Hatches Hyundai Manutenção

Hyundai HB20 – defeitos e problemas

hyundai-hb20-premium-2017 Hyundai HB20 - defeitos e problemas

A exemplo do rival Chevrolet Onix, o Hyundai HB20 (que se posiciona atrás do concorrente como o segundo carro mais vendido no País) apresenta uma série de relatos de problemas feitos por seus proprietários na internet. A lista inclui reclamações a respeito da suspensão que seria “seca” demais até o sistema de ar-condicionado que em alguns casos estaria se mostrando extremamente ineficiente.



Separamos abaixo os principais defeitos e problemas do HB20, seguindo os relatos de proprietários feitos em grupos e fóruns exclusivos e também no Reclame Aqui. Confira:

Altura do carro baixa demais

Desde o desenvolvimento do HB20, a Hyundai sempre fez questão de destacar que o carro foi projetado pensando no nosso mercado (tanto é que a sigla do nome do modelo é uma abreviação de “Hyundai Brasil”). No entanto, para alguns pode parecer que a fabricante sul-coreana não levou em consideração alguns pontos importantes no projeto do hatch compacto.

Muitos proprietários reclamam, seja em fóruns exclusivos ou em relatos no Reclame Aqui, que o Hyundai HB20 teria uma altura em relação ao solo baixa demais. Ou seja, qualquer valeta um pouco mais profunda ou até mesmo uma lombada (o famoso quebra-mola) mais elevada é motivo para raspar o para-choque do compacto.



Tal problema ainda persistiria nas unidades atuais, segundo os relatos. Porém, para quem não deseja ter tanta dor de cabeça, a Hyundai oferece o pseudo-aventureiro HB20X, que tem suspensão elevada e é mais alto que o modelo convencional em 4,1 centímetros.

hyundai-hb20-premium-2017 Hyundai HB20 - defeitos e problemas

Ar-condicionado ineficiente

O ar-condicionado também é alvo de reclamações de parte dos proprietários do HB20. Muitos clientes da marca enfrentaram ou vêm enfrentando problemas com o sistema responsável por resfriar a cabine do veículo. Neste caso, o sistema de ar-condicionado do hatch compacto da Hyundai supostamente apresentaria ineficiência para refrigerar a cabine – em alguns casos, o ar-condicionado começava a gelar e, conforme o veículo andava, o mesmo parava de gelar, segundo relatado.

Diversos problemas teriam sido solucionados pelas concessionárias com a troca de componentes como o compressor e o condensador. Entretanto, alguns proprietários relataram que algumas oficinas teriam se recusado a promover a manutenção no sistema do ar-condicionado de alguns HB20, alegando ser um problema decorrente de mau uso.

Boia de combustível não funciona adequadamente

A boia tubular de combustível ou sensor de nível de combustível é instalada no interior do tanque e tem como missão medir o volume de combustível (seja etanol ou gasolina) no tanque do veículo e transmitir a informação para o painel de instrumentos. Caso ela esteja com problema, pode informar um nível de combustível acima ou abaixo do real. E é justamente isso que estaria acontecendo com algumas unidades do HB20.

O defeito na boia tubular de combustível seria um problema recorrente no modelo da Hyundai, pelo menos nos exemplares de proprietários que participam de grupos e fóruns do carro. Na maioria das vezes, sobretudo com o carro na reserva, a boia de combustível não teria sido capaz de medir o novo volume do líquido no tanque após passar no tanque de combustível – a medição exata costuma acontecer somente após algumas horas ou bons minutos.

Algumas concessionárias fizeram o reparo com a substituição do conjunto de boia e bomba de combustível na garantia. Já outras alegam que se trata de um problema externo, como o do próprio posto de combustível.

hyundai-hb20-premium-2017 Hyundai HB20 - defeitos e problemas

Faróis ineficientes

Os faróis do Hyundai HB20 também entram na lista de reclamações dos proprietários. Apesar de contar com um desenho mais moderno, que segue a tal da identidade visual “escultura fluída” da fabricante coreana, o conjunto de faróis do compacto seria um tanto quanto ineficiente à noite ou em situações com baixa luz.

De acordo com alguns relatos, os faróis do HB20 iluminam menos que o necessário e na maioria das vezes seria preciso ligar as luzes de neblina para dar conta do recado – vale lembrar que nem todas as versões do carro saem de fábrica com essas luzes. Os donos do modelo dizem que nem mesmo trocando as lâmpadas o problema é solucionado. Segundo eles, parece ser algum defeito de projeto do carro.

Mau funcionamento da bobina de ignição

Segundo relatos, alguns dos primeiros exemplares do Hyundai HB20 equipado com o motor 1.0 litro flex de três cilindros saíram de fabrica equipados com bobina de ignição defeituosas. Esse componente serve para gerar a alta tensão necessária à formação de centelha, que dará início à reação de queima de combustível no interior do propulsor.

Os donos dizem se tratar de um defeito crônico do HB20. Há relatos de proprietários que já promoveram a substituição de bobina de ignição queimadas mais de uma vez (inclusive no mesmo cilindro do motor). Na maior parte dos casos, as bobinas de ignição foram substituídas em garantia pela concessionária sem muitas complicações – o que mostra que a Hyundai tem ciência do problema.

hyundai-hb20-premium-2017 Hyundai HB20 - defeitos e problemas

Pintura frágil

Alguns dizem que a Hyundai parece ter economizado também na pintura do HB20. Segundo os relatos de proprietários, a pintura da carroceria do compacto é frágil e qualquer colisão pequena é motivo para provocar danos na cor do carro.

Em um dos relatos, após rodar de São Paulo até a Bahia, a pintura do capô do Hyundai HB20 vermelho ficou com diversos pontinhos brancos. O proprietário já havia realizado a mesma viagem há 12 anos e com três carros diferentes, sendo que nenhum deles havia apresentado tal problema.

Ruídos e vibrações no pedal de freio

Outro problema, que inclusive já foi motivo de matéria aqui no Notícias Automotivas, é o pedal de freio. Há relatos de modelos que apresentam ruídos e vibrações no pedal. O ruído costuma ser tão elevado que os passageiros ficam com receio de viajar a bordo do carro. Já a vibração é excessiva.

Porém, segundo a marca, trata-se de uma característica do sistema de freios ABS. Profissionais da área acreditam que este problema está presente no primeiro lote do ABS do carro.

hyundai-hb20-premium-2017 Hyundai HB20 - defeitos e problemas

Suspensão traseira com curso curto

Essa é, sem dúvidas, a reclamação predominante de muitos proprietários do Hyundai HB20, sobretudo os primeiros modelos antes da reestilização (até 2015) – quase metade das reclamações citam a suspensão do carro. O modelo conta com um sistema de suspensão independente tipo McPherson com mola helicoidal na dianteira e sistema com eixo de torção e mola helicoidal na traseira. Entretanto, esse aparato não seria suficiente, segundo os proprietários, sobretudo na parte traseira do carro.

De acordo com os proprietários e também notado por testes especializados, a suspensão conta com curso curto e molas e amortecedores mal calibrados. Esses detalhes fazem com que a suspensão atinja os batentes com facilidade. Além disso, o conjunto costuma saltar em pisos mais irregulares. Com pessoas posicionadas no banco traseiro ou com malas instaladas no compartimento de bagagens, a situação é ainda pior: a suspensão bate ainda mais e a traseira abaixa como se estivesse carregando um peso altíssimo dentro do veículo.

No entanto, pelo menos por enquanto, a Hyundai não realizou qualquer mudança nos exemplares anteriores – na época, ela alegava que não se tratava de um defeito, mas sim de uma característica de projeto. Por outro lado, a versão reestilizada do carro ganhou batente hidráulico nos amortecedores da suspensão dianteira para solucionar parte do problema.

COMPARTILHAR:
  • Mr. Pereba

    Tive um por 2 anos e meio e dos problemas citados eu sofri apenas com a suspensão traseira seca e faróis ineficientes. Além disso, a bomba de água estourou no meio da estrada e por pouco o motor não sobreaqueceu. A concessionária informou que seria um defeito de fabricação da peça, mas que não era comum a outros veículos. Apesar disso, fiquei muito satisfeito com o carro e ainda considero uma ótima escolha dentro de sua categoria.

    • RTEC30

      Se fosse produzido e vendido na Coréia, a conversa mudaria um pouco.

  • thi

    carro fragil

    • Pedrob

      Muito melhor o UP!

  • Jefferson Ferreira

    Dos hb20 que tive contato tanto os 1.0 como os 1.6 o maior problema é o farol, de fato não ilumina adequadamente! E a pintura realmente não é das melhores os outros defeitos relatados não tive o inconveniente de ter!

    • mjprio

      Percebi a mesma coisa!

