*Destaque Listas Top 10

TOP 10: Carros com porta-malas grande

Porta-malas-1024x575

Preço, marca, economia, potência, design… Quando falamos sobre os fatores levados em conta na hora de comprar um carro, sejam eles racionais ou emocionais, a lista é bem extensa. Mas, dependendo do perfil do comprador, o tamanho do porta-malas sobe consideravelmente nessa lista e se torna algo indispensável.


Esse tipo de perfil inclui quem tem filhos ou outros parentes que dependem do mesmo automóvel, quem gosta de viajar e até quem usa o veículo pra alguma atividade relacionada ao seu trabalho.

Todos consideram o tamanho do porta-malas como algo que pode definir a compra (ou a desistência) em relação a determinado veículo. Por isso, muitas montadoras tem em sua linha uma opção chamativa pra esse público: sedãs compactos, econômicos e com um generoso porta-malas.

Como calcular o espaço de um porta-malas?

Antes de falarmos da lista é bom falar sobre um ponto controverso: como se calcula o volume do porta-malas? Essa medição é regulada pela norma internacional ISO 3832, que foi revisada e confirmada em 2013, sendo ainda a maneira mais correta de medir esse volume. Mas como ela funciona?


O departamento de engenharia das montadoras usa cubos de madeira ou isopor com tamanho 20 x 10 x 5 cm, o que equivale a 1 dm³ ou 1 litro. Enchendo o porta-malas com esses cubos, de modo que ele ainda feche sem dificuldades, podemos chegar ao volume daquele compartimento.

No caso de modelos SUV, os cubos não podem passar da altura dos vidros; eles vão até o teto apenas quando se está medindo a capacidade com os bancos rebatidos. No caso das picapes, a medição é feita por encher a caçamba de água.

TOP 10: Carros com porta-malas grande

Levando em conta aqueles que procuram um modelo com um preço acessível (dentro da realidade absurda de preços praticados no Brasil) e com um bom porta-malas, listamos os 10 modelos mais interessantes para esse público.

A lista levou em conta apenas os veículos que ainda são fabricados, e que tenham tido alguma unidade vendida no último mês (com os preços das versões de entrada e top de linha, sem opcionais).  Confira!

1) Chevrolet Cobalt (R$ 66.590 a R$ 73.890) – 563 litros

chevrolet-cobalt-2017-1-700x501

O primeiro colocado da nossa lista é um velho conhecido quando o assunto é o tamanho do porta-malas. E não é pra menos: são 563 litros, o que o faz liderar em sua categoria no quesito.

O Chevrolet Cobalt 2018 conta com as versões LTZ e Elite, ambas equipadas com motor 1.8 de 111 cv e 17,7 kgfm de torque (com etanol) e câmbio manual ou automático, sempre com 6 velocidades. Além do espaçoso compartimento de cargas, o Cobalt também oferece um bom espaço interno, podendo acomodar os 5 ocupantes sem tantos problemas.

2) Toyota Etios Sedã (R$ 53.240 a R$ 71.150) – 562 litros

Toyota-Etios-2018-4-1024x682

O objetivo principal dessa lista é medir a capacidade do porta-malas, por isso 1 litro fez a diferença e colocou o Etios Sedã em segundo lugar, mesmo ele sendo uma opção interessante quando vemos apenas seu preço (chega a ser R$ 13.350 mais barato que o Cobalt).

O sedã pequeno da Toyota é oferecido nas versões X, X-Plus, XLS e Platinum. Desde a opção mais barata, ele vem com painel de instrumentos digital, direção elétrica, ar-condicionado, computador de bordo, vidros e travas elétricos, airbag duplo e freios com ABS e EBD. O motor é sempre o 1.5 de 107 cv e 14,7 kgfm (o propulsor 1.3 é oferecido apenas na versão hatch), acoplado ao câmbio manual de seis marchas ou automático de quatro velocidades.

3) Honda City (R$ 60.900 a R$ 83.400) – 536 litros

Honda-City-2018-EXL-60-1024x682

Fechando o pódio da nossa lista aparece o Honda City, que conta com um porta-malas de 536 litros. Ele é vendido nas versões DX, Personal (para o público PCD), LX, EX e EXL, com motor 1.5 de até 116 cv e 15,3 kgfm, e câmbio manual de cinco marchas (apenas na versão DX) ou CVT, que simula até sete velocidades.

