Top 10: Carros com maior torque por cilindrada (2024)

ram2500rodeo 7

Na hora de adquirir um veículo, uma das primeiras coisas que vemos é a potência do motor, principalmente o público brasileiro, que é mais exigente e gosta de velocidade.

Além disso, muitos levam em conta diversos outros aspectos na hora de escolher um bom modelo, entre eles a confiabilidade, segurança e a motorização.

Devemos ressaltar que não é apenas a potência que deve ser verificada, já que ela está ligada a velocidade final do carro e o torque à aceleração.

Medido em kgfm (quilograma força x metro), o torque é responsável pela capacidade do motor produzir força motriz, que é o movimento giratório. Ou seja, quanto maior for o torque, mais rapidamente ele vai conseguir sair do lugar onde está.

Nos modelos 1.0, esse valor pode ficar próximo dos 9,5 kgfm. Nos veículos maiores e pesados, pode passar de 60 kgfm.

O Notícias Automotivas fez uma lista com os veículos comercializados no Brasil com os maiores torques por cilindrada, levando em consideração modelos 1.0 até 4.0.

1.0 – Volkswagen Polo, Virtus, Nivus, T-Cross (128 cv) e Fiat Pulse (130 cv) – 20,4 kgfm de torque

fiat pulse impetus 2022 3

Uma das últimas novidades do mercado, o Fiat Pulse chegou para desbancar a turma da VW como o 1.0 mais potente do país, entregando nada menos que 130 cv com etanol (ou 125 cv com gasolina).

Seu torque, porém, é exatamente o mesmo que os alemães, na casa dos 20,4 kgfm com qualquer combustível. Ele é vendido nessa configuração com preços entre R$ 110.290 e R$ 126.990, mas ainda conta com o motor 1.3 nas versões de entrada.

Antigo rei dos 1.0, o Polo foi apresentado nessa geração em 2017 para concorrer com Fiat Argo e Chevrolet Onix. O hatch tem 128 cv de potência e 20,4 kgfm de torque, fazendo de 0 a 100 km/h em 9,6 segundos. Além do Polo, a VW tem o Virtus, Nivus e T-Cross com o mesmo conjunto mecânico.

Muito bem equipado, o Polo é comercializado em 4 versões a partir de R$ 78.550 com motor 1.0 aspirado, R$ 109.370 com motor 1.0 turbo e R$ 143.220 com motor 1.4 turbo.

Já seus irmãos, também equipados com motor 1.0 TSI, custam a partir de R$ 114.380 (Virtus), R$ 119.550 (Nivus) e R$ 111.800 (T-Cross).

1.2 – Chevrolet Tracker (133 cv) – 21,4 kgfm de torque

tracker

Modelo mais recente em nosso mercado, o novo Chevrolet Tracker veio com motores 1.0 e 1.2, ambos turbinados, e esse último aparece como o propulsor de 1,2 litro com maior torque no país.

São 133 cv e 21,4 kgfm, o que leva o SUV de 0 a 100 km/h em 9,4 segundos, com velocidade máxima de 185 km/h.

O Tracker é sempre equipado com seis airbags, controle de estabilidade e tração, assistente de partida em rampas, rodas de 16 polegadas, ar-condicionado, direção elétrica, MyLink de oito polegadas, entre outros.

As versões com motor 1.2 turbo ainda vem com start/stop e piloto automático, sendo ainda mais equipadas nas configurações mais caras. Ele custa a partir de R$ 113.490 com motor 1.0 turbo e R$ 147.410 com o propulsor 1.2 turbinado.

1.3 – Jeep Compass e Commander, Fiat Toro (185 cv) e Renault Captur e Duster (170 cv) – 27,5 kgfm de torque

jeep compass 2022 7

Mais um modelo beneficiado pelo turbocompressor em nossa lista, o Jeep Compass agora usa o moderno propulsor 1.3 turbo no lugar do 2.0 aspirado, entregando 185 cv e 27,5 kgfm de torque.

Sua aceleração até os 100 km/h é feita em apenas 8,8 segundos, com máxima de 207 km/h.