  • Mauro Moraes

    Excelente matéria. Agora vamos lá, continuem. Façam comentários negativos a cerca do Ford Ka, VW Gol e Polo, e Fiat Argo. Estamos curiosos.

    • Raul Pereira

      Esses dois últimos ainda tem que esperar terem um tempinho de mercado, não?

      • MauroRF

        O Polo já anda tendo algumas reclamações. Veja no Reclame Aqui. Argo, idem. Os outros modelos então, como já estão há mais tempo no mercado, dá-lhe reclamações. Não sei se é sorte ou não, mas vendi um Ka com 13 mil km sem nada, nem ruído interno.

        • Geraldo Xavier

          13 mil km o carro não andou nada. Estranho seria apresentar defeito com essa km

        • Raul Pereira

          Então, mas mesmo assim, é bom esperar um tempo no mercado para ver direitnho se outros problemas de uso a longo prazo não surgem

    • Jim

      Se teu comentário for ironico eu compartilho da mesma opinião. Achei a matéria um tanto tendenciosa com uma longa lista de defeitos e problemas.

      • JOSE DO EGITO

        Quero ler quando for o ETIOS lista de problemas relatatos: 1 o carro é feio,,2 o carro é feio 3 o carro é feio 4…..5…..6…….

        • T1000

          O etios tem problema crônico no cabo da embreagem que se rompe com pouca km

        • Rafael Prado

          Vai nas oficinas que vai se surpreender, esse povo compra carro feio e com defeitos crônicos, vai valer é menos que JAC. Donos de Toyota escondem tudo.

          • JOSE DO EGITO

            Eu passo quase que diarimente em frente de 2 oficinas grandes e te digo com toda certeza :RARAMENTE mas MUITO RARAMENTE eu vejo um TOYOTA, uma dessas oficinas é de um amigo meu,certa vez perguntei pra ele sobre a robustez mecanica dos TOYOTAS ,ele me disse uma frase que resume tudo:se ele depender da TOYOTA pra sobreviver ja tinha morrido de fome.

            • Mambo Ted

              Os carros da Toyota são robustos . Apenas isso . Acabamento e arremates de carros de categoria inferior , motores antiquados e preços superiores aos dos concorrentes. Sw4 é a tomboyota clássica . Fetios vende pq o brasileiro confunde robustez com qualidade … são carros bons porém com um superfaturamento acima da média roubo Brasil.

            • Guilherme Batista

              Tem o fato do melhor atendimento nas css também, que conseguem fidelizar mais os clientes da marca

          • Ernesto

            Fale mais sobre a sua experiência com o Etios.

      • Thales Sobral

        Tendenciosa?

      • Kang Otro ✓

        Ninguém aqui tem carro de estimação, meu amigo. Ele apresentou apenas os problemas que ocorrem corriqueiramente com alguns donos do carro. Eu já tive um HB20 e me deparei com alguns dos problemas citados à cima e nem por isso fiquei “chateado” por ele ter falado a verdade. Vamos aguardar ele fazer outros posts sobre outros carros. Abraço!

        • MauroRF

          Todos têm problemas, até as japas. Tive um City que tinha um barulho que vinha do painel que não resolviam nunca. Mas a concessionária pelo menos se esforçava, resolvia temporariamente o barulho, e depois voltava.

          • Henrique Bittancourt Gouveia

            Tive um Fit que fazia um barulho horrível no pedal da embreagem. Uma lubrificação ajudava e resolvia o problema mas era só pegar a primeira chuva que o barulho voltava sempre.

            • leomix leo

              Civic mt Tb tem esse famoso barulho do pedal da embreagem.

              • Henrique Bittancourt Gouveia

                Eu lubrificava de tempos em tempos mas o barulho sempre voltava!

    • Apesar dos dois últimos serem muito novos para começarem a aparecer problemas, apesar do Argo já ter problemas no funcionamento do start stop. Seria bem vindo uma matéria dessas com outros da mesma categoria, adicionando ai na lista o Sandero por exemplo e alguns um degrau acima como C3, 208 e Fiesta

    • ObservadorCWB

      Verdade. “Pinçar” um carro dentre as dezenas que nosso mercado possui e somente salientar os aspectos negativos é SUPER estranho no jornalismo. Que venha uma série. Achei o assunto interessante, embora neste caso do HB20 não tenho condição NENHUMA de opinar.

      • Ninguém pinçou nada, começamos com o Onix, e agora o HB20, em ordem de vendas em 2017. E falar dos aspectos negativos de um carro não é “super estranho”, é sinal de que não temos rabo preso com nenhuma marca e que falamos o que é de interesse dos nossos leitores, não de interesse dos nossos anunciantes.

        • ObservadorCWB

          Então será uma série ? Legal !! É que nem na do ônix (que agora foi alterado) e nem aqui , li que seria um tipo constante de matéria. Se a escolha for pelos TOP de vendas é uma sequência lógica e desejável pelo consumidor. Só faltou sermos avisados….

          • Sim, será uma série! O aviso aos leitores foi dado sim, na nossa primeira matéria, sobre o Onix. Essas matérias só falam dos pontos negativos pois esse é objetivo delas, destacar os defeitos e problemas de um carro quando a pessoa pesquisa sobre defeitos dele no Google, prestando um serviço a aquela pessoa. Abraço.

            • MauroRF

              Na verdade, todo modelo tem seu ou seus calcanhares de Aquiles. Vai de analisar se é algo crônico ou não e se isso influencia ou não. Óbvio que nenhum carro não deveria apresentar nada, mas sabemos que não é assim.

            • Russel Riehle

              Fica a dica, NA:

              No título da matéria já cabe ressaltar que é uma série. Algo do tipo:

              [Série: Principais defeitos dos best-sellers] – GM Onix
              [Série: Principais defeitos dos best-sellers] – Hyundai HB20

              E assim por diante.

              Fica mais claro!

              Porque os desavisados (que são muitos) podem interpretar que o HB20 vem sendo amplamente assolado com tais defeitos.

              • ObservadorCWB

                BEM ISSO. Pois ou o cara tem tempo de sobra para ler TUDO o que aparece. Ou, como eu, vim ver por curiosidade os defeitos do HB20, e acabei ERRANDO no julgamento da matéria. A bem da verdade, nem ônix nem HB20 me despertam muita atenção. Mas a sacada é boa como reportagem.

            • ObservadorCWB

              OK. Falha minha de não ter lido a matéria do ônix. Ela será refeita agora que o carro foi “arrumado” kkk pela GM ? Na eterna busca pelas “estrelas” dos Institutos ?

        • Fabão Rocky

          Assino embaixo!

        • Geraldo Xavier

          Desde a primeira matéria do onix eu entendi que seria com vários carros e por ordem de vendas. Acho melhor passar a desenhar pra ver se esse povo daqui consegue entender

          • T1000

            Muita gente desprovida de inteligência pqp

            • ObservadorCWB

              Ou que NUNCA olhou nada sobre ônix..kkkk simples assim.

          • ObservadorCWB

            TEm gente que NUNCA se interessou por matéria de ônix…kkkk

            • Geraldo Xavier

              A maioria se interessa. Inclusive a maioria compra onix. Quem gosta de automóveis lê matéria até de jac motors. Quem ama uma marca é odeia as outras só porque são concorrentes é mentecapto

              • ObservadorCWB

                Parabéns, até Positivei seu comentário……. feliz agora ??? Amar marcas ? Amar “coisas” ? hahahahaha triste fim !!!! Cada um que me aparece. Nas estrelinhas já deu para entender tudo.

                • Geraldo Xavier

                  Caramba. Não vou nem dormir essa noite de felicidade.

        • Ducar Carros

          O próximo será o Ka então.

      • JOSE DO EGITO

        ….Somente salientar os aspectos negativos….. Vc deve ter faltado na aula de INTERPRETAÇAO DE TEXTO !

        • ObservadorCWB

          E quais aspectos positivos foram ressaltados na matéria ?

          • JOSE DO EGITO

            Nenhum pois se vc der uma breve lida no texto vc vai perceber que se trata de DEFEITOS E RECLAMAÇOES sobre o carro.

    • Davi Millan

      Polo e Argo é bom esperar um ano. Mas já no caso do Polo eu sei que estão tendo problemas de solda na tampa traseira do carro. Procurem ‘barulhos novo polo’ no YT e vejam.

      • MauroRF

        Sim, já vi isso. Um amigo quer comprar um Polo e está com o pé atrás. Falei para ele esperar pelo menos 1 ano.

        • Davi Millan

          Sim! Diga pra ele seguir isso mesmo, porque hoje os carros são lançados sem estarem 100% finalizados.

