Comprando e Vendendo Montadoras/Fábricas Volkswagen

Exclusivo: veja quanto uma concessionária ganha de lucro em cada carro vendido

gol-ecomotion-2011-oficial-2 Exclusivo: veja quanto uma concessionária ganha de lucro em cada carro vendido

Há alguns dias conseguimos acesso a uma listagem de preços interna da Volkswagen, que mostra o valor que as concessionárias pagam nos carros que vendem. A lista é de alguns meses atrás, agosto de 2010, e apesar de alguns preços hoje já não serem mais esses, mesmo assim conseguimos ter uma idéia das margens de lucro das concessionárias.



Não iremos publicar aqui a listagem, pois além de ela ser enorme, com mais de 100 páginas, se trata de um documento diferente daquele do Novo Jetta que publicamos há alguns dias. Se no caso das informações do Jetta o arquivo interno publicado no NA possa ser um instrumento de marketing que ajude mais pessoas a se interessarem no novo sedã, não seria correto para com a marca publicarmos aqui a listagem de preços na íntegra.

Vamos então citar os preços dessa listagem interna. Assim, você poderá satisfazer aquela curiosidade que sempre teve, querendo saber quanto uma concessionária lucra na venda de um veículo. Lembrando que esses preços são para São Paulo e Paraná. Nota-se que a Volkswagen, na linha 1.0, deixa margens pequenas para as concessionárias, graças ao sucesso que seus modelos fazem. Vemos também que modelos que saem menos tem margens mais altas, o que incentiva a loja e também o vendedor. Vamos de 2.200 reais em um Gol para 8.200 reais de margem na venda de um Golf GT automático, que custa 68.000 reais.

Concessionárias de Minas, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul pagam um pouco menos, 200 a 400 reais a menos. Norte, Nordeste e Distrito Federal pagam mais de 1.000 reais a menos, mas essa diferença acaba sendo quase toda comida pelo frete. Zona Franca de Manaus, não é nem necessário falar nada. Um Gol G4 é comprado por concessionárias lá por 19.000 reais, e um Gol G5 custa 22.500 reais para as lojas. Vamos aos preços:

margem-lucro-concessionarias-noticias-automotivas Exclusivo: veja quanto uma concessionária ganha de lucro em cada carro vendido

Então, na próxima vez que for até uma concessionária Volkswagen, que tal levar essa tabela para brigar por um preço menor?

  • maximilianomoraes

    É preciso ainda avaliar o custo fixo da concessionária: funcionários, despesas de funcionamento (água, luz, internet, manutenção de computadores, materiais, marketing, etc). Só então será possível verificar o lucro líquido real por carro vendido.

    • HCO

      Uma Ferrari 599 GTB Fiorano é vendida nos E.U.A por mais ou menos U$300.000 mil dólares e no Brasil custa em torno de 2 milhões de reais
      Digamos que o dólar valese 2 reais o valor dela seria de 600 mil reias
      Mais uns 50% de impostos e custos de importação o valor não chegaria a 1 milhão
      Ou seja,a concessionária faturou 1 milhão de reais em cima
      Ou seja,no Brasil seja pobre ou rico vc vai ser roubado do mesmo jeito na hora de comprar um carro

      • BlueGopher

        Carros como a Ferrari são como grifes, servem também (principalmente no Brasil) como ferramentas de imagem.
        Seus consumidores não gostariam que fosse barata.
        E seus proprietários, de maneira geral, usam tanto sua potência e desempenho esportivo quanto um dono de um Audi Q7 usa seu carro no off road.

        • HCO

          Se eu tivesse mais de 1 milhão para comprar um carro com certeza importava por conta própria
          Pra mim montadoras e concessionárias são tudo farinha do mesmo saco,um bando de sanguessugas
          E o consumidor é o trouxa que alimenta elas

          • ALEZAO2

            importanto por conta própria vc estaria alimentando uma montadora de qualquer jeito…

            então de certa forma o adjetivo se aplica a vc…

      • markimtv

        Um carro de U$40MIL chega aqui por R$200MIL. Existe uma diferença, mas não é tão grande não. O preço do carro duplica só de impostos. Adicione frete e os impostos sobre ele (impostos de importação são calculados em cascata, e o frete entra na brincadeira…).

    • timbucnc

      Concordo com você, certa vez um concessionário amigo do meu pai disse a ele que lucrava em média 400 reais(Lucro líquido) em um carro mas como ele vendia uma grande quantidade de carros (1.000 por mês) valia a pena..

      • evtdesign

        Nessa conta aí onde não valeria a pena 400.000 reais por mês de lucro líquido??
        heuahueahuehuahuea
        =O

        Agora 1.000/mes? Acho é 100 não é não.. vender 30/dia numa cc é meio absurdo não?
        Vendendo 100/mes..ainda deixaria ele com R$40.000/mes.. vale muito a pena.

        • pauloestevinho

          Você acha bom ganhar 40.000 reais por mês pra ter uma concessionária?? Em que mundo??
          O problema de algumas pessoas é ver muita novela!! Achar que dono de empresa não trabalha, fica de pernas pro ar num escrotório sem fazer nada e só contando dinheiro!!

          • eduardogege

            40 mil líquido significa que ele tira 40 mil de lucro, já com todas as despesas da css pagas.
            No meu ponto de vista ter 40 mil reais para viver é um dinheiro muito bom.

            • markimtv

              E como o cara faz pra pagar o investimento de montar a concessionária? E quanto ele tem que tirar do bolso pra comprar carros para estoque?

              A concessionária do exemplo pode gerar 40mil de lucro, mas isso não quer dizer que o dono coloca isso no bolso. Tem retorno de investimento, compra dos carros vendidos (ele vendeu 10, tem que comprar 10, lembra!?)

              • eduardogege

                Isso que você falou já deve estar sendo descontado do lucro bruto.
                Veja ali a tabela, em um Gol G5 1.0 eles tem R$2500 de lucro, em um Golf 1.6 Sportline R$6700.
                Se ele ganhasse apenas R$40000 de lucro total, eles teriam vendido apenas 16 Gol's em um mês, não acha meio pouco?

                Os R$400 de lucro líquido por carro devem ser realmente só para o dono da CSS se divertir, já tendo sido descontado tudo isso que você falou: Investimentos, repor estoque, pagar funcionários, luz, água, IPTU…

            • ccoala

              É pouco.
              Se a pessoa pegar o dinheiro investido na concessionária e investir no financeiro, vai render mais que isso.

              Outra, 40 mil de lucro em uma empresa não pode ir pro bolso do dono. Tem que ser reservado para investimentos.

              • aleneo2

                mas nao esquece que tem tambem ganhos na assistencia técnica, acessórios, venda de usados que aumentam e muito o lucro.

            • lucasfs87

              desde quando 40k é dinheiro pro cara segurar um pepino desses??? Eu como administrador asseguro que o dono dessa concessionária não é um cara 100% calmo com o trab dele. é muita coisa meu amigo! concordo com o paulo

          • timbucnc

            Só pra esclarecer a todos, não errei não são cerca de 1000 carros mês.. Não vou falar qual é concessionária mas vou dizer que é uma VW daqui de Recife… E sim são 400 mil líquidos/mês!

        • timbucnc

          Eu disse que não valeria? São 1000 carros/mês, não vou dizer qual é especificademente, mas é uma VW daqui de Recife

      • Helder Rueda 2.0T

        1,000 carros/mes vendido eh meio dificil ein

        • timbucnc

          é sim, 1000 carros/mes, uma das concessionárias VW do Recife.

    • MMPaes

      Muito bem Maximiliano. Eu concordo com vc plenamente, Sabe tem muita gente que vai até uma concessionaria com um carro caindo os pedaços e quer tudo e mais um pouco no carro usado, isso ninguem fala que é prejuizo pra empresa, pois se não fizer uma boa avaliação no carro usado não vende o Zero…

      E mais, a matéria fala como se não pagasse nada pra que vende o carro, como se a carga tributaria no Brasil não fosse uma vergonha…

      Parabens pelo seu comentario…

      • JPaulo10

        MMPaes, por favor me indique uma concessionária que faça uma boa e real avaliação no carro usado, porque não conheço nenhuma. Na última que estive, pagaram R$ 21.000 num carro que valia R$ 29.000 e o venderam a R$ 32.000. Aliás, é concenso a altíssima desvalorização do usado na compra de um novo por parte das concessionárias.
        A tabela colocada aqui é valiosa, porque atende ao interesse daquele que vai comprar um VW. Ela dá ao comprador uma base de conhecimento para uma negociação vantajosa. O concessionário se vira para obter seu lucro, fique certo disso.

