MT-03: motor, preço, ficha técnica, desempenho, versões

MT-03: motor, preço, ficha técnica, desempenho, versões

A Yamaha MT-03 é uma motocicleta de média cilindrada com estilo naked e motor bicilíndrico, que lhe garante um excelente desempenho. Lançada em 2016, ela abriu um novo nicho para a marca japonesa por aqui.


Ao lado das irmãs MT-07 e MT-09, a MT-03 exibe um visual agressivo e muita força em seu motor, que na Yamaha gerou um nova linha de motos expressivas, conhecida como “Master of Torque”.

MT-03: motor, preço, ficha técnica, desempenho, versões

Isso até motivou a Yamaha, em sua campanha de marketing, a criar uma série de animes para enaltecer o produto, mas sem perder a essência desse tipo de produção visual, com a moto como condução do personagem principal.

Rival de modelos como KTM-390 Duke, Kawasaki Z300 e BMW G310R, a Yamaha MT-03 se apoia na tecnologia para oferecer mais força e desempenho com cilindrada pouco acima da Honda CB 300, por exemplo.

MT-03: motor, preço, ficha técnica, desempenho, versões

Posicionada acima da Yamaha Fazer 250, a MT-03 impressiona pelo visual frontal com farol tipo canhão full LED, luzes diurnas em LED, suspensão dianteira invertida, disco dianteiro único, rodas esportivas, carenagem inferior e cluster digital.

Seu propulsor de dois cilindros com 321 cm³ é a alma do negócio, entregando 42 cavalos e com câmbio manual de seis marchas.

MT-03: motor, preço, ficha técnica, desempenho, versões

Ela tem ainda a tecnologia DiASil que contribui para menor vibração do propulsor, além de melhorias na refrigeração e performance.

Atualmente com preço de R$ 27.990, a Yamaha MT-03 até recebeu uma edição especial, em homenagem a um personagem do universo da Marvel.

Com duas gerações, a MT-03 se posicionou bem entre as bicilíndricas de 300 cilindradas no mercado mundial.

MT-03 – detalhes

MT-03: motor, preço, ficha técnica, desempenho, versões

A Yamaha MT-03 tem um visual bem agressivo, com a frente tendo um canhão full LED com moldura tripla, que forma defletores de ar laterais. O conjunto fica preso sob uma carenagem superior em duas peças.

Nesta, ficam as luzes diurnas em LED, assim como também o painel. Nos lados, ficam os diminutos piscas em LED, que reduzem o arrasto aerodinâmico da MT-03, além de serem esteticamente atraentes.

MT-03: motor, preço, ficha técnica, desempenho, versões

Já o guidão tubular de aço cromado tem manetes de alumínio e manoplas emborrachadas, além de comandos de farol, piscas, lampejador do farol, partida elétrica, corte de corrente elétrica, buzina, entre outros.

Os retrovisores são aerodinâmicos e o painel de instrumentos tem display digital com hodômetros, velocímetro, conta-giros, computador de bordo, nível de combustível, temperatura da água, etc.

O tanque de 14 litros tem tampa de combustível esportiva em liga leve, bem como aletas laterais em duas peças com entradas de ar para o motor. Abaixo, o radiador de água com molduras estilizadas nas laterais.

MT-03: motor, preço, ficha técnica, desempenho, versões

Na parte inferior do motor, sustentado por um quadro tubular de aço de berço duplo, a MT-03 tem um spoiler em forma de carenagem que recobre a parte debaixo do propulsor.

O motor bicilíndrico 4 tempos é todo pintado de preto fosco, com mangueiras de refrigeração expostas. O quadro tubular também é pintado nessa cor.

Na MT-03, existem dois bancos em níveis de altura diferentes, com a rabeta carenada se elevando até a lanterna traseira em LED.

MT-03: motor, preço, ficha técnica, desempenho, versões

Esta tem estrutura larga e dispõe de haste/para-lama para sustentar a placa e sua iluminação em LED, bem como os pequenos repetidores de direção em LED.