Obviamente mais equipado, por ser um modelo premium que parte de R$ 171.990, o Compass vem de série com ar-condicionado dual zone, multimídia de 8,4 polegadas, controle de estabilidade e tração, câmera de ré, faróis full LED e lanternas em LED, piloto automático, seis airbags, entre outros.

A marca ainda lançou o Commander com o mesmo conjunto, sendo um modelo maior e mais espaçoso que o Compass. Ele parte de R$ 231.490, mas ainda tem as versões a diesel que não saem por menos de R$ 287.690.

Um terceiro modelo com o mesmo motor e câmbio é a Toro, que usa o motor 1.3 turbo em suas versões de entrada. Os preços da picape com o motor turbo variam entre R$ 138.490 e R$ 163.990.

Outros dois carros que também oferecem 27,5 kgfm de torque são os novos Renault Captur 2022 e Duster 2022, que ainda entregam 170 cv de seu motor 1.3 turbo. Os preços do Captur variam entre R$ 142.990 e R$ 156.290.

Enquanto isso, o Duster oferece tal conjunto apenas em sua versão mais cara Iconic TCe, que sai por R$ 138.790.

1.4 – Volkswagen Polo GTS (150 cv) – 25,5 kgfm de torque

vw polo gts 2020 1

Com 150 cv e 25,5 kgfm, o Volkswagen Polo GTS é a melhor opção quando falamos em torque de carros com motor 1.4.

É claro que existem muitos outros modelos com exatamente o mesmo conjunto, como Jetta, Taos, T-Cross, Virtus GTS e até mesmo Audi A3 Sportback, A3 Sedan e Q3. Mas a versão esportiva do Polo anda mais. 

Com seus 1.214 kg, o hatch vai de 0 a 100 km/h em 8,4 segundos, chegando até 207 km/h de velocidade máxima. Só para efeito de comparação, o A3 Sedan leva 1 segundo a mais para chegar aos 100 km/h.

Os preços, porém, assustam um pouco, já que o Polo GTS não oferece nada que a versão topo de linha 1.0 TSI não tenha. Mesmo assim, a VW cobra absurdos R$ 143.220 pelo esportivo.

1.5 – Mercedes-Benz C200 AMG Line (204 cv) – 30,6 kgfm de torque

Com 204 cv de potência, o novo Mercedes-Benz C200 AMG Line aparece como o modelo 1.5 com maior torque em nosso país: 30,6 kgfm a 1.800 rpm.

Depois aparece o Chevrolet Equinox, que renovou seu visual, mas continua com o mesmo motor 1.5 de 172 cv e 27,8 kgfm, sendo vendido em duas versões no mercado brasileiro. Seguindo a lista, e incluindo alguns que já saíram de linha, você ainda encontra XC40 R-Design Hybrid, Eclipse Cross, CR-V, Civic e HR-V Touring, BMW X2 e MINI Cooper.

Na versão destacada aqui, o C200 AMG Line é vendido por R$ 348.900.

1.6 – Chery Tiggo 8 e Tiggo 7 Pro (187 cv) – 28 kgfm de torque

Desbancando o Hyundai New Tucson GDI Turbo, agora os modelos com motor 1.6 com maior torque no Brasil vem da Chery, com a dupla de SUVs Tiggo 8 e Tiggo 7 Pro.

O primeiro, que é maior e leva 7 ocupantes, é vendido apenas na versão TXS por aqui, e ele vem com motor 1.6 turbo de 187 cv e 28 kgfm de torque, associado ao câmbio automático de sete velocidades.

Sua lista inclui ar-condicionado automático dual zone com tela sensível ao toque de 8 polegadas, carregador de celular wireless, freio eletrônico com Auto Hold, central multimídia com tela de 10,25 polegadas e câmera de 360 graus, entre outros. O preço inicial é de R$ 201.990.

Já o Tiggo 7 Pro, lançado posteriormente, vem com o mesmo conjunto mecânico e uma lista parecida de itens de série (um pouco mais enxuta). Seu preço, porém, é menor: R$ 191.990.

