Usar gasolina comum ou aditivada? (Veja 6 bons motivos)

Usar gasolina comum ou aditivada? (Veja 6 bons motivos)

Basta entrar num posto de gasolina para se deparar com os mais variados tipos de gasolinas possíveis. Muitos deles com a promessa de melhorar o desempenho do seu carro e tornar o motor mais eficiente. Porém, os dois tipos mais comuns continuam sendo a gasolina comum e a gasolina aditivada.


A gasolina aditivada se difere da gasolina comum por contar com alguns aditivos, como detergentes que conseguem limpar a sujeira do motor, elementos que formam uma película protetora sobre os principais componentes do conjunto e até dispersantes para “quebrar” a sujeira do motor e queima-la juntamente com o combustível.

Gasolina comum ou aditivada?

A gasolina comum é praticamente a mesma em todos os postos de combustíveis. Conforme a legislação atual, a gasolina comum deve conter 27% de etanol em sua composição. Trata-se de uma forma imposta pelo governo brasileiro para simplesmente ajudar a controlar o preço do etanol no mercado. Em gasolina premium, tal percentual pode ser de 25 por cento.

Já a gasolina aditivada é dotada deste mesmo percentual de etanol em sua composição, mas sua mistura leva ainda uma série de outras substâncias que prometem limpar as partes internas do motor e prolongar a vida útil do conjunto mecânico do seu carro.

Conforme citado acima, ela é dotada de detergentes para limpar as sujeiras presentes nas partes internas do motor, dispersantes para “quebrar” tal sujeira em partículas e fazer com que ela seja queimada com o combustível e ainda elementos que formam uma película protetora sobre os componentes do motor.

Quais as vantagens da gasolina aditivada

Veja abaixo as principais vantagens oferecidas pela gasolina aditivada:

1 – Controla e reduz depósitos de impurezas nas válvulas de admissão;
2 – Mantém limpos os bicos injetores, reduzindo a formação de goma e conseqüentemente as emissões de monóxido de carbono e de hidrocarbonetos;
3 – Reduz a queda do desempenho do motor;
4 – Elimina os efeitos da alta acidez do amido;
5 – Permite melhor lubrificação das partes altas do motor;
6 –  É compatível com os catalisadores.

Os produtos adicionados na gasolina aditivada têm duas gerações:

1ª – Utilizando compostos detergentes, usados na limpeza dos bicos injetores e carburadores;
2ª – Utilizando aditivos para manter limpos e livres os canais de admissão e as próprias válvulas.

O primeiro era conhecido como detergente de amina convencional e o segundo é chamado de dispersante polimérico. Toda a indústria de combustível se empenhou e ainda se empenha em pesquisar e desenvolver novos aditivos, apesar de existir um padrão, o qual foi estabelecido em 1989 pelos Estados Unidos.

Apesar de esses aditivos representarem aproximadamente apenas 1 ml de cada litro de gasolina, o custo final na bomba subiu cerca de 5% a mais por litro, em comparação com a gasolina comum.

Usar gasolina comum ou aditivada? (Veja 6 bons motivos)

Carro com gasolina aditivada bebe mais?

Esta é uma pergunta um tanto quanto frequente entre os motoristas e proprietários de automóveis. Mas a resposta é não. A gasolina aditivada não aumenta o consumo de combustível do carro.

Pelo contrário: ela consegue até promover uma redução no consumo, já que otimiza a eficiência do conjunto. Isso devido à presença dos mais diversos aditivos que conseguem limpar o aparato e otimizar a octanagem.

É melhor colocar gasolina aditivada no tanquinho de partida a frio?

A gasolina aditivada também acaba sendo melhor para o abastecimento do tanquinho de partida a frio – que é abastecido com gasolina, esta utilizada para ajudar o carro abastecido com etanol a dar partida em dias com temperaturas mais baixas.

Os aditivos presentes na gasolina aditivada conseguem retardar o envelhecimento do líquido. Então, sua validade acaba sendo mais longa. Trata-se de algo importante, visto que o reservatório não é utilizado com tanta frequência.

Eber do Carmo

Formado em marketing, tem mais de 15 anos de experiência escrevendo sobre o mercado automotivo no Notícias Automotivas, desde que fundou o site em 2005. Anteriormente trabalhou em empresas automotivas, nos segmentos de personalização e áudio. Também teve por três anos uma empresa de criação de sites e catálogos eletrônicos.