 meses, as originais eram de 36AP (acho que da marca Moura), meu irmão colocou uma de 50AP dessas mais baratas e eu coloquei uma Moura de 50AP, estas trocas foram realizadas em setembro (UP dele) e em outubro (meu UP) ambos de 2017 e até a presente data nenhuma das duas está dando sinais de cansaço.

    • Marcelo Alves

      A bateria original do meu Polo 2008/2009, uma Heliar 60Ah durou 5 anos, a segunda bateria (Heliar 65Ah) durou 2 anos e a terceira (Heliar 60Ah) está lá até hoje, 4 anos, mas ela já está começando a dar sinais de dificuldade para girar o motor de partida de manhã, logo logo vou trocá-la antes dela me deixar na mão.

  • Sergio Vilaça

    Eu tenho um HRV comprado em Março de 2015 e ate hoje não precisei trocar a bateria!

  • Zé Mundico

    Sei não, mas minhas 4 últimas baterias duraram em torno de 30 mêses (2 anos e meio), uma num Honda CRV, uma num Peugeot 408 e já vão duas num Mitsubishi Outlander. E venho usando Moura e Heliar que são as mais famosas, pelo menos….
    Isso com uso normal, uns 30 km por dia, com ar e som ligados e rodando mais durante o dia.
    Mas antigamente as baterias duravam mais, já tive caso de durar até 4 anos numa boa, se bem que antigamente tinha menos eletrônica e não existiam essas bugingangas de gps, multimídia, celular ligado direto, módulos, etc e tal.

    • Costarlc

      Comprei um Polo em 2007 e a bateria durou 3 anos, depois disso, não passou de 18 meses, mesmo usando muito em estradas da marca Heliar. Parei de comprar as tops, seguem com a mesma duração e hoje estou com uma Zetta há um ano…

      • Jonny Henrique

        A Zetta é fabricada pela Moura… Certamente não usa as mesmas matérias primas nas duas linhas, mas já é muito melhor que as “xing ling” de verdade…

        • leomix leo

          Exatamente, são da mesma linha e possuem o mesmo CCA, observe isso na hora de comprar uma nova. O CCA é a potência de pico que ela tem fria, pra poder dar a partida no carro.

      • Retrato do Papai

        também tive uma zetta, usei ela por 1 ano em um escort, depois a passei para um palio, onde durou por mais uns 3 anos… troquei por uma moura que durou mais ou menos os mesmo 4 anos, só que sendo bem mais cara que a zetta né… o meu fox atual tem uma moura desde o início de 2016, já se foram 3,5 anos e até agora parece ok, ela descarregou duas vezes mas por descuido meu, e recentemente fiz um teste eletrônico de bateria na dpaschoal e o aparelho relatou que a bateria está boa, mas está com uma mínima quantidade de zinabre nos bornes, vamos ver até onde vai… só sei que a minha próxima será outra zetta

  • Domenico Monteleone

    Se tiver a porcaria do Start-stop não dura nada

    • Rafael Prado Izabel

      A bateria do Start&Stop realmente não dura nada, e são absurdas. Meu antigo carro na garantia foi trocada 2 vezes. Não aguenta, tenho dó de quem tem esse sistema, se ja tiver acabado a garantia prepara pelo menos R$900,00, para comprar a pior.

      • Robinho

        ou seja o que economiza em combustivel, gasta em bateria, bom saber…tem como desligar isso?

        • Cássio

          No Cruze não tem como desligar, mas queria saber no Golf/Golf Variant, se tem como desligar, e se tem como substituir por uma bateria comum, mais barata.

    • Supernescau

      A minha está indo pra 3 anos em perfeitas condições e com o SS funcionando normalmente.

    • Ronaldo Prado

      A economia que se faz de combustível se gasta na hora de trocar a bateria. Pelo menos 3 vezes mais caras do que a comum.

      • Supernescau

        Concordo com a segunda parte: realmente é um absurdo o custo – mas não concordo com a primeira. A diferença, no meu caso, entre o motor turbo atual com SS e o turbo anterior, sem SS, é a seguinte: faço 7 km/l no etanol, onde antes eu fazia o mesmo consumo na gasolina. Ou seja, minha economia é de aproximadamente R$ 1 por litro. Como gasto aproximadamente 200 litros por mês, a diferença é de R$ 200. Multiplicando pelo período de 36 meses (estimativa da vida da bateria), a economia com combustível seria de R$ 7200. Não estou falando que este cálculo é absoluto ou que se aplica para todos os casos, mas dá uma ideia da economia no meu caso.

    • MV Coelho

      2 anos de Argo com start-stop e nem sinal de pedir troca da bateria… e o gasto com combustível melhora muito, mas muito mesmo… com o sistema ativado, a melhora do consumo, em trânsito pesado, passa dos 25%.

