Usado da semana

Carro da semana, opinião de dono: Citroen C4 hatch GLX 1.6 2011

citroen-c4-glx-opiniao-dono-1 Carro da semana, opinião de dono: Citroen C4 hatch GLX 1.6 2011

Olá, sou proprietário de um Citroën C4 hatch, versão GLX 1.6 16v flex 2011/2011 adquirido em São Paulo, onde resido. Iniciarei meu relato primeiramente comentando o porque da minha escolha, queria um hatch médio e este seria parcialmente financiado. Somente neste segundo fator o leque de opções restringiu-se a poucos modelos como o C4, Focus e Tiida por conta do financiamento com taxa 0%. Logo, farei comparações ao Ford Focus GLX 1.6 que considero o principal concorrente do C4.



Vida a bordo

É inegável que o fator mais atrativo do C4 é seu design, considero muito moderno e arrojado ainda hoje, inusitado e genial em outros. Seu acabamento em geral é muito bom, com excelentes materiais, texturas, encaixes e arremates, com material emborrachado no painel macio ao toque, plásticos de boa textura que não riscam facilmente, odorizador integrado na ventilação, detalhes cromados e inserção de veludo nas portas e revestimento dos bancos.

citroen-c4-glx-opiniao-dono-2 Carro da semana, opinião de dono: Citroen C4 hatch GLX 1.6 2011

Este detalhe considero no seu concorrente Focus lastimável para a categoria, os acabamentos das portas, com frestas e rebarbas dignas de Fiesta. Voltando ao C4, comandos todos a mão, volante multifuncional sensacional, ergonomia dos bancos muito boa como na maioria dos carros franceses, largos e de bom apoio.

A vida de quem viaja nos bancos traseiros não é tão boa quanto na frente, eu com 1,80m, espaçando meu banco corretamente sem exageros sobra atrás um espaço equivalente a um carro compacto, então esqueça-o para carro familiar.

Equipamentos

Sendo o modelo básico, já vem bem recheado de fábrica, ar condicionado manual com duto para os pés do passageiros traseiros e porta-luvas, direção eletro-hidráulica (no concorrente hidráulica), trio elétrico com vidros com um toque para subida/descida e fechamento automático no controle da chave, air-bags frontais, faróis de neblina dianteiro e traseiro (no concorrente até então só vinha no 2.0 em diante), limitador/regulador de velocidade (no concorrente até então só no falecido Ghia), ABS/REF/AFU (no concorrente até então era opcional), som MP3.

Na foto repara-se que instalei um DVD e acho intrigante como poucos carros como o C4, 308, 408 ainda utilizam som de 1 din. Dessa lista ele fica devendo revestimento do volante em couro, conexão USB no som e apoio de braço dianteiro que seriam desejáveis para a categoria.

citroen-c4-glx-opiniao-dono-4 Carro da semana, opinião de dono: Citroen C4 hatch GLX 1.6 2011

Na Pista

Tenho duas ressalvas ao desempenho do motor 1.6, primeiro um ponto muito comentado entre proprietários, a rpm de saída, um leve toque no acelerador e a rpm sobe muito. Não é raro mesmo eu que estou acostumado com o carro, dosar o pé errado e sair galopando.

Segundo, seu câmbio de relações muito curtas, o que na cidade o torna bem esperto, mas na estrada o faz manter uma velocidade de cruzeiro com giro e consumo mais altos que o normal. Na cidade tem uma performance muito satisfatória, não sendo necessários pisadas fundas para mover os 1200kg do carro nem com ar condicionado ligado.

Já na estrada em situações mais difíceis como subida de serra é preciso encher o motor, do mesmo jeito, ultrapassagens e retomadas são um pouco mais lentas. Consumo na cidade com gasolina em torno de 9,5km/l; com álcool/gasolina 50/50% em torno de 8km/l; e 100% álcool nunca testei. Na estrada 11km/l na gasolina rodando à 120km/h no máximo sem abusar.

Gosto de viajar à 130km/h, um pouco superior ao limite das rodovias, mas a essa velocidade o motor está à 4500rpm e bebendo em torno de 10,7km/l. Mesmo assim não há invasão do ruído do motor para dentro do habitáculo, o isolamento acústico é muito bom.

Frenagem muito boa, calçado com pneus Michelin mesmo no piso molhado sem sustos. Rodar no asfalto macio e como ainda é relativamente bem novo também não há barulhos em pisos degradados. A ressalva que faço é quanto à valetas e rampas de garagem onde raspa com vontade se não ir com calma.

O câmbio possui uma certa aspereza na troca de marcha notada desde o Xsara, não incomoda tão pouco é impreciso, só não tem a maciez de um VW por exemplo. O regulador de velocidade é um mimo muito útil, geralmente só presente em versões mais tops, acho inimaginável o Focus 2.0 automático não o possuir, justamente uma versão voltada para quem quer mais conforto.

Custo Benefício

Sai na vantagem sem dúvida quanto ao fator acabamento, creio que somente o Bravo tem o mesmo refinamento, aliás acho que o único que se aproxima é o Bravo Absolute. Oferece nível de equipamentos maior que qualquer concorrente na categoria.

