*Destaque Listas Top 10 Mercado

Top 10: carros 1.8 mais econômicos

Top 10: carros 1.8 mais econômicos

Sobretudo com a popularização do downsizing entre motores mais modernos, os automóveis com propulsores 1.8 litro estão cada vez mais escassos no mercado. No Brasil principalmente. Por aqui o número de veículos equipados com motores com esta litragem não chega nem a duas dezenas – o nosso mercado é mais acostumado com automóveis dotados de unidades 1.0, 1.6 e 2.0, além de outras variações comuns em modelos maiores.


Além disso, boa parte dos propulsores 1.8 litro oferecidos por aqui não contam com uma concepção tão moderna. O 1.8 SPE/4 da Chevrolet, usado no sedã Cobalt e na minivan Spin, por exemplo, tem arquitetura que deriva de carros da década de 1990. O mesmo acontece com o 1.8 E.torQ da FCA, encontrado em modelos como Fiat Strada, Weekend e Toro e também o Jeep Renegade, foi projetado na década de 1990.

Isso acaba influenciando diretamente na eficiência do conjunto, sobretudo no consumo, embora as fabricantes tenham promovido constantes alterações para tornar os exemplares mais econômicos. Por outro lado, há motores mais modernos, como o 1.8 i-VTEC da Honda, o 1.8 TFSI da Audi e o 1.8 Dual VVT-i da Toyota.

Você sabe quais são os carros 1.8 mais econômicos do Brasil? Confira:


1) Chevrolet Cobalt 1.8 MT –12,1 km/l e 15,1 km/l

Top 10: carros 1.8 mais econômicos

Embora ainda ofereça um motor de concepção antiga, a Chevrolet realizou um bom trabalho no 1.8 do Cobalt. Em sua mais recente versão, esta unidade consegue proporcionar consumo de 8,3 km/l na cidade e 10,4 km/l na estrada com etanol e 12,1 km/l e 15,1 km/l, respectivamente, com gasolina, de acordo com dados do Inmetro.

O motor usado no Chevrolet Cobalt consegue desenvolver 106 cavalos de potência com gasolina e 111 cv com etanol, a 5.200 rpm, e torque de 16,8 e 17,7 kgfm, respectivamente, a 2.600 rpm. O modelo oferece uma transmissão manual ou automática, ambas de seis velocidades. Seus preços partem de R$ 65.290.

2) Fiat Argo 1.8 MT – 11,5 km/l e 13,8 km/l

Top 10: carros 1.8 mais econômicos

Recém-lançado no mercado brasileiro, o Fiat Argo oferece o motor 1.8 litro E.torQ flex de quatro cilindros nas versões topo de linha Precision e HGT. No caso deste modelo, há uma transmissão manual de cinco velocidades – há também a opção de uma caixa automática de seis marchas. O consumo do carro é de 8 km/l na cidade e 9,6 km/l na estrada com etanol e 11,5 km/l e 13,8 km/l, respectivamente, com gasolina.

Este propulsor é capaz de entregar potência de 135 cv quando abastecido com gasolina e 139 cv com etanol, a 5.750 rpm, enquanto o torque é de 18,7 kgfm e 19,2 kgfm, respectivamente, a 3.750 rpm. A versão mais em conta do Fiat Argo com motor 1.8 flex parte de R$ 61,8 mil.

3) Chevrolet Spin 1.8 MT – 11,8 km/l e 13,7 km/l

Top 10: carros 1.8 mais econômicos

Dotada do mesmo motor do Cobalt, a minivan Chevrolet Spin se posiciona em terceiro lugar neste ranking. O modelo em sua versão de entrada com transmissão manual de seis marchas traz a unidade capaz de entregar até 111 cv e 17,7 kgfm.

O Inmetro diz que o Chevrolet Spin tem consumo de 8,1 km/l na cidade e 9,4 km/l na estrada com etanol e 11,8 km/l e 13,7 km/l, respectivamente, com gasolina. O preço inicial da minivan da Chevrolet é de R$ 60.840.

4) Toyota Corolla 1.8 CVT – 11,4 km/l e 13,2 km/l

Top 10: carros 1.8 mais econômicos

Atual sedã médio mais vendido no mercado brasileiro e um dos modelos que ocupam o top 10 no ranking de vendas, o Toyota Corolla oferece o motor 1.8 litro VVT-i flex na versão de entrada GLi, que parte de R$ 92.690. O propulsor do carro tem potência de 139 cavalos com gasolina e 144 cv com etanol, a 6.000 rpm, e torque de 17,7 e 18,6 kgfm, respectivamente, a 4.800 rpm. Ele traz uma transmissão automática do tipo CVT que simula sete marchas.

Quanto ao consumo, o Toyota Corolla na versão GLi com motor 1.8 entrega 7,8 km/l na cidade e 9,2 km/l na estrada com etanol e 11,4 km/l e 13,2 km/l, respectivamente, com gasolina.