Para o garupa, as pedaleiras de alumínio retráteis ficam presas no quadro superior, enquanto os do piloto ficam num suporte de alumínio e são igualmente rebatíveis com tensão de mola.

A suspensão traseira da MT-03 é monoamortecida e possui braço duplo curvado, com a roda traseira em liga leve e aro 17 polegadas. Esta tem disco de freio ventilado de 220 mm com pinça de pistão único com sistema ABS.

MT-03: motor, preço, ficha técnica, desempenho, versões

Além disso, tem coroa especial com corrente lubrificada e protetor da mesma. Ao lado, fica o silencioso do escapamento em formato triangular e pintado de preto fosco com ponteira metálica em cinza.

Na frente, a naked da Yamaha tem suspensão upside down com acabamento preto, assim como as bengalas e a mesa superior, tendo ainda para-lama em duas partes de rodas de liga leve aro 17 polegadas.

MT-03: motor, preço, ficha técnica, desempenho, versões

O disco de freio ventilado tem 298 mm e vem com pinça de duplo pistão com ABS. As rodas têm pneus 110/70-17M/C 54H da Metzeler na frente e 140/70-17M/C 66H atrás.

Com 2,090 m de comprimento, 0,755 m de largura, 1,070 m de altura e 1,380 m de entre-eixos, a MT-03 veste bem. Ela tem 169 kg, tem 0,780 m de altura do assento do piloto e 160 mm de altura livre do solo.

MT-03 – versões

MT-03: motor, preço, ficha técnica, desempenho, versões

A Yamaha MT-03 tem duas versões atualmente no mercado nacional, sendo a regular com três padrões de cores e grafismos, batizados com nomes em inglês. Esta opção custa R$ 27.990, mas pelo mesmo preço existe a edição Homem de Ferro.

Essa versão regular tem a pintura Racing Blue, que vem com um tom de azul metálico, que recobre tanque e rodas, com as aletas do tanque em cinza e grafite, além de preto nas demais parte da motocicleta.

MT-03: motor, preço, ficha técnica, desempenho, versões

A carenagem superior do farol, assim como o para-lama dianteiro também são pintados de cinza. Já o padrão Storm Fluo tem pintura em cinza metálico que recobre tanque, aletas laterais e carenagem do farol.

Para-lama dianteiro e rabeta são em preto fosco, com faixas em vermelho e azul-claro, enquanto as rodas de liga leve são pintadas de vermelho. Por fim, a MT-03 X-Black tem acabamento todo preto com mesclas de fosco e brilhante.

MT-03: motor, preço, ficha técnica, desempenho, versões

Na MT-03 edição Homem de Ferro, a Yamaha faz uma parceria com a Marvel para estilizar sua naked bicilíndrica com padrão Power Red, tendo pintura vermelho metálico com faixas douradas no tanque e laterais, assim como nas aletas e carenagem do farol.

O grafismo nas laterais faz alusão aos detalhes do traje metálico do Homem de Ferro, assim como o projetor full LED da MT-03 reproduz o núcleo de energia do traje, enquanto as luzes de LED acima reproduzem os “olhos” do personagem.

MT-03: motor, preço, ficha técnica, desempenho, versões

Ela ainda tem rodas pretas com filetes dourados. Sobre o tanque há um grafismo dourado e também alusivo ao personagem de Tony Stark.

Com bancos pretos, a MT-03 Homem de Ferro tem a vantagem de custar o mesmo que a versão regular.

MT-03 – motor, desempenho e consumo

MT-03: motor, preço, ficha técnica, desempenho, versões

O motor da Yamaha MT-03 é um bicilíndrico com 4 tempos e 321 cm³, sendo o mesmo da Yamaha R3 e de sua irmã, a R3 Monster.

Trata-se de uma geração mais recente de propulsores da marca japonesa que tem como foco um aumento expressivo do torque em rotações mais baixas e numa faixa mais plana.

Com diâmetro x curso dos cilindros de 68,0 mm x 44,1 mm, o motor da MT-03 conta com cabeçote dotado de duplo comando de válvulas, tendo quatro por cilindro. Esse DOHC tem ainda refrigeração líquida.