Tem garantia de 3 anos, sendo suas revisões aos 10000km ou 1 ano, o Focus 10000km ou 6 meses. Ele padece por ser francês, pelo preconceito criado por alguns e seu desenho apesar de moderno já ter 4 anos no Brasil. No momento da compra, promocionalmente uns R$5000 abaixo do Focus não tive dúvidas, mesmo sabendo que mais tarde teria uma desvalorização maior.

Por André Soares

4.0

COMPARTILHAR:
  • Leobr00

    Bela barca, boa compra pela tua satisfação com o carro, parabéns.

    • Lembrando que o Focus tambem é direção eletro-hidraulica. Quanto a comparação, posso dizer que o Focus é mais confortavel, absorve muito melhor as imperfeições da rua, estabilidade a melhor da categoria. Quanto ao crash test é 4 estrelas, já o C4 é uma incognita. De resto o C4 hatch realmente ganha, mas por fora o Focus é mais bonito, mas por dentro o C4 humilha.

      • Rmonteggia

        O design externo é questão de gosto, prefiro o C4, esse modelo europeu é 5 estrelas no crash teste, já o Argentino, acredito que seja ao menos 4 como o Focus. Quanto a suspensão realmente o Focus é melhor, mas eu fiz teste drive nos 2 e no 1.6 achei o Focus mais pesadão, apesar de ter mais cv e motor um pouco mais moderno.

        • AndersonAmorim

          Tem razão, no crash test do europeu (mesmo modelo na epoca) levou 5*. O argentino não deve estar longe disso… já fiz test drive em i30, Bravo, C4, Focus, até o Cielo e realmente o C4 na minha opnião é o mais atraente em vários sentidos… Principamente o acabamento interno bem superio, e um silencio a bordo tb é bom. Os freios do C4 são muito bons, alem do ABS e tudo mais é disco nas 4.

      • Snoop

        Você pode expor seu ponto de vista sem precisar insultar o autor da matéria.

      • andrelimasoares

        Até confirmei no site da Ford, ainda hoje os modelos 1.6 são hidráulicas e 2.0 eletro-hidráulicas.

      • k3p13r

        Tivesse o motor 1.8 com variador de fase do tiida era O CARRO

  • ruback

    Esculachou o Focus, mas não falou das vantagens dele né? Trocar a multilink do focus pelos mimos do c4, não é pra mim……..

    • Sias

      Como não se anda somente na suspensão….a troca dele é muito válida. Até porque a diferença de comportamento entre elas seria só em situações limite, no dia a dia…nenhuma.

      • ruback

        "Como não se anda somente na suspensão…." -> Não se anda só nela, mas ela está no carro e funcionando o tempo inteiro, os mimos como "limitador/regulador de velocidade" que você usa de vez em quando.

        "Até porque a diferença de comportamento entre elas seria só em situações limite, no dia a dia…nenhum" -> Muito pelo contrario, a suspensão no focus é muito superior e você ve a diferença o tempo inteiro, não apenas em situações limites.

        Os itens de segurança e acabamento são uma justificativa plausivel, mas o focus tambem tem muitas qualidades não citadas.

        • Sias

          O Focus tem sim muitas qualidades, isto não nego, mas já foram relatadas as diferenças entre estes dois tipos de suspensão (na avaliação do Jetta, por exemplo) e em um uso normal, de cidade, não existe uma diferença tão grande assim. Já andei em vários carros, com multi-link e comum, e não percebi diferença alguma.

          São dois belos carros, mas o que ele disse do Focus é verdade. Não chega a ser um Fiesta, mas poderia ser melhor.

          • Edson Roberto

            Para DEVERIA ser melhor. Eu abri mão de um Focus justamente por isso.

            Além disso, reintero que o modelo anterior do Focus tinha um acabamento mais esmerado e era exclusivo e não com os tipos de desenho feijao com arroz que ficaram atualmente.

          • ruback

            Em casa temos 3 multilink (Focus 08, Azera 11 e WRX 06) e 1 eixo de torção (Fielder), a diferença na estrada é incrivel, na cidade principalmente em ruas mais ruinzinhas é clara.

            Quando dirigi o bravo (eixo de torção se não me engano) vi que a diferença pro focus era absurda.

            • Bruno Cerquiare

              Absurda ?
              kkk não exagera, minha mãe tem um focus e eu um c4, existe diferença sim entre os eixos, o do focus é melhor, mais não trocaria o c4 pelo focus. O regulador de velocidade é um show a parte muito útil…

              • ruback

                Focus e Bravo é absurdo, eu sai de um e fui pro outro e voltei pro focus quando dirigi a diferença é clara! pro C4 não sei porque nunca dirigi. Faça um test drive no bravo e compare com o focus.

                • victorcvs

                  Tive um Focus e agora tenho um Bravo e não sinto saudades. A suspensão era melhor, mas no dia-a-dia nem sinto falta. Hoje estou mais feliz com o Bravo pelo o que ele me oferece.

              • andrelimasoares

                Acabei de fazer uma viagem de 2700km, velocidade de cruzeiro setada, e os dois pés no carpete.
                Devo ter apertado umas 100x o botão pause do regulador, acelera, retoma, diminui… e o pé descansando.