        • MMPaes

          Só pra te posicionar JPaulo, eu fui até uma concessionari da Vw este final de semana para dar um olhada nos valores dos carros e peguei como base o Gol G4 2 portas basico, que esta na tabela acima diz ser vendido por 25.610,00 e me foi falado que este carro é vendido por 23.990,00 esta mesma tabela diz que o carro é comprado por 23300,00 isso da um valor de 600,00 que sobra para pagar todos os custos… Sabe eu acho que vc não entendeu o meu comentario, eu falei que os carros usados normalmente são avaliados mais baixos pois é uma das formas que a loja tem de fazer seu lucro aumentar…

          Se voce tem facilidade em vender um carro proprio, parabens para você, eu acho que a loja é um comercio e vivemos em uma sociedade capitalista, o certo é ganhar, e ganha mais quem negocia melhor…

          Um Abraço.

    • bom_senso

      Exatamente! Vamos ter bom senso nas respostas!! As informações que foram mostradas na reportagem se referem apenas a diferença entre preço de compra e de venda. E o vendedor, não ganha nada? E o restante da estrutura? E o investimento feito pelos sócios, não deve retornar a eles??

    • evtdesign

      Sim claro, todos metendo o pau na materia, dizendo que tem margem justa e varios custos e tudo mais.. mas lembrem-se que cc perto de uma fabrica é só um "barracão, com cafézinho, banner e anuncio no jornal".. vê a estrutura de uma fábrica desde a estamparia até os testes finais de rodagem, gastos com publicidade a nivel nacional em todos meios de mídia, dinheiro investido em novas tecnologias (e nem adianta vir um troll aqui embaixo fazendo piadinha de carro jurássico..), em ferramental novo, mão de obra, legislação, homologação de produtos, pesquisas de campo, até mesmo recall (por que quem paga a hora do mecanico na cc em caso de recall é fabrica.. cc não põe a mão no bolso não..), e muito mais.
      É justo o cara que só vende ter essa grande margem de lucro?
      Os dois lucram absurdo, mas acredito que quem investe mais, merece receber mais em troca.

    • Marcelmtm

      Ótimo raciocínio! Tem gente que faz só a continha do preço de venda – preço de custo = lucro.
      Mesmo sabendo que eles devem lucram bastante, temos realmente que considerar os demais custos fixos e variáveis das concessionárias, antes de sair metendo o pau. Afinal, se formos analisar, mesmo os "preços de fábrica" são salgados, pelos produtos que eles vendem!

    • BSBDriver

      Como alguém já disse antes: a matéria é apenas informativa.
      Até meu filho de 6 anos sabe que as pessoas que trabalham nas concessionários não o fazem de graça.
      Não acredito que tenha alguém que lê esse site que ache mesmo que se trata do lucro líquido, né?

    • luizkessler

      Tem razão, imagine só o custo fixo de uma concessionária. Acrescente ao custo do estoque! Vender um Gol é fácil, agora imagine quanto tempo se deve levar para vender um Golf GT.

    • Cleberson

      Claro, mas devemos observar que esse é o lucro da CONCESSIONÁRIA, não da montadora. Esse é o lucro da empresa que fatura a venda do carro pra você, mas e a empresa que fabrica, que vendeu o carro pra concessionária?

  • netto

    Putz! o.0 Se bem que já não é algo que me surpreende…

    • V8_sempre

      Até onde eu sabia…

      Era de 7 a 8% nos 1.0 e 10% nos demais…

      A margem precisa ser alta para manter a concessionária ! Uma vez que, pouca gente utiliza a oficina deles, após vencida a garantia… E assim, geralmente a oficina é um entrave para as concessionárias ! O atendimento sofrível, o não cumprimento das recomendações dos fabricantes e a empurroterapia, não estão ali à toa !

      No Brasil ! Já nos EUA e Japão, é raro alguém consertar o carro fora da autorizada ! E, muitas vezes, a oficina dá mais lucro que a venda de carros novos !

  • luidhi

    É bom lembrar que em cima do "lucro" da concessionária ainda tem os custos administrativos, como pessoal, agua, luz, aluguel, etc.
    Ou seja, o lucro realmente não é alto. Se os fabricantes praticassem a mesma margem, provavelmente os carros reduziriam muito o preço.
    Nunca vi dono de concessionária passar fome…

    • Não precisar ser lucro entre aspas. Falei lucro, mas não citei se é bruto ou líquido. Estou falando do lucro de uma concessionária em cima de um único carro. Lembrando que mesmo concessionárias de cidades médias vendem pelo menos 100 carros por mês, ou mais. As maiores do Brasil vendem mais de 1.000 carros por mês. E essa informação obtive de uma pessoa grande na área. Ainda assim você acha que o lucro não é alto?

      • Dolggan

        Ou seja, Eber, se uma concessionária grande vender 1.000 Gols (tô chutando por baixo) ela irá faturar uns 3~4 milhões/mês.
        Temos que lembrar também que nada é de graça lá (talvez só o cafezinho).
        De uma peça qualquer à mão de obra, tudo é pago por nós quando utilizamos os serviços das concessionárias.
        E sabemos que as margens de lucros de tais peças e serviços tbm não são nada pequenos…

        • Gabriel Scapin

          Alguém contabilizou o investimento em publicidade???? Só pra exemplificar…

          • Fredxyz

            Quem faz o maior investimento em publicidade é a frabicante. A concessionária só investe se quiser. Se não quiser, basta ter um bom ponto com um letreiro grande.

            • Gabriel Scapin

              vc está falando isso com algum tipo de conhecimento de causa?… Ou é suposição?…

      • dudu_g

        Não se engane… Quanto maior o número de vendas, mais espremido é o lucro, devido ao fato de concorrentes e muitas vendas diretas (no qual o lucro é reduzido). Sem contar quando o cliente entrega um carro usado na troca de um novo, que envolve a garantia do carro usado para o novo comprador e manutenção… Isso seria um de vários fatores.

        • Pode crer que não estou enganado. Se uma concessionária então vender 1.000 carros ao mês e reduzir suas margens pela metade ainda são 1,5 milhão de reais por mês. E sobre pegar carro usado na troca, hoje em dia tem concessionária lucrando 8.000 reais em um carro usado na hora de vender. A margem é ainda maior do que no novo.

          • Marcelo_Machado

            Ia comentar isso mesmo. A maioria das vendas de 0 Km envolve um usado na troca. E na ccs por melhor que seja a avaliação ele sempre entra por um preço bem baixo. Portanto o lucro com o usado meio que entra no lucro do zero. Afinal a ccs não tem lucro com venda só do zero. Pode escrever a valiação do seu usado depende do carro que vc vai pegar na troca, qto menor a margem de lucro no zero, menos ele pagam no seu usado. Tanto é que na negociação na hora da troca eles tiram um pouco no zero e dão um pouco mais no usado.

          • EDGAR__RJ

            com certeza , o lucro das montadors que mais vende estão nos carros usados para revenda….
            já vi Siena 2009 entrar por 18k e ser vendido por 26,5k …. é vero

          • RFF

            Posso estar muitíssimo enganado quanto ao cálculo que vou fazer, já que não revisei os valores a seguir. Mas se eu não me engano, os números de vendas e de números de CSS de marcas de grande vendagem, como FIAT e VW é mais ou menos: 50.000 carros por mês x 500 pontos de venda (por favor, me corrijam se eu estiver errado).
            Sendo assim, a média de vendas por CSS (FIAT, VW, GM) seria de uns 100 carros por mês.

            Repito, posso estar enganado na qtde de carros vendidosa por mês ou no nº de CSS no país.

            Abraços

      • DCald

        Uma vez conversando com um gerente de concessionaria, ele me disse que a concessionaria sobrevive mesmo é dos serviços e a venda dos carros não é tão lucrativa diretamente, mas atrai cliente (geralmente o cara faz a manutenção onde comprou o carro)…
        É por isso que eles querem te empurrar um carro pelado, pq dai vc vai instalar DH, vidros, travas, alarme, som com eles e é ai que eles vão lucrar mais alto!

        Só sei que na negociação eu consigo tirar de 10 a 15% do preço de tabela, vendendo com prejuizo é que eles não estão!

