Comprando e Vendendo Matérias NA

Comprar carro em loja / concessionária ou de vendedor particular?

Comprar carro em loja / concessionária ou de vendedor particular?

A aquisição de um novo automóvel para estacionar na sua garagem é sempre um procedimento que exige atenção para efetuar um bom negócio. A situação fica ainda mais complexa quando o carro almejado é um usado ou seminovo. Afinal, é importante analisar a fundo todas as opções disponíveis para que você não seja passado para trás e, o que era para ser um sonho, pode acabar se tornando um pesadelo.


Até mesmo antes de sair a procura de um automóvel seminovo ou usado, o futuro proprietário já enfrenta um grande dilema: comprar o veículo de uma loja (as famosas “garagens”) ou concessionária ou de algum vendedor particular? Essa dúvida aparece principalmente para quem busca por carros em classificados online, onde pessoas e empresas podem anunciar seus modelos.

Do mesmo modo que tentar negociar com alguma concessionária pode ser um trabalho um tanto quanto delicado, sobretudo se formos considerar o mau humor frequente entre os vendedores destas empresas, fazer a aquisição de um carro de um particular também pode ser uma tarefa complicada.

Lidar com uma pessoa que, provavelmente, você nunca nem viu na vida pode apresentar diversos perigos. Sendo assim, qual é a melhor opção? Comprar carro de loja ou concessionária ou de um particular? Quais os cuidados eu devo tomar?


Vamos responder essas e outras dúvidas abaixo. Confira:

Comprar carro em loja / concessionária ou de vendedor particular?

Vantagens de comprar um carro em uma loja ou concessionária

Teoricamente, comprar um carro em uma loja ou concessionária pode se traduzir em um negócio mais vantajoso em diversos sentidos. Confira abaixo os 5 principais benefícios:

1) A negociação pode ser ainda melhor caso seja feita com alguma empresa de sua confiança e/ou tradicional em sua cidade, visto ao suporte normalmente dado por esses locais.

Além disso, uma empresa antiga costuma oferecer carros de procedência e que, provavelmente, não vá dar dor de cabeça ao proprietário. Afinal, ela tem uma reputação a zelar, evitando repassar automóveis com possibilidade de dar grandes problemas.

2) Outro ponto a respeito das negociações é que as concessionárias costumam ser um tanto quanto mais flexíveis no momento da discussão quanto ao preço final e um possível desconto frente ao valor anunciado. Por ter uma margem maior e uma ampla concorrência com as demais empresas do mesmo segmento, você tem a possibilidade de conseguir grandes descontos com uma loja ou concessionária.

Um vendedor particular, por outro lado, muitas vezes está repassando o carro para adquirir algum outro modelo. Sendo assim, eles costumam anunciar com um preço sem muita possibilidade de negociação.

3) Ainda a respeito de negociações, é válido ressaltar que as lojas e concessionárias têm sempre parcerias com bancos e demais instituições financeiras que dispõem de financiamento. Em muitos casos, há até mais de uma opção de financiamento.

Sendo assim, você evita a burocracia do contato diretamente com o banco para financiar o seu carro. Além disso, num mesmo lugar você pode conseguir diversas opções de taxas de juros e comparar qual é a melhor para você.

4) Essa é meio óbvia, mas vale a pena ser ressaltada: as lojas e concessionárias sempre oferecem mais de uma opção de carros usados e seminovos. Então, você não precisa ficar procurando por carros em diversos locais diferentes para encontrar uma boa opção. Fora isso, elas costumam ser mais flexíveis e liberais para test drive.

5) Por último, mas não menos importante, qualquer revendedor ou loja, pessoa jurídica, deve oferecer obrigatoriamente um período de garantia de 90 dias, conforme consta no Código de Defesa do Consumidor. E ao contrário do que muitos pensam e falam, essa garantia é válida não só para motor e câmbio como para todos os outros componentes do veículo (inclusive eletrônicos).

Comprar carro em loja / concessionária ou de vendedor particular?

Vantagens de comprar um carro de particular

1) Um dos principais benefícios ao comprar um carro seminovo ou usado no particular é a clareza durante a negociação. As concessionárias normalmente pegam os automóveis de seus antigos proprietários e colocam à venda sem ao menos saber parte do histórico do veículo.

Por outro lado, um vendedor particular pode demonstrar com maior clareza todos os pontos do carro, inclusive detalhes de manutenção e componentes trocados e/ou alterados.

Todavia, é importante sempre ficar com aquele pé atrás diante do vendedor. A situação melhora quando o dono do carro é alguém da sua família, um amigo, um colega de trabalho ou alguma outra pessoa com quem você já tem certa afinidade há algum tempo.

2) Embora as negociações com concessionários e lojas sejam melhores, os carros anunciados por vendedores particulares costumam ter preços mais baixos. Afinal, as empresas que comercializam veículos precisam embutir sua margem de lucro, algo inexistente entre os particulares.

3) Caso você esteja buscando por um carro que não é lá essas coisas no mercado (com baixo valor de revenda, por exemplo), é possível fazer boas negociações caso ele tenha sido anunciado por um particular.

Em muitas vezes, os carros desvalorizados pelo mercado ficam anunciados por durante meses pelos seus atuais donos. Então, chegar e oferecer uma proposta tentadora (com preço menor ao anunciado) pode ser uma boa ideia.

De qualquer maneira, tome cuidado ao comprar um carro de particular, somente encontre com a pessoa em locais públicos e com bastante movimento, e nunca, nunca, deposite qualquer valor na conta da pessoa antes de ir no cartório transferir o documento.

Comprar carro em loja / concessionária ou de vendedor particular?
Nota média 5 de 2 votos

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email