            • Sias

              Minha experiência é só de cidade, não de estrada.

              Mas quanto tu fala em ruas mais ruizinhas tu se refere a conforto? Neste caso ser de um tipo ou outro não vai fazer diferença. O i30 é multi-link e muita gente reclama que é desconfortável em calçamento ruim pois é muito duro.

              • Juliocbf

                O i30 é desconfortável devido as rodas aro 17 e os pneus de perfil baixo.

              • ruback

                Cada um dos carros de casa tem uma suspensão com acerto diferente, a o Azera "flutua", a do focus tem um meio termo entre firmeza e conforto elogiada mundo a fora e o wrx é bem dura.

                É dificil esplicar mas você sente o carro mais vivo, com uma leitura melhor do chão e mesmo no acerto mais rigido com mais conforto que num acerto semelhante com o eixo de torção. O Focus é o melhor exemplo nesse caso, segura bem as imperfeições, mas é perfeito nas curvas, o c4 nunca dirigi, mas ou tem um desempenho pior de curva, ou é menos confortavel.

                O i30 como já disseram é mais por causa das rodas que da suspensão.

          • marciors01

            Existe diferença porque com uma suspensão multink bem acertada o carro pode ser estável sem ser duro, no caso especifico do c4 para ter uma boa estabilidade tem uma suspensão seca, principalmente na traseiras, o focus roda macio na cidade exatamente porque não precisa ser duro para ter estabilidade.

            • Edson Roberto

              Marcio, respondendo ao seu outro comentário, os modelos anteriores ao Xsara Picasso (Zx, Xsara hatch e break, Citroen C5, entre alguns outros) possuem cambio diferente.

              Eles inclusive não possuem comando sequencial e a trilha do mesmo é reta (e não "labirinto" como dos atuais). Portanto como o meu é o Xsara hatch 2001, ele é outro cambio e não o AL4. É um tipo de cambio mecanico com trocas muito rapidas, sem trancos e sem barulhos.

    • Marcelo_Machado

      Sempre que se fala em Focus vem gente com esse negócio de Multlink, como se a suspenção Multilink fosse a última bolacha do pacote e todas as outras suspensões fossem uma droga ou feitas para carroça.

      A Multilink pode ser melhor e permitir um ajuste mais refinado, mas se a fábrica do carro não fizer um bom trabalho ela não fica uma "Brastemp".

      Tem muitos carros com eixo de torção muito bem acertados e que deixam seus proprietários bem satisfeitos.

      Afinal não é todo mundo que compra carro só pela ficha técnica. Entra na balança além da ficha técnica, desing, acabamento, itens de segurança e conveniencia, rede de assistencia, etc.
      Muitas vezes abre-se mão da maravilhosa e incomparável suspenção Multilink para se ter outras qualidades e atributos que agradam mais o futuro dono mesmo que o carro tenha o ultrapasadíssimo eixo de torção.

      • ruback

        Multilink não é a ultima bolacha do pacote, a multilink do focus é! E as pessoas sempre falam dela pois ela é o elemento principal da dirigibilidade fantastica do carro elogiada mundo a fora.

        • Marcelo_Machado

          A Multilink do Focus pode ser a última bolacha do pacote, mas como escrevi anteriormente não se compra um carro apenas pela suspenção que ele tem.

          Alguns podem até comprar, mas outros podem achar que os itens que desagradam no Focus e agradam em outro carro seja suficiente para ele abrir mão da maravilhosa suspenção do Focus e comprar um C4 por exemplo.

          • ruback

            Com isso eu concordo, o acabamento do Focus mesmo deixa a desejar principalmente nas portas.

          • marciors01

            O único defeito desta focus é o acabamento das portas, e ponto, painél é bonito e bem acabado, os motores e os cãmbios são bons, ótimos bancos e um acerto de suspensão perfeito.
            O focus não é apenas suspensão, é um ótimo carro, e na minha opinião um ótimo carro começa pelo câmbio, motor e suspsensão.

      • JottaElle

        O eixo de torção tem uma vantagem muito grande no fator manutenção, ou seja, não é necessário realizar ajustes na geometria, ao contrário da suspensão multilink. Sai mais barato possuir um carro com eixo de torção.

    • DarlonSC

      Já andei nos dois e não achei nada de super o Focus. Até sei dessa superioridade técnica, mas na prática, no dia a dia, o C4 é mais prazeroso, mais confortável, com tudo (ou até mais) que o Focus oferece. Acho que é isso que a maioria das pessoas busca. Afinal pouca gente levar um carro ao limite.

      • marciors01

        O C4 é um carro bonito, o interior é interessante mas no dia a dia não tem como ser mais confortável que o focus se a suspensão traseira bate seco, e bate porque conheço bem o carro.
        O focus é estável, confortável e silencioso, tem um sistema de som superior e com o sistema sync, no caso do automático tem também um câmbio menos pior.

  • rbergesch

    Parabéns pelo carro! Muito bonito.
    Andei olhando um modelo esteticamente igual ao seu, mas 2.0 com câmbio AT!
    Não peguei pela lenda de ser um câmbio automático problemático.

    Tenho uma pergunta: quanto pagou na época?