5) Audi A1 Sportback 1.8 TFSI AT – 10,7 km/l e 13,1 km/l

Top 10: carros 1.8 mais econômicos

Em quinto lugar aparece o único modelo com um moto 1.8 litro turbo (os demais são aspirados). O Audi A1 Sportback em sua versão topo de linha conta com uma unidade TFSI de quatro cilindros a gasolina, que dispõe de turbocompressor e injeção direta de combustível. São 192 cavalos de potência, a 5.400 rpm, e 25,5 kgfm de torque, entre 1.250 e 5.300 rpm, com um câmbio S tronic de sete velocidades e dupla embreagem.

O hatch compacto premium conta com consumo de 10,7 km/l na cidade e 13,1 km/l na estrada. Para levar um exemplar do A1 Sportback na versão Ambition com o motor 1.8 TFSI, você precisa desembolsar R$ 128.990.

6) Honda HR-V 1.8 CVT – 11 km/l e 12,3 km/l

Top 10: carros 1.8 mais econômicos

O primeiro crossover a ocupar uma posição neste ranking é o Honda HR-V, que inclusive é o carro que mais vende na categoria dos utilitários-esportivos compactos. O modelo oferece um motor 1.8 litro i-VTEC flex de quatro cilindros, com 139 cv com gasolina e 140 cv com etanol, a 6.300 rpm, e torque de 17,3 e 17,4 kgfm, respectivamente, a 4.800 rpm, acoplado a um câmbio automático do tipo CVT com sete marchas simuladas – há ainda a opção de transmissão manual de seis marchas, que é mais “gastona”.

Com este aparato, o Honda HR-V 1.8 CVT consegue entregar consumo de 7,7 km/l na cidade e 8,6 km/l na estrada com etanol e 11 km/l e 12,3 km/l, respectivamente, com gasolina. A versão mais em conta do carro com o câmbio automático tem preço de R$ 87,9 mil.

7) Jeep Renegade 1.8 MT – 10,6 km/l e 11,2 km/l

Top 10: carros 1.8 mais econômicos

Outro utilitário-esportivo de porte compacto é o Jeep Renegade. A exemplo do Argo, este modelo oferece o motor 1.8 litro E.torQ flex de quatro cilindros, que rende os mesmos 139 cavalos de potência máxima e 19,3 kgfm de torque máximo. O modelo em questão oferece um câmbio manual de seis velocidades – há também uma transmissão automática de seis marchas.

O Renegade 1.8 MT tem consumo de combustível de 7,3 km/l na cidade e 7,6 km/l na estrada com etanol e 10,6 km/l e 11,2 km/l, respectivamente, com gasolina. O preço do Jeep Renegade 1.8 MT é de a partir de R$ 74.490.

8) Fiat Weekend 1.8 MT – 9,7 km/l e 11,1 km/l

Top 10: carros 1.8 mais econômicos

Embora tenha sido descontinuada, a Fiat Weekend ainda pode ser encontrada no mercado nacional. A perua oferece o motor 1.8 litro E.torQ flex, mas com 130 cv com gasolina e 132 com etanol, a 5.250 rpm, e 18,4 e 18,9 kgfm, respectivamente, a 4.500 rpm, com uma transmissão manual de cinco marchas. E o seu consumo de combustível não é lá essas coisas.

Conforme os dados do Inmetro, a Weekend 1.8 MT tem consumo de 6,8 km/l na cidade e 7,5 km/l na estrada com etanol e 9,7 km/l e 11,1 km/l, respectivamente, com gasolina. A versão Adventure, a única com este conjunto, parte de R$ 75.990.

9) Fiat Strada 1.8 MT – 9,6 km/l e 11 km/l

Top 10: carros 1.8 mais econômicos

Outro modelo da Fiat com motorização 1.8 E.torQ de até 132 cavalos é a picape compacta Fiat Strada, a mais vendida em sua categoria. Este propulsor (juntamente com um câmbio manual de cinco marchas) está disponível somente na versão topo de linha Adventure, que tem preço inicial de R$ 72.990.

O consumo do utilitário é de 6,7 km/l na cidade e 7,5 km/l na estrada com etanol e 9,6 km/l e 11 km/l, respectivamente, com gasolina.

10) Fiat Doblò 1.8 MT – 9,4 km/l e 10,2 km/l

Top 10: carros 1.8 mais econômicos

Por último, a minivan Fiat Doblò também conta com o 1.8 E.torQ de 132 cv, com transmissão manual de cinco marchas. Ela tem preço inicial de salgados R$ 82 mil.

Quanto ao consumo, a Doblò entrega 6,4 km/l na cidade e 7 km/l na estrada com etanol e 9,4 km/l e 10,2 km/l, respectivamente, com gasolina.

Top 10: carros 1.8 mais econômicos
Nota média 5 de 1 votos

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email