Usado da semana

150.000 quilômetros com um Chevrolet Classic 2010 e suas manutenções

150.000 quilômetros com um Chevrolet Classic 2010 e suas manutenções

Primeiro gostaria de dizer que sigo o site do NA desde o começo do ano de 2006. Venho aqui fazer um relato sobre o meu Chevrolet Corsa Classic, que comprei em 01/04/2010, e hoje venho contar sobre seus 150.000 km.


Adquirimos ele na concessionária da cidade de Formiga/MG, compramos ele praticamente básico, apenas com o kit direção hidráulica. Em 2010, também, mudamos para Varginha por motivos de trabalho, porém viajamos para Formiga todos os fins de semana para ficar com a família e com isso ele foi ganhando mais quilometragem, naturalmente.

Na primeira revisão, de 5.000 km, foi realizada a troca de óleo e feito um check list dos itens que são inspecionados. Logo depois de uns 90 dias, voltei para trocar o óleo com 10.000 km, e fui instruído a trocar o óleo de 10.000 em 10.000 quilômetros, pois o uso do meu carro era mais na estrada, usando-o muito pouco na cidade.

150.000 quilômetros com um Chevrolet Classic 2010 e suas manutenções


E assim, foi, com o passar do tempo, resolvi não mais fazer as revisões na concessionária, pois, por ser um carro GM, seria um carro extremamente confiável. Logo decidi fazer uma revisão preventiva, como mandava no manual, trocando o que fosse necessário, em sua devida quilometragem. Aos 35.000 km, precisei trocar o primeiro jogo de pneus, feito sempre os rodízios conforme se pedia no manual.

Aos 60.000 km, foram trocadas, as velas de ignição, a correia dentada, a correia do alternador e a correia da direção hidráulica. Ao chegar aos 103.000 km, em uma viagem com a família para praia a correia da direção hidráulica se rompeu e arrebentou, acabei de chegar em uma cidadezinha, e o mecânico disse que não tinha as correias, mas eu havia guardado no porta malas as mesmas trocadas aos 60.000 km, e daí então, foi que tive as primeiras dores de cabeça com o carro.

Devido ao alternador do Chevrolet Classic 2010 VHCE não possuir regulagem, mesmo comprando correias genuínas GM, elas não duraram muito tempo e logo se rompiam, acertei uma vez com uma Contitech, e também com uma comprada na concessionária de Formiga, mas ela durou apenas 5 meses, acionado a garantia, foi colocada outra e resolvido o problema.

150.000 quilômetros com um Chevrolet Classic 2010 e suas manutenções

Após uns 2 meses, com as trocas de combustível, a luz da injeção eletrônica acendia, mas não se sentia nenhuma anomalia no rendimento do carro, mas após rastrear o problema, foi trocada a sonda lambda e assim solucionado o problema.

Aos 125.000 km, foram trocados os 4 amortecedores, e os mesmos ainda estão em condições de uso.

No mais, é um carro que ainda não queimou nenhuma das lâmpadas, a embreagem ainda é a original, um carro confiável, com um funcionamento impecável, não baixa nenhuma gota de óleo, com o uso de etanol é um carro com um ótimo desempenho na estrada, mesmo com 4 ou 5 ocupantes e porta malas cheio, uma excelente estabilidade em curvas. Confio que o carro ainda está pronto para ainda mais uma jornada, do dobro ou o triplo de quilometragem em que hoje se encontra.

Espero ter passado para vocês um pouco da confiabilidade desse modelo, mesmo que seja um projeto ultrapassado, mas que atende demais ao meu uso e sei que é um carro pronto para qualquer hora.

Por Nilton Martins

150.000 quilômetros com um Chevrolet Classic 2010 e suas manutenções
Nota média 4.3 de 3 votos

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email