    • Filipe_GTS

      Bah, é uma pena o câmbio ruim (system porsche – que de porsche não tem nada) roubar toda a força do motor 2.0 de 151cv.
      O manual deve ser forte… Se me não engano são 22 kgf.m

      • Edson Roberto

        No C4 a Citroen põe menos potencia. Tem 20,9kgf/m.

        O problema dos carros manuais da Citroen (e isso engloba o C3 também), é o atraso entre o "pisar" e o "responder". É uma diferença pequena, mas o proprio relato do dono diz, ele sai galopando. Isso é uma reclamação constante e está ligada ao tempo de resposta e reação da central para aquilo.

        No meu C3, para sair de uma subida ingrime por exemplo, tenho que dar uma acelerada rapida e depois pisar, ele responde com o vigor que preciso. Caso contrário, ele pode chegar a morrer e fazer o carro voltar para trás. Minha mulher mesmo, não é raro de se encontrar nessa situação e deixar o carro morrer por não "entender" isso no carro.

        É uma reclamação constante de citroen.

        PS: Eu como possuo cambio automatico em meu outro carro que também é um Citroen (felizmente não é o cambio AL4), nele as respostas são imediatas.

        • andrelimasoares

          Em geral eu gasto embreagem para não galopar ou ainda beirar a morrer o carro.

        • DarlonSC

          É exatamente essa minha queixa no 206 sw que tenho. Em um engarrafamento, por exemplo, vc parece um barbeiro, pois o carro fica dando trancos.

        • marciors01

          Edson, todos os câmbios da peugeot/citroen/renault são o AL4, existe apenas variação do nome e todos são problemáticos, questão de sorte e azar, um amigo possui um 207 e já apresentou por duas vezes o problema nas eletroválvulas, o carro está com 70.000km.
          Eu teria um citroen ou peugeot manuais mas nunca com este câmbio auto de quatro marchas, atualmente tenho um megane 2.0 manual e jamais teria um megane automático que utiliza este mesmo câmbio.

    • andrelimasoares

      Não é lenda! É questão de fé, compre e reze pra não travar.
      Paguei R$52000 com película anti-vandalismo, sensor de estacionamento, documentação. Sem nada ia por R$50800.

  • Herumor_

    muito legal o carro eim… mas por C4 hatch eu ainda prefiro aquele modelo anterior com aquele vidro traseiro estranho…
    o consumo é um pouco alto por ser um 1.6 eim! (a fama de beberrão do 2.0 eu sei que é foda)

    • Sias

      Aquele é o VTR, 2 portas, e importado da França.

      • Herumor_

        não sabia que era apenas o VTR daquele modelo.. achei que era só a versão anterior (com modelos GLX, VTR e outros), que era importado já sabia (ainda mais pelo preço que sei que o seguro custa =/)

        • spok

          aquele carro vc encontra baratinho usado… maior mico frances foi o VTR.

          • Sias

            E mesmo assim existem vários apaixonados por ele….o pessoal do C4C que o diga. O carro, apesar dos pesares, é muito bonito.

            • Edson Roberto

              Bonito e anda MUITO!

              Além disso o VTR consegue aliar espaço interno e porta-malas melhor que o C4 hatch…. mas caiu no gosto o C4 hatch por essas bandas. Isso sem contar o C4 VTS que tem 180cv (é uma versão "Sport" do C4 VTR) que anda MUITO bem!

              • ruback

                VTS se tiver 3 no Brasil acho que é muito.

                • rogerw31

                  Os 3 estão na minha cidade hehehe

        • Sias

          O problema maior dele, com relação ao seguro (até onde sei), é a tampa traseira. Custa muito caro….mas muito mesmo.

          • Edson Roberto

            Na verdade é todo o conjunto traseiro. Considere, parachoques, vidros, porta e lanternas. Todos são caros e por serem franceses, a dica é sempre procurar peças no Ebay caso essas venham a ter algum problema.

            • Sias

              Isto mesmo, falei tampa mas é o conjunto inteiro, principalmente o vidro. Não sei se é verdade, mas já li casos do seguro dar PT só por causa destas peças que precisariam ser trocadas.

              • Edson Roberto

                Isso é verdade.

                Mas geralmente outro motivo pelo qual faz esse modelo dar PT por bater na traseira, é o simples fato do mesmo ter componentes eletrônicos bem caros para nosso mercado.

                Só de tampa do porta malas é R$3500, Vidro mais R$2000, além de outros itens. Considere que hoje o valor venal dele é de cerca de R$30000 (modelos 2006). Ou seja, por mais um pouco, dá quase R$15000 e como há itens por debaixo daquele produto que é complexo (e quase sempre precisa de complemento de peças e o seguro que paga) e é por isso que quase sempre em caso de carros como o C4 é PT.

                Considere outro item que o C4 VTR é um dos carros mais seguros vendidos no Brasil a preços mais acessíveis. Ou seja, outro ponto fora do comum para a epoca e as seguradoras não estavam preparadas para o alto custo de manutenção.