  • Mario

    Desculpem, mas “altura baixa demais’, ‘suspensão traseira seca’ e ‘pintura frágil’, não são ‘defeitos’ e sim, características do carro. A pintura não foi feita para receber batidas e raspões!! A altura suspensões são essas, não tem como consertar! Enfim, os outros ítens , se ocorrem, são defeitos.

    • cefaf

      São características negativas, as quais certamente se passam por defeitos, e podem ser resolvidas no projeto do carro (altura baixa, suspensão traseira seca) ou na finalização da montagem (pintura frágil).

      • Danilo Mustafa

        se fosse assim bmw não venderia carro no Brasil! brasileiro é foda acha defeito uma suspensão baixa no hb20 mas quando sobe na vida vai la e compra uma 320 pra mostra pro vizinho que é bem mais baixa ahhhh mas ai não reclama nada né?

        • cefaf

          Eu nunca compraria um BMW Série 3 ou um Série 1. Pagar uma grana preta pra ficar tendo que tomar cuidado por onde anda não rola… E olha que são atualmente fabricados no Brasil…

          • Mambo Ted

            Não recomendo a compra . Tive uma 320 2015 . Não é um carro ruim , porém é baixa demais , desconfortável ao extremo para o rochedo que dirigimos e o acabamento é tosco . Muito abaixo de audi e mb .

      • th!nk.t4nk

        Curiosidade: pintura frágil é sinal de economia de projeto sim. Aqui na Alemanha damos pancadas (sem querer) a rodo e a pintura não descasca. Se a pancada for forte demais, vai provocar uma pequena mossa, mas a pintura não trinca (nem chega a arranhar, muitas vezes). É normal a lataria receber pequenas batidas com o tempo. O que nao é normal é economizarem tanto, que qualquer pancadinha já faz lascar uma pintura casca-de-ovo.

    • Raul Pereira

      São negativas, sim. Aqui as montadoras, se pudessem, venderiam os carros sem pintar (há alguns anos atrás, nem os parachoques pintavam, lembra?). Pagamos preço de ouro pelos carros, que venham pintados decentemente para aguentar o ambiente exterior. Até porque ninguém vai andar com o carro dentro de túnel de vento.

      • A pouco tempo atrás os primeiros Etios não tinham pintura sob as caixas de roda e nem no cofre do motor.

        • Retrato do Papai

          então quer dizer que agora a toyota pinta essas partes do etios? =OOOOOOO

          só falta dizer que colocam a outra cordinha que faltava no tampão da mala…

          • kkkkk. Rapaz, pior que não tenho certeza se pintam… mas me parece que mudaram isso, se não me engano.

        • Raul Pereira

          Os primeiros lotes dele eram muito espartanos, acabamento porco que só vendo, com rebarbas, bancos com tecido de baixa qualidade. Depois do povo reclamar, melhoraram a qualidade

    • PAULO PAIVA

      Considero “altura baixa demais” defeito sim! Já tive 307 e sofria d+ com isso …
      Considero “suspensão traseira seca! defeito sim! Item 307, gol etc …
      “Pintura frágil” é defeito sim! Ficaria puto de ver que meu veículo perde a tinta a cada pedregulho que bate na lataria!

    • Ernesto

      Vamos aguardar a matéria de um carro da VW para ver como serão os seus comentários.

  • No_Name

    Alugo com alguma frequência os HB20 hatch e sedã e nunca achei o AC ineficiente, não é um “freezer” mas também não é ruim.
    Os faróis realmente não são dos melhores.
    Agora, suspensão seca só pode ser brincadeira alguém dizer isso. Ela é muito macia e transpõe pisos irregulares/ruins com suavidade e ruídos mínimos. Só tem o problema da traseira que realmente parece dar um pequeno pulo quando passa por algum buraco, algo que pode ser perigoso e deveria ser corrigido como medida de segurança.
    Fora esses problemas pontuais, acho o HB20 o melhor carrinho dessa categoria de Onix, Ka, Etios, Gol etc.

    • Geraldo Xavier

      O ar condicionado realmente é bom. O problema é que em alguns o compressor deu defeito. Por isso do ar ineficiente.

    • T1000

      O problema é o consumidor brasileiro acostumado a conduzir carroças, quando pega um carro um pouco melhor, quer dirigir como se fosse uma carroça, mas não é bem assim

  • Higo Belchior

    Possuo um Hb20 1.6 modelo 13/14 com 34k rodados.

    Posso afirmar que o carro realmente é baixo. Sofro um pouco quando passo por alguma lombada alta.
    A suspensão é muito “mole”.
    Considero os faróis e AC eficientes.
    Concordo na fragilidade da pintura.

    Sobre as outras situações faladas na matéria, nunca percebi nada de anormal.

    • Diego G. de Lima

      Reza a lenda que essa suspensão foi arrumada nos modelos 2016 pra cá.

      • Higo Belchior

        Li em algum lugar que a Hyundai “deu um jeito” na suspensão.
        Acho que foram nos modelos a partir de 2016.

        • Amauri Gomes

          Exatamente! No meu modelo 2017 já não há este problema (resolvido pós-face-lift).

    • TSI

      Apesar disso é um ótimo popular! Porém seu concorrente, UP TSi tem melhor custo-benefício!
      Mas vai do gosto, né?

  • Renan

    Minha mãe tem um sedan automatico 2016 que uso as vezes quando passo uns dias na casa dela, ela me falou que tá doida pra trocar de carro , sempre falou que é muito inferior ao versa mexicano que ela tinha antes.
    Dos problemas que passaram comigo quando uso ele , e olha que não usei muito , os piores foram o do ar condicionado , realmente muito inferior ao do meu 208 , o ar condicionado não gela direito e quando o carro para no trânsito parece que deixa de funcionar , os faróis também são péssimos , parecem que usam velas no lugar das lâmpadas e pra piorar o HB20S dela não tem farol de milha , o que deixa a situação pior ainda.
    O único que salva é o motor 1.6 e o câmbio automático de 6 marchas.

    • Kang Otro ✓

      Pede pra ela voltar para o Versa CVT. Outra categoria de carro pelo mesmo preço.

    • TSI

      Versa é um nível acima do HB20s.
      HB20 é veículo popular!!

  • Fabão Rocky

    Alguém sabe dizer qtas estrelas levou o HB20 no crash-test?

    • O HB20 só foi testado sob o critério antigo, que não havia o teste lateral e neste, foram 4 estrelas, ainda assim após a adição do indicador do cinto do motorista, se não iria ser 3 estrelas (o Palio subiu nota por isso também). Porém, hoje ele receberia no máximo três dada a ausência de ESP na maior parte das versões. Lembrando que neste mesmo teste, sob critérios antigos, o Onix tinha 3 estrelas, o Ka tinha 4 estrelas e por ai vai.

      • Fabão Rocky

        O Onix recebeu reforços estruturais e agora recebeu 3 estrelas nesse novo teste. Sabe lá se realmente todos os Onix/Prisma realmente receberam esses reforços ou a GM fez isso p/ burlar o teste.

        • Geraldo Xavier

          O reforço será em toda a linha para os carros fabricados a partir agora de janeiro. Não tem como reforçar todos os outros que já foram vendidos

        • As imagens do teste mostram que tá no limite de evolução do mesmo (veja as portas por exemplo), mas o problema maior é: a versão “segura” do Onix ainda não está a venda, pelo menos não no site da GM, não cita o ISOFIX e afins, além disso, muito provavelmente só se aplica a versão LT e LTZ e não a Joy

          • Fabão Rocky

            Obrigado pela resposta meu amigo. Por isso q gosto de participar deste blog. P/ nós q somos aficcionados, nos mantemos sempre bem informados em relação ao mundo automotivo. Enfim isto é Brasil, um país de tolos.

            • Isso mesmo! Também gosto de compartilhar informações e estamos ai para aprender e acompanhar o mundo automotivo. Mas, lamentável a situação dos compactos como o HB20 e Onix que não tem ESP nem como opcional, até entendo que são para custar menos caro (pois barato não é), mas, cortar esses itens é complicado, mas o consumidor não demanda… esperemos que logo mais com as atualizações do mesmo, esses itens sejam incorporados.

          • Ernesto

            Se não me engano, um leitor comentou na matéria sobre as 3 estrelas do Onix que sim, já está à venda esse Onix com Isofix, porém pelo que ele percebeu, só tinha versão 1.0 com este equipamento. As versões 1.4 ainda eram sem.

            • Eu entrei agora pouco para procurar no site da Chevrolet essa questão e, ao menos lá, não há nada a respeito (o que dado a legislação, marketing e etc, deveriam estar), porém meio bizarra essa atitude deles de deixarem com ISOFIX somente a versão LT, talvez seja pelo fato de ser a mais vendida após o Joy, porém é estranho não anunciarem isso.