MT-03: motor, preço, ficha técnica, desempenho, versões

Tendo ainda injeção eletrônica, sendo abastecido apenas por gasolina, o motor de dois cilindros da naked japonesa dispõe de taxa de compressão de 11,2:1, entregando 42 cavalos a 10.750 rpm e 3,0 kgfm a 9.000 rpm.

Com câmbio de seis marchas, a MT-03 tem um bom desempenho, alcançando 180 km/h. Já no consumo, a naked tem consumo médio de 21 km/l. Seu tanque de 14 litros, com isso, garante quase 300 km de autonomia.

MT-03 – história

MT-03: motor, preço, ficha técnica, desempenho, versões

A Yamaha MT-3 originalmente era bem diferente do modelo atual e, assim como este, foi vendida também no Brasil.

Em 2005, a marca japonesa revelou uma nova proposta para uma moto roadster, de média cilindrada com dois cilindros.

Para este novo modelo, a Yamaha reservou a identificação MT-03, para fazer alusão à monstruosa MT-01, bem mais potente com seus dois cilindros em V e 1.670 cm³, que entregavam 90 cavalos e 15,3 kgfm.

MT-03: motor, preço, ficha técnica, desempenho, versões

Obviamente, a MT-03 não chegaria nem perto disso, contudo, o projeto era de uma roadster de força em baixa rotação.

Para se obter isso, a Yamaha usou um motor bem conhecido aqui, o bicilíndrico de 660 cm³ da XT 660, apelidada daqui de “helicóptero”.

Este dispunha de 48 cavalos e 5,73 kgfm, mas obtidos em 6.250 rpm e 5.500 rpm, respectivamente. Isso realmente representava o termo “MT” empregado nela, que significava “Maximum Torque”.

MT-03: motor, preço, ficha técnica, desempenho, versões

Com tanque de 15 litros e pesando 174 kg, a primeira MT-03 chamava atenção pela mola e amortecedor da suspensão traseira, dispostos lateralmente ao lado do motor.

Eles eram ligados por uma extensão na direita da balança traseira.

Essa primeira MT-03 tinha ainda dois canos de escape que se cruzavam no lado oposto do motor e se ligavam aos dois grandes silenciosos elevados, junto ao banco do passageiro na rabeta. O visual da parte de trás era bem estranho.

MT-03: motor, preço, ficha técnica, desempenho, versões

Com estilo que lembrava a Suzuki B-King na traseira, a MT-03 usava ainda alumínio como material do suporte do farol. O modelo foi vendido no Brasil apenas como modelo 2008. O motivo foi a concorrência.

Como a MT-03, apesar do nome, era uma 660 como a irmã XT 660R, isto significou que teria de enfrentar as naked 600 tradicionais, como Honda CB 600F Hornet, Suzuki Bandit e Yamaha FZ6.

Tendo até fogo amigo em casa, no último caso, a Yamaha MT-03 não teve tempo de provar seu valor e somente 2,6 mil unidades foram vendidas. Com seu fim, parecia que a Yamaha não apostaria mais na série MT…

Segunda geração

MT-03: motor, preço, ficha técnica, desempenho, versões

Como já dito, a primeira Yamaha MT-03 fracassou com menos de 3 mil fabricadas no Brasil, onde se apoiava no compartilhamento da mecânica com a XT 660 e, se tivesse feito sucesso, na Teneré 660, que seguiu.

Na Yamaha, então, o foco acabou ficando para a FZ6, que seguiu representando a marca na categoria das 600 cilindradas. Lá fora, a MT-03 seguiu seu rumo até 2014. Nesse ano, surgiu a MT-07.

MT-03: motor, preço, ficha técnica, desempenho, versões

Essa roadster em tese substituiria a MT-03 com seu bicilíndrico de 689 cm³, mas ela tinha 75 cavalos, muito mais que a antecessora. Assim, a Yamaha precisava de uma nova moto, mas não na faixa das 600.

Como a Yamaha revelou por aqui, o objetivo era cobrir uma lacuna entre a MT-07 e a Fazer 250. Assim, surgiu lá fora a nova MT-03, que surfava na campanha de marketing (anime) e no aparente sucesso da irmã maior.