          • pmazzei

            Sias, sou o feliz proprietário de um VTR top de linha, com tudo que tem direito… Xenon direcional, ABS, ESP, ar digital dual zone, 6 airbags… Vai no service box da citroen, pegue os códigos das peças e veja lá na cc qto custa o par dos vidros traseiros, somados não dá 700 reais. Meu seguro é porto com várias coberturas (inclusive as de qq vidro) e não passa dos R$ 1.500,00 aqui em SP. O Carro é fantastico, muito completo msm, mas por ser 2 portas e frances é um carro que tem um mercado bem restrito… Se vc quiser um carro bom, muito completo e barato ele é o carro para você. Eu viajo bastante a trabalho e ponho km no hodometro msm. Além disso fico com meus carros por batante tempo, pra mim o mico dos outros virou um baita negocio! Pelo valor que comprei meu vtr eu pegava um palio economy com ar + dh zero km!

            • Sias

              Este negócio de mico não existe, é cara que tenta desfazer em determinada marca e daí começam nesta história e acabam não usufruindo de bons carros. Já ouvi, de proprietário de VTR que chegaram a pedir 4 mil no seguro dele e outra corretora que negou o seguro. Pode ser por causa do perfil, endereço ou outro fator.

              Carro Citroen que teria hoje é a C4 Picasso. Preciso de carro com bom espaço.
              Aqui tem outro relato:
              https://www.noticiasautomotivas.com.br/carro-da-se

            • k3p13r

              Gostei da frase : "o mico dos outros virou um baita negócio". Na realidade muitos se prendem em numeros de vendas, mas, ao analisar tal lista vemos que os tais ANTI MICO são quem ??? GOL (éca), Pálio ( Argh ) e outras carroças. Então é melhor comprar um carro completão, luxuoso, com motor de verdade, acessórios de segurança ativa e passiva do que comprar um economy da vida.

              • Herumor_

                quando comprei meu Ka MP3 2007 1.6 completo em 2010 paguei menos que um Mille pelado 0km e muiiito menos que um concorrente 1.0 completo do mesmo ano ou pouca coisa mais novo… teve amigo dizendo que fiz a maior besteira, que deveria ter comprado um Gol G4 1.0 só com DH e depois colocava AC pq o Ka era mico de venda ¬¬

                pessoal esquece que entre a compra e a venda voce vai usar o carro (no meu caso muito tempo)

                prefiro passar raiva por 2 meses na venda do que passar raiva com o carro durante anos…

                • Sias

                  Só a sugestão de colocar AC por fora já mostra que o conselho era terrível. Eu sempre tive carros considerados "mico" (menos pra mim) e nunca tive problema nem com o carro, nem na hora de vender.

          • DarlonSC

            Não precisava esculachar o cara. Isso aqui é um bate-papo, tem que haver respeito.

      • brunoxeca

        Primor em Design!

  • Absinthe666

    bela máquina, dessa categoria são os dois que eu gosto, focus ou C4 hatch
    uma pena ser difícil achar um usado com câmbio manual, não tenho coragem de comprar um carro com esse câmbio problemático da pegeout/citroen

  • AutoIng

    Nada a declarar em relação a problemas mecânicos ou pós-venda?

    • Edson Roberto

      Depende da concessionaria. Problemas mecânicos segundo o entendimento sobre o produto seria, se ele fosse um carro com apresentação deles. O proprio dono acredito eu, não colocou porque ele pegou recentemente (e possivelmente roda pouco).

      Além disso, o 2011 dele, é da leva que ainda não desfez de itens de mimos para dar mais segurança ao modelo. (o atual, perdeu a saida traseira do ar condicionado, o "parfume d'ambiance", entre outros).

      • Bruno Cerquiare

        O perfume se nao me engano continua lá. A saida de ar saiu mesmo, uma pena…

      • maurobt78

        A ANVISA proibiu a importação dos perfumes, mesmo quem tem o carro com o sistema, fica sem o refil, só resta ficar enchendo o refil com outros perfumes, dá certo!

        • andrelimasoares

          Compro no Ebay UK por 5 libras a unidade.
          O carro não teve nenhum problema, e na oficina estranharam até não ter consumido quase nada de óleo durante o amaciamento.

      • andrelimasoares

        Já é a nova leva, perdeu saída traseira de ar/apoio de braço, computador de bordo completo, bluetooth, e ganhou perfurmador, faróis de neblina e "gavetinhas" porta-treco.

  • rufs1

    Pós venda desse carro é sofrivel, durabilidade das peças questionável, desvalorização? hmm, o c4 hatch ainda vai melhor que o palas.. focus muito mais prazer em dirigir, e olha que não sou proprietário de um.

  • rodrigorsr

    pra mim, o único defeito desse carro é câmbio de engates difíceis, típico dos Peugeot/Citroen

    • Ricardo Ferreira

      Discordo da afirmação "típico de Peugeot"… Eu ja tive carros de todas marcas praticamente… Volks, Fiat, GM, Ford e por último (já vendido também) um 206 Rallye 1.6 16v que fiquei por 6 anos e posso afirmar com toda certeza: não existe câmbio mais macio e suave que Peugeot. Você deve ter dado azar ou nunca teve um Peugeot / Citroen e apenas afirma por afirmar.