              • Ernesto

                Ricardo, creio que o estoque de 1.0 da versão antiga, sem ISOFIX, tenha acabado antes, por isso que já tinha com (Isofix) à venda. Provavelmente, assim que as 1.4 sem ISOFIX forem quase todas vendidas, a fábrica irá distribuir as com (Isofix) para os concessionários.

                • É bem provável, possivelmente em breve todos esses Onix serão da versão reforçada, uma pena que, não tenha sido lançado desse modo, já com o reforço.

      • HB20 não possui ESP em nenhuma versão =P

        • Ou seja, já temos ai a resposta: no máximo de três estrelas.

  • Razzo

    “Desde o desenvolvimento do HB20, a Hyundai sempre fez questão de destacar que o carro foi projetado pensando no nosso mercado (tanto é que a sigla do nome do modelo é uma abreviação de “Hyundai Brasil”)”

    Projetado para nosso mercado, baixa qualidade. Muitos problemas para uma marca que almeja ser reconhecida como confiável como as japonesas:

    https://www.auto123.com/en/news/most-reliable-brands-vehicles-2017-consumer-reports/64072/
    http://www.independent.co.uk/life-style/motoring/most-reliable-cars-2017-a8029056.html

    • th!nk.t4nk

      Tanto é que em outros países ela vende o i20, um compacto minimamente decente e que compete com Polo, 208, Fiesta, etc. Já o HB20 foi feito especialmente pro Brasil, pra bater de frente com o Gol na época. É isso que deve ser esperado desse carro, um concorrente do Gol. Nunca entendi por que o povo o vê como algo posicionado mais acima (talvez pelo design na época, causou essa impressao).

      • TSI

        Concordo.
        Sempre falo que o que falta para a HYUNDAI é um veículo para bater de frente com new fiesta, 208, POLO, C3. E esse carro é o i20.
        HB20 foi feito para concorrer com Gol, Palio, Sandero… atualmente kwid, mob!! É apenas um popular!!

  • Diego G. de Lima

    Essa série de reportagens do Na tá top. Tão de parabéns!

  • Gabriela leal

    Comprei um novinho, já no segundo dia constatei um barulho vindo lado do motorista, como se tivesse entrando ar pela porta…..levei o carro umas 4vzs na concessionária e por fim, falaram q era um problema dele mesmo…..q outros carros apresentaram o mesmo barulho e q nada poderiam fazer para solucionar!

    • Kang Otro ✓

      Que triste saber que você compra um carro 0 e já vem com “problema” como opcional.

  • Eduardo J. Pardinho

    Rodei 11.000 km num HB20 alugado da Movidas em abril e maio de 2017 em aplicativo Uber aqui em Belo Horizonte, terra de morros e serras. Sou caminhoneiro há 10 anos e com CNH há 21 . O único ponto positivo do HB20 1.0 é a beleza exterior de seu design exclusivo, imbatível. Também outro ponto positivo é seu valor de revenda por causa de gente que só sabe guiar o carro e mais nada. Porque constatei que é um carro beberrão (6.5 km/l no álcool. 10 km/L na gasolina isto com o ar condicionado ligado). Frouxo em qualquer subidinha. Apertado qual uma lata de sardinha (sofri com dor nos joelhos de tanto ficar espremido no painel para que coubessem passageiros atrás de meu banco). Freio com vibração excessiva. Visibilidade traseira horrível. Seguro mais caro da praça é mais por ser usado em aplicativo pois é um dos mais roubados no Brasil. Devolvi o carro e avaliei outras marcas como Ford (Ka), Onix (frouxo e beberrão ), Etios ( só não comprei por ser um carro horrível de feio), Gol ( caro e pelado) e acabei pegando um novo Sandero Vibe 1.0 2017 3 cilindros que faz 11.5 km/L na gasolina e 8.3 km/L (claro que com o ar ligado na alta), espaçoso, potente (um pouco frouxo mas retomadas, comum em carros 1.0), regulagem do banco realmente funciona ( no HB20 só levanta as pernas e vc continua na mesma altura com as costas muito curvadas e as pernas lá no alto). O Sandero desvaloriza bastante, estou ciente, mas o que ele me oferece em economia, espaço e conforto compensa o que vou perder na revenda.

    • Só discordo do “Sandero desvaloriza bastante”. É um carro que está entre os líderes de mercado a um bom tempo e que tem grande procura entre os usados. Não tem como desvalorizar mais que a média.

      • Retrato do Papai

        de fato o sandero desvaloriza bastante… em julho de 2016 estava para trocar de carro, e entre eles estavam o sandero e meu atual fox… como o único ponto positivo do sandero era espaço (que não é muito importante para mim), acabei pegando o fox… nesse período de um ano e meio, o sandero desvalorizou nada menos que R$3.500, enquanto o meu fox desvalorizou míseros R$900… em termos percentuais, foram 10,5% contra 2,6%, uma diferença abismal… de quebra ainda ganhei um acabamento muito superior e melhor desempenho (aquele 1.6 8v renault é uma vergonha)

        • O acabamento do Sandero/Logan realmente deixa a desejar, estando abaixo da média da categoria, a despeito de ter evoluído muito quando da remodelação.
          Quanto ao motor 1.6 8v… fraco sim, como os outros 8v do mercado. O Fox melhorou muito com a adoção do 16v. Mas convenhamos que para adquirir o modelo zero km, a VW cobra bem por ele. Pelo preço de um Fox Connect completo hoje dá praticamente pra levar um Sandero RS de 150 cv, freios a disco nas 4 rodas (dentre vários outros mimos) pra casa.
          Quanto à desvalorização, é o que eu disse: o Sandero está na frente do Fox na tabela de vendas de carros novos a um bom tempo. Preço de revenda de um carro está intimamente ligado à oferta e procura, a qual apenas em raras exceções deixa de refletir o mercado de novos. Talvez a situação narrada por você seja bem específica, com um potencial comprador estando disposto a pagar um valor acima da média no seu carro por conta de boa manutenção. Adianto que desvalorização de 2,6% em um ano não é algo nem perto de ser comum em nosso mercado, isso considerando-se qualquer modelo ou marca. A casa dos 9 a 10% narrada para o Sandero é mais próxima da realidade. Carros com desvalorização acima da média é que ficam em patamares de 15% ou mais.
          Adianto que nunca nem tive um carro da Renault na vida. Estou discorrendo em cima de critérios puramente técnicos.

          • Ernesto

            Ubaldir Jr., aqui em São Paulo as concessionárias sempre trabalharam com ótimos descontos para o Fox. Em Out/2015 peguei um, Rock in Rio, e paguei R$44.000,00 nele, sendo que de tabela ele custava R$51.000,00. E vale ressaltar que São Paulo é o maior mercado falando de Brasil.
            Sobre o Sandero, não sei dizer se ele perde ou não valor, mas uma coisa que talvez afete ele é que uma boa parte das vendas são para PJ. Veja, por exemplo, a quantidade de Sandero que há nas locadoras. Acho que isso pode afetar o valor no mercado de seminovos.

            • Muito, mesmo. Locadora adora Sandero ou Duster.

    • Geraldo Xavier

      Potente e um pouco frouxo?

      • th!nk.t4nk

        Rende bem em alta, mas é fraco em baixas rpm / retomadas. Entendi assim.

  • Ricardo

    O endeusado HB20 cheio de problemas. Hehe

    • Thales Sobral

      Rapaz acho que todos os carros vão ter problemas viu. Até hoje não tive nenhum carro que passou sem ter nada o que falar. E não deixaram de ser bons carros por causa disso.

    • cepereira2006

      Todo carro projetado por humanos terá problemas. O importante é a montadora consertar estes problemas e não ficar se esquivando, dizendo ser “uma característica do carro”.

    • Duh

      O problema do Hb20 é que desde sua estreia a Hyundai não mexeu nele, fez aquele facelift safado, só colocou o at6 e nada mais, nem para por dir. elétrica prestou.

      • Ricardo

        O que vc queria de um carro feito para homenagear o Brasil!

      • Diego Felipe

        A direção do hb20 é ótima, nem sinto falta de elétrica. Inclusive dirigi um onix esses dias, e achei a direção anestesiada demais, sem vida, sem graça.

  • Diego G. de Lima

    Outra coisa que queria saber é se a tão falada “garantia de 5 anos” garante alguma coisa mesmo ou é cheia de letra miúda e serve só pra prender o dono na revisão ?

    • TFSI

      Digo na prática, 5 anos é apenas motor, câmbio e carroceria. No manual tem especificando os itens que tem garantia menor que 5 anos. Minha noiva precisou trocar o rádio com bluetooth dela e ele só tem 2 anos de garantia. Uma lástima. Besta quem pensa que é 5 anos total.