  • Baetatrip

    Meu ex carro Tiguan 2.0 TSI tinha bateria “curta” e 60 amp, ate durou bem… 3 anos
    Tinha tanta eletronica para trabalhar…!
    Atual carro GV3 4×4 tem bateria maior caixa alta e 75 amp (tem menos eletronica) e dura mais!
    Troquei ha pouco tempo e durou 3,5 anos….!
    Se a bateria estiver “fraca”, melhor trocar logo senao dá pau no modulo!
    Que ja aconteceu com os amigos que tem a versão 6cc (bateria custa 600 contra 5000 o modulo)

  • Ricardo

    Pensei que recarregar a bateria de vez em quando era bom, mas o texto diz que não.

    • Marcio Gregol

      Procura por Ctek. fornece aparelhos homologados por varias montadoras, comprei na sede da BMW em Munique, mas na verdade é só rótulo, fabricam para todas as grandes. Minha BMW vendi com 5 anos e a bateria continuava ótima.

  • RodrigoABC

    New fiesta 2013, bateria durou 5 anos com duas chupetas nesse intervalo (deixei o som ligado e na outra os faróis), acho que durou bem. Agora estou com uma Tudor, não creio que uma bateria “de nome” vale 50% a mais no preço.

  • Jonny Henrique

    Faltou citar que um dos maiores danos pra bateria é retirar aquela capa térmica que protege ela do calor do cofre do motor.
    Carros com bateria em compartimento separado do motor, que não recebem mais que 40°, costumam durar mais que cinco anos facilmente

    • Marcelo Alves

      Muito instalador remove aquela capa térmica e joga fora por pura preguiça de colocar na nova bateria, principalmente quando se troca uma bateria pequena (45Ah) por uma maior (60Ah), eles nem costumam se dar ao trabalho de vestir a capa térmica na bateria do jeito que der.

    • Gutemberg Ferreira

      Há controvérsias… O local onde ficava a bateria do meu ex-Golf alemão era mais confortável que a minha cama e ela só durou 2 anos.

  • Dherik

    Bateria do meu antigo up! TSI durou 3 anos e meio, depois disto não segurava mais a carga. O problema ocorreu de um dia para outro, não apresentou sinais antes de problema, estava perfeito até o dia anterior. E 2 meses antes eu fiz aquele teste de bateria que disse que a bateria estava boa… não dá para confiar neste teste não.

    • leomix leo

      Qual foi o teste que vc fez? O que imprime o relatório ou o teste de força (partida), esse segundo a bateria é forçada ao extremo, acarretando uma sobrecarga na mesma, depois desse com certeza ela reduziu sua vida útil, geralmente eu aviso ao cliente que se ela estiver ruim não vai aguentar muito tempo não, e não pode passar de no máximo 10 segundos, vejo gente fazendo 2 ou 3x, aí que reduz mais ainda a vida da mesmo.

      • Dherik

        Foi feito na concessionária. O consultor mostrou ao final um papel mostrando os resultados da bateria, naquele papel e tamanho de cupom fiscal.

        • leomix leo

          Esse teste aí não leva a bateria ao extremo, tem um teste de estresse que se ela estiver ruim já nem dá mais a partida no carro, esse do cupom eu faço geralmente quando a bateria do cliente tem tipo uns 6 meses, e se eu atestar realmente uma falha na produção dela, eu já troco e nem perco tempo, já uma bateria com 18/20 meses de uso eu bato logo o teste pra ver se ela aguenta o tranco.

  • Unknown

    Troquei a do meu Nissan Livina, há uns 3 meses, durou cerca de 5 anos, comprei o carro há 3 anos, mas o vendedor me passou todas as notas dos serviços efetuados e constava lá a aquisição da AC DELCO em 2014.

  • cefaf

    Comprei meu Duster usado com 3 anos de uso. Dono anterior (primeiro dono) trocou a bateria original com 2 anos e meio de uso, colocando uma Heliar. Esta bateria eu troquei, por uma Moura, quando ela estava com 3 anos e meio de uso. A Heliar estava boa porém começando a perder carga, e decidi trocar porque estava prestes a sair de férias.

  • Rogério R P Jessy

    Comprei um honda Fit em março de 2016 e a bateria havia sido trocada pelo dono anterior a exatos um ano (Heliar 45 ah), vendi o carro em abril de 2019 e a bateria esta excelente, ou seja 4 anos completos e tudo ok, valendo ressaltar que uso o carro apenas nos Finais de Semana.

  • leitor

    Quando a bateria já tem mais de um ano não gosto de deixar o carro no sol. Já tive mais de uma vez problemas assim e um pessoal de uma agência contou que alguns carros em que a bateria falhou estavam no mesmo lado que recebia sol.

  • Andre Henrique Melo

    Carro Mercedez Classe A o primeiro modelo do Brasil a bateria durou 8 anos e não era carro de garagem.Tem carros hoje zero que bateria nem dura 2 anos.Ecoesport e um deles.