      Todo mundo que andava comigo e via eu trocando marcha, comentava e eu ainda dava uma zuada e trocava a marcha com apenas um dedo. Se fosse um câmbio de engates imprecisos e duros, jamais daria pra fazer isso.

  • rogerw31

    Pareceu mais um comparativo do que uma opinião…e que câmbio curto eim, digno de 1.0…

  • granrs78

    Belo carro. Tive a oportunidade de dirigir o do meu cunhado, um C4 hatch 2.0 aut., e te digo, o carro gostoso e confortavel! E mesmo com um cambio aut. de 4 marchas, andava muito bem, e inclusive trocando as marchas com muita rapidez e suavidade. Parabéns pelo carro.

  • Filipe_GTS

    Negócio que eu não gosto nesse carro é o volante… Acho muito esquisito esse cubo central fixo.

    • Edson Roberto

      Acredite… para quem adora dirigir ao esterçar e passar a mão por dentro do volante… é a maior xingação…rs

      Minha mulher foi dirigir e odiou isso. (ela dirigiu o C4 Picasso e C4 Pallas). Eu já gostei… mas ela se habituou e depois me encheu o saco por conta do volante (que adorou as funções ali localizadas).

      • Filipe_GTS

        Pois é, dá pra perceber que pra "tirar leite" ele não serve, hahaha

  • duhehe

    130km/h, motor rodando a 4500rpm ??? Cambio de Celta ???

    3500 RPM já é alto… mas admissivel … +- mesmo nivel de Polo e Gol … agora 4500 é Celta !

    • andrelimasoares

      É, nesse ponto tenho saudade do Astra, nem chegava a 3000rpm. Pra mim tudo bem ser curto desde que preservasse a 5ª, ou ainda tivesse uma 6ª como o Tiida.

    • Corvo

      Infelizmente a curta relação de marchas fiz que o carro esteja a 4500 rpm a 130 por hora. Não tem milagre para um motor de só 115 cv para um carro de quase 1400 kg

      • JottaElle

        Então conseguiram esse "milagre" com o Jetta 2.0 flex, pois o mesmo "só" tem 116 cv e quase esse peso e a 120 km/h ele fica em menos de 3000 rpm.

        • Corvo

          Acontece que o Jetta, como você mesmo diz é 2.0. O C4 é 1.6. Não é só cavalaria a diferença. O importante é o torque, e o Jetta leva vantagem nesse quesito, fora que o cambio é de 6 marchas (muito bom cambio para pouco motor). Ai tem o milagre. Se pegar qualquer carro com 6 marchas, como Fluence, Sentra, verá que todos eles ficam abaixo das 3 mil rpm a 120 por hora

          • JottaElle

            Errado. O Jetta ao qual fiz referência tem câmbio manual de 5 velocidades.

            • Corvo

              Estou achando um pouco exagerado. Como os Jetta testados 2.0 são todos tiptronic de 6 marchas não sei realmente onde comprovar isso. O engraçado é que o excelente automático de 6 marchas fica em 3200-3300 rpm a 120 por hora. Como o manual de 5 fica em menos de 3 mil rpm ??? A Tiguan que tivemos aqui em casa, a 120 km por hora estava em 2700 rpm aproximadamente com um TSI de 200 cv

              • JottaElle

                Achei aqui a informação: http://autoentusiastas.blogspot.com.br/2011/05/je
                "O comando de câmbio é referência pela precisão, leveza e curso curto de engate, conjugado com uma quinta marcha de 38,4 km/h por 1.000 rpm, que resulta em 3.125 rpm a 120 km/h e, mesmo assim, permite atingir velocidade final nessa marcha. – a rotação de potência máxima é até ultrapassada em 200 rpm. Perfeito. O corte de rotação é a 6.000 rpm."
                Na verdade é um pouco acima de 3000 rpm, acho que memorizei o valor errado por um erro de paralaxe.

                • Corvo

                  De qualquer jeito 3125 rpm não é ruim, mas poderia ser melhor comparado outros carros como Focus 1.6 que fica na faixa dos 3 mil rpm. Mesmo assim é bem melhor que o C4 1.6 que trabalha em rotações mais elevadas

  • WRossini

    Boa matéria, mas faltou apontar quilometragem atual e gastos em revisões.

    Belo Carro!

    • andrelimasoares

      10.000km rodados, gastos 3x R$124 com revisão.

  • h1ghland3r

    Achei o relato um pouco incompleto :( Mas gostei do que li.

  • silvio_Brito

    Faltou falar da suspensão, curvas estas coisas.
    O consumo é mesmo elevado para um 1.6.
    Pergunta: Pq não colocou um som 2 dim? Tem varias adaptações?
    O que achou do painel central? Se acostumou rapido?

    • andrelimasoares

      A suspensão ouvesse trabalhar transitando por paralelepípedo a baixa velocidade, quando rápido não sente nada.
      Em SP quem conhece as pontes pela marginal Tietê sabem que tem emendas e imperfeições, já cheguei a perder traseira no carro anterior, agora passo rápido e em curva e absorve tudo, igualmente na estrada não cheguei perto do limite dele, é muito no chão.
      Um som 2 din requereria que tirasse o computador de bordo do lugar, ou usasse uma central multimídia que contemplasse estas informações e todas são xing-lings.
      No 1º mês houve vezes que olhava pra frente instintivamente, agora é fácil, não sofre do típico reflexo de baixo pra cima dos painéis convencionais.