      • Mambo Ted

        Tive um azera 2009 , comprado 0km . Com 2 anos de uso a disqueteira começou a não devolver os cds … fui a ccs . Retiram o som , fizeram análise e me falaram que iriam substituir. Colocaram o mesmo som no carro só não funcionava a disqueteira o resto normal . Uns 5 meses depois me ligaram e substituíram por um idêntico novo .
        Para mim funcionou .

        • TFSI

          No seu caso, carro de categoria superior, muito mais caro que um HB20, o tratamento pode ser melhor.

      • Leonardo Balieiro

        Foda hein. Nos 3 anos de garantia da Ford trocaram tudo que precisei, até uma lanterna que eu mesmo estraguei sem querer.

    • Júlio Câmara

      Ja tive um amortecedor estourado com mais de 2 anos de comprado. A garantia cobriu sem nenhum problema.

  • Nilton Soares

    Tenho um HB20 1.6 a quase 6 anos, excelente carro, apenas o computador de bordo ficou meio estranho, mas na revisão de três anos trocaram sem custo.

    Com certeza vou comprar outro e recomendo.

  • F30FLORIPA

    A quase 1 ano comprei um HB20 Turbo e infelizmente não fiz test-drive antes de fechar a compra.
    Esperava que o comportamento do motor 1.0 Turbo fosse similar ao do UP TSi que eu já conhecia.
    Para minha infelicidade, achei o motor muito barulhento e o torque máximo não parece estar disponível desde 1.500 rpm como informa o fabricante.
    Na verdade abaixo de 2.000 rpm o carro é extremamente “manco” e a turbina parece que só começar a “empurrar” à partir de 2.500 rpm.
    Também notei que após a troca de marcha, o carro não responde logo que eu acelero. É algo que talvez eu não consiga explicar por escrito, mas é tipo assim: Eu passo a marcha, solto a embreagem e acelero, só que o carro demora um segundo a mais para responder.

    • A falta da injeção direta é inexplicável nesse carro. Ficou sem sentido dentro do lineup da Hyundai. Não tem razão de existir, simples assim.

      • F30FLORIPA

        Eu até entendo a falta da injeção direta nesse carro pois o público que compra carro desse valor geralmente sequer abastece com aditivada e veículos com injeção direta sofrem muito com nosso combustível, aí ficaria difícil a Hyundai bancar a garantia por 5 anos.
        É só pesquisar e ver que é frequente UP TSi apresentar problemas de bicos travados.

        • Mas sem injeção direta o torque em baixa não vem. Aí o apelo do carro que seria o desempenho com economia simplesmente não existe. Aí, como eu disse, fica sem razão de existir essa versão. Melhor ir no 1.6, mesmo. As vendas do modelo com esse motor estão aí para provar que foi uma “bola fora”.

          • F30FLORIPA

            O pior é que a Hyundai divulga que o torque máximo está disponível à partir de 1.500 rpm, mas isso não é verdade.

    • Geraldo Xavier

      O turbo do hb20 era pra economia de combustível. O motor pra ser eficiente teria que ter a injeção direta que não foi o caso. Devido a falta de potencia em relação ao 1.6 o mesmo foi fiasco e saiu logo de linha

      • F30FLORIPA

        HB20 Turbo não saiu de linha.

        • Geraldo Xavier

          Realmente. Por enquanto foi cogitado porém ainda tem a venda. Mas ninguém compra

    • Amauri Gomes

      Rapaz, eu possuo um a 10 meses agora (Confort Style branco, já que não consegui o Azul devido ao bônus da CAOA na época, o branco estava em estoque). E no meu caso, estou extremamente satisfeito. Na primeira revisão (está agora com 15 mil km rodados), a úncia ressalva foi com a tampa do porta-luvas que em pisos irregulares (ou seja, a maioria no nosso “belo” asfalto) fazia um barulho fora do comum, porém resolvido de forma eficaz. Acho o carro bem silencioso, possui a pequena vibração do motor de 3 cilindros, muito pouca ao meu ver e o “turbo-lag” a que vc se refere (esse buraco na aceleração), normal em carros turbo (o Up! TSI talvez tenha menos pela injeção direta, não o dirigi); realmente ele enche a turbina de fato aos 2mil RPM, mas a prtir de 1.550 rpm (informado pela Hyundai), já se percebe a turbina enchendo perto da capacidade total, e embala muito bem. A média com gasolina (acho que sou um dos poucos a utilizar sempre aditivada (somente Shell V-Power ou BR Grid) na cidade é facilmente alcançada em 12,5 (alternando com AR ligado e desligado.

      Na estrada (trecho da Rodovia Anchieta sentido capital, moro em SBC no ABC e vou quase todo fim de semana a passeio para São Paulo), facilmente atinge acima de 17,5 andando até 110KM/h (max permitida, média de 100). Não me recordo na totalidade no etanol, usei muito pouco mas na cidade a média com ele é de 10,5. Me recomendaram em 1 css visitada o 1.6, mas o torque em baixa do turbo me fez querer levá-lo, além do consumo menor. Considero um carro bem superior ao último (Palio Attractive 1.4 de ultima geração, era ano 2012, só de dirigir percebe-se o nível de construção, desempenho muito superior ao Palio, e consumo igual ou melhor). Destes problemas na matéria, até agora não tive nenhum (suspensão baixa demais, não considero “problema”, e sim característica. Pós-venda, saindo da Fiat aonde tive o absurdo de ouvir do mecânico que o carro chegou sem óleo (depois de rodar 7km até a css pra revisão), achei ótimo. Cumprimento correto com a tabela (valor e serviço, além d detalhamento do serviço om acompanhamento). Somente a espera que excedeu em 30min. Com injeção direta, realmente seria melhor ainda, mas o considero uma ótima compra, e o brasileiro em geral ainda tem um medo inexplicável de carros turbo, o que não justifica em nada. Talvez pro confia na nossa terrível gasolina comum, e depois queer colocar a culpa no carro (não estou dizendo que seja seu caso, mas sim uma boa parte ou a maioria que nem sabe da existência de páginas automotivas).

    • TSI

      Fico triste por você ter caído nessa cilada!!

      Pode ver que ninguém compra o HB20 turbo. Ou é 1.0 ou 1.6.
      Outra coisa, a HYUNDAI deixou claro que o concorrente natural do HB20 turbo é o ONIX 1.4. Só que ninguém prestou atenção nisso.

      O UP TSi que é concorrente do HB20 1.6!

  • Cesar Penna

    Caramba, quanto que a Hyundai teria que pagar para não sair uma reportagem dessas? Agora vamos lá, ameacem as marcas uma a uma.

    Dá pra ganhar mais dinheiro que com propaganda nos tempos atuais, em que todo mundo usa bloqueios de anúncio.

    • Pelo sucesso que a série fez, acredito que vá longe. Vida longa a ela! kkkkkk

      • Já tivemos contatos de montadora reclamando pra nós da matéria, falando que uma publicação assim “dá até processo”… pois bem, se der, publicaremos aqui que a montadora X está nos processando por falarmos dos problemas que o carro dela estariam apresentando, segundo os proprietários.

        • Acho que se a questão do processo fosse como a montadora falou os donos do site reclame aqui já teriam sidos condenados a pena de morte kkkkk. E olhe que o reclame aqui tem muitas reclamações sem sentido.

        • Parabéns à iniciativa e postura.

        • Geraldo Xavier

          Gm ou Hyundai?

        • Jefferson Ferreira

          Parabéns pela iniciativa, acredito que o direito a informação é de todos e cada um usa como achar melhor. Como tive contato com o HB20 por um tempo posso afirmar que muitos dos tópicos descrito na reportagem é verdade! Ficará muito mais feio para qualquer montadora querer CENSURAR o direito a informação!

        • Luis Fernando Pozas

          Parabéns pelas reportagens e pela coragem. Agora o próximo na lista dos mais vendidos é o Polo. Vão fazer a reportagem ou ainda é muito cedo para avaliar este modelo?

          • Estamos usando os mais vendidos do ano de 2017, e nela o Polo ainda não entra… mas como ele é lançamento nem seria prudente fazer uma matéria com ele, pois ainda devem ser muito poucos os problemas relatados pelos donos.

            • Luis Fernando Pozas

              Imaginei que isso aconteceria… De qualquer forma, esta série de reportagens pode ser feita novamente no início do próximo semestre, para incluir as novidades do mercado…

  • invalid_pilot

    Não é problema de fabricação, mas incluo nessa lista o preço do Seguro.
    Caríssimo!