MT-03: motor, preço, ficha técnica, desempenho, versões

No entanto, ela precisava se apoiar em outra moto para reduzir custo e isso foi feito com a Yamaha R3. Assim, a marca trouxe para o Brasil as duas motos de 321 cm³, mas com potência menor que a antiga: 42 cavalos e 3,0 kgfm.

Agora “Master of Torque”, a nova MT-03 seguia o estilo de farol da anterior, mas com carenagem, tendo painel análogo-digital, suspensão dianteira com garfo padrão, freio a disco único na frente e disco na traseira.

MT-03: motor, preço, ficha técnica, desempenho, versões

A Yamaha MT-03 de segunda geração, chegou ao Brasil em 2016 com balança traseira curvada, belas rodas de liga leve e bancos individuais, marcando uma postura mais esportiva, ainda que o visual frontal destoasse do restante.

Essa MT-03 caiu no gosto do brasileiro e sua produção seguiu por aqui, ficando ao lado da MT-07 e da irmã maior, a MT-09. Ela ainda tinha a companhia da FZ6, porém, esta era claramente de uma categoria que não lhe atrapalhava.

Visual polêmico

MT-03: motor, preço, ficha técnica, desempenho, versões

Como já dissemos, a segunda MT-03 feita no Brasil iniciou com um contraste entre a frente comedida e a traseira agressiva. Para apimentar mais a coisa, a Yamaha decidiu fazer uma mudança um tanto radical na moto.

Embora o anime da campanha de “Master of Torque” não envolvesse “mecha”, termo japonês para “mechanicals” ou animes com robôs gigantes, a MT-03 atualizada em 2019 no exterior pode ter chocado alguns tradicionalistas.

MT-03: motor, preço, ficha técnica, desempenho, versões

O motivo era que a frente perdeu o farol tradicional carenado e ganhou um canhão full LED rebaixado. Acima, como um tipo de capacete ou elmo, a cobertura vinha com luzes diurnas que pareciam olhos.

Com essa imagem de robô disfarçado de moto, como um “Transformer”, a MT-03 trazia ainda suspensão dianteira invertida, como da YZF-R3 mais recente.

MT-03: motor, preço, ficha técnica, desempenho, versões

Também recebeu piscas em LED bem pequenos, aletas laterais mais altas e ausência das alças de liga leve para o passageiro.

Essa MT-03 chegou ao Brasil em 2020 e manteve o spoiler inferior, mas trouxe três novos padrões de cores e mais a edição especial Homem de Ferro.

MT-03: motor, preço, ficha técnica, desempenho, versões

Hoje, a MT-03 cumpre seu papel de intermediária entre a popular Fazer 250 e forte MT-07, tendo a irmã carenada YZF-R3 e R3 Monster ao lado.

MT-03 – ficha técnica

Motor321
Tipo
Número de cilindros2 em linha
Cilindrada em cm3321
Válvulas4
Taxa de compressão11,2:1
Injeção eletrônicaIndireta
Potência máxima42 cv a 10.750 rpm (gasolina)
Torque máximo3,0 kgfm a 9.000 rpm (gasolina)
Transmissão
Tipo6 marchas
Tração
TipoCorrente e pinhão
Partida
TipoElétrica
Freios
TipoDisco dianteiro de 298 mm e tambor traseiro com 220 mm
Suspensão
DianteiraGarfo telescópico invertido
TraseiraBalança convencional
Rodas e Pneus
RodasLiga leve aro 17 polegadas na frente e atrás
Pneus110/70-17 na frente e 140/90-17 atrás
Dimensões
Comprimento (mm)2.090
Largura (mm)0.755
Altura (mm)1.070
Entre eixos (mm)1.380
Capacidades
Bagageiro (L)ND
Tanque de combustível (L)14
Carga (Kg)ND
Peso em ordem de marcha (Kg)169
Coeficiente aerodinâmico (cx)ND

MT-03 – fotos

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 25 anos. Há 14 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações.