Top 10: os menores carros do Brasil (2022)

mobi 2022

Quais são os menores carros vendidos no Brasil? E qual é, especificamente, o menor carro do Brasil?

Hoje em dia, com o crescente aumento da frota de veículos no território nacional (principalmente nas grandes cidades), está cada vez mais difícil sair nas ruas a bordo de um automóvel sem se estressar, sobretudo se o seu exemplar ostentar dimensões avantajadas, o que dificulta na hora de encontrar uma vaga para estacionar.

Portanto, a solução é apelar para o precário sistema de transporte público ou substituir seu carro por um modelo bem menor.

O mercado brasileiro de automóveis dispõe de uma série de opções de carros bastante compactos, com preços que se iniciam na faixa dos R$ 60 mil, podendo ultrapassar os R$ 250 mil no caso dos carros das marcas premium.

Veja também: Os sedãs com os maiores porta-malas do Brasil

Confira abaixo uma lista dos dez menores carros à venda no país, levando em consideração o comprimento:

1) Fiat Mobi – 3,56 metros

fiat mobi like 2021


O menor carro do Brasil atualmente é o Fiat Mobi. O subcompacto tem apenas 3.566 mm de comprimento, 1.633 mm de largura e 1.490 mm de altura, com entre-eixos de 2.305 mm. O porta-malas também é bastante pequeno, com capacidade para 235 litros.

O Fiat Mobi tem preço inicial de R$ 60.990, podendo chegar a R$ 63.990 na versão mais completa (sem opcionais), sendo que todas usam o motor 1.0 Fire flex de quatro cilindros de até 75 cv e 9,9 kgfm, com câmbio manual de cinco marchas.

Veja também: Tudo sobre o Fiat Mobi

A versão de entrada oferece airbags frontais, ar-condicionado, direção hidráulica, freios ABS com EBD, follow me home, painel de instrumentos com tela digital de 3,5 polegadas, rodas de aço de 13 polegadas, tampa do porta-malas em vidro, entre outros.

Nascido fora do tempo, o Fiat Mobi foi um projeto para os anos de pujança do mercado nacional após a crise mundial. Com vendas em alta, a marca italiana apostou num subcompacto que venderia muito bem.

Porém, demorou demais para lançá-lo e, quando o fez, foi justamente quando havia retração e o cliente simplesmente sumiu das lojas. Assim, com marketing pesado e descontos à vontade, a marca conseguiu fazer o carrinho pegar no tranco em termos de vendas e hoje ele já anda com suas próprias rodas.

2) Fiat 500e – 3,63 metros

fiat 500e icon 2022

O segundo modelo mais curto em nosso mercado também é da Fiat, mas num segmento totalmente diferente do Mobi. Estamos falando do novo Fiat 500e, a versão elétrica do carrinho que fez certo sucesso no passado por aqui.

Confira as mais de 150 listas Top 10 que temos no nosso site!

Em relação ao 500 anterior, movido a combustão, agora temos um carro bem diferente. A começar pelo motor elétrico, que entrega 118 cv e 22,4 kgfm de torque, com autonomia de 320 km de sua bateria de 42 kWh.

Outra diferença está no preço, pois o 500e custa salgados R$ 255.990 em sua versão única Icon. Ele vem de série com seis airbags, A/C automático digital, bancos em couro, carregamento sem fio para smartphone, multimídia de 10,25 polegadas com Android Auto e Apple CarPlay sem fio, direção elétrica e câmera de ré.

A lista segue com controle de tração e estabilidade, Hill Holder, chave presencial, alerta de saída de faixa, monitoramento de ponto cego, park assist, piloto automático adaptativo, sensor crepuscular e de chuva, teto solar elétrico, rodas de 16 polegadas, entre outros.

Tudo isso vem num pacote bem enxuto, pelo menos no tamanho da carroceria, pois ele tem 3.632 mm de comprimento, 1.683 mm de largura, 1.527 mm de altura e 2.322 mm de entre-eixos, além de apenas 185 litros no porta-malas.

3) Suzuki Jimny Sierra e Jimny – 3,64 metros

jimny 2022 1

O Suzuki Jimny é o único carro desta lista sem vocação para ser um veículo de passeio. Nesse caso, a proposta do carrinho é off-road. O modelo da marca japonesa tem 3.645 mm de comprimento, 1.600 mm de largura (1.645 mm no caso do Sierra) e 1.705 mm de altura (1.725 mm), com distância entre-eixos de 2.250 mm.

O porta-malas também é bastante limitado, com capacidade para apenas 113 litros (ou 85 no caso do Sierra), enquanto o espaço interno é para quatro pessoas. Com preço inicial de R$ 110.990, o Jimny oferece um motor 1.3 litro a gasolina, que consegue entregar até 85 cv e 11,2 kgfm, com câmbio manual de cinco marchas e tração nas quatro rodas.