  • kirig

    Minha filha comprou um, pareceu um ótimo carro, silencioso, macio e bem econômico. Anda razoavelmente bem.
    Quanto a ser baixo e dar pancada seca na traseira, é mau uso, velocidade excessiva em lobadas.Nada que um pouco de cuidado não resolva.
    Ele não pula estes obstáculos como Gol e Uno, mas não é ruim.
    Do farol não observei ser mais fraco que outros carros, está na média.
    O ar condicionado também não tem problemas, o carro dela é claro, o ar esfria normalmente.
    Parece que um pouco de zelo com a manutenção do carro não faz mal algum.

    • Gil de Piento

      Experimente andar no banco traseiro do HB20 em uma rua ou avenida com remendos no asfalto ou buracos. Você perceberá que não é questão de velocidade nem de lombadas.

      • kirig

        Todos são ruins nesta situação

        • Gil de Piento

          Quando você andar no banco traseiro, perceberá a diferença, perceberá que o HB20 tem suspensão macia mas que dá fim de curso muito facilmente, ao contrário de outros carros.

  • Guilherme Galante

    Temos um 1.6 AT série 5 anos com pouco mais de 1.500 km.
    Claro que é muito cedo para alguns dos problemas relatados serem comprovados, mas a suspensão não apresenta mais esse problema.
    As questões de altura e dos faróis são reais.
    Até agora estamos gostando muito do carro.

  • Jeane Rosa

    Me identifiquei com tudo dito aqui…absolutamente todos os problemas citados aparecem no meu carro.
    Tenho um modelo 2015 que desde 2016 apresenta estes problemas.
    Além disso tudo, o carro é uma fábrica de ruídos e a suspensão toda é fraquíssima. Tem barulho na ignição, barulho no acelerador…tem barulho para tudo qto é lado!!!

  • Fabricio Guassaloca

    LEIAM O TÍTULO.

    Esta matéria é específica para críticas assim como foi ao ONIX.
    A matéria não serve para ”queimar” os veículos e sim para alertar dos problemas e defeitos crônicos comuns a qualquer carro dito ”popular”.
    Parabéns pela matéria e que continuem assim.

    • Exatamente Fabrício, tanto que a matéria sempre ressalta: “de acordo com proprietários”, ou “tal problema supostamente aparece”, etc… estamos apenas falando dos pontos negativos mais comentados pelos donos. Isso até serve para quem quer comprar um HB20, analisar o carro usado em questão antes de comprar, para ver se ele tem os tais defeitos ou não.

      • Fabricio Guassaloca

        Gosto muito de ler os comentário sobre as matérias e vejo que existem alguns proprietários que passam ou não pelos problemas relacionados. Creio que muitos discordem ou apoiem mas é muito bom a troca de opinião como consumidores.

    • JOSE DO EGITO

      Isso que da “mexer com o queridinho da turma” ma parabens ao NA que mostrou imparcialidade e isençao,jornalismo verdade se faz assim.e os HBBOYS durmam agora com um barulho desse!!!

    • Darwin

      Pois é Fabrício, posso compartilhar de sua opinião. Tive um Bravo Essence 2012 e sinto saudades dele. Vendi ele com 98000 km e sem um pingo de óleo vazando do cárter, sem vazamento no radiador e sem problemas elétricos. Fazia 10km/l aqui em BH e 8,5km/l no álcool. Mas isso não significa que esses problemas não aconteceram com outras pessoas. Conhecidos meus relataram esses tipos de problemas enquanto vários outros não. Hoje, “herdei” o HB20S 1.6 Comfort Plus 2015 de minha falecida mãe e posso afirmar boa parte dos problemas acima citados, em um carro que está com 12000 km rodados. O curso da suspensão é curto, além das pancadas em qualquer buraquinho causa um desconforto gigantesco, fora barulhada dentro do carro por causa desses “buraquinhos”. Qualquer curva com alguma oscilação na pista faz o carro quicar como um kart. As caixas de roda tem baixo isolamento, em dia de chuva vc só escuta a barulhada da água batendo na lata. Os alto falantes originais são terríveis. O nível de água já está baixo no sistema de arrefecimento, já vou verificar se existe vazamento. Como se trata de um AT4, o consumo é sofrível. Na gasolina, com muita dificuldade chega-se a 8km/l, no etanol se chegar a 5,5 km/l foi um tanque feliz. O desempenho do 1.6 mais AT4 é sofrível nas retomadas e na indecisão do câmbio, principalmente em aclives, vira e mexe é preferível jogar pra posição 1 do que deixar em Drive, senão vc não sai do lugar. O acabamento das portas são terríveis. Vidro elétrico nas quatro portas mas one touch pra descer só na porta do motorista. Resumindo, saudades do Bravo.

      • Fabricio Guassaloca

        Poxa Darwin fico triste em ver que passa por esses problemas….Não sou fã do Bravo mas hoje C x B se torna um dos melhores carros a se obter. O meu nunca me incomodou nos 3 anos que estou com ele. Não é o mais bonito, não é o mais potente, não é o mais econômico mas é honesto em seus quesitos. Hb20 é um bom carro mas não para custar o que custa. Gostaria de entender porquê não trouxeram o i20, plataforma mundial e já bem estabelecido no mercado europeu.

  • Para o bem dos outros leitores você não poderá mais comentar aqui. Quando aprender a escrever em minúsculas e não usar palavrões, tente criar uma nova conta no Disqus.

  • Cláudio Lima

    Tive um hb20 2013 hatch cuja suspensão traseira era um verdadeiro lixo. Passar em quebra-molas era sofrível. Reclamei na Css, levei no mecânico amigo e, de fato, não tinha defeito, era uma característica do projeto. O carro é bonito, mas não sentirei saudade.

    • Quando avaliamos o HB20 muitos anos atrás, no lançamento dele, notamos que a suspensão traseira dá batente com facilidade, mesmo com o carro não estando completamente cheio.

      • Cláudio Lima

        Justamente. Para amenizar este problema coloquei um acessório importado chamado Urethane Buffer nas 4 molas.

        • Interessante, quem sabe seu comentário possa ajudar outros leitores que estejam com esse problema.

          • ricardo alves de carvalho

            Antes de mais nada parabéns pela serie sobre defeitos e reclamações …não tenho um hb20 mas o comentário acima do Claudio Lima e de grande importância por trazer um paliativo para um problema comum aos proprietários do bh20….Vamos la NA …o Claudio Lima e sua ” solução
            ” para hb20 e um excelente gancho para uma matéria sobre o assunto.

    • Ricardo Blume

      Tive a oportunidade de dirigir o HB20X 2013 do meu tio e concordo com o que você disse sobre a suspensão traseira. Qualquer desnível no asfalto, sente-se o final do curso da suspensão traseira a ponto de irritar. Fui dirigindo e, infelizmente, voltei no banco de trás. Foi um desconforto maior ainda. Erro infantil em um pais onde nossas estradas é uma vergonha. Ouvi falar deste acessório ao qual colocas-te na suspensão, só não sei o resultado.

  • Evaldo Avelar Marques

    o que significa ‘suspensão traseira seca’? Como se identifica que uma suspensão é seca?

    • Até poderia ter sido explicado melhor mesmo, vamos ver isso.. significa que ela dá umas batidas secas, “dando batente” com frequencia.

      • MauroRF

        O Ka 1.0 que tive fazia isso com alguma frequência também.

  • Ribeiro

    Infelismente a maioria dos compradores de carro compram pelo visual, e não pela qualidade, atuo no mercado automobilistico ha mais de 30 anos, e tenho certeza que o principal atributo desse carro é o design por isso vende tanto, e tenho certeza tambem que, mesmo não tendo um que seje melhor em tudo, pois infelismente cada um tem seus defeitos e suas qualidades, tem opção muito melhor que HB20 no mercado, porém perde no design….

    • JOSE DO EGITO

      Vc quis dizer o ETIOS ?

  • Mambo Ted

    Ótima matéria !!!
    Hoje possuo um hb20 automático 2017 . Está com 10000 km . É usado apenas para ir ao trabalho. A lamparina quando acendo a noite ilumina no maximo 100 metros . De resto não compartilho das outras queixas. Quanto à altura do solo é bem mais alto que meus outros 2 carros . O que para mim pesou é garantia de 5 anos que a da Hyundai funciona , pois já tive outros 2 Hyundai importados e sempre que precisei da garantia me foi sanado os problemas.
    Gostei muito da matéria . Não gosto de marca de carro . Quando vou comprar carro fico atrás dos defeitos … esse tipo de matéria ajuda .

  • Diogo

    É impressão ou os “problemas” do hb20 são mais chatos que o do onix??? Já fui em concessionária Hyundai e não gostei do atendimento. Na VW o atendimento foi melhor, mas isso é muito relativo.