  • CanalhaRS

    Esse carro dá um banho nos concorrentes, até hoje. Parabéns pela aquisição.
    Faltou detalhar mais teu relato.
    Abraço.

  • ocduarte

    Só me assustei com o consumo. Deve ser principalmente devido ao câmbio excessivamente curto, porque nossa Grand Tour, ainda amaciando, na gasosa faz fácil 15,5km/l em viagem, entre 100 e 110 km/h. E é mais pesada que o C4.

  • mmcinza

    Ficou mais preocupado em justificar a compra, frente ao Focus, do que falar do carro propriamente dito.

    Esse motor no C3 é bom, mas bebe muito no alcool e na gasolina é razoável.

    Agora, tenho parente que trabalha no pós venda da Citroen e é aquilo……..pergunta qual é o carro dele? Não é Citroen, mesmo podendo comprar com um bom desconto.

    • andrelimasoares

      1 ano namorando antes da compra e o Focus estampando direto como o melhor hatch no Brasil, foi minha 1ª escolha por muito tempo, mas nas revistas e sites é mais bonito que olhando de dentro dele.
      Outro fator, após seu lançamento, via muitos problemas de ferrugem debaixo dos bancos, infiltração debaixo do carpete, muitos relatos de usuários e testes, coisas bobas, mas de tantas bobagens simples levavam meus últimos 2 Fords muito sucessivamente à oficina.

  • leodantas

    Amigos, sei que está o lugar errado este post mas preciso de ajuda. Podem comentar experiências, opniões, etc. Tenho dois carros para comprar. Ambos carros de mulher, única dona, não fumantes, minhas amigas, sem batidas. O primeiro um corolla xli, azul marinho, 2009, com 32000km, couro, mecânico (queria automatico, mas como é uma boa compra, estou avaliando), novissimo por R$43000. A pessoa está vendendo pois quer ix-35(mulher…). O outro, uma fielder, prata, top de linha, automatico, com 49000km, 2006, couro, tambem novíssimo, por R$30000. Seria meu segundo carro, só que o primeiro foi um uno na faculdade, que meu pai me deu. Desta vez eu vou comprar. Estou sem carro há 6 anos. A dúvida: a "emoção" de um corrola com design mais atual, porém mecânico (lembrar que moro em sampa e esse transito ninguem merece), ou a "razão" de pegar um carro mais antigo, design mais antigo, porém praticamente novo, que já desvalorizou a maior parte, mais completo (inclusive automatico) e economizar 13000 mil para daqui a dois anos pegar um melhor. Quais as suas experiências com a fielder? Vou casar com ele? Muito obrigado e desculpa o post fora do lugar

    • ruback

      Acho que não casa não, é uma das ultimas peruas decentes que foram lançadas por ai, quase não da manutenção e a nossa já ta com quase 70k.

      É questão de gosto e $$$, acho que ambas são compras legais.

  • Marcelo_Machado

    Sempre gostei desse carro e acho ele uma boa opção no segmento do 1.6, até pelo que o proprietário relatou. Vem muito bem acabado e com vários itens de série que são opcionais ou nem existem nos concorrentes.

    O que estraga ele para mim é esse painel digital central, ainda por cima com iluminação branca. Acho que estraga todo interior do carro, assim como o volante que é muito feio.

  • zeuslinux

    Parabéns pelo texto. Foi uma compra racional e você expôs muito bem os motivos da compra.

    No meio de 2010 estive também pesquisando carros médios para comprar e um dos carros que estavam como opção era o C4. A concessionária Citroen queria me empurrar a todo custo o C4 Pallas e inclusive fiz o teste nele. O Pallas era muito grande para mim e, se fosse comprar, compraria o C4 Hatch, esse sim com um tamanho bom e tão luxuoso quanto. O motor e o conforto do carro é muito bom e o C4 hatch realmente perde para o Pallas no espaço traseiro. O carro estava até em um bom preço mas teria que pagar juros maiores no financiamento e o meu usado foi mal avaliado na troca. Acabei comprando um Corolla, até mais caro, por causa desses fatores.

    Mas o C4 é um belo carro, com certeza. Mas eu só compraria um C4 com motor 2.0, assim como o Ford Focus também. Esse tipo de carros pedem motores maiores.

    • Corvo

      Concordo..infelizmente as montadoras fazem a gambiarra de colocaram motores de carro pequeno nesses carros maiores que se sabe, não dar certo, tudo para abaixar o preço, e resulta em desempenho ruim, retomadas idem, consumo alto e durabilidade menor do motor. Esse 1.6 cai como uma luva no C3

  • MM_

    Tive um C4 hatch 2.0 automático por 2 anos.

