Top 10: Carros mais econômicos do Brasil (2022)

Quais são os carros mais econômicos do Brasil em 2022?


Com a alta no preço dos combustíveis, essa tem sido uma pergunta cada vez mais importante para os brasileiros, especialmente na hora de decidir qual carro colocar na garagem.

Pensando em economizar gasolina, etanol ou diesel, existem diversos procedimentos que podem ser realizados durante a condução, e eles realmente fazem diferença no final do mês.

No entanto, uma das medidas mais interessantes é escolher um carro popular mais econômico e barato – isso se você estiver em busca de um modelo novo para a sua garagem, é claro.

No segmento de carros populares, as montadoras estão priorizando cada vez mais os conjuntos mecânicos que consomem menos, o que significa adotar motores mais modernos e eficientes, resultando em carros mais econômicos.

Para te ajudar nessa escolha, fizemos uma nova lista com os 10 carros populares mais econômicos de 2022, seguindo a tabela do Inmetro. Para isso, usamos o consumo urbano com gasolina como principal parâmetro.

Levando em conta que o consumo não é o único fator a ser levado em conta na compra, colocamos também o preço de cada versão. Confira!

Veja também: Os carros 1.8 mais econômicos do Brasil

Veja também: Top 10: carros diesel mais econômicos do Brasil (2021)

Confira as mais de 150 listas Top 10 que temos no nosso site!

Veja também: TOP 10: Os sedãs médios mais econômicos do Brasil

Carros mais econômicos do mercado:

1) Renault Kwid 1.0 – 14,9 km/l e 15,6 km/l

Carros mais econômicos

Um dos últimos grandes lançamentos da Renault por aqui, o Renault Kwid é o carro mais econômico do país. Ele consegue fazer 10,3 km/l na cidade e 10,8 km/l na estrada com etanol e 14,9 km/l e 15,6 km/l, respectivamente, com gasolina, com notas “A” na comparação relativa na categoria e “B” na comparação absoluta geral.

O subcompacto usa um motor 1.0 litro flex de três cilindros, capaz de desenvolver até 70 cv e 9,8 kgfm, com câmbio manual de cinco velocidades. Ele alcança os 100 km/h em 14,7 segundos e máxima de 156 km/h.

Vale lembrar que os números acima ainda são referentes ao modelo antes de sua reestilização, quando o motor ficou ligeiramente mais forte, pois a avaliação do Inmetro ainda não incluiu essa novidade.

Confira os preços (modelo novo):

  • Kwid Zen 1.0 – R$ 62.790
  • Kwid Intense 1.0 – R$ 66.490
  • Kwid Outsider 1.0 – R$ 69.990

2) Chevrolet Onix Plus 1.0 – 14,3 km/l e 17,7 km/l

chevrolet onix plus lt

Carros mais econômicos

O segundo modelo mais econômico do país é o Chevrolet Onix Plus, que apresenta médias excelentes com seu motor 1.0 de 82 cv e 10,6 kgfm de torque, associado ao câmbio manual de 6 marchas.

Suas médias com etanol são de 10,1 km/l na cidade e 12,5 km/l na estrada, mas é com gasolina que o modelo surpreende: 14,3 km/l nos trechos urbanos e 17,7 km/l nos rodoviários, apresentando números dignos de um modelo híbrido.

O Onix Plus está no seleto grupo de modelos que tem nota “A” em sua categoria e B no geral. Ele ainda conta com o selo Conpet.

Confira o preço (as outras versões usam o motor 1.o turbo, com médias inferiores):

  • Onix Plus LT 1.0 – R$ 80.610

3) Chevrolet Onix 1.0 – 13,9 km/l e 16,7 km/l

Carros mais econômicos

O novo Onix tem seu novo motor turbo como um dos principais atrativos, mas é a versão de entrada que se coloca como um dos carros mais econômicos do país.

O popular de entrada da Chevrolet (na nova família e no geral, pois o Joy saiu de linha) tem motor 1.0 de 78/82 cv e 9,6/10,6 kgfm de torque, com câmbio manual de seis marchas.

