Nada de elétricos: Toyota diz que vai usar motor a combustão por quanto tempo for possível

toyota corolla cross h2 1
toyota corolla cross h2 1

Novamente a Toyota saiu em defesa do motor a combustão. A montadora japonesa, assim como a fabricante de carros elétricos Rimac, dona da Bugatti, não vê motivos para o fim do propulsor de combustão interna e promete produzi-lo por muito tempo.

A Toyota utilizará o motor a combustão no futuro e defende que o problema não é ele e sim o CO² produzido pela queima do combustível de origem fóssil, como gasolina e diesel, por exemplo.

hilux h2 powertrain 3
hilux h2 powertrain 3

Tomoya Takahashi, diretor da Gazoo Racing, revelou que a Toyota planeja manter os motores a combustão em carros de performance no futuro, que seria o caminho para manter os motores com pistão em produção.

Takahashi disse à australiana Carsales : “[GR] é uma marca apaixonada, por isso queremos usar motores de combustão interna tanto quanto possível. Não é o motor que é ruim, é o carbono que é ruim”. 

hilux h2 powertrain 1
hilux h2 powertrain 1

O executivo afirmou: “Ao utilizar tecnologia híbrida podemos reduzir as emissões de carbono ou utilizar um combustível neutro em carbono – e-combustível ou biocombustível”.

Como se sabe, a Toyota testa a tecnologia para queimar hidrogênio no lugar de usá-lo como reagente em células de combustível. O processo seria basicamente o mesmo dos polêmicos HHO e HH2, que poucos se atrevem a comentar.

A ideia é queimar o hidrogênio gasoso como se faz com o GNV ou GLP, por exemplo, permitindo que assim os motores a combustão sejam limpos e continuem sua trajetória centenária nos próximos anos.

gr yaris hydrogen 1
gr yaris hydrogen 1

Com o carbono neutro alcançado, não haveria motivos para finalizar os motores de ciclo Otto, porém, com o hidrogênio, os desafios são muitos, como os de emissões excessivas de óxido de nitrogênio e o armazenamento do hidrogênio.

Sobre os carros de alto desempenho, a Toyota ainda não sabe se motores abastecidos com hidrogênio serão adequados para as pistas, por motivos de segurança.

O uso de combustíveis alternativos, como os sintéticos, já usados pela Porsche até aqui no Brasil, também auxiliarão no processo.

google news2Quer receber todas as nossas notícias em tempo real?
Acesse nossos exclusivos: Canal do Whatsapp e Canal do Telegram!

O que você achou disso?

Toque nas estrelas!

Média da classificação / 5. Número de votos:

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.


Últimas Notícias



unnamed
Autor: Ricardo de Oliveira

Com experiência de 27 anos, há 16 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz testes e avaliações. Suas redes sociais: Instagram, Facebook, X