  • Lucas086

    O NA deveria incluir facilidade de furto pelo arrombamento do miolo da porta, mal que assola Hb20, Ka, Uno… considero isso defeito de projeto, pois não se vê casos em outros hatchs populares. Parabéns NA pela matéria, as montadoras que se segurem

    • Diego Felipe

      O meu foi arrombado assim duas vezes. Levaram estepe, chave, etc. Foi a primeira que aconteceu comigo. Não sabia que era mais fácil de ser arrombado que outros modelos, achei que era apenas por ser mais visado.

      • Lucas086

        Dificil vc ver um Uno, Ka ou Hb20 sem estar com o miolo da porta “mexido”… no uno que possuo, na ccs mesmo comprei uma maçaneta lisa, mandei pintar e instalei na porta do motorista, no lugar da maçaneta com miolo… já minha irmã que tinha um Uno do mesmo ano do meu, não fez isso, com uma semana arrombaram o miolo e levaram o estepe. Ford Ka também, meu amigo comprou um em dezembro de 204, saiu para comemorar, quando voltou ao carro, tava todo aberto. Agora Onix eu não vi casos, não sei se é pq o miolo da porta fica escondido dentro da maçaneta.

  • Michel Soares Pintor

    Em 2014 tive o hb20 1.6 comfort plus 2013 que rodei 112 mil km em 1 ano e 2 meses +/- e as maiores reclamações foram, conforme já mencionaram:
    – Suspensão traseira batia demais;
    – Bancos traseiros eram apertados mesmo. Se fizesse uma viagem de uns 300km as pessoas chegavam com dor nos joelhos.

    Pra MIM, foram esses os problemas que tive. Pintura nunca tive problema e olha que já ralei ele algumas vezes, bati. Consumo muito bom para meu percurso que era de 80% estrada, seguro na época tinha preço excelente, atendimento nas concessionarias muito bom.

    Não sei como está hoje em dia mas para a época que tive ele, 2014, recomendaria.

  • Davi Millan

    Esse tipo de matéria é muito bom para poder ajudar a quem busca um carro já saber do que pode enfrentar! Parabéns NA.
    O interessante é analisar por ordem dos mais vendidos do ano 2017 e todo os carros com mais de 1 ano de mercado. Continuando assim será sucesso. Conheço pessoas que tiveram ou tem um HB20 e desses problemas citados eu posso dizer que já vi.
    #1. Boia de combustível que não funciona corretamente.
    #2. Faróis inadequados
    #3. Suspensão traseira com curso curto.

    O resto nunca fiquei sabendo. Já sobre o AC eu acredito que seja insuficiente mesmo, pois a maioria dos carros populares estão sofrendo com esse problema, inclusive eu com meu Up! TSI… Para e gela, anda e esquenta.

    • MauroRF

      Tive um Ka 1.0 que gelava bem demais. Eu até estranhava por ser um popular.

  • Davi Millan

    NA! Enumere os problemas com #(numero) para que possamos colocar nos comentários os que já tivemos contato. Assim fica mais fácil de saber nos comentários quais deles são mais recorrentes/conhecidos.

  • Adriano Feroli

    Tenho um HB20 1.6 automatico há 4 anos, dos defeitos apresentados, o que identifiquei realmente são: altura do solo baixa, pintura frágil e batida traseira seca. No mais o carro não apresentou os demais problemas relatados na matéria. Contudo, considero muito bom carro, confiável mecanicamente. Um ponto não tocado, o consumo no HB20 é elevado.

  • Elder Walker

    Interessante este tipo de artigo. Gostei da ideia. Poderia ser mais divulgado mesmo e virar uma série/coluna.
    Apenas um comentário/correção específico: farol de neblina não foi projetado para “dar conta do recado” que o farol baixo deveria dar. Seu papel é justamente o oposto: iluminação de baixa intensidade e o mais próximo do solo possível, com faixo amplo (aberto), geralmente visando a iluminação de referência nas laterais das vias. Ou seja, jamais terão alcance de faixo que consiga complementar uma eventual ineficiência do farol baixo.

  • Fabão Rocky

    Esse lance da ineficiência dos faróis será q botando o carro de frente p/ parede e regulando a altura do facho não resolve?

    • Diego Felipe

      O problema não é a altura do facho, e sim a “força” do farol.

  • Fabio Marquez

    Rodei 2000 km em um desses em uma viagem e não compraria o carro por conta dos faróis, no trecho final da viagem peguei chuva a noite, tive que reduzir a velocidade para menos de 40 km/h porque não enxergava um palmo a frente… Aquilo coloca todo mundo em risco.

  • 1945_DE

    Todos os carros tem problemas. É tudo carroça descartável. Eu tenho um CROSS UP TSI 2017 COM 26000Km (18 meses de uso com a minha esposa). Segue a lista.
    – Maquina elétrica do lado do motorista trocada. Cabo começou a enrrocar.
    – Pedal de embreagem trocado. Articulação quebrou.
    – Bicos injetores trocados. Apresentava problemas de estanqueidade.
    – Ar-condicionado apresentando mal cheiro, desde zero. Toda revisão a CSS faz limpeza gratuita, mas o mal cheiro sempre volta.
    – Suspensão é mole de mais. (Característica do veiculo, que não está adequada com a potência do carro). Não tem solução.
    – Pneus inadequados para a potência e desempenho do carro. (Já troquei os pneus antes de tirar da CSS, por pneus 195/55 R15 – TRACTION AA de alta performance)

    Observação: Mesmo com os defeitos apresentados, ja foram todos resolvidos, com exceção do ar condicionado e suspensão, não trocaria por qualquer outro de outra marca. 9,5Km/l na cidade no etanol e desempenho insuperável não se acha em nenhum nesta faixa de preço. Fora a segurança que ainda precisa melhorar, mas já está satisfatória.

  • Henrique Bittancourt Gouveia

    Eu sempre achei que todas as características de um carro deveriam ser acompanhadas de uma especificação técnica.
    Por exemplo. Quem pode garantir que a suspensão chegaria ao final de curso para um usuário e não para o outro?
    Será que não estamos nos baseando apenas em opiniões e faltando com dados técnicos?
    Acho que vale uma reflexão para todas as próximas postagens da série.

  • José Barbosa

    Esqueceram de por um defeito fundamental: alta sinistralidade, e como veículo que é alvo, acaba incorrendo em seguro mais alto.

  • Rafael

    Olá pessoal,

    Vou relatar apenas sobre a parte da pintura frágil. Eu tenho uma IX35 2018, acho que o verniz é péssimo, ficaram umas folhinhas de árvore por 2 ou 3 dias no meu carro, que nem fica no sol, e isso já foi suficiente para “queimar” a pintura.. friso que meu carro Não fica no sol. Hyundai está economizando feio nesse quesito. Paguei caro no carro e esperava mais nesse ponto. Sei que aqui estamos falando do HB20, mas acredito que a comparação é justa.

  • Stéfano

    Tenho mais um problema que ouvi dizer ter sido solucionado nos modelos mais novos: Em cidades com muitos morros (como BH) se precisar parar em uma subida e arrancar, é sofrível. Uma vez no bairro Prado, estava com 5 pessoas + malas, o trânsito parou, tentei arrancar e não conseguia! Desligue o ar e tbm não dava! “Esgoelei” o bixo, arranquei, dei pedal e simplesmente a rotação não subia e o carro perdia velocidade até morrer. Depois de atrapalhar o trânsito por algum tempo, consegui vencer a ladeira. Sinceramente, nunca tinha visto um carro tão fraco.

    • Diego Felipe

      Comprei o meu ano passado, e é assim como você citou. Demora a “acordar” na primeira marcha, mas só na gasolina. Se colocar álcool ele fica normal, arranca sem problemas.

  • Rick76

    Pintura casquinha. Complicado mesmo. Será que no Creta e assim?

    • Fernando

      acho que sim. esses dias até estava falando com um dono de um creta. um conhecido meu no mercado. o dele é 2017 e já tinha uns detalhes na porta e no para choque. no paro choque é finíssimo. tinha lascado um pedaço e parecia que dava pra tirar toda a tinta como se fosse um mero adesivo. na porta do motorista era um arranhão e uma marca de pedra acho. a de pedra deixou a lataria exposta e o arranhão tava todo sem tinta. horrível. e segundo o proprietário, nem sabe como foi que aconteceu. então deve ter sido algo até leve.

  • Ludwig

    Tenho um desde 2012, concordo com o que foi dito sobre a suspensão. Mas me parece que a Hyundai atenuou esse problema a partir de 2015(como dito na matéria). Já o freio, ele vibra se vc freia bruscamente, em situações normais ele funciona muito bem, não sei como estão as novas versões, é provável que isso só aconteça nas versões mais antigas, uma vez dirigi um 2016 alugado e isso não aconteceu. Tirando esses 2 problemas não tive nenhum outro. Gosto do carro, ele tem seus defeitos, mas tbm tem suas qualidades, como qualquer outro carro.