Seu consumo urbano é de 9,9 km/l com etanol e 13,9 km/l com gasolina, enquanto na estrada ele tem médias de 11,7 km/l com álcool e 16,7 km/l com gasolina. Tudo isso rende nota “A” na categoria e B no geral, além do selo Conpet de eficiência energética.

Confira seus preços:

  • Onix MT 1.0 – R$ 73.820
  • Onix LT 1.0 – R$ 76.460

4) Fiat Argo 1.0 – 13,9 km/l e 15,1 km/l

Carros mais econômicos

Hatch mais moderno da Fiat no Brasil, o Argo 1.0 é o quarto popular mais econômico disponível em nosso país. Ele voltou a ter uma posição boa, depois de ter caído em nosso lista quando perdeu o sistema start/stop.

O motor é o Firefly 1.0, que vem com 3 cilindros e entrega 72/77 cv e 10,4/10,9 kgfm de torque, ligado à transmissão manual de cinco marchas.

Com esse conjunto, ele tem consumo de 9,8 km/l na cidade e 10,7 km/l na estrada com etanol e 13,9 km/l e 15,1 km/l, respectivamente, com gasolina, com notas “A” na comparação relativa na categoria, “B” na comparação absoluta geral e selo Conpet de eficiência energética.

O Fiat Argo 1.0 vai de 0 a 100 km/h em 13,4 s e tem máxima de 162 km/h.

Confira sua tabela:

  • Argo 1.0 – R$ 72.990
  • Argo Drive 1.0 – R$ 76.990

5) Hyundai HB20S – 13,6 km/l e 16 km/l

Carros mais econômicos

A quinta posição é do Hyundai HB20S, que oferece números bem animadores em seu consumo quando a versão escolhida tem o motor 1.0 turbo. Esse conjunto entrega 120 cv e 17,8 kgfm, sendo ligado ao câmbio manual ou automático de seis marchas.

Além do desempenho mais empolgante, mesmo para um sedã de 1.015 kg, o consumo também agrada. Com etanol, o HB20S faz 9,8 km/l na cidade e 11,6 km/l na estrada, enquanto que abastecido com gasolina ele chega a 13,6 km/l e 16 km/l, respectivamente.

Tudo isso o faz ter nota “A” em sua categoria e “B” no geral, o que é muito bom quando percebemos que o Inmetro dá nota “A” no geral apenas para modelos elétricos ou híbridos.

Veja os preços atuais:

  • HB20S Vision 1.0 Turbo AT – R$ 94.990
  • HB20S Platinum 1.0 Turbo MT – R$ 95.390
  • HB20S Platinum 1.0 Turbo AT – R$ 100.890
  • HB20S Platinum Plus 1.0 Turbo AT – R$ 108.390

6) Renault Logan 1.0 – 13,6 km/l e 14,2 km/l

Carros mais econômicos

Assim como seu irmão hatch, o Logan 1.0 também ajuda os motoristas que querem economizar. Seus números são ainda melhores que o Sandero, mesmo com o peso maior, o que o torna uma boa opção.

Na cidade, o Logan apresenta médias de 9,3 km/l com etanol e 13,6 km/l com gasolina, enquanto na estrada esses números ficam em 10 km/l e 14,2 km/l, respectivamente. O conjunto é o mesmo do Sandero, com motor 1.0 12V de 79/82 cv e 10,2/10,5 kgfm, com câmbio manual de cinco marchas.

Esses números renderam nota “B” em sua categoria e nota “B” no geral, além do selo Conpet.

Confira seus preços:

  • Logan Zen 1.0 – R$ 87.890

7) Volkswagen Voyage 1.0 – 13,4 km/l e 15,6 km/l

Carros mais econômicos

A VW emplaca apenas dois modelos em nossa lista dos populares mais econômicos, mostrando que precisa renovar seus motores. Um deles é o Voyage, que tem o propulsor 1.0 de 84 cv e 10,4 kgfm, com câmbio manual de 5 marchas.

Nessa configuração, o modelo tem consumo urbano de 8,9 km/l com álcool e 13,4 km/l com gasolina. Já na estrada, ele faz 10,6 km/l com etanol e 15,6 km/l com gasolina. Vale lembrar que esses são os números da versão com rodas de 14 polegadas, sendo que com as rodas aro 15 o consumo fica um pouco pior.