  • Luis Burro

    Amperagem???Acho q seria melhor dizer corrente pq o pessoal costuma falar assim por causa da “Voltagem” e q no caso o termo mais correto seria tensão !

  • Luis Burro

    Os elétricos tbm tem uma bateria convencional,pq disto se podia usar a própria,e os com start/stop?

  • Raul Cotrim de Mattos

    Praticamente só faço viagens curta dentro da cidade e é um motor diesel de 3 litros. As baterias de 90a acabam durando apenas 2 anos.

    • leomix leo

      Já usou Heliar ou Moura, sei que são mais caras, só que duram mais. Se puder pegue uma Optima Red top, acho que seu carro é uma SW4, poderia ver se tem ela de 80ah, com certeza ela passa dos 5 anos fácil.

      • Raul Cotrim de Mattos

        É uma SW4 2001. To com uma moura de 105ah agora.

        • leomix leo

          Essa Optima que lhe falei de 75ah tem um CCA de uma bateria de 180ah, pode colocar e ficar pelo menos 5 anos tranquilo.

  • SDS SP

    No meu caso, durou em média 3 anos. Nas duas últimas trocas a culpa foi exclusivamente minha. Acho duraram até demais.

  • afonso200

    3 anos e 10 meses, 75 amperes heliar para o Azera durou

  • Marcelo Guimarães

    eu tenho um celta 2011/12 que tirei a bateria original com 6 meses de uso e pus no lugar uma AcDelco 65A,isso em 07/2012 e sempre dou partida com pé na embreagem ( mania que aprendi e não consigo deixar de fazer) e tudo desligado rádio,a/c , e a bateria vai completar 7 anos de uso e não morre !!! tenho o seguinte nesse carro : AC/DH,VE,TE,AL,computador de bordo OBD,sensor estacionamento,voltimetro,som Pioneer com módulo pyramid e 7 portas USB em 2 circuitos de carga de celular sendo 5 de 2.1A e 2 de sistema turbo charger que varia de 5v a 12v,tenho medidor de áudio também no painel ,meu carro ta pendurado de sistema elétrico e a bateria as vezes acusa 11,5v de manhã e da partida sem problema ! acho que ela e paranormal ou de grafeno !!! ;)

  • Wanderson Perin

    Lembrando que existem outros parâmetros a serem observados além da amperagem, como por exemplo a corrente de partida e também as dimensões físicas. Muitas vezes a bateria tem uma amperagem alta, porém uma corrente de partida baixa, por isso é sempre importante checar as recomendações do fabricante do veículo.

  • Yuri Lima

    Tenho carros desde 2001, e comigo toda bateria dura em média 2 anos e meio ou três.
    Já usei Heliar/Moura/Zetta/Yokohama etc, todas com a mesma média de vida útil. Então, hoje eu sempre compro a mais barata.
    Tem bateria Zetta/Yokohama a 200/250 reais. Gasto 500 numa Moura para durar a mesma coisa? Não mesmo.

    • Thyago Vieira Alves

      Eu também só compro a mais barata. Outra coisa que tenho percebido é que o preço é combinado entre as revendas.

  • Leonardo Carneiro

    O fato é que a bateria é feita conforme o uso. No automóvel, a bateria, em teoria, serviria apenas para dar a partida no carro, sendo a sua capacidade de afundamento de carga não superior a 80-85%. Mais que isso a bateria tem sua vida útil reduzida. Um colega postou que a bateria do seu UP durou 5 anos por andar em estrada e está certíssimo. Já vi caso do uso de bateria automotiva em sistema isolado fotovoltaico e que não durou 6 meses devido ao constante uso total da carga da bateria.

  • Lorenzo Frigerio

    O que estraga a bateria é ficar sendo carregada o tempo inteiro a 14 volts. O calor faz com que as placas comecem a se desintegrar. Os reguladores de voltagem não são muito inteligentes; se a bateria indicasse ao sistema que está bem carregada, a voltagem do alternador poderia baixar para reduzir a temperatura. Mas é óbvio que eles querem que você compre uma nova bateria a cada 3 anos.

  • RKK

    Ainda não sei por que as montadoras não pensaram em trocar as baterias de chumbo-ácido por Ion-Lítium, menores, mais leves apesar de mais caras. O Boeing 787-Dreamliner já trocou.

  • Mauro

    Meu carro é um Ford Focus 2.0 Hatch 2009 atualmente com 22.000 Km. Desses uns 7.000 km foi só de estrada.
    A bateria original Ford/Moura durou 7 anos. Incrível !!! Como quase não saio, normalmente de 20 em 20 dias dava uma ligada no motor por uns 5 minutos o bastante.
    O instalador da nova bateria tbm Moura alertou que iria durar 3 anos. Estou com ela ainda.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email