    Para mim os pontos fracos do carro são:
    – Cambio de 4 marchas.
    – Acabamento barulhento (painel)
    – Direção dura para virar
    – Revestimento do volante de borracha muito dura
    – Espaço traseiro
    – Falta de porta objetos (o porta objetos que existiria dentro do apoio de braço foi tomado pelo ventilador traseiro)
    – Falta de entrada auxiliar/USB

    Pontos fortes:
    – Carro é bem rápido
    – Interior em geral / Painel digital
    – Bancos
    – Volante com cubo fixo
    – Identificador de marcha em uso, mesmo em "D"

  • BrunoMulsane

    De longe o focus é uma melhor compra. O ford mecanicamente é um carro de verdade. Alem de muito elogiado pelos mecânicos. Façam um teste, perguntem para qualquer mecânico sobre citroen e peugeot so para ver a resposta.

    • maurobt78

      que baboseira sem fundamento que você falou! Fan Boy do Focus né…só pode!

      • ruback

        Eu concordo que o focus é a melhor compra, mas essa historia de que carro frances é mico de macanico já morreu tem um tempo.

        Mas se o focus tem muito fan boys deve ter um motivo né?

  • andrelimasoares

    Só para esclarecer mais o porquê das comparações com o Focus, expus detalhes que talvez não fossem notados de cara, a rigor parecem concorrentes com conteúdos iguais.
    Hoje o Focus ganhou também muitas coisas que antes eram restritas ao Guia/Titanium, mas quem via o mais simples, por exemplo via freio a disco nas 4 rodas, mas se quisesse ABS era mais R$1000.
    O negócio das revisões não chega a ser algo restritivo, mas quem repara nos "6 meses" após os costumeiros 10000km?
    Por fim, fiz alguns test-drive em alguns Focus e por conta de serem carros não tão bem cuidados, reparei que os acabamentos e qualidade dos plásticos denunciariam um carro mais usado do que realmente é. Por exemplo, onde se põe a chave, vários motoristas enfiando lá sem ver, pensa então na quantidade de arranhões em torno da peça, igual ou pior que táxi.
    No mais o motor Sigma 1.6 notadamente mais liso e ligeiro que o Citroen, suspensão que algumas voltas no quarteirão não há como notar e o mais importante, dirijo do lado de dentro, quase cabia meu mindinho nas frestas entre o vidro e acabamento da porta, não pagaria R$ 4000 a mais pra ver isso todo dia.

  • Corvo

    O C4 hatch esteticamente é muito bonito por dentro e por fora, moderno ainda, mas não consideraria a compra do 1.6 pois acho pouco motor para muita carroceria. Esse carro merece pelo menos um 2.0, ai o consumo ficaria bem melhor, o motor trabalharia mais relaxado e o desempenho bem superior. Dirigi um automático e me deixou boas impressões, tirando o acabamento dos plásticos que faziam barulho em ruas de paralelepípedo

  • leandrocn

    É um belo carro, mas assim como o Focus, acho que o 1.6 é pouco para uma barca deste porte.

    Em 2010 eu comprei um Focus GLX 2.0 pagando apenas 3.000 a mais que o básico 1.6. Até hoje, só revisões.

    Para mim é um excelente carro, já andei no C4 e por dentro é imbatível, mas preferi o Focus pela confiabilidade da rede e por ter um bom relacionamento com a ccs, além do conforto ao rodar e prazer ao dirigir (que o c4 certamente tem também).

    Visualmente acho o C4 bonito, mas 'exótico' demais pro meu gosto. O Focus neste ponto me parece mais equilibrado.

    O que eu já vi dar no C4 e franceses em geral é muita 'pane eletrônica'. O carro de minha prima simplesmente 'apagou' painel e controles um dia desses, foi apurado o problema e era alguma pane nos componentes do painel. Isto me assustou um pouco e acho que quem tem o carro pode dizer como é isso.

  • SilasCoul

    Parabéns pelo carro! Já tive um exclusive top. Carro show. super confortável e desenho diferenciado. Motor puxava bem com seus 151 cv, só que gastava muito(7km/l cidade Ar). Mas valia a pena o desempenho. Tb achava bastante estável nas curvas. Fiz o test drive antes no ótimo focus Auto e achei manco, o que foi confirmado depois em testes que li em revistas. A revenda vai demorar, mas curta bastante o carro até achar a oportunidade certa.

  • Guilherme

    Entre C4, Focus e Tiida acho que eu ficaria com o tiida, pelo o fato do mesmo se rmais ecômico ( CREIO EU ) entre esses 1 citado, e tbm por ser um carro que mitos falam bem e tal.

  • Vinicius Rebouças

    Estava muito interessado em adquirir um c4, mas colocando na ponta do lapis, custo beneficio, desempenho, gastos entre outras coisas, fechei negocio em um VW Fusca 1983, foi um ótimo negocio, e tenho certeza que iria me arrepender se tivesse pegado o C4 agora que estou com meu Fusquinha, sem falar que as mulheres adorão, não tem como atrair os olhares da mulherada quando eu passo com o meu Fusquinha.

    • paulo

      com certeza o fusca e melhor tenho um e a mulherada adora

  • Michel Iazbek Dao

    Comprei um desse mesmo modelo e ano, só que na cor branco. Confesso que fiquei meio preocupado se tinha feito um bom negócio, porém estou a 4 meses com o carro e me surpreendi pela excelente qualidade. Estou bem satisfeito.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email