De qualquer forma, o Voyage conseguiu nota “A” em sua categoria e ainda tem o selo Conpet, mas apenas nota “B” no geral.

Confira sua tabela:

  • Voyage 1.0 – R$ 85.770

8) Hyundai HB20 1.0 – 13,3 km/l e 14,9 km/l

Carros mais econômicos

A oitava posição em nossa lista é novamente da Hyundai, dessa vez com seu modelo mais vendido por aqui. O HB20 1.0 consegue médias com etanol de 9,5 km/l na cidade e 10,5 km/l na estrada, enquanto que a gasolina o faz chegar a 13,3 km/l e 14,9 km/l, respectivamente.

Esses números garantem nota “A” em sua categoria, enquanto no geral ele fica com nota “B”. Assim como seu irmão sedã, o HB20 vem com motor 1.0 de 80 cv e 10,2 kgfm, ligado ao câmbio manual de cinco marchas.

Confira seus preços com esse conjunto:

  • HB20 Sense 1.0 MT – R$ 70.990
  • HB20 Vision 1.0 MT – R$ 74.090
  • HB20 Evolution 1.0 MT – R$ 78.390

9) Volkswagen Gol 1.0 – 13,3 km/l e 14,4 km/l

Quem diria que o Volkswagen Gol continuaria entre os carros mais vendidos do país, e ainda com a vantagem de estar entre os mais econômicos? Mesmo assim, não podemos negar que o hatch precisa de uma renovação geral.

A única versão vendida pela marca, depois que seus motores 1.6 8V saíram de linha, é a de entrada. Ela vem com motor 1.0 de 75/84 cv e 9,6/10,4 kgfm de torque, ligado sempre ao câmbio manual de cinco marchas.

Com esse conjunto, o veterano Gol tem médias urbanas de 9,1 km/l com etanol e 13,3 km/l com gasolina, enquanto que na estrada ele faz 10,1 km/l e 14,4 km/l, respectivamente. Isso lhe rendeu nota A na categoria e B no geral.

Veja seu preço atual:

  • Gol 1.0 MT – R$ 74.150

10) Renault Sandero 1.0 – 13,3 km/l e 14,1 km/l

Carros mais econômicos

Vendido apenas com o motor 1.0, o Renault Sandero piorou bastante suas médias nos últimos testes do Inmetro. Com etanol, ele faz 9,1 km/l na cidade e 9,7 km/l na estrada, enquanto que com gasolina as médias são de 13,3 km/l e 14,1 km/l, respectivamente.

Veja aqui: Sandero 1.0 x Gol 1.0 (você ficaria com qual deles?)

Mesmo assim ele é bem eficiente na cidade, sendo uma ótima opção para quem quer economizar. Ele vem com o mesmo propulsor 1.0 de 82 cv e 10,5 kgfm de torque do Logan, aliado ao câmbio manual de cinco marchas.

No teste do Inmetro, o Sandero ganhou nota “A” em sua categoria e nota “B” no geral, e ainda ostenta o selo Conpet de eficiência energética.

Veja seu preço:

  • Sandero S Edition 1.0 – R$ 80.790

Carros mais econômicos do Brasil

Consumo (gasolina) em km/l
PosiçãoModeloCidadeEstrada
1Renault Kwid 1.014,915,6
2Chevrolet Onix Plus 1.014,317,7
3Chevrolet Onix 1.013,916,7
4Fiat Argo 1.013,915,1
5Hyundai HB20S 1.013,616,0
6Renault Logan 1.013,614,2
7Volkswagen Voyage 1.013,415,6
8Hyundai HB20 1.013,314,9
9Volkswagen Gol 1.013,314,4
10Renault Sandero 1.013,314,1

Autor: Leonardo Andrade

Leonardo atua no segmento automotivo há quase nove anos. Tem experiência/formação em administração de empresas, marketing digital e inbound marketing. Já foi colaborador em mais de sete portais do Brasil. Fissurado por carros, em especial pelo mercado e por essa transformação que o mundo automotivo está vivendo.