1.8 – Chevrolet Spin (111 cv) – 17,7 kgfm de torque

 

Depois da saída do Fiat Cronos e de outros modelos 1.8, o Chevrolet Spin foi um dos poucos que restou em nosso mercado com essa motorização. Assim, ele aparece aqui como o 1.8 com mais torque.

Seu motor entrega até 111 cv e 17,7 kgfm de torque, sempre ligado ao câmbio automático de 6 marchas. Atualmente vendido nas versões LS, Activ 5, Premier e Activ 7, ele custa entre R$ 99.670 e R$ 122.940.

De série, a minivan traz controle de tração e estabilidade, assistente de partida em rampa, rodas aro 15, ar-condicionado, direção elétrica, entre outros. Para ter 7 lugares, é necessário optar pelas versões mais caras.

2.0 – Mercedes-Benz A45 S AMG e CLA 45 S AMG (421 cv) – 51 kgfm de torque

O Mercedes-Benz A45 AMG S é o modelo 2.0 com o maior torque no mercado brasileiro. O hatch esportivo supera inclusive os modelos a diesel, que costumam ter muito torque, entregando 421 cv e ótimos 51 kgfm de torque, exatamente o mesmo que seu irmão CLA 45 S AMG.

Muito divertido nas pistas e bem equipado, o hatch alemão custa R$ 526.900, enquanto o CLA mais forte não sai por menos de R$ 542.900.

Confira outros modelos 2.0 com mais torque:

– Mercedes-Benz CLA 45 S AMG (421 cv) – 51 kgfm de torque

– MINI John Cooper Works (231 cv) – 32,6 kgfm de torque

– BMW 135i M xDrive (306 cv) – 45,9 kgfm de torque

– BMW X2 M35i (302 cv) – 45,9 kgfm de torque

– BMW M235i (326 cv) – 45,9 kgfm de torque

– Fiat Toro 2.0 turbodiesel (170 cv) – 35,7 kgfm de torque

– Toyota Corolla 2.0 GLi (177 cv) – 21,4 kgfm de torque

– Honda Civic Sport (150 cv) – 19,3 kgfm de torque

2.2 – Ford Ranger (160 cv) – 39,3 kgfm de torque

Resultado de imagem para Ford Ranger notícias automotivas

A Ford Ranger é o veículo 2.2 com mais torque do Brasil, com 160 cv e 39,3 kgfm de torque, deixando para trás Mercedes Benz Sprinter (146cv e 33,7 kgfm) e Mitsubishi Outlander GT (240 cv e 31 kgfm).

Com direção elétrica, câmbio automático de 6 marchas, freios à disco com dois discos ventilados, airbag, alarme, distribuição eletrônica de frenagem e muito mais. Ela é vendida em 9 versões, sendo que 5 delas tem esse motor 2.2 e partem de R$ 223.390.

As opções mais caras da picape da Ford usam o propulsor 3.2 diesel, de 200 cv e 47,9 kgfm, custando a partir de R$ 267.390.

2.3 – Nissan Frontier Attack 4×4 (190 cv) – 45,9 kgfm de torque

Com 190 cv de potência e 45,9 kgfm de torque a 2.500 rpm, o Nissan Frontier segue na liderança dos 2.3, deixando para trás a Mitsubishi Outlander DI-D 4WD.

Seus concorrentes são: Chevrolet S10, Toyota Hilux SRX 2024, Ford Ranger Limited, e Mitsubishi L200 Triton.

A Nissan Frontier é vendida em seis versões, a partir de R$ 238.290, mas lembrando que a opção de entrada entrega apenas 163 cv e 43,3 kgfm do mesmo motor.

2.4 – Mitsubishi L200 Triton Sport (190 cv) – 43,9 kgfm de torque

mitsubishi l200 triton 2021 1

Numa faixa com bem menos opções, a L200 Triton Sport é o veículo 2.4 com mais torque em nosso mercado. Seu propulsor diesel entrega 190 cv e 43,9 kgfm de torque, sendo sempre associado ao câmbio automático de seis marchas.