      • Fabaum_ITB

        Seria muito interessante tb saber o lucro da montadora em cada carro, mas creio q seja meio impossivel de saber, nao?

  • Caetano2010

    Mas todas as concessionárias são assim msm,ou vcs acham que a concessionária vai vender um carro só para dar lucro para as fabricantes e eles como intermediários tbem tiram uma graninha do consumidor,e essa tabela pelo que deu para perceber são de modelos no pacote mais básicos de equipamentos,ou seja,versões de entrada,e já pensou qto tiram nos modelos mais completos então.

    • NikkoZOll

      A artimanha mais usada o Agio , esta inconformal o lucro prara a concessionaria como disse oEber mas o lucro da montdorae que bate todas as cartas

  • misterbass

    Cada Passat CC vendido, a revenda ganha um Gol G4 de lucro…..#ganancia

    • rafa_marcao

      Isso pq a revenda é a última "lucragem". Imagina o que não vem desde a produção… Ta ai o pior.

    • DCald

      Cara, qtos Passat CC o cara vende por mes?

      As vezes o cara compra o carro, fica no patio 4, 5 meses pra vender, e o capital dele ficou "empacado"…

      Por isso que eles compram um monte de Gol prata 4pts com AC pelado e fazem todo mundo acreditar que vc tem que comprar esse carro pq é bom de mercado… Com 1 ou 2 cores no estoque e forçando o mercado a comprar sempre o prata, eles não ficam com carro parado no estoque e fazem o capital deles girar… por isso tbm que eles não querem que vc encomende carro…

      • MeekeeB

        Concordo com o DCald. Passat CC vende poquíssimo, o pessoal deve até estourar champanhe na loja quando vende. Achei a média de lucro das concessionárias bastante razoável, com lucro na casa dos 10%, menor do que em muitos outros comércios.

        • Eddu13

          Não são tem todas as concessionárias que tem Passat CC no showroom, então como vão comprar sem ver o carro?

    • kikofar

      Não entendo como ganância não. Nos carros de quem pode pagar mais, maior margem de lucro. Sempre foi assim.

  • maiamachadoch

    também não achei nada muito fora do normal, gostaria de saber a margem de lucro das fábricas, quanto é o custo para fabricar um carro e quanto ele é vendido, esse sim deve ser uma coisa fora do normal

    • DCald

      Isso é segredo de Estado! Se vc descobrir isso vão te matar! huahauhau…

      Lembro de uma reportagem que dizia que um Gol Special em 2002 custava para a VW R$ 3500 (e na epoca era vendido por 14mil)
      Bom, de lá pra cá aumentou o preço de algumas materias primas… mas não justifica dobrar o preço…

      • Dobrar o preço? Vc está sendo amigo com a montadora/fabricante. Elas lucram coisa de 6 a 7 vezes mais nas vendas dos carros.

        Qdo eu vejo uma pessoa como o diretor da Ford dizer que ela "não tem grana" para investir no mercado brasileiro, pelo menos de minha parte é um ponto a menos para considerar a marca. Isso pode impactar? Sim. Mas não quer dizer que na soma dos pros e contras eu acabe deixando de comprar da marca.

  • sousabrasil

    Boa tarde a todos,parabéns ao NA por mais esse "furo". Olhando para a tabela pessoalmente não vejo abuso, trata-se de uma margem "normal" em qualquer área comercial, acredito que o problema principal vem antes, na grande margem de lucro das montadoras a anos instaladas em território nacional, justo seria a montadora ter uma margem de lucro igual ou ligeiramente superior às concessionárias, nesse caso teriámos carros pelo menos R$ 10 mil a menos que o preços praticados hoje. E olha que já foi pior!

    Abraço e sucesso NA!

    • ghost

      Alimentos tem uma margem muito maior e ninguém reclama kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  • Ghrow

    Eu achei até justa a margem das concessionárias, como falaram em cima, eles tem contas para pagar.
    Mas é ótimo saber disso, pois todas as marcas devem fazer +ou- isso também, logo um desconto de 3~5% é factível.
    Informação é muito bom!!!

    Agora, eu queria saber a margem da fábrica na produção… Quanto eles gastam produzindo?
    Se pra Manaus eles vendem a 19k, e eu duvido que levem prejuízo, mas vamos supor que nesse caso a margem deles seja menor.

    Chutando então 18k(estou arredondando mesmo), no caso de São Paulo e Paraná, são +ou- 5k4 de lucro!!!

    21% para as montadoras é muito fora da realidade??????? Quem arrisca?????

    • ACR

      Se é justa a margem eles tinham que no mínimo oferecer um suporte melhor aos clientes, dou a minha cara a tapa se TODAS as concessionárias atendessem com respeito e honestidade duvido que o povo aqui ia achar ruim.

  • Valter000

    No Brasil até as concessionárias pagam caro nos veículos.

  • millemiglia

    Na época em que meu pai tinha concessionária Ford (até 1994), o lucro por carro vendido variava entre 7% de um Escort Hobby a 13,5% de uma F-1000 Turbo. Como o luidhi bem lembrou a concessionária ainda tem os custos de água, luz, telefone, empregados, impostos e, às vezes, aluguel. Tem que vender muito para ter um bom lucro. Nos seminários que as fábricas fazem para os diretores de concessionárias sempre é passada a informação que a oficina e a seção de peças devem cobrir os custos da concessionária e a venda de veículos deve ser a responsável por gerar lucros mas nem sempre isso funciona pois há algumas concessionárias que não tem giro suficiente em peças e oficina para cobrir os custos da empresa. Nesses casos, cabe à venda de veículos não só a responsabilidade pelos lucros mas também de cobrir os custos da empresa.
    misterbass, a ganância não é da concessionária e sim da fábrica que poderia vender esse carro mais barato mas não o faz.

  • PKuster

    Ganha (muito) o Governo, ganha (muito) a montadora, ganha (muito) a concessionária, PERDE (MUITO) O CONSUMIDOR !

  • Kenny_

    Leiam esse artigo que explica o porque os carros aqui são tão caros.
    http://exame.abril.com.br/seu-dinheiro/carros/not

    • DCald

      Esse texto tenta jogar a culpa nos impostos… mas, eles não explicam o City sendo feito no Brasil pagando funcionario brasileiro, com todos os impostos disso, usando o aço brasileiro que é mais caro e tudo mais custanto metade do preço lá fora…
      Se os impostos são 40% do preço final no Brasil (e isso inclui os impostos da folha de pagamento dos funcionarios) e vc tirasse todos os impostos brasileiros, o carro custaria cerca de 34mil, e o carro é vendido a 34800… agora me explica: a Argentina não cobra imposto?

      Depois disso vc vai pesquisar sobre a Fiat na Italia… lá o imposto seria de 7 a 16% a mais… o carro lá custa a metade do daqui… a Fiat lá teve prejuizo… aqui teve lucro que cobriu o prejuizo de lá e ainda deu lucro geral de 2bilhoes de dolares (os outros mercados da Fiat ao redor do mundo são insignificantes)…

      Mesma coisa a GM, a VW, a Ford… qdo o mundo entrou em crise, os grandes fabricantes sobreviveram apenas pelos altos lucros aqui no Brasil…

      • Kenny_

        Ele não culpa exclusivamente os impostos, no final ele tambem faz referencia aos lucros das montadoras. Mas o que mais pesa mesmo no final são todos os impostos cobtrados direta ou indiretamente.

      • LeoContesini

        O que acontece é o seguinte: a água usada pela fábrica tem tributação alta. A conta de telefone da fábrica tem tributação elevada. O investimento em desenvolvimento de novas tecnologias é bancado pelo lucro com os modelos atuais. Além disso, a fábrica tem que estar preparada para se manter durante uma crise qualquer.

        É infantilidade demais satanizar uma empresa privada, desenvolvedora de tecnologia e geradora de empregos por ter "lucros elevados".

        Elevado é pagar 4% de IPVA em São Paulo e quebrar a suspensão num buraco. É pagar seguro obrigatório e ser atendido por um hospital sujo, que sutura seu dedo sem assepsia após um acidente. Pensem sobre o IPVA, é um imposto que não tem destinação e se você não pagar, seu carro será apreendido e, mesmo que guarde ele em casa, terá uma dívida ativa cumulativa ao longo dos anos.

        Essa mentalidade debilóide que atrasa o país. Como se uma fabricante não precisasse garantir a segurança do funcionário, não precisasse custear um funcionário que eventualmente se acidenta (e terá que ser substituído enquanto estiver em recuperação). Como se uma fábrica não tivesse paredes que precisam ser pintadas, máquinas que precisam de manutenção periódica e constante, cabos elétricos que desgastam pelo uso e precisam ser substituídos. Quem não pensa nisso deve viver à custa de alguém que pensa em tudo isso. É a única explicação. Pense no custo de manutenção de uma casa de família. Até mesmo uma torneira quebrada ou válvula de descarga, chuveiro queimado ou vidro quebrado precisam ser incluídos nas despesas de uma fábrica.

        Como se ela não precisasse:
        – investir em propaganda – o que envolve comprar espaço publicitário em jornais, tv, internet e revistas (ou acham que o Eber trocou a propaganda da Citroën no blog por um chaveiro?)
        – manter uma frota para a imprensa (ou acham que o Éber aluga os carros avaliados?)
        – realizar os eventos de lançamento
        – manter a produção de peças de reposição durante 10 anos, conforme a lei
        – organizar e instituir a capacitação constante dos mecânicos da rede de serviços autorizados
        – realizar manutenção da estrutura da fábrica
        – pagar conta de energia elétrica, água, telefone, internet (sim, fábricas não ganham isso de presente)
        – pagar fornecedores em dia
        – sobreviver a eventuais crises, que não avisam quando vão começar e nunca têm prazo para acabar
        – sustentar um refeitório para os funcionários
        – desenvolver novas tecnologias (ou acham que tudo foi criado por deus e os engenheiros descobrem como fazer nas horas vagas?)
        – pagar o desenvolvimento e produção de embalagens para as peças de reposição (durante pelo menos 10 anos após o fim da produção do veículo, conforme a lei)
        – pagar a logística – distribuição e fornecimento – das peças de reposição (também durante 10 anos após o fim da produção do veículo)
        – pagar férias e décimo-terceiro e rescisões de milhares de funcionários
        – bancar o controle das emissões de poluentes e dejetos
        – pagar todas as taxas e tributos obrigatórias para vistorias e liberações referentes a emissões de poluentes e dejetos
        – pagar taxa de coleta de lixo ou empresa terceirizada
        – pagar a segurança da fábrica, geralmente terceirizada
        – manter os salários compatíveis com os valores de mercado, inclusive para altos executivos
        – manter sites e o desenvolvimento e manutenção deles

        Cresçam, por favor.

        • DCald

          Tá, tem todos esses custos… eu sei…
          mas agora, vc que sabe de todos os custos me explique: POR QUE SÓ OS BRASILEIROS TEM QUE PAGAR ESSA CONTA???
          O mesmo carro FABRICADO AQUI, com agua daqui, telefone, segurança, manutenção, desenvolvimento, etc DAQUI é vendido na argentina ou no mexico pela METADE DO PREÇO!
          Se vc tirar todo o imposto que se paga no Brasil (que chega a 42% do preço final do veiculo) O carro lá ainda é mais barato… e, na Argentina e no Mexico se paga imposto, é não é pouco, Sem contar que ainda tem o frete e toda a estrutura de importação de peças pra reposição e tal…

          Alem do mais, Argentina e Mexico tem acordo comercial com o Brasil… mas e a Europa? Vendiam Fox Beeeeeem mais equipado que atravessava o atlantico pela metade do preço! E todo mundo sabe que o imposto na Europa é qse tanto quanto no Brasil (30% por lá, 37-42% por aqui)… E do mesmo jeito tem que manter estoque de peças (ou vc acha que europeu fica esperando 3-6meses por uma peça? E tambem tem o frete…

          Desvende-nos esse mistério!

          • LeoContesini

            Por que cada item desses tem a pilha de impostos brasileiros.
            Por isso cada um desses itens é mais caro no Brasil que no resto do mundo.

            O imposto sobre o produto final representa tudo isso. Mas esse percentual não inclui o imposto que se paga na conta telefonica, por exemplo, apenas o imposto da produção do carro.

            • DCald

              Vc não entendeu… né…
              Quer dizer que qdo vc exporta um carro vc tem desconto da agua, telefone, luz e impostos sobre essas coisas?

              TODO MUNDO SABE que quem segurou as contas das matrizes na epoca da crise foram as filiais brasileiras… o Lucro aqui é mais alto que no resto do mundo… Um pouco por ganancia dos fabricantes (que se desculpam nos altos impostos) e grande parte por causa da Oferta x Demanda e ignorancia do brasileiro ao comprar carro…

              Ou seja, enquanto tão comprando e não tão reclamando (ou reclamam mas continuam comprando) o caras vão aumentando o preço até onde der!

              • LeoContesini

                Agora imagine se não tivesse o Brasil pra segurar.

                E o Brasil segurou não pela margem de lucro, mas sim pelo volume de vendas. Lembre-se que durante a crise, o governo milagrosamente abriu mão de parte do IPI para estimular as vendas de carros e evitar que o temor de uma crise congelasse o mercado.

                O IPI foi reduzido para carros de baixo custo, claro. Os de cilindrada maior, ou seja, os mais luxuosos, não tiveram nada de redução de IPI.

                Só por isso. Não tem nada com margem de lucro exorbitante. Além disso, imoral não é quem produz lucrar muito. Imoral é o Estado brasileiro cobrar tanto de quem produz, de quem consome e não dar nada em troca, ser ineficiente e dispendioso.

                Quando o Estado for enxuto e os impostos reduzidos, você vai ver como os preços cairão.

  • olhandoalua

    O lucro não é aquilo que eu imaginava, na realidade ele é menor, mas mesmo assim é alto tendo a quantidade de veículos que as concessionárias vendem… Não entendo essa diferença de lucro entre um e outro modelo, eu sei que é para incentivar os vendedores a empurrar tal carro para o comprador, mas se os lucros em cima desses carros fossem menor, venderiam mais…

    Não podemos esquecer do lucro que eles tem em cima do financiamento também, já que tem muita concessionária com financiamento próprio e tem alguns bancos e financeiras que dão uma bonificação a concessionária por cada carro financiado…

  • andre_poa

    O lucro é maior, pois geralmente eles recebem um carro usado na troca. Só pra ter uma idéia: uma concessionária Volkswagen avaliou em R$ 24.000,00 meu Fiesta 2008/2009 completo, com rodas de liga e 30 mil km. Na mesma loja (usados) eles tavam vendendo um Fiesta 2007/2008 com mais de 60 mil km por R$ 28.000,00.

    • pauloestevinho

      Se acha fácil ganhar dinheiro com carro usado, vai abrir uma loja.

      • andre_poa

        Você só pode ser dono de revenda, famoso: picareta, pra achar justa essas avaliações que esculhambam o carro na hora da troca. Depois colocam 4, 5 mil em cima para revender. Fora a diferença que você pagou num novo.

    • V8_sempre

      Um amigo entregou uma Meriva por 23.000 !

      Depois viu a concessionária anunciá-lo por 33.000 !!!

  • rodramalho

    Eber, uma dúvida: o "preço de venda" que eles citam era o preço de tabela em ago/2010 ou o preço mínimo que o consumidor pagaria na concessionária? Abs.

    • Preço de venda é o sugerido, mas a concessionária pode vender por menos se quiser.

      • DCald

        Ou mais, se o consumidor aceitar pagar… hehehe

      • Felipe_Henrique

        Isso explica os "feirões" que algumas concessionárias fazem: reduzem a margem de lucro pra desencalhar estoque, por exemplo. E DCald, a prática inversa, ou seja, do aumento é conhecida como ágio.

  • alzano

    O valor elevando e tão reclamdo pelos consumidores, são por causa dos altos preços praticados pelas fabricas.

  • birobiro

    Ahhhh
    Sem contar que as concessionárias ainda lucram com o carro que vc dá de entrada !!!!!
    Não esqueçam desse detalhe !!!
    Apesar dos custos fixos ( agua,luz, empregados) eu acho que as concessionárias ainda faturam muito !!!!