Nos itens de série, há airbags frontais, faróis e lanternas de neblina, sistema de som com MP3 player e AM/FM, retrovisores elétricos, rack de teto, ar-condicionado, entre outros. Focado inteiramente no fora de estrada, o jipinho japonês é feito em Catalão-GO, mas era feito em Itumbiara, uma cidade próxima.

Veja também: Tudo sobre o Suzuki Jimny e Jimny Sierra

Pequeno e versátil, ele manda bem no 4×4 e tem atributos que o tornam um aventureiro muito capaz, inclusive ganhando até versão para trabalhos em áreas rurais ou de difícil acesso.

O projeto nasceu nos anos 70, mas de lá para cá, evoluiu pouco, pois não se precisa de muito para atuar em seu segmento. Tanto é que a nova geração surgiu remetendo há décadas em termos de estilo, mas manteve a mecânica e o sistema de tração nas quatro rodas, embora agora com um pouco mais de tecnologia.

Hoje, o modelo convive com o novo Jimny Sierra, que tem preços começando em R$ 149.990.

4) JAC E-JS1 – 3,65 metros

jac e js1 7

O quarto colocado em nossa lista é outro modelo elétrico, o novo JAC E-JS1. Assim como o representante da Fiat, esse compacto aposta em medidas reduzidas para convencer que é uma boa aposta para o ambiente urbano.

Falando sobre essas medidas, o modelo da JAC tem 3.650 mm de comprimento, 1.670 mm de largura, 1.540 mm de altura e 2.390 mm de entre-eixos. Seu porta-malas também leva apenas o essencial, pois tem 121 litros.

Confira: Veja mais informações sobre o JAC E-JS1

Atualmente ele é vendido a partir de R$ 164.900, numa versão que vem com chave presencial, sensor de estacionamento, bancos em couro, ar-condicionado automático digital, multimídia de 10,25 polegadas, direção elétrica, controle de tração e estabilidade, piloto automático e apenas dois airbags.

Seu conjunto elétrico entrega 62 cv e 15,3 kgfm de torque, o que é suficiente para 302 km de autonomia.

5) Renault Kwid – 3,68 metros

renault kwid 2023 33

O Renault Kwid é o modelo mais recente no mercado, pois foi atualizado pela marca. Ele chegou ao Brasil tentando se firmar como o “SUV dos compactos”, mas todos nós sabemos que ele não é nada disso.

Se trata de um modelo subcompacto, como um Fiat Mobi ou Volkswagen up!, e isso fica evidente por suas medidas: 3.680 mm de comprimento, 1.579 mm de largura, 1.481 mm de altura e 2.423 mm de entre-eixos, com porta-malas de 290 litros.

Sua principal qualidade era o preço reduzido perante a concorrência, o que balançava o mercado brasileiro de carros populares. Sua motorização é 1.0 de três cilindros, com 68/71 cv e 9,4/10 kgfm de torque, respectivamente com gasolina e etanol, e ligado ao câmbio manual de cinco marchas.

Veja também: Tudo sobre o Renault Kwid

O Kwid tinha versões mais simples para conseguir entregar um preço menor (no lançamento, a versão de entrada custava R$ 29.990). Isso ficou para trás na linha atual, onde todos tem ar-condicionado, direção elétrica, quatro airbags, controle de tração e estabilidade, computador de bordo, assistente de partida em rampas e monitoramento de pressão dos pneus.

Com preços atualmente entre R$ 59.890 e R$ 67.690, o modelo nascido na Índia continua sendo uma boa opção entre os modelos mais baratos do país, num cenário onde os carros tem preços cada vez mais absurdos.

6) Fiat Uno – 3,820 metros

uno ciao 1

Além do Mobi, o Fiat Uno também faz parte do top 10 dos carros mais compactos do país. O modelo, que havia sido renovado com a adoção de motores mais modernos, mede 3.820 mm de comprimento, 1.636 mm de largura e 1.480 mm de altura, com distância entre-eixos de 2.376 mm. O porta-malas consegue levar até 280 litros.

O Uno estava disponível nas versões Attractive, Drive e Way, sendo as duas primeiras com motores 1.0 litro flex de três cilindros, de até 77 cv e 10,9 kgfm, e a última com um 1.3 litro flex de quatro cilindros, de até 109 cv e 14,2 kgfm.

Veja também: Tudo sobre o Fiat Uno

Depois de 37 anos de muita história em nosso país, porém, o Uno saiu de linha em dezembro de 2021. Atualmente, ele pode ser comprado apenas na versão especial de despedida Ciao, que custa salgados R$ 84.990.