A renovada picape ganhou um visual bem mais moderno, novos equipamentos de conforto e ficou mais segura, mas os preços também subiram bastante. Vendida em três versões, atualmente ela é oferecida entre R$ 261.990 e R$ 314.990.

2.5 – Audi RS Q3 (400 cv) – 48,9 kgfm de torque

Com motor 2.5 litros de 400 cv e 48,9 kgfm de torque, o Audi RS Q3 aparece como o dono do maior torque nessa categoria. Junto aparecem outros modelos da marca com o mesmo conjunto mecânico, como RS Q3 Sportback e TT RS.

Fazendo 4,5 segundos de 0 a 100 km/h e com máxima de 250 km/h, o RS Q3 é vendido no Brasil a partir de R$ 665.990.

2.8 – Toyota Hilux (224 cv) – 55 kgfm de torque

hilux gr sport 1

Na lista dos 2.8, a Toyota Hilux renovou sua motorização e desbancou a dupla da Chevrolet, que antes emplacava a S10 e a TrailBlazer com seus 51 kgfm de torque. Agora, o primeiro lugar é da japonesa, com 224 cv e 55 kgfm.

O modelo vem com câmbio automático de 6 marchas e tração integral temporária, sendo vendida com esses números apenas na versão GR-Sport, que custa salgados R$ 354.790.

Além do visual diferenciado, ela vem com rodas aro 17, luzes em LED, acabamento em couro, A/C digital dual zone, 7 airbags, banco do motorista com ajustes elétricos, ACC, multimídia de 8 polegadas e pacote de assistência ao condutor.

3.0 – Mercedes-Benz GLE 400 d e GLE Coupé 400 d (330 cv) – 71,4 kgfm de torque

Aqui já chegamos em outro patamar de potência, torque e, é claro, também de preço. Na casa dos motores de 3,o litros, os donos do maior torque são da Mercedes-Benz: GLE 400 d e GLE Coupé 400 d.

A dupla alemã tem motor 3.0 diesel com 330 cv e 71,4 kgfm de torque, chegando aos 100 km/h em 5,8 e 5,7 segundos, respectivamente.

Para ter toda essa diversão (e luxo) em sua garagem, prepare seu bolso: o SUV custa R$ 707.900, enquanto o cupê não sai por menos de R$ 746.900.

Confira abaixo outros modelos com motor 3.0 e muito torque:

– Land Rover Range Rover Sport SDV6 (306 cv) – 71,4 kgfm de torque

– BMW X5 xDrive30d (265 cv) – 63,2 kgfm de torque

– Land Rover Range Rover Vogue TDV6 (258 cv) – 61,2 kgfm de torque

– Volkswagen Amarok 3.0 V6 (258 cv) – 59,1 kgfm de torque

3.2 Ford Ranger TD (200 cv) – 47,9 kgfm de torque

A Ford Ranger volta a aparecer na nossa lista, mas agora entre os modelos 3.2.

Com motorização de 200 cv e 47,9 kgfm de torque, ela oferece airbag, distribuição eletrônica de frenagem, freios ABS, volante com regulagem de altura, retrovisores elétricos, direção elétrica, travas elétricas, ar-condicionado, câmbio automático, piloto automático, direção hidráulica e tração 4×4.

A Ford disponibiliza as versões a partir de R$ 267.390. A Mitsubishi também lidera nos modelos com o maior kgfm de torque com a Pajero HPE, L200 Triton Outdoor e Pajero DI-D HD 4WD, alguns já fora de linha.

3.3 – Kia Stinger GT V6 (370 cv) – 52 kgfm de torque

Kia Stinger GT 2019 1

O esportivo Kia Stinger GT tem motor 3.3 V6 biturbo de 24 válvulas, com 370 cv a 6.000 rpm e 52 kgfm de torque a 1.300 rpm. No Brasil, ele é vendido por R$ 405.000, o que ajuda a explica o motivo de ser tão raro nas ruas.