  • GUiGoBH

    Fico imaginando então o lucro das montadoras, deve imenso. Já vi algumas pessoas falando que um Uno não passa de 6mil para ser produzidos, não sei se é verdade, mas quem falou parecia saber o que estava falando

    • DCald

      deve ser por ai mesmo… em 2002 o custo de um gol special era 3500… de lá pra cá subiram algumas coisa, mas nada que justifique o preço final…

      Imagine um Uno custando 6mil pra fabrica, e ela coloca mais 4 de lucro, fica 10mil reais, considerando 40% dos impostos (é menos pra categoria do uno) ficaria R$16700, mais 10% de lucro pra concessionária daria pra vender a 19mil e eles estariam tendo um lucro de 67% sobre o custo…
      como o mille sai a 23mil, se vc fizer o calculo inverso vai ver que a margem de lucro deles é de 100% no Uno…

  • epa

    E os da Chevrolet?????

    • DCald

      As margens das concessionarias Chevrolet devem ser maiores, pois eles conseguem vender a preços bem abaixo da tabela oficial

    • Educhs

      É só imaginar. Se o Astra custava em torno de R$ 60 mil e eles estão vendendo a R$ 44 mil – e com certeza ainda lucram um bocado senão não venderiam – já dá pra ter uma boa idéia.

      • V8_sempre

        Não é tanto assim…. No caso do ASTRA (Classic, Mille, etc)…

        O custo de desenvolvimento do produto (É incorporado ao preço)… Foi amortizado !

        Por isto… O preço é menor !

  • Filipe Augustus

    O Tiguan por 86 mil reais seria líder de vendas.
    =D

  • Educhs

    Lucro bem elevado..imagine um Golf GT 2.0 de R$ 55.000. Se o lucro fosse os memos 8.77% dos carros de entrada, então ele valeria R$ 52,700. Levando em conta que houvesse ainda aquela boa redução do IPI para 6,5%, então pagaríamos R$ 48.800. Esse cenário já foi plausível, mas nunca um Golf 2.0 custou isso. Tudo fruto da ganância por todos os lados.

  • ITALIA150

    Comento novamente um exemplo, que já citei aqui no NA : em 1997 um certo modelo do Fiesta, que não me lembro qual era, tinha preço de tabela = $12.000,00 . Segundo meu cunhado que era funcionário da Ford na época, este modelo possuia um custo total de montagem de $3.000,00 . Notóriamente um grande abismo !

  • macielpb

    Ganha quando compra, ganha quando vende, ganha nas revisões, ganha nos recol's, ganha na venda de acessorios, ganha no recebimento do usado creio que cobra até o ar que respiramos.

    Tenho uma pergunta a fazer.
    Quando compramos um veiculo pagamos os impostos como IPI, ICMS e mais outrocentos impostos, só que quando emplacamos este mesmo véiculo pagamos 2% de IPVA, só q o IPVA num é cobrado sobre o valor do veiculo e sim do valor mais os impostos ja incidentes, ou seja, pagamos imposto dos impostos.
    você acham isso correto?

    • Marcelo_Machado

      Tudo nesse país paga imposto sobre imposto. A tão falada reforma tributária seria para acabar com isso, só que ninguem descobre um jeito de acabar com isso e manter a arrecadação do governo do mesmo jeito.

    • RMU

      Não é justo.

      mas isso não acontece só com carros.

    • Cil

      Mas isso ocorre com qualquer coisa por aqui. Já deu uma olhadinha no cálculo do ICMS da sua conta de luz????? Pois é!

      Correto é claro que não é! Mas alguém precisa bancar os gastos dos nossos políticos não é?

  • Renato_Valente

    É pessoal, mas nós temos que lembrar que a concessionaria recebe uma comissão sobre o financiamento dos carros, e não é coisa pequena não. Portanto esses valores divulgados demonstram o lucro absurdo que essa empresas tem sobre nós, pobre compradores.
    Alguem aqui ja tentou comprar um carro à vista em uma concessionária? Vender a vista não interessa para eles, por que será?

    • Cil

      Basta pegar o contrato de venda do carro. Quando comprei meu KA à vista… a vendedora fez um muxoxo disfarçado. Eheheeheheeh.

      Do valor financiado do meu Picanto, a concessionária levou, a títulos de serviços prestados 3 mil doletas.

  • Route_66

    Gente, lembrem que esses são os preços de tabela. Normalmente se consegue um desconto em cima deste preço, então o lucro acaba sendo menor. Já fiquei sabendo de fonte fidedigna (que pede pra não ser identificada) que o lucro bruto na venda de um Celta (depois de concedidos os descontos, é claro) é de 600 reais. Seria como esse Gol 2p peladaço de 25,6k de tabela acabar saindo por 24k (o que não é nada imposssível). Aliás, hoje mesmo vi Gol G4 anunciado a 24,6k

    • Não querendo desconfiar, mas é possivel então imaginar que o preço de um Celta é maior que um de Gol para vende-lo? Pois vc está dizendo que mesmo com descontos (que não são grandes) não é possivel que o carro seja tão caro.

      É projeto ultrapassado, geralmente mais barato que o Gol, e para o concessionario mais caro? Não faz sentido.

  • Cezarskinner

    Quero uma concessionaria.

  • vinicarioca

    a Honda Plaza em brasilia…é enorme e o lucro dela passa de 4 milhões ao mes… fácil

  • lucasbvieira

    A margem está muito alta para alguns modelos, isso porque ainda temos a margem da fábrica que deve ser bem maior.
    Concessionárias deveriam ser em maior número e menores, deixando o lucro para os fabricantes e barateando para o consumidor final.

  • andre_poa

    A concessionária na hora de te vender o carro, valoriza a pintura metálica (que na Volkswagen custa quase 1 mil reais a mais no preço do carro), valorizam os espelhos retrovisores com controle interno, o desembaçador do vidro traseiro, a chave reserva, os tapetes emborrachados, as super calotas, o ajuste de altura do banco do motorista, a "preparação" para som, os para-choques na cor do carro. Na hora deles receberem o carro na troca, nada vale, parece que teu carro é o pior do mundo. Tratam os clientes como …….. (melhor nem dizer).

    • RMU

      Me ofereceram numa citroen o valor de tabela num Corolla que eu tinha na troca por um Pallas exclusive. O meu ex-carro estava excelente, com 34000km e já tinha 5 anos. Ainda que pesasse contra o fato de que eu era o segundo dono, o valor ofertado foi o da FIPE. Tudo depende da vontade deles fazerem o negócio e do carro que você põe na jogada. Eu sei que a negociação que eu consegui foi algo extremamente raro. Não querendo defender, mas mercado de usados é assim mesmo. os caras mandam lá embaixo, mas convenhamos, você paga por não ter que ir atrás de um comprador particular. isso te garante dinheiro na mão pra pegar o carro 0km mais rápido. E nem sempre a ccs que recebe o seu carro tem garantia de que vai vender rápido, o que para eles é $ empatado. Ninguém é obrigado a aceitar isso daí não vejo razão para indignação.

    • E no final, vc olha o "seu" carro (quero dizer o mesmo modelo do seu carro sendo vendido), o cara tem a pachorra de dizer: "Seu carro não é bom de mercado" mas está ali na loja dele sendo vendido. Um absurdo.

  • Marcelo_Machado

    Para ter acesso ao que ganha a fábrica deve ser bem mais difícil, mas com certeza quem mais ganha disparado nesse négocio e a fabrica e o governo, que aliás é quem mais ganha em tudo e o que menos entrega em troca.

  • DinhoRoxx

    Quanto é a comissão do vendedor?

    • millemiglia

      Normalmente o vendedor ganha um salário fixo + 0,5% ou 1% de comissão sobre o dinheiro que entra. Se entrar um carro no negócio, ele só ganhará a comissão sobre o valor do usado se vendê-lo. Era assim quando meu pai tinha concessionária Ford e meu tio que era concessionário VW também fazia do mesmo modo.

  • 4NasCarro

    lucro facil!

  • Marcelo_Machado

    Não se esqueçam que qto maior o investimento no negócio maior é o lucro esperado.

  • fredteles_bhz

    Daque a pouco o dono do Notícias Automotivas vai ser acusado de pedofilia, tráfico internacional de drogas e outras coisas por ficar vazando informações. Sugiro mudar o nome do NA para CARLEAKS!!!! Parabéns pela iniciativa e pela qualidade das informações publicadas.

  • nedmaj

    Qualquer um que for ou já foi empresário sabe que essas margens não são tão altas assim. O problema do Brasil está longe de ser o custo de revenda. A fabricação no Brasil é cara, não só devido aos impostos, mas também ao custo de infraestrutura e outros relacionados com a cadeia de suprimentos e fornecedores (a famosa suply chain).

    • millemiglia

      É verdade. Se baixar o IPI, o ICMS e retirar a COFINS já dá uma diferença de, no mínimo, 30% do valor do carro. Minha mãe comprou dois anos atrás uma Peugeot 207SW automática com o desconto de deficiente física pois ela tem problema de coluna e o valor pago foi R$ 39.000,00 contra uma tabela normal de R$ 54.000,00. Ela teve isenção de IPI e ICMS. Veja que já dá um desconto de R$ 15.000,00 que representa aproximadamente 30%. Não digo que esses impostos deveriam ser extintos mas que sua alíquota deveria ser rebaixada para que, somadas, não passassem de 12 ou 15% que é quanto se paga na França e em outros países da Europa. Melhor ainda seria uni-los em um imposto só, como é na Europa. Lá ao comprar o carro você soma ao preço o IVA (Imposto de Valor Agregado) que é nessa faixa entre 10 a 15 ou 16% dependendo do país.
      Outro problema na tributação do Brasil são os impostos em cascata. A mineradora paga ICMS ao vender o minério de ferro, a siderúrgica paga ICMS ao vender o aço, a montadora paga ICMS ao vender o carro para a concessionária, a concessionária repassa o ICMS para o consumidor. É um sistema arcaico e oneroso que precisa ser modificado para que o país possa se desenvolver de modo sustentável.

      • jogador

        Na verdade, não há mais impostos em cascata no sistema tributário brasileiro e o ICMS incide somente sobre o valor que é adicionado em cada etapa. O problema são as alíquotas elevadas no final das contas (IPI de acordo com o motor mais 12% de ICMS mais a interestadual e PIS/cofins, IR, etc).
        Mas a verdade é que o nosso mercado é bem protegido da concorrência e nós consumidores não temos liberdade de escolha.

      • nedmaj

        Ótimo exemplo. Isso demonstra claramente o que disse na minha resposta. Mas ainda respondendo ao Edson Roberto, precisamos também levar em consideração a produtividade brasileira. Segundo dados que coletei na internet, o Brasil produz cerca de 70 carros por funcionário por ano. No Japão, para vocês terem uma ideia, esse número sobe para quase 150 (dados de 2009). Isso demonstra claramente que a nossa indústria ainda é deficiente, ou por culpa da capacitação ou cultura dos funcionários ou por culpa da tecnologia ou cadeia de fornecedores. Como a produtividade é baixa, a indústria precisa contratar mais funcionários para atender à demanda. Isso, aliado aos impostos como já foi comentado, é o que torna nossos carros caros demais.

      • LeoContesini

        Quando baixou o IPI, vendeu-se carros como nunca.

    • Ai te faço uma pergunta então… carros como… Mille, Celta, Ka, Gol G4, entre outros dessa categoria, cujo o ferramental já está ganhando ferrugem de tanto tempo que esta ali produzindo o mesmo carro, será mesmo qdo falamos de uma montadora a coisa está feia para ela? O exemplo do Daniel (DCald) acima, que retrata a situação da Fiat que tem prejuizos, mas sua filial brasileira da conta de pagar o prejuizo, conseguir o lucro de 2 bilhoes de euros e ainda ta investindo em outros mercados… será que a situação é tao ruim assim?

      Agora, quem tem que suprir sofre principalmente com essas montadoras. Pois realmente, elas maltratam demais o fornecedor… e se não entregar no periodo certo, tem multa além de sujar o nome da fornecedora perante outras montadoras. Absurdo.

      • jogador

        Você tocou num assunto importante dentro da industria: os projetos investidos que se pagaram.Em qualquer setor econômico, os preços de projetos amortizados tendem a ser menores pois a parcela para pagar o custo de capital já não existe. O que sobra, contabilizados os custos de produção, é lucro extraordinário. (nem comentarei curva de aprendizado, redução de custos com a cadeia de suprimentos e outras peculiariedades)
        No setor automotivo é muito alto e não há a jusitificativa para tanto, pois os investimentos para melhoria de produto ou criação de novos é raro no primeiro caso e no segundo caso, o BNDES e ou matriz/bancos internacionais financia a juros baixos.

  • fldias

    A margem de lucro não tá na venda direta, sim do financiamento que chega a dobrar o preço do carro.

    • _smart_

      esse lucro é do banco, nao da concessionária.

      • Emerson_Lima

        mas a CSS recebe comissão da financeira.

  • Fredxyz

    a matéria é informativa, passa os preços da tabela e cada um tire sua conclusão.

    • thalles_lopes

      não é bem assim. ela tem que informar de forma certa e sem ser tendenciosa. não foi o caso.

  • RMU

    Em fevereiro foram emplacados 259mil carros, contanto comerciais leves. Isso somando todas as marcas nacionais, veículos importados. Acho um tanto exagerado uma única concessionária vender 1000 carros como alguns escreveram aí.
    Quanto a matéria, é interessante, serve como curiosidade, mas acredito que nenhum dos preços sugeridos para venda sejam os praticados. Tem boa margem de desconto aí.
    É óbvio que as ccs lucram, e nem poderia ser diferente, não é ONG nem instituição de caridade. Com a mão de obra batento nos 3 dígitos, um simples alinhamento/balanceamento custa o dobro de um auto-center, o mesmo acontecendo com aqueles acessórios que o cidadão no afã da compra do carro 0km aceita colocar na ccs só pra não ter o trabalho de ir atrás, pagando 2 ou 3x mais, o licenciamento que o cidadão faz lá dentro da loja, o semi-novo que entrega a troco de banana, tudo vai um pouco pro bolso da ccs.
    Agora, a caixa de pandora, continua fechada. Quanto a montadora ganha?

  • DuDu_Pinto

    Moro em Manaus e aqui não existe nenhuma diferenciação nos preços dos carros pro consumidor final, pelo contrário, tem que chorar muito pra conseguir o preço que cobram no resto do Brasil em promoções nacionais… A unica coisa que sai mais barato são algumas pickups, porque tem algumas isenções fiscais próprias, mas elas vem com restrição de venda escrita no documento: só podem circular fora da Amazonia Ocidental por 30 dias e vendidas fora depois de 5 anos.

    • ghost

      Só de pick-up mesmo para andar nas estradas emburacadas da transamazônica kkkkkkkkkk

  • apmneto

    Furo de reportagem. Grande serviço prestado pelo Notícias a seus leitores.
    Atualizações constantes, independência nas análises e comprometimento apenas com leitor, o que leva à possibilidade de exibir documentos como esse, que nos instruem sobre os preços escorchantes cobrados no Brasil.
    Estou mandando o link com a matéria para meus amigos.
    Parabéns.

  • mmcinza

    De fato existem as margens de lucro a partir das vendas individuais, ou como falaram, a parte de semi-novos ajuda bastante também.
    MAS, a galinha dos ovos de ouro das CSS, vem através dos BONUS que ela ganha quando atinge metas estabelicidas pela fábrica. As metas podem variar bastante, mas pode incluir: quantidade de carros vendidos, modelos específicos vendidos e também, a qualidade no pós-venda, do qual inclui o número de queixas/elogios que uma concessíonária pode levar pelo 0800 da fábrica ou então a partir da pesquisa de satisfação….enfim, o buraco pode ser mais embaixo.

  • Focusman

    O pessoal não lê antes de responder…

    É óbvio que o empresário vende o carro já contando com as despesas que vai ter para vende-lo.

    Ninguém teria uma tabela de preço sem fazer cálculos.

    10% de lucro médio é uma ótima margem para qualquer tipo de negócio.

    Ai não está incluso o valor recebido pela revisão de entrega que é pago a cada concessionária.

    Podem apostar que quem lucra menos nesse jogo todo é a concessionária.

    Primeiro ganha o governo, depois vem o resto…

  • DCald

    outro exemplo: Uno Way… o completo custa 60% a mais que o basico… e não muda qse nada

  • Prime_rafael

    Matei uma curiosidade mantida a anos. Fico imaginando levar essa tabela na concessionária para negociar um carro, o vendedor vai desacreditar do que a internet é capaz.

  • morthales

    Na verdade acredito que esta tabela esta ERRADA, o lucro deve ser MAIOR. Explico: sou funcionário Scania, e tenho os mesmos benefícios de funcionário VW. A Scania tem uma parceria com a concessionária Avel, que nos da desconto que gira de 12 a 18%. Com certeza a Avel lucra em cima disso, logo o lucro de uma concessionária VW é com certeza maior do que os 12% que a tabela mostra para a maioria dos modelos.

  • O_Corsario

    Hehehe paguei menos!

  • Então eles ganham duas vezes. Porque mta gente que financia paga essa taxa e automaticamente se eles recebem de volta como bonus da financiadora, eles recebem duas vezes. Legal isso né ?

    Tem certas coisas que eu entendo de gasto com relação ao local de venda, mas querer se dar bem em cima da gente já beira o absurdo. Me esqueci, estou no Brasil, aqui isso é considerado normal.

  • Agora, não que a concessionaria em si seja a safada… mas como é incrivel como carros que agregam opcionais aumentam o preço não?

    Só aqui no Brasil para coisas como um opcional encarecer a preços que fazem o carro custar 2x mais para venda. Pior de tudo, é saber que esses mesmos opcionais saem baratissimos para as montadoras / fabricantes. Imagina o preço de pacote eletrico, air Bag (que hoje está mais disseminado) e por fim o ABS. Imagina em itens de conforto….. como a Audi que cobra sistema de som R$16000 pq é da Boss (e vc pode fazer um som mto superior com marcas renomadas).

  • Marcoswhooper

    Lucrar 6000 Reais em uma Kombi escolar, vai ser mal assim com outro, é para se revoltar mesmo. Será que a Kombi é Hybrid para dar tanta margem de lucro ??? rs Se o governo não exigir que carros sem segurança como Kombi sumam do mercado, vamos ter que aturar esse produto defasado e caro por muito tempo , com margem altissima de lucro para as montadoras e concessionárias. Por isso, deveria haver um abaixo-assinado para o governo exigir o Latin- NCAP obrigatório no Brasil, deixando bem visivel no vidro as estrelas conquistadas e impedindo que veiculos abaixo de 3 estrelas sejam comercializados no Brasil.

    • marcelofalves

      agora imagine quanto ganha a montadora, deve levar uns 20 mil de lucro

  • Marcoswhooper

    Se as concessionárias ganham tudo isso, imagine então quem fabrica os carros? 6000 de lucro em uma Kombi é maldade , pode por o nariz de palhaço no consumidor brasileiro, coloca ai NA….

  • LEOFX182

    Estou de volta uhuuu!!! Nossa tem um seculo que não consego conectar NA, vejo todos os dias e ficava louco querendo comentar, mas então tem pessoas que acha que não da um lucro bom, fala sério me diz quem é o sem noção que vai entrar em um negocio para ganhar pouco? Ninguem, ta que a gente é engando tipo comparo de quarente e tantos mil e logo depois vende por trinta ¬¬ , Eles ganham sim, eu vou montar uma para mim ainda e vender uns Golzinhos pelados com preço de Golf pra voces :) Por que o Golfa vale o preço do na verdade e o Gol era para ser no maximo uns R$ 18.000,00 pelado né? ¬¬

  • Welingtonfdc

    hahahaha,vender carro é o qui há 5 mil no minimo q isso brasil um pais tropical com preços de sal

  • X11auto

    Tem um detalhe ai, as concesionárias ganham no carro novo e ganham geralmente no velho que acaba entrando na troca e não é pouco, ganham também nas oficinas, acessórios e nos serviços muitas vezes cobrador e não feitos o que não é nenhuma novidade, logo se vender carro não dese lucro, não existiria concessionárias enormes, regadas a chão de mármore e muito luxo!

    • GarfieldMix

      Fora o oligopolio de grupos nas concessionárias.
      É uma rede mafiosa que não dá nem pra ir barganhar em outra pq pertence ao mesmo grupo.

  • AndreCSilva

    Estes valores nao sao os que constam na nota fiscal de fabrica?
    Sempre que se compra um carro, voce recebe uma copia da nota fiscal de fabrica para fazer a documentacao no DETRAN (vem no kit despachante).
    Nao vi o valor do Passat Comfortline 2.0 Turbo na lista apresentada. Voces tem ai… acho que 92900. E agora, com a chegada do novo Jetta e do novo Passat a fabrica esta dando bonus de 5.000 para as concessionarias.

  • GarfieldMix

    E a Amarok?
    Post muito interessante, seria uma boa se conseguisse de outras marcas.

    Abs!

    • rpasini1

      Dependendo da marca o lucro é muito maior, imagina o lucro das revendas da hyundai. Conheço quem comprou o i30 top top a 3 meses onde a concessionária estava pedindo 76 mil no mesmo e após muita negociação o valor baixou para 65 mil, imagina o quanto ainda tem de lucro pra eles baixarem tudo isso! Imagina quem compra sonata pagando o ágio que estão pedindo quanto não "dá" pra concessionária. A comissão dos vendedores também deve ser grotesca, vou mudar de emprego.

  • marcio233

    5k de lucro em uma Kombi… para a fábrica, deve ser proporcionalmente o de maior lucro…

  • _smart_

    Nos carros de grande volume de vendas, gol e fox, o lucro bruto das concessionárias é de R$ 900,00… desse valor saem todos os custos da operação.. comissoes, aluguel, etc…

  • danielowner

    Achei a margem de lucro pequena

    A concessionário tem muitos custos fixo: salário, água, luz, aluguel etc

  • artfukr

    Às vezes um cara dono de revenda de carros usados ("garagem") lucra mais que uma concessionária que vende carros zero! o.0
    É estranho mas é a realidade. É como disseram alguns posts acima: quem ganha mais é o governo com seus tributos escorchantes…

  • Diggo

    O negócio é vender Passat CC…

  • NikkoZOll

    Eber quero saber os dados da Amarok

  • Eddu13

    O negocio é comprar direto na fabrica.

  • Jeremy_Jam

    Isso é o que as concessionárias lucram. Imagina o lucro das MONTADORAS….
    Falando nisso, vale lembrar aquele artigo que o próprio N/A publicou sobre o que a Caoa gasta com a publicidade dos Hyundai.

  • marcelofalves

    sinceramente, as margens não sao tao boas assim nao, quem realmente ganha bastante são as montadores….queria ver uma planilha com o custo de um carro na montadora indo pra concessionaria

  • GAbRieLGUIMA

    Tenta descobrir quanto um Chines como Jac ou Chery dão de lucro para o concessionario. Aposto que terão uma surpresa!!!

  • anderson1055_legal

    Acompanho tudo de uma concessionaria e o que muitos não sabem é que a concessionaria mesmo no carro basico que mais vende, esse veiculo não rende só isso, alem disso tem sempre os agregados, bonus por emplacamento, bonus por insentivo ao veiculo no mes e se a pessoa faturar no nome da empresa ou for produtor rural a margem aumenta ainda mais.

  • Cil

    Nem comentei ontem, mas se essas forem as margens de lucro na venda de um carro "popular" para particular, sinceramente não achei muito não. Principalmente porque como foi dito por muita gente, existe os custos da concessionária com funcionários, impostos estaduais, direitos trabalhistas, manutenção da estrutura, etc.

  • Guga2010

    Cogitei a troca do meu Passat 2008 pelo Tiguan….o css queria pagar 50 mil no meu Passat (carro retirado da css por 135 mil reais).
    Ai eles revendem por 65-70………..ou seja, lucro exorbitante!! 15 mil com o Passat + 13 com o Tiguan…..não tem como passar a mão na cabeça da css. São tão gananciosos como o governo e as montadoras.

  • FAlniezi

    Então a Germânica de Americana pratica lucro maior, o Voyage Comfortline, não sai por menos de R$ 43 mil lá.

  • LeoContesini

    O que acontece é o seguinte: a água usada pela fábrica tem tributação alta. A conta de telefone da fábrica tem tributação elevada. O investimento em desenvolvimento de novas tecnologias é bancado pelo lucro com os modelos atuais. Além disso, a fábrica tem que estar preparada para se manter durante uma crise qualquer.

    É infantilidade demais satanizar uma empresa privada, desenvolvedora de tecnologia e geradora de empregos por ter "lucros elevados".

    Elevado é pagar 4% de IPVA em São Paulo e quebrar a suspensão num buraco. É pagar seguro obrigatório e ser atendido por um hospital sujo, que sutura seu dedo sem assepsia após um acidente. Pensem sobre o IPVA, é um imposto que não tem destinação e se você não pagar, seu carro será apreendido e, mesmo que guarde ele em casa, terá uma dívida ativa cumulativa ao longo dos anos.

    Essa mentalidade debilóide que atrasa o país. Como se uma fabricante não precisasse garantir a segurança do funcionário, não precisasse custear um funcionário que eventualmente se acidenta (e terá que ser substituído enquanto estiver em recuperação). Como se uma fábrica não tivesse paredes que precisam ser pintadas, máquinas que precisam de manutenção periódica e constante, cabos elétricos que desgastam pelo uso e precisam ser substituídos. Quem não pensa nisso deve viver à custa de alguém que pensa em tudo isso. É a única explicação. Pense no custo de manutenção de uma casa de família. Até mesmo uma torneira quebrada ou válvula de descarga, chuveiro queimado ou vidro quebrado precisam ser incluídos nas despesas de uma fábrica.

    Como se ela não precisasse:
    – investir em propaganda – o que envolve comprar espaço publicitário em jornais, tv, internet e revistas (ou acham que o Eber trocou a propaganda da Citroën no blog por um chaveiro?)
    – manter uma frota para a imprensa (ou acham que o Éber aluga os carros avaliados?)
    – realizar os eventos de lançamento
    – manter a produção de peças de reposição durante 10 anos, conforme a lei
    – organizar e instituir a capacitação constante dos mecânicos da rede de serviços autorizados
    – realizar manutenção da estrutura da fábrica
    – pagar conta de energia elétrica, água, telefone, internet (sim, fábricas não ganham isso de presente)
    – pagar fornecedores em dia
    – sobreviver a eventuais crises, que não avisam quando vão começar e nunca têm prazo para acabar
    – sustentar um refeitório para os funcionários
    – desenvolver novas tecnologias (ou acham que tudo foi criado por deus e os engenheiros descobrem como fazer nas horas vagas?)
    – pagar o desenvolvimento e produção de embalagens para as peças de reposição (durante pelo menos 10 anos após o fim da produção do veículo, conforme a lei)
    – pagar a logística – distribuição e fornecimento – das peças de reposição (também durante 10 anos após o fim da produção do veículo)
    – pagar férias e décimo-terceiro e rescisões de milhares de funcionários
    – bancar o controle das emissões de poluentes e dejetos
    – pagar todas as taxas e tributos obrigatórias para vistorias e liberações referentes a emissões de poluentes e dejetos
    – pagar taxa de coleta de lixo ou empresa terceirizada
    – pagar a segurança da fábrica, geralmente terceirizada
    – manter os salários compatíveis com os valores de mercado, inclusive para altos executivos
    – manter sites e o desenvolvimento e manutenção deles

    • Cleberson

      Leo, toda e qualquer empresa tem custos operacionais. Mas NENHUM custo operacional justifica a EXPLORAÇÃO nos preços.

      Não tem problema algum uma empresa ter lucro (afinal, vivemos no capitalismo, é assim que as empresas sobrevivem). O problema é que as montadoras/fábricas nacionais NADAM EM DINHEIRO, tanto algumas chegam a confessar que enquanto todas as sedes em outros países dão prejuízo e a sede brasileira é a que sustenta todas (e o brasileiro aaaabre um sorrisão achando que isso é uma boa coisa).

      Veja bem, meu amigo: nos EUA e na Europa, países bem desenvolvidos e com público exigente (que dá valor ao dinheiro), é normal que as fábricas, montadoras e concessionárias trabalhaem no prejuízo com certos veículos, ou até em todos durante um certo período de tempo. Lá, a competição é feroz, e elas entram de cabeça.

      Aqui, ao invés de você ver redução de preço, as marcas choram um pouquinho pro governo (que é um cuzão também), e este aumenta o imposto das marcas não estabelecidas no país, para que os preços das "nacionais" fiquem abaixo das importadas. Um efeito placebo que faz parecer que os nacionais são "mais baratos".

      E repito: aqui as marcas NADAM EM DINHEIRO. Têm grana pra sustentar a própria marca NO RESTO DO MUNDO, ou seja, tudo isso que você falou (que aqui no Brasil é caro pra caramba), as marcas pagam como se fosse troco, e ainda pagam essa lista de coisas em cada outro país que elas estão, usando o dinheiro que o braileiro deu pra elas. Você acha mesmo que elas são "coitadinhas" e que elas precisam de dinheiro porque não tem incentivo fiscal? O governo dá TUDO pra essas marcas, Leo, você como Jaloper devia saber disso!

      E digo mais: eu conheço vários donos de concessionárias (aqui na minha cidade, a VW, a Chevrolet e a Kia são do mesmo dono), e digo com absoluta certeza: eles nadam em dinheiro também, praticamente sem esforço. Essas margens de lucro divulgadas na matéria não são a única fonte de renda das concessionárias, porque elas ganham carros bonificados direto da fábrica.

      Na minha empresa, se a gente acha que tá pagando imposto demais no transporte do leite (do RS pro PR), a gente conversa com nosso advogado pra procurar no sistema tributário se não tem algo que possamos fazer para conseguir um ICMS menor (a gente paga 18%!). Agora, você já viu uma montadora pedir pro governo abaixar imposto sobre os carros? Claro que não! Eles usam o imposto como justificativa pra enfiar um preço na nossa goela (e o imposto não é nem 30% culpado).

  • LelioSoares

    A margem de lucro normal de qualquer comércio geralmente fica entre 10% e 15%, Não vejo nada de errado nas revendas de carro.
    Pela tabela apresentada nesta matéria e levando em conta todos os custos e tributos, acredito que fique no máximo em 6% de média.
    Carro usado está cada vez mais desvalorizado mesmo, as revendas tem que comprar barato mesmo.

  • TYRANOssauro

    Sinceramente, até achei que pagavam menos. O preço de Concessionária também é salgado e a margem de 11,99% de Lucro é justa. Quem lucram mesmo são as Montadoras e o Governo.

  • roberto

    Isto não é lucro, é margem de contribuição

  • o lucro do revendedor não é alto está na faixa o cara não pode trocar figurinha ,agora o do fabricante deve ser bem grande aqui no brasil sem duvida !

  • borysevil

    O maior de todos é o da Dilma, e outra quem vai abrir alguma coisa para não ganhar dinheiro. so se for muito burro mesmo, muitos comentarios que nao podemos nem comentar.

  • Ricardo

    Caros, pensar certo não é nenhuma façanha dos gênios. A questão é ter entendimento preciso das coisas para ai então fazer avaliações, julgamentos e decisões na mesma linha.

    Primeiro, quando falamos em Margem de Lucro ou Lucratividade estamos comparando do Lucro Liquido de uma operação pela Receita Líquida da Venda.

    Segundo, é importante de devemos fazer uma distinção entre Receita Bruta da Venda e Receita Líquida da Venda. Entre uma e outra, devem considerar os impostos indireto(PIS, COFINS, ICMS, IPI), e os descontos promocionais. Encontrada a RLV (Receita Líquida da Venda), devemos encontrar o CMV (Custo da Mercadoria Vendidas), que neste caso é quanto custou o veículo até chegar no paátio da concessionária… daí teremos que RLV – CMV = LB (Lucro Bruto).

    Quando falamos em Margem de Contribuição, estamos falando de um percentual que aplicado sobre o Lucro Bruto será suficiente para cobrir todas as Despesas Operacionais da Concessionária. Neste Grupo devemos colocar as despesas de ocupação, manutenção, utilização, salários, contribuições, benefícios…

    Do Lucro Bruto deduzidas as Despesas Operacionais teremos o Lucro Antes do Imposto de Renda ou LAIR. sobre o LAIR se aplica 9% para CSLL, 15% IRPJ e mais um adicional de IR de 10%. Este são os chamados Impostos Diretos. Após toda esta parafernália de procedimentos chegamos finalmente ao ao Lucro Líquido.

    Entendo que há algo de estranho ou algumas coisas não são bem claras no caso da industria automobilística. Tantos subsídios e incetivos concedidos pelos Governos Federal Estadual e Municipal… os ganhos de eficiência nas atividades produtivas… tanta tecnologias colocadas a disposição… acredito que tudo isto tenha contribuído para aumentar os Lucros das montadoras, mas, sabemos também que grande parte dos ganhos são transferidos para as matrizes fora do Brasil.

    Bom precisamos entender porque os preços dos automóveis é tão difrente quando comparado com o preço nos EUA…

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Send this to a friend