Antes disso, a versão mais em conta do Uno partia de R$ 51.990 e oferecia airbags frontais, freios ABS com EBD, ar-condicionado, direção hidráulica, computador de bordo, vidros dianteiros elétricos com one touch e antiesmagamento, travas elétricas, rodas de aço de 14 polegadas com calotas, follow me home, entre outros.

Em sua segunda geração, o Fiat Uno se manteve como intermediário entre o Mobi e o Argo. O projeto atual já havia recebido uma atualização visual e mecânica, mas não resistiu ao tempo por aqui.

7) MINI Cooper – 3,821 metros

P90331362 highRes mini cooper 60 years

O primeiro modelo premium de nossa lista é o MINI Cooper, que se posiciona como o sétimo menor carro à venda no Brasil. Ele mede 3.821 mm de comprimento, 1.727 mm de largura, 1.414 de altura e tem entre-eixos de 2.495, além de um porta-malas de 211 litros.

As versões de entrada são vendidas com motor 1.5 turbo de 136 cv e 22,4 kgfm de torque, com câmbio automatizado de 7 marchas. Bem equipado, o modelo vem com rodas de 16 polegadas, volante multifuncional, piloto automático adaptativo, multimídia com tela de 6,5 polegadas, entre outros.

Atualmente, seus preços começam em R$ 229.990.

8) Volkswagen Gol – 3,89 metros

volkswagen gol 2021 3

A oitava posição tem o único modelo da Volkswagen em nossa lista, que recentemente tirou de linha outros carros compactos, como up! e Fox. Depois deles, quem diria, o longevo Gol 2022 se mantém por aqui.

O hatch tem 3.892 mm de comprimento, 1.656 mm de largura, 1.464 mm de altura e 2.467 mm de entre eixos (exatamente o mesmo do Fox), com porta-malas de 285 litros.

Atualmente, ele é vendido apenas na versão 1.0, que entrega 84 cv e 10,4 kgfm, com câmbio manual de cinco marchas. Ele vem de série com direção hidráulica, vidros elétricos dianteiros, ar-condicionado, banco do motorista com ajuste de altura, chave canivete, suporte para celular, travas elétricas, entre outros. Ele custa R$ 69.790.

Se você está sentindo falta do conhecido motor 1.6 de 104 cv, saiba que a VW tirou esse propulsor de linha no começo de 2022, por causa das emissões de poluentes.

9) Hyundai HB20 – 3,94 metros

Hyundai HB20 Diamond Plus

A penúltima posição em nossa lista é do Hyundai HB20 2022, que mede 3.940 mm de comprimento, 1.720 mm de largura, 1.470 mm de altura e 2.530 mm de entre-eixos, oferecendo ainda 300 litros no porta-malas.

O modelo 2022 conta com seis versões, com preços entre R$ 71.590 e R$ 106.090. Todas vem com quatro airbags, controle de tração e estabilidade, assistente de partida em rampas, ar-condicionado, direção elétrica, rádio com Bluetooth, entre outros.

Debaixo do capô, o HB20 segue com as opções 1.0 de 80 cv e 10,2 kgfm de torque e 1.0 turbo com 120 cv e 17,5 kgfm. O câmbio pode ser manual ou automático. O motor 1.6 já saiu de linha.

Confira também: HB20X sai do site da Hyundai

10) Fiat Argo – 3,99 metros

fiat argo s design 2022

Fechamos nossa lista com mais um modelo da Fiat, mostrando que os 10 carros mais curtos em nosso mercado ficam sempre abaixo de 4 metros de comprimento. Na décima posição, o Argo 2022 fica bem no limite.

Suas medidas são de 3.998 mm de comprimento, 1.724 mm de largura, 1.503 mm de altura e 2.521 mm de entre-eixos, com 300 litros no porta-malas, exatamente o mesmo volume do HB20.

Veja também: Confira tudo sobre o Argo Trekking

O hatch teve algumas versões cortadas atualmente, restando quatro configurações em sua gama. Elas são vendidas com motor 1.0 de 77 cv e 10,9 kgfm ou 1.3 de 109 cv e 14,2 kgfm, com preços entre R$ 71.490 e R$ 81.990.

De série, o Argo vem sempre com ar-condicionado, chave canivete, computador de bordo, direção elétrica progressiva, vidros e travas elétricos, volante com regulagem de altura, entre outros.

Autor: Leonardo Andrade

Leonardo atua no segmento automotivo há quase nove anos. Tem experiência/formação em administração de empresas, marketing digital e inbound marketing. Já foi colaborador em mais de sete portais do Brasil. Fissurado por carros, em especial pelo mercado e por essa transformação que o mundo automotivo está vivendo.