  • Marcio Linhares

    Tive 2 HB20S 1.6 Premium, um mecânico de 5 marchas e outro automático, de 6; agora estou com um HB20 1.6 automático Comfort Plus, 6 marchas. Considero o carro muito bom; um dos melhores em sua faixa de preço. Concordo com críticas à sua altura (baixo demais); a batida seca melhorou muito nos modelos mais recentes. Porém, ao dirigir o sedã e o hatch, especialmente, este último, deve-se estar muito atento à falta de estabilidade nas mudanças muito bruscas de direção (sistema muito sensível, leve demais, que “aparenta” poder levar até a um capotamento, se o volante for girado de maneira muito rápida e com maior amplitude). Maiores criticas: falta controle de tração e de estabilidade; altura muito baixa; direção muito leve, sem resistência progressiva em maiores velocidades. Os modelos automáticos de 6 marchas, mais atuais, não deixam o carro recuar nos arranques em ladeiras (minha experiência é com dois ocupantes). O design requer atualização, embora ainda bonito e a central de mídia deveria ter um custo mais baixo; sensores traseiro mais presentes nos modelos mais baratos. Espero ter contribuído de maneira positiva.

  • Gatomestre Gomez

    Não concordo com afirmações !! Depende muito do bom , ou mau uso do veículo !! Fale mal do motor 1,6 128cv que nem um dos concorrentes chega nem perto ???

    O restante é mau uso!!

    Se eu pagar uma BMW, com ma utilização, vai ter os mesmos problema !!

  • Leonardo Fonseca Lana

    Tenho um 1.6 automático 6 marchas 16/16 com 18 mil km. A maior reclamação que faço quanto ao carro, a ponto de incomodar, é a trepidação no freio. A Hyundai sempre alega que trata-se do ABS. Entretanto, a vibração é muito excessiva, chegando a interferir no volante. Apesar das respostas da Hyundai, tenho receio de ser slgum defeito e em uma frenagem de emergência ficar na mão.

    UMA OUTRA FALHA QUE CONSIDERO NO HB20 É A MULTIMÍDIA NÃO ESPELHAR WAZE OU GPS PELO IPHONE. Mas acredito ser limitação da Apple

    Fora isso, os demais defeitos do carro, como espaço reduzido, falta de ESP e farois fracos, não me fizeram dessitir da compra. Ou seja, diante das inúmeras qualidades do carro, irrelevei tais falhas por não serem fatores decisivos ente minhas prioridades.

    • TSI

      Seu principal concorrente = UP TSI está um pouco a frente. Apesar que os dois são ótimos populares!!

  • aderval Silva

    Meu hb20, queimou a bomba dágua, aos 30.000km, ano e mei de uso, quando fui à concessionária, vi que havia varios carros com mesmo diagnóstico,problemas com a bomba dágua, está na garantia, foi tudo resolvido rapidinho.

  • O maior problema desse carro pra mim é o espaço traseiro, andei como passageiro em um certa vez e parecia que estava sentado em um banco de metrô, pequeno demais. Além disso, não sei se a unidade que eu dirigi era assim, mas achei o motor muito amarrado, sobe de giro até certo ponto e não ganha velocidade, dos 1.0 esse foi o que menos gostei, o 1.0 mpi da VW não é maravilhoso mas tem desempenho e funcionamento bem menos estranhos. Mas como dito, pode ser que a unidade que me passaram pra guiar estava com algum problema.

  • Luconces

    Parabéns ao NA, excelente iniciativa!

  • PH Sacchi

    Estranhei a ineficiência dos faróis, tenho um sedã e quando viajo com porta malas cheio recebo muitos sinais de luz achando que o farol está alto mas na verdade é a suspensão que baixa além do ideal , fora isso nada que desabone o carro , muito pelo contrário considero ótimo

  • Betocacau Cacau

    Francamente tenho um HB20 Hatch e não vejo nem um desses problemas e o meu é 2013/2014.

  • Betocacau Cacau

    Só concordo com os faróis que resolvi trocando.

  • Marcelo Nascimento

    Eu discordo totalmente de relacionar como problema a suspensão baixa.
    Isso é só uma característica que certamente agrada a muitos, já que não deixa um vão enorme na caixa de roda.
    O problema existe sim, mas é causado pelos responsáveis por não cobrir os buracos e pelos que constroem quebra molas totalmente fora do padrão definido na legislação.

    • Ananias Anacleto

      Hummmm, então todos os outros carros da categoria que não tem esse problema estão errados, as outras marcas devem repensar o projeto da suspensão traseira para que todos os carros se comportem igual o HB20 ….. é cada um.

      • Marcelo Nascimento

        Não, as outras marcas não estão erradas, cada uma com sua característica.
        E a reportagem não fala absolutamente nada de suspensão traseira, fala apenas da altura do carro e sobre raspar o para choque, o que não é problema do carro.

        Assim, não vejo sentido no seu argumento da suspensão traseira. Se existe algum problema, não tenho como adivinhar, já que não foi citado na reportagem.

        • Ernesto

          “Suspensão traseira com curso curto”. Volta lá na matéria que você lê esse tópico.

          • Marcelo Nascimento

            Correto, passou batido. Mas meu ponto inicial foi a altura do carro em relação ao solo e raspar para choque. É outro assunto.

  • Leonardo C.

    Minha irmã possui um HB20 Comfort Plus 1.0 2015 e entre os problemas citados posso falar da pintura que realmente é ruim, a bobina de ignição é ineficiente (ele fica dando uns estouros na aceleração), a suspensão traseira é curta mesmo (o dela vou pedir uma verificação na revisão devido a rangidos que surgiram) e os faróis são PÉSSIMOS e o som, que apesar de ser fácil de operar a qualidade não é boa, mas com tudo isso ainda é um bom carro, que atende a proposta.

  • Fernando

    gostaria de acrescentar só mais um defeito. quando comprei o meu em 2015 tinha um cheiro de cola eu acho, aquele famoso “cheirinho de carro novo”, insuportável. aquilo era tão ruim que eu não aguentava ficar com o ar ligado e as janelas fechadas. e demorou muito tempo pra passar. 6 meses depois da compra ainda tinha aquele cheiro.

  • Ubiratã Muniz Silva

    Eu incluiria aí o altíssimo consumo das versões com câmbio automático, que chega a ser 35-40% maior que o consumo das versões a gasolina, tanto faz AT4 ou AT6. Tá certo que automático bebe mais, mas 40%?

    Não estou falando de dados do INMETRO, tô falando de dados de uso da vida real. Eu tenho um AT4, um amigo tem um AT6 e outro amigo tem um 1.6 MT. A diferença de consumo do MT pros AT é gritante. O consumo do 1.6 MT na cidade consegue ser melhor que o do AT na estrada.

    Sobre o ar-condicionado, não tenho o que reclamar da refrigeração, mas um problema COMUM e de FÁCIL SOLUÇÃO (não chega a ser um defeito, e sim uma “burrada” das equipes de revisão nas autorizadas), não raro o carro sai de uma revisão e os “mecânicos” acabam por “esconder” o dreno do ar-condicionado e o dobrando, ocasionando vazamento de água e cheiro de mofo no interior do veículo. O dreno tem que ficar LIVRE. Deixando o dreno livre, fica tudo beleza.

    Ah, eu sinto falta de uma função de temporizador no limpador traseiro.

  • Diego Felipe

    Tenho um, e digo que os faróis são mesmo horríveis. Ainda assim, na minha opinião, o maior problema desse carro é o banco do motorista. Tem um tópico com mais de 200 msgs sobre o assunto no forum do hb20 clube. O encosto tem um formato estranho, deixa você com a barriga pra frente, e não apoia bem a cervical. O assento tem inclinação errada, e um ajuste ridículo que piora ainda mais a situação quando se abaixa o banco. O carro tem suas qualidades, mas o desconforto diário me faz querer vendê-lo.

  • TSI

    Difícil ver alguém falando bem do HB20 turbo. Mas fico feliz por você estar tendo uma boa experiência com ele.

    Já dirigi 1, e claro, não se compara com o meu Up TSi – e nem deveria, já que a própria HYUNDAI falou em seu lançamento que o HB20 turbo veio para bater de frente com o ONIX 1.4, até então sem concorrentes.

    O UP TSi bate de frente com o HB20 1.6, os dois com ótimos motores.

    Ademais, tanto o HB20 com o UP são os melhores populares do momento!!

  • Leonardo Soares

    Eu já tive dois .
    .não quero mais …defeito quando aparece eles pedem qualquer peça para reposicao 15 a 20 dias ..detalhe peças simples

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email

receber-noticias Notícias por email