3.5 – Kia Carnival V6 (272 cv) – 33,2 kgfm de torque

Renovada no Brasil, a minivan Carnival é superlativa em diversos sentidos, sendo um ótimo veículo para quem precisa de muito espaço e conforto. É claro que isso exige a disposição de pagar R$ 534.990 pelo modelo.

Debaixo de seu capô, ela oferece o motor 3.5 V6 de 272 cv e 33,2 kgfm de torque, acoplado ao câmbio automático de oito velocidades.

3.7 – Porsche 911 Turbo S (650 cv) – 81,6 kgfm de torque

porsche 911 turbo s 2020 1

O novo Porsche 911 Turbo S é elogiado por praticamente todos que tem a oportunidade de testá-lo. Com motor 3.7 de 650 cv e 81,6 kgfm de torque, o esportivo alemão acelera de 0 a 100 km/h em absurdos 2,7 segundos e chega a 330 km/h.

O valor inicial é de R$ 1.679.000, enquanto a marca ainda oferece a versão Cabriolet com o mesmo conjunto por R$ 1.729.000.

3.8 – McLaren 540C V8 540 cv – 55 kgfm de torque

Lançado recentemente, o McLaren 540C tem motor 3.8 V8 de 540 cv e, o que realmente conta para essa lista, 55 kgfm de torque, com transmissão automática de sete velocidades.

O desempenho é digno de um superesportivo, levando apenas 3,5 segundos para chegar aos 100 km/h e com máxima de 320 km/h. O preço é de R$ 2,2 milhões.

4.0 – Porsche Cayenne Turbo GT (640 cv) – 86,7 kgfm de torque

E o nosso campeão dos 4.0 é o Porsche Cayenne Turbo GT, que disponibiliza 640 cv e 86,7 kgfm de torque. O modelo vai de 0 a 100 km/h em apenas 3,3 segundos. Ele ainda oferece câmbio automático com modo manual de 8 marchas.

No Brasil, esse modelo é vendido por R$ 1.325.165.

4.4 – BMW X6 M Competition (625 cv) – 76,5 kgfm de torque

bmw x6 m competition 2022 1

O grandalhão X7 era o modelo com mais torque nessa faixa de motorização, mas ele não aparece mais no site da BMW. Com isso, o modelo 4.4 com mais torque atualmente é outro da mesma marca, o X6 M Competition.

Aqui estamos falando de um esportivo com 625 cv e 76,5 kgfm de torque, associado ao câmbio automático de 8 marchas e com tração integral permanente. Ele consegue chegar aos 100 km/h em 3,8 segundos, com máxima de 290 km/h.

Gostou? Então prepare-se para gastar R$ 1.075.950 para colocá-lo em sua garagem.

5.0 – Jaguar F-Pace SVR V8 (550 cv) – 71,4 kgfm de torque

Se você quer um modelo potente e com um motor ainda maior, o Jaguar F-Pace SVR é o que temos de melhor para oferecer nessa lista.

Sua versão esportiva conta com motor 5.0 V8 de 550 cv e 71,4 kgfm, que impulsionam o inglês até os 100 km/h em apenas 4 segundos, antes de atingir a máxima de 286 km/h.

Mesmo sendo bem mais caro que a maioria dos SUVs por aí, o F-Pace SVR custa menos que seus concorrentes alemães, sendo vendido por R$ 800 mil.

Modelos com mais torque acima de 5.0:

  • RAM 1500 Rebel 5.7 V8 (400 cv) – 56,7 kgfm de torque
  • RAM 2500 Laramie 6.7 Diesel (365 cv) – 110,7 kgfm de torque
google news2 Quer receber todas as nossas notícias em tempo real?
Acesse nossos exclusivos: Canal do Whatsapp e Canal do Telegram!

O que você achou disso?

Toque nas estrelas!

Média da classificação / 5. Número de votos:

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.


Últimas Notícias



Autor: Darlan Helder

Natural de São Paulo, é jornalista e fotógrafo. Escreve na internet sobre o universo automotivo desde 2011