Os equipamentos de série incluem ar-condicionado, direção elétrica, volante com regulagem de altura, sistema de som com Bluetooth e rodas de 15 polegadas. Dependendo da versão, o City vem com rodas de 16 polegadas, lanternas de LED, ar digital, central multimídia com tela de sete polegadas (com Apple CarPlay e Android Auto), bancos em couro e seis airbags.

4) Fiat Cronos (R$ 53.990 a R$ 69.990) –  525 litros

fiat-cronos-impressões-NA-23-1024x682

O recém-lançado Cronos, irmão do hatch Argo, conta com um porta-malas de 525 litros. Além do bom espaço de carga e interno, o modelo agrega itens interessantes desde sua versão de entrada, como comandos de rádio e telefone no volante, sistema de monitoramento da pressão dos pneus, banco do motorista com ajuste de altura e cintos de três pontos para todos os ocupantes.

As versões disponíveis são a Básica, Drive e Precision, com motor 1.3 (de até 109 cv e 14,2 kgfm) ou 1.8 (139 cv e 19,3 kgfm), e câmbio manual ou automático.

5) Volkswagen Virtus (R$ 59.990 a R$ 79.990) – 521 litros

volkswagen-virtus-msi-2018-avaliação-NA-44-1024x682

Outra novidade no mercado brasileiro presente em nossa lista é o Virtus. O modelo vem nas versões MSI, que tem motor 1.6 16V de 117 cv/16,5 kgfm e câmbio manual de cinco marchas, Comfortline e Highline, essas últimas com o 1.0 TSI, de 128 cv/20,4 kgfm e transmissão automática de seis velocidades.

O porta-malas tem bons 521 litros e uma boa abertura, o que facilita a vida de quem vai acomodar as malas pra viagem. Um detalhe negativo é que as dobradiças não são pantográficas, ou seja, elas ocupam algum espaço no compartimento e podem até danificar alguma mala quando a tampa é fechada.

6) Fiat Grand Siena (R$ 46.690 a R$ 62.990) – 520 litros

fiat-grand-siena-10-1-1024x682

Cotado para continuar em linha mesmo com a chegada do Cronos, o Grand Siena conta com um porta-malas de 520 litros. Ele é vendido nas versões Attractive e Essence, com motores 1.0 (75 cv), 1.4 (88 cv) e 1.6 (117 cv) e câmbio manual ou Dualogic.

7) Renault Logan (R$ 45.850 a R$ 59.650) – 510 litros

renault-logan-1.6-sce-2-1024x682

Assim como o Cobalt, o Logan é um carro conhecido por seu bom espaço interno e generoso porta-malas, que tem 510 litros. Os vários porta-objetos e compartimentos (que na porta acomodam até uma garrafa de 1,5 litro) também chamam a atenção de quem sempre anda com o carro cheio.

O Logan vem nas versões Authentique, Expression, Expression Avantage e Dynamique, com motor 1.0 de 3 cilindros (82 cv) ou 1.6 (118 cv).

8) Chevrolet Prisma (R$ 57.190 a R$ 63.190) – 500 litros

chevrolet-prisma-2017-avaliação-NA-5-700x394

O Prisma oferece um porta-malas de 500 litros, menor que alguns rivais, mas ainda assim muito bom. Disponível nas versões LT, Advantage e LTZ, o modelo sempre vem com motor 1.4 de até 106 cv e 13,9 kgfm de torque. O câmbio pode ser manual ou automático, dependendo da versão, sempre com seis marchas.

A lista de opcionais conta com volante com controles do rádio e do telefone, central multimídia MyLink e OnStar em todas as versões.

9) Volkswagen Voyage (R$ 51.200 a R$ 59.700) – 480 litros

volkswagen-voyage-trendline-10-avaliação-NA-39-700x469

Presente no mercado desde 1981, atualmente o Voyage conta com as versões Trendline e Comfortline, que podem ser equipadas com motor 1.0 de 82 cv ou 1.6 de 104 cv. A transmissão é manual de cinco marchas ou automatizada I-Motion.

O porta-malas conta com 480 litros de capacidade e a lista de equipamentos do sedã dispõe de ar-condicionado, direção hidráulica, regulagem de altura no banco do motorista, airbag duplo e freios ABS. Mas, como é costume nos modelos da Volkswagen, a lista de pacotes opcionais é bem extensa.

10) Nissan Versa (R$ 48.990 a R$ 68.840) – 460 litros

nissan-march-versa-2017-32-700x467

O último modelo a entrar na nossa lista é o Nissan Versa, que oferece um porta-malas de 460 litros. Algo chamativo é a diferença de preço entre a versão de entrada (1.0 Conforto) e a top de linha (Unique CVT), que chega a quase R$ 20.000.

Com isso, a lista de itens de série é bem extensa, dependendo da opção escolhida. Já a motorização fica por conta de duas opções: 1.0 de 77 cv e 1.6 de 111 cv, com câmbio manual de cinco marchas ou CVT Xtronic (apenas para as versões com motor 1.6).

TOP 10: Carros com porta-malas grande

  1. Chevrolet Cobalt – 563 litros
  2. Toyota Etios Sedã – 562 litros
  3. Honda City – 536 litros
  4. Fiat Cronos – 525 litros
  5. VW Virtus – 521 litros
  6. Fiat Grand Siena – 520 litros
  7. Renault Logan – 510 litros
  8. Chevrolet Prisma – 500 litros
  9. VW Voyage – 480 litros
  10. Nissan Versa – 460 litros

 

4

COMPARTILHAR:
  • leandro

    A décima posição seria do New Fiesta Sedan com 5 litros a mais que o versa.
    Tudo bem que o preço de tabela inicial dele começa em 67 mil, mas na Ford nem precisa conversar muito pra ganhar 10% de desconto

    • Luciano RC

      Parou de ser importado se não me engano.

      • leandro

        Voltou a ser vendido no fim do ano passado

        • Luciano RC

          Mas ele teve a frente atualizada igual do Hatch?

          • leandro

            Não, acho q só ganhou central multimídia

            • Luciano RC

              Então tem a mesma cara do anterior… em breve deve sair de linha então.

              • leandro

                Vai sair de linha não pelo rosto antigo, mas sim pelo número de vendas pífio..

                Uma pena pois é um excelente carro, tive um Titanium 2015 que rodei 110 mil km nele, só alegria. Teria outro de olhos fechados

                • Luciano RC

                  Problema é o cambio nesse motor 1.6.

                  • leandro

                    Problema não, solução… Melhor câmbio automático que já tive, muito melhor que o AT6 da EcoSport 1.5 que comprei.
                    Mas meia dúzia que deram defeito no início queimou o filme da safra toda

                    • Luciano RC

                      Meia duzia? O problema no motor 1.6 foi quase que em sua totalidade. No Focus eu conheço quem teve e não deu problema, agora no Fiesta todos tiveram algum problema.

                    • leandro

                      Falou mentira, vc disse que TODOS Fiestas deram problema e eu disse q o meu não deu problema…
                      Maioria que fica aqui falando que é defeituoso nunca teve um

                    • Ernesto

                      Meia dúzia está muito longe da realidade.

  • Pedro Gonçalves

    Apesar de ser de outra categoria, a Spin se enquadra nos critérios da matéria. Ficaria facilmente em 1º na lista.

    • Luciano RC

      Só na versão LS e LT 5 lugares.

      • Pedro Gonçalves

        Advantage e Activ também são 5 lugares. A única versão com 7 lugares é a LTZ.

        • Luciano RC

          Então piorou.

  • KOWALSKI

    Bom que não aparece foto dos respectivos porta-malas.

    • Bruno Leite

      nem o acabamento. tem uns que aparecem muito a lataria, cabos, etc…

  • th!nk.t4nk

    Tem algo que faltou dizer: mesmo quando a capacidade é semelhante, as peruas sempre carregam bem mais objetos. E nao se trata de encher de tranqueiras até o teto, bloqueando a visão, mas sim às vezes de poucos centímetros livres pra carregar itens maiores (quem já fez compras na IKEA sabe do que estou falando) e de um acesso mais fácil. Já cheguei a carregar até mesmo um sofá-cama inteiro em uma perua, coisa impensável num sedã, por maior que seja. No Brasil é mais comum que as pessoas usem o porta-malas só pra carregar malas e pequenos itens, porque tem muita mão-de-obra barata pra entregas, mas nada supera a liberdade de poder carregar [quase] tudo o que você quiser, na hora em que quiser. Uma pena que tenham matado as peruas no país, pois os SUVs não as substituem nesse ponto (exceto os muito grandes).

    • André

      O Logan perua, como tem na Europa, poderia ser uma ótima opção. Na versão Stepway, fica até bem bonito, acho muito mais interessante que a Duster.

      • Problema é que o mercado nacional simplesmente descartou as peruas. Seria boa opção, mas ficaria encalhada nas concessionárias.

        • André

          Sim, a Duster dá mais status kkkkkkkk

    • Natán Barreto

      Eu tenho um Passat Variant e carrego tudo. Aqui no Rio qualquer fretezinho é 150 paus. Não pago. Já pus até geladeira na minha.

  • Vinny

    Bizarro o preço desses carros. Bizarro.

  • Oberon de Megrez

    Abertura pantografica faz render poucos litros no porta malas, mas na pratica faz uma diferença enorme. Me arrisco a dizer que nenhum da lista tem abertura assim… pelo preço, deveriam ter.

    • Luciano RC

      Porém fica com a boca menor… ganha uma coisa e perde outra.
      Sem falar, que Sedan pode ter porta-malas grande, mas certos objetos não carregam. Uma minivan ou SW carrega objetos de maior volume sem problemas.

      • Oberon de Megrez

        A boca fica um pouco menor, mas nada que comprometa vide Sentra, Jetta, Focus… e para citar um mais “popular” o Ford Ka+. A grande vantagem é quando você vai colocar malas de viagem rígidas, porta malas com alça não fecham, é um espaço morto no porta malas. Agora sem duvida uma SW/minivam carregam mais que um sedan.

    • Dudu Pimentel

      Se entrasse o Peugeot 408 e Ford Ka sedan, os únicos sedans a ter hastes pantográficas no porta-malas atualmente, ai sim. O francês tem 520 litros e o Ford 445 litros.

      • Oberon de Megrez

        Exato. Se não me engano o Lancer mais os dois que você citou são os únicos que tem isso hoje em 0km. O x da questão para as montadoras é a redução de custo. Acho legal aquelas que ainda se preocupam em fazer um compartimento para estes “Pescoços de ganso”, ao menos zera o risco de amaçar ou quebrar algo frágil.

        • Alvaro

          Essa questão da pantográfica é polêmica. O próprio Fusion da primeira geração tinha a pantográfica que foi abolida na nova geração que agora faz um “calombo” do compartimento da haste. Por outro lado, a abertura e o acesso ficou muuuito maior e melhor já que a tampa praticamente “descola” já que não necessita mais de dobradiça/ancoragem para prender a tampa na lataria quando se usa a pantográfica.

          Como você disse, o ideal mesmo é sempre ter cuidado de projetar o compartimento para guardar as hastes.

        • Dudu Pimentel

          É vdd, o Lancer tb tem…porém carrega menos volume que o Ka sedan: um pouco mais de 400 litros.

      • Unknown

        Exato e, pode parecer que não, mas esta variação no modelo de haste faz uma baita diferença, na prática!

    • O arranjo do nicho separado para receber os “pescoços de ganso” é bem funcional. Só vejo problemas nos braços das tampas quando são expostos, ameaçando amassar as bagagens colocadas sob eles. Quando há o nicho revestido para receber as peças, fica tudo ok.

    • Unknown

      Verdade. O Ka sedan acho que seria o próximo da lista, com “apenas” 445 litros, mas na prática é bem grande, pois não tem os braços “pescoço de ganso”…

      • Dudu Pimentel

        O Prisma não tem hastes pantográficas e carrega espantosos 500 litros (carrega mais que o Cruze,Tracker ou o Sonic)…o antigo carregava uns 390 litros…foi um salto enorme nesse quesito.

  • Natán Barreto

    Duas coisas q não entram na minha cabeça. Como o Cronos curto desse jeito tem mais porta malas que o Virtus?
    Pior, como o Voyage pequeno do jeito que é tem mais mala que o Versa, que é tão longo que chega a ser desproporcional?

    • Dudu Pimentel

      Engenharia meu amigo…da mesma forma que o Prisma é bem menor que o Cruze e seu porta-malas tem capacidade de carga uns 50 litros maior ou o do Cobalt, que tem uns 120 litros a mais que o Cruze e ainda por cima é mais espaçoso

    • Djalma

      Caloca os dois lado a lado e observa. No Virtus a alça encaixa dentro de uma cavidade e não muda a capacidade, já que foi considerado aquele espaço na capacidade divulgada.. No caso do Cronos, a alça pantográfica do Cronos invade a área de bagagem; colocar uma mala ali, dependendo da altura, fica difícil.
      Carsale.uol.com.br/2018/02/23/bonito-e-barato-fiat-cronos-promete-dar-trabalho-ao-lider-chevrolet-prisma
      https://motorshow.com.br/avaliacao-vw-virtus-e-a-nova-referencia-entre-os-sedas/

      • Alvaro

        Bem observado. São esses pequenos detalhes que demonstram um capricho no projeto.

      • Natán Barreto

        Sim, desde a época do Polo Sedan a abertura já era pantográfica. Nem o Jetta atual é assim. A abertura normal invade demais o porta malas e compromete a capacidade.

      • Natán Barreto

        Sim, desde a época do Polo Sedan a abertura já era pantográfica. Nem o Jetta atual é assim. A abertura normal invade demais o porta malas e compromete a capacidade.

      • Natán Barreto

        Sim, desde a época do Polo Sedan a abertura já era pantográfica. Nem o Jetta atual é assim. A abertura normal invade demais o porta malas e compromete a capacidade.

    • Unknown

      Em compensação compare o entre-eixos do Voyage com o do Versa e veja se encontra a diferença de litragem no porta-malas… rs

    • Fabricio A.M.

      O Versa tem a menor mala e um espaço interno gigante, é o trunfo desse carro.

      • Unknown

        Exato! É incomparável o espaço interno do Versa em relação ao Voyage… porta-malas não é tudo!

  • Djalma

    Na realidade, nem sempre o maior porta malas em litragem é o que cabe mais coisas. Depende muito do formato das alças que seguram a tampa, da invasão do espaço pela caixa de rodas, do tamanho da abertura, etc; muitas vezes o formato dificulta colocar certos volumes.

    • Unknown

      Verdade, o formato faz muita diferença… um porta-malas raso e comprido nem sempre é tão favorável frente à um mais profundo e curto, por exemplo.

  • Lucas Salina

    Peugeot 408, 526L, poderia ter entrado na lista.

    • Eduardo Alves

      se nao me engano, ele agora so e fornecido para frotista .

  • Mateus Pinheiro de Carvalho

    peugeot 307 sedan tinha 623l

    • Unknown

      Mas é feio que dói! Kkkkk

  • Djalma

    A propósito da capacidade do porta malas, hoje em dia não vejo ninguém aferir isso, mas antigamente, a Revista QR fazia a aferição de capacidade de porta malas de todos os lançamentos, e muitas vezes chegava a números diferentes dos divulgados pelas montadoras.

    • th!nk.t4nk

      Se calcular direto pelo desenho no CAD, vai dar valores excelentes, mas nada realistas. Pra mim o melhor método é usando bolas de isopor que não sejam tão pequenas, se não me engano a QR tinha um método bem pra isso. Ou ainda, mostrando quantas malas pequenas, médias e grandes cabem. Isso o NA poderia fazer nas avaliaçoes, é bem simples mas bastante útil.

      • Djalma

        A QR me parece que usava cubos. Eu tentei achar nas minhas revistas antigas, mas não encontrei já que me faltam diversos números.

  • André Andrews

    No caso dos hatchs, o formato pode até ser mais importante que os litros. Ser mais horizontal é mais favorável.

    • th!nk.t4nk

      Na perua você consegue ainda remover a barra do tampão traseiro, ganhando alguns centímetros na altura (sem obstruir a visão). Além disso, o acesso (boca do porta-malas) é realmente muito melhor na perua.

  • Rubem

    e o meu veterano Monza GLS com 565 litros e sem roda de bicicleta como estepe. ( tenho outro carro oficial do ano, jetta com 510 l mas nada que se compare a mala do Monza)

  • Fabão Rocky

    Como as aparências enganam. Nunca vi pessoalmente mas o Virtus aparentemente é maior q o Cronos e tem porta-malas maior. O Cronos c/ akela traseira encurtada parece ter um porta-malas menor.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email